Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Quinta, 21 de janeiro de 2021
Internacional estraçalhou o São Paulo em noite histórica



O que não significa que eu afirme que "pintou o campeão" da parte colorada e muito menos que "acabou tudo" da parte são-paulina porque o Brasileirão está tão maluco com suas alternâncias que me sinto absolutamente incapaz de cravar isso, aquilo ou aquele outro neste momento. Quem, por exemplo, poderia imaginar que Abel Braga, regressado a partir de uma policitagem interna da direção anterior e que já na largada saiu da Libertadores e da Copa do Brasil, daria a volta por cima de tal forma com um senhor positivismo a ponto do Inter emendar uma série espetacular de vitórias e ter uma baita atuação ontem? Ou que o São Paulo daria um mole tão danado como deu depois de ter uma vantagem de sete pontos? E mais ainda: alguém imaginaria essa goleadaça? Desconfie de quem disser que sim.

Além disso, mesmo que a superioridade gaúcha fosse absolutamente inconteste o jogo inteiro, não daria para imaginar pelo primeiro tempo o final inesquecibilíssimo que tivemos. O Colorado abriu dois gols de vantagem com Cuesta e Caio Vidal, este suspenso para o Grenal do próximo domingo, mas parecia que o Tricolor reagiria quando Luciano diminuiu. Ledo engano, pois essa que resultou em gol seria praticamente a única chance efetivamente perigosa dos paulistas na partida inteira. Procure por outras tão ameaçadoras e não encontrarás. A metade complementar foi dos sonhos para os visitantes, coroada por um show singular de Yuri Alberto com três proezas, a primeira delas tirando proveito de uma teimosia incorrigível e sujeitíssima a desfechos assim do sempre questionado Fernando Diniz.

São muitas, tantas e várias estatísticas e marcas. Primeiro, as referentes ao novamente líder do campeonato: sete vitórias seguidas, maior marca sua nos pontos corridos e segunda maior de sua história, atrás apenas das oito de 1978 (ano no qual o Guarani faria o recorde absoluto de 11 êxitos consecutivos); segunda quina nesta edição, a outra sendo nos 5 x 3 sobre o Sport também como visitante; maior vitória geral desde os 6 x 0 sobre o Vasco no Beira-Rio em 2015; maior vitória fora de casa desde os 6 x 1 no Remo pela Copa do Brasil de 2014; maior vitória fora de casa em Séries A desde os 5 x 1 no Sport em 2007; e maior vitória sobre um dos grandes paulistas na história, devolvendo com juros e correção a maior derrota sofrida para os são-paulinos aqui em Porto Alegre (um 4 x 1 em 1977).

Vamos aos dados referentes ao agora vice-líder: quatro fracassos seguidos, dos quais três perdidos; tomou 11 gols nestas quatro aparições, antes disso sofrendo os mesmos 11 gols em 17 rodadas; venceu o Inter somente uma vez nos últimos oito jogos (metade perdida); ganhou dele apenas duas nas últimas 10 vezes como mandante (quatro perdidas); maior derrota geral desde os 6 x 1 pro Corinthians em 2015; maior derrota como mandante desde os 7 x 2 para a Portuguesa no Pacaembu em 1998; primeira derota por quatro de diferença no Morumbi desde os 4 x 0 pro Santos em 2006; não sofria cinco gols desde os 5 x 2 do Flamengo no RJ/SP de 2000; e a principal de todas: nunca e jamais tinha perdido por quatro de diferença sofrendo cinco gols nos mais de 60 anos do seu estádio.

E ainda tem a cereja do bolo: em tempos de VAR, nos quais ficou comum a bola rolar até 49, 50 ou bem mais minutos que isso, a etapa final destes 5 x 1 acabo aos 45 exatíssimos. É mole? Foi como se tivesse batido um sentimento de misericórdia no Marcelo de Lima Henrique. Bem, a disputa pelo 1º lugar continua. Com 59 pontos, o Inter receberá o Grêmio no domingo. Antes tem São Paulo, com 57, recebendo o Coritiba no sábado. Se der vitória tricolor e empate colorado, ambos teriam 60 pontos e 17 vitórias, mas hoje o saldo é pró-Inter por 24 a 18.

Ame sua cara-metade tanto quanto o Grêmio ama um empate



Mas é um troço que beira o inexplicável o "amor" que Renato Portaluppi e seus Blue Caps têm neste Brasileirão por um empate. O 1 x 1 com o Atlético Mineiro foi o 15º em 30 partidas, superando as 12 vitórias e fazendo ter pouco valor as míseras três derrotas - o Galo perdeu oito e tem três pontos a mais. Os alvinegros saíram na frente num pênalti pra lá de forçado e os tricolores só empataram depois dos 40 do segundo. São 16 rodadas de invencibilidade dos gaúchos, maior série sem derrotas em Séries A, só que apenas nove delas foram vitoriosas. Apenas nas últimas sete partidas, são cinco empates. Os mineiros só perderam uma das nove últimas, ganhando quatro delas.



A quarta-feira começou com o Botafogo mais uma vez confirmando sua condição de "pré-rebaixado". Embora saísse na frente na segunda etapa, tomou a virada de 3 x 1 do Atlético Goianiense, que voltou a vencer após quatro rodadas (neste meio tempo derrotou o Goiás pelo atrasado estadual de 2020) e que "foi campeão carioca" pois, além de não perder para nenhum deles o campeonato inteiro, ganhou uma e empatou outra com cada um dos quatro do RJ, onde o Dragão havia vencido o último duelo fora de casa contra os alvinegros. Estes, por sua vez, perderam a 5ª seguida, não empatam há 13 pelejas e só venceram uma delas, perdendo todas as outras. Larguei o Fogão de mão.



O Vasco saiu atrás no comecinho e assim ficou até 26 do segundo, quando o Red Bull Bragantino aumentou numa patada lindona do Claudinho no ângulo canhoto. Escore diminuído e assim permaneceu até 41 do segundo, mas o mesmo Claudinho aumentou de novo aos 46 e os 4 x 1 finais vieram em linda cobrança de falta do Hurtado - entre estes dois gols, quase deu gol visitante num cruzamentaço do Gabriel Pec que acertou o poste canhoto. Apenas a segunda vez que o Braga venceu este duelo, reprisando o 1 x 0 de 1990, e são agora três vitórias nas últimas rodadas. Por sua vez, o Cruzmaltino foi superado em três das últimas cinco, das quais uma vitoriosa (contra o Botafogo).



O Coritiba abriu dois gols de frente no tempo primeiro, o inicial aos 2 minutos em chute bonitaço do Luiz Henrique. Aí o Fluminense buscou o empate com direito a gol do estreante John Kennedy (no mesmo dia da posse do Joe Biden, que "timing"!). Um golaço de fora do Robson deixou o Coxa na frente, mas Caio Paulista garantiu pro Flu o 3 x 3. São oito partidas sem derrota dos cariocas para os paranaenses desde 2014. O Tricolor não empatava havia cinco rodadas, somente duas delas exitosas, enquanto o Cori não perde há três jogos embora um único vitorioso, mas ainda assim não ficava três rodadas sem se dar mal desde o fim de agosto e o começo de setembro.



Ainda ontem, o Bahia cessou dois meses de insucessos consecutivos e oito rodadas (sete perdidas) da Série A e 10 partidas gerais (oito derrotadas). O triunfo anterior tinha sido sobre um paranaense, o Coritiba. Pois o 1 x 0 desta quarta foi sobre o outro paranaense, o Athletico, que vinha de cinco partidas de invencibilidade, mas como somente as três primeiras foram vencidas, agora ele está sem ganhar há três porfias, duas delas empatadas. Os baianos foram aos 32 pontos com nove vitórias a exemplo do Vasco, do Sport e do Fortaleza, estes na zona de rebaixamento por terem duas vitórias a menos. Encrenca à vista para encarar hoje o Santos, são oito fracassos seguidos.

Além do Fortaleza contra o Santos, hoje tem Goiás x Ceará e um Sport há oito visitas sem sucesso enfrentando um Corinthians vindo da quebra de sete jogos de invencibilidade com a pauladaça que tomou na última segunda e que não sofria havia 16 anos e 8 meses. É depois destes 4 x 0 no dérbi que o Palmeiras vai com a moral nas alturas para desafiar o Flamengo, que ainda não superou nenhum dos adversários nesse grupo dos seis primeiros da primeira divisão, tendo três derrotas e três empates (só o Galo ele já confrontou duas vezes). A bola rolará em Brasília por opção rubro-negra depois de passar pelo Goiás em Goiânia - o Maracanã já está com a Conmebol.

Vitória e Náutico fizeram suas partes



Aliás, dá para dizer que tivemos uma legítima "força-tarefa nordestina" nesta 36ª rodada da Série B porque, aos sucessos do rubro-negro baiano e do alvirrubro pernambucano, somou-se a goleada que o CRB tocou anteontem no Figueirense, que hoje abre a zona de rebaixamento - e agora já há condição matemática de oficialização das quedas dele e do Paraná na penúltima rodada, tal qual oficial agora é o descenso do Botafogo de Ribeirão Preto. O Leão derrotou o Guarani por 2 x 1, fora de casa, e voltou a se dar bem depois de seis apresentações.



Já o Timbu tem feito valer o "fator Aflitos" desde o retorno do Hélio dos Anjos, o que tem sido suficiente para tirá-lo do sufoco. Os 4 x 1 proporcionaram aos donos da casa seu primeiro quatrilho desde os 4 x 0 no Decisão em 29 de janeiro do ano passado, pelo Pernambucano. Na atual passagem do técnico, são seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Apenas em seus domínios, são seis vitórias (cinco seguidas) e dois empates. Detalhe: até a primeira vitória com Hélio na casamata e já durante sua atual presença, o Náutico chegou a ficar oito rodadas sem ganhar.



E com 47 pontos em 13º lugar, o Cruzeiro tem oito acima do Z4 e afastou-se de vez dela com os 2 x 1 sobre o Operário, abertos por um "quase golaço" do Rafael Sobis com chapéu lindão no goleiro, daí Reniê tentou interceptá-lo e marcou contra. Depois do Ricardo Bueno empatar numa bomba de fora da área, a virada viria três minutos depois, mas Marcelo Aparecido de Souza deu uma falta muito duvidosa do Pedro Ken. Depois, Pottker desempatou e a turma do Fantasma partiu pra cima do Marcelo Aparecido de Souza. Se pudessem, arrancariam seu fígado ali mesmo.

A antepenúltima rodada da Bêzona acabará hoje com Chapecoense x Ponte Preta, o Verdão do Oeste com 67 pontos e líder de novo se ganhar pois passaria os 69 do América. Já a Macaca tem 51 e diria que é praticamente a última possibilidade de ser uma verdadeira "estranha no ninho" na luta pelo acesso contra os 56 do CSA e os 55 do Juventude, já que os 61 do Cuiabá fazem com que praticamente reste somente uma vaga na próxima Série A, e o Avaí mesmo vencendo foi apenas aos 52 e o Operário estacionou nos mesmos 51 atingidos pelo Sampaio Corrêa.

Na parte de baixo, desconsidere Oeste já caído com 26 pontos e agora Botafogo de Ribeirão Preto também descido com 34 por ter oito abaixo do 16º lugar, em fato 15º por igualados Náutico e Vitória com 42 pontos (Timbu acima nas vitórias por 10 a 9), o que deixa o Paraná com um pé e quatro dedos do outro na Terceirona ao ter 36 pontos e 9 vitórias, precisando do maior milagre de sua história trintona para evitar o rebaixamento, que agora também assombra o Figueirense com 39 e 9. O Confiança tem 45 pontos, mas já escapou pois tem 12 vitórias.

Os destaques de ontem e de hoje

Copa Verde O coronavírus afetou o começo do torneio que reúne clubes de Norte, Centro-Oeste e Espírito Santo. Fast 0 x 2 Independente, por exemplo, aconteceu em Brasília porque evidentemente não há a mínima condição de acontecer nada de nada no Amazonas com a crise sanitária em níveis insustentáveis, especialmente em Manaus, tanto que o próprio governo estadual pediu a transferência da sede. A doença também afeta Santos do Amapá x Gama, que aconteceria ontem e foi suspensa pois o governo amapaense proibiu eventos esportivos por causa do aumento de casos. Remarcada ela foi para o próximo domingo, no Mangueirão de Belém.

Copa do Rei Pela 5ª vez no século 21, o Real Madrid tomou fumo de um clube da Terceirona. Alcoyano 2 x 1.

Supercopa da Itália Juventus campeã pela 9ª vez com 2 x 0 sobre o Napoli. 9ª presença seguida e 5º caneco.

Taça da Liga de Portugal Sem seis titulares devido ao coronavírus - que infectou 19 pessoas do clube -, o Benfica foi eliminado na semifinal por 2 x 1. Braga na final contra o Sporting, que anteontem fez este placar no Porto.

Campeonato Inglês Meio de semana de partidas atrasadas vencidas pela dupla de Manchester. O United ganhou do Fulham por 2 x 1 e lidera com 40 pontos. Já o City fez 2 x 0 no Aston Villa e tem 38 e um jogo a menos.

Campeonato Alemão A 17ª rodada concluiu a primeira metade do certame. Bayern de Munique líder com 39 pontos após fazer 1 x 0 no Augsburg e RB Leipzig vice com 35 depois do mesmo escore no Union Berlin.

Curtinhas Esportivas



Manga vacinado contra a Covid-19 Atualmente morando no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro, o ex-goleiro de 83 anos foi imunizado ontem. Como um dos grupos prioritários para vacinação no estado fluminense é o de idosos que vivem em asilos e retiros, isto beneficiou o eterno ídolo do Botafogo e da dupla Grenal.

Inquérito favorece Dudu em acusação de agressão O GE revelou que a Secretaria de Segurança de SP inocentou ele das acusações de agressão à ex-esposa Mallu Ohanna, decisão que levou em conta imagens de circuito interno do estacionamento onde o encontro dos dois foi flagrado em junho do ano passado, assim como depoimentos de testemunhas. Resta saber se o Ministério Público levará o caso adiante ou se o devolverá para a Polícia. Dudu ainda é jogador do Palmeiras, mas no mesmo período do estouro da história foi emprestado ao catari Al-Duhail, que jogará o Mundial de Clubes no mês e que, se passar pelo Al-Ahly, pegará o Bayern de Munique.

Substituição por concussão no Campeonato Inglês A competição adotará o mesmo teste que será feito pela FIFA no Mundial no Catar e permitirá que os clubes troquem até dois jogadores em caso de pancadas fortes na cabeça, estes câmbios sendo à parte dos três habituais - na Premier League não são cinco, seguem três.

Aposentadoria na NFL Depois do Indianapolis Colts ser eliminado pelo Buffalo Bills, Philip Rivers anunciou sua saída dos campos depois de 17 anos, 16 deles pelo San Diego (hoje Los Angeles) Chargers. O jogador de 39 anos, que chegou a iniciar 240 partidas consecutivamente das 244 no torneio - só não tem mais jogos seguidos do que o também ex-quarterback Brett Favre com 297 -, nunca disputou o Super Bowl e agora será técnico.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

Morreu Professor Nathanael Astrólogo muito conhecido dos ouvintes de Porto Alegre pelos muitos anos de atuação na Rádio Farroupilha, especialmente no matinal "Comando Maior" com os comunicadores Sérgio Zambiasi e Gugu Streit, ele morreu aos 67 anos vitimado pela Covid. Atualmente, era escutado na Guaíra FM de Santa Rosa.

Nelson Gomes fora do ar outra vez O locutor e apresentador da Band já havia ficado um mês e meio ausente da Rádio Bandeirantes e do BandNews TV no fim do ano passado, retornando apenas na semana de Natal. E novamente ausente a voz-padrão da RB ausenta-se, desde anteontem sendo substituído no "Primeira Hora" por Ana Paula Rodrigues, que está fazendo dupla com Izabella Camargo - à qual ela havia substituído também por alguns dias no fim do ano passado. Contatei o Nelson, que me disse que retornará em 20 dias e que passa por um tratamento, mas que está tudo bem. Tomara mesmo, porque uma voz clássica como a dele faz gigantesca falta.

CBN chegou ao GloboPlay Dica dos amigos virtuais Micael Silva e Eduardo Cesar Sarsur Lisboa: a transmissão em vídeo da rádio que toca notícia, disponível tanto em seu site quanto nas redes sociais, agora também é disponibilizada no portal de vídeos do Plim-Plim, dividindo espaço com a TV Globo e com os canais por assinatura. Dá para acessar o vídeo ao vivo da Rádio CBN tanto de São Paulo quanto do Rio de Janeiro, sendo que a imensa maioria dos programas da rede nacional tem geração paulistana, e aí no vídeo carioca ao vivo fica o logo da emissora.

Giulianno Cartaxo com câncer no intestino A revelação foi do próprio ex-apresentador da Record Brasília nas redes sociais, nos próximos seis meses ele passará por sessões de quimioterapia. Força!!!

"Topíssima" voltará na Record Caiu aquilo da série canadense "Quando Fala o Coração" substituir "Jesus" às 21h45 a partir do mês que vem. Vem aí de volta a novela recentíssima, encerrada há apenas e tão somente um ano e um mês. Li pelo Gabriel de Oliveira no TV Pop que houve problema de entrega das mídias com os episódios da série da Hallmark, que tem sete temporadas, e por isso abortaram sua exibição neste momento, embora mais à frente queiram enfim exibi-la. Isso aí compreende-se, motivo de força maior. Mas por qual motivo reapresentar uma novela que mal acabou? Por que não resgatar, sei lá, "Vidas Opostas", "Vidas em Jogo", "Pecado Mortal", enfim?

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar  melhor. As desta quinta, 21 de janeiro, são estas:

*160 anos do nascimento de Roberto Landell de Moura, padre falecido em 1928 e pioneiro na telecomunicação e na radiodifusão.

*150 anos de Roma tornando-se capital da Itália no lugar de Florença.

*110 anos do primeiro Rally de Monte Carlo.

Bela do Dia: Gabriela Prioli

Gabriela Prioli, advogada e comentarista da CNN Brasil, na qual faz o programa noturno "CNN Tonight". Nesta quinta, ela completa 35 anos.

*100 anos de "O Garoto", clássico dirigido e estrelado por Charles Chaplin, cujo personagem-título era feito por Jackie Coogan, que quatro décadas depois interpretaria o Tio Chico na série "A Família Addams".

*95 anos do nascimento de Clive Donner, cineasta falecido em 2010 e diretor de filmes como "O Que é Que Há, Gatinha?" e "A Bomba que Desnuda" (primeiro e único filme do Agente 86 no cinema com o elenco original da série).

*80 anos do primeiro Boca Juniors x Corinthians realizado na Bombonera, vitória paulista por 4 x 3 por um octogonal de verão (e você sabe: falar de Boca x Timão na caixa de bombons é para sempre lembrar de 2012).

*75 anos de Miguel Reina, ex-goleiro campeão por Barcelona (Taça das Cidades com Feiras de 1971 e Copa do Rei de 1968 e 1971) e Atlético de Madrid (Intercontinental de 1974 e Espanhol de 1977) - ele, que é pai do também goleiro Pepe Reina.

*65 anos de Geena Davis, atriz ganhadora do Oscar de coadjuvante por "O Turista Acidental" e do Globo de Ouro em série dramática por "Commander in Chief", sendo vista também em filmes como "Tootsie", "Os Fantasmas Se Divertem", "Thelma & Louise" e os três "O Pequeno Stuart Little".

*25 anos de Asensio, futebolista do Real Madrid (campeão mundial de 2016 até 2018, da Liga dos Campeões em 2017 e 2018, da Supercopa da Europa em 2016 e 2017, da Supercopa da Espanha em 2017 e do Espanhol em 2017 e 2020).

*15 anos de "High School Musical", mais bem-sucedido filme já produzido pelo Disney Channel e que gerou duas sequências.

*5 anos ao dobrado: do Ceará campeão da amistosa Taça Asa Branca num 3 x 3 + 4 x 3 sobre o Flamengo; e de "Lendas do Amanhã", série com personagens da DC Comics que já dura 82 episódios em cinco temporadas.

Clipe do Dia: Plácido Domingo

80 anos hoje de um dos maiores tenores da história. Em 1981, ele cantou "Perhaps Love" com John Denver.



Clipe do Dia: Richie Havens

Há 80 anos nascia esta lenda do folk, que nos deixou em 2013. Foi com ele a abertura de Woodstock em 1969, onde tocou, tocou e tocou até que o repertório acabou e veio o improviso de uma versão de "Motherless Child" com a palavra "freedom" repetida diversas vezes. Assim surgiu um símbolo daquele festival: "Freedom".



Clipe do Dia: Rob Brill

Baterista do Berlin de 1983 até 1987, ele faz 65 anos nesta quinta. Foi dele o toque forte que deixou mais forte ainda em 1986 uma das canções mais excitantes do cinema pop, "Take My Breath Away", de "Ases Indomáveis".



Clipe do Dia: Marvin Gaye

Há exatamente 50 anos, uma das maiores canções não só dele, mas da música na história era lançada como single: "What's Going On", originada de inquietações de Obie Benson, cantor do Four Tops, após a "Quinta-Feira Sangrenta" de 1969, com truculência policial contra manifestantes na Califórnia. Composto por Al Cleveland após conversas com Benson, foi aprimorada por Marvin, que vivia conflitos pessoais aos montes e estava atormentado por distúrbios sociais como os tumultos de Watts em 1965. O resultado foi primoroso e virou sucesso imediato.



Clipe do Dia: Emma Bunton

A "Baby Spice" das Spice Girls faz 45 anos nesta quinta. Em 2001, ela gravou "What Took You So Long".



Clipe do Dia: Michel Teló

O cantor paranaense com criação sul-mato-grossense celebra 40 anos nesta quinta-feira. Em 2011, ele estourou inclusive além-fronteiras com "Ai, Se Eu Te Pego", que caiu nas graças até de Cristiano Ronaldo.



Arremate

Coronavírus já vitimou no Brasil quase 213 mil dos quase 8 milhões e 700 mil infectados. Força e solidariedade.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.