Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
Imagens que marcaram época, sons inesquecíveis, personagens que fizeram história. Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui, recordar é mais do que viver. É saber, é contextualizar, é rememorar. Viaje no tempo.
 
LEIA AQUI as colunas anteriores
 
Terça, 15 de maio de 2018
Os 70 anos de Geninho

Esta é a data máxima do atual treinador do Avaí, que tem entre suas conquistas a Supertaça de Portugal de 1988 pelo Vitória de Guimarães, a Divisão Especial do Campeonato Paulista de 1990 pelo São Carlense e uma "tríplice coroa" pelo Al-Shabab em 1993: campeão saudita, da Copa do Rei e da Copa do Príncipe.

O primeiro campeonato de divisão principal conquistado em seu país foi o Brasileirão de 2001 pelo Atlético Paranaense, que venceu o São Caetano por 1 x 0 no Anacleto Campanella. O gol de Alex Mineiro naquele 23 de dezembro foi narrado por Marcelo Ortiz na Rádio Banda B e representou a segunda final exitosa de um time de Curitiba treinado por Geninho contra o Azulão em campos paulistas, já que no ano anterior o Paraná se deu bem na decisão do Módulo Amarelo da Copa João Havelange por 3 x 1 no Pacaembu.



Em 22 de março, o Corinthians faturou o Campeonato Paulista de 2003 num tremendo epílogo contra o São Paulo no Morumbi. Liedson e Jorge Wagner deixaram os alvinegros na frente, mas Luís Fabiano e Fabiano devolveram a esperança aos tricolores. Jorge Wagner guardou nas redes e decretou o caneco do Coringão. Acompanhe os gols e a festa corintiana na transmissão do SBT, que teve Dirceu Maravilha narrando, Léo Jaime e Zetti comentando, Elias Awad e Valmir Jorge reportando e Elia Jr. na apresentação.



Geninho ganhou o Campeonato Goiano em 2006 pelo Goiás. Na final realizada em 9 de abril no Serra Dourada, Nonato fez o 1 x 0 no Atlético. Edson Rodrigues irradiou na Rádio 730.



Mais um título pelo Atlético Paranaense veio em 2009: o campeonato estadual. Wesley e Rafael Moura fizeram o 2 x 0 sobre o Cianorte, na Arena da Baixada. O Furacão terminou com um ponto a mais que o J. Malucelli, que bateu o Paraná, e dois pontos acima do Coritiba, que empatou sem gols com o Nacional. O Premiere transmitiu com Felipe Lestar.



Algoz quatro anos antes, aliado em 2010. Campeão goiano o técnico voltou a ser, mas desta vez pelo Atlético, que passou pelo Santa Helena por 3 x 1 no Pedro Romualdo em 2 de maio. Rodrigo Tiuí abriu para o Dragão, Éder empatou pro Fantasma e Washington e Agenor recolocaram os atleticanos na frente. Jaime Ramos foi o locutor da Rádio Jornal.



Por fim, um dos troféus de Geninho pelo ABC: o Potiguar de 2016 com goleada por 4 x 0 sobre o América em 7 de maio. Echeverria, Jones Carioca e Nando (duas vezes) levaram o Frasqueirão ao delírio e Luís Felipe Freitas narrou no Esporte Interativo. Pelos alvinegros, o treinador obteve ainda o bi estadual em 2017 e o bicampeonato da Copa RN nos dois anos em questão.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.