.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Sexta, 10 de novembro de 2017 - ANO 15, EDIÇÃO 59
Vitória fácil e pioneira

Foi a do Brasil sobre o Japão num estádio esvaziado em Lille, com pouco menos de 17 mil pessoas (quando cabe 50 mil). O primeiro tempo foi tranquilíssimo, tudo resolvido ali mesmo a ponto do segundo ter uma só chance de gol e nem isso representar dificuldades devido à fraqueza do adversário. Vitória pioneira pois o pênalti do gol inicial foi marcado pelo árbitro de vídeo, embora dê para contestar a marcação no tocante à falta ter acontecido quando a bola não estava ainda em jogo, conclusão tirada a partir das imagens geradas. De qualquer maneira, deu Brasil em mais um teste rumo à Copa e isso é o que importa, sendo agora 11 vitórias e 2 empates contra os nipônicos. O amistoso da próxima terça promete ser efetivamente mais forte: Inglaterra em Wembley.

Teve Brasileirão neste meio de semana

A 33ª rodada do Brasileirão fez o Corinthians ficar mais pertinho ainda do título, confirmou a reviravolta enorme de panorama do Palmeiras da possibilidade de campeão pelas próprias pernas à distância de 11 pontos para aquele a quem deveria superar, mostra uma disputa intensa entre três cariocas por duas vagas na Libertadores com só 3 pontos a separá-los, fez o panorama direto da luta contra o descenso se restringir neste momento a 5 equipes separadas por 4 pontos e deixou o lanterna Atlético Goianiense mais e mais próximo da Série B. A saber:

Atlético Paranaense 0 x 1 Corinthians - Punido no STJD com uma partida, Jô atuou normalmente. Walter apareceu duas vezes com destaque: ao defender o pênalti chutado pelo Nikão (que depois disse que não baterá mais pênaltis enquanto seguir no rubro-negro) e sentir uma lesão tão séria na virilha que foi substituído pelo jovem Caíque - e os alvinegros tentaram a volta do Cássio da Seleção, mas a CBF não o liberou para evitar privilégios (errada não é a Seleção neste caso; errada é a CBF que deixa o Brasileirão acontecer quando ela joga). Histórico pelo primeiro gol em partidas oficiais na Arena de Itaquera quando atleta do Figueirense, Giovanni Augusto pode também ter feito história com o tento que teve colaboração direta do Weverton e deixou seu atual time muito pertinho do título, que pode ser consumado na próxima quarta se ganhar do Avaí e do Fluminense, além do Grêmio tropeçar contra Vitória ou São Paulo. O Coringão não vencia este duelo no geral desde os 4 x 1 na própria Arena da Baixada no ano retrasado e não emendava dois êxitos havia 3 meses (Atlético Mineiro e Sport), compensando a série anterior de 4 rodadas fracassadas. Já o Furacão não ganha há 3 compromissos.

Vitória 3 x 1 Palmeiras - Sim, os paulistas foram prejudicados com erros de arbitragem no empate com o Cruzeiro e na derrota pro Corinthians. Mas também não se ajudaram, a bola no pé poderia ter superado estas questões do apito. Os gols ridículos tomados reforçaram isso. Melhor para os baianos, que levaram numa boa a segunda etapa com um jogador a menos na meia hora derradeira e não faturavam este duelo havia 7 jogos gerais desde a Sul-Americana de 2010 e em Brasileiros desde 2009, ambos os sucessos em Salvador. O Leão não se davam bem havia tanto 6 rodadas quanto 6 mandos (e 7 pelejas em solo soteropolitano, contando o Ba-Vi), ao passo que o Verdão não ficava 3 atuações consecutivas sem ganhar desde agosto.

Santos 1 x 2 Vasco - Quando falei que "não tínhamos mais campeonato" após o Corinthians bater o Palmeiras, um seguidor twitteiro me alertou que o Peixe estava a 6 pontos da liderança. E daí? Não é um time que me passa confiança, esta própria derrota reforçou isso. Mesmo sendo o melhor mandante com 11 vitórias, igualou seu pior desempenho em casa nos pontos corridos com 7 derrotas a exemplo de 2010. A torcida perdeu a paciência depois do jogo, tentaram até a baixeza de uma cusparada no David Braz. São 4 rodadas sem empate com duas vitórias e eram 10 mandos de invencibilidade e 6 vitórias consecutivas na Vila Belmiro. Por outro lado, o tenso clima da eleição presidencial não influiu em nada no Cruzmaltino, vide o golaço sensacional do guri Evander e a virada com direito à falha do Vanderlei. Além de voltar a conquistar este clássico no geral depois de dois anos e em termos de Urbano Caldeira depois do 2 x 0 de 2006, o time não perde há 9 rodadas com 4 exitosas, não perde há 5 visitas com 3 obtidas e caiu apenas 3 vezes nas 12 últimas, ganhando metade. Antes de Zé Ricardo, o Vasco obteve 8 vitórias, 4 empates e 6 derrotas; com ele, são 5 vitórias, 5 empates e 1 derrota.

Flamengo 2 x 0 Cruzeiro - Um gol em cada etapa, o segundo do Vinícius Júnior numa arrancada beleza, e assim os cariocas não perdem para os mineiros há 7 partidas gerais desde 2015, no estado do RJ há 9 encontros desde 2010 e especificamente na capital desde os 2 x 1 de 2009 - sempre lembrando que a Copa do Brasil acabou resolvida nos tiros livres da marca penal. O Mengão voltou a ganhar após 3 rodadas e não perde há 8 mandos com 5 triunfos, tendo na Ilha do Urubu 9 vitórias, 2 empates e 2 derrotas. Já a Raposa "de férias antecipadas" venceu uma das últimas 5 rodadas, das quais 3 perdidas, e não se dá bem há 3 visitas.

Sport 1 x 2 Botafogo - Que o Leão "tá louquinho" para ser rebaixado, digo há horas. Os próprios dados mostram isso: 6 rodadas sem ganhar, uma vitória nas 16 últimas com 9 perdidas e 9 mandos fracassados com 4 perdidos há quase 4 meses. Mas a coisa ficou ainda mais escancarada com a rara e incrível falha do Magrão no primeiro gol, ainda mais depois da bonita lembrança com bandeirão que a torcida lhe fez antes da bola rolar. Melancólico. Já o Fogão teve uma semana só de positivismos: ampliou para 7 jogos a invencibilidade sobre os rubro-negros desde 2014, perdeu apenas uma das últimas 5 rodadas, voltou a vencer depois de 3 visitas com somente uma perdida nas 6 últimas, teve o regresso do Roger e, além disso, passou a ter um CT integrado na Zona Oeste - colaborando para isso o empréstimo de R$ 25 milhões feito pelos irmãos João Moreira e Walter Salles.

Avaí 1 x 2 Bahia - Marquinhos até fez história ao abrir o marcador para se tornar o maior goleador da Ressacada com 58 proezas, mas Edigar Júnio dobrou para a virada que deixou os baianos invictos diante dos catarinenses há 6 contendas desde 2008. O Leão da Ilha não ganha há 3 rodadas, venceu uma das 10 últimas com metade perdida, não se dá bem há 6 mandos e faturou apenas um dos 9 últimos. Números péssimos do time do Claudinei Oliveira, que havia renovado recentemente, mas que sairá ao término deste Brasileirão. Um contraste enorme em relação a Carpegiani no Tricolor: 4 vitórias, 2 empates e 1 derrota. O Esquadrão de Aço não perde há 4 rodadas e venceu 3 delas, caindo uma vez nas 9 últimas com 5 triunfos, e voltou a ganhar depois de 8 visitas.

Ponte Preta 0 x 1 Grêmio - Esta foi a segunda vitória gremista na semana, a primeira delas sendo a belíssima homenagem a um jovem torcedor de 22 anos com câncer terminal e que provavelmente só viva até o fim deste mês, mas que tinha como sonho conhecer pessoalmente ao menos um jogador do seu time - e isso chegou ao assessor do Renato Portaluppi, Diogo Aida, a ponto do torcedor ser levado ao CT do clube para conhecer o ídolo máximo dos tricolores e todo o elenco principal. Um golaço daqueles que todos aplaudem. Assim como aplaudido outra vez foi Marcelo Grohe com grandes defesas fundamentais para a primeira vitória no Moisés Lucarelli desde 1981, claro que reforçada pelo gol do Ramiro, que quase ficou paralítico na etapa inicial - e não é exagero nenhum dizer isso pois a falta cometida pelo Fernando Bob foi uma das coisas mais bandidas, sujas, nojentas, asquerosas, hediondas e criminosas que vi no futebol brasileiro em muito e muito tempo, de merecer uns 20 jogos de suspensão no STJD. O Tricolor está invicto há 4 visitas e não ganhava duas seguidas desde agosto. Já a Macaca perdeu 4 das últimas 5 rodadas, ganhou só uma das 7 últimas com 5 derrotadas, não vence há 3 mandos e faturou só um dos 6 últimos, dos quais 4 perdidos. Revoltada, a torcida chegou a entrar em confronto com a Polícia Militar.

São Paulo 2 x 2 Chapecoense - Os catarinenses chegaram a abrir dois gols de vantagem em pleno Pacaembu, mas permitiram o empate, com a ressalva da irregularidade no primeiro tento paulista. Mesmo assim, uma escrita foi mantida: jamais a equipe de Chapecó perdeu para os tricampeões mundiais em SP desde 2014, além de só terem sido batidos uma vez nestas 8 realizações. A Chape vai se mantendo fora dos quatro últimos ao ter 3 empates seguidos e 5 jogos de invencibilidade, 2 derrotas nas 10 últimas rodadas com 4 triunfantes, além de 3 visitas sem derrota e 4 vencidas nas 10 últimas, das quais 3 perdidas. Já o Tricolor não perde há 4 partidas, mas não chegou à 4ª vitória consecutiva, tendo 8 mandos de invencibilidade com 5 exitosos.

Atlético Mineiro 3 x 2 Atlético Goianiense - Apesar do sufoco, o histórico prevaleceu: os mineiros venceram 10 das 14 partidas contra os goianos, jamais sendo superados em casa. Fred fez história com um gol e tornou-se o 4º maior goleador dos Brasileirões com 136 tentos, um acima de Zico. O Galo ganhou 4 das últimas 8 rodadas, perdendo duas, e venceu 3 dos últimos 7 mandos, caindo em dois. Já o Dragão tem 7 rodadas fracassadas com 5 derrotadas, pondo a perder a sequência de 5 vitórias nas 10 rodadas anteriores a despeito das 4 perdidas, e tem 4 visitas sem sucesso, ainda que tenha ganho 4 das 9 últimas e perdido 3 delas.

Fluminense 2 x 2 Coritiba - Cléber Reis foi o maior nome em campo, primeiro negativamente para os visitantes ao marcar o empate dos cariocas e depois positivamente ao obter a igualdade depois da virada. O Tricolor não perde pro Cori há 6 jogos gerais desde 2014 e 7 no Rio desde 2009. O Fluzão tem 3 rodadas de invencibilidade com uma perdida nas 7 últimas e 3 exitosas, não perdendo há 4 mandos. Já o Coxa não perde há 5 atuações, dando uma reabilitada após 9 insucessos seguidos, e não perde há 3 visitas, embora só ganhasse uma das 8 últimas.

A classificação está assim: em 1º, Corinthians com 65 pontos; em 2º, Grêmio com 57; em 3º, Santos com 56; em 4º, Palmeiras com 54; em 5º, Botafogo e Cruzeiro com 51; em 7º, Flamengo com 50; em 8º, Vasco com 48; em 9º, Bahia e Atlético Mineiro com 45; em 11º, São Paulo com 44; em 12º, Fluminense com 43; em 13º, Atlético Paranaense com 42; em 14º, Chapecoense com 41; em 15º, Coritiba com 39; em 16º, Vitória com 38; em 17º, Sport com 36; em 18º, Ponte Preta e Avaí com 35; e em 20º, Atlético Goianiense com 27.

Sábado são dois jogos abrindo os trabalhos: às 17h, Botafogo x Atlético Paranaense; e às 19h, Corinthians x Avaí. Outros sete no domingo: às 17h, Palmeiras x Flamengo, Vasco x São Paulo, Atlético Goianiense x Sport e Grêmio x Vitória (no Alfredo Jaconi devido ao Coldplay na Arena); às 18h, Bahia x Atlético Mineiro; e às 19h, Cruzeiro x Fluminense e Coritiba x Ponte Preta. Por fim, tem Chapecoense x Santos na segunda às 20h.

Tem Série B neste fim-de-semana

Três jogos abrem a 35ª rodada nesta sexta: Juventude x Oeste às 19h15 e Paraná x Luverdense e ABC x Criciúma às 21h30. Demais no sábado: Internacional x Vila Nova às 16h30; Figueirense x América Mineiro, Goiás x Ceará, Náutico x Londrina e Boa Esporte x Santa Cruz às 17h30; e Guarani x CRB e Paysandu x Brasil às 19h. Vale sempre reforçar: se Inter e América vencerem, subirão amanhã mesmo desde que hoje o Oeste no máximo empate em Caxias do Sul ou que o Paraná perca em casa. Não parece difícil, embora também não seja provável. Hoje mesmo, o ABC será rebaixado na letra fria dos números. Se não ganhar, cairá independentemente dos outros resultados pois a única possibilidade de sobrevida é ganhar suas quatro últimas partidas e dois da turma dos 40 pontos perderem todas as suas quatro últimas. Mais fácil a Emmily Virgílio largar sua condição de âncora titular da InterTV Cabugi e vir trabalhar aqui como garota-propaganda deste PB do que isso acontecer.

A classificação mostra: em 1º, Internacional e América Mineiro com 63 pontos; em 3º, Ceará com 59; em 4º, Paraná com 56 pontos e 16 vitórias; em 5º, Oeste com 56 pontos e 14 vitórias; em 6º, Vila Nova com 53; em 7º, Londrina com 52; em 8º, Juventude com 49; em 9º, Criciúma com 46; em 10º, Paysandu com 45; em 11º, Goiás e Figueirense com 43; em 13º, Brasil de Pelotas e CRB com 42; em 15º, Guarani com 40 pontos e 10 vitórias; em 16º, Luverdense com 40 pontos, 9 vitórias e saldo -2; em 17º, Boa Esporte com 40 pontos, 9 vitórias e saldo -6; em 18º, Santa Cruz com 33; em 19º, Náutico com 31; e em 20º, ABC com 28.

Rumo à Copa do Mundo

Na repescagem da Europa, a Suíça fez 1 x 0 na Irlanda do Norte e a Grécia tocou 4 x 1 na mandante Grécia. Estes dois jogos terão desfecho no domingo. Hoje, começa Suécia x Itália. E nas repescagens mundiais, hoje tem Honduras x Austrália e a próxima madrugada terá Nova Zelândia x Peru - este desfalcado do Guerrero.

Curtinhas

*Depois de bater o Equador por 2 x 0, o Brasil pega hoje a convidada Croácia pelo Sul-Americano Sub-15.

*Brasil fora da Liga Sul-Americana de Basquete. Os 80 x 74 do Pinheiros sobre o Flamengo ajudaram a eliminar ambos devido à vitória do Estudiantes de Concordia sobre o Olimpia por 72 x 66.

A injúria racial de William Waack

Pontos rápidos: 1) sim, entendi assim como a maioria as palavras creditadas ao agora suspenso apresentador do "Jornal da Globo", foi também o que me pareceu; 2) para a Globo ter anunciado até na abertura do "JG" a suspensão do Waack através de comunicado lido pela Renata Lo Prete, é porque deu muito ruim para ele - e as pessoas hoje em dia têm voz muito ativa e não deixam certas coisas caírem no esquecimento; 3) é incrível como mesmo gente vividíssima como ele parece que não aprendeu nada com aquele famoso caso do Rubens Ricupero e da parabólica em 1994, lembram dele?; 4) parabéns a João Guimarães, do site da Jovem Pan, o primeiro a publicar declarações dos vazadores das imagens, o operador de videotape Diego Rocha Pereira e o designer gráfico Robson Cordeiro Ramos, que são afro-descendentes e se revoltaram com aquilo, que Diego flagrou ao trabalhar nos bastidores da Globo SP e registrou pelo próprio celular; 5) acredito totalmente quando dizem que setores da imprensa não se interessaram pelo vídeo lá atrás pois "só se fosse William Bonner" interessaria, vê o tom de muitos portais em determinadas notícias sobre certas figuras; e 6) não vou jamais condená-los por expor as imagens pois errados não acho serem eles com isso e sim errado o Waack ao manifestar algo que nunca coube em tempo algum e que hoje em dia menos ainda é aceitável, sobretudo de alguém do status dele.

Três destaques do cinema americano

O primeiro: o filme das 22h30 de hoje do "Cine Cult" da TV Cultura será "O Grande Gatsby", baseado em livro de F. Scott Fitzgerald e que rendeu cinco filmes desde um mudo em 1926 até o mais recente em 2013 - a versão que passará é de 1974, roteirizada por Francis Ford Coppola e estrelada por Robert Redford e Mia Farrow.

O segundo: nascia há 85 anos hoje fechados Roy Scheider, falecido em 2008 e indicado ao Oscar de coadjuvante por "Operação França" e de ator principal por "O Show Deve Continuar", pelo qual ganhou o Globo de Ouro. Estrelou ainda filmes como "Tubarão" e "Trovão Azul", além da série "Missão Submarina".

O terceiro: nascia há 40 anos completados nesta sexta Brittany Murphy, prematuramente morta de maneira misteriosa em 2009 - um laudo surgido quatro anos depois apontou a possibilidade de envenenamento. Ela fez filmes como "As Patricinhas de Beverly Hills", "Garota, Interrompida" e "Rua das Ilusões".

Bela do Dia: Cláudia Andriolo

Cláudia Andriolo, a youtuber Haru Jiggly. Rosto doce pra dedéu.

Humor de luto: perdemos Márcia Cabrita

O câncer a tirou deste mundo com apenas 53 anos, como já a havia tirado antes da hora de "Novo Mundo", novela deste ano que foi sua última aparição na TV Globo. Sim, ela teve vários trabalhos, mas para sempre será lembrada como a divertidíssima doméstica Neide Aparecida do "Sai de Baixo", que atualmente tem sido reprisado também pelo próprio Plim-Plim aos sábados (amanhã é que ele não passará nos estados com horário de verão devido à classificação do GP do Brasil, sendo mostrado normalmente em estados sem horário de verão e sem programa local vespertino). Lutou o quanto pôde, infelizmente morreu cedo demais. Ficaram ao menos as risadas que suas atuações nos arrancaram. Mostro duas lembranças dela referentes ao "Sai de Baixo" em 1998: a primeira é o episódio "Toma Que o Filme é Teu", único do programa transmitido ao vivo; e a segunda é a presença no Troféu Imprensa para ela e quase todos os colegas de elenco serem premiados por Silvio Santos. O "Corujão" desta madrugada passará um filme que tem Márcia no elenco: "Trair e Coçar é Só Começar", baseado na peça de sucesso e estrelado por Adriana Esteves - depois, uma série seria feita pelo Multishow e Márcia dividiria o estrelato com Cacau Protásio.

Clipe do Dia

Completou 30 anos ontem a estreia de "Sassaricando" na Globo. Os personagens feitos por Paulo Autran Cláudia Raia, Alexandre Frota e Cristina Pereira, entre outros, seriam revividos no ano passado em "Haja Coração" por Alexandre Borges, Mariana Ximenes, Malvino Salvador e Tatá Werneck. A trilha sonora internacional achei mais legal, mas a nacional também teve bons momentos, como a canção-tema com Rita Lee.

Arremate

Outros assuntos aqui não destacados vêm na próxima coluna. Semana danada, difícil encaixar tudo de tudo.

"24 Horas" volta esperando que a próxima semana seja bem menos complicada num todo!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.