Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
Imagens que marcaram época, sons inesquecíveis, personagens que fizeram história. Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui, recordar é mais do que viver. É saber, é contextualizar, é rememorar. Viaje no tempo.
 
LEIA AQUI as colunas anteriores
 
Sábado, 26 de maio de 2018
25 anos do São Paulo bicampeão da Libertadores

Hoje é lembrado o segundo bicampeonato de um clube brasileiro na maior competição do continente, algo que apenas o Santos havia obtido em 1962 e 1963. Não foi com vitória a despedida, mas ela nem se fazia necessária.

Depois de massacrar a Universidad Católica por 5 x 1 no Morumbi, o Tricolor chegou muito mais descansado ao Nacional de Santiago em relação à final do ano anterior contra o Newell's Old Boys. A adrenalina de 1992 nem sequer de longe deu as caras em 1993. Pouco importou Lunari e Almada anotarem dois gols nos primeiros 15 minutos.

Os chilenos precisavam de mais dois gols para forçar os pênaltis, mas não foram tão perigosos assim. Bastou Zetti trabalhar bem para compensar tentos sofridos sem sua culpa e o troféu foi assegurado sem maiores encrencas. A Rede Bandeirantes escalou força máxima para a decisão: Luciano do Valle, Juarez Soares e Ely Coimbra.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.