.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

PAPO DE MÍDIA: COLUNA
Informações e opiniões sobre a imprensa esportiva

"

Agenda da TV
Eventos ao vivo e/ou em VT inédito.
Obs.: horários de Brasília.


Domingo, 15/4/2018
6:30 - Automobilismo, Mundial de Superbike: etapa Supersport da Espanha - ESPN+
8:00 - Automobilismo, Mundial de Superbike: 2ª bateria da Espanha - ESPN+
8:00 - Ginástica Rítmica, Copa do Mundo: etapa da Itália - ESPORTE INTERATIVO 2
9:15 - Automobilismo, Mundial de Superbike: etapa Supersport 300 da Espanha - ESPN+
9:30 - Futebol, Campeonato Inglês: Newcastle x Arsenal - ESPN BRASIL
10:00 - Futebol, Campeonato Paulista 2ª Divisão: Comercial x Francana - FPF TV (Internet)
10:00 - Futebol, Campeonato Paulista 2ª Divisão: Jabaquara x Mauaense - FPF TV (Internet)
10:00 - Futebol, Campeonato Paulista 2ª Divisão: Brasilis x Independente - FPF TV (Internet)
10:00 - Futebol, Campeonato Paulista 2ª Divisão: Talentos x Andradina - FPF TV (Internet)
10:00 - Futebol, Campeonato Italiano: Milan x Napoli FOX SPORTS
10:00 - Vôlei, Superliga Feminina: SESC x Praia Clube (final, ida) - GLOBO (dentro do "Esporte Espetacular") e SPORTV2
10:30 - Futebol, Campeonato Alemão: Schalke 04 x Borussia Dortmund - FOX SPORTS 2
10:30 - Automobilismo, Mercedes Benz Challenge: etapa de Guaporé - BANDSPORTS
11:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro: América Mineiro x Sport - PREMIERE
11:00 - Futsal, LNF: Magnus x Jaraguá - SPORTV
11:15 - Futebol, Campeonato Espanhol: Atlético de Madrid x Levante - ESPN
11:45 - Futebol, Campeonato Holandês: PSV Eindhoven x Ajax - ESPN EXTRA
12:00 - Futebol, Campeonato Inglês: Manchester United x West Bromwich - ESPN BRASIL
13:00 - Futebol, Campeonato Italiano: Juventus x Sampdoria - ESPN+
13:00 - Automobilismo, Copa Truck: etapa de Guaporé - SPORTV3
13:00 - Vôlei, Italiano Masculino: Modena x Civitanova - BANDSPORTS
14:00 - Futebol, Campeonato Português: Benfica x Porto - ESPN BRASIL
14:00 - Basquete, NBB: Minas x Flamengo - SPORTV2
14:00 - Tênis, WTA de Bogotá: final - SONY
15:00 - Futebol, Campeonato Paulista 2ª Divisão: Mauá x Itararé - FPF TV (Internet)
15:00 - Basquete, LBF: Presidente Venceslau x São Bernardo - GAZETA (SP, Triângulo Mineiro, Florianópolis, interior do PR, GO, MT, Recife, São Luís, PA e Boa Vista)
15:00 - Automobilismo, Nascar Monster Energy: etapa de Bristol - FOX SPORTS 2
15:00 - Golfe, RBC Heritage: última rodada - ESPN+
15:45 - Futebol, Campeonato Espanhol: Málaga x Real Madrid - ESPN
15:45 - Futebol, Campeonato Italiano: Lazio x Roma - FOX SPORTS
16:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro: Corinthians x Fluminense - GLOBO (menos MG e BA) e PREMIERE
16:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro: Vasco x Atlético Mineiro - GLOBO MINAS (MG) e PREMIERE
16:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro: Internacional x Bahia - REDE BAHIA (BA) e PREMIERE
16:00 - Futebol, Campeonato Francês: Paris Saint Germain x Monaco - SPORTV2 e ESPN BRASIL
16:00 - Tênis, ATP de Houston: final - BANDSPORTS
16:30 - Basquete, NBA: Cleveland Cavaliers x Indiana Pacers - SPORTV3
17:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série C: Globo x ABC - ESPORTE INTERATIVO
17:00 - Futebol, MLS: Sporting Kansas City x Seattle Sounders - ESPN EXTRA
17:45 - Automobilismo, Fórmula Indy: GP de Long Beach - BANDSPORTS
19:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro: Atlético Paranaense x Chapecoense - SPORTV (PR assiste no Premiere)
19:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série C: Náutico x Santa Cruz - ESPORTE INTERATIVO
19:00 - Futsal, LNF: Joaçaba x Joinville - LNF + TV NSPORTS (Internet)
19:15 - Futebol, MLS: Atlanta United x New York City - SPORTV3
19:30 - Basquete, NBA: Oklahoma City Thunder x Utah Jazz - SPORTV2
21:00 - Beisebol, MLB: Texas Rangers x Houston Astros - ESPN
22:00 - Basquete, NBA: Houston Rockets x Minnesota Timberwolves - SPORTV2
Domingo, 15 de março de 2018
Em um mês, aconteceu tudo isso aí embaixo

Obs.: registros que vão da data da última coluna inédita até o dia 13 de abril de 2018.

AFOGANDO EM NÚMEROS

Todos os índices são da Globo - exceto onde destacado - e foram publicados por Máquina do Esporte, NaTelinha, Auvaro Maia, Vinicius Paiva, O Tempo (Thiago Nogueira), GaúchaZH (Flávia Requião) e Kantar Ibope Media.

11 de março Goiânia: 22 pontos e 41% de participação em Atlético Goianiense x Goiás.

14 de março São Paulo: 21 pontos totais (16 com 31% da Globo e 5 da Bandeirantes) em Barcelona x Chelsea; e 27 com 43% em Corinthians x Deportivo Lara - que também marcou 19,5 em Campinas e 15 em Curitiba. Rio de Janeiro: 21,3 pontos totais (19 com 38% da Globo e 2,3 da Bandeirantes) em Barcelona x Chelsea; e 33 com 52% em Emelec x Flamengo - que também marcou 37,3 em Manaus, 34,3 em Belém, 28 em Vitória, 24 em Brasília, 20,3 em Porto Alegre, 17 em Florianópolis, 16,6 em Salvador e 16,4 em Goiânia. Outras praças: Belo Horizonte com 28 em Atlético x Figueirense; Recife com 26,5 em Sport x Santa Cruz; e Fortaleza com 19,7 em Floresta x Fortaleza.

18 de março São Paulo: 24 pontos e 45% em Bragantino x Corinthians - que também marcou 19,1 em Campinas. Rio de Janeiro: 23 com 46% em Flamengo x Portuguesa - que ainda marcou 27,1 em Vitória, 25,2 em Manaus, 19,9 em Belém e 16,8 em Brasília. Outras praças: Porto Alegre com 33,8 em Grêmio x Internacional; Belo Horizonte com 23,9 em Atlético x URT; Recife com 19,6 em Náutico x Afogados; Florianópolis com 18,9 em Figueirense x Inter de Lages; Salvador com 17,2 em Bahia de Feira x Vitória; Fortaleza com 14,6 em Ferroviário x Fortaleza; Goiânia com 12 em Anapolina x Atlético; e Curitiba com 10,8 em Foz do Iguaçu x Paraná.

21 de março São Paulo: 24 pontos com 39% em Palmeiras x Novorizontino - que também marcou 20,7 em Campinas. Rio de Janeiro: 31 com 49% em Vasco x Botafogo - que também marcou 37,4 em Manaus, 32,4 em Belém, 28,3 em Brasília, 23,6 em Vitória, 22,8 em Fortaleza e 16,2 em Salvador. Outras praças: Porto Alegre com 48 em Internacional x Grêmio; Recife com 35,7 em Central x Sport; Belo Horizonte com 27,5 em Tupi x Cruzeiro; Florianópolis com 21,7 em Avaí x Criciúma; Goiânia com 20,4 em Goiás x Rio Verde; e Curitiba com 16,3 em Paraná x Maringá.

25 de março São Paulo: 29,1 pontos em São Paulo x Corinthians - que também marcou 23,8 em Campinas. Rio de Janeiro: 22,7 em Fluminense x Botafogo - que também marcou 20,1 em Manaus, 19,4 em Brasília, 16,4 em Vitória e 12,5 em Belém. Outras praças: Porto Alegre com 29,3 em Avenida x Grêmio; Belo Horizonte com 27,4 em América x Atlético; Recife com 26,2 em Náutico x Salgueiro; Fortaleza com 22,8 em Uniclinic x Ceará; Florianópolis com 21,1 em Figueirense x Hercílio Luz; Salvador com 17,4 em Bahia x Juazeirense; Curitiba com 17,2 em Paraná x Londrina; e Goiânia com 15,6 em Anapolina x Goiás.

27 de março Alemanha x Brasil com 27 pontos e 52% em São Paulo e 30 com 57% no Rio de Janeiro.

28 de março São Paulo: 42 pontos com 61% em Corinthians x São Paulo - e também 32,6 em Campinas e 21,9 em Curitiba. Rio de Janeiro: 38 com 58% em Botafogo x Flamengo - e também 38,2 em Manaus, 33,5 em Belém, 30,1 em Vitória, 27,7 em Brasília, 27,3 em Fortaleza, 20,5 no Recife, 18,6 em Belo Horizonte e 17 em Salvador. Outras praças: Porto Alegre com 34,5 em Grêmio x Avenida; Florianópolis com 21,9 em Chapecoense x Figueirense; e Goiânia com 21,5 em Goiás x Anapolina.

31 de março São Paulo: 36 pontos com 64% em Corinthians x Palmeiras.

1º de abril Rio de Janeiro: 26 pontos com 52% em Botafogo x Vasco.

4 de abril São Paulo: 25 pontos com 40% em Atlético Paranaense x São Paulo. Rio de Janeiro: 29 com 46% em Cruzeiro x Vasco.

8 de abril São Paulo: 43 pontos com 69% em Palmeiras x Corinthians (maior audiência de futebol desde a final da Libertadores de 2012 e maior do Paulistão desde 2000). Rio de Janeiro: 29 com 55% em Vasco x Botafogo. Belo Horizonte: 46 com 71% em Cruzeiro x Atlético (maior índice do Mineiro desde a final de 2000).

11 de abril São Paulo: 28 pontos com 45% em Palmeiras x Boca Juniors. Rio de Janeiro: 24 com 41% em Fluminense x Nacional Potosí.

DEIXA ELA TRABALHAR

Manifesto lançado Dezenas de jornalistas esportivas de tudo quanto é veículo de comunicação lançaram um vídeo para lançar a campanha #DeixaElaTrabalhar, que protesta contra assédios e agressões físicas e morais sofridas por elas no exercício do trabalho. Dois casos foram o estopim: a tentativa de beijo forçado em Bruna Dealtry, do Esporte Interativo; e a agressão física com palavrão sofrida por Renata de Medeiros, da Rádio Gaúcha - cujo agressor foi identificado e contra o qual um inquérito foi aberto pela 20ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre.

Tristíssima coincidência A campanha foi lançada exatamente no mesmo dia em que Kelly Costa, da RBS TV, sofreu agressões verbais de um torcedor enquanto reportava São José x Brasil de Pelotas pelo SporTV. Dias depois, ela participou do "Altas Horas", da Rede Globo, para falar do caso e da campanha, que ganhou ampla divulgação nas redes sociais e também nas emissoras de televisão. Enquanto isso, espera-se que o autor dos impropérios impublicáveis sofra alguma punição, mas até a publicação destes escritos, nada.

Mandou bem A transmissão da TV Globo em Atlético Paranaense x São Paulo teve duas mulheres na reportagem: Nadja Mauad e Fabíola Andrade. Chegou a se divulgar como uma iniciativa inédita na emissora quando não foi. Porém, é tão raríssima, de se contar nos dedos, que evidentemente mereceu alarde e total destaque.

Mandou mal Maurício Noriega cometeu um deslize durante Alemanha x Brasil no SporTV ao dizer que explicaria uma linha de 4 "para as crianças e mulheres" que não sabem o que é isso. Claro que muitas mulheres que acompanham e gostam de futebol ficaram ofendidas, mas o próprio comentarista se justificou após a partida ao assegurar que jamais quis ofendê-las e nem às crianças, apenas achando que muitas vezes o futebolês dos prancheteiros tem que ser diluído para quem, como ele, não é muito chegado nele. Pelo que acompanho do Nori há tantos anos, tenho certeza que ele acabou sendo traído pelas palavras, daí merecer um voto de confiança. Talvez se ele trocasse "crianças e mulheres" por "pessoas", nada disso tivesse acontecido, até porque tem um montão de homens que não sabem lhufas de tática, futebolês e afins. Eu, por exemplo, sou desses.

Só mulheres no ar Aconteceu aqui dia 1º em Botafogo x Vasco na webrádio RPC, mas foi por obra do acaso: o narrador Airton Ferreira não chegou a tempo ao Nilton Santos e foi substituído por Luciana Zogaib, que reportaria o Glorioso. A função ficou isolada para Fernanda Pizzoti, com os comentários de Simone Salatiel.

Resposta de teor sexual Sofreu Gabriela Brino ao receber uma resposta de conselheiro do Santos para uma foto sua no Twitter, na qual ela mostrava as cores de seu figurino. Fábio Eduardo Sartori disse: "Essa calça dá uma marcada básica, hein rss bonita calça". A repórter do Lance! protestou contra o comentário machista, que depois foi apagado. De Ana Carolina Silva e Samir Carvalho no UOL Esporte: Fábio confirmou ter escrito tal mensagem e disse que pediu desculpas a Gabriela, o que ela confirmou. O clube prometeu tomar providências.

DIREITOS DE TRANSMISSÃO

TV Globo x Atlético Paranaense O clube chegou a exibir ao vivo a final estadual contra o Coritiba por seu canal no YouTube, mas a transmissão foi derrubada ainda no primeiro tempo por reivindicação da emissora, com quem o rubro-negro não teve contrato no Campeonato Paranaense. Mais adiante, ela voltou através da página do clube no Facebook. Presidente do conselho deliberativo rubro-negro, Mário Celso Petraglia criticou o Plim-Plim com argumentos como ela pagar mais pro Boavista no Campeonato Carioca do que a ele no seu torneio. Entrevistado no canal do clube no YT, Petraglia disse que os ditos 12 maiores clubes (os quatro de SP, os quatro do RJ e as duplas de MG e RS) formam um "cartel".

Campeonato Brasileiro A Globo fechou com São Paulo e Internacional pela transmissão de seus jogos na TV Globo (aberta) e no Premiere (pay-per-view) a partir de 2019. Dos ditos 12 principais clubes, o único que ainda não assinou com ela nestas mídias é o Palmeiras, fechado com o Esporte Interativo em TV por assinatura. Do Rodrigo Mattos no UOL Esporte: se o Verdão não fechar com o Plim-Plim para aberta e PPV, receberá do canal da Turner uma cota de televisão aberta igual à lucrada neste 2017.

Campeonato Carioca Restrições referentes ao contrato com a Globo impedem alterações na fórmula para 2019. Do Rodrigo Mattos no UOL Esporte: o contrato assinado pela FERJ com a emissora estabelece que todas as 18 datas fornecidas pela CBF para os Estaduais terão de ser usadas, sendo impossível colocar uma final entre os campeões de turnos devido ao risco de um mesmo time ganhá-los e duas datas serem dispensadas, o que não é viável. A emissora não se opõe a menos datas, só que desejaria pagar menos se isso acontecesse. O contrato válido até 2024 tem cifras na casa dos R$ 120 milhões.

Copa Libertadores A Globo poderá continuar passando dois ou mais jogos ao mesmo tempo para praças diferentes também a partir de 2019, caso mantenha sua transmissão. Do Eduardo Ohata no UOL Esporte: esta concessão foi feita pela Conmebol nas regras do leilão dos direitos para a partir da próxima temporada, mas valerá somente para a fase de grupos. Do Rodrigo Mattos no UOL Esporte: a comercialização aqui no Brasil será feita por uma empresa criada pelas agências Perform e IMG.

Pouco atraentes Assim foram definidas Libertadores e Sul-Americana pela Globo. Mas como assim? Do Rodrigo Mattos no UOL Esporte: o argumento foi usado pela emissora em defesa no Conselho Administrativo de Defesa Econômica para minimizar acusações feitas pelo Partido dos Trabalhadores de que tivesse pago propina para obter os direitos de transmissão delas, algo que por ela é negado.

Seleção de Novos A Globo até quer fechar um contrato com a CBF pelo Brasil Sub-20, mas só se for de longa duração. Do Eduardo Ohata no UOL Esporte: diretor de direitos esportivos, Fernando Manuel Pinto diz que o ideal é um calendário de diversos jogos ao longo do ano, que estabilize o produto.

Copa América Todos os direitos da edição de 2019 custarão à Globo um terço do que ela pagou pelo Campeonato Paulista. Do Rodrigo Mattos no UOL Esporte: o torneio de seleções custará R$ 51 milhões no contrato assinado pela emissora em 2010, ao passo que um ano do Paulistão vale R$ 160 milhões - e um do Carioca vale R$ 120 milhões.

Liga dos Campeões da UEFA Os direitos para as próximas temporadas serão leiloados a partir do fim deste mês. Do Eduardo Ohata no UOL Esporte: representantes da agência Team conversarão em maio com executivos das TVs brasileiras para tirar dúvidas e esclarecer regras sobre a licitação. Elas deverão enviar propostas até o começo de junho, quando a UEFA espera que os detentores da Libertadores já estejam definidos. De Gabriel Vaquer no UOL Esporte: a Globo deverá manter a transmissão em TV aberta a partir de 2018/2019 e quer uma compensação financeira para sublicenciar outro canal ao invés de ceder os direitos gratuitamente, igual tem sido atualmente com a Bandeirantes. Já na TV por assinatura, a ESPN Brasil avalia uma parceria com o SporTV para ambas conquistarem a exibição - isso já aconteceu na licitação anterior e ambas foram superadas pelo Esporte Interativo. Justamente por isso, consta que a ESPN desistiu de brigar pela Libertadores para focar no torneio europeu. Vença quem vencer os direitos, uma coisa é certa: a partir da próxima edição, a Liga terá novos horários. A maioria dos jogos acontecerá às 21h no CET (Horário Central Europeu), correspondente às 16h no nosso horário regular, com cada dia de rodada da fase de grupos tendo duas partidas às 18h55 do CET (13h55 do Brasil).

COPA DO MUNDO

TV Globo Do Flávio Ricco no "Canal 1": os seis narradores da emissora serão Galvão Bueno, Cléber Machado e Luís Roberto, estes in loco, e mais Rogério Corrêa, Rembrandt Júnior e Gustavo Villani, estes "in tubo". Galvão também apresentará o noticiário mundialista no "Jornal Nacional" ao lado da Renata Vasconcellos direto de Moscou. De Gabriel Vaquer no UOL Esporte: dobradinhas assim também acontecerão nos outros jornais, caso do "Bom Dia Brasil" com Fernanda Gentil e Ana Paula Araújo. De Pedro Ivo Almeida no UOL Esporte: além de Cuca, outros ex-jogadores contratados como novos comentaristas são Ricardinho (que já teve rápidas experiências assim na Rádio Bandeirantes há alguns anos) e Petkovic. Do Flávio Ricco no "Canal 1": apresentadora do "Tá na Área" no SporTV, Bárbara Coelho fará a "Central da Copa" com Caio Ribeiro e Tiago Leifert, hoje do setor de entretenimento e que retornará ao esporte somente durante o evento. Mas a principal e curiosa novidade fica pela chegada à equipe esportiva de Mariana Palma, que se despediu dos boletins matinais "G1 em 1 Minuto". Não será sua estreia no setor pois ela compôs a equipe de 11 apresentadores do GloboEsporte.com no "Play nos Jogos" (cobertura própria ao vivo em vídeo) nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Os intervalos de "O Outro Lado do Paraíso" aos sábados ganharam o programete "Meu Lance na Copa" e estreará em 5 de maio a série "As Matrioskas", já em exibição no GNT e que traz três mães de selecionáveis ao lado de Glenda Kozlowski. De Karla Torralba no UOL Esporte: Glenda, que durante o Mundial participará do "Jornal da Globo" e do "Hora 1" cobrindo o Brasil, disse não pretender narrar futebol e que gosta de estar como repórter, com tais projetos devendo surgir organicamente.

Outras TVs abertas Do Flávio Ricco no "Canal 1": o SBT mandará uma equipe à Rússia para cobrir a Copa com reportagens de Bruno Vicari e a Record está por uma aprovação de orçamento para enviar o repórter Roberto Thomé e algumas figuras do "Esporte Fantástico", enquanto a RedeTV! pretende lançar um projeto alternativo que misture a equipe de esportes e os apresentadores do humorístico "Encrenca".

SporTV Do Flávio Ricco no "Canal 1": Marcelo Barreto também irá à Rússia para dividir com André Rizek a apresentação de um resumo do dia no fim de noite, enquanto Raphael Rezende também será enviado para formar com Júlio Oliveira uma de duas duplas, a outra tendo Jader Rocha e Paulo César Vasconcellos, enquanto as duas principais terão Luiz Carlos Jr., Lédio Carmona e Roger Flores pelo lado carioca e Milton Leite, Maurício Noriega e Muricy Ramalho pelo lado paulista em revezamento nas partidas do Brasil. Os enviados viajarão em 8 de junho.

Fox Sports 2 Do concurso "Narra Quem Sabe" são Gabi de Saboya, Isabelly Morais, Luciana Zogaib, Manuela Avena, Natália Lara e Renata Silveira. 3 delas serão selecionadas para transmitir a Copa no canal 2.

Outros canais por assinatura De Brunno Carvalho no UOL Esporte: a ESPN Brasil terá comentaristas cobrindo seleções específicas durante o torneio, que serão Gustavo Hofman no Brasil (ao lado do repórter João Castelo Branco), Gerd Wenzel na Alemanha, Mauro Cezar Pereira na Argentina, Mário Marra na Bélgica, Paulo Calçade na Espanha, Stéphane Darmani na França, Rafael Oliveira na Inglaterra, André Kfouri no México, Leonardo Bertozzi em Portugal e Gian Oddi no Uruguai. Também viajarão os repórteres Mendel Bydlowski e Natalie Gedra. Enquanto isso, o Esporte Interativo mandará 12 profissionais, entre eles André Henning, Leonardo Baran e Monique Danello. Durante a Copa, o "De Placa" iniciará às 11h, o "Melhor Futebol do Mundo" entrará às 15h e o "+90" começará às 17h. Em dias de jogos do Brasil, serão exibidos o "Noite de Craques" e outro "+90".

Seleção Brasileira no rádio Do Anderson Cheni: apenas três emissoras enviaram um repórter cada uma para os amistosos contra Rússia e Alemanha: Gaúcha com Rodrigo Oliveira, Itatiaia com Wellington Campos e Sagres 730 com Monara Marques e Rafael Bessa. Esta estação teve nos 3 x 0 diante dos russos a estreia aqui escutada do Everaldo Marques. Uma quarta emissora teve não só repórter, mas também narrador nestes jogos: a Absoluta de Campos dos Goytacazes, que mandou André Freitas e Osires Nadal.

Rádios sublicenciadas Do Marcel Rizzo no UOL Esporte: compraram os direitos da Copa cinco emissoras de SP (Bandeirantes + BandNews, Globo/CBN, Jovem Pan, Transamérica e Mundial - essa confesso que não entendi pois não me consta que a Rádio Mundial de São Paulo transmita futebol, a não ser que faça isso a partir de agora), três do RJ (Globo/CBN e Nacional na capital e Absoluta no interior), uma de MG (Itatiaia), uma do RS (Gaúcha), uma de GO (Sagres 730), uma de PE (Jornal), uma da BA (Excelsior) e uma do CE (Verdes Mares). Do Flávio Ricco no "Canal 1": a Transamérica deverá ser a estação paulista com mais enviados à Rússia, entre os garantidos estando Éder Luiz, Oswaldo Maciel, Guilherme Lage, Marco Bello, Ivan Drago e Márcio Bernardes. Já a Bandeirantes terá José Silvério nas partidas do Brasil e nas de abertura e finalíssima.

TV GLOBO

Campeonato Brasileiro A transmissão será exclusiva em TV aberta pelo 3º ano seguido. De Gabriel Vaquer no UOL Esporte: tentaram buscar uma emissora para sublicenciar os direitos, mas Bandeirantes e RedeTV! nem ampliaram conversa por justificarem questões financeiras como inviabilizadores.

Elas não são parentes Ao participar do "Vídeo Show" antes de Alemanha x Brasil, Galvão Bueno se confundiu e chamou a apresentadora Sophia Abrahão de "Sônia Abrão". Não houve correção para a gafe, que divertiu os internautas. Na véspera, ele falou no "Bem, Amigos!", do SporTV, que ficou tão impactado pelos 7 x 1 de 2014 que quase procurou ajuda psicológica. No mesmo programa, mas uma semana depois, ele bateu forte em quem lhe agride e espalha mentiras a seu respeito na internet, dizendo que podem criticá-lo à vontade se quiserem, mas sem notícias falsas ou meias verdades, cujos autores defende que sejam localizados, processados e presos.

Plantão médico Casagrande saiu da transmissão de Palmeiras x Corinthians no segundo tempo devido a um mal-estar, creditado até como suspeita de infarto. Felizmente, recuperou-se bem e voltou ao trabalho dois dias depois. Do intervalo até o final, Caio Ribeiro comentou sozinho o jogo em si. Dias antes, pegando como gancho o caso de DeMar DeRozan, do Toronto Raptors, Casão contou que passou por depressão em 2010. Como nem apenas de desgraça se vive, o ex-jogador também foi repercutido por algo engraçado: ao imitar atrás de Júnior o lance que gerou o pênalti da classificação do Real Madrid diante da Juventus na Liga dos Campeões, a movimentação de ambos remeteu sem querer à famosa cena de Jack e Rose (Leonardo DiCaprio e Kate Winslet) em "Titanic".

Projeto social Tocado por Caio Ribeiro. Da Máquina do Esporte: o Caioba Soccer Camp levará à Catalunha 20 crianças de 6 a 12 anos para conhecer o centro de treinamento do Barcelona. Ex-jogadores que comentam ou comentaram futebol na televisão participam da empreitada, como Denílson, Sorín, Zetti e Zico.

A primeira vez a gente nunca esquece Comentarista do SporTV, Muricy Ramalho estreou no Plim-Plim em Palmeiras x Boca Juniors, dividindo a cabine com Cléber Machado, Júnior e Renato Marsiglia.

Preconceito regional? Em participação no "Seleção SporTV", Juninho Pernambucano afirmou que isso ocorre na torcida do Flamengo, cujos ataques ao jogador Renê seriam por ele ser "feio, nordestino e amigo de ninguém". O clube respondeu oficialmente que a acusação do comentarista foi "grave e infeliz".

Todos no estádio Infelizmente, de alguns anos para cá virou "artigo de luxo" ver um jogo de futebol com narrador e comentaristas no estádio sem ser na própria cidade. Assim aconteceu em Cruzeiro x Vasco, quando Luiz Carlos Jr., Juninho Pernambucano e Renato Marsiglia se juntaram a Bob Faria no Mineirão.

Convidados especiais Foram dois analistas de arbitragem em finais estaduais: Renato Marsiglia fez os dois Ba-Vi pela TV Bahia e Leonardo Gaciba trabalhou na final Chapecoense x Figueirense pela NSC - que, por sinal, teve nesta partida sua única transmissão com narração e comentários in loco em seu primeiro Catarinão.

Palmeiras x Paulo César Oliveira Três conselheiros alviverdes querem que o analista de arbitragem se torne persona non grata no clube. De Ricardo Perrone no UOL Esporte: alegam eles que os comentários do hoje global são sempre desfavoráveis ao Verdão, entre eles ter considerado um acerto a desmarcação do pênalti que poderia resultar no empate na finalíssima paulista - além de alegarem que PC tinha antipatia pela equipe quando árbitro.

Impeditivo contratual Não permite que o Palmeiras possa jogar o próximo Campeonato Paulista com reservas ou sub-23, tal qual o Atlético no Paraná. De Marcel Rizzo no UOL Esporte: o compromisso do clube com a emissora vai até 2021 em TV aberta, TV paga, pay-per-view e internet. Além disso, os vínculos com os quatro grandes de SP estabelece que eles coloquem na maior parte da competição força máxima, o que atrapalharia algo nesse sentido. Ademais, cada taxa anual gira na casa dos R$ 20 milhões, dinheiro a nunca desconsiderar.

Campeonato Paulista Com Corinthians x Palmeiras realizado num sábado devido à partida alviverde contra o Alianza Lima na terça seguinte pela Libertadores, o domingo ficou sem futebol, cujo espaço foi preenchido pela "Sessão de Páscoa". A grade diferenciada valeu também para o Paraná, enquanto Brasília foi a única praça a assistir tanto o Paulista no sábado quanto a decisão carioca Botafogo x Vasco no domingo.

Concorrente não pode Durante Palmeiras x Corinthians, a filmagem global (exibida também no SporTV) flagrou aqui uma figura popular e a câmera tirou dela rapidamente. Quem era o flagrado? O ex-repórter esportivo e torcedor alviverde Reinaldo Gottino, que apresenta na Record o "Balanço Geral SP", que costumeiramente derrota o Plim-Plim em sua segunda metade com o quadro de fofocas "A Hora da Venenosa".

TV Globo Minas Com um novo repórter em sua equipe (Maurício Paulucci, que já era da casa pois compunha o GloboEsporte.com), a filial de Belo Horizonte liderou a rede nacional em 14 de março por abertos para todo o país os pênaltis de Atlético x Figueirense, pela Copa do Brasil. Uma curiosidade foi que o hino de cada time tocou a cada chute convertido, algo sem qualquer paralelo em nenhum outro canal brasileiro.

TV Liberal Promoverá no próximo dia 17 o tradicional Troféu Rômulo Maiorana. Repórter da rede no RJ, Régis Rosing será o anfitrião do evento que distingue os melhores do ano anterior no esporte do Pará.

Futsal no "Esporte Espetacular" O amistoso Brasil x Colômbia marcou a 1ª transmissão nacional no Plim-Plim de Daniel Pereira e Marcelo Rodrigues, dupla titular do SporTV na Liga Futsal.

Fórmula 1 O público de alto poder aquisitivo ajuda a mantê-la no ar, mesmo sem brasileiros a disputá-la neste ano. De Gabriel Vaquer no UOL Esporte: 32% das pessoas que assistiram as corridas no ano passado são das classes A e B, o que ajuda a explicar o movimento publicitário e cotas totais na casa dos R$ 500 milhões. A abertura das transmissões da F-1 rendeu ao canal o prêmio de "Melhor Abertura Promocional" no Festival de Nova York.

Culinária e futebol Estreada pelo GNT, a série "Jogada de Chef" tem passado no "Esporte Espetacular". O chef Felipe Bronze entrevista jogadores da Seleção atuantes em clubes europeus nas casas deles e prepara uma receita completa. O diretor Luís Nachbin foi repórter esportivo da Globo nos anos 90.

TV BANDEIRANTES

Sob nova direção Rosa Maria Cicirelli assumiu a gerência de esportes da Band aberta, sucedendo Humberto Candil. Ela gerenciava o BandSports, cuja direção passou a ser de Denis Gavazzi.

Título clássico, programa novo Estreia no dia 22 o "Show do Esporte", apresentado por Milton Neves e sem relação com a mítica maratona dominical dos tempos do "Canal do Esporte". Passará das 21h à 0h, terá variedades misturadas ao futebol e contará com as participações de Juliana Salimeni (ex-"Pânico"), da ex-bandeirinha Fernanda Colombo Uliana, do humorista Rogério Morgado e de Marília Ruiz, que retorna à emissora após mais de uma década. De Gabriel Vaquer no UOL Esporte: a estreia foi adiada em uma semana tanto pela Band querer divulgá-la mais ainda, inclusive com Milton Neves participando dos programas da grade de variedades, quanto pelo entrosamento de Milton e dos demais participantes ainda não estar 100%.

Despedida após 16 anos gerais Foi a do "Terceiro Tempo" no último dia 8. Do Flávio Ricco no "Canal 1": o último programa marcou 3,6 pontos em São Paulo, mas o índice foi prejudicado pela atração começar normalmente às 17h50 e ficar no traço durante quase meia hora, tendo em vista a decisão do Campeonato Paulista parar nos pênaltis. Desde 2008 na Band, a atração estreou na Record em termos televisivos.

Deixando o esporte É Larissa Erthal, que passou a fazer de segunda a sábado o regressado programa de variedades "Vídeo News" direto do Rio de Janeiro e foi substituída nas transmissões da Liga dos Campeões por Elia Jr., que também entrará no seu lugar no "Band Esporte Clube" quando ele passar a ser das 13h às 14h quando começar a nova grade dominical. Do Flávio Ricco no "Canal 1": porém, a emissora teria até mesmo a ideia de colocar Denílson na função devido ao seu carisma e ao apelo comercial - leia-se: obtenção de patrocinadores.

"Causou" na final paulista Neto, evidentemente. Além de "declarar" o Palmeiras campeão após a vitória na ida, com direito a taça e tudo durante a versão paulistana de "Os Donos da Bola", ele extravasou ao comemorar o título do Corinthians em vídeo publicado nas redes sociais, com direito a tirar a roupa ao ficar de costas para a câmera. De Danilo Lavieri no UOL Esporte: as reações iradas de alviverdes ao ex-jogador alvinegro foram transferidas em automático para a emissora, tanto que os jogos seguintes no Allianz Parque tiveram sua equipe enviada em carros sem sua logomarca para passarem à paisana. O comentarista também "causou" ao "enterrar" o São Paulo após a eliminação na semifinal, revivendo um expediente habitual de Milton Neves no antigo "Debate Bola", da TV Record, e ainda acusou a CBF de tentar censurar suas críticas a algumas convocações de Tite. Do Flávio Ricco no "Canal 1": apesar disso tudo - ou talvez por tudo isso -, seu contrato está por ser renovado.

Ficaram de bem? Aparentemente as diferenças entre Neto e Denílson - aparentemente tão fortes a ponto de nunca mais eles terem feito juntos um mesmo programa, nem sequer o "Terceiro Tempo" aos domingos - foram resolvidas. No último dia 4, o comentarista do "Jogo Aberto" foi projetar aqui Roma x Barcelona dentro da versão paulistana de "Os Donos da Bola" e foi introduzido assim pelo apresentador: "Tudo na vida a gente tem que ter gratidão, perdão e desculpa. Que você continue tendo sucesso no 'Jogo Aberto'."

Entrevistão com Denílson Foi feito por Karla Torralba e Felipe Pereira pro UOL Esporte, com um sem-número de assuntos abordados. Ele contou que Caio Ribeiro foi o primeiro que soube de seu convite para comentar a Copa do Mundo de 2010 no programa "Band Mania", falou dos aprendizados com Milton Neves para encarar o teleprompter e da parceria televisiva com Renata Fan. No entanto, para mim particularmente, o ponto mais destacado foi quando ele citou que, no mesmo Mundial de 2010, foi convidado para comentá-lo por uma emissora de rádio. Isso não aconteceu por veto da esposa Luciele di Camargo, que disse assim: "Você não vai comentar a Copa em uma rádio. Com o que você já conquistou com a Seleção, não tem nada a ver comentar em uma rádio. Alguma coisa vai aparecer na TV." Imagina se não fiquei extremamente brabo e irritado com tal menosprezo dela pela mídia mais tradicional não só do futebol, mas de tudo de tudo? Mas o tempo tratou de responder à Luciele pois Denílson também fez um papel importante no rádio em suas participações na saudosa Bradesco Esportes FM.

Renata Fan processada Pelo atacante Jô, hoje no Nagoya Grampus, que quer R$ 100 mil em indenização por danos morais por um comentário dela no ano passado, após seu gol de braço em Corinthians 1 x 0 Vasco. Ao defender que ele devesse se acusar para uma irregularidade não ser validada, a apresentadora fez uma analogia com um ladrão que rouba um anel em uma casa, desmente isso, mas é confrontado pela câmera de segurança, não tendo mais como sustentar sua história. Posteriormente, Renata reconheceu ter errado ao usar a palavra "roubar" e pediu desculpas a ele. Aparentemente, ele deu de ombros para tanto.

NBA de volta? Parece que não. Do UOL Esporte: a competição foi oferecida à emissora, mas problemas como os horários das partidas para encaixe na grade deixaram o acerto mais distante. A assessoria de imprensa diz que as negociações continuam, mas a ala que afirma que não rolará transmissão já seria maior.

Bem que Rick Souza alertou Sabe a cancelada versão goiana de "Os Donos da Bola"? Voltou ao ar no último dia 2, mas agora chamada "Jogo Aberto GO". Detalhe: o cenário é o mesmo, padronizado com o novo adotado pelo "Donos" em SP. Os apresentadores são os mesmos Beto Brasil, Álvaro da Universo e José Leal, a eles se juntando Romes Xavier. O programa tinha saído do ar depois da horrível repercussão de perguntas e respostas em tom machista para as candidatas a musa do Campeonato Goiano. Como se tudo isso não bastasse, quer mais uma? O "Jogo Aberto GO" exibiu gols dos Campeonatos Paulista, Carioca e Mineiro não com imagens originais da Band, mas sim as transmitidas pelo SporTV, extraídas que foram da internet.

OUTRAS EMISSORAS

RedeTV! Série B do Brasileirão sem exibição a partir deste ano devido a um desacerto com a TV Globo, que assumiu por completo os direitos de transmissão - inclusive do jogo semanal que era cedido à Sport Promotion, o qual era comercializado para a RedeTV!. Do Eduardo Ohata no UOL Esporte: o torneio ficará sem qualquer exibição em canal aberto pois nem sequer as até 3 transmissões regionais serão mais feitas pelo Plim-Plim. Como compensar isso? Flávio Ricco noticiou no "Canal 1" que a emissora estaria apenas a uma assinatura de voltar a transmitir o Campeonato Italiano, mas o próprio canal desmentiu ser este o torneio europeu no qual tem, sim, interesse. De Gabriel Vaquer no UOL Esporte: o torneio que poderá regressar é o Inglês.

SBT Exibida para toda a região, a Copa do Nordeste pode ter sua final transmitida em rede nacional. De Gabriel Vaquer no UOL Esporte: porém, isso depende de aval do Silvio Santos. De nada adiantará a direção querer mostrar o jogo decisivo para todo o Brasil para prestigiar suas afiliadas por tirarem um torneio grande da Globo e para valorizar um produto esportivo especial para comercializar se o "Patrão" não der OK para tanto. Ajuda a gente aí, Senor! Enquanto isso, no Rio de Janeiro, o "SBT Esporte" mudou de horário para 11h30. De Gabriel Vaquer no Observatório da Televisão: mesmo dando bons 6 pontos em média, o programa perdia pro "Balanço Geral RJ". Para neutralizar a Record, o jornalístico vice-líder absoluto "SBT Rio" passou a ir até 13h15, quando entrega pro bom e velho "Chaves". Além disso, José Carlos Araújo e cia. passaram a ser os primeiros a falar do futebol local diariamente, visto que "Os Donos da Bola" na Band começa às 12h30 e o "Globo Esporte" às 12h50.

TV Record Exibido das 12h30 às 12h50 dentro do "Balanço Geral RS", o quadro "Balanço na Rede" passou a ser feito em externa às quartas-feiras pelo apresentador Nando Gross ao lado de convidados especiais. A primeira edição neste formato foi realizada no Chalé da Praça XV, no Centro de Porto Alegre.

TV Horizonte A emissora de Belo Horizonte estreou no último dia 2 o "Horizonte Esporte", programa apresentado por Luciano Moreira, que estava na Rede Minas, e que vai ao ar às 20h.

TV Nova Nordeste Estreado neste canal do Recife, às 12h também do último dia 2, o programa "Nova Esportes", apresentado pelo trio composto por Ricardo Luís, Iranildo Silva e Walleys Santos.

Canal Brasil Estreado às 21h30 dos domingos o "Bonde do Zé", programa de entrevistas cujo incremento é o convidado do Trajano levar dois ou três discos musicais de preferência e, se tiver, o jogo de botão guardado da infância ou uma coleção especial. Zico foi o primeiro de 13 entrevistados, alguns dos demais sendo Magic Paula, Isabel, Afonsinho, Chico Pinheiro, Xico Sá, Flávia Oliveira e Juca Kfouri.

SPORTV & PREMIERE

Novo narrador Gustavo Villani fará sua primeira transmissão no São Paulo x Paraná da próxima segunda, às 20h, ao lado de Maurício Noriega, André Hernan e Filipe Cury. No primeiro mês no canal, participou como debatedor de diversos programas, mais assiduamente do "Troca de Passes" por duas semanas durante as férias de Roger Flores. Nele, cometeu uma gafe ao citar o Fox Sports durante uma informação referente a Grêmio x Avenida. Da Keila Jimenez no R7: Guga fez um "tour de gratidão" e visitou ex-colegas de todos os veículos onde trabalhou anteriormente (Gazeta Esportiva, rádios Transamérica, Globo e Estadão, TV Record, ESPN e Fox Sports).

20 dias de férias Do Flávio Ricco no "Canal 1": tirará Milton Leite após transmitir Corinthians x Fluminense.

Só assim para mostrá-los O SporTV nunca mostra os gols da Liga dos Campeões para não estampar em sua tela a logomarca do exibidor em canal fechado Esporte Interativo, mas uma exceção precisou ser aberta para mostrar os de Juventus 0 x 3 Real Madrid. Debater, comentar, analisar e repercutir o golaço de bicicleta do Cristiano Ronaldo não faria sentido sem mostrá-lo. Porém, dias depois o habitual foi retomado. Um clipe com gols além dos 45 minutos do segundo tempo no Brasil e no mundo nas últimas semanas incluiu o de pênalti dos madrilenhos sobre a Velha Senhora com narração do Galvão Bueno na Globo... e fotos a ilustrá-lo.

Abraço emocionado Recebeu o repórter Caio Maciel ao transmitir a final do Troféu do Interior de SP. Quem lhe deu o abraço foi João Brigatti, técnico interino da Ponte Preta, felizão pela conquista diante do Mirassol.

O Brasil em um só estúdio O "Bem, Amigos!" do dia seguinte às finais estaduais teve Galvão Bueno e Arnaldo Cezar Coelho reunindo cronistas de sete praças diferentes para repercuti-las: Muricy Ramalho por São Paulo, Paulo César Vasconcellos pelo Rio de Janeiro, Bob Faria por Belo Horizonte, Maurício Saraiva por Porto Alegre, George Guilherme pelo Recife, Thiago Mastroianni por Salvador e Fábio Pizzato por Fortaleza.

Escalas diferenciadas Sabe-se lá por qual motivo alguns profissionais locais não foram escalados para decisões estaduais. Exemplos: a ida mineira Atlético x Cruzeiro teve Júlio Oliveira formando dupla com Henrique Fernandes ao invés de Jaime Júnior, que narrou a volta; os dois Ba-Vi não tiveram Danilo Ribeiro, Jorge Allan e Roberto Monteiro, mas sim dois tubos com Bernardo Edler e Carlos Eduardo Lino na ida e Rainan Peralva e Sérgio Xavier na volta - sendo que Rainan é baiano, mas atualmente tem sido mais "carioca profissionalmente falando"; os dois Goiás x Aparecidense não tiveram César Rezende e Victor Roriz (que dividiram a decisão na TV Anhanguera), mas sim tubos com Cláudio Uchôa na ida e Márcio Meneghini na volta, com Paulo Stein comentando os dois jogos; e os dois Náutico x Central não tiveram Rodrigo Raposo, Marquinhos e Marcelo Cavalcante, mas sim tubos com Clayton Carvalho na ida e Daniel Pereira na volta, ambas comentadas por Ricardo Gonzalez.

Automobilismo Enquanto os Q3 das classificações da Fórmula 1 passou a ser transmitido também na TV Globo ao vivo em rede com o SporTV (exceto quando inviável por questões de grade, como foi neste GP da China), o canal fechado começou a transmitir as etapas da Fórmula 2, que substituiu a GP2.

Resposta direta Narrando o Masters de Miami, Cláudio Uchôa registrou no ar a mensagem de um assinante que não estava gostando de sua narração. Ele respondeu: "daqui a pouco eu saio, às 6 da tarde".

Nova fase A do "Tá na Área", que desde este mês passou a ter Bárbara Coelho formando dupla com Fred Ring, que fazia o extinto "Giro SporTV". Comentaristas passaram a participar de um sofá colocado no novo estúdio. De Brunno Carvalho no UOL Esporte: Fred era para ser inicialmente locutor, tanto que entrou no SporTV através do projeto "Talentos da Narração", mas no meio do caminho surgiu um convite para ser apresentador e foi nesta função que se estabeleceu, embora transmitisse futebol em inglês pela Globo Internacional.

Neutros ao máximo Devem procurar ser os cronistas do SporTV, sem abrir preferências clubísticas. Isso foi dito durante o "Redação" por Marcelo Barreto quando discutida uma coluna de Juca Kfouri na Folha de S.Paulo sobre análises referentes a Palmeiras x Corinthians terem a ver com as cores do coração de seus autores. Barreto disse que não tem problema em responder a alguém na rua que lhe perguntar para qual time torce, mas a emissora explicou que não encoraja a divulgação dos clubes de seus cronistas para preservar suas imagens.

Mais Marcelo Barreto Ele participou aqui de um vídeo especial da Globosat com jornalistas de seus canais contando momentos marcantes por eles vividos em alusão ao Dia do Jornalista, celebrado no último dia 7.

ESPN BRASIL

Campeão de audiência O canal foi o mais visto por homens dos 18 aos 24 anos em fevereiro. Do Telepadi: ele superou Fox, Cartoon Network, Megapix e Warner, que fecharam os 5 primeiros, enquanto o Fox Sports ficou em 9º e o SporTV em 10º. Jogos de Espanhol, Italiano e Inglês responderam por 27% de toda a audiência da ESPN, que liderou com o Jogo das Estrelas da NBA, o mais assistido desde 2015. Já o "Resenha ESPN" com Ronaldinho Gaúcho no dia 25 do mês passado foi vice-campeão. Da Keila Jimenez no R7: o programa liderou na TV por assinatura em seu horário e só não foi mais visto que a edição com Ronaldo Nazário em dezembro de 2016. Enquanto isso, o "Linha de Passe" foi muito assistido no dia 28 do mês passado. Do NaTelinha: o programa atingiu um recorde histórico de audiência entre homens dos 18 aos 49 anos.

Entrevista exclusiva Foi gravada com Pelé pelo vice jornalístico e de produção João Palomino, em rara aparição atual no vídeo, para exibição no "Sportscenter" da noite da última sexta-feira.

Vencido e vencedor Foi Juca Kfouri. Do Antagonista: o comentarista foi condenado em primeira instância pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro a indenizar em R$ 120 mil o deputado federal Jair Bolsonaro por dizer no "Linha de Passe" que fois torcedores do Fluminense, que intimidaram três colorados em um vagão de trem na capital fluminense, "provavelmente são desses que saem por aí gritando o nome de Bolsonaro", além de afirmar que vivera "situação semelhante, mas dentro do DOI-CODI, na frente de um torturador". Por outro lado, Juca ganhou causa contra Jair para ser indenizado em R$ 6 mil devido a um vídeo no qual o congressista vestiu uma camisa do Flu ao lado de torcedores em seu gabinete e afirmou que ele tinha que levar "um tabefe aí para aprender a ser homem". Nos dois casos, as partes podem - e certamente vão - recorrer.

Contrados renovados Foram os dos comentaristas Jorge Nicola e Paulo Antunes. Este anunciou ter decidido por conta própria que não fará mais transmissões da MLB a partir desta nova temporada.

Alô? Quem é? Um momento divertido visto aqui marcou um final de "Sportscenter" do meio-dia, quando Eduardo Monsanto se despedia e seu celular... tocou! Juliana Veiga não teve dúvida e gentilmente o atendeu.

Mulher tem vez Comprados diversos eventos femininos: Liga dos Campeões (futebol), Liga dos Campeões, Italiano e Masters de Montreux (todos de vôlei). Como nem tudo é perfeito, infelizmente a maioria deles deverá passar na ESPN Extra, canal restritíssimo aos assinantes do pacote HD da Sky.

FOX SPORTS

Independente da TV paga É o streaming Fox+, que reúne os 11 canais do grupo - entre eles os dois Fox Sports. Mesmo quem não assinar uma operadora poderá assinar este serviço, que poderá ser assistido em dispositivos móveis, computadores e televisores com AppleTV ou Chromecast. Assinatura mensal a R$ 34,90.

Líder de audiência É o "Fox Sports Rádio". Do Eduardo Ohata no UOL Esporte: no primeiro trimestre deste ano, o programa tem 38% a mais de telespectadores homens dos 18 aos 49 anos que o SporTV em seu horário. Ano passado, a vantagem era de 4%. De Karla Torralba no UOL Esporte: o apresentador Benjamin Back disse que futebol é diversão e que certos programas fazem a pessoa achar que está na Fundação Getúlio Vargas ou fazendo um MBA em Harvard. Disse ele que não adianta mudar cenário e outras coisas se não se pode falar o que realmente se quer e que, se um "Rádio" for feito no meio do jardim e sem cenário, o povo assistirá igual.

Bate-boca Rolou no "Fox Sports Rádio" do dia 21 do mês passado, quando Flávio Gomes criticou o TJD/SP (ao qual chamou de "aberração jurídica") pela demora de 3 semanas para Jaílson ser julgado pela expulsão contra o Corinthians. Presidente do órgão, Antônio Olim participou por telefone e criticou fortemente o comentarista - que não o retrucou - com termos como "repórter porcaria" e "mal informado". Dias depois deste entrevero, Gomes foi notícia positivamente devido ao lançamento de "Dois Cigarros", seu primeiro livro de ficção.

Avisem João Guilherme! Durante Audax Italiano x Botafogo, o narrador citou seguidamente Leandrinho como um dos jogadores em campo. Pelas redes sociais, este avisou João que estava em casa e que quem estava jogando era Leandro Carvalho. A informação foi corrigida aos 35 minutos do primeiro tempo.

Negociação emperrada A da contratação do ex-jogador Edílson. De Gabriel Vaquer no UOL Esporte: entraves burocráticos e engavetamento do quadro que faria no "Jogo Sagrado" devido ao novo programa semanal ainda não dar os resultados esperados pelo canal impedem um desfecho positivo. Mas ainda querem Edílson para a equipe, nem que seja como participante da cobertura da Copa do Mundo.

Um pulinho no Amazonas Deu a apresentadora Daniela Boaventura para ser a mestre de cerimônias na apresentação do elenco e dos novos uniformes do Iranduba, um dos principais clubes do nosso futebol feminino.

Automobilismo in loco Foi na etapa de Punta del Este da Fórmula E, coberta diretamente do autódromo por Téo José e Jackson Pinheiro, só não sei dizer se apenas por eles ou se também por um comentarista.

ESPORTE INTERATIVO

Narrador recontratado É Rafael Ribeiro, que já foi do canal de 2007 a 2009. Ex-ESPN e Record, ele reestreará nesta segunda como novo apresentador do programa noturno "Jogando em Casa".

Reestreado O programa "Dois Toques", exibido entre 2012 e 2013, agora veiculado diariamente às 17h30 e tendo como apresentadores Luís Felipe Freitas, Alexandre Gimenes e Bruno Formiga.

Audiência dispensada Participante do "+90", Alfredo dos Santos Loebeling não pode mais ler o Blog do Menon. Assim afirmou o próprio Luis Augusto Simon no UOL Esporte ao dizer que também não assistirá mais nenhum programa com sua participação no EI pois, embora ele sempre o tratasse bem ao serem concedidas entrevistas, acha que tudo tem um limite e que não tolera que o ex-árbitro considere um herói o finado Carlos Alberto Brilhante Ustra, coronel do Exército e ex-chefe do DOI-CODI durante a ditadura militar,  homenageado por Jair Bolsonaro em seu voto na votação do impeachment de Dilma Rousseff. Minha única dúvida é se o Alfredo externou isso no ar no EI ou se disse isso reservadamente e tal afirmação chegou no Menon, isso não me ficou claro.

BANDSPORTS

Chamadas gravadas Da transmissão de Roland Garros. Do Flávio Ricco no "Canal 1": Oliveira Andrade e outros integrantes da cobertura fizeram as gravações nas quadras do Clube Paineiras, em São Paulo.

RÁDIO DE SÃO PAULO

Agressões a jornalistas Foram registradas ao término de Palmeiras x Corinthians no domingo passado. Relatos nesse sentido foram feitos por repórteres como João Paulo Cappellanes (Bandeirantes), Luiz Teixeira (BandNews FM) e Gustavo Zupak (Globo/CBN), cuja colega Ana Thaís Matos contou ter sido ofendida por um segurança que afirmou que não falaria com ela "por ser mulher". Além da Ana, outras mulheres ofendidas foram Mariana Pereira (Trianon & Premium Esportes) e Jade Gimenez (Rádio Coringão). Posicionada na Tribuna de Imprensa Osmar Santos, que fica muito próxima aos torcedores, a equipe da webrádio Poliesportiva foi agredida com uma lata de lixo jogada por um torcedor. A ACEESP prometeu tomar providências.

Menos um no esporte da Bandeirantes Felipe Garraffa não é mais seu repórter. Do Anderson Cheni: ele continuará na emissora, mas somente no jornalístico matinal "90 Minutos" durante a semana, já que fará parte da equipe do "Agora é com Datena", programa dominical que José Luiz estreará na TV Band no próximo dia 22.

Política interferiu no futebol A cobertura da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afetou as transmissões da Bandeirantes três vezes. Em duas delas, os jogos Barcelona x Roma e Estudiantes x Santos foram feitos apenas no AM 840 devido à política estar espichada no FM 90,9 - o que também afetou o "Resenha, Futebol e Humor" a ponto de ficar alguns dias sem ir ao ar. Na outra vez, Manchester United x Manchester City não foi transmitido pois a cobertura política tomou todo o espaço da grade esportiva de sábado.

Madrugada diferenciada Foi a de João Paulo Cappellanes na virada de 6 para 7 deste mês, quando apresentou aqui o "Bandeirantes a Caminho do Sol" ao vivo da 0h às 5h justamente devido à cobertura direta e reta das horas que antecederam a rendição de Lula à Polícia Federal. Desde 2013, o programa outrora apresentado por Cláudio Zaidan e Zancopé Simões tem apresentação toda gravada e apenas boletins de hora cheia ao vivo.

Escolhas melodiosas No dia 18 do mês passado, a Bandeirantes veiculou um especial de 55 anos do dominical "Arquivo Musical" e vários comunicadores da estação participaram escolhendo aqui duas canções. Do esporte, foram quatro representantes: Ricardo Capriotti ("Have You Ever Seen The Rain?", com Creedence Clearwater Revival, e "Gostava Tanto de Você", com Tim Maia), Elia Jr. ("Alegria, Alegria", com Caetano Veloso, e "It's a Beautiful Day", com U2), Ulisses Costa ("Terra Tombada", com Chitãozinho & Xororó e "Menino da Porteira", com Sérgio Reis) e Cláudio Zaidan ("Let It Be", com The Beatles, e "Manuel, o Audaz", com Toninho Horta).

Preenchendo horário Em 1º de abril, apenas Bandeirantes (tubo próprio) e Globo/CBN (rede RJ) tiveram bola rolando com Botafogo x Vasco, já que Corinthians x Palmeiras teve de ser no dia anterior.

Fórmula 1 As transmissões da Band neste ano têm ido ao ar apenas pela BandNews FM. Nem mesmo as corridas da madrugada têm passado na Bandeirantes - a novidade delas é a retransmissão pela Trânsito FM. Além de Odinei Edson, Alessandra Alves e Julianne Cerasoli, as provas ganharam participações especiais tanto do uma que outra vez regressado Luís Fernando Ramos quanto do experientíssimo Castilho de Andrade.

Reassumindo o microfone José Calil voltou a apresentar o "Resumo Esportivo" na Transamérica após um afastamento de algumas semanas consta que causado devido a problemas pessoais.

Assessoria de imprensa A do "Estádio 97" foi assumida por Marcello Lima. Do Anderson Cheni: o ex-repórter de Jovem Pan e Capital agora ajuda levar convidados de renome ao estúdio da Energia FM uma vez por semana.

Narrador agredido Foi Paulo Sodate. De João Rafael Pinheiro no Torcedores: o locutor da Equipe Líder tomou muitos chutes de adeptos da Portuguesa no Canindé após o empate com o Juventus, pela Série A2. Sodate contou que não levou seus habituais três seguranças a este jogo pois imaginava que ele seria mais tranquilo.

Brasileirão na Grande SP Será transmitido pela ABC AM de Santo André. Do Anderson Cheni: comandada por Ismael Alves, a equipe terá os narradores Gomão Ribeiro e Ricardo Melo (este permanecido na 105 FM), o comentarista Jurandir Martins e o repórter Airton Marques, entre outros profissionais.

Mudanças em Campinas Dois profissionais saíram da Central: o comentarista Elias Aredes Júnior, que falou no Só Dérbi sobre sua demissão; e o narrador Júlio Nascimento, que se transferiu para a Bandeirantes.

Dois times ao mesmo tempo Assim aconteceu no dia 21 do mês passado. Bandeirantes e Central preferiram a íntegra de Portuguesa x Guarani, enquanto Brasil e Globo/CBN foram de Ponte Preta x Mirassol.

Mudança em Limeira O narrador Edmar Ferreira deixou a Educadora AM após 23 anos em duas passagens para tocar um novo projeto na internet com transmissões de jogos pela Rádio Pimba no site Rápido no Ar.

RÁDIO DO RIO DE JANEIRO

Simultaneidade tripla Aconteceu em 18 de março e ficou assim no dial: Botafogo x Vasco em Brasil, Globo, Nacional, Transamérica e Tupi FM; e Flamengo x Portuguesa em CBN e Tupi AM. Também às 16h, Cabofriense x Fluminense até foi feito pela Tupi, mas somente pela internet.

Decolando rapidinho As transmissões de futebol da webrádio SRzd, que afirmou ter chegado em apenas um mês a 70% do plano elaborado para o quádruplo deste período, tanto assim que uma novidade foi Antônio Carlos Duarte passar a ter um comentário pós-rodada nos dias seguintes aos jogos às 10h e às 15h.

RÁDIO DE MINAS GERAIS

Diferenciação na Super Notícia FM Aconteceu na final Cruzeiro x Atlético. Ao invés de cada um narrar um tempo, Osvaldo Reis transmitiu só os lances azuis e Hugo Sérgio relatou apenas os alvinegros. A emissora mudou sua programação diária ao incluir o bem-humorado "Barba, Cabelo e Bigode" das 11h às 12h.

Novidades na 98 FM Uma delas foi a contratação de Eduardo Panzi, comentarista ex-Transamérica. A outra foi a estreia do programa noturno "Arena 98", todas as noites, com Héverton Guimarães, Alexandre Silva, Vinícius Grissi e Léo Gomide. Inicialmente veiculado às 20h, passou poucos dias depois para 19h.

Pendenga sem fim A imprensa foi corporativista no caso envolvendo Léo Gomide e Oswaldo de Oliveira, assim afirmou o ex-técnico do Atlético Mineiro em entrevista ao "Seleção SporTV". Disse ele ter sido demitido pela comoção causada pelo episódio com o repórter da Rádio Inconfidência após o jogo com o Atlético Acreano. Até agora, provas de que tivessem havido xingamentos de Léo para Oswaldo não foram apresentadas.

Futebol em Juiz de Fora A Catedral FM transmitirá os jogos do Tupi na Série C do Campeonato Brasileiro com uma equipe que tem dois narradores (Edson Palma e Marcos Moreno), dois comentaristas (Álvaro Quelhas e Giovane Ribeiro) e quatro repórteres (Carlos Ferreira, Eduardo Kaehler, Kilder Oliveira e Mônica Taísse).

RÁDIO DO RIO GRANDE DO SUL

Campeonato Gaúcho Nas quartas-de-final, a única estação a transmitir todos os outros seis jogos fora os dois Grenais foi a Gaúcha, única rádio de Porto Alegre nos dois São José x Veranópolis. Nas semifinais, São José x Brasil foi feito por Gaúcha (na estreia do plantão Raphael Gomes como repórter de campo) e Grenal (em inacreditável tubo total), enquanto Brasil x São José foi transmitido por ambas e também pela Guaíba - mas só a Gaúcha esteve em Pelotas. A Bandeirantes rodou os pênaltis com o som da Universidade AM.

Gaúchos em Cianorte A Gaúcha foi a única AM e/ou FM com narrador (Marcelo de Bona) no estádio em Cianorte x Internacional. Bandeirantes e Guaíba enviaram repórteres e a Grenal ficou toda no estúdio.

Doença derrotada Debatedor do "Sala de Redação" na Gaúcha, David Coimbra chegou às livrarias com "Hoje eu Venci o Câncer", obra na qual conta como superou um câncer de rim com metástase.

Fora do futebol Os dois participantes gremistas do "Bola nas Costas", da Atlântida, estarão na programação da 92 FM, nova emissora musical de Porto Alegre que a RBS estreará nesta segunda-feira. Rodrigo Adams apresentará os programas "#TardeMais92" às 14h, de segunda a sábado, e "Sextou 92", semanalmente às 22h. Já Duda Garbi, que também participa do "Sala de Redação" na Gaúcha, encarnará um de seus personagens no "Boteco do Jeiso" aos sábados, às 19h, e aos domingos, às 12h.

Fora do rádio por um dia Rússia x Brasil aconteceu às 13h e, como a Bandeirantes transmitiu este jogo, o "Toque de Bola" não foi ao ar e, com isso, dois de seus integrantes participaram do "Os Donos da Bola" na TV Band. Alex Bagé e Cláudio Duarte se somaram a Filipe Duarte, Daniel Oliveira e Sérgio Boaz.

Mudou de emissora com ele O "Trocação Pura" continua com Sérgio Boaz na Bandeirantes. Anteriormente programa semanal na Gaúcha, agora é quadro do "Bandeirantes Esporte Show".

Disponível no mercado É o apresentador Júlio Lemos, que deixou a Grenal FM após 1 ano e 3 meses.

Vida nova Promete ser a do Jairo Kuba, repórter da Galera da Web, que foi submetido a uma cirurgia bariátrica para substancial redução de peso. Nos primeiros dias, ao menos 10 quilos foram perdidos.

Diferenciação na Rádio Caxias Aconteceu nas quartas do Gauchão. O titular Gilberto Júnior narrou os dois clássicos Grenal, enquanto Eduardo Costa irradiou as duas partidas Caxias x Avenida.

RÁDIO DE SANTA CATARINA

Luto em Criciúma Morreu no último dia 6 o comentarista Milioli Neto, aos 78 anos, que sofria de esclerose lateral amiotrófica. Fora do ar desde o ano passado, marcou época nas rádios Eldorado, Transamérica e Difusora, além das TVs RBS, TVCOM, Canal 20 e RCE. Comentou em rede nacional jogos do Criciúma na Libertadores de 1992 ao lado de Galvão Bueno e Lombardi Jr. Escreveu para os jornais Tribuna do Dia e Diário de Notícias, foi diretor de futebol do Criciúma no título catarinense de 1986 e dirigiu o Avaí na conquista estadual de 1988.

Barrado no baile Foi o repórter Janniter de Cordes, da CBN/Diário, na coletiva do Avaí no dia 14 do mês passado. A assessoria do clube disse que os jogadores assim decidiram por solidariedade ao técnico Claudinei Oliveira. Porém, o que motivou de fato a atitude não contra o profissional e sim contra a emissora foram comentários do ex-árbitro Osvaldo Meira Júnior, convidado especial no clássico contra o Figueirense, que chamou o treinador azurra de "moleque". A CBN afirmou que isso não está alinhado com sua conduta.

Abençoado lá do céu Certamente é Rangel Agnolin, que passou a reportar jogos pela webrádio Catarina de Itajaí. Ele é irmão de Renan Agnolin, repórter da Oeste Capital e uma das vítimas do voo da Chapecoense.

RÁDIO DO PARANÁ

Seis dígitos de visualizações Atingiu a Banda B em seu perfil no Facebook na final do Campeonato Paranaense. Do TudoRádio: foram mais de 103 mil totais, com pico de visualização de 3,9 mil usuários simultâneos. No Brasileirão, as transmissões passarão a ser veiculadas também no YouTube.

RÁDIO DE PERNAMBUCO

Mordido na final Foi Victor Pereira por um cão da Polícia Militar antes de Náutico x Central. O repórter da CBN Recife só percebeu isso ao sentir uma pancada muito forte em sua perna esquerda, apenas ali notando que uma policial tentou controlá-lo, sem sucesso. O ferimento o impediu de cobrir a decisão do Campeonato Pernambucano e, embora ele esteja bem, lhe tira do microfone por alguns dias até que volte a bem se locomover.

RÁDIO DA BAHIA

Trio in loco Teve a Metrópole FM em Blooming x Bahia. Do Anderson Cheni: presentes em Santa Cruz de la Sierra, o narrador Raniere Alves, o repórter Marinho Jr. e o apresentador Edson Marinho. Com problemas técnicos, a emissora teve que fazer a maior parte do jogo por telefone. Com auxílio da direção do Esquadrão de Aço, Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva na cabine da Metrópole para que ela também pudesse cobri-la.

Luto em Salvador Morreu no último dia 3 o ex-jogador Luiz Alberto, chefe esportivo da Cristal AM e heptacampeão estadual pelo Bahia na década de 1970. Ele tinha 70 anos e sofria de câncer no fígado.

RÁDIO DE GOIÁS

Trocou tudo de tudo Do Auvaro Maia: em nova fase no futebol, a Sagres 730 contratou os comentaristas José Carlos Lopes, que deixou a Bandeirantes, Charlie Pereira e Evandro Gomes, que já estavam ali na equipe terceirizada pela Planejar. Também chegou o repórter Wendell Pasquetto, que permanece na PUC TV. Já o apresentador Fernando Faria passou a conciliá-la com a São Francisco FM de Anápolis. Regressou ainda o narrador Ronair Mendes, cujo substituto na Aliança é Cunha Filho, que deixou a Bandeirantes, da qual saiu a equipe de João Batista para entrar a da Planejar, comandada por Nivaldo Carvalho e que tem como novidades o comentarista Adolfo Campos (que já estava na RB como apresentador do matinal "Jornal Bandeirantes" e que tem feito comentários matinais no programa "Show de Bola", da Mega FM de Itumbiara), o repórter Arthur Magalhães, o coordenador Bruno Daniel e os narradores Edson Rodrigues, Luiz Gama e Alípio Nogueira.

De volta às viagens Edson Rodrigues não viajava havia 8 anos e voltou a transmitir in loco sem ser em Goiás na última quarta, ao fazer Avaí x Goiás pela Bandeirantes. Ele foi o único narrador do estado na Ressacada, onde CBN e Sagres 730 estiveram apenas com repórteres, enquanto a Aliança ficou no estúdio.

Mais uma opção Goiânia agora tem 5 rádios transmitindo futebol pois a Aliança, Bandeirantes, CBN e Sagres 730 se juntou a Gospel FM. Do Auvaro Maia: inicialmente será transmitido um jogo na sexta ou no sábado com uma equipe formada por Thiago Menezes na narração, Enoque Neto na reportagem e cinco comentaristas (Alexandre Godói, Bispo Wagninho, Dione Uto, Léo Lobianco Júnior e Renato Sobrinho).

RÁDIO DE MANAUS

À beira do gramado Ali esteve Arnaldo Santos para narrar pela Difusora Amazonas a semifinal Rio Negro x Nacional. De Gabriel Mansur no GloboEsporte.com: o locutor de 79 anos não transmitiu de uma cabine pois não havia uma disponível no Centro de Treinamento Carlos Zamith. O árbitro o autorizou a ficar rente ao campo.

FLEXIBILIZAÇÃO DA VOZ DO BRASIL

Malabarismo em Porto Alegre Fez a Bandeirantes, primeira rádio a lançar mão deste recurso. Como atestam aqui, Internacional x Vitória teve três períodos de cobertura: das 19h às 20h, futebol em AM 640 e programa oficial em FM 94,9; das 20h às 21h, futebol em FM 94,9 e "Voz" em AM 640; e das 21h até o fim da jornada, os dois prefixos juntos. As outras duas AM/FM, Gaúcha e Guaíba, preferiram entrar com o jogo no dial só às 20h.

Iniciados mais cedo Diversos programas passaram a iniciar às 19h em estações que agora rodam a "Voz" às 21h: em São Paulo e no Rio de Janeiro, "Globo Esportivo" na Rádio Globo (que pegou o espaço do "Zona Mista", agora no ar apenas das 18h às 19h não só no dial, mas no geral, visto que a faixa via internet às 21h passou a ter seleção musical); em Belo Horizonte, "Arena 98" na 98 FM; em Porto Alegre, "Grenal Futebol Clube" na Grenal FM; e em São Luís, o "Jogo Rápido" na Timbira AM. Já em Fortaleza, a partir desta segunda-feira o "Show de Bola" da Verdes Mares iniciará mais tarde e terá sua duração triplicada, indo agora das 18h às 21h.

IMPRESSO & INTERNET

Despedida no Recife Cassio Zirpoli deixou o Diário de Pernambuco após 14 anos, os últimos 9 dedicado a um popular blog da seção de esportes. Por enquanto, ele continua participando do podcast "45 Minutos".

Novo streaming Começou o UOL Esporte Clube, que permite aos seus assinantes acompanhar os canais Esporte Interativo e ESPN Brasil sem necessidade de assinar uma operadora de TV por assinatura.

Sem novas publicações O blog de Vitor Birner acabou sua parceria com o UOL e o blog "Brasil em Tóquio" foi interrompido pelo GloboEsporte.com até o fim do ano devido a um projeto pessoal de Guilherme Costa.

Novo colunista É Guilherme Cimatti na seção de esportes do IG. Ele permanece na reportagem e produção da Rádio Bandeirantes e como integrante do site Nosso Palestra.

Novo canal no YouTube É o "Fábrica de Reportagens", lançado por Antônio Pétrin, ex-TV Bandeirantes.

Transmissões ao vivo Tem feito a Liga Futsal através da webTV de seu site, em mais uma parceria com a TV + NSports, que faz o mesmo com a Liga de Basquete Feminino. Elas se somam às feitas na televisão pela CATVE para a região de Cascavel e pelo SporTV para todo o Brasil.

500 Milhas de Indianápolis in loco Serão cobertas pelo Grande Prêmio, que enviará os repórteres Gabriel Curty e Rodrigo Berton, conforme anúncio do editor Victor Martins.

MOMENTO RARIDADE DARA: DATAS EM 0 OU 5

Quinta (15/3) 75 anos da Rádio Gazeta AM, das mais tradicionais emissoras esportivas de São Paulo ao revelar um sem-número de grandes profissionais neste período e que publicou aqui um lindíssimo especial com um caminhão de depoimentos de gente que nela esteve, de todas as gerações possíveis, indo de Galvão Bueno até Natalie Gedra, passando por Mauro Beting. Dois registros antigaços da Gazeta: de 1974, Brasil 1 x 0 Alemanha Oriental na Copa do Mundo com Milton Peruzzi, Barbosa Filho e Geraldo Blota; e de 1975, o GP do Brasil vencido por José Carlos Pace com relato de Marco Antônio, Galvão Bueno e Rubens Pecce.

Sexta (16/3) 50 anos de Adílson Batista. Como jogador, venceu um Paranaense pelo Atlético, dois Mineiros e duas Supercopas pelo Cruzeiro, uma Supercopa da Ásia pelo Jubilo Iwata e um Mundial pelo Corinthians. Destacou-se mais ainda no Grêmio com uma Libertadores, uma Recopa Sul-Americana, um Brasileirão e dois Gauchões. Da Supercopa de 1995, eis seu gol nos 3 x 1 sobre o Racing com Luciano do Valle, Rivelino e Osvaldo Pascoal na TV Bandeirantes. Na casamata, foi campeão potiguar pelo América, catarinense pelo Figueirense num 3 x 0 no Joinville transmitido em 2006 por Giovani Martinello na RBS TV e bicampeão mineiro pelo Cruzeiro, a primeira vez em 2008 num 1 x 0 sobre o Atlético com relato de Marcos Leandro e Marcos Guiotti no Premiere.

Sexta (16/3) 40 anos de Fredy Júnior, hoje apresentador do "A Bola Não Para" na TV Aberta de São Paulo e que trabalhou por 18 anos na Rádio Jovem Pan, destacando-se no setor do Palmeiras e na apresentação de programas de virada de ano, caso do aqui escutado na mudança de 2011 para 2012.

Sexta (16/3) 15 anos do Cruzeiro campeão mineiro (primeiro título da Tríplice Coroa) num 4 x 0 sobre a URT, fora de casa, que Alberto Rodrigues narrou aqui na Rádio Itatiaia.

Sexta (16/3) 5 anos da primeira partida de Campeonato Gaúcho na Arena do Grêmio, vencida pelos tricolores por 2 x 0 sobre o Lajeadense com Jader Rocha e Batista documentando aqui no SporTV.

Sábado (17/3) 65 anos de Jayme de Almeida, campeão paulista pelo São Paulo e pernambucano pelo Sport como jogador e capixaba pela Desportiva como treinador, mas que é mais marcado pelas passagens no Flamengo. Dentro de campo, foi campeão carioca de 1974, ano no qual seu gol nos 2 x 1 sobre o America foi registrado por Loureiro Júnior na TV Bandeirantes. Fora do campo, venceu um Carioca e uma Copa do Brasil, esta em 2013 num 2 x 0 diante do Atlético Paranaense com relato de João Guilherme e Victorino Chermont no Fox Sports.

Sábado (17/3) 25 anos do maior público do Estádio Santa Cruz, num amistoso Brasil 2 x 2 Polônia. O único vídeo que achei aqui foi de uma TV polonesa, que reproduziu a narração do Luiz Alfredo na TV Globo.

Sábado (17/3) 5 anos do Campinense campeão do Nordeste com 2 x 0 sobre o ASA. Aqui está a transmissão da Rede Globo (TVs Cabo Branco, Paraíba e Gazeta) com Madson Delano - sim, letreiros padrão SporTV.

Domingo (18/3) 65 anos de Matilde Mastrangi, famosa atriz de pornochanchadas dos anos 70 e 80. Registro aqui a data pois destaco de 1988 uma entrevista dela para Osmar Santos, que era apresentador de variedades na TV Manchete e que conversou com ela bem a caráter, ambos deitados em uma cama.

Domingo (18/3) 40 anos do nascimento de Fernandão, falecido em 2014 e um grande atacante. Surgido no Goiás, foi pentacampeão goiano, bicampeão do Centro-Oeste e campeão da Série B de 1999, na qual fez um golaço de bicicleta nos 4 x 4 com o Bahia, que Eusébio Resende e Raul Plassmann transmitiram no SporTV. Retornado da França, defendeu o Internacional e foi campeão mundial, da Libertadores, da Recopa Sul-Americana e duas vezes gaúcho. Mais adiante, ganhou outra Recopa e outro Gauchão como dirigente. Foi dele o 1.000º gol em Grenais nos 2 x 0 sobre o Grêmio, pelo Brasileirão de 2004, com Paulo Brito relatando no Premiere. Teve uma rápida passagem pelo São Paulo, da qual separei do Brasileiro de 2010 seu gol nos 2 x 0 diante do Palmeiras, que Oscar Ulisses contou na Rádio Globo. Apaixonado por aviação, teve isso mostrado em 2011 numa reportagem da Karine Alves na RBS TV. Foi justamente num voo de helicóptero que morreu em Goiás. Naquele ano da Copa do Mundo no Brasil, recém havia estreado como comentarista do SporTV, pelo qual trabalharia na competição. No dia de sua morte, uma nota foi emitida pelo canal e lida aqui por Sérgio Maurício em especial do "SporTV News".

Segunda (19/3) 45 anos de Vágner, ex-jogador do Santos campeão do RJ/SP em 1997. Pelo Vasco, faturou Carioca e Libertadores em 1998 e RJ/SP em 1999. Neste, fez um gol nos 3 x 1 sobre o São Paulo na semifinal transmitida na TV Globo por Cléber Machado, Casagrande, Arnaldo Cezar Coelho, Cesar Augusto e Ana Zimmermann. Já pelo São Paulo, foi campeão estadual em 2000. Neste ano, fez um nos 3 x 2 sobre o Palmeiras, pela Copa do Brasil, visto aqui em reportagem de Cesar Augusto na TV Globo.

Segunda (19/3) 30 anos da estreia de Luís Roberto na Rádio Globo. O primeiro gol que narrou está aqui e foi em XV de Jaú 3 x 2 Corinthians, pelo Campeonato Paulista. Ele ficou na emissora até 1998.

Terça (20/3) 85 anos do nascimento de Azeglio Vicini, falecido há dois meses e que treinou a Itália na Eurocopa de 1988 e na Copa do Mundo de 1990, disputada em casa e na qual a seleção ficou em 3º lugar ao marcar 2 x 1 na Inglaterra, como relatado aqui por Marco Antônio e Mário Sérgio na TV Bandeirantes.

Terça (20/3) 25 anos do Brasil campeão mundial de juniores ao derrotar Gana por 2 x 1 na finalíssima. Os gols foram apresentados aqui por Fernando Vannucci na TV Globo.

Quarta (21/3) 55 anos de Ronald Koeman, técnico da Holanda, pela qual foi campeão europeu em 1988 como jogador. Dentro e fora de campo, foi campeão nacional por Ajax e PSV Eindhoven, por este sendo campeão europeu quando jogador - a exemplo do repetido pelo Barcelona em 1992, seu que foi o 1 x 0 na Sampdoria. Em 2015, Milton Neves apresentou o lance no "Gol, o Grande Momento do Futebol" da TV Bandeirantes.

Quarta (21/3) 45 anos do Coritiba campeão do Torneio do Povo num 2 x 2 com o Bahia. Em 2007, a ESPN Brasil exibiu no "Loucos Por Futebol" uma reportagem de Rubens Pozzi sobre uma tentativa de reconhecimento deste título junto à CBF. Comentários de Marcelo Duarte, Celso Unzelte e Paulo Vinícius Coelho.

Quinta (22/3) 55 anos de Reinaldo Porto, narrador ex-SporTV e rádios Bandeirantes e Capital em São Paulo e CBN e Central em Campinas. De 2012, veja Barueri 1 x 4 Criciúma, pela Série B, com ele no SporTV.

Quinta (22/3) 45 anos de Maurício Portela, vice de mídias digitais do Esporte Interativo e um dos fundadores do canal, que foi o primeiro do gênero na América Latina a ter uma parceria com a Apple TV. Em 2014, ele falou sobre isso no "Jogando em Casa" para Leonardo Baran, Vitor Sérgio Rodrigues e Bruno Formiga.

Quinta (22/3) 35 anos de Dagoberto, campeão baiano pelo Vitória e mundial de juniores pelo Brasil. No Atlético, venceu um Brasileiro e um Paranaense. Destaco de 2002 seu gol com apenas 10 segundos nos 2 x 0 sobre o Botafogo, pelo Nacional, reportado por Rogério Tavares na RPC TV. No São Paulo, foi bicampeão brasileiro. Seu 1º gol aconteceu em 2007, nos 2 x 0 diante do Santos, e José Silvério narrou na Rádio Bandeirantes. No Internacional, foi campeão gaúcho. Em 2012, seu gol nos 2 x 0 sobre o Coritiba foi contado por José Aldo Pinheiro e Vagner Martins na Rádio Bandeirantes. No Cruzeiro, foi campeão estadual e bicampeão nacional. Em 2014, fez o 1 x 0 no Grêmio pelo Brasileirão e Osvaldo Reis contou na Rádio Globo. E no Vasco, foi campeão carioca. Em 2015, guardou um nos 5 x 1 sobre o Nova Iguaçu. Oliveira Andrade narrou na TV Bandeirantes.

Quinta (22/3) 35 anos de Coelho, campeão mundial de juniores pelo Brasil em 2003. No Corinthians, venceu um Paulista e um Brasileiro, este o de 2005. Neste ano, fez um gol nos 3 x 1 sobre a Ponte Preta e Galvão Bueno e Arnaldo Cezar Coelho transmitiram na TV Globo. Pelo Atlético, ganhou dois Mineiros. Em 2007, guardou um nos 3 x 1 diante do Cruzeiro e Marcos Leandro narrou no Premiere. Já no Bahia, foi campeão estadual em 2012. Um gol ele fez nos 3 x 2 sobre o Serrano e Pedro Canísio documentou no Premiere.

Quinta (22/3) 15 anos do Corinthians campeão paulista num 3 x 2 sobre o São Paulo. Foi - até o momento - a última cobertura de futebol brasileiro em rede nacional o SBT, que teve aqui Dirceu Maravilha, Léo Jaime, Zetti, Elias Awad, Valmir Jorge e Elia Jr. O clássico ocorreu às 18h do sábado a pedido do SBT, restando à Globo ter que deixar de exibir a reprise do último capítulo de "Sabor da Paixão" para transmitir o futebol.

Sexta (23/3) 45 anos de Jackson, ex-jogador quatro vezes campeão estadual pelo Maranhão e vencedor da Copa do Brasil pelo Cruzeiro e potiguar e brasileiro da Série C pelo ABC. No Sport, foi bicampeão pernambucano. Em 1998, anotou a virada por 2 x 1 sobre o Internacional, que Andrei Kampff reportou na RBS TV. No Palmeiras, foi campeão da Libertadores e do RJ/SP. Este torneio ele ganhou em 2000, mas é de 1999 que separei um gol nos 2 x 1 diante do Fluminense. Relíquia: Fiori Gigliotti narrando na Rádio Record. Já no Vitória, pelo qual foi tricampeão baiano, fez um golaço nos 5 x 0 pra cima do Vasco, pelo Campeonato Brasileiro de 2008. Transmissão da TV Globo com Luís Roberto, Sérgio Noronha, José Roberto Wright e Ivan Andrade.

Sexta (23/3) 35 anos de Cleiton Xavier, campeão baiano pelo Vitória no ano passado. Bicampeão gaúcho pelo Internacional, marcou dois nos 4 x 1 sobre o Confiança pela Copa do Brasil de 2004, que Glauco Pasa reportou na RBS TV. No Figueirense, foi campeão catarinense em 2008, ano no qual teve dois gols nos 4 x 0 pra cima do Joinville relatados por Giovani Martinello e Carlos Eduardo Lino no Premiere. Já no Palmeiras, ganhou uma Copa do Brasil e um Brasileiro, mas estes títulos bem depois de 2009, quando anotou um golaço para 1 x 0 diante do Colo-Colo, na Libertadores. Reinaldo Costa foi o narrador da Rádio Eldorado/ESPN.

Sexta (23/3) 30 anos de Lenny, ex-atacante campeão da Copa do Brasil de 2007 pelo Fluminense e paulista de 2008 pelo Palmeiras. Dois gols dele: de 2006, o dos 3 x 2 do Flu sobre o Cruzeiro com Luís Roberto na TV Globo; e de 2009, o dos 3 x 0 no Marília com Odinei Ribeiro no SporTV.

Sexta (23/3) 15 anos da primeira vitória de Kimi Raikkonen na Fórmula 1, ocorrida no mesmo Grande Prêmio da Malásia que representou o primeiro pódio de Fernando Alonso. Acompanham aqui as voltas finais transmitidas por Cléber Machado, Reginaldo Leme e João Pedro Paes Leme na TV Globo.

Sexta (23/3) 15 anos de seis conquistas estaduais: a do Carioca pelo Vasco num 2 x 1 sobre o Fluminense com transmissão de Luiz Carlos Jr. no SporTV; a do Paranaense pelo Coritiba num 2 x 0 diante do Paranavaí, que Jasson Goulart narrou na RPC; a do Catarinense pelo Figueirense num 2 x 1 sobre o Caxias com Márcio Martins narrando na RBS TV; a do Baiano pelo Vitória num 4 x 1 diante da Catuense, que Sérgio Pinheiro reportou na TV Bahia; a do Cearense pelo Fortaleza num 2 x 1 diante do Ferroviário para título direto à conquista dos dois turnos em reportagem de Marcelo Coimbra na TV Cidade; e a do Goiano pelo Goiás com 2 x 1 + 3 x 2 pra cima do Novo Horizonte, jogo reportado por Fernando Faria na TV Anhanguera.

Sábado (24/3) 25 anos do amistoso de despedida de Roberto Dinamite do futebol. Vasco 0 x 2 La Coruña teve aqui um gol de Bebeto e transmissão da TV Bandeirantes com Luciano do Valle, Gerson, Addison Coutinho, Letícia Dornelles e Elia Jr., além de participações especiais de Sérgio Noronha, Tostão, Rivelino e do campeão mundial de juniores Adriano. Infelizmente, o som está fora de sincronia com as imagens.

Domingo (25/3) 110 anos do Atlético Mineiro, 44 vezes campeão estadual. Uma delas foi em 2015, quando bateu a Caldense por 2 x 1 com relato de Mário Henrique, Emerson Romano e Cláudio Rezende na Rádio Itatiaia. Foi o primeiro campeão do denominado Campeonato Brasileiro, faturado em 1971 no 1 x 0 sobre o Botafogo que Jota Júnior e Vilibaldo Alves contaram na Rádio Guarani. Ganhou a Série B em 2006, consumando a conquista num 3 x 2 de virada sobre o Coritiba, que Marcos Leandro, Bob Faria e Márcio Rezende Freitas documentaram na TV Globo Minas. Venceu a Copa do Brasil de 2014 no 1 x 0 sobre o Cruzeiro, que Osvaldo Reis registrou na Rádio Globo. Conquistou duas Conmebol: a de 1992 a partir dos 2 x 0 no Olimpia, que Willy Gonser narrou na Rádio Itatiaia; e a de 1997 a partir dos 4 x 1 no Lanús, com Rogério Corrêa e Leopoldo Siqueira transmitindo na TV Alterosa. Ganhou ainda a Recopa Sul-Americana em 2014 ao marcar 4 x 3 no Lanús de virada, com locução de Marco de Vargas e Carlos Simon no Fox Sports. Para disputá-la, obteve a Libertadores de 2013 num 2 x 0 + 4 x 3 contra o Olimpia. Cléber Machado, Casagrande e Arnaldo Cezar Coelho contaram na TV Globo.

Domingo (25/3) 105 anos do Racing, campeão da Libertadores e mundial em 1967, da Supercopa em 1988 e nacional 17 vezes, a última delas no Transição de 2014. Destaco um clássico de Avellaneda pelo Argentino de 2011: um 2 x 0 no Independiente que Jorge Iggor transmitiu no Esporte Interativo.

Domingo (25/3) 95 anos do Sampaio Corrêa, campeão maranhense 33 vezes e brasileiro de três séries, a primeira delas a B em 1972. Depois, veio a C de 1997 num 3 x 1 sobre a Francana. Por fim, a D em 2012 num 2 x 0 diante do CRAC. Os dois títulos têm a narração de Laércio Costa na Rádio Mirante.

Domingo (25/3) 35 anos de Túlio Souza, campeão brasileiro da Série B pelo Coritiba em 2007, ano no qual fez dois gols nos 3 x 1 sobre o Paulista, que Jasson Goulart e Herivelto Oliveira apresentaram na RPC TV. Pelo Botafogo, venceu o Carioca de 2010. No ano anterior, garantiu a vitória por 3 x 2 diante do Madureira aos 49 do segundo, com direito a xingar um corneteiro e tudo. Daniel Pereira narrou no Premiere.

Domingo (25/3) 35 anos de Martín Silva, goleiro campeão uruguaio pelo Defensor e paraguaio pelo Olimpia, que defendeu na Libertadores perdida pro Atlético Mineiro. Componente do Uruguai campeão da Copa América de 2011, foi bicampeão carioca pelo Vasco, do qual destaco duas defesaças narradas por Luís Roberto na TV Globo: de 2014, uma no 1 x 0 sobre o Fluminense; e de 2015, uma no 1 x 0 diante do Flamengo.

Domingo (25/3) 30 anos de Luciano Dias, repórter do Esporte Interativo desde 2015. Dos tempos de TV Bandeirantes Minas, eis de 2014 uma reportagem apresentada por Héverton Guimarães - que o chamava de "Mr. Band" - em "Os Donos da Bola" sobre o ano do Mineirão, que viu o Cruzeiro campeão brasileiro e o Atlético campeão da Copa do Brasil e os 7 x 1 da Alemanha na Copa do Mundo.

Domingo (25/3) 5 anos do "Canal Livre" da TV Bandeirantes no qual Luciano do Valle, em mais uma homenagem da emissora aos seus 50 anos de carreira, foi entrevistado aqui por Fábio Pannunzio, Mauro Beting e Fernando Mitre, além das participações especialíssimas de José Silvério e Magic Paula. Foi neste programa que ele revelou ter ficado algumas semanas fora do ar em 2012 por se recuperar de um AVC.

Segunda (26/3) 105 anos do Santa Cruz, 29 vezes campeão pernambucano. Duas destas conquistas com áudio da Rádio Jornal: de 1995, os 2 x 0 no Náutico com Adilson Couto e Hélio Macedo; e de 2013, os 2 x 0 no Sport com Aroldo Costa. Também da Rádio Jornal vem o Brasileirão da Série C vencido em 2013 com 2 x 1 no Sampaio Corrêa, que Roberto Queiroz, Leonardo Boris e Wellington Araújo. Campeão do Nordeste em 2016, arrematou o troféu num 1 x 1 com o Campinense assim relatado por André Henning no Esporte Interativo.

Segunda (26/3) 60 anos do nascimento de Elio de Angelis, piloto falecido em 1986, durante testes. Ganhou apenas duas corridas de Fórmula 1, uma delas a de San Marino em 1985, com o relato de Galvão Bueno e Reginaldo Leme na TV Globo com som de apenas um dos lados. Acontece que Alain Prost venceu na pista. Porém, foi descassificado por seu carro estar mais leve do que o exigido em regulamento.

Segunda (26/3) 35 anos de Ariane Rocha, repórter ex-Santa Cecília TV, TVB, VTV e Rádio e TV Bandeirantes, todas em Santos. Na RB, foi setorista do Santos de 2011 a 2014. Sua estreia ocorreu aqui, com a devida recepção feita no "Na Geral" por Lélio Teixeira, José Paulo da Glória e Seu Geraldo (Beto Hora).

Terça (27/3) 45 anos de Gioino, atacante que passou pelo Palmeiras em 2005. Nos 3 x 3 com o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, ele fez um dos gols. Milton Leite transmitiu no Premiere.

Terça (27/3) 30 anos de Victor Roriz, narrador da TV Anhanguera e que surgiu na DMTV (webTV do jornal Diário da Manhã). Em 2010, por ela relatou Vila Nova 1 x 1 Sport, pela Série B do Brasileirão.

Terça (27/3) 30 anos de Rodriguinho, bicampeão potiguar pelo ABC e duas vezes campeão brasileiro e bicampeão paulista pelo Corinthians. Os dois clubes se enfrentaram em 2015, num amistoso pelo centenário alvinegro potiguar, e foi seu o 1 x 0 do Timão. O SporTV contou com Jota Júnior e Maurício Noriega.

Terça (27/3) 25 anos do amistoso vencido pelo São Paulo por 2 x 0 sobre o Sevilla, que teve Maradona como grande atração e entrega das faixas de campeão mundial. Assista aqui os gols transmitidos na TV Bandeirantes por Jota Júnior e, logo a seguir, a reportagem de Roberto Thomé na TV Globo.

Quarta (28/3) 50 anos de Thiago Mastroianni, narrador e apresentador da TV Bahia desde 2000 e atuante no SporTV desde 1998, antes disso sendo da Rádio e TV Aratu e da Rádio Itapirica. Dois jogos narrados por ele: de 2003, Palmeiras 2 x 7 Vitória na Copa do Brasil com Ivan Pedro, Gudryan Neufert e Sérgio Pinheiro; e de 2014, Internacional 0 x 2 Bahia na Copa Sul-Americana com Rodrigo Martins Cintra.

Quarta (28/3) 25 anos do segundo GP do Brasil vencido por Ayrton Senna, a última vitória de um brasileiro na corrida "de casa" até a do Felipe Massa em 2006, a 100ª da McLaren na categoria e o primeiro pódio de Damon Hill. As voltas finais são assistidas aqui com Luís Roberto e Cecílio Favoretto na Rádio Globo.

Quarta (28/3) 25 anos de Diogo Rossi, repórter da Rádio Grenal desde 2013. No ano seguinte, ele entrevistou Carlos Villagran, que havia gravado um vídeo apoiando o Grêmio rumo à conquista da Libertadores.

Quinta (29/3) 60 anos de Lúcia Abreu, ex-apresentadora da TVE em programas como "Observatório da Imprensa" e ex-apresentadora de diversos jornais e programas da TV Manchete, entre eles a "Manchete Esportiva", da qual olham de 1996 um trecho com ela e Washington Rodrigues repercutindo uma reportagem de Rinaldo de Oliveira sobre o treino do Corinthians, feito pelo técnico Valdir Espinosa em uma quadra de basquete.

Quinta (29/3) 20 anos do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 vencido por Mika Hakkinen. As voltas finais são conferidas aqui com Galvão Bueno, Reginaldo Leme, Pedro Bassan e César Augusto na TV Globo.

Sexta (30/3) 50 anos de Gilson Kleina, técnico campeão paranaense pelo Iraty e alagoano pelo Coruripe, além de vencer a Série B do Campeonato Brasileiro de 2013 pelo Palmeiras. Naquela campanha, um dos jogos mais destacados os 3 x 2 no Figueirense. Transmissão da TV Globo com Milton Leite e Alisson Francisco.

Sexta (30/3) 15 anos do "Rock Gol de Domingo" (posterior "Rock Gol de Segunda"), programa da MTV inspirado no campeonato de futebol entre músicos. Zoeiras aos montes com Paulo Bonfá e Marco Bianchi até 2011, quando foram substituídos por Eduardo Elias e Paulo Tiefenthaler, depois aliados a Nasi, Tavares e Toni Platão. Naquele mesmo ano, a atração terminou. A dupla clássica foi mesmo Paulo & Marco, que aprontou em 2010 com Ronaldo Nazário no memorável quadro "Bola na Fogueira", cheio de perguntas de duplo sentido.

Sexta (30/3) 10 anos da primeira vitória do Avaí sobre o Figueirense no Orlando Scarpelli desde 1988. Aquele clássico do Campeonato Catarinense está aqui, com Giovani Martinello e Carlos Eduardo Lino no Premiere, e deu um bode daqueles pelas comemorações provocativas dos avaianos pra cima dos alvinegros.

Sábado (31/3) 60 anos do lançamento de "Johnny B. Goode", icônico rock tocado por Chuck Berry e que inspirou em 2011 uma engraçadíssima sacada de Beto Hora no "Na Geral", da Rádio Bandeirantes. A versão cantada por "Cláudio Zaidan" tinha este verso inicial: "eu tava em Uberaba e fui pra New Orleans". Imagina se o repórter PH Dragani e os colegas José Paulo da Glória e Lélio Teixeira não se acabaram de tanto rir?

Sábado (31/3) 50 anos de César Sampaio, hoje comentarista da ESPN Brasil e da Rádio Capital, ex-Rádio Jovem Pan. Como jogador, venceu taças por Yokohama Flugels e La Coruña, mas marcou época no Palmeiras com dois bicampeonatos (Paulista e Brasileiro), dois RJ/SP e uma Libertadores. Um gol inesquecível aconteceu em 1993 e Fiori Gigliotti documentou na Rádio Bandeirantes: o dos 2 x 0 no São Paulo, pela semifinal do Brasileirão. Na Seleção Brasileira, ganhou uma Copa América e uma Copa das Confederações. Em 1998, abriu os 2 x 1 sobre a Escócia na Copa do Mundo, como registraram José Silvério e Wanderley Nogueira na Pan.

Sábado (31/3) 35 anos de Camila Comin, ex-ginasta artística e hoje artista do Cirque du Soleil. Do tempo de ginástica, eis de 2004 uma participação sua nos Jogos Olímpicos de Atenas, competindo no solo ao som de "O Guarani". Álvaro José e Luísa Parente acompanharam na TV Bandeirantes.

Domingo (1/4) 110 anos do San Lorenzo, 15 vezes campeão argentino e vencedor da primeira edição da Copa Sul-Americana. Faturou ainda a última da Mercosul, válida por 2001 e findada em janeiro de 2002, num 1 x 1 + 4 x 3 com o Flamengo que Renato Ribeiro reportou na TV Globo. Papou também a Libertadores de 2014 ao derrotar o Nacional do Paraguai por 1 x 0, conforme conferido por Luiz Carlos Jr. e Roger Flores no SporTV.

Domingo (1/4) 60 anos de Tita, campeão da Copa América pelo Brasil em 1989 e nacional por Comunicaciones na Guatemala e León no México, além da Copa da UEFA pelo Bayer Leverkusen. No Flamengo, ganhou quatro Cariocas, dois Brasileiros, uma Libertadores e uma Intercontinental. Separei de 1980 seus dois gols nos 6 x 2 sobre o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, com Paulo Stein na TV Bandeirantes. No Grêmio, foi campeão da Libertadores em 1983 e marcou no 1 x 1 com o Peñarol, conforme relatado por Celestino Valenzuela e João Nassif na TV Gaúcha. Já no Vasco, foi campeão brasileiro e carioca, este título em 1987 e cujo 1 x 0 no Flamengo foi de sua autoria. Registro da TVE com Januário de Oliveira, Achiles Chirol e Sérgio du Bocage.

Domingo (1/4) 40 anos do nascimento de De Nigris, falecido em 2009. Pelo México, um de seus quatro gols aconteceu em 2001, num amistoso com o Brasil. Aquele 3 x 3 foi reportado por Tino Marcos na TV Globo. Em 2006, ele atuou pelo Santos em dois jogos e fez um gol, num 2 x 0 sobre o Atlético Paranaense pelo Brasileirão. Cléber Machado narrou na TV Globo aquela partida com portões fechados em Mogi Mirim.

Segunda (2/4) 55 anos do Santos campeão da atrasada Taça Brasil de 1962 com um sonoro 5 x 0 diante do Botafogo na 3ª partida decisiva. O último gol está aqui, com Waldir Amaral na Rádio Globo.

Terça (3/4) 30 anos do GP do Brasil vencido por Alain Prost. A íntegra daquela estreia de Ayrton Senna na McLaren está aqui e Galvão Bueno e Reginaldo Leme transmitiram na TV Globo.

Terça (3/4) 10 anos do novo formato do "Globo Esporte", cuja edição nacional gerada do Rio de Janeiro passou a ser exibida também em São Paulo, que deixou de ter a regionalizada naquele ano. Além disso, outra mudança foi Glenda Kozlowski e Tino Marcos apresentarem juntos, além dele ser o editor-chefe. Mais: eles ganharam uma bancada, tal qual um telejornal clássico. Uma amostra disso está aqui, quando eles apresentaram a reportagem do Clayton Conservani para Botafogo 3 x 0 Flamengo, pelo Campeonato Carioca. No começo de 2009, SP voltou a ter um "GE" todo estadual, com Tiago Leifert em um formato totalmente "solto".

Quarta (4/4) 25 anos de André Silva no jornalismo. Iniciado na Rádio Bandeirantes de Porto Alegre, foi pra CBN em 1996, transferiu-se para a Rádio Pampa, passou para a Guaíba em 2002 e ingressou na Rádio Gaúcha em 2005 para ali estar até hoje como repórter, narrador e apresentador dedicado aos esportes olímpicos especialmente no programa "Gaúcha 2020". Duas locuções dele em 2015: aqui está Ituano 1 x 2 Internacional, pela Copa do Brasil, com Cléber Grabauska e Rodrigo Oliveira; e aqui está Joinville 0 x 2 Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, com Wianey Carlet e Filipe Gamba. Nos dois jogos, Marcos Bertoncello no plantão.

Quinta (5/4) 75 anos de Edson Rodrigues, agora retornado à Rádio Bandeirantes de Goiânia e um dos mais históricos narradores da cidade, onde defendeu também as rádios 730, K do Brasil, Anhanguera, Jornal, Difusora, Clube e Brasil Central. Em 58 anos de carreira, passou por rádios de outras seis cidades: Imprensa em Anápolis; Planalto e Alvorada em Brasília; Continental no Rio de Janeiro; Itatiaia e Guarani em Belo Horizonte; Cultura em Uberlândia; e Cacique, Planalto e Araguari na sua Araguari. Presente nas Copas do Mundo de 1970, 1990, 1998 e 2014, chega aí com três relatos: de 2010, Vila Nova 2 x 1 São Caetano na Série B, valendo aos vermelhos a permanência na competição; de 2013, Atlético 2 x 0 Guaratinguetá na Série B, em contexto igual pros rubro-negros e ambos os áudios da 730; e de 2015, Palmeiras 0 x 1 Goiás pelo Brasileiro na Bandeirantes.

Quinta (5/4) 15 anos do Remo campeão paraense com 4 x 0 na Tuna Luso, que havia feito 2 x 1 na ida. Aqui está a narração da RBA TV, não reconheci o locutor para creditá-lo. Som de apenas um dos lados.

Sexta (6/4) 75 anos do Goiás, duas vezes campeão brasileiro da Série B. Destas conquistas, dois destaques: de 1999, 1 x 0 no Joinville com João Guilherme no SporTV; e de 2012, 3 x 0 no Barueri com Nivaldo Prieto e Fernando Lima na TV Bandeirantes. Tricampeão do Centro-Oeste de 2000 a 2002, venceu o tri num 3 x 0 sobre o Gama com um dos gols aqui escutado com Cunha Filho na Rádio 730. Venceu 28 estaduais e o atual tetracampeonato começou em 2015, num 1 x 1 com a Aparecidense transmitido por César Rezende na TV Anhanguera.

Sexta (6/4) 30 anos de Ana Luiza Real, produtora de mídias sociais do Fox Sports e primeira apresentadora do Esporte Interativo, no qual fez diversos programas do começo do canal, além de quadros como o "Papo no Banheiro", do qual olham uma edição em dupla com Fernanda Gentil em 2008.

Sexta (6/4) 15 anos de um tumultuadíssimo GP do Brasil terminado sem ter um efetivo final. A chuvarada causou acidentes muito sérios, um deles com Fernando Alonso, que chegou a ficar zonzo, embora sem ferimentos graves. Suspensa, a corrida chegou a ter Kimi Raikkonen declarado vencedor, mas era Giancarlo Fisichella que liderava na volta contada por último. O erro foi corrigido depois de 5 dias e o troféu ao real ganhador foi entregue na prova seguinte. Veja aqui os trechos finais com Galvão Bueno, Reginaldo Leme e Pedro Bassan na TV Globo.

Sexta (6/4) 15 anos de Bahia 1 x 2 Flamengo, partida do Campeonato Brasileiro marcada por um dos gols mais bizarros da história, quando Júlio César quis repor a bola em jogo e acertou a nuca de Fabinho. Veem aqui os lances na TV Globo com Maurício Torres, Sérgio Noronha e Arnaldo Cezar Coelho. Todos estavam "in tubo" e, como a filmagem perdeu o lance, precisou Eric Faria (in loco) esclarecer o que aconteceu.

Sexta (6/4) 5 anos do Sport campeão da Liga de Basquete Feminino com 62 x 57 sobre o Americana. Minutos finais aqui com Aroldo Costa, Jamildo Melo, Leonardo Boris e Carlos Miguel na Rádio Jornal.

Sexta (6/4) 5 anos do amistoso Bolívia x Brasil beneficente para os familiares de Kevin Espada, o menino morto semanas antes por um sinalizador disparado por torcedores do Corinthians no jogo contra o San Jose, pela Libertadores. Os 4 x 0 da Seleção são vistos aqui com Galvão Bueno na TV Globo.

Sábado (7/4) 25 anos de Eduardo Castro no jornalismo. Comentarista e apresentador do Esporte Interativo desde 2016, começou na Rádio Trianon para se transferir em 1995 para a Rádio Bandeirantes, onde foi repórter de esportes, apresentador de programas, âncora de noticiários como "Primeira Hora" e "Jornal do Meio-Dia", além de enviado às Copas do Mundo de 1998 e 2002, fora ter sido correspondente nos Estados Unidos, sendo o primeiro a informar dos ataques ao Pentágono logo depois dos ataques aéreos ao World Trade Center. Também fez parte da equipe que inaugurou o Canal 21 de São Paulo e foi apresentador da TV Bandeirantes de Brasília. A seguir, serviu à EBC de 2007 a 2015 como gerente executivo, correspondente na África e diretor geral. Na Olimpíada do Rio de Janeiro, foi colaborador do SBT. De 2016, destaco um trecho do "Jogando em Casa" com um debate quente travado por Eduardo com Alexandre Gimenes, Cláudio Afonso e Getúlio Vargas.

Sábado (7/4) 5 anos da primeira partida da nova Fonte Nova. Eis aqui os gols de Bahia 1 x 5 Vitória, clássico do Campeonato Baiano, acompanhado no SporTV por Júlio Oliveira e Edinho.

Domingo (8/4) 110 anos do The Strongest, 12 vezes campeão boliviano e que já derrotou vários clubes do Brasil em Copas Libertadores - sempre e apenas em seu país. O registro mais antigo que encontrei é de 2000, dos 4 x 2 sobre o Palmeiras. Vídeo da saudosa PSN com apresentação de Paulo Echebarria.

Segunda (9/4) 40 anos de Márcio Torvano, repórter da Rádio 105 FM. De ano e jogo imprecisos (só dá pra saber que era uma partida do São Paulo), escute aqui uma série de micagens protagonizadas por ele, Ricardo Martins, Hugo Botelho e Bruno Prado. Como se concentrar na bola rolando desse jeito? (risos)

Terça (10/4) 45 anos de Roberto Carlos, um dos maiores laterais esquerdos da história. No Brasil, levantou taças apenas pelo Palmeiras: dois Brasileiros, dois Paulistas e um RJ/SP. Separei de 1995 seu golaço de falta nos 3 x 2 sobre o Grêmio, pela Libertadores, com Oliveira Andrade na TV Globo - aliás: emissora da qual foi um dos comentaristas da Copa do Mundo em 2014. Na Seleção Brasileira, foi campeão mundial em 2002, das Confederações em 1997 e bi da Copa América. Em 1997, bateu uma falta extraordinária no alvo com incrível curva no 1 x 1 com a França, pelo Torneio da França, e Luciano do Valle narrou na TV Bandeirantes. No Real Madrid, ganhou duas Intercontinentais, três Ligas dos Campeões, uma Supercopa da Europa, quatro Espanhóis e três Supercopas da Espanha. Já no Fenerbahce, faturou uma Supercopa da Turquia.

Terça (10/4) 35 anos de Galatto, goleiro campeão paranaense pelo Atlético, potiguar pelo América e búlgaro pelo Litex Lovech, mas mais lembrado pelo bicampeonato gaúcho pelo Grêmio e, especialmente, pela Série B de 2005. Na "Batalha dos Aflitos" contra o Náutico, o 1 x 0 só foi possível graças ao pênalti defendido por ele no lance que motivou quase meia hora de paralisação. Marcos Couto e Ribeiro Neto relataram na Rádio Bandeirantes.

Quarta (11/4) 70 anos de Marcello Lippi, treinador tricampeão chinês e campeão asiático pelo Guangzhou Evergrande, multicampeão pela Juventus ("só" uma Liga dos Campeões, uma Intercontinental, uma Supercopa da Europa, cinco Italianos, uma Copa da Itália e quatro Supercopas da Itália) e campeão mundial pela Itália em 2006. Relembre o 1 x 1 + 4 x 3 com a França, incluindo a famosa cabeçada do Zidane no Materazzi - justamente os autores dos gols -, com Galvão Bueno, Falcão, Casagrande e Arnaldo Cezar Coelho na TV Globo.

Quarta (11/4) 45 anos de André Rocha, atual blogueiro do UOL Esporte e ex-colunista deste PB, tendo por muito tempo a coluna "Olho Tático" na antiga seção "Academia Esportiva". Foi também comentarista do Esporte Interativo, no qual é visto em trecho de 2016 do "Conexão EI", apresentado por Luís Felipe Freitas, analisando o fortíssimo assédio praticado então pelo mercado chinês aos clubes brasileiros.

Quarta (11/4) 40 anos de Ruy "Cabeção", ex-lateral direito vencedor de uma Sul/Minas e um Mineiro pelo América, uma Sul/Minas e um Super Mineiro pelo Cruzeiro e um Carioca pelo Botafogo. Aposentado em 2015, falou sobre isso em entrevista a Andreza Gischewski na TV Alterosa. Leopoldo Siqueira apresentou o "Alterosa Esporte".

Quarta (11/4) 25 anos do Grande Prêmio da Europa vencido por Ayrton Senna com "a volta perfeita", quando largou em 4º lugar e, ainda nas primeiras curvas, caiu para 5º e ultrapassou Michael Schumacher, Karl Wendlinger, Damon Hill e Alain Prost para assumir a liderança e vencer a prova. A primeira volta está aqui e o desfecho está aqui, ambos com Galvão Bueno, Reginaldo Leme e Roberto Cabrini na TV Globo.

Quinta (12/4) 50 anos de Charles, ex-atacante campeão da Copa América em 1989 com a Seleção Brasileira e vencedor de três Baianos e do Brasileiro de 1988 pelo Bahia, da Supercopa de 1991 pelo Cruzeiro e de dois Gaúchos e da única Copa Sul em 1999 pelo Grêmio. Três gols dele, um por cada time: de 1988, Bahia 2 x 0 Corinthians no Campeonato Brasileiro com Chico Queiroz e Antônio Pastori na TV Itapoan; de 1991, Cruzeiro 4 x 0 ABC na Copa do Brasil com Fernando Sasso na TV Globo; e de 1993, São Paulo 2 x 2 Grêmio na Supercopa com Luciano do Valle, Juarez Soares e Ely Coimbra na TV Bandeirantes.

Sexta (13/4) 55 anos de Roberto Cavalo, campeão da Copa do Brasil pelo Criciúma. Por ele, veja de 1992 um gol seu nos 2 x 1 sobre o Bolívar, pela Libertadores, com Galvão Bueno e Milioli Neto na Rede OM.

Sexta (13/4) 35 anos de Claudio Bravo, goleiro campeão chileno pelo Colo-Colo, da Copa da Liga Inglesa pelo Manchester City e multicampeão pelo Barcelona (um Mundial, uma Supercopa da Europa, dois Espanhóis, duas Copas do Rei e uma Supercopa da Espanha), além de bicampeão da Copa América pelo Chile. Na decisão de 2015, ele defendeu um pênalti no 0 x 0 + 4 x 1 decisivo contra a Argentina, sendo um dos responsáveis por esta conquista. Marco Antônio Pereira foi o narrador da Rádio Gaúcha.

Sexta (13/4) 30 anos de Anderson, vencedor da Copa América pelo Brasil e campeão por Porto (dois Portugueses e uma Taça de Portugal), Manchester United (um Mundial, uma Liga dos Campeões, quatro Ingleses, duas Copas da Liga Inglesa e quatro Supercopas da Inglaterra), Internacional (dois Gaúchos) e Coritiba (um Paranaense). Mas o começo de tudo foi em 2005, na já destacada "Batalha dos Aflitos". Outro áudio daquele Náutico 0 x 1 Grêmio na Série B do Campeonato Brasileiro é o da Rádio Pampa, com Roberto Brauner, Cassiá Carpes, Darci Filho e Denis Olinto. Destaque para a "participação especial" do presidente tricolor Paulo Odone no gol.

Sexta (13/4) 10 anos do Brasiliense campeão metropolitano com 4 x 0 sobre o Guará. Confira aqui a reportagem da TV Brasília, peço perdão por não reconhecer o apresentador e o repórter para creditá-los.

Sábado (14/4) 45 anos de Ayala, ex-zagueiro campeão olímpico pela Argentina, argentino pelo River Plate, italiano pelo Milan e de uma Copa da UEFA, uma Supercopa da Europa e dois Espanhóis pelo Valencia. O Brasil é grato a ele pelo gol contra nos 3 x 0 sobre a Argentina, na decisão da Copa América de 2007. Luciano do Valle documentou na TV Bandeirantes aquele tento desfavorável ao país do Roberto.

Sábado (14/4) 5 anos do maior público do Estádio Gilberto Siqueira Lopes. Observe aqui, com Cléber Machado na TV Globo, o que 13.069 fãs assistiram: Linense 2 x 1 Corinthians, pelo Campeonato Paulista.

Sábado (14/4) 5 anos do RJX campeão da Superliga Masculina com 3 x 1 sobre o Cruzeiro. Olhe aqui os lances mais destacados da conquista carioca com Luiz Carlos Jr., Tande e Giba na TV Globo.

Sábado (14/4) 5 anos da última vitória de Fernando Alonso na Fórmula 1. Acompanhe aqui aquele Grande Prêmio da China com Galvão Bueno, Reginaldo Leme, Luciano Burti e Mariana Becker na TV Globo.

Domingo (15/4) 55 anos de Casagrande, comentarista da TV Globo desde 1997 e iniciado na função na ESPN Brasil. Como jogador, ganhou dois Paulistas pelo Corinthians, uma Copa dos Campeões da Europa pelo Porto e uma Copa da Itália pelo Torino. A estreia no Timão foi num 5 x 1 sobre o Guará, pelo Campeonato Brasileiro de 1982, direto com 4 gols de sua autoria, todos registrados por Luiz Noriega na TV Cultura. Na Seleção Brasileira não conquistou taças, mas participou de um momento midiático importante: em 1985, guardou um nos 2 x 1 diante da Colômbia em amistoso disputado em Belo Horizonte e que marcou a estreia de Pelé como comentarista, formando quarteto na TV Bandeirantes com Luciano do Valle, Juarez Soares e José Eduardo Savóia.

Domingo (15/4) 45 anos de Robert Scheidt, velejador campeão olímpico em 1996 e 2004 na classe Laser, além de prata nela em 2000 e na Star em 2008, nesta classe também sendo bronze em 2012. Recupere de 2004 o título em Atenas com Cléber Machado e Tino Marcos na TV Globo e Álvaro José na TV Bandeirantes.

Domingo (15/4) 45 anos de Emanuel, ex-jogador de vôlei de praia atuante em cinco Olimpíadas de 1996 a 2012, sendo bronze em 2008, prata em 2012 e ouro em 2004 ao lado de Ricardo, ambos ganhando por 2 x 0 de Bosma e Herrera. Veja aqui esta decisão com Galvão Bueno, Tande e Glória Maria na TV Globo.

Domingo (15/4) 35 anos de Dudu Cearense, campeão carioca deste ano pelo Botafogo e vencedor de dois Cearenses pelo Fortaleza, uma Série B e um Goiano pelo Goiás, um Mineiro pelo Atlético, dois Gregos e uma Copa da Grécia pelo Olympiacos, dois Russos, duas Supercopas da Rússia e duas Copas da Rússia pelo CSKA Moscou, além de dois Baianos e uma Copa do Nordeste pelo Vitória, onde tudo começou. Na Seleção, venceu a Copa América de 2004 e o Mundial de Juniores em 2003. Deste, assista aqui gols e lances dele destacados no SporTV por Luiz Carlos Jr., Lucas Pereira, Roberto Assaf, Alex Escobar e Jorge Luiz Rodrigues.

Domingo (15/4) 5 anos da Maratona de Boston vencida pelo etíope Lelisa Desisa e transmitida aqui por Carlos Fernando e Cleberson Yamada no BandSports. Infelizmente, ela ficou eternizada pelo lado trágico: terroristas chechenos explodiram bombas feitas com panelas de pressão localizadas na linha de chegada. O mesmo BandSports repercutiu aqui aquele dia horrível pro esporte com Sérgio Patrick.

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "24 Horas").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA COLUNAS ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.