Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
Imagens que marcaram época, sons inesquecíveis, personagens que fizeram história. Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui, recordar é mais do que viver. É saber, é contextualizar, é rememorar. Viaje no tempo.
 
LEIA AQUI as colunas anteriores
 
Quinta, 24 de maio de 2018
10 anos de Joanna de Assis no SporTV

A data é completada hoje por obra do acaso. Ela já tinha rodagem no jornalismo esportivo em 2008 a partir de veículos como Gazeta Esportiva, Placar e Terra, e na ocasião era repórter do GloboEsporte.com. A serviço deste site, foi a Natal cobrir ABC x Corinthians. E acabou improvisada como comentarista.

Isso aconteceu pois Muller teve um problema de última hora e não pôde fazer aquele jogo da Série B do Campeonato Brasileiro. Sem comentarista local e para não deixar Milton Leite sozinho na cabine, o canal improvisou uma solução de última hora: Joanna fazer as vezes de opinadora.

Foi assim que ela estreou no canal da Globosat naquele sábado à tarde no Frasqueirão. Infelizmente não achei quase nada da participação dela nesta transmissão a não ser um trechinho extremamente curtinho no fim deste compacto, que inclui o gol de Douglas na narração do Milton.



No ano seguinte, ela chegou de vez à equipe do SporTV e passou a cobrir os mais variados eventos esportivos na reportagem, além de participar semanalmente do "Bem, Amigos!", no qual permaneceu até o fim de 2016, quando saiu para ser correspondente da emissora nos Estados Unidos.

Foram poucas as vezes dela como comentarista em debates de futebol. Uma delas aconteceu em 2011, no "Arena SporTV", quando não escondeu estar maravilhada pelo jogaço Santos 4 x 5 Flamengo na noite anterior. Bom, André Loffredo e o apresentador Bob Faria também estavam extasiados.



Joanna viveu momentos complicados e desagradáveis nesta trajetória, mas também colheu histórias engraçadas. Uma delas foi em 2013, quando cobria SESI x Canoas pela Superliga e não tomou uma bolada graças ao ágil bloqueio do entrevistado Montanaro, o que divertiu Jader Rocha e Nalbert.



Um talento que ela escondeu foi revelado em 2015 no "Bem, Amigos!": seu talento para ser cantora. Toquinho a chamou para interpretar o clássico "O Bêbado e a Equilibrista", de João Bosco e Aldir Blanc. Em algum lugar do céu, Elis Regina sorriu com o que ouviu. É ou não é, Galvão Bueno?



No mesmo ano, teve uma cobertura especial: a dos Jogos Para-Pan-Americanos. Natural que fosse enviada a Toronto, sendo ela a autora no ano anterior do livro "Para Heróis". Esta reportagem passou no "Extra Ordinários", que tinha Felipe Andreoli, Eduardo Bueno, Xico Sá, Hélio de La Peña e Adriane Galisteu.



Para terminar, eis um pequeno trecho de Joanna como apresentadora de um "SporTV News" de sábado, às vésperas da Olimpíada do Rio. Nos dias atuais, como todos sabem, sua reportagem no "Fantástico" (TV Globo) com denúncias sobre abusos cometidos na ginástica geraram enorme repercussão e consequências.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.