.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quarta, 14 de março de 2018 - ANO 15, EDIÇÃO 110
O súbito adeus de Bebeto de Freitas



Tem uma música do Ritchie cujo título acho perfeito para isso que chocou o universo esportivo no meio da tarde desta terça-feira: "A Vida Tem Dessas Coisas". Tem mesmo. Pena que não só alegres, mas também tristes. Como um senhor de idade, sim, mas ainda moço para os padrões atuais participar de um evento anunciando algo legal, mas aí, num piscar de olhos, passar mal, mas tão mal que nem o mais pronto salvamento pudesse salvá-lo. Foi assim que este nome fundamental do esporte brasileiro nos deixou aos 68 anos. Tão súbito que nem sequer deu para assimilar o problema que teve pois, logo a seguir, tivemos que assimilar seu adeus.

Se o vôlei do Brasil é uma potência há mais de duas décadas e meia a partir do ouro olímpico dos homens em 1992 (e mais adiante o das mulheres em 2008), tudo teve um começo. E Bebeto foi peça vital deste processo, inicialmente jogando vôlei para ganhar 11 títulos cariocas consecutivos pelo Botafogo entre 1965 e 1975, mais adiante atuando pelo Brasil nos Jogos Olímpicos de Munique em 1972 e Montreal em 1976. Um ano depois, veio o técnico. Esteve à frente da "Geração de Prata" em Los Angeles 1984 e obteve o 4º lugar em Seul 1988. Ícones do treinadorismo voleibolístico, José Roberto Guimarães e Bernardinho têm nele um mentor.

Denunciador de falcatruas na modalidade - o que atingiu diretamente o hoje ex-presidiário Carlos Arthur Nuzman, que havia jogado com ele nos anos 60 e 70 -, teve cessada sua sequência aqui no Brasil por causa disso. Preço caro que pagou, mas fez bem ao soltar o verbo. De certa maneira, o castigo para nossos dirigentes veio com um acontecimento que doeu no Bebeto, mas onde foi extremamente profissional e, paciência, fez o que tinha de fazer. Liderando a Itália campeã da Liga Mundial em 1997, tinha como obstáculo a seleção de seu próprio país nas semifinais do Mundial de 1998. Os brasileiros perderam um jogo pegadíssimo por 3 x 2. Bebeto não festejou, muito ao contrário. As imagens são muito marcantes. Os italianos seriam campeões.

No futebol, teve quatro passagens (contando a atual) como diretor do Atlético Mineiro, a primeira delas em um 1999 positivo com o título estadual e o vice brasileiro. Apaixonado pelo Botafogo - ainda mais sendo sobrinho de João Saldanha e primo por parte de mãe de Heleno de Freitas -, assumiu a presidência na Série B de 2003, quando o clube estava no fundo do poço e com recursos muito limitados. Mesmo assim, o tirou dali e o centenário foi na primeira divisão. Ganhou o Carioca em 2006, conseguiu a concessão do Engenhão (hoje Nilton Santos) e saiu no encerramento de 2008, desgastado após o episódio do "chororô" com o Flamengo.

Ontem, Bebeto estava anunciando o surgimento do Galo Futebol Americano, uma associação do clube com o Eagles BH, que associado estava até o ano passado com o Cruzeiro. Estava ofegante, mas falou normalmente. Mas aí, veio a anormalidade que o levou - porque nunca dá para levar como normal algo tão repentino assim. 13 de março de 2018 é uma data eternizada pela tristeza no desporto brasileiro. Com muitíssimo mais acertos do que erros em sua trajetória, merece um lugar de especial destaque na história. Descanse em paz.

Os primeiros classificados à 4ª fase

Diante da morte de Bebeto de Freitas, claro que Atlético Mineiro x Figueirense ganha uma atenção a mais nas partidas de hoje na Copa do Brasil pelo lado emocional. Com vantagem de 1 x 0 na ida (sempre lembrando que gol fora não é mais critério de desempate), o Galo seguirá adiante até com um empate - algo muito possível tanto por jogar diante de sua gente quanto por estar em evolução e também pelos tropeços recentes do Furacão do Estreito, que não vence há 4 partidas (embora tenha empatado 3 delas, todas pelo Catarinense). Mas lógico que tentarão a vitória para dedicá-la ao seu dirigente não mais aqui presente, como certamente fica o objetivo de tentar um título importante para homenageá-lo. Que o minuto de silêncio seja à altura do que Bebeto merece.

Também nesta quarta, quatro times ganhadores na ida defenderão longe de seus domínios as vantagens que possuem: São Paulo contra o CRB (2 x 0), Goiás versus o Coritiba (1 x 0), Náutico diante do Cuiabá (2 x 1) e Internacional contra o Cianorte (2 x 0). Duas observações: a partida no Mato Grosso acontecerá com portões fechados devido à falta de laudos pra Arena Pantanal, uma inadmissível pouca vergonha para um estádio de Copa do Mundo - e que, infelizmente, virou o "elefante branco" que se tinha certeza láááá atrás que viraria; e o adversário colorado ostenta 23 partidas oficiais em 2 anos e 7 meses de invencibilidade no Albino Turbay, onde foi superado pela vez última pelo sub-23 do Paraná na Copa Federação Paranaense, ainda em agosto de 2015.

Rotina na Libertadores

É o Vasco não ganhar seu primeiro jogo em fase de grupos, conforme registrei na coluna de ontem. Os jogadores afetados pela virose atuaram normalmente, mas o time não se ajudou nada de nada e tomou um gol fatal da Universidad de Chile, que saiu de São Januário com 3 pontos para igualar o Racing no Grupo 5, estando zerados os vascaínos e o Cruzeiro. Dia 4 do mês que vem, os brasileiros se encararão em Belo Horizonte, enquanto os argentinos visitarão os chilenos na véspera. Ainda nesta terça, o Grupo 1 teve o Cerro Porteño derrotando o Defensor aos 51 minutos da segunda etapa no começo da 2ª rodada, o que deixou os paraguaios com 6 pontos e os uruguaios com 1. Seria algo sensacional... não fosse em escandaloso impedimento o tento decisivo. Tsc, tsc, tsc... Também no próximo dia 4, o Grêmio receberá o Monagas na Arena.

Nesta quarta, o Flamengo visitará o Emelec desafiando um retrospecto bem ruim: nas 5 participações anteriores nesta competição, jogou 15 vezes fora de casa e só venceu 3. O que anima é que uma delas foi justamente sobre os equatorianos em 2014. Ao mesmo tempo, o Corinthians será mandante contra o Pedro de Lara... digo, Odete Lara... isto é: Deportivo Lara, clube muito recente da Venezuela (só 8 anos de trajetória). Será o segundo deste país que o Coringão confrontará em Libertadores, o outro sendo o Deportivo Táchira justamente no 2012 que lhe deu o caneco. Caso anotem 4 gols em Itaquera, os alvinegros chegarão aos 200 no histórico do torneio desde sua primeira participação no longínquo e distante 1977. Também hoje, o Santos ficará de olho na 2ª rodada do Grupo 6 pois o Estudiantes, que empatou a estreia, receberá o Real Garcilaso, algoz dos praianos.

Outros destaques da bola rolando

Campeonato Pernambucano (quartas-de-final) Os três primeiros semifinalistas serão definidos nesta quarta. Todos os duelos desta fase são em jogo único, sem vantagem para o melhor posicionado a não ser o mando de campo. Assim, empate levará aos pênaltis Quem ganhar de Salgueiro x Vitória terá que esperar até domingo para saber em Náutico x Afogados o oponente. Já a primeira semi será fechada hoje a partir de Central x América e, especialmente, Sport x Santa Cruz. Este clássico ocorre exatamente uma semana depois daquela vergonha que foi permitirem o segundo tempo acontecer com muitos dos 60 torcedores feridos sendo atendidos atrás de um dos gols. Naquele jogo, 386 policiais fizeram a segurança. Como um embate de tricolores com eles originou tudo, o reforço foi mais que dobrado para esta noite: 845 policiais. Tomara que adiante.

Campeonato Cearense (4ª rodada da 2ª fase) Foi emocionante o empate do Ceará (2º com 5 pontos em 3 jogos) com o Iguatu. Com cada time tendo um jogador a menos, o Vozão conseguiu a virada aos 45 minutos do segundo tempo, mas cedeu a igualdade de trincas aos 49. Próximo sábado, ele fará contra o Uniclinic a partida atrasada da 1ª rodada desta fase. Hoje, o Fortaleza (1º com 7) jogará contra o Floresta.

Campeonato Alagoano (ida das semifinais) ASA x CSA começa a definir o primeiro finalista.

Muito tempo para um e um tempaço para outro

Muito tempo para a Roma voltar às quartas da Liga dos Campeões: 10 anos. Um gol sobre o Shakhtar Donetsk bastou pois o anotado fora de casa na derrota na Ucrânia assegurou sua classificação. Além disso, Alisson permanece invicto no Olímpico nesta edição. Em 4 partidas em casa, o titular romano e da Seleção não foi vazado (seu time ganhou 3 e empatou 1, marcando 5 gols). Um tempaço levou para o Sevilla chegar novamente na antepenúltima fase com a virada em poucos minutos sobre o Manchester United depois do 0 x 0 na ida: nada mais e nada menos que 60 anos. História feita da parte dos espanhóis, enquanto José Mourinho e os ingleses aos quais resolvi aderir na final de 1999 já não são mais aqueles. Depois de Besiktas x Bayern de Munique (0 x 5) e Barcelona x Chelsea (1 x 1) hoje, as quartas serão sorteadas na manhã de sexta-feira.

Curtinhas

Quartas do Paulistão O Bragantino resolveu enfrentar o Corinthians neste domingo no Pacaembu para lucrar em cima dos alvinegros paulistanos, tanto que sua torcida ficará no setor de visitantes. Patifaria, tanto quanto aquela do São Paulo "visitando" o Linense no Morumbi, lembram? "Ah, mas é a sobrevivência financeira", alega-se. Administrasse bem o clube e não precisaria disso, que não possui justificativa.

Contrato ampliado Foi o do Raniel, que fez o gol do Cruzeiro sobre o Atlético Mineiro: de 2019 até 2022.

Luto no tênis O ex-duplista Ken Flach morreu aos 54 anos, de complicações decorrentes de uma pneumonia. Com Robert Seguso, conquistou seis Grand Slam e o ouro olímpico em Seul 1988.

Aniversário no estaleiro É o do Stephen Curry, que hoje completa 30 anos, mas que não poderá celebrar em quadra. Campeão da NBA em 2015 e 2017, ele desfalcará o Golden State Warriors contra o Los Angeles Lakers devido a uma torção no tornozelo ainda na quinta passada, diante do San Antonio Spurs.

Momento Raridade Rara: "Manhattan Connection"

Completa 25 anos nesta quarta a estreia do programa mais longevo da TV por assinatura brasileira. Inicialmente totalmente feito direto de Nova York, estreou no GNT, que na ocasião era um canal voltado para a informação e o jornalismo - tanto que a sigla significa Globo News Television, caso não saiba. Em 2011, ele foi transferido para a GloboNews quando o emissor original mudou totalmente de foco e virou um canal eminentemente feminino. Com o passar dos anos, integrantes passaram a entrar de outras cidades, como São Paulo e Veneza.

A formação inicial é ainda hoje a mais famosa: Lucas Mendes, Caio Blinder (os dois únicos presentes nestes 25 anos), Nelson Motta e Paulo Francis. Este morreu em 1997 e foi inicialmente substituído por convidados especiais até que Arnaldo Jabor foi efetivado. Nelson saiu em 2001 e Lúcia Guimarães assumiu o lugar. Em 2003, Jabor foi substituído por Diogo Mainardi e o várias vezes convidado Ricardo Amorim foi fixado. Lúcia deixou o programa em 2008 e Pedro Andrade chegou em 2009. Hoje, temos Lucas, Caio, Pedro, Diogo e Ricardo.

Acompanhe aqui uma preciosidade: alguns minutos da primeira edição do "Manhattan Connection", mais relíquia ainda por ser dos primórdios da TV paga em nosso país. Aproveite e olhe aqui outro trecho com o quarteto mais conhecido, composto por Lucas, Caio, Nelson e Francis em acalorado debate sobre muçulmanos.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

É hoje e de hoje não escapa Chegou o dia. O dia do fim da televisão analógica aqui em Porto Alegre. Nada mais de canais 2, 4, 5, 7 (bom, esse já não tinha mais mesmo), 10 e 12, mas sim 2.1, 4.1, 5.1, 7.1, 10.1 e 12.1. À meia-noite, os sinais em VHF serão desligados. Quem está no digital, está no digital. Quem não está no digital vai ficar fora do ar. Pra quem não for nem daqui, nem de Caxias do Sul e nem das outras 105 cidades que ficarão apenas com o UHF digital, uma dica legal é acompanhar a partir das 23h15 a cobertura do Plano P, canal de vídeos que tem acompanhado nos últimos meses os desligamentos de VHF por todo o país com a série "Caos Analógico". Mas não esperem nada muito sério pois o que mais tem nesses vídeos ao vivo é zoeira máxima com figuraças como Alef de Lima, Juan Romero, Lorenzo Mello, Micael Silva, Pedro Fonseca, Vanessa Alvanier e Vinícius Sacramento, fora outros menos cotados. Uma era está nos últimos momentos.

Mudança no SBT do Rio Grande do Sul Depois de 3 anos e meio, o DJ Marco Antônio Capu não apresenta mais o "Masbah!", programa de variedades exibido às 12h30 dos sábados e às 10h30 dos domingos. A partir de abril, além de um novo pacote gráfico, a atração estreará sua nova apresentadora: Mônica Fonseca. Sim, my friends amiguinhos from Brazil. A ex-colunista da versão gaúcha da "Hora da Venenosa" na Record passa a ter status de estrela principal depois de participar por 3 anos do "Balanço Geral RS" e, antes ainda, do "Studio Pampa" na afiliada da RedeTV!. Enquanto acredito que Mônica se sairá muito bem nesta nova empreitada pois tem futuro na telinha, a cuidar o que Capu terá como novidades profissionais. O "Masbah!" está no ar desde dezembro de 2012, sempre nos sábados da filial gaúcha do SBT, e Ivo Schergl Jr. foi seu primeiro apresentador.

A primeira chamada do "Agora é com Datena" Pode ser vista aqui e não mostra nada muito detalhado, mas dá uma ideia do programa que José Luiz apresentará nos domingos da TV Bandeirantes a partir de abril.

Memória brasileira Completa 15 anos hoje a morte de Cyll Farney, nascido em 1925 e ator de chanchadas da Atlântida nas décadas de 1940 e 1950. O irmão do cantor Dick Farney fez pouquíssimas presenças na televisão, embora fosse nela a última de todas: na minissérie "Hilda Furacão", da Globo.

Memória estrangeira Falecida em 1994, nascia há 75 anos hoje fechados a atriz Anita Morris, que fez musicais da Broadway, como "Jesus Cristo Superstar", e filmes como "Por Favor, Matem Minha Mulher".

Duas grandes datas desta quarta Uma delas: 70 anos de Billy Crystal, comediante que foi anfitrião do Oscar por muitos anos e que fez comédias como "Jogue a Mamãe do Trem", "Harry e Sally - Feitos um Para o Outro", "Amigos, Sempre Amigos", "Esqueça Paris", "Um Dia, Dois Pais" e "Máfia no Divã". A outra delas: 85 anos de Michael Caine, ator vencedor do Oscar de coadjuvante por "Hannah e Suas Irmãs" e "Regras da Vida", além de atuante em "Como Conquistar as Mulheres", "Um Golpe à Italiana", "Vestida Para Matar", "Feitiço do Rio", "Os Safados", "Laura: a Voz de uma Estrela", "Miss Simpatia" e "Batman: o Cavaleiro das Trevas". Não pensem que esqueci de um certo filme pois deixei para registrá-lo no final: claro que falo de "Fuga Para a Vitória", filme com o futebol como mote central da trama e que teve Sylvester Stallone e "um certo"... Pelé.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Momento Raridade Rara: "Batman"

Completa 50 anos hoje o término da popular série sessentista do Homem-Morcego, estreada em 1966 e que findou com 60 histórias que renderam 120 episódios. Adam West como Batman e Dick Grayson como Robin marcaram época, mas não só eles. Cesar Romero como Coringa, Burgess Meredith como Pinguim, Julie Newmar e Eartha Kitt como Mulher Gato (além de Lee Meriwether no filme com o elenco da série), Frank Gorshin como Charada e muitos outros. Mostro dois registros típicos desta série: esta aqui é a inesquecível abertura em desenho animado com a música de Neal Hefti; e esta cena aqui mostra um confronto entre Batman e Coringa, mas não com armas ou violência e sim... surfando!!! Não tem preço o morcegão de bermuda nas águas, hahahaha...

Momento Raridade Rara: Manoel Carlos

Mais do que um dos maiores autores de novelas da TV brasileira, Maneco é uma das pessoas mais atuantes no vídeo desde seu surgimento. Completando 85 anos nesta quarta-feira, compôs a primeira equipe do "Grande Teatro Tupi" por toda a década de 1950. Depois, dirigiu programas como "Família Trapo" na Record e os primeiros anos do "Fantástico" na Globo. Nela, consagrou-se escrevendo novelas, algumas delas das principais de todos os tempos. Também fez duas minisséries de grande repercussão: "Presença de Anita" e "Maysa - Quando Fala o Coração". Na metade dos anos 80, saiu do Plim-Plim e fez a minissérie "Viver a Vida" e a novela "Novo Amor" na Manchete, além de "O Cometa" na Band. Sua última produção foi ao ar há 4 anos, infelizmente bem abaixo do padrão muito bom das demais, mas nada que diminuísse a importância enorme que possui. Maneco aparece em 2010 numa entrevista concedida ao Rodrigo Rodrigues, então no "Vitrine" na Cultura.

Dada a importância de Manoel Carlos para as novelas, reuni neste paragrafão todas as aberturas das escritas por ele na Globo. Vamos com as primeiras: de 1978, "Maria Maria" ao som de "Olha Maria", com Orquestra Som Livre; de 1978, "A Sucessora" ao som de "Odeon", com Nara Leão; de 1980, "Água Viva" (co-autor com o titular Gilberto Braga) ao som de "Menino do Rio", com Baby Consuelo; de 1981, "Baila Comigo" ao som da faixa-título, com Robson Jorge e Lincoiln Olivetti; de 1982, "Sol de Verão" ao som de "Tô que Tô", com Simone; de 1991, "Felicidade" ao som do tema-título, com Roupa Nova; de 1995, "História de Amor" ao som de "Lembra de Mim", com Ivan Lins (repare a 0:28 num rosto hoje famosíssimo: o da então modelo Renata Vasconcellos); de 1997, "Por Amor" ao som de "Falando de Amor", com Quarteto em Cy e MPB4; de 2001, "Laços de Família" ao som de "Corcovado", com Astrud Gilberto, João Gilberto, Tom Jobim e Stan Getz; de 2003, "Mulheres Apaixonadas" ao som de "Pela Luz dos Olhos Teus", com Miúcha e Tom Jobim; de 2006, "Páginas da Vida" ao som de "Wave", com Daniel Jobim e Luiza Jobim; de 2009, "Viver a Vida" ao som de "Sei Lá", com Miúcha, Tom Jobim e Chico Buarque; e de 2014, "Em Família" ao som de "Eu Sei Que Vou Te Amar", com Ana Carolina.

Bela do Dia: Kiuane Rodrigues

Kiuane Rodrigues, repórter da TV Record Minas. Não falei coisa errada e nem tem Photoshop na imagem, não. Ela era repórter da TV Bandeirantes de Belo Horizonte. Era. Mas trocou de emissora e agora está a serviço da Record. Que apareça tanto em rede nacional quanto aparecia antes.

Momento Raridade Rara: Stephen Hawking

A enorme perda do começo da quarta-feira foi a do histórico físico de 76 anos, que sofria de esclerose lateral amiotrófica, doença que o acometeu desde a adolescência. Mesmo assim, praticou remo quando estudou a matéria na Universidade de Oxford. As limitações físicas não foram suficientes para impedir a ilimitada genialidade deste físico teórico e cosmólogo, que ganhou fama em 1988 com o livro "Uma Breve História do Tempo", a partir disso também sendo convidado para participações especiais em produções artísticas dos mais variados formatos e gêneros. Uma das mais legais aconteceu aqui, quando Stephen encontrou Sheldon Cooper, o ótimo personagem de Jim Parsons, na 5ª temporada de "Big Bang: a Teoria". Outra contribuição importante veio em 1994, quando uma narração original para uma publicidade foi usada pelo Pink Floyd na faixa "Keep Talking", do disco "The Division Bell". Além disso, Hawking tinha a "teoria do pênalti perfeito", pela qual concluiu que 84% das cobranças chutadas no canto alto balançam a rede, concluindo também não existir diferenças significativas entre batedores destros e canhotos - o que aí afronta totalmente alguns pensados célebres do futebol, que são contrários a canhotos batendo penalidades máximas. Uma das maiores mentes se despediu deste universo.

Clipe do Dia: Quincy Jones

Apesar de andar falando algumas (para mim) besteiras inacreditáveis em recentes entrevistas, continuo muito fã deste cracaço da música mundial, que completa 85 anos nesta quarta-feira e possui contribuições inesquecíveis que renderam 79 indicações ao Grammy, das quais saiu vencedor 27 vezes. Apaixonado pela música brasileira, como demonstrou aqui em entrevista na década de 1990 para José Maurício Machline no "Por Acaso", da TV Bandeirantes, produziu os três primeiros discos da fase adulta de Michael Jackson ("Off The Wall", "Thriller" e "Bad"), todos eles sendo sucessos retumbantes, além de fazer grandes trabalhos com diversos outros artistas de gêneros tão variados, como os saudosos Frank Sinatra, Sarah Vaughan e Donna Summer.

Destaco agora, cronologicamente do último ao primeiro, cinco grandes temas próprios de Quincy, sempre acompanhado de excepcionais artistas: de 1990, "The Secret Garden" com Al B. Sure, James Ingram, El DeBarge e Barry White, a canção de amor mais sexualmente erótica que já escutei - e canção ótima, diga-se; de 1981, "Razzamatazz" com Patti Austin; de 1981, "Just Once" com James Ingram (do filme "O Último Americano Virgem"); de 1981, "Ai No Corrida" com Patti Austin e Charles May; e de 1962, "Soul Bossa Nova", inspirada em nossos ritmos e que ganhou muita popularidade através das comédias de Austin Powers - mas que, particularmente para mim, remete é à TV Bandeirantes de Porto Alegre, já que na década de 2000 foi este o tema musical do quadro "Gol do Dia", que terminava os programas "Esporte Total Local" e "Toque de Bola".

Arremate

Supercopa Argentina é o 1º título decidido diretamente por Boca Juniors e River Plate desde 1976.

"24 Horas" voltará depois que soubermos quem sairá deste clássico com um troféu!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.