Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Sexta, 7 de fevereiro de 2020
Eu não quero reviver 1992

Acompanho futebol há 30 anos. Um "trauma" que marcou minha pré-adolescência foi o de 9 de fevereiro de 1992, quando o Brasil só precisava ganhar da Venezuela para ir à fase decisiva do Pré-Olímpico disputado no Paraguai, ainda mais por beneficiado pelo "oxo" entre os anfitriões e a Colômbia. No entanto, a incompetência falou mais alto e o empate por 1 x 1 fez com que os brasileiros não se classificassem para os Jogos de Barcelona. Só o que falta é a mesma coisa acontecer domingo, no epílogo do quadrangular decisivo dos Jogos de Tóquio. A Argentina já está neles, 2 x 1 sobre a anfitriã Colômbia. Antes, o Brasil ficou no 1 x 1 com o Uruguai em partida marcada por frangaços respectivos do Ivan e do Arruabarrena, coisas horrorosas demais - a do celeste ainda pior por trapalhonaça, mas a do canarinho não merece "passação de pano". O Brasil tem 2 pontos, um acima de Uruguai e Colômbia, e só depende de si para ir à Olimpíada. É ganhar dos argentinos e pronto. Mas alguém tem dúvida de que os tangueiros, mesmo desta vez atuando "amistosamente", não serão nada amistosos e procurarão fazer de tudo para impedir a classificação brasileira? (convenhamos: o Brasil faria a mesma coisa se fosse a situação contrária, não tenho dúvida alguma) A coincidência é tanta que até dia e horário serão os mesmos de 28 anos atrás: domingo, 22h30. Eu não quero reviver 1992, ainda mais porque seria uma vergonha enorme a desclassificação depois do ouro na Rio 2016. Tudo bem que o campeão tinha que ter presença automática na edição seguinte, é erradíssimo não ser assim, mas agora não dá mais para reviravoltar isso, que o fizessem lá atrás. Para depois de amanhã, é vencer, ganhar, triunfar ou tudo isso junto.

O futebol anteontem, ontem e hoje

Copa do Brasil (1ª fase) Confrontos já definidos: River x América de Natal (os piauienses fizeram a zebra da semana com 1 x 0 sobre o Bahia e os potiguares ficaram no 0 x 0 com o São Luiz), XV de Piracicaba x Juventude (os paulistas marcaram 1 x 0 no Londrina e os gaúchos "oxaram" com o Coruripe), Paraná x Bahia de Feira (os paranaenses aplicaram 2 x 0 sobre o Palmas e os baianos derrotaram por 3 x 1 o Luverdense), CRB x Paysandu (os alagoanos anotaram 3 x 2 no Independente, que teve no do Cabecinha o 1º gol desta edição, e os paraenses ficaram no 1 x 1 com o Brasiliense), Santa Cruz x Atlético Goianiense (os pernambucanos seguraram o 0 x 0 com o Operário de Várzea Grande e os goianos bateram por 1 x 0 o União Rondonópolis), Santo André x Goiás (os paulistas tocaram 4 x 1 no Criciúma e os goianos superaram por 2 x 0 o Fast), Operário de Ponta Grossa x América Mineiro (os paranaenses meteram 3 x 0 no Barbalha e os mineiros igualaram em 1 x 1 com o Santos do Amapá) e Figueirense x Vitória do Espírito Santo (os catarinenses ganharam por 2 x 1 do Novorizontino e os capixabas fizeram o mesmo marcador no CSA, outra zebra). O Botafogo, que ficou no 1 x 1 com o Caxias em noite lamentável ao triplo das partes de Lucas Canetto Bellotte (por não dar um pênalti claríssimo para os gaúchos), Diogo Aver (o superintendente do Bepe não tinha nada que agredir o apitante por mais decisivamente errado que ele tenha sido) e Washington (o "Coração Valente" foi demitido pela CBF, da qual era diretor de desenvolvimento, depois de mostrar em seu celular para a comissão técnica grená o lance do pênalti não marcado), espera o vencedor de Toledo x Náutico. O Boa Esporte, que também obteve 1 x 1 ante o Vilhenense, aguarda por São Raimundo de Roraima ou Cruzeiro. Já o ABC, que fez 1 x 0 no Aquidauanense, pegará Altos ou Vasco.

Copa Libertadores (ida da 2ª prévia) Batido pela 3ª vez pelo Guaraní (as duas de 2015 não bastaram?), o Corinthians terá de no mínimo devolver o 1 x 0 para pênaltis ou vencer por 2 ou mais gols de diferença. Ganhar por apenas um não bastará pois o benefício do gol fora valer desempate permite que isso baste para os paraguaios passarem.

Copa Sul-Americana (ida da 1ª fase) Vexame do Atlético Mineiro, 3 x 0 aplicados pelo Unión Santa Fe. Para não dizer que é impossível a reviravolta, ela é extremamente dificílima. Um gol que os argentinos façam e o Galo terá de marcar 5. Bem melhor foi o Vasco pós-chuvarada e falta de energia elétrica. 1 x 0 no Oriente Petrolero e cenário ótimo pra Bolívia.

Copa do Nordeste (3ª rodada) Se o Sport imaginasse que teria 2 gols de frente e que o Imperatriz chegaria aos 2 x 2, não se acharia que o pior da noite fosse o hino do Náutico tocar por engano no sistema de som da Ilha do Retiro... 1º do Grupo A com 5 pontos, o Leão fará clássico justamente contra o Timbu no sábado da semana que vem. 3º do B com 4, o Cavalo de Aço receberá o Fortaleza na segunda-feira da outra semana.

Campeonato Pernambucano (4ª rodada) Com 2 x 1 sobre o Vitória, o Náutico lidera com 10 pontos e jogará diante do Afogados na próxima segunda.

Campeonato Cearense (2ª rodada) O Fortaleza tocou 1, 2, 3, 4, 5 x 0 no Atlético, lidera com 6 e só voltará a atuar pelo estadual em 1º de março, contra o Barbalha, devido aos compromissos nas copas do Nordeste, do Brasil e Sul-Americana. Já o Ceará, que enfim ganhou uma com Argel Fucks ao derrotar o Pacajus por 1 x 0, é 3º com 4 e encarará o Uniclinic no próximo dia 19.

Campeonato Sergipano (5ª rodada) O Confiança aplicou 3 x 0 no América, lidera com 13 pontos e pegará o Dorense no dia 18.

Campeonato Paulista (5ª rodada) 3º do A com 3, o Oeste recebe hoje o Guarani, 2º do D com 7. Já o Red Bull Bragantino, 3º do D com 5, visitará nesta noite o Mirassol.

Copa do Rei (quartas-de-final) Pela vez 1ª desde 2010, a semifinal não terá nem o Real Madrid, eliminado pela Real Sociedad por 4 x 3, e nem o Barcelona, que sofreu 1 x 0 do Athletic Bilbao. Mirandés e Granada completam a semi.

Curtinhas Esportivas

Morreu André "Balada" Apenas 42 anos, infarto. Puxa vida! Infelizmente os problemas pessoais prejudicaram demais este centroavante, que passou por Atlético Mineiro, Vitória, Internacional, Palmeiras, Fortaleza e outros clubes mais, além do Benfica em Portugal. Seus títulos incluem a Série B de 2003 pelo Verdão e quatro estaduais (o de 2000 pelo Galo, o de 2002 pelo Leão, o de 2003 pelo Colorado e o de 2005 pelo Tricolor do Pici).

Não é sério isso Segunda-feira, ironizei no Twitter que era capaz de Flávio Roberto Mineiro Ribeiro, aquele que aprontou a torto e a direito em São Paulo 1 x 1 Novorizontino, perigava ser premiado com escala em um clássico na próxima rodada do Paulistão. Não aconteceu isso. É pior: ele foi 4º árbitro no Novorizontino 1 x 2 Figueirense de ontem e apitará Ferroviária x Audax amanhã, pela abertura do Brasileirão Feminino. Sinal verde para mais possíveis erraços.

Lembra do Cistian? O ex-jogador do Corinthians atuará na A2 paulista pelo Juventus da Mooca?

Giro dos paulistas O Palmeiras renovou com Weverton até 2024, o São Paulo rescindiu com Jucilei, o Santos não tem mais Derlis González e o Corinthians adquiriu por 4 anos Yony González, do Benfica e que estava no Fluminense.

Contratação no Botafogo Chegou por 2 anos o lateral direito Warley, do Santa Cruz e que estava no CSA.

Clássico num palcaço Sexta-feira de Roger Federer e Rafael Nadal "se degladiando-se a si mesmos" no mundialista Estádio da Cidade do Cabo, palco da Copa do Mundo de 2010. Jogão à altura do local.

Superliga Masculina Na partida que marcou o retorno às quadras do seu presidente Ricardinho aos 44 anos para complemento do elenco devido ao forte perrengue financeiro, o Maringá tomou 3 x 0 do Cruzeiro. Em acordo entre os dois clubes, a partida aconteceu em Contagem, na Grande BH, e a Raposa custeou as despesas do adversário.

Eliminatórias do futsal Após se classificar para a Copa do Mundo com 11 x 0 sobre o Equador e depois tocar 5 x 0 no Peru, o Brasil jogará amanhã a semifinal contra a Venezuela. A decisão será no domingo.

Pré-Olímpico de basquete feminino Ao tomar 91 x 89 de Porto Rico (que apenas pela 3ª vez ganhou este duelo nos últimos 11 anos), o Brasil está a ver navios. Hoje encara a França e amanhã duelará contra a Austrália.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

EBC tirando Adelzon Alves do ar Está causando uma justificada indignação este ato cometido pela dona da Rádio Nacional com o histórico comunicador das madrugadas e do samba. Nesta segunda-feira, um manifesto é preparado para acontecer em frente ao prédio do veículo federal, na rua Gomes Freire, no Rio de Janeiro, para defender que ele volte aos microfones. Li no Audiência Carioca que a razão para tirar Adelzon do ar seria um absurdo inacreditável: a EBC não estaria satisfeita com o número de sambistas que acessam a Nacional na madrugada para divulgar seus trabalhos. Isso é tão baixo, mesquinho e inaceitável que não é possível que dure muito mais tempo.

Saída na Rádio Capital Luiz Carlos Ramos deixou a direção jornalística da AM paulistana após 14 anos, afirmando ter tido divergências com o comando da emissora, mas garantindo que nada de mal falará dela, a exemplo do que não fez e não fez de nenhuma das outras 10 pelas quais passou a partir do jornal Mundo Esportivo, em 1964. Ramos disse que se concentrará neste momento na elaboração de jornais empresariais e que dará um tempo neste momento ao rádio, no qual iniciou em 1980 na antiga Excelsior (atual CBN), indicado que fora por Fausto Silva.

Thaís Herédia trocou a RB pela CNN A jornalista especializada em economia se despediu hoje da Rádio Bandeirantes de São Paulo, na qual era integrante do "Jornal da Bandeirantes Gente", e também estará na CNN Brasil, se integrando ao "Jornal da CNN", que William Waack apresentará no horário nobre. A ver se ela, que mereceu a devida despedida no ar com votos de boa sorte no novo rumo profissional, será substituída ou não.

Léo Dias no rádio O colunista de fofocas dos famosos - hoje à frente do "TV Fama" na RedeTV! e com uma coluna no UOL - estreou hoje o programa "Os Cabeças da Notícia" na Metrópoles FM de Brasília, das 7h às 9h.

Para onde vai Brunna Colossi? Reina a grande expectativa desde que se soube da sua saída da RBS TV anteontem após 9 anos, contando o período de interior e capital. Chegou a se falar em uma ida para a Record, mas não é isso. Recentemente, quem também deixou a afiliada gaúcha da Globo foi seu marido, o repórter investigativo Fábio Almeida, que nos últimos anos vinha emplacando várias reportagens especiais no "Fantástico". Aqui em Porto Alegre, a Brunna sempre fez a previsão do tempo dos noticiários, mas infelizmente nunca pôde ir além disso - como ser, por exemplo, apresentadora. Máximo disso que teve foi um dia em que ela fazia o "Bom Dia Rio Grande" ao lado de Josmar Leite e este se sentiu mal, precisando sair na metade, e a Brunna tocou a hora restante sozinha. Caso único, uma pena.

Duas ótimas do SBT/RS Uma delas: estreou na equipe de repórteres do canal Yasmin Luz, ex-Rádio Gaúcha, que pintou pela vez primeira anteontem no "SBT Rio Grande" com uma matéria sobre as tendências de biquínis e acessórios nas praias da aldeia pampeana (estreia dela na telinha). E a outra: o "SBT Brasil" deste sábado será apresentado pela repórter e apresentadora substituta Luciane Kohlmann, que fará dupla com Marcelo Torres. Baita!!!

Mandou mal, Rodrigo Bocardi No "Bom Dia SP" desta sexta na Globo, Tiago Scheuer entrevistava populares prestes a pegar o metrô - no caso, problemas com a linha vermelha para moradores da Zona Leste da capital paulista, que abrange bairros mais humildes. Um moço negro foi ouvido e disse que iria para o Pinheiros, clube que é frequentado pelo apresentador, que quis saber se ele "pegava bolinhas de tênis". O repórter não entendeu, mas repassou a pergunta mesmo assim - e Bocardi foi específico: queria saber se ele era gandula. Aí, o moço respondeu que não, que é jogador de polo aquático no clube em questão, inclusive estando uniformizado nitidamente com uma camisa que identificava a modalidade. O âncora sorriu, dizendo achar isso legal, e o elogiou por sorrir logo cedo, embora em fato o moço até não tenha mais se manifestado e tenha demonstrado desconforto com a situação. Prontamente, muita gente passou a acusar o Bocardi por passar a ideia de partir do pressuposto de uma posição mais baixa só porque moço é negro e vindo de uma parte da cidade que não é de classes mais altas. Minutos depois, ao ler a interatividade do matinal, ele falou que fez a pergunta por ir diariamente ao clube e jogar bola com garotos que usam camisetas iguais à do moço, por isso imaginando que o moço fosse gandula. Deu a entender que não perguntou por maldade. Mais tarde, reforçou um argumento contrário a isso em postagem no Instagram. Mas é como falou uma pessoa no Twitter, lamento não lembrar agora quem é para dar o devido crédito: na pergunta repassada ao Scheuer, o Bocardi tinha apenas que ter perguntado o que o moço faria no clube, sem deduzir que fosse isso ou aquilo mesmo que procurando justificar seu pensamento, sem perguntar se era gandula, atleta, nada, enfim. Já evitaria muito a grande repercussão. E por fim, impossível não discordar do que ele falou, de que "não existe preconceito, não existe racismo". Lógico que se referia ao que disse. Mas na sociedade em geral, no Brasil em que vivemos, infelizmente existe - e aos montes.

Sei bem como é, infelizmente sei Nestes dias de preparativos da Maria Beltrão para apresentar o Oscar na Globo, o "Estúdio i" da GloboNews tem sido apresentado pela Cecília Flesch - no entanto, ausente ontem e hoje (quando substituída pela Aline Midlej) por um motivo triste, que foi a morte de sua avó em Belo Horizonte.

Perdemos Kirk Douglas 103 anos, uma existência enorme. Indicado ao Oscar por "O Invencível", "Assim Estava Escrito" e "Sede de Viver", ganhou uma estatueta honorária na década de 90. "Sede de Viver" lhe deu o Globo de Ouro, para o qual também foi indicado por "Chaga de Fogo". No Emmy, foi indicado pelo tele-filme "Amos" e por atuações como convidado nas séries "Contos da Crypta" e "Um Toque de Anjo". Outras atuações clássicas foram em "A Montanha dos Sete Abutres" (filme obrigatório para fãs de jornalismo, me lembro que aqui mesmo neste PB dediquei um tópico ao canalha Chuck Tatum após assistir esta obra pela 1ª vez cerca de 5 décadas após sua realização), "20.000 Léguas Submarinas", "Sem Lei e Sem Alma", "Glória Feita de Sangue", "Vikings, os Conquistadores", "Duelo de Titãs", "Spartacus", "Ambição Acima da Lei" e "Cactus Jack, o Vilão". O pai do Michael foi um gigante das telonas.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua antenado no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia

São quatro datas atrasadas de ontem. Sem mais delongas, uma canção de cada artista rememorado.

Começo com a lenda maior do reggae, Bob Marley, cujo nascimento completou 75 anos. Ele nos deixou em 1981, mas jamais será esquecido. Um ano antes de partir, ele e os Wailers tocaram "Could You Be Loved".



Agora lembro de Natalie Cole, cujo nascimento completou 70 anos - ela nos deixou no último dia de 2015. Separei de 2002 um belíssimo tema com ela: "Tell Me All About It", que seria tema da novela "Mulheres Apaixonadas".



Destaco agora os 30 anos da morte do compositor Jimmy van Heusen, nascido em 1913. Ele e Sammy Cahn são autores do histórico tema da série "Um Amor de Família": "Love and Marriage", que Frank Sinatra cantou em 1955.



Concluo com os 20 anos da morte do cantor nativista Leopoldo Rassier, excelso expoente da música gauchesca - também era poeta e advogado. Em 1982, ele se apresentou no "Galpão Crioulo", da RBS TV, e cantou "Veterano".

Bela do Dia: Tássia Sena

Tássia Sena, repórter da TV Globo SP. Só agora a conheço pois não a acompanhei na TV Gazeta paulistana. Agora, ela brilha nacionalmente nas madrugadas e começos de manhã do Plim-Plim. Que logo, logo alce voos mais altos. Será muito bom.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. Algumas não entrarão nesta coluna por ganharem edições à parte na nova seção independente "Raridade Rara".

Os atrasados registros de 6 de fevereiro no esporte, no jornalismo geral e nas artes apontam estas ocorrências:

*60 anos de Megan Gallagher, atriz das séries "The Larry Sanders Show" e "Millennium".

*45 anos de Orkut Buyukkokten, o inventor da famosa rede social que levou seu nome.

*30 anos de Diego Sarza, repórter que trocou recentemente a GloboNews pela CNN Brasil.

Já os deste 7 de fevereiro apresentam:

*60 anos de James Spader, ator da série "Lista Negra" e de filmes como "Sexo, Mentiras e Videotape".

*55 anos de Chris Rock, ator de comédias como "Máquina Mortífera 4" e "Um Ninja da Pesada", além de criador e personagem principal de "Todo Mundo Odeia o Chris".

*35 anos de Mariana Basso, repórter e apresentadora da TV TEM (Globo) de Sorocaba.

*35 anos de Tina Majorino, atriz de séries como "Veronica Mars", "Amor Imenso" e "Grey's Anatomy".

Arremate

Vasco tomando 8 x 1. Claro que é o do Acre diante do Galvez. O do RJ jamais assisti perder tão feio assim.

"24 Horas" volta antes que isso demore muito, muito e muito para acontecer!

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.