.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Domingo, 15 de abril de 2018 - ANO 15, EDIÇÃO 112
Em um mês, aconteceu tudo isso aí embaixo

Obs.: registros que vão da data da última coluna inédita até o dia 13 de abril de 2018.

ESPORTES: CAMPEONATOS DE FUTEBOL

São Paulo Depois de eliminar o São Paulo nos pênaltis com direito à irritação de Fábio Carille por Diego Aguirre não cumprimentá-lo e a Cássio detendo Diego Souza novamente igual contra o Vasco em 2012, o Corinthians precisou deles para ser campeão diante do Palmeiras. Cada um ganhou na casa do adversário por 1 x 0, mas uma penalidade máxima (existente para uns e inexistente para alguns) inicialmente marcada para os alviverdes foi desmarcada após 8 minutos pelo árbitro Marcelo Aparecido de Souza, gerando suspeitas de interferência externa e uma furiosa briga do Verdão com a Federação, tão forte a ponto da festa dos melhores da competição não ter tido nenhum representante palestrino. Com o maior público do Allianz Parque (41.227 torcedores), a primeira final do Campeonato Paulista com torcida única estabeleceu o 29º título do seu maior vencedor. O bicampeonato veio com 10 vitórias, 2 empates e 6 derrotas, marcando 23 gols e sofrendo 13.

São Paulo (Série A2) Guarani e Oeste subiram para a divisão principal ao passarem nas semifinais por XV de Piracicaba e São Bernardo. Na final em jogo único, deu Bugre por 4 x 0 sobre o Rubrão na última partida de Fumagalli, que seguirá no verde campineiro como coordenador técnico de futebol. Depois de 10 vices, o Guarani voltou ao topo com 12 vitórias, 2 empates e 4 derrotas, marcando 36 gols e sofrendo 18.

Rio de Janeiro Gols no último minuto marcaram a reta decisiva nos 3 x 2 do Vasco sobre o Fluminense na semifinal e sobre o Botafogo na ida da final. Mas como quem ri por último ri melhor, o Glorioso venceu a volta por 1 x 0 aos 49 minutos do segundo tempo para ser campeão nos pênaltis por 4 x 3 com duas defesas de Gatito Fernandez, que renovou até o fim de 2021. A conquista foi dedicada a João Paulo, fora de campo por 6 meses devido a uma doloríssima fratura sofrida contra os vascaínos na Taça Rio. Mais uma vez a competição não foi vencida por um dos ganhadores de turno. O Fogão não era campeão carioca desde 2013 e sua 21ª conquista teve 8 vitórias, 4 empates e 5 derrotas, tanto marcando quanto sofrendo 20 gols.

Minas Gerais Após tomar 3 x 1 na ida, o Cruzeiro fez 2 x 0 na volta, cuja história mudou na expulsão de Otero ao agredir Edílson - que também deveria ter sido expulso. Campeã mineiro pela 37ª vez mesmo sem Fred, fora dos gramados por até 8 meses por lesionar o joelho contra o Tupi, a Raposa teve 13 vitórias, 2 empates e 1 derrota, marcando 28 gols e sofrendo 6.

Espírito Santo Deu Serra campeão pela 1ª vez desde 2008 ao ganhar do Real Noroeste na ida por 1 x 0 e perder a volta por 4 x 3. O 6º título veio com 9 vitórias, 1 empate e 3 derrotas, marcando 21 gols e sofrendo 12.

Rio Grande do Sul De ameaçado de rebaixamento a campeão. Este foi o Grêmio, que não vencia o Gauchão desde 2010. Após excluir o Internacional nas quartas mesmo perdendo na volta o primeiro clássico após quase 3 anos, eliminou o Avenida na semi e decidiu contra o Brasil, que foi o primeiro finalista sem ser da Grande Porto Alegre ou da Serra desde o Guarany de Bagé vice diante dos tricolores em 1958. As duas partidas tiveram em comum as vitórias azuis saírem após expulsões rubro-negras: 4 x 0 na ida e 3 x 0 na volta. O primeiro título estadual do Imortal no interior desde o de 1993, contra o Pelotas, foi marcado ainda pelo "fico" de Renato Portaluppi, campeão pela 4ª vez em 1 ano e 4 meses. O 37º título estadual veio com 9 vitórias, 2 empates e 6 derrotas, marcando 31 gols e sofrendo 19.

Santa Catarina Deu Figueirense campeão pela 18ª vez (maior vencedor), a primeira desde 2015, com 2 x 0 em jogo único sobre a mandante Chapecoense, que perdeu em casa justamente quando não podia perder. Coisas do regulamento: apesar de ter liderado a 1ª fase com 5 pontos a mais, a Chape do Neném - que completou 300 partidas em 10 anos no clube na vitória sobre o Hercílio Luz - não foi a campeã. Os alvinegros do Estreito tiveram 11 vitórias, 6 empates e 2 derrotas, marcando 26 gols e sofrendo 14.

Paraná Campeão do 2º turno (Taça Caio Júnior), o Atlético superou o Coritiba com 2 x 0 na volta após sofrer 1 x 0 na ida para conquistar o 24º título estadual (vencera por último em 2016) e o primeiro na Arena da Baixada pós-reformas para a Copa do Mundo de 2014. Foram 10 vitórias, 5 empates e 1 derrota, marcando 26 gols e sofrendo 5.

Pernambuco Depois de 14 anos, deu Náutico pela 22ª vez com 0 x 0 na ida e 2 x 1 na volta sobre o finalista inédito Central. Foram 8 vitórias, 5 empates e 1 derrota, marcando 23 gols e sofrendo 13.

Bahia Com 2 x 1 na ida e 1 x 0 na volta, o Bahia superou o Vitória para voltar ao topo depois de 2015 e ser o maior vencedor com 47 títulos estaduais. A finalíssima não teve os punidos pela confusão no Ba-Vi da classificatória que ainda tinham pena a cumprir. Nem mesmo o rubro-negro Kanu participou, mesmo tendo retirada sua pena inicialmente de 11 jogos e depois de 8. Os tricolores obtiveram 9 vitórias, 3 empates e 1 derrota, marcando 27 gols e sofrendo 7.

Ceará Campeão pela 45ª vez (maior vencedor), o bicampeão Ceará ganhou as duas decisivas contra o Fortaleza por 2 x 1. Foram 12 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, marcando 43 gols e sofrendo 19.

Alagoas Depois de 10 anos, deu CSA pela 38ª vez (maior vencedor). Mas não foi fácil chegar ao topo. Na semifinal, tomou do ASA o empate da eliminação aos 47 minutos do segundo tempo e conseguiu a vitória da classificação aos 51. Na finalíssima, sofreu 1 x 0 do CRB na ida e ganhou por 2 x 0 na volta. A campanha teve 7 vitórias, 2 empates e 3 derrotas, marcando 20 gols e sofrendo 7.

Rio Grande do Norte Final dispensada pelo ABC, que faturou os dois turnos para ser tricampeão e seguir maior vencedor potiguar, agora com 55 láureas após 12 vitórias, 1 empate e 1 derrota, marcando 32 gols e sofrendo 8.

Paraíba Deu Botafogo bicampeão após tomar 1 x 0 do Campinense na ida e marcar 2 x 0 na volta, que teve como fato negativo uma agressão de um gandula a um membro da comissão técnica do time visitante, o que originou uma enorme pancadaria, na qual o gandula causador de tudo tomou do goleiro reserva campinense Delone um soco. Foram 10 vitórias, 4 empates e 2 derrotas, marcando 35 gols e sofrendo 15.

Maranhão Vencedor pela última vez em 2016, o Moto Club chegou à 26ª conquista ao marcar 3 x 0 no Imperatriz na ida e sofrer 2 x 1 na volta. Foram 5 vitórias, 5 empates e 1 derrota, marcando 22 gols e sofrendo 13.

Goiás Numa final que demorou quase 3 horas devido aos 47 minutos de paralisação por causa de uma fortíssima chuvarada, o Goiás fez 3 x 1 na Aparecidense após 0 x 0 na ida e se sagrou tetracampeão estadual e vencedor pela 28ª vez (maior ganhador). Com Hélio dos Anjos chegando ao 5º título goiano pelo clube, obteve 10 vitórias, 4 empates e 4 derrotas, marcando 28 gols e sofrendo 15.

Distrito Federal Cada finalista ganhou por 1 x 0, mas nos pênaltis o Brasiliense tomou 4 x 3 do Sobradinho, campeão metropolitano pela 3ª vez e que não vencia o certame desde 1986. Foram 10 vitórias, 3 empates e 4 derrotas, marcando 24 gols e sofrendo 16.

Mato Grosso O Cuiabá fez 2 x 0 na ida e 3 x 1 na volta diante do Sinop para ser bicampeão e chegar aos 8 títulos com 12 vitórias e 3 empates, marcando 29 gols e sofrendo 8.

Mato Grosso do Sul Pela melhor campanha, o Operário bateu o Corumbaense com 1 x 0 contra e 1 x 0 favorável na final. 11º título (maior vencedor) e primeiro desde 1997. Conquista vinda com 5 vitórias, 8 empates e 1 derrota, marcando 16 gols e sofrendo 6.

Pará Deu Remo diante do Paysandu ao fazer 2 x 1 na ida e 1 x 0 na volta. Seu treinador Givanildo Oliveira se sagrou tricampeão estadual após os topos atingidos com Ceará em 2017 e América Mineiro em 2016. Campeões pela 45ª vez, os azulinos não venciam o estadual desde 2015 e tiveram 10 vitórias, 1 empate e 3 derrotas, marcando 22 gols e sofrendo 11.

Amazonas Com 4 x 0 sobre o Fast em partida única, o Manaus chegou ao bicampeonato e 2º título geral com 7 vitórias, 3 empates e 2 derrotas, marcando 26 gols e sofrendo 13.

Acre O Rio Branco superou o Galvez com 2 x 2 na ida e 3 x 0 na volta. Maior vencedor com 47 títulos, não era campeão desde 2015 e teve 8 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, marcando 28 gols e sofrendo 10.

Copa do Nordeste As quartas-de-final terão Santa Cruz (1º do A com 12) x ABC (2º do B com 13 pontos, 4 vitórias, 7 de saldo e 15 gols pró), Vitória (1º do B com 13 pontos, 4 vitórias, 7 de saldo e 17 gols pró) x Sampaio Corrêa (2º do D com 9), Ceará (1º do D com 13) x CRB (2º do A com 11) e Bahia (1º do C com 12) x Botafogo da Paraíba (2º do C com 10).

Copa Verde A final terá o Paysandu, que eliminou o Manaus com duplo 2 x 1, e o Atlético Itapemirim, que passou pelo Luverdense com 1 x 0 na ida e 1 x 1 na volta. Fora da decisão estará Walter, que trocou o Papão pelo CSA.

Copa do Brasil Próxima quarta sairão três classificados para as oitavas-de-final destes confrontos: Ferroviário x Atlético Mineiro (vantagem Galo 4 x 0), Náutico x Ponte Preta (vantagem Macaca 3 x 0) e Goiás x Avaí (2 x 2). Os outros dois serão conhecidos na quinta: São Paulo x Atlético Paranaense (vantagem Furacão 2 x 1) e Vitória x Internacional (vantagem Colorado 2 x 1).

Copa Libertadores Grupo 1: depois dos 4 x 0 no Monagas, o Grêmio (2º com 4) visitará o Cerro Porteño (1º com 6) nesta terça. Grupo 2: o Flamengo (1º com 4) receberá o Independiente Santa Fé (3º com 2) na quarta com portões fechados. Grupo 5: depois do 0 x 0 marcante positivamente para o Cruzeiro (4º com 1) pela sua 150ª partida no histórico do torneio e negativamente para o Vasco (3º com 1) devido à lesão no cotovelo que tira Paulinho dos gramados por 4 meses, eles voltarão a jogar nesta quinta, tanto os cariocas contra o Racing (1º com 4) quanto os mineiros diante da Universidad de Chile (2º com 4). Grupo 6: após derrotar Nacional (4º com 2) em SP e Estudiantes (2º com 4) fora, o Santos (1º com 6) voltará a pegar os argentinos no dia 24, agora em seus domínios. Grupo 7: próxima quarta, o Corinthians (1º com 4) pegará o Independiente (2º com 3) na Argentina. Grupo 8: depois dos mandos vitorioso contra o Alianza Lima (3º com 1) e empatado com o Boca Juniors (2º com 5) com gols nos minutos finais, o Palmeiras (1º com 7) visitará os argentinos no dia 25.

Copa Sul-Americana Três brasileiros estão em vantagem: Fluminense e Atlético Paranaense com 3 x 0 respectivos sobre Nacional Potosí e Newell's Old Boys, além do Botafogo com 2 x 1 sobre o Audax Italiano do Loco Abreu, que foi homenageado como jogador que mais defendeu clubes na carreira (nada mais e nada menos que 26, entre eles o próprio alvinegro carioca). Um brasileiro está empatado: o São Paulo com o Rosario Central em 0 x 0. Em desvantagem estão Atlético Mineiro e Bahia por 1 x 0 respectivos para San Lorenzo e Blooming. Voltas apenas na segunda semana de maio.

Liga dos Campeões da Concacaf O Toronto FC decidirá o título contra o Chivas Guadalajara. Os canadenses eliminaram o América e os mexicanos excluíram o New York Red Bulls.

Liga dos Campeões da UEFA Uma das semifinais terá Bayern de Munique x Real Madrid. Os alemães eliminaram o Sevilla e os espanhóis passaram de maneira incrível pela Juventus, na qual fizeram 3 x 0 em Turim com direito a um extraordinário golaço de bicicleta de Cristiano Ronaldo. Na volta, a Velha Senhora devolvia o marcador em Madrid, mas um pênalti muito discutido aos 45 minutos do segundo tempo (existente para uns e inexistente para alguns) foi convertido pelo português e classificou os merengues. A outra semifinal terá Liverpool x Roma. Os ingleses faturaram o duelo nacional sobre o Manchester City com duas vitórias sobre a equipe de Josep Guardiola. Já os italianos obtiveram uma classificação inesquecível diante do Barcelona, que havia feito 4 x 1 em casa com direito a dois gols contra, para reviravoltar com 3 x 0 em casa e avançar pelo gol fora de casa na ida.

Liga Europa Uma semifinal terá Arsenal x Atlético de Madrid. Os ingleses eliminaram o CSKA Moscou e os espanhóis passaram pelo Sporting, que teve 19 jogadores suspensos pelo presidente Bruno de Carvalho por críticas a ele feitas após a derrota na ida. A outra semi contará com Red Bull Salzburg x Olympique. Os austríacos reviravoltaram sobre a Lazio tal qual a Roma diante do Barcelona: tomaram 4 x 2 na ida e fizeram 4 x 1 na volta. Já os franceses tomaram 1 x 0 do Red Bull Leipzig e responderam com 5 x 2 na volta.

ESPORTES: FUTEBOL BRASILEIRO

Não sobrou ninguém A eliminação na semifinal do Campeonato Carioca causou debandada geral no Flamengo: saíram o técnico Paulo César Carpegiani e o diretor Rodrigo Caetano, entre outros.

Despedida chegando Será no próximo domingo o último jogo de Júlio César pelo Flamengo, contra o América Mineiro, pela 2ª rodada do Brasileirão.

Despedida demorará um tiquinho mais Será a do Jefferson, goleiro do Botafogo, que pendurará as luvas no fim deste ano.

Decisão judicial Devolveu Gustavo Scarpa ao Fluminense, impedindo o Palmeiras de utilizá-lo.

Renovação e escapada Com Emerson Sheik renovado até o fim deste ano, o Corinthians se livrou momentaneamente de pagar uma dívida de R$ 487 milhões com a Receita Federal, obtida que foi uma liminar.

Muita história Tem Renato no Santos, pelo qual completou 400 jogos na derrota pro Palmeiras na ida da semifinal do Campeonato Paulista.

Cara nova na casamata Doriva na da Ponte Preta, que assumiu após a conquista do título do interior pelo auxiliar Brigatti.

Confiança demonstrada Pelo Cruzeiro em Dedé, que voltou a ter sequência após dois anos lesionado e que renovou até o fim do ano que vem.

Novelão encerrado O do Grêmio com o atacante André, enfim contratado junto ao Sport. Também foi resolvida a renovação de Ramiro até 2021.

Descuidaço daqueles Cometido pelo Internacional em e-mail enviado aos seus torcedores após a derrota para o Grêmio na ida das quartas do Gauchão. A mensagem era para mobilizar a torcida para a volta, mas o título citava um trecho do hino do rival: "com a gente onde a gente estiver".

Último jogo Foi o de Marquinhos pelo Avaí no empate com a Chapecoense. Em 4 passagens pelo Azurra, o meia conquistou o Catarinense de 2009.

Pego na blitz Foi Argel na Balada Segura em Porto Alegre por dirigir estando com a carteira de motorista suspensa. O técnico livrou o Criciúma do rebaixamento no Catarinão e ainda quebrou uma escrita de 16 jogos em 11 anos na vitória sobre o Joinville.

Vida nova Para Dagoberto, contratado pelo Londrina.

Inviável segurá-lo Maior destaque do time no Campeonato Paranaense, Richarlyson deixou o Cianorte.

Marca histórica Foi obtida por Magrão na derrota pro Central, pela semifinal pernambucana: 700 partidas pelo Sport.

Nova fórmula Terá a Copa do Nordeste em 2019: dois grupos de 8 times cada e times de uma chave enfrentando os da outra em turno único, depois vindo quartas, semi e final. Uma fase prévia definirá 4 times no torneio em si e os confrontos terão América de Natal x Confiança, Salgueiro x Juazeirense, CRB x Campinense e Sampaio Corrêa x Ríver ou Parnahyba.

Cancelada A Primeira Liga deste ano. Espera-se uma realização em 2019.

Filho do senador Zezé É Gustavo Perrella, que deixou a secretaria nacional de futebol para ser o novo diretor de desenvolvimento e projetos da CBF. Ele ganhou má fama quando foram encontrados no Espírito Santo 445 quilos de cocaína em um helicóptero de sua propriedade. Como a Polícia Federal não encontrou indícios de seu envolvimento nisso, ele escapou.

Tempo perdido O Brasil com inúmeras necessidades e congressistas perdem tempo com tolices inúteis, vide um projeto de lei do Capitão Augusto. O deputado federal paulista do PR quer que árbitros e auxiliares declarem seus clubes do coração para que não trabalhem mais em jogos que tanto os envolvam quanto que tenham equipes adversárias da de sua preferência.

Lamaçal na Paraíba É a Operação Cartola, que investiga manipulações de resultados no Campeonato Paraibano desde 2011 até este ano. Citados, os árbitros Éder Menezes, João Bosco Nóbrega, Renan Roberto de Souza e Diego Roberto Melo foram suspensos pela CBF.

Fim da história, será? O Supremo Tribunal Federal decretou o Sport como campeão brasileiro oficial de 1987, não cabendo mais qualquer recurso aqui no Brasil. Mas o Flamengo, campeão da Copa União, não se dá por vencido e pretende ir até mesmo à FIFA.

Ascensão e queda Vice-campeão paulista em 2016, o Audax foi rebaixado para a Série A3 em 2019 num empate em 2 x 2 com o Taubaté.

Confirmado na Rússia É Sandro Meira Ricci, agora da Federação Paranaense e noivo da ex-bandeirinha Fernanda Colombo Uliana. Ele será o representante brasileiro na Copa do Mundo, que será a primeira desde 1938 sem contar com um só árbitro da Inglaterra.

Luto por estas perdas Morreram: em 18 de março, o ex-jogador Cascão, aos 47 anos, que defendeu o Coritiba do começo dos anos 90 e sofreu um infarto fulminante durante uma partida de masters; em 26 de março, o ex-jogador Galalau, aos 91 anos, que foi campeão paranaense pelo Atlético no 1949 das 11 vitórias consecutivas que deram ao clube o apelido definitivo "Furacão"; em 30 de março, o ex-jogador Geraldino, aos 78 anos, lateral do histórico Santos dos anos 60; em 13 de abril, José Teixeira, aos 82 anos, preparador físico do Corinthians campeão paulista de 1977 e técnico que levou o Ituano para a Série A1 estadual; e em 13 de abril, o ex-jogador Othon, aos 79 anos, ídolo do Junior Barranquilla nos anos 60 e 70.

ESPORTES: FUTEBOL ESTRANGEIRO

Seleção Brasileira Após as vitórias por 3 x 0 sobre a Rússia e 1 x 0 diante da Alemanha (que não perdia havia 20 jogos), o Brasil chamará para a Copa do Mundo em 14 de maio.

Estruturas abaladas As da Argentina após tomar 6 x 1 da Espanha em jogo de amarga memória até para Mascherano, que igualou Zanetti como recordista pela seleção com 142 jogos.

Pensando em 2022 É o Chile do Reinaldo Rueda, que estreou com vitória fora de casa sobre a Suécia, e a Holanda do Ronald Koeman, que estreou negativamente perdendo para a Inglaterra, que não a superava havia 22 anos.

Fazendo história É Bale pelo País de Gales, do qual passou a ser seu maior goleador com 29 tentos após os 3 feitos na goleada sobre a China, que marcou a estreia de Ryan Giggs como seu treinador.

Trocou de treinador O Japão, que mandou embora Vahid Halilhodzic e contratou Akira Nishino.

Escândalo na Argentina Uma rede de prostituição na sua categoria de base foi denunciada pelo Independiente. Consta que o mesmo aconteceu no River Plate.

Vilão e herói no mesmo dia Foi Barcos nos 2 x 1 da sua LDU sobre o Independiente del Valle, pela Libertadores, com um gol a favor e outro contra.

Recorde do Barcelona Os 3 x 1 no Leganés, com trinca do Messi, deram aos catalães 38 partidas de invencibilidade em Campeonatos Espanhóis, tal qual a Real Sociedad de 1980.

Carreira encerrada A de Fabio Capello, um dos mais exitosos treinadores italianos e campeão europeu pelo Milan, além de faturar taças por Roma, Juventus e Real Madrid.

Emoção total Na vitória da Fiorentina sobre a Udinese por 2 x 0. Este jogo foi o adiado pela morte do zagueiro Astori.

Escrita quebrada Pelo Tottenham ao voltar a ganhar do Chelsea em Stamford Bridge depois de 28 anos com uma virada por 3 x 1.

Trocou a Inglaterra pelos EUA Ibrahimovic saiu do Manchester United e foi para o Los Angeles Galaxy.

Campeão pensando no amanhã Apesar de perder 21 jogos de invencibilidade ao perder pro Red Bull Leipzig, o Bayern de Munique confirmou na 29ª de 34 rodadas o título alemão com um 4 x 1 sobre o Augsburg. Na próxima temporada, Jupp Heynckes sairá da casamata e será substituído pelo ex-jogador Nilo Kovac, que deixa o Eintracht Frankfurt.

Campeoníssimo É Daniel Alves, 36 títulos como profissional. O último deles foi a Copa da Liga Francesa, vencida pelo Paris Saint Germain com 3 x 0 sobre o Monaco.

Pena aumentada A do árbitro Tony Chapron, que agrediu Diego Carlos, do Nantes, em jogo contra o PSG. Não é mais de 3 e sim de 8 meses sua suspensão.

Quatro dígitos Casillas chegou às 1.000 partidas na carreira na derrota do seu Porto pro Belenenses por 2 x 0.

Tempo para refletir Terá Ivan Savvidis, presidente do PAOK, suspenso do futebol por 3 anos por "apenas" entrar armado em campo para tirar satisfações com o árbitro no jogo contra o AEK Atenas, pelo Campeonato Grego.

Gancho enorme Foi o aplicado pela UEFA ao Skenderbeu da Albânia: 10 anos de suspensão por envolvimento com manipulações de resultados.

Rei dos cangurus Bobô se tornou o maior artilheiro de um Campeonato Australiano ao chegar a 24 gols com dois nos 3 x 2 do seu Sydney sobre o Perth Glory. Ele superou Fornaroli, do Melbourne, 23 gols em 2015/2016.

Futebol internacional no Iraque Voltou a acontecer após mais de 20 anos. O primeiro jogo oficial foi Al Zawraa 1 x 1 Al Ahed, de Beirute, pela Copa de Clubes da Ásia.

Luto por estas perdas Morreram: em 22 de março, o ex-jogador Houseman, campeão mundial pela Argentina em 1978 e vitimado por um câncer na língua aos 64 anos; em 29 de março, Emiliano Mondonico, técnico do Torino campeão da Copa da Itália de 1993 e vitimado por um câncer aos 71 anos; em 4 de abril, o ex-jogador e ex-treinador Ray Wilkins, que defendeu Chelsea, Manchester United, Milan e Paris Saint Germain, vitimado por um ataque do coração aos 61 anos; e em 10 de abril, o ex-jogador Sauro Tomà, que tinha 92 anos e era o último vivo dos sobreviventes da tragédia aérea do Torino em 1949.

ESPORTES: DEMAIS MODALIDADES

Surtou fora do octógono Foi Conor McGregor. Ele e alguns amigos invadiram o estacionamento do Barclays Center, em Nova York, e atacaram um ônibus que levava lutadores do UFC para o hotel.

Novo ministro do esporte É Leandro Cruz, que era secretário nacional de esporte, educação, lazer e inclusão social. Ele sucedeu Leonardo Picciani, do qual foi assessor parlamentar.

Os atletas do ano Foram Mayra Aguiar e Marcelo Melo, eleitos no Prêmio Brasil Olímpico.

Recorde quebrado Pelo revezamento 4 x 100 da Austrália no nado livre feminino nos Jogos da Comunidade, na Escócia: 3:30.05, baixando o tempo dela mesma de 3:30.65 na Olimpíada do Rio de Janeiro.

Aquática histórica Primeira nadadora brasileira medalhista olímpica, Poliana Okimoto entrou para a Galeria da Fama da maratona aquática.

Afastado pela Justiça O presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Manoel Luiz Oliveira. À frente da entidade há 28 anos, ele é acusado de ilegalidades envolvendo dinheiro repassado pela União antes da Rio 2016.

Renunciou ao cargo Toninho Fernandes deixou a presidência da Confederação Brasileira de Atletismo. Sucedido pelo vice Warlindo Carneiro, ele foi acusado por reportagem do "Olhar Olímpico", do UOL Esporte, de fraudes como superfaturamento, empresas de fachada e notas frias num convêncio com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude de São Paulo.

Só deu Brasil Na Maratona Internacional de São Paulo, vencedores que foram Andreia Hessel nas mulheres e Solonei da Silva nos homens.

Grupos definidos Da Libertadores de Futsal, que começa no próximo dia 22: o A terá a antifriã ACBF contra Boca Juniors, Colo-Colo e Club CRE da Bolívia; o B terá o Joinville diante de Cerro Porteño, Caracas e Panta Walon do Peru; e o C terá o Magnus versus Nacional do Uruguai, Leones da Colômbia e Bocca do Equador.

Aposentado Neto do futsal, no qual está eternizado pelo heptacampeonato mundial do Brasil. Após vencer um câncer, ele dará palestras.

Foi mal O Brasil na Copa Davis, permanecido para o ano que vem no Zonal Americano ao perder por 3 jogos a 2 para a Colômbia. Isso não acontecia desde 2004, contra o Peru.

Ausência enorme Será a de Roger Federer de Roland Garros, no qual não estará pela 3ª vez seguida.

Tempo de play-offs Na NBA, findada sua temporada regular. Duelos do Leste: Toronto Raptors x Washington Wizards, Boston Celtics x Milwaukee Bucks, Philadelphia 76ers x Miami Heat e Cleveland Cavaliers x Indiana Pacers. Enfrentamentos do Oeste: Houston Rockets x Minnesota Timberwolves, Golden State Warriors x San Antonio Spurs, Portland Trail Blazers x New Orleans Pelicans e Oklahoma City Thunder x Utah Jazz.

Suspenso por 10 anos Carlos Nunes, ex-presidente da Confederação Brasileira de Basquete, por atos ilícitos diversos. Ele não poderá ter qualquer cargo nem na entidade e nem em nenhuma de suas afiliadas.

Não deu Pro Mogi das Cruzes na Liga das Américas, perdida pro San Lorenzo por 79 x 71.

Lances extraordinários Decidiram jogos do NBB a favor do Basquete Cearense contra o Bauru por 81 x 80 e do próprio Bauru sobre o Vasco por 104 x 103. Paulinho Boracini e Duda, respectivamente, erraram de propósito um lance livre para recuperar a bola e arremessar de três para acertar e decretar o placar final.

Quartas-de-final Do Novo Basquete Brasil: Flamengo x Minas (que eliminou o Vitória por 3 x 2 com direito a 3 prorrogações no 5º jogo), Paulistano x Cearense (que excluiu o Pinheiros por 3 x 1), Franca x Bauru (que passou pelo Vasco por 3 x 1) e Mogi das Cruzes x Caxias Basquete (que abotoou o Botafogo por 3 x 0).

Linda trajetória A de Dante, que encerrará sua carreira ao término da Superliga. Campeão olímpico e tri mundial pela seleção, joga a atual Superliga pelo Taubaté, que está numa semifinal contra o Cruzeiro, tendo a outra SESI x SESC.

Fim de patrocínio A Nestlé deixou de patrocinar o vôlei feminino do Osasco depois de 9 anos. Neste período, foram conquistados um título mundial, três sul-americanos, duas Superligas, duas Copas Brasil e seis paulistas. O Osasco foi eliminado na semifinal da Superliga pelo Praia Clube, que decidirá contra o SESC.

Novas integrantes Serão as gurias de Curitiba e Londrina na próxima Superliga Feminina. Na final da Série B, o time da capital bateu o do interior por 3 sets a 2.

Contrato renovado Pelo Bauru com a oposto transexual Tifanny por mais 1 ano.

Datas confirmadas Dos próximos Mundiais de Clubes: o delas, que terá o Minas, acontecerá de 4 a 9 de dezembro na China; e o deles, que contará com o Cruzeiro, vai de 25 de novembro a 2 de dezembro na Polônia.

Acidente impressionante Foi o de Eduardo Azevedo na etapa de Curitiba da Copa Porsche. Seu carro se chocou com o de Miguel Paludo e capotou 10 vezes. Apesar disso e do resgate demorar 30 minutos, ele saiu acordado e sem lesões mais consideráveis.

Centésimo pódio Foi o do Sebastian Vettel na Fórmula 1 ao ganhar o GP da Austrália. Ele chegou aos 101 ao vencer no Bahrein (em corrida marcada pelo acidente causado pela Ferrari de Kimi Raikkonen, que atingiu um mecânico durante um pit stop) e ficou mais próximo dos 106 de Alain Prost. Depois, Lewis Hamilton tem 118 e o recordista é Michael Schumacher com 155.

Luto por estas perdas Morreram: em 15 de março, o empresário Tom Benson, dono do New Orleans Saints e do New Orleans Pelicans, aos 90 anos; em 26 de março, o jogador Zeke Upshaw, da Liga de Desenvolvimento da NBA, por um problema cardíaco aos 26 anos; em 27 de março, o velejador John Fisher, aos 47 anos, desaparecido no Oceano Antártico durante a Volvo Ocean Race; e em 11 de abril, o ex-remador André Richer, aos 90 anos, ex-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro de 1990 a 1995.

ESPORTES: DATAS EM 0 OU 5

Quinta (15/3) 20 anos do maior público do Mundão do Arruda, registrado em Náutico 0 x 2 Sport.

Segunda (19/3) 40 anos do maior público do Serra Dourada: 77.790 fãs em Seleção Goiana 1 x 3 Brasil.

Terça (20/3) 25 anos de Sloane Stephens, campeã do Aberto dos Estados Unidos no ano passado.

Quinta (22/3) 15 anos do Vitória campeão do Nordeste num 0 x 0 com o Fluminense de Feira de Santana.

Sexta (23/3) 50 anos de Hierro, duas vezes campeão mundial e três vezes europeu pelo Real Madrid; 45 anos de Jason Kidd, campeão olímpico de basquete em 2000 e 2008 pelos Estados Unidos; 40 anos de Samuel, ex-zagueiro argentino campeão da Libertadores pelo Boca Juniors e europeu pela Internazionale; e 5 anos da morte de Boris Berezovsky, milionário russo nascido em 1946 e que, muito se disse, seria o controlador da MSI, a empresa que fez parceria com o Corinthians na metade dos anos 2000.

Segunda (26/3) 40 anos do maior público do Jonas Duarte, registrado em Anapolina 0 x 0 Corinthians.

Terça (27/3) 55 anos do Santos campeão do Torneio RJ/SP ao fazer 3 x 0 no Flamengo; e 10 anos da morte de Jean-Marie Balestre, nascido em 1921 e ex-presidente da Federação Internacional de Automobilismo.

Quarta (28/3) 25 anos dos 2 x 0 sobre o Brescia que marcaram a estreia de Totti na Roma, único clube de sua carreira e na qual venceria um Italiano, duas Copas da Itália e duas Supercopas da Itália.

Quinta (29/3) 45 anos de Overmars, ex-atacante campeão de três troféus ingleses pelo Arsenal e europeu, mundial e três vezes holandês pelo Ajax; 20 anos do clássico de maior público na Ilha do Retiro, com 50.106 torcedores para Sport 4 x 1 Santa Cruz; e 15 anos da abertura do primeiro Campeonato Brasileiro disputado em pontos corridos com os jogos Guarani 4 x 2 Vasco e Atlético Paranaense 2 x 0 Grêmio.

Sexta (30/3) 70 anos de Eddie Jordan, dono da equipe Jordan, que disputou a Fórmula 1 de 1991 a 2005; e 10 anos da morte de Calvet, nascido em 1934 e ex-zagueiro duas vezes campeão gaúcho pelo Grêmio e integrante do maior Santos da história, bicampeão mundial e da Libertadores e tetra do Paulista e da Taça Brasil.

Sábado (31/3) 20 anos do primeiro gol de Ronaldinho Gaúcho pelo Grêmio em partidas profissionais, anotado nos 2 x 0 diante do Chivas Guadalajara, pela Copa Libertadores, no Olímpico.

Domingo (1/4) 65 anos de Alberto Zaccheroni, treinador campeão italiano pelo Milan em 1999.

Terça (3/4) 40 anos do ex-tenista Tommy Haas, prata olímpica em Sydney 2000 e vencedor de 15 ATP simples.

Quarta (4/4) 45 anos de Loris Capirossi, campeão das 250cc e bi das 125cc no Mundial de Motovelocidade.

Quinta (5/4) 75 anos de Masahiko "Fighting" Harada, boxeador que bateu Éder Jofre em 1965 e 1966.

Sexta (6/4) 60 anos do Vasco campeão do RJ/SP, conquista firmada num 5 x 1 sobre a Portuguesa.

Sábado (7/4) 55 anos de Djalma Fogaça, ex-piloto da Fórmula Truck; 50 anos da morte de Jim Clark, piloto nascido em 1936, duas vezes campeão mundial de Fórmula 1 e único a ganhar 500 Milhas de Indianápolis e F-1 num mesmo ano (1964); 45 anos de Delvecchio, ex-atacante campeão italiano de 2001 pela Roma; e 35 anos de Ribéry, atacante campeão da Copa da Turquia pelo Galatasaray e, especialmente, vencedor de um Mundial, uma Liga dos Campeões, 8 Alemães e outros troféus mais pelo Bayern de Munique.

Quinta (12/4) 45 anos de Panucci, campeão por Milan (uma Liga dos Campeões, uma Supercopa da Europa, dois Italianos e duas Supercopas da Itália), Real Madrid (uma Intercontinental, uma Liga dos Campeões, um Espanhol e uma Supercopa da Espanha), Chelsea (uma Supercopa da Inglaterra) e Roma (duas Copas da Itália e uma Supercopa da Itália); e 5 anos do Pinheiros campeão da Liga das Américas com 88 x 76 no Capitanes.

Sexta (13/4) 55 anos de Garry Kasparov, considerado por muitos o maior jogador de xadrez da história; 40 anos de Puyol, ex-zagueiro campeão mundial e bi europeu pela Espanha e multicampeão pelo Barcelona (dois Mundiais, três Ligas dos Campeões, duas Supercopas da Europa, seis Espanhóis, duas Copas do Rei e cinco Supercopas da Espanha); e 25 anos de Nelson Piquet voltando a pilotar um carro de Fórmula Indy em Indianápolis no ano seguinte ao fortíssimo acidente que quebrou suas duas pernas.

SINTONIA PB: JORNALISMO E COMUNICAÇÃO DO RS

Cobertura in loco de casamento Será a da jornalista Gabrieli Chanas no matrimônio do príncipe Harry com a atriz Meghan Markle em maio. Ela estará a serviço do site Glamurama e repetirá o feito em 2011, também na Inglaterra, quando reportou o casório do príncipe William com a plebeia Kate Middleton para o Grupo RBS.

Notícias positivas Delas passou a falar Renato Martins no espaço semanal "Atitude Positiva +" em todos os jornais do Grupo Sinos (NH, VS, Diário de Canoas, Correio de Gravataí, Diário de Cachoeirinha e Jornal de Gramado).

Luto por estas perdas Morreram: em 21 de março, Ruth Regina, aos 80 anos; e em 31 de março, Antônio Carlos Baldi, aos 87 anos. Ela foi cantora e atriz, trabalhando nas rádios Farroupilha e Gaúcha de 1957 a 1962 e retornando ao veículo em 1982 através da Itapema FM até se aposentar em 1992. Também esteve na inauguração da TV Piratini em 1959 e fez dublagens para rádio e desenhos da Disney em SP na primeira metade dos anos 90. Ele era economista e foi um histórico participante por décadas dos programas de Flávio Alcaraz Gomes nas TVs Guaíba, Pampa e Ulbra, além das rádios Guaíba e Pampa.

Câncer no reto Fernando Albrecht foi submetido a uma cirurgia para retirada deste tumor. O colunista do Jornal do Comércio está com 74 anos e se recupera bem.

Nova emissora Começa na próxima segunda-feira a 92 FM, estação musical popular da RBS, que substitui a Farroupilha, agora novamente apenas em AM 680. A equipe de comunicadores inclui Adriano Domingues, Arthur Gubert, Cristiane Silva, Duda Garbi, Mariane Araújo, Martin TJ, Rodrigo Adams e DJ Capu, que deixou a apresentação do "Masbah!" no SBT.

Nova chefe de redação É Greetchen Ihitz na TV Record. Ela deixou a RBS após mais de duas décadas, por último sendo editora executiva do "Bom Dia Rio Grande". Ainda na Record, um novo repórter é Ronaldo Rempel, estreante em Porto Alegre e iniciado na TV Univates de Lajeado. Do ano passado até o começo deste, ele rodou em períodos curtos por RBS TV em Lajeado, RIC TV em Joinville e TVCI em Paranaguá.

Direto da redação Passou a ser feito o "Band Cidade", apresentado por Sérgio Stock. A previsão do tempo, com Gabriela Lerina, ganhou artes padronizadas com as exibidas nos noticiários da rede. Já Sérgio Boaz passou a ser o novo colunista de futebol. Ele e os outros comentaristas fazem suas aparições ao lado do telão do cenário do "Band Mulher".

Sai uma, entra outro Mudanças feitas pelo SBT: saiu Edieni Ferigollo após 10 anos em segunda passagem, na qual foi repórter e apresentadora do "SBT Rio Grande Manhã" e do "SBT Rio Grande: 2ª Edição", no qual foi substituída interinamente por Bruna Ostermann; e chega Felipe Vieira, que estreará na próxima segunda-feira à frente do noticiário noturno, para tanto saindo da TVU após dois anos - ele continuará no matinal "Agora" na Rádio Guaíba.

Campeão de audiência É o "RBS Notícias" como jornal noturno local da Rede Globo mais assistido entre 12 e 17 do mês passado, registrando 33,3 pontos de média em Porto Alegre. Li no NaTelinha que o noticiário da RBS TV foi mais visto que o "NETV: 2ª Edição", com 31,1 pontos para a Globo Nordeste no Recife, e o "NSC Notícias", com 30,1 pontos em Florianópolis.

Luto na música Morreu em 4 de abril, aos 89 anos, Norberto Baldauf, músico que liderou por mais de cinco décadas um conjunto que levava seu nome, o qual fez parceria com Elis Regina no início de sua carreira.

SINTONIA PB: JORNALISMO E COMUNICAÇÃO PELO BRASIL

Rio de Janeiro O SBT demitiu a repórter Melissa Munhoz depois de um vídeo publicado nas redes sociais, no qual ela aparece xingando um guarda municipal de diversos impropérios e batendo no celular dele. Enquanto isso, li no Flávio Ricco que a TV Bandeirantes demitiu a repórter Mônica Puga após 7 anos e que reestreou o tradicional programa "Deles & Delas", apresentado por Leleco Barbosa, à 1h de domingo para segunda. Já Mariana Gross, que havia prometido vestir rubro-negro no "RJTV: 1ª Edição" da Globo em 15 de março caso o Flamengo derrotasse o Emelec (o que aconteceu), não o fez em sinal de respeito ao luto causado pelo assassinato da vereadora Marielle Franco.

São Paulo Ex-apresentador da Rádio Bandeirantes, Francisco Prado voltou ao microfone na reportagem da CBN. Já na TV Globo, César Tralli transitou da alegria para a tristeza: alegria por ele e Carlos Tramontina serem homenageados numa festa de aniversário de um guri de 2 anos, cujo tema foi justamente o "SPTV" em suas duas edições; e tristeza pela morte de sua irmã Gabriela, de 40 anos, portadora de uma síndrome rara que causava deficiência intelectual. No interior, a TV Fronteira (Globo) trocou o "SPTV" pela volta do "Fronteira Notícias" nas duas edições.

Minas Gerais Li no Observatório da Televisão que Flávia Scalzo deixou a Record após 12 anos como repórter e apresentadora de jornais locais para morar em Portugal com a família.

Santa Catarina Em Florianópolis, o "SBT Meio-Dia" passou a ter uma dupla de apresentadores com Ildiane Geiser ganhando a companhia de Fernando Machado, que permanece no noturno "SBT News". Já em Blumenau, Adriana Krauss passou a apresentar o "Jornal do Almoço" na NSC local, visto que o antecessor Joelson dos Santos foi demitido.

Bahia Acontecerá na próxima segunda a estreia de Jéssica Smetak na Record Itapoan, apresentando o "Bahia no Ar" às 7h20. A ex-apresentadora da TV Bahia sucederá a interina Laís Cavalcante, que substituiu a antiga titular Jéssica Senra, que saiu para assinar com a afiliada da Globo. Já a TV Bandeirantes passou a se chamar Band Nordeste pois será a geradora da programação da rede para toda a região.

Ceará Morreu em 20 de março Miguel Dias, presidente do Grupo Cidade, de infarto fulminante aos 66 anos. Ele respondia pela TV Cidade de Fortaleza, afiliada da Record desde 1997 e do SBT nos 10 anos anteriores.

Sergipe Cancelado o "TV Atalaia Entrevista" pela afiliada da Record depois da péssima repercussão da divulgação, pelo apresentador Carlos Batalha, de notícias falsas difundidas na internet sobre a assassinada vereadora carioca Marielle Franco.

Goiás Uma gafe marcou o "Jornal Anhanguera: 1ª Edição" de Itumbiara no último dia 2. Por três vezes, o apresentador e gerente jornalístico Ricardo Bagnete teve chamada a atenção sobre estar no ar. Quando se tocou disso, enrolou que estava "conferindo as últimas informações para você".

SINTONIA PB: JORNALISMO E COMUNICAÇÃO NACIONAIS

Agressões a jornalistas Foram muitas durante a cobertura da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Alguns dos profissionais alvos de violências físicas e/ou morais foram Roberto Kovalick (TV Globo), Sônia Blota, Joana Treptow (ambas TV Bandeirantes), Bruna Barboza (Rádio Bandeirantes) e Gabriela Mayer (BandNews FM), além de equipes e veículos de SBT, RedeTV! e Correio Braziliense, entre outros.

Novo colunista William Waack no jornal O Estado de S.Paulo, onde passa a escrever todas as semanas. Ele também estreou no dia 13 o programa de debates "Painel WW" na AllTV via internet.

Duração ampliada A do "Jornal da CBN", quando passou a ir não mais até 9h30 e sim até 10h, tendo agora 4 horas de duração. Outra novidade é Gerson Camarotti comentando assuntos políticos das 7h às 8h. A equipe de colunistas ganhou o reforço de Marcelo Tas às quartas-feiras.

Saída desmentida A de Roberto Canázio da Rádio Globo. Léo Dias noticiou isso e foi desmentido pelo apresentador, que foi substituído por Helen Braun na "Revista Rádio Globo" do domingo de Páscoa, quando ele preferiu ficar com a família no Rio de Janeiro ao invés de comunicar direto de São Paulo, onde algumas atrações foram feitas devido à mudança da sede carioca do Sistema Globo de Rádio naquele fim de semana.

Saída confirmada A de Olívia Nunes da Somar Meteorologia após quase 11 anos. Sua voz era escutada em boletins nacionais na BandNews FM e também nas rádios Bandeirantes de São Paulo e Porto Alegre, além de eventuais participações como entrevistada em TVs como Record e Bandeirantes.

Nova apresentadora No "Jornal da Cultura": Joyce Ribeiro, que estava fora do ar desde que saíra do SBT 1 ano e 3 meses antes. Ela substituiu Willian Corrêa, que foi trabalhar na África.

Campeão de audiência Foi o "Roda Viva" que teve Sérgio Moro como último entrevistado de Augusto Nunes no dia 26 do mês passado. Os 3,8 pontos de média com 4,6 de pico e 6,3% de participação em São Paulo renderam o maior índice do semanal da TV Cultura no século 21, superando os 2,4 pontos das edições com Marta Suplicy em 2000 e Aécio Neves em 2014. Depois disso, a apresentação passou a ser de Ricardo Lessa, ex-GloboNews.

Contrato renovado Da Rachel Sheherazade com o SBT, no qual apresenta desde 2011 o "SBT Brasil".

Agora é com eles Leio no Flávio Ricco que dois parceiros constantes de José Luiz seguirão com ele no "Agora é com Datena", que estreará no dia 22 na TV Bandeirantes: Bruna Drews, repórter do "Brasil Urgente"; e Agostinho Teixeira, co-apresentador do "90 Minutos" na Rádio Bandeirantes e que fará reportagens sem exibição de sua imagem. Datenão ainda não se despediu oficialmente do "Brasil Urgente" e ficou alguns dias fora de combate se recuperando de um desmaio na lanchonete da Band, no qual quebrou duas costelas.

Interrupção divina O "Brasil Urgente" passou a ter uma oração de 5 minutos feita por R. R. Soares às 18h, em mais um espaço comprado pelo missionário na programação da TV Bandeirantes.

Repórter demitida Leio no Flávio Ricco que Letícia Gil deixou a Record após mais de uma década. Ultimamente, ela estava no "Domingo Show".

Substituição mundialista Leio no Flávio Ricco que, enquanto Sandra Annenberg estiver na Rússia durante a Copa do Mundo, Michelle Loreto apresentará o "Como Será?" nos sábados da TV Globo.

Carreira encerrada A do repórter Antônio Carlos Ferreira, que deixou a TV Globo após 3 décadas e meia em três passagens, intercaladas por trabalhos de períodos curtos na Cultura e duas vezes no SBT. Tonico está com 70 anos e se dedicará à família e a atividades pessoais.

Cuidado com o que se fala Recado dado pelo diretor geral jornalístico Ali Kamel aos seus comandados na TV Globo: não expressar publicamente preferências políticas e partidárias por isso causar danos à imagem da emissora. A advertência ocorreu devido a comentários feitos no Whatsapp (e vazados sabe-se lá por quem) por Chico Pinheiro, que atacou o juiz Sérgio Moro e criticou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Luto na TV Globo No dia 24 do mês passado, morreu aos 82 anos o jornalista Toninho Drummond, que dirigiu a Globo Brasília por 25 anos e criou o "Bom Dia Brasil" em 1983.

Novidade na GloboNews O canal confirmou uma notícia do Flávio Ricco e estreará em breve um novo jornal ao vivo, gerado de São Paulo das 7h às 9h. O veículo por assinatura também passa a reprisar nos fins de semana o "Conversa com Bial" com duas das cinco edições da semana, uma delas exibida no sábado e outra no domingo.

SINTONIA PB: TV, CINEMA, MÚSICA E DEMAIS VARIEDADES

Publicação encerrada A da Playboy no Brasil, decretado seu fim pela atual responsável PBB Editora. Ultimamente a revista era lançada trimestralmente, sendo a derradeira edição a de verão no fim do ano passado.

Luto Morreu em 9 de abril Cátia Pedrosa, que tinha 53 anos e foi Miss Brasil Mundo em 1983 e depois atriz de "A Praça é Nossa", além de primeira esposa de Wagner Montes. Ela sofria de câncer no abdômen.

Mais luto Morreu em 22 de março Carlos Eduardo Miranda, aos 56 anos. Produtor musical que lançou bandas como Skank, O Rappa e Raimundos, foi jurado de vários programas do SBT, como "Ídolos", "Astros", "Qual é o Seu Talento?" e "Cante Se Puder", do qual uma edição foi reprisada em homenagem póstuma.

Novidade na manhã A TV Bandeirantes estreou "Superpoderosas", programa sobre o universo feminino com apresentação de Natália Leite das 9h50 às 11h.

Uns cumprem, outros não Promessas foram feitas por torcedores do Palmeiras caso ele perdesse o Paulistão pro Corinthians. Tatola Godas cumpriu a sua. O apresentador do "Encrenca", da RedeTV!, ficou de bunda de fora na entrada da Rádio 89 FM de São Paulo, onde faz o programa "Quem Não Faz Toma". Ratinho descumpriu a sua. Ele tiraria o bigode em seu programa no SBT, mas enrolou, enrolou e não o fez.

Da série "museu de grandes novidades" O SBT voltou a exibir o "Passa ou Repassa" aos domingos, com apresentação de Celso Portiolli dentro do "Domingo Legal".

Uma ótima notícia O ator Léo Rosa anunciou estar curado de um câncer.

Ponto final Os apresentadores Celso Zucatelli e Mariana Leão deixaram a RedeTV!. Ela ficou sem função na emissora desde o fim do "Melhor pra Você" e ele fez por poucas semanas o programa "Fala, Zuca", cuja meia hora foi destinada em duas metades para os também matinais "Você na TV" e "Edu Guedes e Você".

Você está demitido Roberto Justus disse isso inúmeras vezes ao apresentar "O Aprendiz" e, desta vez, a TV Record disse isso para ele, findando uma segunda passagem de 6 anos.

Decisão judicial Obriga a TV Record a exibir 16 programas em horário nobre, ao longo de 16 dias, com conteúdos positivos sobre as religiões afro-brasileiras, que foram atacadas em 2004 no quadro "Sessão de Descarrego", do programa religioso "Mistérios". Porém, a emissora ainda pode recorrer em tribunais superiores.

Absolvido Gustavo Corrêa pelo assassinato de Rodrigo de Pádua, fã de Ana Hickmann, há dois anos. O TJ/MG considerou que o cunhado da apresentadora do "Hoje em Dia", na TV Record, agiu em legítima defesa ao impedir que ela fosse morta pelo fã em um hotel em Belo Horizonte.

Edir Macedo na TV Globo Não em reportagens denuncistas desta vez. A Record comprou espaços comerciais na rival para divulgar nos intervalos a exibição nos cinemas de "Nada a Perder", a cinebiografia do líder da Igreja Universal.

A verdadeira maior ausência Os sites destacaram com alarde a ausência de Maíra Charken na comemoração dos 35 anos do "Vídeo Show", mas outra ex-apresentadora deveria ter seu absoluto esquecimento mencionado em matérias: Tássia Camargo, a primeira da atração da TV Globo. Nem em imagens de arquivo ela apareceu. Pura, mera e simples suposição: talvez as fortíssimas críticas dela à TV Globo por tê-la como adversária do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do PT tenham levado a isso.

Novela reprisada Será "Belíssima", confirmada pela TV Globo como próxima reprise do "Vale a Pena Ver de Novo", substituindo "Celebridade" a partir da primeira metade de junho.

Atriz renovada É Laura Cardoso, no ar em "O Outro Lado do Paraíso". Com 90 anos, ela permanecerá na TV Globo por mais 4.

Atrizes dispensadas Duas não são mais contratadas fixas da TV Globo: Giulia Gam, que dela era havia 30 anos, e Malu Mader, que ali estava há 35.

Como não amá-la? Além de competente atriz, atualmente sendo vista em "Orgulho e Paixão" na TV Globo, a lindíssima Nathália Dill mostrou ser fã de "Chapolin" ao publicar no Instagram um vídeo no qual levantou uma pedra de isopor em alusão ao famoso episódio dos aerolitos.

Novamente diário para São Paulo É "Chaves" no SBT, que voltou a passar a série não em faixa própria e sim dentro do "Bom Dia e Cia.".

Séries diferenciadas Mudança feita pela TV Globo às 4h15, de segunda a sexta. "Mentes Criminosas" segue no ar para Rio de Janeiro e maior parte da rede, enquanto São Paulo e algumas outras praças passaram a ver "The Flash" na reprise da 2ª temporada.

Luto nos Estados Unidos Morreram: em 24 de março, DuShon Monique Brown, aos 49 anos; e em 1º de abril, Steven Bochco, aos 74 anos. Ela atuou nas séries "Chicago Fire" e "Prison Break". Ele foi o criador de "Nova York Contra o Crime" e "Chumbo Grosso", entre outras séries, e venceu 10 Emmys.

Luto na França Morreu em 27 de março Stéphane Audran, atriz de filmes como "O Discreto Charme da Burguesia", "A Festa de Babette" e "As Corças". Ela tinha 85 anos.

Luto na música americana Morreu no último dia 10 a cantora Yvonne Staples, aos 81 anos, de câncer no cólon. Ela compôs o grupo Staples Singers, que emplacou em 1972 o temaço "I'll Take You There".

SINTONIA PB: DATAS EM 0 OU 5

Sexta (16/3) 65 anos de Isabelle Huppert, uma das melhores atrizes da França e da Europa, que ganhou o Globo de Ouro por "Elle", pelo qual foi indicada ao Oscar no ano passado.

Sábado (17/3) 80 anos do nascimento de Rudolf Nureyev, falecido em 1993 e um astro da dança russa em nível mundial; 25 anos da morte de Helen Hayes, atriz nascida em 1900 e uma das únicas 11 pessoas a vencer os quatro principais prêmios americanos de diversão (Emmy, Grammy, Tony e Oscar, este por "O Pecado de Madelon Claudet" e como coadjuvante por "Aeroporto"); 25 anos de Sérgio Malheiros, o Raí de "Da Cor do Pecado" na Globo e atualmente revisto como Léo em "Bicho do Mato" na Record; e 10 anos da estreia do "CQC - Custe o Que Custar", misto de humor e jornalismo exibido até 2015 pela TV Bandeirantes, com apresentadores e repórteres como Marcelo Tas, Marco Luque, Rafinha Bastos, Danilo Gentili, Felipe Andreoli, Rafael Cortez, Oscar Filho, Mônica Iozzi, Maurício Meirelles, Dan Stulbach e Dani Calabresa, entre outros.

Domingo (18/3) 55 anos de Júlia Lemmertz, atriz atualmente revista na Globo em "Celebridade" e ex-apresentadora da "Revista do Cinema Brasileiro" na TVE e no Canal Brasil; 35 anos do fim de "Sol de Verão", novela da Globo marcada pela morte de Jardel Filho; e 10 anos da morte de Anthony Minghella, cineasta nascido em 1954 e indicado ao Oscar de roteiro por "O Talentoso Ripley" e "O Paciente Inglês", pelo qual venceu como diretor.

Segunda (19/3) 90 anos do nascimento de Patrick McGoohan, falecido em 2009 e que atuou em filmes como "Coração Valente" e na série "O Prisioneiro", ganhando dois Emmy como convidado em série dramática por "Columbo"; 85 anos de Renée Taylor, a mamãe Sylvia de "Nanny" de 1993 a 1999; 65 anos do primeiro Oscar transmitido pela televisão (o melhor filme foi "O Maior Espetáculo da Terra"); 55 anos de Zezeh Barbosa, atriz das novelas escritas por Miguel Falabella e ex-repórter do "Vídeo Show"; 10 anos da morte de Arthur C. Clarke, escritor nascido em 1917 e autor do conto que originou o filme "2001 - Uma Odisseia no Espaço"; e 10 anos da morte de Paul Scofield, ator nascido em 1922 e Oscar por "O Homem Que Não Vendeu Sua Alma".

Terça (20/3) 75 anos de Darlene Glória, atriz de filmes como "Toda Nudez Será Castigada" e de novelas como "Véu de Noiva" e "O Bofe" na Globo; 60 anos de Edson Celulari, ator visto por último "Em A Força do Querer" e atualmente revisto em "Explode Coração", além de ex-marido de Cláudia Raia; 60 anos de Holly Hunter, Oscar de atriz por "O Piano" e indicada por "Nos Bastidores da Notícia" e como coadjuvante em "A Firma" e "Aos Treze", além de vista em "Arizona Nunca Mais" e "Além da Eternidade", sendo também vencedora do Emmy por "Roe x Wade" e "Vitória a Qualquer Preço"; 35 anos do "Vídeo Show", programa da Globo exibido inicialmente aos domingos e migrado em 1987 para os sábados e em 1994 para de segunda a sexta, inicialmente apresentado por Tássia Camargo e depois por nomes como Marcelo Tas, Miguel Falabella, André Marques, Ana Furtado, Zeca Camargo e Mônica Iozzi, entre outros, além dos atuais Otaviano Costa e Sophia Abrahão; 35 anos da estreia de "Batalha dos Astros", jogo de perguntas e respostas apresentado por Luiz Carlos Miéle nos domingos da Globo; 20 anos do fim do "Verdade", noticiário da TV Manchete substituído no fim de noite pelo "Jornal da Manchete: 2ª Edição" e que teve entre seus apresentadores Marcos Hummel e Ronaldo Rosas; e 5 anos do último "Jornal da Record" apresentado por Ana Paula Padrão, que se despediu após 4 anos de dupla com Celso Freitas e 13 anos de bancada no telejornalismo diário somados os períodos de Globo, SBT e Record.

Quarta (21/3) 75 anos de Renato Machado, atual integrante do "Globo Repórter", ex-correspondente e ex-apresentador de "Jornal da Globo", "Jornal Nacional" e "Bom Dia Brasil", além de ter uma passagem pela TV Manchete; 60 anos de Gary Oldman, Oscar de ator por "O Destino de uma Nação" e indicado por "O Espião que Sabia Demais", além de visto também em "Drácula de Bram Stoker", três filmes da saga "Harry Potter" e dois de "Batman: o Cavaleiro das Trevas"; 55 anos do fechamento de Alcatraz, a prisão de segurança máxima que originou o filme estrelado por Clint Eastwood; 55 anos de Eduardo Grillo, que foi apresentador da GloboNews de 1996 até 2015, passando por praticamente todos os noticiários do canal; 55 anos de Mônica, principal personagem animada de Maurício de Sousa e inspirada em sua filha de mesmo nome e mesma geração.

Quinta (22/3) 95 anos do nascimento de Marcel Marceau, popularíssimo mímico francês falecido em 2007; 70 anos de Inri Cristo, que apareceu inúmeras vezes em diversos programas de tudo quanto é canal e que afirma ser a reencarnação de Jesus Cristo; 35 anos de Rodrigo Orengo, apresentador da BandNews FM e da TV Band em Brasília e ex-rádios Gaúcha e Bandeirantes em Porto Alegre; 20 anos da morte de Brandão Filho, humorista nascido em 1910 e atuante em "Balança Mas Não Cai", "A Grande Família" e "Escolinha do Professor Raimundo"; e 20 anos da morte de Moraes Sarmento, nascido em 1922 e ex-apresentador de diversas emissoras paulistas, mais notadamente da Rádio Bandeirantes de 1958 a meados dos anos 80, em programas como o que levava seu nome e o "Almoço à Brasileira", e da TV Cultura, na qual estreou em 1980 o "Viola, Minha Viola".

Sexta (23/3) 40 anos de Nicholle Tom, atriz que fez Maggie Sheffield em "Nanny" de 1993 a 1999; e 20 anos do "Magdalena Manchete Verdade", tele-barraco de vida curta com apresentação de Magdalena Bonfiglioli na Rede Manchete, que nitidamente pegou carona no sucesso da Márcia no SBT.

Sábado (24/3) 45 anos de Jim Parsons, o Sheldon de "Big Bang: a Teoria" desde 2007 e vencedor de quatro Emmys e um Globo de Ouro como ator em série de comédia; 15 anos da estreia de "Agora é que São Elas", novela de Ricardo Linhares que passou na Globo às 18h; 10 anos da morte de Richard Widmark, nascido em 1914 e indicado ao Oscar de coadjuvante por "O Beijo da Morte"; 5 anos da morte de Marcos Bassi, chef nascido em 1948 e especialista em carnes, assunto do qual falava em coluna semanal na Rádio Bandeirantes na época em que faleceu; e 5 anos da estreia de "Menino de Ouro", programa do SBT que visava descobrir um novo talento do futebol e que teve Karina Bacchi como repórter e Paulo Sérgio, Zetti e Edmílson como treinadores.

Domingo (25/3) 110 anos do nascimento de David Lean, cineasta falecido em 1991 e Oscar de diretor por "A Ponte do Rio Kwai" e "Lawrence da Arábia", sendo indicado também por "Desencanto", "Grandes Esperanças", "Quando o Coração Floresce", "Dr. Jivago" e "Passagem Para a Índia"; 95 anos do nascimento de Costinha, falecido em 1995 e humorista de programas nas TVs Excelsior, Tupi, Manchete, SBT, Bandeirantes e Globo, na qual se destacou na "Escolinha do Professor Raimundo"; 75 anos de Paul Michael Glaser, que fez entre 1975 e 1979 o Starsky da série "Justiça em Dobro"; 70 anos de Bonnie Bedelia, atriz que fez a esposa de Bruce Willis na saga "Duro de Matar"; 50 anos de Carla Pompílio, dubladora de atrizes como Marcia Cross em "Desperate Housewives" e Khandi Alexander em "CSI: Miami", além de Robin Wright e Vivica A. Fox, entre outras; 50 anos do fim de "Os Monkees", série que durou duas temporadas; e 30 anos do lançamento de "Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos", comédia de Pedro Almodóvar que foi indicada ao Oscar de filme estrangeiro.

Segunda (26/3) 85 anos de Tinto Brass, diretor do polêmico e extremamente erótico "Calígula", filme de 1979 que chegou a ter sua exibição na Rede OM proibida em 1992; 75 anos de Bob Woodward, jornalista co-responsável com Carl Bernstein pelo caso Watergate, o que foi retratado no filme "Todos os Homens do Presidente"; 45 anos da estreia de "Mulheres de Areia", novela de Ivani Ribeiro na TV Tupi e que foi estrelada por Eva Wilma; 45 anos da estreia de "A Volta de Beto Rockfeller", continuação da novela feita 5 anos antes na Tupi por Cassiano Gabus Mendes e Bráulio Pedroso, com Luiz Gustavo como personagem-título; 45 anos da morte de Noel Coward, dramaturgo nascido em 1899 e vencedor de um Oscar especial pela contribuição para o esforço de guerra com "Nosso Barco, Nossa Vida"; 45 anos de T. R. Knight, o dr. O'Malley de "Grey's Anatomy"; 15 anos do Miss Brasil vencido por Gislaine Ferreira, que representou Tocantins e que hoje faz a previsão do tempo na Globo Minas; e 5 anos da volta de Adriana Araújo à apresentação do "Jornal da Record".

Terça (27/3) 95 anos do nascimento de Borges de Barros, falecido em 2007 e que atuou como Caro Colega na "Praça é Nossa", mas principalmente como dublador do Moe em "Os Três Patetas" e do Dr. Smith em "Perdidos no Espaço"; 55 anos de Xuxa Meneghel, cantora e apresentadora da Manchete de 1983 a 1985, da Globo de 1986 a 2015 e da Record desde então, além de atuante em filmes como "Amor, Estranho Amor" e "A Princesa Xuxa e os Trapalhões"; 55 anos de Quentin Tarantino, diretor de "Cães de Aluguel" e "Kill Bill", além de vencedor do Oscar de roteiro original por "Tempo de Violência" e "Django Livre"; 45 anos do Oscar de ator por "O Poderoso Chefão" recusado por Marlon Brando, que protestou pela falta de índios americanos em papeis de destaque na TV e no cinema americanos; 35 anos de Thaís Dias, apresentadora da Rádio BandNews FM e da TV Bandeirantes do Rio de Janeiro; e 35 anos de João Vicente de Castro, um dos idealizadores da Porta dos Fundos.

Quarta (28/3) 75 anos de Rogério Mendelski, apresentador do "Bom Dia" e do "Classe Especial" na Rádio Guaíba desde 2007 e ex-rádios Gaúcha e Pampa, além de ex-RBS TV, TVCOM, Correio do Povo e sucursal de O Estado de S.Paulo; 75 anos de Conchata Ferrell, que fez de 2003 a 2015 a Berta de "Dois Homens e Meio"; 70 anos de Dianne Wiest, atriz Oscar de coadjuvante por "Hannah e Suas Irmãs" e "Tiros na Broadway", além de indicada por "O Tiro que Não Saiu Pela Culatra"; 35 anos da estreia de "Pão Pão, Beijo Beijo", novela de Walther Negrão na Globo e estrelada por Elizabeth Savalla e Cláudio Marzo; 30 anos da estreia de "Fera Radical", novela de Walther Negrão na Globo e estrelada por Malu Mader e Yara Amaral; 25 anos de Juliana Paiva, atriz de "Malhação" (20º ano), "Totalmente Demais" e "A Força do Querer"; e 5 anos da morte de Richard Griffiths, nascido em 1947 e que fez Valter Dursley em cinco filmes da saga "Harry Potter" de 2001 a 2010.

Quinta (29/3) 75 anos de Eric Idle, um dos membros do Monty Python e comediante de filmes como "As Aventuras do Barão de Munchausen" e "Gasparzinho, o Fantasminha Camarada"; 60 anos de Pedro Bial, apresentador do "Conversa com Bial" na TV Globo e seu profissional desde 1983, sendo repórter, correspondente estrangeiro e apresentador de programas como "Fantástico", "Big Brother Brasil" e "Na Moral"; 55 anos da estreia de "Os Pássaros", mítico suspense de Alfred Hitchcock e estrelado por Tippi Hedren; 55 anos da estreia de "O Leopardo", filme de Luchino Visconti e estrelado por Burt Lancaster e Claudia Cardinale; 50 anos de Lucy Lawless, que fez de 1995 a 2001 a princesa guerreira "Xena" na série homônima e em "Hércules"; 35 anos de Vanessa Giácomo, atriz de novelas como "Cabocla", "Paraíso", "Amor à Vida", "A Regra do Jogo" e "Pega Pega"; 25 anos da estreia de "O Mapa da Mina", última novela da carreira de Cassiano Gabus Mendes e primeira de Carolina Ferraz na Globo; 20 anos de "Felicity", série estrelada por Keri Russell por 4 temporadas; 20 anos da morte de Paulo Ubiratan, nascido em 1947 e diretor de novelas globais como "Roque Santeiro", "Tieta" e "Por Amor".

Sexta (30/3) 50 anos de Deise Nunes, primeira Miss Brasil negra; 45 anos do fim de "Missão Impossível", série estreada em 1966; 30 anos da estreia de "Os Fantasmas Se Divertem", filme de Tim Burton e estrelado por Michael Keaton, vencedor do Oscar de maquiagem; 20 anos das estreias na TV Globo de Fátima Bernardes no "Jornal Nacional", do qual saiu em 2011, e de Sandra Annenberg no "Jornal Hoje", no qual ficou até o ano seguinte para retornar em 2003; e 20 anos de "Era uma Vez...", novela de Walther Negrão na TV Globo.

Sábado (31/3) 100 anos do nascimento de Ted Post, falecido em 2013 e diretor de filmes como "Magnum 44" e "De Volta ao Planeta dos Macacos"; 70 anos de Rhea Perlman, 4 vezes vencedora do Emmy de coadjuvante pela série "Cheers"; 55 anos de Paul Mercurio, protagonista do filme "Vem Dançar Comigo"; 25 anos da morte de Brandon Lee, nascido em 1965 e que morreu ao ser atingido por bala de verdade durante as filmagens de "O Corvo", tal qual ocorrera com o pai Bruce Lee nas filmagens de "O Jogo da Morte"; 20 anos da estreia de "Dona Flor e Seus Dois Maridos", minissérie de Dias Gomes na TV Globo e estrelada por Giulia Gam, Edson Celulari e Marco Nanini; e 10 anos da morte de Jules Dassin, nascido em 1911 e diretor de "Nunca aos Domingos".

Domingo (1/4) 65 anos de Barry Sonnenfeld, diretor dos dois "A Família Addams" e dos três "Homens de Preto".

Segunda (2/4) 110 anos do nascimento de Buddy Ebsen, falecido em 2003 e que estrelou as séries "A Família Buscapé" de 1962 a 1971 como Jed Clampett e "Barnaby Jones" de 1973 a 1980 como o personagem-título; 50 anos da estreia de "2001: Uma Odisseia no Espaço", ficção científica clássica dirigida por Stanley Kubrick e baseada em conto de Arthur C. Clarke, que dividiu o roteiro com ele; 45 anos da estreia de "Globo Cor Especial", sessão de desenhos exibida por 10 anos; 45 anos da estreia de "Satiricom", humorístico da TV Globo exibido até 1975 e estrelado por Agildo Ribeiro e Jô Soares; 45 anos de Roselyn Sánchez, atriz de filmes como "A Hora do Rush 2" e "Cruzeiro das Loucas", além de ser Elena Delgado de 2005 a 2009 na série "Desaparecidos"; 45 anos de "O Pulo do Gato", matinal apresentado na Rádio Bandeirantes de São Paulo por José Paulo de Andrade; 45 anos de Mariana Kotscho, apresentadora desde 2009 do "Papo de Mãe" hoje na TV Cultura e antes na TV Brasil, além de ex-repórter de SBT, Globo e Record; 40 anos da estreia de "Dallas", série estrelada até 1991 por Larry Hagman e Patrick Duffy; 20 anos da estreia de "Mulher", série exibida na TV Globo por duas temporadas e estrelada por Patrícia Pillar e Eva Wilma; e 5 anos da morte de Milo O'Shea, nascido em 1926 e que interpretou o vilão Durand Durand em "Barbarella", deste personagem sendo extraído o nome da banda Duran Duran.

Terça (3/4) 75 anos de Jonathan Lynn, diretor de filmes como "Os Sete Suspeitos", "Meu Primo Vinny" e "Meu Vizinho Mafioso"; 60 anos de Alec Baldwin, indicado ao Oscar de coadjuvante por "Quebrando a Banca" e ex-marido de Kim Basinger, com quem fez "Uma Loira em Minha Vida" e "A Fuga", além de vencedor de três Emmy, sendo dois pelo Jack Donaghy de "Um Maluco na TV" e outro por interpretar Donald Trump no "Saturday Night Live"; 45 anos do "Globo Repórter", jornalístico semanal apresentado atualmente por Sérgio Chapelin e que já foi feito por Berto Filho e Celso Freitas, sem contar os apresentadores eventuais; 45 anos do nascimento de Sabotage, rapper assassinado em 2003 e um símbolo da periferia da Zona Sul de São Paulo.

Quarta (4/4) 90 anos de Estelle Harris, que fez Estelle Costanza em "Seinfeld"; 50 anos da morte de Assis Chateaubriand, nascido em 1892 e magnata das comunicações, sendo dono dos Diários Associados e fundador da Tupi, a primeira emissora de televisão do Brasil; 50 anos de "Um Convidado Bem Trapalhão", comédia de Blake Edwards e estrelada por Peter Sellers; 35 anos da morte de Gloria Swanson, nascida em 1897 e atriz de "Crepúsculo dos Deuses"; 35 anos de Amanda Righetti, a Grace van Pelt da série "O Mentalista"; 30 anos do "Metrópolis", revista sobre cultura e artes da TV Cultura, atualmente apresentada por Cunha Jr.; e 5 anos da morte de Roger Ebert, nascido em 1942 e célebre crítico de cinema americano.

Quinta (5/4) 110 anos do nascimento de Bette Davis, falecida em 1989 e Oscar de atriz por "Perigosa" e "Jezebel", além de indicada por "Servidão Humana", "Vitória Amarga", "A Carta", "Pérfida", "A Estranha Passageira", "Vaidosa", "A Malvada", "Lágrimas Amargas" e "O Que Terá Acontecido a Baby Jane?"; 85 anos do nascimento de Frank Gorshin, falecido em 2005 e que fez Charada no "Batman" sessentista; 80 anos do nascimento de Marly Marley, falecida em 2014 e que foi jurada do "Programa Raul Gil" e esposa do humorista Ary Toledo; 80 anos do nascimento de Rodolfo Konder, falecido em 2014 e ex-apresentador do "Roda Viva" na TV Cultura; 40 anos da estreia de "Menina Bonita", filme de Louis Malle e primeiro de Hollywood ao mostrar uma adolescente nua - Brooke Shields, a personagem-título; 30 anos da estreia de "TV Pirata", célebre humorístico da TV Globo exibido até 1990 e retomado em 1992, criado por Guel Arraes e Cláudio Paiva; 30 anos da estreia de "O Pagador de Promessas", minissérie da TV Globo adaptada por Dias Gomes com base na sua peça teatral e estrelada por José Mayer; 30 anos de Daniela Luján, atriz de novelas mexicanas como "Luz Clarita" e "O Diário de Daniela"; 20 anos do Extra, jornal popular das Organizações Globo no Rio de Janeiro; 10 anos da morte de Charlton Heston, nascido em 1923 e Oscar de ator por "Ben-Hur", além de atuar em "O Maior Espetáculo da Terra", "Os Dez Mandamentos", "El Cid", "O Planeta dos Macacos" e "Terremoto"; e 5 anos do último "Bom Dia São Paulo" apresentado por Carla Vilhena, que sucedeu Mariana Godoy em 2010 e foi sucedida por Rodrigo Bocardi no jornal da TV Globo.

Sexta (6/4) 95 anos do nascimento de Cláudio Abramo, falecido em 1987 e jornalista responsável por mudanças fundamentais no Estado de S.Paulo e na Folha de S.Paulo; 85 anos do nascimento de Goulart de Andrade, falecido em 2016 e apresentador do "Comando da Madrugada", do "Vem Comigo" e de outros programas nas TVs Globo, Gazeta, Record, Bandeirantes, SBT, Manchete, Record e Record News; e 10 anos da estreia de "Faça Sua História", série estrelada em temporada única por Vladimir Brichta na TV Globo.

Sábado (7/4) 90 anos do nascimento de Alan J. Pakula, falecido em 1998 e indicado ao Oscar de produtor por "O Sol é Para Todos", de diretor por "Todos os Homens do Presidente" e de roteiro adaptado por "A Escolha de Sofia"; 90 anos do nascimento de James Garner, falecido em 2014 e ator de filmes como "Victor ou Victoria", além de fazer as séries "Maverick" de 1957 a 1962, "Arquivo Confidencial" de 1974 a 1980 e "8 Simples Regrinhas" de 2003 a 2005; 85 anos do lançamento de "King Kong", clássico da aventura e do terror; 60 anos do nascimento de Décio Roberto, falecido em 1991 e intérprete do Bozo no SBT de 1984 até o cancelamento do programa no mesmo ano em que morreria; 45 anos de Roger Gobeth, ator da Record desde 2006 e recentemente revisto na reprise de "Os Dez Mandamentos" e visto em inédito por último em "O Rico e Lázaro"; e 10 anos do prêmio Pulitzer concedido a Bob Dylan pelo impacto de suas composições na cultura e na música popular americana.

Domingo (8/4) 95 anos do nascimento de Edward Mulhare, ator falecido em 1997 e que foi Devon Miles na "Super Máquina" de 1982 a 1986; 55 anos de Zeca Camargo, apresentador do "É de Casa" na TV Globo, na qual já fez "Vídeo Show", "O Jogo", "Hipertensão", "No Limite" e "Fantástico", antes sendo apresentador da MTV; 50 anos de Patricia Arquette, atriz vencedora do Oscar de coadjuvante por "Da Infância à Juventude" e do Emmy em série dramática por "A Paranormal"; 45 anos da morte de Pablo Picasso, histórico pintor nascido em 1881; 35 anos de Marta Gomes, que faz "A Hora da Venenosa" no "Balanço Geral SC" da RIC TV, na qual já apresentou o "SC no Ar", antes disso passando por SBT SC e RBS TV de Pelotas; 5 anos da estreia de "Você na TV", programa da RedeTV! com segredos inacreditáveis revelados por João Kléber, inicialmente exibido até 2016 para ser retomado no ano passado; e 5 anos da morte de Margaret Thatcher, ex-primeira-ministra do Reino Unido e que foi interpretada por Meryl Streep em "A Dama de Ferro", pelo qual venceu o Oscar de atriz.

Segunda (9/4) 105 anos do falecimento de Caldas Júnior, jornalista e empresário nascido em 1868 e que fundou em 1895 o jornal Correio do Povo, embrião do grupo que também tem a Rádio Guaíba e a extinta TV2 Guaíba (atual TV Record/RS); 95 anos do nascimento de Bruno Kiefer, compositor e musicólogo falecido em 1987 que dá nome a um teatro na Casa de Cultura Mário Quintana em Porto Alegre; 85 anos de Jean-Paul Belmondo, ator de filmes como "O Acossado", "O Magnífico", "O Animal", "O Ás dos Ases" e "Os Miseráveis"; 75 anos de David Cardoso, ator da novela global "O Homem Proibido" e marcante ator de inúmeras pornochanchadas; e 40 anos de Sabrina Thomazi, jornalista da BandNews FM de Porto Alegre e ex-Rádio Gaúcha, TVCOM e FM Cultura.

Terça (10/4) 30 anos de Haley Joel Osment, indicado ao Oscar de ator coadjuvante por "O Sexto Sentido"; 20 anos de "Cidade dos Anjos", filme de Brad Silberling e estrelado por Nicolas Cage e Meg Ryan, uma refilmagem do alemão "Asas do Desejo"; e 20 anos do lançamento de "Meu Melhor Inimigo", filme de Howard Deutch com Jack Lemmon e Walter Matthau, uma tardia continuação de "Um Estranho Casal".

Quarta (11/4) 45 anos de Jennifer Esposito, atriz das séries "Limpando a Barra" e "Samantha Who?"; 35 anos de "Louco Amor", novela da TV Globo escrita por Gilberto Braga e estrelada por Fábio Júnior, Tereza Rachel e Bruna Lombardi; e 35 anos da morte de Dolores del Río, nascida em 1904 e atriz de "Voando Para o Rio".

Quinta (12/4) 95 anos do nascimento de Ann Miller, falecida em 2004 e atriz de filmes como "Do Mundo Nada Se Leva", "Um Dia em Nova York" e "Desfile de Páscoa"; 60 anos de Artur Chagas, locutor noticiarista da Rádio Gaúcha desde 2013, mas atuante na emissora há 23 anos; e 60 anos de Carlos Alberto Ferreira, diretor de comunicação do Avaí e coordenador de jornalismo e esporte da Rádio CBN/Diário de 1995 a 2016.

Sexta (13/4) 95 anos do nascimento de Don Adams, falecido em 2005 e que protagonizou "Agente 86" de 1965 a 1970 como Maxwell Smart; 65 anos de Ricardo Schnetzer, locutor da Rádio JB FM e um dos principais dubladores brasileiros, sendo dele a voz de atores como Nicolas Cage, Richard Gere, Tom Cruise, Al Pacino, John Cusack e Patrick Swayze; e 55 anos de Ricardo Feltrin, autor da coluna "Ooops!" no UOL TV e Famosos.

Sábado (14/4) 50 anos de Anthony Michael Hall, ator da série "O Vidente" de 2002 a 2007 e dos filmes "Férias Frustradas", "Mulher Nota 1000" e "Johnny Bom de Transa"; 45 anos de Adrien Brody, ator vencedor do Oscar por "O Pianista"; 35 anos de Wagner Santisteban, ator das séries "Sandy & Júnior" e "Prata da Casa"; 30 anos de Nadiara Pereira, meteorologista que apresentou boletins do tempo em Canal Rural e TVs Cultura e Record; e 10 anos da estreia de Boris Casoy no "Jornal da Noite" da TV Bandeirantes, da qual saiu em 2016.

Domingo (15/4) 85 anos do nascimento de Elizabeth Montgomery, atriz falecida em 1995 e que fez Samantha de 1964 a 1972 na série "A Feiticeira"; 80 anos de Claudia Cardinale, atriz de filmes como "O Leopardo", "Fellini 8 e Meio" e "Era uma Vez no Oeste"; 55 anos de Jacqueline Meirelles, ex-cantora da banda Graffitte e Miss Brasil em 1987; 40 anos do último programa "O Trabuco" na Rádio Bandeirantes de São Paulo, extinto após 16 anos devido à morte do apresentador Vicente Leporace no dia seguinte; 35 anos de Alice Braga, sobrinha de Sônia Braga e atriz de filmes como "Cidade de Deus", "Cidade Baixa" e "Ensaio Sobre a Cegueira"; 10 anos da morte de Renata Fronzi, atriz nascida em 1925 e que fez Helena em "Família Trapo" e "Bronco"; e 5 anos da morte de Cleyde Yáconis, atriz de dezenas de produções televisivas, entre elas as novelas "Torre de Babel" e "Passione".

CLIPE DO DIA: DATAS EM 0 OU 5

Sexta (16/3) 35 anos de "Burning Bridges", disco do Naked Eyes que traz aqui "Always Something There To Remind Me", que esteve na trilha internacional da novela global "Guerra dos Sexos".

Sábado (17/3) 45 anos de Caroline Corr, baterista do The Corrs, no qual toca às vezes piano e bodhran. Um tema com sua presença destacada é "Radio", lançada no acústico de 2000.

Domingo (18/3) 55 anos de Vanessa Williams, atriz das séries "Ugly Betty" e "Desperate Housewives", além de cantora de sucessos como "Love Is", dueto aqui com Brian McKnight que completou 25 anos dois dias antes; e 50 anos de Sarajane, cantora que ficou popular em 1987 com a sacolejante "A Roda".

Segunda (19/3) 15 anos da morte de Francisco Carlos, cantor nascido em 1928 e que teve entre seus principais momentos "Quem Dá aos Pobres", cantada em 1952 no filme "Carnaval Atlântida".

Terça (20/3) 5 anos da morte de Emílio Santiago, cantor nascido em 1946 e que gravou "Tudo Que Se Quer" com Verônica Sabino em 1989 para ser uma das trilhas da novela "Tieta".

Quarta (21/3) 15 anos de "Innocent Eyes", disco de Deltra Goodrem, que aqui no Brasil teve como música mais conhecida a aqui conferida "Born To Try", trilha da atualmente reprisada novela "Celebridade".

Quinta (22/3) 70 anos de Andrew Lloyd Weber, produtor de clássicos da Broadway, como "Jesus Cristo Superstar", "Evita", "Cats" e "O Fantasma da Ópera", do qual Michael Crawford cantou "Music of the Night" em 1991 no Tony, premiação da qual foi vencedor em 7 oportunidades; 55 anos de "Please, Please Me", disco dos Beatles que teve aqui a faixa-título e também temaços como "Anna (Go To Him)" e os inesquecíveis "Love Me Do" e "Twist and Shout"; e 55 anos de Susan Ann Sulley, uma das vozes femininas da Human League e que entoou em dupla com a principal de Philip Oakey sucessos como "Don't You Want Me", de 1982.

Sexta (23/3) 65 anos de Chaka Khan, cantoraça de clássicos como "I'm Every Woman", "I Feel For You", "Through The Fire" e "Ain't Nobody", lançada em 1983 e que foi trilha do filme "Breakdance"; 50 anos de "Dionne Warwick in Valley of the Dolls", disco que incluiu aqui "Do You Know The Way To San Jose", regravada 30 anos depois pela cantora em dupla com Celia Cruz; 40 anos de "Kaya", disco de Bob Marley & The Wailers que nos deu aqui "Is This Love"; e 35 anos de "Eliminator", disco do ZZ Top que apresentou aqui "Gimme All Your Loving".

Sábado (24/3) 80 anos de Ellen de Lima, cantora conhecida pela "Canção das Misses", tema do Miss Brasil, o qual ela entoou no evento de 2004 ao lado de diversas campeãs no palco, dentre elas as futuras jornalistas televisivas Flávia Cavalcante e Renata Fan; e 15 anos de "Home", disco do Simply Red que trouxe aqui"You Make Me Feel Brand Me New", que foi trilha da novela "Celebridade" e é regravação dos Stylistics.

Domingo (25/3) 65 anos de Luiz Carlos Borges, cantor nativista curtido aqui com "Coração de Gaiteiro"; 55 anos de "Surfin' USA", disco dos Beach Boys que apresenta aqui a faixa-título; 35 anos da estreia do memorável movimento "moonwalk" por Michael Jackson, que fez aqui um playback de "Billie Jean" no evento "Motown 25: Yesterday, Today, Forever"; e 15 anos de "Meteora", disco do Linkin Park que trouxe aqui "Breaking the Habit".

Segunda (26/3) 70 anos de Steven Tyler, cantor do Aerosmith em inúmeros sucessos, um dos quais veio em 1994 com "Crazy", cujo videoclipe tem sua filha Liv Tyler contracenando com Alicia Silverstone; 70 anos de Richard Tandy, tecladista da Electric Light Orchestra em canções como "Living Thing", de 1976; e 30 anos da primeira vez que um artista solo pôs quatro músicas de um mesmo disco na primeira posição das 100 mais da Billboard, feito obtido aqui por Michael Jackson com "Man in The Mirror", do álbum "Bad".

Terça (27/3) 45 anos de "I've Got So Much To Give", primeiro disco de Barry White, no qual entrou aqui "I'm Gonna Love You Just a Little More Baby", que ficaria famosa por um episódio de "Friends".

Quarta (28/3) 100 anos do nascimento de Adelino Moreira, falecido em 2002 e compositor de canções como esta aqui: "A Volta do Boêmio", até hoje uma das mais famosas gravações de Nelson Gonçalves.

Quinta (29/3) 75 anos de Vangelis, músico grego surgido inicialmente na banda Aphrodite's Child e depois parceiro de dupla com Jon Anderson, mas principalmente consagrado por temas instrumentais, o mais famoso deles vindo em 1981 para a trilha vencedora do Oscar de "Carruagens de Fogo"; e 25 anos da morte de Jessé, nascido em 1952 e que venceu o Festival MPB Shell em 1980 com "Porto Solidão".

Sexta (30/3) 70 anos de Mary Terezinha, acordeonista que foi esposa e parceira de Teixeirinha por mais de duas décadas, a qual assistem em 2004 cantando "Lembrança" no "Programa do Ratinho", do SBT; 50 anos de Céline Dion, cantora de diversos sucessos, o maior deles vindo em 1997 com "My Heart Will Go On", do arrasa-quarteirão "Titanic"; e 25 anos de Anitta, cantora que estourou em 2012 com "Show das Poderosas" e que hoje é uma das principais artistas pop do Brasil, ganhando significativo espaço também fora daqui.

Sábado (31/3) 75 anos de Christopher Walken, vencedor do Oscar de coadjuvante por "O Franco Atirador" e que dançou em 2000 no clipe de "Weapon of Choice", de Fatboy Slim; 60 anos de "Johnny B. Goode", icônico rock tocado aqui de Chuck Berry; e 40 anos de "London Town", disco da banda Wings - liderada por Paul McCartney -, que teve aqui seu maior sucesso em "Mull of Kintyre", compacto mais vendido no Reino Unido até 1984.

Domingo (1/4) 70 anos de Jimmy Cliff, cantor jamaicano de sucessos como "Reggae Night", de 1983.

Segunda (2/4) 90 anos do nascimento de Serge Gainsbourg, ator falecido em 1991 e que emplacou em 1969 o temaço de cunho sexual "Je T'Aime... Moi Non Plus" com Jane Birkin; 35 anos da morte de Clara Nunes, cantora nascida em 1943, primeira brasileira a vender mais de 100 mil cópias e que popularizou "Morena de Angola" em 1980; e 15 anos da morte de Edwin Starr, nascido em 1942 e que entoou "War" em 1970.

Quarta (4/4) 105 anos do nascimento de Muddy Waters, falecido em 1983 e um dos mestres da guitarra, como atestado aqui em "Hoochie Coochie Man"; 60 anos do nascimento de Cazuza, falecido em 1990 e um dos poetas do rock brasileiro tanto no Barão Vermelho quanto sobretudo solo, emplacando em 1988 o sensacional tema "O Tempo Não Para"; 50 anos da morte de Martin Luther King, ativista político nascido em 1929 e cuja defesa pelos direitos dos negros mereceu em 1967 o "Tributo a Martin Luther King" de Wilson Simonal; e 40 anos de "Boys in Trees", disco de Carly Simon que trouxe aqui como melhor momento "You Belong To Me".

Quinta (5/4) 110 anos do nascimento de Herbert von Karajan, maestro falecido em 1990 e que liderou em 1985 a execução do "Bolero" de Ravel com a Filarmônica de Berlim, da qual foi regente por 27 anos; 50 anos de Paula Cole, que cantou em 1997 "I Don't Want To Wait", tema de abertura da série "Dawson's Creek"; 45 anos de Pharrell Williams, que popularizou em 2014 o sucessaço "Happy"; 30 anos de "Stronger Than Pride", disco de Sade que traz aqui "Paradise"; e 30 anos de "Tracy Champman", disco dela que tem aqui "Baby Can I Hold You".

Sábado (7/4) 70 anos de John Oates, que desde 1967 forma dupla com Daryl Hall, ambos emplacando em 1982 o temaço "Maneater"; 70 anos de Carol Douglas, que lançou em 1974 "Doctor's Orders"; e 40 anos de "Hermit of Mink Hollow", disco de Todd Rundgren que apresenta aqui "Can We Still Be Friends".

Domingo (8/4) 55 anos de Julian Lennon, filho do John e que cantou em 1984 "Too Late For Goodbyes"; 35 anos de "Faster Than the Speed of Night", disco de Bonnie Tyler que destaca aqui "Total Eclipse of the Heart"; 5 anos da morte de Sara Montiel, atriz nascida em 1928 e que cantou "Na Baixa do Sapateiro" em 1965 para o filme "Samba!"; e 5 anos da morte de Annette Funicello, atriz e cantora que formou dupla de sucesso com Frankie Avalon nos anos 60, da qual separei de 1964 "Because You're You", do filme "A Praia dos Biquínis".

Terça (10/4) 90 anos do nascimento de Noite Ilustrada, falecido em 2003 e que cantou em 1962 o sucesso "Volta Por Cima" - o pseudônimo foi dado pelo humorista Zé Trindade, que dirigia uma revista musical com este nome.

Quarta (11/4) 95 anos da Portela, escola de samba mais campeã do carnaval do Rio de Janeiro com 22 títulos, um deles em 1984 com "Contos de Areia", samba cantado por Silvinho da Portela; e 20 anos dos Rolling Stones ao vivo no Rio de Janeiro, onde tocaram clássicos como o aqui curtido "Jumpin' Jack Flash".

Quinta (12/4) 85 anos de Montserrat Caballé, cantora lírica que ganhou destaque no universo pop ao melodiar em 1988 "Barcelona" com Freddie Mercury, cujo duelo virtual entre ela no gramado do Camp Nou e o já falecido cantor no telão antecedeu em 1999 a decisão da Liga dos Campeões da UEFA.

Sexta (13/4) 45 anos de "Music and Me", disco de Michael Jackson que trouxe aqui a faixa-título e que começou a marcar a mudança na voz do então astro infantil para um tom mais adolescente.

Sábado (14/4) 35 anos de "Let's Dance", disco de David Bowie com batida muito pop produzida por Nile Rodgers e que traz clássicos como "Modern Love", "China Girl" e a sensacional faixa-título dançada aqui.

Domingo (15/4) 70 anos do nascimento de Michael Kamen, falecido em 2003 e compositor das trilhas sonoras de filmes como "Robin Hood, o Príncipe dos Ladrões", "Don Juan de Marco", "Máquina Mortífera", "Duro de Matar", "007 - Permissão Para Matar" e "Highlander, o Guerreiro Imortal", na qual se destacou em 1986 o temaço "Who Wants To Live Forever" com o Queen; 40 anos de Luis Fonsi, que cantou em 2017 a chicletaça "Despacito" com Daddy Yankee; e 35 anos do lançamento de "Flashdance - Em Ritmo de Embalo", mítico filme pop oitentista que tem canções como "He's a Dream" com Shandi, "Lady, Lady, Lady" com Joe Esposito, "Maniac" com Michael Sembello e a aqui curtida "What a Feeling", com Irene Cara, ganhadora do Oscar.

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.