Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
Imagens que marcaram época, sons inesquecíveis, personagens que fizeram história. Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui, recordar é mais do que viver. É saber, é contextualizar, é rememorar. Viaje no tempo.
 
LEIA AQUI as colunas anteriores
 
Quinta, 24 de maio de 2018
10 anos da última transmissão de Libertadores na Band

A data foi completada na última segunda-feira e a cobertura só aconteceu por causa da voz mais forte do Fox Sports. Mas antes de chegar a essa história, vale uma pequena memória das coberturas de Copas Libertadores na TV Bandeirantes. Não foram muitas as edições transmitidas, mas houve disputas marcantes.

Em 3 de abril de 1977, Fernando Solera e Chico de Assis cobriram Corinthians 1 x 1 Internacional no Morumbi. O gol de Zé Maria foi o primeiro dos paulistas na história do torneio, no qual as duas equipes estreavam naquela tarde. Já o empate dos gaúchos veio com Vacaria. O vídeo é do "Gol, o Grande Momento do Futebol", com Milton Neves, que apresentou jogador por jogador dos dois times na hora do Hino Nacional Brasileiro.



Mais um jogo especial aconteceu no Maracanã em 11 de fevereiro de 1984: o primeiro desta competição que Luciano do Valle narrou pela Band, na qual havia estreado duas semanas antes. Na estreia dos dois times nesta edição, o Flamengo superou por 4 x 1 ao Santos. Mozer marcou duas vezes, Lino diminuiu e Lico e Tita estabeleceram a largura na vantagem dos cariocas, que sobraram muito - tanto que, dois meses depois, fariam 5 x 0 em SP.



Luciano do Valle narraria em 19 de maio de 1993 a praticamente definição do São Paulo bicampeão da América numa goleada por 5 x 1 sobre a Universidad Católica, no Morumbi. López (contra), Vitor, Gilmar, Raí e Muller levaram a torcida tricolor ao delírio. Nem fez diferença o gol de honra com Almada, muito menos a perda por 2 x 0 no Chile.



Em 1995, quem faria o grito de "é campeão!" na TV Bandeirantes seria Sílvio Luiz. Depois de Luciano fazer a ida em Porto Alegre, coube ao homem de "olho no lance" contar o Grêmio campeão direto do Atanásio Girardot em 30 de agosto. Aristizábal abriu o placar para o Atlético Nacional e Dinho - que Sílvio (locutor, diga-se, dos históricos 5 x 0 sobre o Palmeiras naquela temporada) apelidou de "furador de couro" - empatou. Reportagem de Octávio Muniz.



A Band só voltaria a mostrar a Libertadores em 2000, na parceria com a Traffic. A semifinal Palmeiras x Corinthians foi eletrizante e Luciano do Valle fez mais uma narração para a história. Depois de tomar 4 x 3 na ida no mesmo Morumbi da volta, o Verdão respondeu com 3 x 2 em 6 de junho. Euller inaugurou o escore, Luizão empatou e virou, Alex igualou e Galeano revirou. Nos pênaltis, Marcos deteve Marcelinho Carioca e fechou tudo em 5 x 4.



O Palmeiras perdeu a final de 2000 para o Boca Juniors... e a semifinal de 2001 também. O 2 x 2 da Bombonera se repetiu no Parque Antártica em 13 de junho. Gaitan e Riquelme deram frente aos argentinos, mas Fábio Júnior e Bermudez (contra) deixaram tudo igual. No entanto, embora Riquelme chutasse seu pênalti para fora, Alex e Basílio foram detidos por Córdoba e Arce mandou na trave. Final: 3 x 2. Luciano do Valle e Rivelino transmitiram.



E então, chegamos ao último jogo de Copa Libertadores transmitido pela TV Bandeirantes. Não, ela não exibia o torneio naquele 2008. Porém, houve uma coincidência: no mesmíssimo meio de semana, teríamos Fluminense x São Paulo pela Libertadores e Botafogo x Corinthians pela Copa do Brasil, ambos no Maracanã e ambos por mata-mata.

A preferência da Globo na quarta-feira era pelo clássico de alvinegros por motivos de Timão para Sampa City. Porém, falou mais alto a voz do Fox Sports, detentor do torneio sul-americano em todo o continente (menos no Brasil, onde ainda não existia). A quarta-feira teve o clássico de tricolores e os alvinegros jogaram na terça.

Para não deixar a Band (que exibiu Botafogo x Corinthians em compacto na terça) sem futebol ao vivo, a Globo cedeu a ela apenas e tão somente esta partida que viria a ser uma das mais eletrizantes da Libertadores. Washington abriu o placar, mas Adriano empatou. Ducha de água fria nos cariocas pois dava São Paulo 2 x 1 no agregado.

Mas dois minutos depois do empate paulista, Dodô colocou os cariocas na frente. O São Paulo ainda ia às quartas pelo gol fora de casa. O Fluminense precisava de um milagre. E ele veio aos 46 minutos do segundo tempo, novamente com Washington. Classificação épica em uma das batalhas mais memoráveis do Mário Filho.

Infelizmente, os registros da exibição da Band são pouquíssimos e tentei reunir todos aí. A narração do Sílvio Luiz extraí do compacto da edição carioca do "Jogo Aberto" e algumas das imagens peguei de exibições no "Gol, o Grande Momento do Futebol", que infelizmente não incluíram a voz do Sílvio (vetado na emissora desde a saída total do Grupo Bandeirantes em 2010) e só destacaram a reportagem de Fernando Fernandes no 3º gol do Flu.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.