.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

PAPO DE MÍDIA: COLUNA
Informações e opiniões sobre a imprensa esportiva

"

Agenda da TV
Eventos ao vivo e/ou em VT inédito.
Obs.: horários de Brasília.


Quarta, 4/5/2016
7:00 - Tênis, Masters de Madrid: várias partidas - SPORTV3
15:45 - Futebol, Liga dos Campeões da UEFA: Real Madrid x Manchester City (semifinal, volta) - GLOBO, BAND, EI MAXX, TNT e GLOBOESPORTE.COM (Internet)
19:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Feminino: São José x Rio Preto - ENTERPLAY (Internet)
19:15 - Futebol, Copa Libertadores: Toluca x São Paulo - FOX SPORTS
19:15 - Futebol, Copa Libertadores: River Plate x Independiente del Valle - FOX SPORTS 2
19:30 - Futebol, Copa do Brasil: Ferroviária x Fluminense - SPORTV e ESPN BRASIL
19:30 - Futebol, Campeonato Pernambucano: Salgueiro x Náutico (terceiro lugar, ida) - PREMIERE
20:15 - Futebol, Campeonato Maranhense: Moto Club x Cordino - EI MAXX 2

20:15 - Futebol, Campeonato Sergipano: Sergipe x Itabaiana (final, ida) - ESPORTE INTERATIVO (
canais a confirmar)
21:00 - Basquete, NBA: Cleveland Cavaliers x Atlanta Hawks - SPORTV3
21:00 - Beisebol, MLB: Chicago White Sox x Boston Red Sox - ESPN+
21:00 - Hóquei no Gelo, NHL: Pittsburgh Penguins x Washington Capitals - ESPN
21:45 - Futebol, Copa Libertadores: Corinthians x Nacional do Uruguai - GLOBO (SP, RS, SC, PR, GO, MS, BA, AL, RN, SE, PA - exceto região de Santarém -, AP, TO e região de Uberaba), SPORTV e FOX SPORTS
21:45 - Futebol, Copa Libertadores: Atlético Mineiro x Racing - GLOBO MINAS (MG exceto região de Uberaba) e FOX SPORTS 2
21:45 - Futebol, Copa do Brasil: Fortaleza x Flamengo - GLOBO (RJ, CE, ES, DF, PB, MA, PI, AM, RO, RR, AC e região de Santarém), SPORTV2 e ESPN BRASIL
21:45 - Futebol, Campeonato Pernambucano: Santa Cruz x Sport (final, ida) - GLOBO NORDESTE (PE) e PREMIERE
21:45 - Futebol, Campeonato Mato-Grossense: Luverdense x Sinop (final, ida) - CENTRO AMÉRICA (MT)

Quinta, 5/5/2016
7:00 - Tênis, WTA de Madrid: três quartas-de-final - BANDSPORTS
15:15 - Vôlei, Italiano Masculino: final, jogo 2 - BANDSPORTS
16:00 - Futebol, Liga Europa: Sevilla x Shakhtar Donetsk (semifinal, volta) - ESPORTE INTERATIVO e ESPN BRASIL
16:00 - Futebol, Liga Europa: Liverpool x Villarreal (semifinal, volta) - FOX SPORTS
17:00 - Golfe, Campeonato de Wells Fargo: primeira rodada - ESPN+
17:15 - Tênis, WTA de Madrid: última quarta-de-final - BANDSPORTS (gravado)
18:00 - Futsal, Copa Sul-Americana: Colômbia x Uruguai - SPORTV2
19:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Feminino: Ferroviária x Flamengo (semifinal, ida) - TV BRASIL e SPORTV3
19:15 - Futebol, Copa Libertadores: Rosario Central x Grêmio - SPORTV
19:15 - Futebol, Campeonato Maranhense: Imperatriz x Sampaio Corrêa (semifinal do segundo turno, volta) - EI MAXX 2
20:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro: cerimônia de lançamento - SPORTV2
21:00 - Basquete, NBA: Toronto Raptors x Miami Heat - SPORTV3
21:15 - Futsal, Copa Sul-Americana: Brasil x Argentina - SPORTV2
21:30 - Futebol, Copa do Brasil: Cruzeiro x Campinense - SPORTV e ESPN BRASIL
21:30 - Futebol, Copa do Brasil: Genus x Ponte Preta - FOX SPORTS 2
21:45 - Futebol, Copa Libertadores: Boca Juniors x Cerro Porteño - FOX SPORTS
22:00 - Hóquei no Gelo, NHL: Nashville Predators x San Jose Sharks - ESPN

Sexta, 6/5/2016
7:00 - Tênis, Masters de Madrid: quartas-de-final - SPORTV3
9:00 - Tênis, WTA de Madrid: primeira semifinal - BANDSPORTS
10:00 - Judô, Grand Slam: etapa do Azerbaijão - SPORTV2, ESPN e EI MAXX 2
10:30 - Ciclismo, Giro d'Italia: primeira etapa - ESPN+
13:00 - Atletismo, Liga de Diamante: etapa de Doha - BANDSPORTS
15:00 - Tênis, WTA de Madrid: segunda semifinal - BANDSPORTS
17:00 - Judô, Copa Internacional de Seleções: várias lutas - SPORTV2
17:00 - Golfe, Campeonato de Wells Fargo: segunda rodada - ESPN+
19:00 - Futsal, Copa Sul-Americana: Brasil x Uruguai - SPORTV
19:00 - MMA, M1 Global 66: várias lutas - BANDSPORTS
20:00 - Futebol, MLS: Orlando City x New York Red Bulls - SPORTV2
20:00 - Basquete, NBA: Atlanta Hawks x Cleveland Cavaliers - ESPN
20:00 - Beisebol, MLB: New York Yankees x Boston Red Sox - ESPN+
21:00 - Basquete, NBB: Flamengo x Mogi das Cruzes (semifinal, jogo 2) - SPORTV
21:00 - Futsal, Copa Sul-Americana: Argentina x Equador - SPORTV3
21:30 - Automobilismo, Nascar Camping World Truck Series: Toyota Tundra 250 - FOX SPORTS 2
22:30 - Basquete, NBA: Oklahoma City Thunder x San Antonio Spurs - ESPN
23:30 - Futebol, Campeonato Mexicano: Santos Laguna x Chivas - ESPN+
Quarta, 4 de maio de 2016
PB temporariamente com endereço alternativo

Damas e cavalheiros na audiência deste Papo de Bola - o Site agora, sempre, em vários ou mesmo só alguns momentos desde sua estreia em 2 de junho de 2003: como perceberam, não publiquei colunas inéditas da "24 Horas" e do "Papo de Mídia" nesta terça-feira. Cheguei a prepará-las, mas fiquei muito cansado fisicamente por ter dormido muito pouco no dia anterior e, exatamente na hora de enviar os textos prontos para as páginas para o arremate antes de publicá-las, senti que teria que dar uma descansada nos olhos pois já não os dobrava e sim os triplicava. Queria apenas 5 minutos de repouso, acabei dormindo 5 horas. Foi até bom isso.

Como perceberam, tentar acessar o site pelo domínio papodebola.com.br está inviável desde este dia 3 de maio e é preciso vir para um endereço alternativo redirecionado dado pela própria Locaweb quando o levei para lá há poucos anos. Só me toquei disso no fim da tarde e começo da noite, ainda mais quando vi em meu e-mail uma mensagem do Registro.br comunicando que congelou este domínio (o qual tenho desde 26 de março de 2004) pois afirma ter encontrado irregularidades nos dados aos quais estão vinculados o domínio deste site e eu enquanto seu proprietário. Alegam que me comunicaram há duas semanas de um período exatamente de 15 dias para regularizar estes poréns, só que não recebi este e-mail. Não estou dizendo que não foi enviado, me mandaram a cópia que atesta isso. Mas não chegou na minha caixa de entrada. Pode ter parado no spam e eu não ter sabido disso por algum esvaziamento que fiz daquele espaço, várias vezes isso já aconteceu tanto com e-mails que recebi quanto com alguns que enviei. São as imperfeições da tecnologia, infelizmente estamos sujeitos a elas.

Desde ontem mesmo estou procurando resolver esta situação, mas não é fácil mais essa batalha enfrentada pois o domínio encontra-se congelado e, logo, inacessível. De imediato procurei comunicar os leitores pelas redes sociais (Twitter e Facebook) do que aconteceu, mas ainda tem muita gente que não sabe disso por não estar em ambas. É um prejuízo que sofro e contra o qual não tive como me preparar providenciando o que foi pedido por eles para que tudo ficasse ajustado - o que ainda não me foi explicado direito nos contatos que fiz buscando uma especificação do que é necessário para uma regularização que faça o domínio deste PB ser reativado. Agora, é brabo isso! Um domínio com quase 13 anos de uso, treze anos! Esse tempo todo não havia nada, agora é que foi ter? E até este momento admito não saber direito o que é que de ruim foi acontecer, pois quero resolver esta ocorrência para não sofrer mais prejuízos do que já tenho tido. Rezo aos deuses para que não aconteça o pior, que seria a perda do domínio e o risco de, estando ele novamente disponível, alguém comprá-lo sem boas intenções.

Enquanto isso, como a hospedagem em si não está afetada pelo porém do domínio por publicada normalmente, peço aos viventes que continuem lendo as inéditas da "24" e do "PM" no endereço alternativo do Papo de Bola - o Site, que já estou passando adiante e que em extenso é este: site1373586365.hospedagemdesites.ws Enquanto esta inconveniência não é acertada, é neste link que deverão clicar para ler as groselhas vencidas de futebol, esportes e afins variados publicados nas duas colunas diárias que levo mais ou menos 10 horas por dia para escrever após pesquisa todo santo dia em mais de 30 sites em busca de bons assuntos para editá-las. Além disso, continuo desde 6 de abril com a internet em velocidade reduzidíssima aí sim por questão de ordem financeira pois a Vivo (até então GVT) a deixa assim mesmo quando a conta do serviço de telefone mais web não é quitada - e não estou conseguindo cumprir a renegociação feita com eles por dívidas acumuladas, ainda mais que agora a Vivo não quer auxiliar com outra renegociação que me alivie um pouco neste momento danado em que não possuo outras atividades remuneradas que possam aliviar a dureza dos últimos anos e estabeleceu que é tudo ou nada feito. Quero ir pagando até conseguir ficar em dia, mas tal extremidade só vem a complicar tudo e isso me faz recear que nesta sexta-feira, quando completarei um mês com lentidão na conexão, ela seja cortada por completo e, assim, a falta de acesso aqui em casa leve à enésima falta contínua de atualizações deste PB.

Por fim: continuo buscando patrocínios e apoios para o site, espaços para tanto existem e topo conversar sobre alternativas de outros encaixes. Não tenho limite de espaços para anunciantes, estas páginas estão abertas seja para um único que pague generosamente quanto para 10 ou 12 que paguem um pouco cada um e estes poucos todos formem juntos a mesma soma generosa. Enquanto isso não chega para fazer meu esforço valer a pena em termos de remuneração, adoto alternativas que aparecem. Quem clicar neste Papo de Bola desde esta semana perceberá uma interstitial abrir de cara. É uma experiência que estou fazendo por me render uma quantia ainda muito baixa para as necessidades mais urgentes, mas a qual adotei pois não posso mais me dar ao luxo de escolher isso e aquilo pois daqui a pouco acabo é sem nada. Tomara que o retorno seja positivo para este acerto com um parceiro continuar e o valor oferecido ser maior na sequência. Encerro lembrando aos muitos que ainda me dão essa sugestão que não posso mais usar o serviço Adsense pois o Google não me permite mais isso há uns bons anos sob a alegação de "cliques suspeitos em grande quantidade" na época em que publiquei seus anúncios, que até renderam uma soma em dinheiro interessante no primeiro mês, mas só isso mesmo.

Feito este manifesto em forma de "textão" para colocá-los a par e ímpar de tudo, vamos à edição do dia em si. E prometo que, quando surgirem novidades (positivas ou não), delas todas e todos vocês saberão.


A TV Bandeirantes abriu mão do Brasileirão

Terça-feira triste com o surpreendente anúncio feito pela Rede Bandeirantes de que, depois de 10 competições consecutivas, não transmitirá o Campeonato Brasileiro em 2016, o que fará a edição iniciada no sábado da semana que vem voltar a ser exclusiva em canal aberto da Rede Globo, algo que não acontecia desde 2001.

Lembrei agora de uma notícia de dias atrás do Flávio Ricco sobre o departamento comercial da Band discutir como ficaria a transmissão da Eurocopa nos jogos simultâneos aos do Brasileirão nos domingos à tarde, mas o máximo que eu imaginava que fosse acontecer seria repetirem 2012 e preferirem a nossa Série A com a Euro em VT na madrugada, mas jamais algo tão drástico quanto o confirmado aqui pela sua assessoria de comunicação, que fala que o agravamento da crise econômica impediu a continuidade do sublicenciamento. Assim, as transmissões das finais estaduais no próximo domingo (Santos x Audax, Vasco x Botafogo, Coritiba x Atlético Paranaense e Goiás x Anápolis) serão as últimas de futebol de clubes brasileiros neste ano, já que a Bandeirantes também abriu mão este ano da Copa do Brasil, a exemplo de 2014, e largou a Copa Sul-Americana ainda em 2013.

O que torna mais inacreditável ainda esta saída da Band é que ela já vinha mostrando chamadas do Campeonato Brasileiro nos últimos dias com direito ao slogan: "vê na Band que sai mais gol" Olhem aqui uma chamada que foi publicada pelo parceiro Renato JG no Twitter e que, infelizmente, agora se torna tão inválida quanto aquela (que tem no YouTube) do SBT anunciando a transmissão da Copa Mercosul de 1999 - que até teve exibição em TV aberta, mas não por lá e sim justamente na Bandeirantes. Do Notícias da TV: a decisão foi tomada pois a emissora se tocou que o trabalho seria deficitário pela grana arrecadada com patrocínios não cobrir os custos tanto do pago à Globo pelo sublicenciamento quanto do trabalho operacional nas estimadas 76 transmissões em 38 rodadas. Do Flávio Ricco no UOL: a soma total que levou a tal atitude fica na casa dos R$ 50 milhões anuais.

Aí entra algo que agora me ocorreu e que claro, lógico e evidente não saberei responder por meu conhecimento neste sentido ser zero vezes nada igual a coisa nenhuma, mas que alguém com profunda vivência neste meio talvez pudesse dizer se ajudaria ou se não faria qualquer diferença: será que não daria para manter o Brasileirão sem precisar filmar as partidas por conta própria e sim "espelhando" a filmagem já assistida na Globo e no Premiere, até mesmo abdicando de câmera para narrador e comentarista aparecerem na cabine, ficando somente uma única própria para o repórter no campo de jogo - ou, em medida extrema, até mesmo sem isso e sendo sua equipe única e exclusivamente escutada sem ser vista, que nem era nas transmissões de tudo quanto era canal nas décadas de 1970, 1980 e início de 1990? Até então, era comum um jogo exibido por duas ou três emissoras ter filmagem única para todas para barateamento de custos. As próprias Globo e Bandeirantes "cansaram" de lançar mão disso na primeira metade dos anos 90. Ou agora a treta tá tão terrível que nem isso ajudasse?

Do Gabriel Vaquer no NaTelinha: muita gente na Bandeirantes (matriz, filiais e afiliadas) foi pega de surpresa com esta má nova, ficou incrédula com o comunicado e já passou a recear demissões e dispensas por não haver mais uma necessidade de equipe volumosa numericamente sem transmissões por fazer. Da Lígia Mesquita no "Outro Canal" da Folha de S.Paulo: por agora, executivos da casa afirmam que não pretendem dispensar profissionais por causa disso, que faz com que seja poupada uma grana equivalente a 10% do total desembolsado pela exibição do Campeonato Brasileiro (os outros 90% são arcados pela Globo). No entanto, algumas das "cabeças coroadas" do Morumbi falam que apenas um gigantaço poderá dar conta de cifras tão altas como as atuais do nosso futebol neste tempo de crise econômica que não tá aliviando para ninguém - e a citação imediata foi da Time Warner, cuja Turner controla o Esporte Interativo e tem procurado abrir legal a carteira para assinar com quantos clubes seja possível para apresentar o certame em seus canais fechados a partir de 2019.

Queria muito eu que também no Brasileiro acontecesse uma reviravolta inesperada igual à do Carioca, que no começo deste ano a Band confirmou que não faria para, na semana de início, decidir fazê-lo. Mas não podemos esperar que o raio caia duas vezes no mesmo lugar. O que será do amanhã? Do Flávio Ricco no "Canal 1": com uma forte expectativa criada no mercado a partir do anúncio da desistência, colocadas na parada estariam Record e SBT, desde que acertadas possíveis conversas com a Globo e chances de encaixe do futebol em suas grades. De Adalberto Leister Filho e Erich Beting na Máquina do Esporte: a própria Plim-Plim não estaria convicta da necessidade de revender os direitos neste ano, enquanto executivos esportivos e jornalísticos da RedeTV! (sua parceira no Paulista e na Copa do Brasil só em 2001) achariam interessante uma oportunidade como essa, sendo providenciado um estudo sobre questões operacionais e custos. Descontração brincalhona regional com um tom crítico muito sério: se a RedeTV! comprar o Brasileirão, nós gaúchos o veremos apenas pela RBS TV. É que a TV Pampa não mostra nada de esporte da RedeTV!. Nada mesmo, infelizmente. Nem jogo do Caxias do Sul pelo Novo Basquete Brasil o canal 4 passou - e dê-lhe reprise local do "Encrenca" o sábado inteiro.

Com relação à Rede Record, há informações divergentes e que me deixam em dúvida sobre quem tá no caminho correto pois não desacredito de ninguém e dou voto de confiança a todos sempre, embora encucado quando tais diferenciações acontecem. Uma no "sentido Bairro/Centro" é dos já citados Adalberto e Erich na Máquina: seria rechaçado pela Record o retorno do Brasileirão, seu por último de 2002 até 2006, pois o valor para a aquisição dos direitos e a audiência que jogos sem exclusividade renderiam não fariam isso valer a pena. A outra, no "sentido Centro/Bairro", é do Fábio Suzuki "De Prima" no Lance!: a Record até acharia uma boa a volta do Brasileirão, mas o porém seria o tempo curto até seu início (uma semana e meia) para conseguir patrocinadores, dar uma reforçada na equipe de microfone (de narradores têm Lucas Pereira, Eduardo Vaz, Marco Túlio Reis e Marcos Leandro, mas para comentários só tem Ricardo Martins) e fazer ajustes na programação, que atualmente não oferece brechas para jogos às 21h45 das quartas (dia de "Os Dez Mandamentos" às 20h30, "Jornal da Record" às 21h30 e "Gugu" às 22h30) e 16h dos domingos (dia de "Hora do Faro" das 15h30 às 19h30).

De Gabriel Curty no Grande Prêmio: sem mais nada de futebol brasileiro aos domingos a partir da semana que vem, fica a grade deste dia teoricamente livre para as corridas de Fórmula Indy neste dia da semana poderem ir ao ar ao vivo como normalmente fica impossibilitado. No entanto, a assessoria de imprensa da Band disse ainda não haver nada definido do que será dos seus domingos entre 15h30 e 18h, só mais à frente isso sendo decidido. Tem mais essa que não tem como não observar: o que será dos programas deste dia sem bola rolando às 16h? O "Terceiro Tempo" acaba perdendo a razão de ser enquanto pós-jogo televisivo, o que teoricamente pode recolocar Milton Neves de volta à versão da Rádio Bandeirantes neste dia da semana. O antigo formato vindo ainda da Record, de debate com convidados sobre a rodada do fim de semana, acho que fica impossível por causa do "Pânico na Band" às 21h15. Como ficaria nessa história o "Band Esporte Clube"? Mais grave ainda pois deixa ao Ted Sartori e a mim nervosos, apreensivos e com muito, muitíssimo, muitissíssimo medo: e o nosso tradicional, delicioso e valente (by "Cabeção" de Muzambinho) "Gol, o Grande Momento do Futebol"? Ai, ai, ai, ai, ai!!!

Para encerrar o assunto por enquanto: daqui a poucos dias começará a contagem regressiva para o 50° aniversário da TV Bandeirantes, estreada no canal 13 de São Paulo em 13 de maio de 1967. Tomara Deus que, não sei dizer de que jeito e com quais recursos para tanto, a situação possa melhorar a ponto do acompanhamento do futebol ser novamente reforçado para um ano que precisa ser positivamente especial não se torne uma má extensão de um 2016 que já ficaria marcado por uma ponta enorme de saudade por conosco não mais estar Luciano do Valle naquele que seria seu retorno aos Jogos Olímpicos e logo no Brasil que tanto sonhou que se tornasse um país esportivamente olímpico (infelizmente sem êxito por mais que feita com exímia qualidade a sua parte nos tempos inesquecíveis do "Show do Esporte") e que agora também entra para a história negativamente por se deixar de transmitir o carro-chefe de todas as temporadas futebolísticas de nosso país por causa de contas que não fecham. É chavão, mas tô com a Keila Jimenez no "KTV" do R7 e não abro: sofremos outro 7 x 1.

A chegada da chama olímpica
Os quatro canais dos três exibidores dos Jogos do Rio de Janeiro em TV aberta se mobilizaram na manhã de ontem. A Globo havia anunciado flashes para a partir das 6h30, mas como o voo só aterrissou em Brasília depois das 7h45, não houve necessidade de cortar os "Bom Dia Praça" para junções de rede, tudo dela ficando a partir do "Bom Dia Brasil" mesmo e até então espaços mais generosos (por razões óbvias) sendo dados pelo "Bom Dia DF", que mostrou imagens via internet de dentro do avião. Renato Peters fez a reportagem no local da aterrissagem e Galvão Bueno (inicialmente ao lado de Luís Ernesto Lacombe, Ana Paula Araújo e Alexandre Garcia no "Bom Dia"), Tande e Hortência começaram suas intervenções durante toda a programação somente a partir das 8h45. Já a Bandeirantes deu flashes no "Café com Jornal" só a partir das 7h50, ao fim do espaço do Ricardo Boechat direto da BandNews FM. Não de pertinho do avião e sim de frente para o Palácio do Planalto estava Gustavo Berton para a reportagem em vivos. Um programa especial com apresentação do Álvaro José foi exibido às 10h, no lugar dos "Simpsons", sobre a chegada do fogo olímpico. Já a Record cortou os matinais locais "Praça no Ar" de umas 7h35 até 7h50 para um plantão apresentado por Lucas Pereira com reportagem de Francy Rodrigues, da filial brasiliense da rede. Por fim, tudo foi ao ar direto e reto pela Record News, que recorreu às imagens da NBR.

Afogando em números I
Do Daniel Castro no Notícias da TV e de Duda Lopes na Máquina do Esporte, audiências esportivas de São Paulo. Sexta: "Globo Esporte" com 11,1 pontos; e Band com 4 no "Jogo Aberto" e 3,1 em "Os Donos da Bola". Sábado: "Globo Esporte" com 11,7 pontos; Record com 4,2 no "Esporte Fantástico"; Band com 0,5 na "Magazine da Liga", 0,6 na "Magazine da Euro", 0,8 no "A Caminho do Rio" e 0,9 no Jungle Fight; e RedeTV! com 0,4 ponto em Mogi das Cruzes x Flamengo e 0,7 em Brasil x Uruguai. Domingo: Audax x Santos com 24 pontos e 43% totais (19 na Globo e 5 na Bandeirantes); Globo com 9 no GP da Rússia, 7,7 no "Auto Esporte" e 8,8 no "Esporte Espetacular"; SBT com 2,7 no "Acelerados"; RedeTV! com 1,4 no "Bola na Rede"; e Band com 0,9 na Porsche GT3 Cup, 1,5 no "Band Esporte Clube", 1,9 no "Gol, o Grande Momento do Futebol" e 3 no "Terceiro Tempo". Segunda: "Globo Esporte" com 10 pontos (em inédita derrota para a Record, que marcou 10,3 com o "Balanço Geral SP" das 12h50 às 13h20); e Bandeirantes com 3,2 no "Jogo Aberto" e 3 em "Os Donos da Bola". Domingo no Rio de Janeiro: Botafogo x Vasco com 27 pontos e 48% totais (24 na Globo e 3 na Band).

Afogando em números II
Semana passada, recebi menções do Téo José no Twitter sobre as audiências da Liga dos Campeões na Band em São Paulo, com dados que ele têm de uma maneira e que os colunistas especializados (casos dos que publicam diariamente os índices completos das cinco principais redes abertas, como o DC e o José Armando Vannucci) informam de outro jeito. Exemplos: na ida da semifinal, as médias passadas pelo Téo foram 5,2 pontos em Manchester City x Real Madrid e 6 em Atlético de Madrid x Bayern de Munique; já os dados publicados pelo DC e pelo Vannucci foram 4,8 na terça e 5,3 na quarta. Acontece que os colunistas publicam a audiência da jornada inteira, incluindo o pré espichado de 45 minutos, e os dados passados pelo narrador dizem respeito à bola em jogo ao mesmo tempo nas duas emissoras abertas (considerando-se que a Globo só entra a 5 minutos do começo da partida). No entanto, esses dados específicos do período só da bola rolando não tenho pois infelizmente não tenho e nunca tive acesso direto a estas planilhas de audiências completas igual têm o Daniel e o Vannucci, que devem ter ótimas fontes para obtê-las. Acabo indo pelo que tenho disponível, mesmo que um disponível incompleto e insuficiente dentro até da minha vontade para fins destes escritos. Espero ter me explicado, mesmo que com atraso de alguns dias, mas por apenas hoje conseguir encaixar o registro por aqui.

Rede Bandeirantes I
Do Flávio Ricco no "Canal 1": por falar no Téo José, pode ser que ele seja o único narrador de TV no estádio para Santos x Audax no próximo domingo, confirmado que está para a cabine da Band (sozinho, pois Neto ficará nos estúdios). A Globo nem conto que mande Cléber Machado e comentaristas pois, com exceção daquela semifinal Santos x Corinthians da Libertadores de 2012, são muitos e muitos anos sem presença na Vila Belmiro, nem em jogos agudos a coisa sendo diferente. Só que o "guru" afirma que também o SporTV provavelmente faça narração e comentários do estúdio no Rio de Janeiro, apenas com reportagem no local. Espero de verdade que ele esteja enganado e que o pessoal de cabine esteja na Vila, ainda que eu tenha uma vaga lembrança de, neste ano mesmo, Santos x Corinthians ter sido feito por Milton Leite e Maurício Noriega em off-tube e não in loco.

Rede Bandeirantes II
Brasília terá em breve a estreia da versão local dos "Donos da Bola", para a qual pilotos já têm sido gravados. Um dos envolvidos será Danny Pança, repórter que cobre o Gama na Rádio 98 FM desta cidade-satélite.

Rede Bandeirantes III
Aqui no Rio Grande do Sul, "Os Donos da Bola" terão uma edição de sábado a partir deste fim de semana, das 18h50 às 19h20, substituindo o jornalístico semanal "O Rio Grande Que Dá Certo". As chamadas já rodam nos intervalos com a locução do Luiz Carlos Reche, peguei o término de uma delas hoje pela manhã.

Rede Globo I
O "Bom Dia Rio Grande" da RBS TV começou ontem uma série sobre jogos Internacional x Juventude especiais no Beira-Rio e as reportagens originais de época são reprisadas. O primeiro resgate foi do Inter 0 x 4 Ju da Copa do Brasil de 1999, que incluiu trechos de matérias de Andrei Kampff, Eduarda Streb, Fernando Becker (acho que era a voz dele na parte que tinha ao fundo a narração original do Paulo Brito em alguns gols) e um repórter de Caxias do Sul que não reconheci pela voz e que cobria a festa dos alviverdes. Esse foi o único porém da ideia: a falta dos créditos para identificar os repórteres e também os então jogadores e técnicos entrevistados. Nesta quarta, foi lembrado Inter 7 x 0 Ju no Gauchão de 2012 com dois pedaços da narração do Luiz Augusto Alano no Premiere e pedaços de VTs originais de Júlio César Santos, Alice Bastos Neves e Thiago Morão, este ainda quando cobria a dupla Ca-Ju na RBS de Caxias do Sul (hoje ele é o editor-chefe do "Globo Esporte" gaúcho).

Rede Globo II
Por causa do início do revezamento da tocha a partir de hoje em Brasília, foi desta terça para quarta que passou o "Balada Olímpica" deste mês, diferentemente do habitual que é a exibição ser de segunda para terça. Antes do programa, Carol Barcellos e Flávio Canto entraram ao vivo no finalzinho do "Jornal da Globo" e pegaram William Waack de jeito ao surpreendê-lo (nos surpreender, isso sim) com uma foto sua quando jogador e capitão da seleção brasileira de handebol em 1973. Desconcertado e nitidamente sem graça, o apresentador contou que a fotografia era de uma partida contra a Romênia, que acabou por vencê-la, embora marcasse dois gols. Não é que a foto fosse inédita pois na internet não era, mas mostrada na televisão chamou mais a atenção.

Rede Globo III
De Sofia Miranda no GloboEsporte.com: Juninho Pernambucano receberá mais de R$ 475 mil do Vasco, de quem cobrava dívidas na Justiça referentes à passagem a partir de 2011. A questão vinha desde novembro de 2015, anunciada que fora pelo "Reizinho" no hoje extinto "Futebol de Verdade", da Rádio Globo.

Rede Globo IV
De Pedro Ivo Almeida no UOL Esporte: Juninho, Júnior, Arnaldo Cezar Coelho e Luís Roberto passaram por um calor daqueles dentro da cabine fechada da emissora no Maracanã em Botafogo x Vasco pois houve problemas com o sistema de ar condicionado. Isso foi percebido já na chegada dos primeiros técnicos da emissora no estádio e prometeram consertar rapidamente. Só que para minimizar a situação na cabine, a Binário teve que enviar dois funcionários para comprarem equipamentos portáteis numa loja. O custo da empresa contratada pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro para a operação da primeira decisiva do Campeonato Carioca foi de R$ 6 mil (metade para cada um dos dois aparelhos, que só foram ligados na metade do primeiro tempo).

Rede Globo V
Liga dos Campeões sem Galvão Bueno na volta da semifinal por ontem ele cobrir ao longo do dia o trajeto da tocha olímpica em Brasília (dos estúdios no RJ, por isso ausente na segunda-feira do "Bem, Amigos!" do SporTV em SP) e hoje estar na Arena em Itaquera para Corinthians x Nacional - aliás, jogo mostrado para 12 estados inteiros, um quase inteiro e mais uma região de outro (TV Integração de Uberaba, que resolveu ser "a diferentona" em Minas Gerais enquanto única do estado a não passar Atlético x Racing). Bayern de Munique x Atlético de Madrid foi com Cléber Machado e Real Madrid x Manchester City é com Luís Roberto, por isso mesmo Fortaleza x Flamengo tendo Alex Escobar para 10 estados inteiros + DF e ainda uma região de outro (TV Tapajós de Santarém, que não se alinhou à escolha da Rede Liberal, que exibirá o Timão para todo o restante do Pará).

Rede Globo VI
Além de agora confirmar oficialmente aquilo que você leu na coluna anterior via Tela Viva, sabemos que serão não uma e sim duas transmissões da final da Liga dos Campeões da UEFA no cinema em 28 de maio. Explica-se: a parceria é não apenas com a rede Cinelive, mas também com a rede Cinecolor. Somando ambas, serão mais de 300 salas por todo o país mostrando Atlético de Madrid x Real Madrid ou Manchester City. Os cinemas da Cinecolor exibirão a mesma transmissão da TV aberta com Galvão Bueno e cia., mas as salas da Cinelive terão uma cobertura própria e interativa com uma dupla do SporTV: Jader Rocha e Wagner Vilaron.

Rede Globo VII
Da série "bobagens": olhando uma reportagem do Abel Neto no "Hora 1" sobre a preparação do São Paulo no México para visitar hoje o Toluca, acabei lembrando de "Chaves" e "Chapolin" por causa do Paulo Pacheco. Causa, motivo, razão ou circunstância: a passagem do Abel foi no hotel onde os tricolores se hospedaram, hotel este localizado em... Acapulco - e que eu soube pelo repórter televisivo do UOL que se trata exatamente do mesmo onde Roberto Gomez Bolaños e cia. rodaram em 1977 tanto aquele episódio do Polegar Vermelho sobre o filme no qual interpretou a si mesmo com a desistência do Chato Resto e enfrentou o Senhor Trocadeiro quanto, mais ainda especialmente, a mítica saga em três episódios de Chavinho e amigos, eleita por muitos fãs como a melhor das melhores da série. Quer aumentar ainda mais a associação? No segundo episódio da trilogia do "Chaves", sabe-se lá por qual motivo a dublagem colocou a história não em Acapulco e sim no Guarujá. Bem sabem que o Guarujá fica no litoral de São Paulo. E de qual emissora Abel Neto saiu para a co-matriz da Globo em Sampa City? Da TV Tribuna, que se localiza onde? Pois é, vizinha: no litoral paulista! Tuuuudo a ver...

Rede Globo VIII
Deu "tilt" na minha cabeça desde ontem: quando divulgaram dias e horários da segunda fase da Copa do Brasil, foram marcados três jogos com Globo para a quarta-feira da semana que vem, um deles sendo América Mineiro x Bahia, que nitidamente é para ser mostrado pela TV Bahia. Só que agora também Portuguesa x Vitória terá início às 21h45 da quarta-feira dia 11, puxado que foi das 19h15 da quinta 12 para atender à grade do canal aberto. Tem alguma coisa muito errada nessa história, não tem cabimento! Esperemos se algo novo surgirá.

Campeonato Cearense
O Esporte Interativo criticou a marcação de Uniclinic x Fortaleza para o último domingo pois tinha que a decisão iniciaria apenas hoje, conforme o calendário oficial, e reclamou que a Federação Cearense passou por cima dele e do Tricolor ao alterar a tabela e não permitir um tempo hábil para reorganização da grade, preferindo "atender outros interesses". Por causa disso, eram quatro jogos que poderiam ser transmitidos às 16h dominicais, mas Uniclinic x Fortaleza ficou de fora pois os três canais foram preenchidos por Campinense x Santa Cruz, CRB x CSA e o exclusivíssimo América de Natal x ABC. Ficou a queixa da Turner para cima da Globo.

Campeonato Sergipano
Do Expressão Sergipana: será exclusivo do Esporte Interativo o primeiro Sergipe x Itabaiana da final, às 20h30 de hoje, pois não houve encaixe de espaço da parte da TV Atalaia em cima da programação nacional da Record - e como consegui-lo com "Os Dez Mandamentos" às 20h30, "Jornal da Record" às 21h30 e "Gugu" às 22h30? As duas emissoras transmitirão juntas é a decisão máxima no sábado, que será às 15h15.

Copa do Nordeste
Me disse o diretor Fábio Medeiros que os jogos da recém encerrada competição podem, sim, ser filmados das cabines pelas emissoras não detentoras da transmissão para reportagens em programas e jornais, igual acontece com o próprio Esporte Interativo ao registrar para suas atrações os das Séries A e B do Campeonato Brasileiro. Mas então, menos ainda entendo isso. Se não existe veto nesse sentido igual ao antipático praticado pela Globo na Libertadores, por que cargas d'água só vejo gols do Nordestão nas redes abertas (exceção à sublicenciada Plim-Plim) com imagens cedidas pelo EI com seu logo no canto alto direito ao invés das próprias de filiais e afiliadas das redes? Todos os gols da competição que noto serem exibidos pela Bandeirantes no "Jogo Aberto" e em outros programas são sempre, incondicionalmente, com as imagens passadas pelo canal da Turner. Nem mesmo jogos em Salvador têm as imagens próprias da Band Bahia, nem os do Recife via TV Tribuna, nem os de Fortaleza através da NordesTV, ficando apenas nestes três exemplos. A mesma coisa senti quando olhei na segunda-feira os gols de Campinense x Santa Cruz no "Fala Brasil" da Record exatamente desta maneira ao invés de ser com uma filmagem jornalística própria da TV Correio da Paraíba - que imagino, deduzo e suponho que tenha acompanhado o jogo para sua programação local. Quando falei disso na coluna anterior e evoquei o caso da Libertadores ao dizer que queria que o EI não desse uma de Globo nesse sentido, foi por levar tudo isso em conta, por serem jogos dos quais apenas os gols acabam apresentados, sem nada a mais de importante que tenha acontecido. Se for própria a filmagem, dá para exibir quaisquer imagens de preferência do repórter dentro do tempo máximo de 3 minutos que a Lei Pelé permite, sem ser obrigatoriamente aquelas que o detentor repassa. Dando um exemplo para ficar ainda mais claro onde quero chegar: anteontem, só fui ver algo mais de Botafogo x Vasco através da reportagem da Record, com vários lances do clássico, pois até aquela altura a Globo tinha passado apenas o gol nos seus três espaços nacionais ("Fantástico", "Hora 1" e "Bom Dia Brasil"). Se acontecesse no Campeonato Carioca essa praga que a Libertadores tem e os globais apenas repassassem o único gol para todas as outras emissoras, quem quisesse olhar algo mais do jogo e fosse desprovido de TV paga e internet sairia no prejuízo pela informação visual ser limitadíssimo. Espero agora ter me feito entender por completo de um jeito mais esclarecido possível sobre o assunto, o que vale para todo e qualquer campeonato em toda e qualquer emissora.

Esporte Interativo
Dois registros da transmissão de Bayern de Munique x Atlético de Madrid (feita daqui do Brasil talvez por causa da prioridade à reta final da Copa do Nordeste, já que seria humanamente impossível ter André Henning e Vitor Sérgio Rodrigues saindo de Campina Grande no domingo à noite para chegarem na Alemanha na manhã da terça): esse aqui ainda consegui olhar por ser curtinho e carregar inteiro depois de quase 5 minutos ao baixá-lo em "linda" velocidade de 5 a 10 kb por minuto (KB mesmo, sem piada, pois não estou brincando) devido ao "fiapo" de internet com o qual me sustento há quase um mês, mostrando o locutor imitando o tapa dado pelo técnico Diego Simeone no delegado da partida por não autorizar uma substituição na equipe espanhola - e sobrou para o braço do comentarista, rs...; e esse aqui não tive a menor condição de ver, mas mostra em 360 graus o estúdio no qual André, Vitor e Zico transmitiram o jogo e as reações dos três nos emocionantes minutos finais.

Premiere
Não entendi a escala de Santa Cruz x Sport esta noite, provavelmente sendo dos estúdios que Antero Neto e Ricardo Gonzalez façam a primeira decisiva do título, embora perfeito tudo ficaria se estiverem no Arruda (só que aí me lembro de Rainan Peralva e Edinho no estúdio em Vitória x Bahia no domingo e o positivismo cai bastante). Nada relativo ao Antero e ao Ricardo, nada disso em absoluto. Não entendi é a narração ser do pessoal próprio no Rio de Janeiro se teria gente disponível lá mesmo no Recife para estar no Mundão. Tá bom que Rembrandt Jr. e Chiquinho estarão nele pela Globo Nordeste e tá bom que Rodrigo Raposo e Marquinhos vão ao Sertão para Salgueiro x Náutico (que começa a definir o terceiro representante do estado na próxima Copa do Nordeste), mas Pernambuco conta com três narradores e três comentaristas para fins de Globosat. Bastaria colocar Eri Santos e Marcelo Cavalcante que dispensado seria isso de off-tube num clássico valendo por final, ainda mais que não tem nada de questão de segurança ou algo assim para tanto. Enfim, essa não saquei mesmo. Mas relevem isso, não liguem. O burrão idiotamente panaca que vos tecla continua com a mania vinda desde ainda o expediente iniciado em 2003 de que as partidas locais devem ser sempre feitas pelo pessoal da região quando disponíveis - claro que isso em termos de PPV pois os regionais não aparecem mais tanto no ao vivo do SporTV.

SporTV
Seria Milton Leite o narrador de Corinthians x Nacional esta noite. Seria. Uma faringite o pegou de jeito ainda no domingo e lhe deixou dois dias sem voz. Embora melhor nesta quarta-feira, não está 100% para uma narração de futebol. Assim, vai se resguardar para ficar totalmente nos trinques para a final Santos x Audax.

SporTV II
Vamos acertar o passo e colocar tudo nos devidos lugares com relação à primeira rodada da Série B: sim, Vila Nova x Bragantino terá exibição às 19h15 da sexta-feira 13 pois Tupi x Goiás foi adiado para 21h30 do mesmo dia, ao invés de ambos os jogos no mesmo horário. A mudança para tanto foi Brasil de Pelotas x Paraná passar para sábado 14, às 16h, agora exclusivo do Premiere. Isso é por causa de Paraná x Chapecoense pela Copa do Brasil na quarta 11, já que tem o intervalo mínimo regulamentar de 66 horas entre uma e outra partida. Assim sendo, o SporTV passará Vila x Braga e Tupi x Goiás, sendo Brasil x Paraná somente pelo PPV.

SporTV III
Se não entendi errado, Juliana Damasceno chamou Marcelo Barreto de "diretor" do canal em referência a uma frase dele no "Troca de Passes" de domingo em post no "TV Esporte Blog" do Yahoo!. Só que não lembro do Marcelo ter cargo diretivo no SporTV - e, se tiver, não lembrarei agora e mesmo nem saberei. Por causa da minha memória nem sempre confiável, agora não sei se tem erro da colunista ou se eu é que perdi alguma coisa nova - e, caso tenha sido erro dela, com quem o teria confundido para chamá-lo de "diretor". Enfim...

Rádio de São Paulo
Da assessoria de imprensa: completando 79 anos nesta sexta-feira, a Bandeirantes fará o "Esporte Notícia" e outros programas especialmente direto da Pinacoteca do Estado de SP, na Praça da Luz.

Rádio de Florianópolis
Bragantino x Avaí foi o primeiro jogo de um dos dois grandes da capital em mais de cinco anos a ser transmitido somente por duas emissoras esportivas AM, sem nenhuma em FM, já que foi o primeiro realizado desde o fim das coberturas futebolísticas da Regional, o que deixou somente CBN/Diário e Guarujá no acompanhamento do Leão e do Figueirense. A propósito: solidariedade ao comentarista Fábio Machado, não apenas por ter ficado disponível no mercado com esta má nova, mas também para que se recupere o quanto antes e da melhor maneira possível seu filho Flávio, internado ao ser diagnosticado com esclerose sistêmica, uma doença rara.

Grande Prêmio
Domingo à noite, esta crônica sempre muito bem escrita pelo Victor Martins deixou seus leitores em dúvida, já que fala em ir embora da redação do portal no tradicional 807 da Avenida Paulista. Teve gente em dúvida sobre saída do próprio Victor, até um fim do GP, enfim. Mas não é nada disso, não. A redação do portal na Paulista é que não vai mais existir. A estrutura está sendo levada pelo comandante Flavio Gomes para um novo local, que não é uma redação, mas que funcionará como redação. Continua toda a turma firme e forte a falar de corridas.

Um apoio solidário
Ao Ronald Capita, vivente cuca legal com quem troco ideias pelas redes sociais há bastante tempo (e que me faz rir quando dá uns cutucões engraçados no "vô" Rodney Brocanelli) e que precisa de muita força e de irrestritas energias positivas para dar a volta por cima neste momento difícil pelo qual atravessa. Ele é cadeirante desde os 9 anos (hoje tem 17) e já passou por nada mais e nada menos que 11 operações para correção de um entortamento na coluna, que faz com que tenha dificuldade para respirar e até para ficar bem na cadeira a ponto de guiá-la. O risco dele ficar acamado para sempre por causa disso, lamentavelmente, não é pouco. Sua história é contada de cunho próprio no site Onda News. Espero verdadeiramente que o Ronald consiga passar por cima destas complicações e amenizar estas dores para, dentro do possível, seguir numa boa. Força!!!

A saideira
Reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Momento Raridade Rara I
Completou 35 anos ontem o primeiro Campeonato Brasileiro do Grêmio, ganho sobre o São Paulo com 1 x 0 no Morumbi. Deixo aqui a íntegra da transmissão da Rede Globo com Luciano do Valle, Gérson, Raul Quadros e Roberto Cabrini. Curiosidade contada no excelente livro "Olho no Lance": a ida vencida pelos gremistas por 2 x 1 quase teve duas transmissões na Plim-Plim, que pretendia colocar Luciano na rede nacional e Osmar Santos somente para SP, onde a audiência da Record crescia mais, mais e mais nas narrações do Sílvio Luiz desde a vitória conseguida sobre a líder em jogo do Brasil no Mundialito daquele 1981. Só que o então diretor Ciro José (que poucos anos depois iria para a própria Record) pegou um jatinho do Rio até aqui em Porto Alegre e vetou este expediente - e assim, Luciano narrou também para SP a ida. Também presente no Olímpico, Sílvio não perdeu a viagem e abriu sua cobertura dizendo: "está pegando fogo na aldeia!" (a "aldeia global")

Momento Raridade Rara II

Apesar da minha internet estar com uma velocidade que, numa comparação a uma emissora de rádio AM, corresponderia a um insignificamente reles 1 kw de potência, fiz um esforço e fui ao YouTube buscar alguns resgates de partidas antigas dos ou alusivas aos duelos desta noite. Claro que não pude ver direito o que separei a não ser um básico que deu para carregar na qualidade 144p (quem assistir um vídeo em 144 pixels nunca mais vai reclamar nem digo dos 480 ou dos 360, mas sim dos 240 mesmo) em generosos e não mais recuperados minutos, mas tenho sentido enorme falta dos tópicos com as memórias da rodada. Por hoje, tentei isso:

Dois Santa Cruz x Sport no Arruda: de 2013, Tricolor 1 x 0 pelo Pernambucano com Romualdo Marques na Rádio Olinda; e de 2014, Leão 2 x 1 pela Copa do Nordeste com André Henning no Esporte Interativo.

Dois Fortaleza x Flamengo no Castelão: de 2003, Tricolor 4 x 1 pelo Campeonato Brasileiro com Ivan Bezerra na TV Diário; e de 2009, Mengão 3 x 0 pela Copa do Brasil com Cledi Oliveira, Mauro Cezar Pereira e Cícero Mello na ESPN Brasil.

Atlético Mineiro contra um argentino no Mineirão: de 2014, Galo 4 x 3 Lanús pela Recopa Sul-Americana com Marco de Vargas no Fox Sports.

São Paulo contra um mexicano fora de casa: de 2010, Monterrey 0 x 0 São Paulo pela Libertadores com um bombardeio do qual os tricolores escaparam e que não escapou do Marcelo Gomes na Rádio CBN.

De 1991, Corinthians 0 x 0 Nacional na Libertadores em reportagem de Roberto Thomé na Rede Globo.

Momento Raridade Rara de luto: morreu Teixeira Heizer

Um dos principais nomes da velha guarda do jornalismo esportivo nos deixou nesta terça aos 83 anos, vitimado por complicações cardíacas, após quase um mês de internação no Hospital Vitória depois de uma parada cardíaca sofrida dois dias depois da sessão de autógrafos do último de seus cinco livros, "A Outra História de Cada Um", com casos sobre personalidades esportivas coletados durante suas seis décadas de carreira.

Advogado e professor, se consagrou mesmo como jornalista, começando em 1953 no jornal Correio Fluminense. No ano seguinte, ingressou no rádio através da Continental do Rio de Janeiro. Pela TV Continental, deu uma notícia em primeira mão nos Jogos Pan-Americanos de Chicago em 1959: o assassinato do remador brasileiro Ronaldo Duncan Arantes. Os anos 60 começaram e Teixeira se integrou à Rádio Globo, sendo comentarista numa equipe que possuía lendas como Waldir Amaral e Luiz Mendes e pela qual cobriu no Chile o bicampeonato mundial em 1962, além dos dois Mundiais ganhos pelo Santos. Foi ele o primeiro funcionário contratado pela TV Globo, é seu o crachá número 01 da firma. Nela, criou programas como "Em Cima do Lance" e "Por Dentro da Jogada", além de fazer o jornal "Tele Globo" com Hilton Gomes e a grande atriz Nathalia Timberg.

Durante sua carreira, Teixeira também trabalhou em jornais impressos e revistas como Diário da Noite, Diário de Notícias, Última Hora, O Dia, Placar, Veja, Mundo Ilustrado e O Estado de S.Paulo, além da Rádio e TV Nacional e das TVs Excelsior e Tupi. Os últimos 15 anos tiveram sua presença constante no SporTV, tendo assíduas idas ao "Redação SporTV" desde a estreia em 2004, em todas as fases: a do Luís Roberto, a do Marcelo Barreto e a atual do André Rizek. Também comentava direto vários jogos de campeonatos nacionais europeus, os últimos deles feitos no fim de 2014 (a última que achei ao pesquisar os "agendões" do GloboEsporte.com remete a Evian x Lyon em 7 de dezembro, jogo do Francês narrado pelo Antero Neto). Publicou livros muito bem recomendados, como "O Jogo Bruto das Copas do Mundo" e "Maracanazo - Tragédias e Epopeias de um Estádio com Alma".

Mas a grande contribuição de Teixeira Heizer seguramente aconteceu em 21 de novembro de 1965, quando comandou a primeira transmissão de futebol da história da TV Globo, que tinha meio ano de existência. Foi no amistoso Brasil 2 x 2 União Soviética, o da despedida do campeão mundial Bellini, que foi registrado em filmes que eram enviados a jato para montagem conforme fossem chegando até que tudo do jogo estivesse pronto para exibição do VT às 20h (a bola rolou às 16h). Tudo planejado por Teixeira, que fez a narração na hora da exibição em cima do filme já montado. Esta história rendeu aqui um VT muito legal do "Esporte Espetacular", feito por Tadeu Schmidt e apresentado por ele, Dani Monteiro e Lica Oliveira em 2005. Há depoimentos de José Carlos Araújo (o "Garotinho" foi chamado da Rádio Globo para ser o repórter daquela transmissão pioneira da futura Plim-Plim), Luiz Mendes e Gérson, autor de um dos gols naquele empate. Teixeira participa de toda a reportagem e ainda faz uma narração então atualizada das poucas imagens que restaram não da locução original e sim da partida em si, já que o filme dela se perdeu tanto com o tempo quanto naquele mega incêndio de 1976.

Teixeira Heizer cumpriu uma grande missão no jornalismo esportivo e agora desencarnou, ficando seu trabalho em papel, vídeo e áudio para a posteridade. Se exatamente ontem tivemos pela Rede Globo uma transmissão de futebol com Cléber Machado fazendo Bayern de Munique x Atlético de Madrid, o começo de tudo foi naquele Brasil x URSS do fim de 1965. Teixeira descansará em paz. A propósito (e olha só que coincidência): na coluna anterior, falei do "Balanço Esportivo" da CNT do Rio de Janeiro exibido também pelo sinal nacional aos domingos e citei que entre os participantes estava Marina Heizer, que lê as participações do público e que também é repórter aérea da BTN Trânsito, sendo muito associada pelos ouvintes à Super Rádio Tupi. Deixei no ar uma dúvida minha se ela teria parentesco ou não com Teixeira Heizer. Sim, tem. Marina é neta do agora saudoso jornalista.

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "24 Horas").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA COLUNAS ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.