Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Quarta, 7 de outubro de 2020
Ainda líder, mas sem abrir mais diferença

Uma partida de segundo tempo bem legal manteve o Cuiabá na liderança da Série B agora com 29 pontos, apenas 4 acima da Chapecoense, que tem dois jogos a menos (7 vitórias em 12) após fazer 1 x 0 no Botafogo de Ribeirão Preto (15º com 14). O Dourado saiu na frente, mas o Juventude chegou ao 1 x 1 na etapa final e houve diversas chances dos dois lados do 2º gol, um pecado ele não acontecer - os gaúchos pressionaram mais até por jogarem em casa, mas os mato-grossenses, quando especulavam, eram perigosíssimos. Pelas muitas oportunidades claras dos dois lados, a metade complementar no Alfredo Jaconi foi muito melhor de ver do que boa parte das partidas da atual Série A.



O Papo caiu para o 4º lugar, tendo os mesmos 23 pontos do Paraná, que "oxou" com o Náutico (13º com 15) em prélio que durou quase 3 horas totais devido a uma hora só de paralisação devido à falta de energia elétrica na Capanema, e do América Mineiro, que fez 2 x 1 fora de casa no Vitória (10º com 18 e que mandou embora o técnico Bruno Pivetti) apesar do gol inacreditável perdido pelo Ademir com drible no goleiro e finalização na trave. Nela quem foi para praticar uma defesa majestosamente extraordinária foi Ivan quando sua Ponte Preta já fazia 2 x 0 no Guarani, para olhares certamente brilhantes do Marcelo Oliveira. A Macaca chegou aos 6 clássicos sem derrota no Moisés Lucarelli e agora está em 3º lugar, com 24 pontos, enquanto o Bugre tá malzão com 11 pontos na penúltima colocação e também botou seu treinador no olho da rua. Ricardo Catalá ganhou apenas um joguinho, empatando 4 e perdendo 2.

Alagoanos por alagoanos, os azuis sorriram e os vermelhos choraram pois o CRB ficou em 8º, com 20, após tomar 1 x 0 do Confiança, agora 11º com 18. Já o CSA não teve dó do Figueirense e meteu um 3 x 0 que o levou aos 16 pontos na 12ª posição e deixou os catarinenses com 13 em 16º, o que permitirá ao ganhador amanhã de Cruzeiro x Sampaio Corrêa sair da zona do rebaixamento - Cruzeiro, aliás, que hoje reelegerá Sérgio Rodrigues presidente por mais 3 anos enquanto candidato único e que teve uma manhã extremamente tensa com a invasão de organizados à Toca da Raposa para causar baderna. Também dos catarinenses tivemos uns tristes e outros sorridentes, estes os torcedores do Avaí com 2 x 1 sobre o Brasil de Pelotas, o que lhe dá 19 pontos no 9º lugar. Os gaúchos estão em 14º, com 15.

Projeção da 14ª rodada do Brasileirão

Pelando de quente ela começará por ter um Corinthians x Santos forte não só dentro de campo, onde o Peixe tentará ganhar seu 1º clássico estadual no ano (perdeu 3 e empatou outro) e o Coringão não cai para o adversário em seus domínios há 10 encontros e 4 anos, mas também fora de campo por motivos muito negativos. Da parte corintiana, aquilo que ainda não deveria acontecer pois a pandemia não acabou e a vida não voltou ao normal: aglomeração em frente ao CT Joaquim Grava, Gaviões da Fiel protestando contra Cássio, Fagner e Andrés Sanchez. E da parte santista, política efervescente com Marcelo Teixeira anunciando que concorrerá na eleição presidencial de dezembro e, especialmente, essa coisa horrível que o "Painel" da Folha trouxe: a demissão de uma funcionária com 10 anos de clube e que denunciou injúria racial e assédio sexual cometidos por um conselheiro não punido devidamente.

A mesma sessão das sete que tem o Quartarinthians... digo: o Corinthians (agora só joga quarta-feira com ou sem rodada cheia, rs) em 14º com 14 pontos e o Peixe em 6º com 20 trará ainda dois cariocas em momentos díspares e tendo oponentes nordestinos. Um é o Flamengo, 4º com 21 e que terá Domènec Torrent de volta para uma sequência puxadíssima com "PU" maiúsculo de 5 partidas em 10 dias. O time do até 2025 renovado Ramon encarará o Sport, 5º com 20 e vindo de 3 vitórias seguidas, mas que não bate o Mengão no Maracanã há 20 anos. O outro é o Vasco, 9º com 18 e que não ganha há 5 partidas, coincidentemente todas elas sem gol do Cano. Seu adversário é um Bahia calamitoso com 12 pontos na 16ª posição e, mesmo tendo 6 jogos de invencibilidade ante os vascaínos como mandantes, tendo somente um triunfo nas últimas 11 atuações, o que derruba qualquer análise prévia.

A faixa das 7 terá ainda os sulistas Grêmio e Coritiba, embate "de 6 pontos" contra a zona de risco pois os gaúchos estão em 15º, com 14 pontos, e os paranaenses em 17º, com 12. Depois, a sessão das 8 e meia traz o São Paulo periclitante, 7º colocado com 20 pontos, recebendo o Atlético Goianiense, 11º com 15. Se um goiano jogará neste horário, o outro também. Depois de batê-lo duas vezes no ano passado após ser derrotado 6 vezes seguidas, o lanterna com 9 pontos Goiás será mandante contra o Fluminense, 8º com 18 e que deverá ter Fred pela 300ª vez. Por fim, às 9 e meia um duelo direto pelo "Troféu Oeste de Empatite Aguda": Botafogo, 9 empates e penúltimo com 12 pontos, versus Palmeiras, 7 empates e 3º com 22 (o Grêmio tem 8). Por último, o principal: o líder Atlético Mineiro, 27 pontos, que visitará o Fortaleza, 10º com 17. Rogério Ceni de um lado e Jorge Sampaoli do outro. Valerá conferir.

O Tiradentes do Piauí está de volta

Lembra dele? Aquele que foi 5 vezes campeão estadual (a última delas em 1990) e que entrou para a história do Brasileirão por tomar a ainda hoje maior goleada da história do torneio, 10 x 1 para o Corinthians no Canindé em 1983. Pois depois do Piauiense de 1995 ele licenciou-se do futebol profissional e voltou apenas na segundona doméstica de 2003, após novamente retirando-se. Mas 17 anos depois, o Amarelão da PM retomou as atividades, porém ainda sem ir às redes - ao menos não foi vazado, ficou no 0 x 0 sua estreia na Série B do Piauí com o Oeirense.

Curtinhas Esportivas

Juniores do Brasil chamados Convocados de André Jardine para amistosos contra os aspirantes do Corinthians no dia 28 e os profissionais do Ituano no dia 31: os goleiros Leonardo Linck (Athletico), Lucão (Vasco) e Matheus Donelli (Corinthians); os laterais Khellven (Athletico), Yan Couto (Girona), Ramon (Flamengo) e Wellington Damascena (São Paulo); os zagueiros Luan Patrick (Athletico), Luan Freitas (Fluminense), Lucas Freitas (Valladolid) e Morato (Benfica); os meias Bruno Gomes (Vasco), Danilo (Palmeiras), Diego Rosa (Grêmio), Gustavo Mantuan (Corinthians), Maurício (Cruzeiro) e Zanocelo (Ponte Preta); e os atacantes Gabriel Veron (Palmeiras), Jajá (Athletico), Kaio Jorge (Santos), Luiz Henrique (Fluminense), Talles Magno (Vasco) e Yuri Alberto (Internacional).

Fora da bolha não daria para saber disso? Sim, que bom que haverá uma intervenção do presidente Jair Bolsonaro e do governo federal no tocante a negociar com o governo da Rússia o retorno ao Brasil do Robson, o funcionário do jogador Fernando preso há quase 600 dias por levar a pedido dele medicamentos aqui permitidos e lá proibidos. Mas agir apenas agora só porque disso foi alertado pelo seu aliado, o palmeirense Felipe Melo? Tem mais de 1 ano que essa história é de conhecimento geral de todo mundo. Não dava para ter agido lá atrás? Repriso: que bom que algo será feito agora. Só não precisava ser só agora, "fora da bolha" também dá para saber das coisas.

Homofóbico castigado É Junior Flemmings por 6 partidas. O jogador do Phoenix Rising cometeu esse ato nojento e repugnante no último dia 30 contra Collin Martin, atleta homossexual assumido do San Diego Loyal, time treinado por Landon Donovan, que retirou-se do gramado em protesto. A partida foi pela USL (United Soccer League).

Mario Götze na Holanda Ex-Borussia Dortmund, o alemão jogará no PSV Eindhoven por duas temporadas.

Melhoras, Ricardo Alcici O bicampeão brasileiro de ciclismo de pista fraturou a perna direita ao ser atropelado ontem em Belo Horizonte por um carro que quis fazer uma ultrapassagem e o acertou na contramão.

Jogaço-aço-aço em Roland Garros Foi o que definiu aquele que só mais tarde confirmou a obviedade de ter Rafael Nadal como adversário na semifinal. Diego Schwartzman demorou 5 horas e 8 minutos para derrubar Dominic Thiem, 3º do mundo, por 3 sets a 2 (7/6 - 7/1, 5/7, 6/7 - 6/7, 7/6 - 7/5 e 6/2). Um dos momentos máximos do ano.

Elas já têm suas campeãs A WNBA desta temporada é do Seattle Storm, que pulverizou o Las Vegas Aces por 92 x 59 e fechou em 3 x 0 a melhor-de-cinco decisiva para conquistar seu quarto título na história.

Eles têm seus campeões encaminhados Após fazer 102 x 96 para ir aos 3 x 1 na melhor-de-sete, com direito a 28 pontos de LeBron James e 22 de Anthony Davis, o Los Angeles Lakers está muito pertinho de voltar ao topo da NBA depois de 10 anos. É ganhar depois de amanhã e papar seu 17º caneco na história. Só um milagre salva o Miami Heat, que teria que dar uma de Cleveland Cavaliers em 2016, quando virou de 1 x 3 para 4 x 3 sobre o Golden State Warriors. Mesmo que Jimmy Butler (ontem com 22 pontos) seja ótimo, parar LeBron e Davis tantas vezes será osso.

Paulo Wanderley continua à frente do Comitê Olímpico Brasileiro? 41 anos depois, tivemos mais de um candidato à presidência da entidade máxima do desporto tupiniquim - e foram 3 chapas desta vez para 4 anos no comando. 49 votantes (sendo 35 presidentes de confederações vinculadas ao COB, 12 da Comissão de Atletas e os representantes do Comitê Olímpico Internacional, Bernard Rajzman e Andrew Parsons) definiram que a dupla vencedora foi a que tem os atuais mandatários Paulo Wanderley Teixeira e Marco La Porta na "União é Força". Eles venceram as duplas de Rafael Westrupp (presidente da Confederação Brasileira de Tênis) e Emanuel Rêgo na "COB Mais Forte" e Hélio Meirelles (presidente da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno) e Robson Caetano na "Vem Ser". A coisa acabaria no primeiro turno se uma das chapas recebesse 25 votos. Paulo ganhou com 26.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

Hélio Costa na Rádio Guarujá O comunicador e deputado federal voltará ao ar não na TV catarinense e sim no AM de Florianópolis, retornando a uma estação da qual já fez parte. Leio no Making Of que ele estreará na próxima segunda-feira o programa "Hoje", das 8 às 9 da manhã. Até abril deste ano, Hélio estava no SCC SBT.

Mudanças na TV Clube A afiliada da Record em Pernambuco promoverá mudanças a partir da semana que vem. Uma será no "Jornal da Clube", cuja apresentação passará a ser de Isly Viana, até meses atrás (antes de ficar afastada em razão da pandemia) matinal. Ela substiuirá Ciro Guimarães, que fará reportagens especiais - mais ou menos igual foi no "NETV - 2ª Edição" da Globo, do qual Meiry Lanunce saiu num remanejo de profissionais, mas neste caso para ser repórter no dia-a-dia. A outra mudança será o retorno do "Balanço Geral PE Manhã", às 6h30, agora com apresentação de Evenilson Santana, ex-Atalaia (Record Sergipe) e que ficou conhecido como "Mike Tyson" por assim ser apelidado pelo saudoso Marcelo Rezende quando fazia reportagens em Aracaju para o "Cidade Alerta".

"Balanço Geral CE" crescendo Sei pelo Gabriel de Oliveira no TV História que a atração da TV Cidade está subindo a audiência e ameaçando a líder de sempre Verdes Mares (Globo). Anteontem, o programa apresentado há 2 meses por Erlan Bastos (que substituiu Ísis Cidade, agora do "Cidade Alerta CE") ficou em 2º lugar isolado com 5,1 pontos de média e pico de 7 das 13h55 às 15h10, ficando a um ponto da liderança no momento da "Hora da Venenosa", com Mayara Lorena. Na disputa com a Jangadeiro (SBT), o programa teve 21% a mais de telespectadores.

Lamentável, mas o SBT dispensou Andrei Rossetto Depois de 11 anos, o repórter de rede aqui no Rio Grande do Sul não faz mais parte da emissora, o que faz com que respingue aqui a série de demissões ocorrida em nível nacional. Egresso da Record, cobriu todos os grandes acontecimentos do estado neste período e também outros fora dele, como a tragédia da Chapecoense em 2016. Tomara que ele, que também é professor da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) daqui de Porto Alegre, volte logo ao vídeo. Um profissional da alta qualidade dele não pode ficar fora do ar, não é correto e não é bacana. Ao Coletiva, o editor regional Danilo Teixeira disse que a vaga do Andrei não será preenchida por outro profissional, logo, quem já tá no SBT RS fará as matérias de rede.

Porra, Globo!!! Tem mesmo que pedir desculpas - diariamente e de joelhos - à Maria Júlia Coutinho pela inaceitável e condenável desatenção do "Fantástico" de domingo passado, quando uma reportagem teve como personagem Rodrigo Branco, um guia de turismo de "celebridandos" em Orlando (que anda infestada de brasileiros de nível rasteiro e enojante, mesmo que também haja boas, corretas e decentes pessoas brasileiras ali morando) que fez ofensas racistas em março deste ano contra a apresentadora do "Jornal Hoje" e também contra a médica Thelma, que venceu o "Big Brother Brasil". Mas como é que quem editou a matéria não lembrou disso para cortar a fala desse ser repugnante e safado e assim evitar esse desconforto absolutamente desnecessário, meu Deus do céu???

Sem debates na Record Ela cancelou os que faria em São Paulo, no Rio de Janeiro e demais capitais brasileiros em 6 de novembro, mantendo apenas os de segundo turno no dia 21 do mesmo mês. Como a CNN também cancelou os dela em Sampa City e Rio e há incerteza sobre os da Globo, neste momento o único outro assegurado - e apenas em São Paulo, não sei se também no Rio - é o da RedeTV! em 23 deste outubro.

Bela do Dia: Olga Amaral

Olga Amaral, apresentadora do "Bahia Meio-Dia" na TV Santa Cruz (Globo Itabuna) há 8 anos, antes disso sendo repórter da Aratu (SBT) e da TV UESB na Salvador onde nasceu, embora criada tenha sido no interior, em Jequié. Baiana com ligações com o Sudeste, residente que já foi em São Paulo e sendo sua mãe nascida em Minas Gerais. Aliás, isso direcionou sua preferência clubística - e não se engane pela vestimenta preto e branca desta imagem. "Olgata" (mistura de Olga com gata, pelo que peço perdão, mas é que não resisti) não anda com muitos motivos para sorrir pois é torcedora do Cruzeiro. Mas tem que acreditar que uma hora o time ficará de novo igual a ela: batendo um bolão e sempre no topo de tudo.

Sem mensagens subliminares na Record Leio no Guilherme Amado que a juíza eleitoral Luciana Mocco Moreira Lima proibiu a filial do Rio de Janeiro de fazê-las para tentar fixar na cabeça dos telespectadores o número 10, do atual prefeito Marcelo Crivella. Até mudar o número do Whatsapp para deixá-lo com "1010" no final fizeram!

Mais um debate nos Estados Unidos BandNews, CNN Brasil, GloboNews e Record News transmitem às 10 da noite desta quarta-feira o debate dos candidatos a vice, Mike Pence (Donald Trump) e Kamala Harris (Joe Biden).

Nada mais de ser fixo de grade Assim fará o SBT com o "Esquadrão da Moda", a partir de agora sendo atração de temporadas específicas e retomado apenas no ano que vem. Desde a estreia em 2009, a versão brasileira com Isabella Fiorentino e Arlindo Grund é atração contínua da programação, todas as semanas no ar. Quem gostava disso era o Discovery Home & Health por ter mais e mais episódios dela para reprisar, rs.

A luta continua, Fórum Chaves A maior coletividade brasileira destinada às séries de Roberto Gomez Bolaños comunicou ontem que entegou à Televisa e ao Grupo Chespirito um manifesto pela volta à televisão e ao streaming das séries "Chaves", "Chapolin" e "Clube do Chaves", todas tiradas do ar em 31 de julho devido ao enrosco ainda não solucionado entre as partes. É pedido no documento de 68.387 assinaturas (uma delas minha) que haja um acordo o quanto antes para que as produções possam ter suas transmissões retomadas em todo o mundo e que haja um tratamento especial aos episódios perdidos, melhor critério no cuidado das séries por parte das exibidoras e que a família do saudoso humorista tenha maior participação na curadoria do conteúdo. Que dê certo!!!

Sem título em português Era a dúvida que eu tinha sobre a ontem pelo Universal TV estreada série ítalo-francesa "Devils", que também na dublagem brasileira é chamada assim, não apenas pelo próprio canal, que tem a mania de chamar todas as séries pelos nomes originais em inglês mesmo que haja títulos em português (algo feito, por exemplo, com "Lei & Ordem - Unidade de Vítimas Especiais", "FBI: os Mais Procurados" e a franquia de Chicago, "Heróis Contra o Fogo", "Distrito 21" e "Atendimento de Emergência"). Outra curiosidade é a imagem ter barras pretas em cima e embaixo, algo que as chamadas não indicavam, visto que a proporção original dela é 21:9 e não 16:9.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As desta quarta, 7 de outubro, são estas:

*60 anos da estreia de "Rota 66", série que durou 116 episódios em 4 temporadas.

*30 anos de Coates, jogador do Sporting e duas vezes campeão da Taça da Liga e outra da Taça de Portugal, além de uma Copa da Liga Inglesa pelo Liverpool, dois uruguaios pelo Nacional e a Copa América de 2011 pela Celeste Olímpica.

*25 anos da morte de Del Vecchio, ex-jogador nascido em 1934 e bicampeão paulista de 1955 e 1956 pelo Santos e europeu de 1963 pelo Milan.

*20 anos do Grenal do placar eletrônico do Beira-Rio, inaugurado naquele domingo e que colocou o nome do Grêmio com a sigla G.F.P.A. - os tricolores derrotaram o Internacional por 2 x 1 pela Copa João Havelange.

*10 anos da demolição do Vivaldão, estádio de Manaus inaugurado em 1970 e que deu lugar à Arena da Amazônia.

Clipe do Dia: morreu Johnny Nash

Partido aos 80 anos de causa não divulgada até a publicação desta coluna, ele eternizou em 1972 um belíssimo tema regravado 21 anos depois por Jimmy Cliff para o filme "Jamaica Abaixo de Zero". Curta "I Can See Clearly Now".



Clipe do Dia: morreu Eddie Van Halen

O câncer na garganta tirou de nós, aos 65 anos, um dos maiores guitarristas de todos os tempos. Desde 1972, a banda Van Halen acumulou fãs e sucessos por todo sempre, independentemente da fase do David Lee Roth ou do Sammy Hagar nos vocais em temaços como "You Really Got Me", "Panama", "Dreams" e "Can't Stop Loving You". Nos anos 80, também os sintetizadores e os teclados ganharam muito destaque através da banda do Eddie, o que ficou para a história em 1984 sobretudo com o clássico maior dela, "Jump", derradeiro trabalho do David no vocal.



Antes ainda disso, em 1982 Eddie nos brindou com um dos mais deliciosos solos de guitarra de todos os tempos. Quando Quincy Jones bota uma ideia na cabeça, fecha os olhos e vai na fé que é sucesso garantido. Ele queria Van Halen para brilhar em "Beat It", uma das monstruosidades máximas de Michael Jackson. O resultado final é lindo.



Em 1983, o Van Halen veio ao Brasil pela primeira e única vez para 9 show em 3 capitais (3 em cada): São Paulo, Rio de Janeiro e aqui em Porto Alegre. Era uma época de pouquíssimos astros internacionais vindo para cá, algo que mudaria de vez somente a partir do Rock in Rio dois anos depois. De uma das apresentações paulistanas, fique com um "duelo instrumental" de Eddie na guitarra e do irmão e também membro fundador Alex na bateria. Não sei se foi exatamente essa que veem aí, mas uma delas acabou exibida à ocasião pela TV Bandeirantes.



Arremate

Coronavírus já vitimou no Brasil mais de 147 mil dos quase 5 milhões de infectados. Força e solidariedade.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.