Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Quarta, 6 de janeiro de 2021
Uma das maiores vitórias da história do Palmeiras



O detalhe é que não parecia, até os 27 minutos, que assim seria pois o River Plate estava ligado nos 220 volts. Mas futebol é aquilo: quem vê um erro do outro e sabe tirar proveito dele pode mudar a história a seu favor. Assim foi na falha do Armani castigada pelo Rony. E quase deu o segundo três minutos depois, é que deram impedimento. Os argentinos ainda tiveram algumas boas chances e não marcaram pois, como dizia minha saudosa avó, "quando é pra ser, é; e quando não é pra ser, não é". Quando o Verdão "entrou" na partida, tomou conta dela - especialmente na segunda etapa, onde ampliou com Luiz Adriano só na quinta marcha ligada e definiu com Viña um 3 x 0 fantástico. Poderia ter sido mais? Poderia. Mas já ficou bom demais assim numa semifinal histórica e que permite não conforto pois o alerta deve ser permanente até o fim, mas sim uma vantagem excelente para terça que vem, em São Paulo.

Os 3 x 0 em Avellaneda igualaram a maior vitória de um brasileiro sobre o River Plate como mandante em Copas Libertadores, que foi os 3 x 0 do Flamengo no triangular semifinal de 1982. A maior derrota dos Millonarios como mandantes neste torneio foi por 4 x 0 do San Lorenzo na fase de grupos de 1973. Somando as fases de grupos, há outras duas vitórias de brasileiro por três gols de diferença na Argentina: do Cruzeiro por 3 x 0 diante do Estudiantes em 2011 e do Atlético Mineiro por 5 x 2 sobre o Arsenal em 2013. Adicione a isso algo que só engrandece mais ainda o que vimos no Libertadores da América: desde que assumiu o River em 2014, Marcelo Gallardo nunca tomou três de diferença como mandante. Abel Ferreira e associados proporcionaram um jogo para a eternidade, o jogo disputado mais cedo em um ano na história do certame - mesmo que válido ainda pela temporada anterior.

Esta foi a 15ª vez que tivemos um mata-mata com jogo de ida vencido pelo visitante por três ou mais de diferença. Quatro envolveram o Brasil, três só com o Grêmio: oitavas de 1995 contra o Olimpia, quartas de 1996 diante do Corinthians e semifinal de 2017 versus o Barcelona. A outra foi com o Vasco na segunda pré-grupos de 2018 contra a Universidad de Concepción. Jamais houve uma reviravolta nesta situação, o que também favoreceu Millonarios vs. Universidad de Chile (1ª fase de 1961), Olimpia vs. Colo-Colo (quartas de 1961), Independiente vs. Pepeganga (oitavas de 1990), América de Cáli vs. Deportes Concepción (oitavas de 1991), Vélez Sarsfield vs. Independiente (oitavas de 1995), River vs. Cerro Porteño (oitavas de 2000), Monarcas Morelia vs. Olmedo (oitavas de 2002), Nacional do Paraguai vs. El Nacional (pré de 2009), Huracán vs. Alianza (pré de 2015) e Boca vs. LDU (quartas de 2019).

Antes da volta na terça que vem, os dois times jogarão no sábado pelos seus nacionais. O Palmeiras visitará o Sport pelo Brasileirão às 19h e o River receberá o Independiente pela Copa Diego Armando Maradona às 21h30. Já nesta noite teremos Boca Juniors x Santos, do qual também falei muito na coluna de ontem. O Peixe defenderá uma invencibilidade de sete partidas contra clubes argentinos - e não falem do Independiente na ida das oitavas em 2018 pois dentro de campo foi 0 x 0 e só ficou 3 x 0 simbólico devido à irregularidade do Sanchez. É a corrida rumo à final do dia 30 no Maracanã, que apenas e tão somente ontem a Conmebol que será sem público, tal qual a decisão da Sul-Americana em Córdoba no dia 23. Eles realmente juravam que daria para ter público!!! Esse povo que não se toca da gravidade da situação pandêmica - ainda pior pós-festas de fim de ano - não merece qualquer respeito.

Vamos para a incompleta 28ª rodada do Brasileirão

Fluminense 1 x 2 São Paulo, Atlético Mineiro 2 x 0 Coritiba, Fortaleza 0 x 0 Flamengo, Bahia 1 x 2 Internacional, Grêmio 2 x 1 Atlético Goianiense, Palmeiras 1 x 0 Red Bull Bragantino, Santos 1 x 1 Ceará, Botafogo 0 x 2 Corinthians, Athletico Paranaense 3 x 0 Vasco e Goiás 1 x 0 Sport. Estas foram as pelejas da 27ª nos dias 26 e 27 do mês passado. Relembro pois já faz uma semana e meia, daqui a pouco tem gente que nem se tocou disso, rs.

Bom, este meio de semana não terá a totalidade da rodada pois, devido à semifinal da Libertadores, Palmeiras x Corinthians foi adiado pro dia 18 (insisto: dérbi às 7 da noite de uma segunda-feira, PQP!!!) e Atlético Mineiro x Santos pro dia 27. Esta noite teremos Botafogo x Athletico Paranaense, Grêmio x Bahia (primeiro jogo dos gaúchos após garantir a final da Copa do Brasil), Sport x Fortaleza (10 casos de Covid nos cearenses), Coritiba x Goiás (não mais os paranaenses com Giovanni Augusto, foi pro mexicano Mazatlán), Flamengo x Fluminense (tricolores com Ailton na casamata pois Marcão está com coronavírus) e Bragantino x São Paulo (líderes pós-eliminação da CB), ficando para amanhã Ceará x Internacional e Atlético Goianiense x Vasco (Vanderlei Luxemburgo volta ao Vascão).

Com asteriscos a ser adicionados na coluna de depois de amanhã, esta é a classificação da Série A: em 1º, São Paulo com 56; em 2º, Atlético Mineiro e Flamengo* com 49; em 4º, Internacional com 47; em 5º, Grêmio* com 45; em 6º, Palmeiras* com 44; em 7º, Fluminense com 40; em 8º, Santos e Corinthians com 39; em 10º, Ceará com 36; em 11º, Athletico Paranaense e Atlético Goianiense com 34; em 13º, Red Bull Bragantino e Fortaleza com 31; em 15º, Sport com 29; em 16º, Bahia e Vasco* com 28; em 18º, Goiás e Botafogo com 23; e em 20º, Coritiba.

Dourado ganhou "seis pontos" pelo G4 da Série B



O 1 x 0 sobre o Juventude, em duelo direto entre postulantes ao acesso pra divisão principal deste novo ano, fez o Cuiabá ir aos 54 pontos e travou o Ju nos 52 com 14 vitórias, o que sublinho pois o CSA, que tem 51 com 15 - e que ontem "oxou" com o Moto Club pela ida da pré-grupos da Copa do Nordeste -, visitará o Figueirense na sexta-feira e um simples empate manterá ele nos quatro primeiros ao término desta 33ª rodada. Quem deles ficou distantes foram Guarani e Ponte Preta ao irem respectivamente aos 48 e aos 47 devido ao 1 x 1 no derby. Chances para não haver empate houve muitas dos dois lados, por isso maior o lamento justificadíssimo de ambos.

Curtinhas Esportivas

Gilmar Dal Pozzo caiu fora do Paraná Pediu demissão após uma vitória, um empate e quatro derrotas. Como cantariam Roberto Carlos, Caetano Veloso e Maria Bethânia: esse caso não tem solução. A fera não está só ferida, diria que está quase morta mesmo. Como confiar nos paranistas após empatar em casa com o quase rebaixado Botafogo de Ribeirão Preto? Tenho pena do próximo que assumi-lo, vai sofrer muito com "MU" maiúsculo.

Ficou pior ainda a situação do Marcinho Porque, tristemente, ficou irreversível a situação da senhora de 66 anos que o ex-jogador do Botafogo atropelou. Ela morreu ontem. O senhor que a acompanhava já tinha morrido na hora.

Mascherano na AFA Aposentado no fim do ano passado, o ex-volante passará a integrar a estrutura das seleções nacionais da Argentina a cargo do departamento de metodologia e de desenvolvimento.

Manchester City de luto Uma breve enfermidade sem relação com o coronavírus vitimou aos 74 anos o ex-jogador Colin Bell, 13 temporadas no clube e campeão inglês em 1968, da Copa da Inglaterra em 1969 e da Copa da Liga Inglesa e da Recopa Europeia ambas de 1970. Por ele os Citizens jogarão de luto hoje contra o Manchester United, na definição do adversário do Tottenham (2 x 0 ontem no Brentford) na final da Copa da Liga.

Goteiras param jogo da Superliga por duas horas Sofreram muito no primeiro set as gurias tanto do Curitiba quanto do Fluminense devido ao problema no ginásio do Colégio Positivo Júnior, na capital paranaense, mas sofreram mais ainda as cariocas pois a vitória foi das mandantes por 3 sets a 1 em jogo atrasado da 8ª rodada.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:



Saída na RPC TV Depois de quase 18 anos, não está mais na afiliada da Globo em Curitiba a repórter e apresentadora Paola Manfroi, que disse nas redes sociais que chegou a hora de encarar outros desafios. (quais?) Neste período, ela apresentou tanto o antigo "Paraná TV" do meio-dia quanto a "Revista RPC" nos finais dos domingos.

Demitido o editor-chefe do "Brasil Urgente" Citado diariamente por José Luiz Datena ao chamar as matérias do jornal, Simão Scholz encerrou sua terceira passagem pela TV Bandeirantes, que durou três anos (as outras foram entre 2010 e 2011 e de 2014 a 2017). O apresentador fez questão de homenageá-lo no ar depois disso.

Desmentida internação de Faustão na UTI A Globo informou que Fausto Silva não está na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, diferentemente do que foi dado inicialmente - e mesmo depois disso sustentado - pelo apresentador do "Balanço Geral" na TV Cidade do Ceará, Erlan Bastos, no site Observatório dos Famosos. A curiosidade é que, embora Erlan noticiasse isso e mantivesse o que publicou mesmo depois do desmentido do Plim-Plim, outras mídias da Rede Record remaram em sentido contrário ao apresentador de sua afiliada, como o "Balanço Geral" do Rio de Janeiro com o apresentador Tino Júnior e o portal R7 com Flávio Ricco, primeiro a dar notícias mais alentadoras sobre o animador do "Domingão", que tem 70 anos e só fez tratamento de rotina.

"As Brasileiras" retornam no Viva Exibida pela Globo em 2012 e derivada de "As Cariocas", a série escrita por Euclydes Marinho e estrelada por personagens femininas em episódios com muita sensualidade será reprisada a partir de hoje, às 20h15, começando com Juliana Paes como "A Justiceira de Olinda". Depois tem ainda Ivete Sangalo como "A Desastrada de Salvador", Maria Fernanda Cândido como "A Perseguida de Curitiba", Juliana Alves como "A Mascarada do ABC" e Dira Paes como "A Doméstica de Vitória", entre outros dos 22 episódios.

"Irmãos à Obra" são só dois, ô SBT! Leio na Cristina Padiglione que a emissora pré-produz uma versão brasileira do programa de reformas de casas exibido aqui pelo Discovery Home & Health, faltando encontrar dois irmãos - de preferência gêmeos - que entendam de reformas desde a engenharia até a decoração de interiores e que sejam bons de carisma no vídeo. Pelo amor de Santa Clara!!! Tem coisas que não dá para fazer "versão nacional", gente! "Irmãos à Obra" são só o Jonathan e o Drew Scott. Não se queira achar "clones" deles que não vai ter como, não vão encontrar - e, se encontrarem, nem sequer de longe serão o mesmo. Uma coisa é fazer versão nacional de, sei lá, os bem-sucedidos "Esquadrão da Moda" e "Bake Off Brasil", onde há um perfil de apresentador. Outra coisa é querer copiar situações únicas, tipo a deles ou tipo seria a da Karen e da Mina no "Reforma em Família". É brabo!!!

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Patrícia Piassa

Patrícia Piassa, repórter da TV Record em Goiânia. Não "piassa" - digo: não passa nada batido pelo olhar dela nas ruas da cidade.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As desta quarta, 6 de janeiro, são estas:

*75 anos do nascimento de Syd Barrett, músico e pintor que foi um dos fundadores do Pink Floyd em 1965, embora ficasse nele como guitarrista e vocalista apenas até 1968, mas sendo idealizador do nome do grupo e de ideias musicais e estilísticas dele.

*60 anos de Francisco Brêtas, dublador do David Hodges de "CSI: Investigação Criminal" (dublagem de SP exibida pela Record) e do Hyoga de Cisne em "Os Cavaleiros do Zodíaco".

*55 anos de Lombardo, ex-futebolista campeão por Sampdoria (uma Recopa Europeia, um Italiano, uma Supercopa e uma Copa da Itália), Juventus (uma Intercontinental, uma Liga dos Campeões, uma Supercopa da Europa, uma da Itália e um Italiano) e Lazio (uma Recopa Europeia, uma Supercopa da Europa, uma da Itália, um Italiano e uma Copa da Itália).

*50 anos de Regininha Poltergeist, atriz, ex-modelo e símbolo sexual inesquecível da década de 1990.

*45 anos de Danny Pintauro, ator que fez o Jonathan na série "Quem é o Chefe?".

*35 anos de Irina Shayk, modelo.

*25 anos do Universidad César Vallejo, campeão da Copa Peru de 2003 e da segunda divisão peruana em 2009.

Clipe do Dia: Lou Rawls

Há 15 anos perdíamos esse cracaço dos meus preferidos - dentre incontáveis preferidos - da música americana, uma voz suave, interpretação elegante, refinamento máximo. Escutar lindas canções por ele melodiadas é se sentir bem consigo mesmo e ver o mundo com melhores olhares. Poderia colocar aqui diversas com o Lou, como "Lady Love" (que amo) e "See You When I Get There", mas deixo de 1976 "You'll Never Find Another Love Like Mine".



Arremate

Coronavírus já vitimou no Brasil mais de 197 mil dos mais de 7 milhões e 800 mil infectados. Força e solidariedade.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.