Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Terça, 13 de outubro de 2020
Cinquenta tons de Tite



Não é que Adenor Bacchi seja o "Christian Grey da CBF", não é nada disso. É simplesmente um trocadilho com o fato desta terça-feira marcar a 50ª partida do Brasil sob seu comando, visitando o Peru pela 2ª rodada da Eliminatória Sul-Americana da Copa do Mundo de 2022, encontro que no contexto da sociedade num todo ganha destaque especial por ser o das seleções dos dois países do continente mais caóticos no tratamento - ou a falta do mesmo - ao combate ao coronavírus nestes tempos pandêmicos, que uma vez mais repriso e reprisarei sempre até que seja enfiado a fundo nas cabeças desreguladas de negacionistas e desdenhadores do perigo da doença que não acabaram.

Da estreia num 3 x 0 fora de casa sobre o Equador em 1º de setembro de 2016 até os 5 x 0 diante da Bolívia em Sampa City na última sexta, são 35 vitórias, 10 empates e 4 derrotas, com 105 gols marcados e 17 sofridos. Embora tenha sido campeão da Copa América no ano passado, entre estas derrotas está aquela para a Bélgica nas quartas da Copa de 2018, difícil de engolir até hoje sob variados aspectos. A Argentina ganhou duas vezes e a outra baixa foi diante justamente dos peruanos, naquele amistoso de 10 de setembro no ano passado realizado na madrugada do dia 11 no nosso horário, uma das coisas mais medonhamente tenebrosas que já assisti em 30 anos de futebol.

Antes de Peru x Brasil, a Argentina tentará na Bolívia sua 1ª vitória sobre ela no campo dela em 15 anos. Tem ainda Equador x Uruguai, Venezuela x Paraguai e Chile x Colômbia, este o único iniciado - e ainda simultâneo - após a partida dos brasileiros. É a rodada dos streamings. Mas isso aí já é assunto pra coluna "Papo de Mídia".

Breve interrupção para aviso importante

Sabia que teve "24 Horas" no feriado? Se você não viu, leia a edição desta 2ª que tem muita coisa boa pra ver.

Os destaques de ontem e de hoje

Campeonato Brasileiro A 11ª rodada terá no fim de tarde o adiado Flamengo x Goiás, daquela rodada realizada exatamente entre as partidas rubro-negras no Equador pela Libertadores contra Independiente del Valle e Barcelona. Para os cariocas acabarem o meio de semana na liderança, precisam ganhar hoje e também do Bragantino na quinta e torcer para o Atlético Mineiro perder amanhã para o Fluminense. O Mengão não é batido pelo Verdão do Cerrado no Rio de Janeiro há 5 enfrentamentos desde 2010 e não perdeu para ele nas duas de 2015 e nas duas de 2019.

Brasileirão Série B Num momento "desempatitado" (não empata há 7 partidas gerais, das quais agora 4 vencidas), a Ponte Preta fez 2 x 0 no Náutico para ir aos 27 pontos e seguir nos 4 primeiros ao término desta 16ª rodada dê o que der no restante dela. O Timbu não ganha há 6 rodadas e corre risco de entrar nos 4 últimos nesta semana. Hoje, jornada dupla: Avaí x CSA e Guarani x Cuiabá. Embalados pela 1ª virada no torneio desde 2018, os catarinenses não entrarão nos 4 primeiros ainda nesta semana, mas podem encostar neles se fizerem sua parte e resultados paralelos acontecerem. Por ter 5 pontos de distância para a 17ª posição, o Azulão do indomável Paulo Sérgio não entrará nos 4 últimos mesmo que tudo de tudo de ruim aconteça. Já o Bugre pode sair deles se fizer sua parte, só que receberá "apenas" o líder da competição, que livrará 8 pontos para a Ponte caso triunfe e que não é batido há 8 rodadas.



Paulistão Série A2 Pela 3ª vez nos últimos 4 anos, o São Caetano conquistou um título. Até perdeu no tempo normal por 1 x 0 para o São Bento (3 x 3 totais), mas nos pênaltis fez 4 x 3 contando com duas defesas do Luiz Daniel. Este título se soma aos da própria A2 em 2017 e da Copa Paulista no ano passado. Mesmo perdendo o caneco, o Bentão não sai triste pois os dois finalistas retornam à elite em 2021. Só que o Azulão terá de buscar um novo treinador, pois Alexandre Gallo anunciou sua saída, restando saber para onde. Palpites de quem ele comandará?

Curtinhas Esportivas

Vagner Mancini é do Corinthians Saído do Atlético Goianiense após os 2 x 1 diante do Red Bull Bragantino (5 vitórias, 6 empates e 7 derrotas), assumirá o time comandado interinamente pelo Coelho há 7 partidas. Campeão da Copa do Brasil em 2005 e estadual por Vitória, Ceará e Chapecoense, era o técnico de Guarani e Botafogo nos respectivos rebaixamentos de 2010 e 2014, além de participar das campanhas que levaram aos descensos de Ceará em 2011, Sport em 2012 e Vitória em 2018, o que claro que bota uma apreensão na galera alvinegra sendo a situação atual, sim, de risco de rebaixamento. Vínculo até o fim do ano que vem, mas será que ele ficará até lá?

Bruno Henrique deixou o Palmeiras Passa a ser jogador do saudita Al-Ittihad. Atuante no Verdão desde 2017, foi campeão brasileiro em 2018 e paulista nesta temporada. Devido à negociação, não enfrentou o São Paulo.

Luto no beisebol Morreu no domingo Joe Morgan, aos 77 anos, duas vezes melhor jogador da MLB e um dos melhores segunda base da história da competição entre Cincinnati Reds e Houston Astros. Pelos Reds, foi campeão da World Series em 1972, 1975 e 1976. Ele sofria vários problemas de saúde, como uma condição nervosa.

Estreou a CNN Rádio na Transamérica FM



Começou nesta terça-feira a parceria do canal de notícias com a rede de rádios, transmitindo das 6h às 12h e das 18h às 19h, de segunda a sexta, além de boletins "Breaking News" durante a programação. A grade começa com o "CNN Manhã" das 6h às 10h, com Roberto Nonato e Larissa Calderari, depois vindo o "Espaço CNN" das 10h às 12h, com Sidney Rezende e Thais Herédia. Já o "CNN 18 Horas", das 18h às 19h, será apresentado por Bel Campos, que foi repórter da CBN de 2011 até 2018 e que retornará ao rádio após 1 ano e meio na chefia de reportagem da Record, tanto no "Fala Brasil" quanto na versão paulistana do "Balanço Geral".

Um detalhe extra é que não é exatamente rigorosamente toda a Rede Transamérica que transmite a CNN Rádio, ao menos não nesta manhã de estreia. Várias afiliadas (todas do interior dos seus estados) estavam com uma grade musical uniforme, como se fosse uma segunda programação disponível para quem quisesse continuar com a seleção musical que era habitual das manhãs até ontem. Acontece que nada sobre isso havia saído em lugar nenhum nos últimos dias - não, ao menos, que eu tenha lido. Tinha-se a ideia de que toda a Rede Transamérica faria a CNN Rádio. Enfim... Além da Transamérica, a CNN Rádio também pode ser vista no YouTube.

Bela do Dia: Monica Raymund

Monica Raymund, atriz hoje da série "Hightown", mas que é para muitos marcante como a Gabby Dawson de "Heróis Contra o Fogo". Mesmo que ela não esteja mais em "Chicago Fire" desde o fim do 6º ano à exceção de participações especialíssimas nos dois últimos, ainda é a minha preferida desta ótima série. Impossível não ficar gamado pelo brilho a mais que essa moça tem e pelo sorriso que fulmina com tudo no coração.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As desta terça, 13 de outubro, são estas:

*70 anos da estreia de "A Malvada", clássico estrelado por Bette Davis e Anne Baxter, vencedor do Oscar de filme, ator coadjuvante para George Sanders, figurino, mixagem de som e direção e roteiro adaptado ambos para Joseph L. Mankiewicz.

*65 anos de João Leite, ex-goleiro do Atlético Mineiro vice brasileiro em 1977 e campeão da Copa dos Campeões do Brasil em 1978, da Conmebol em 1992 e de 11 campeonatos estaduais, além de ex-vereador de Belo Horizonte e deputado estadual em Minas Gerais desde 1995 (está no 6º mandato).

*45 anos de Patrícia Lucchesi, atriz da série "O Grande Pai" e de novelas como "Brasileiras e Brasileiros", "Tocaia Grande", "Era uma Vez..." e "Poder Paralelo", mas que ainda hoje muita gente lembra de quando estrelou aos 11 anos o comercial do sutiã Valisère, o da frase "o primeiro Valisère a gente nunca esquece", genialmente bolada pela agência de Washington Olivetto e que caiu no vocabulário popular de diversas variáveis possíveis.

Clipe do Dia: Bruce Geller

Nascido há 90 anos completados nesta terça e falecido em 1978, ele não era músico e sim roteirista. Acontece que sua criação mais célebre eternizou também o tema musical dela: "Missão Impossível", grande série de espionagem exibida originalmente de 1966 até 1973, com Peter Graves e Martin Landau liderando o elenco, e que seria reativada entre 1988 e 1990 com o mesmo Peter, fora os 6 filmes estrelados por Tom Cruise desde 1996 - e serão 8 até daqui a poucos anos. O tema musical de Lalo Schifrin entrou para a história, genial que é, e está aí para seu deleite.



Clipe do Dia: Christophe

Se não tivesse sido vitimado por um enfisema pulmonar em abril deste ano, o cantor completaria 75 anos nesta terça. Sua canção mais célebre veio em 1965 e ainda hoje toca em rádios de flashback: "Aline".



Clipe do Dia: Nico Rezende

O cantor e arranjador faz 60 anos nesta terça. Duas trilhas dele embalaram novelas da Globo no fim dos anos 80, a primeira delas sendo "Esquece e Vem", tema do Denizard (Francisco Cuoco) em "O Outro". Mas a minha preferida dele foi trilha do Ivan (Antônio Fagundes) de "Vale Tudo" e é vista aí com o som limpinho mixado a imagens raríssimas de participação no "Milk Shake", que Angélica apresentava na Manchete em 1988: "Penso Nisso Amanhã".



Arremate

Coronavírus já vitimou no Brasil quase 151 mil dos 5 milhões e 100 mil infectados. Força e solidariedade.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.