.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Sábado, 4 de novembro de 2017 - ANO 15, EDIÇÃO 55
Ainda líder, mas adiando a confirmação do acesso

É o Internacional na Série B, que foi aos 62 pontos ao empatar sem gols com o CRB, que segue em 16º, agora com 39 pontos. Os gaúchos venceram apenas uma das últimas 4 rodadas, embora só perdessem uma delas, e não ficavam dois mandos seguidos no torneio sem vitória desde a virada de junho para julho (empate com o Paraná e derrota pro Boa Esporte). A expectativa de confirmação do retorno à elite na letra fria dos números passou a ser contra o Vila Nova no sábado que vem, claro que desde que feita a sua parte na segunda-feira contra o Luverdense, em Lucas do Rio Verde. Já os alagoanos não ganham há 5 rodadas, embora só tenham perdido uma delas, e faturaram somente uma rodada das 11 últimas, das quais 5 perdidas. Os empates têm livrado seu couro.

Por falar no Luverdense: um golaço de falta do Marcos Aurélio bastou para tanto seu time voltar a ganhar depois de 4 rodadas quanto para, após este mesmo período, o ABC voltar a perder para seguir em último com 28 pontos. Perceba que todos do 13º ao 17º lugar estão com 39 pontos. O que separa cada um deles: Brasil de Pelotas tem 11 vitórias; Figueirense tem 10 vitórias, -7 de saldo e 38 gols pró; Guarani tem 10 vitórias, -7 de saldo e 32 gols pró; CRB tem 10 vitórias, -15 de saldo e 30 gols pró; e Luverdense tem 9 vitórias. Dependendo do que der nos jogos deste sábado, a rodada cheia da próxima terça (aberta na segunda pelos mato-grossenses) poderá ter emoções aos montes na luta para não ser aquele que fechará os quatro últimos que vão pra Série B.

Na disputa pelo acesso, o Vila Nova ficou um pouco mais distante pois empatou com o Paysandu e, sem ganhar há 3 rodadas e tendo vencido apenas uma das 7 últimas (ainda que só duas perdidas), foi aos 52 pontos, a quatro do Paraná em 4º. Os paraenses estão com 42 pontos em 11º, vencendo apenas uma das últimas 5 rodadas, por mais que só uma delas perdidas, e está invicto há 5 mandos, exitoso em 3. Já o Ceará ainda é vice-líder, mas estacionou nos 58 pontos ao perder pro Juventude do re-estreado Antônio Carlos Zago pelo escore mínimo, agora 7º com 49. Os cearenses não perdiam havia 9 rodadas e os gaúchos não se davam bem havia 5.

Nos jogos deste sábado, temos Figueirense x Brasil de Pelotas (14º x 13º ambos com 39), Guarani x América Mineiro (15º com 39 x 3º com 57) e Boa Esporte x Londrina (12º com 40 x 8º com 46). Sinal de alerta aceso para Furacão do Estreito, Xavante, Bugre e também os Bovetas. Um destaque melancólico é Santa Cruz x Náutico, o 8º Clássico das Emoções de 2017 - nos anteriores, cada time venceu dois e houve três empates. Melancólico pois o Tricolor é antepenúltimo com 32 pontos e o Timbu é penúltimo com 28, respectivamente a 7 e a 11 pontos do 16º. Se os alvirrubros perderem, terão 11 pontos de distância com 15 por jogar. Respiram por aparelhos.

Começa a 32ª rodada do Brasileirão

O Dérbi é a grande atração do fim-de-semana, mas o Santos também quer continuar vivo na disputa pelo título. Comandado interinamente pelo Elano após a demissão do Levir Culpi, é 3º com 53 pontos (a seis da liderança) e recebe o Atlético Mineiro, 10º com 42 e que está a cinco do 7º lugar - portanto, torcendo por títulos do Grêmio na Libertadores e do Flamengo na Sul-Americana para o G7 virar G9 e isso facilitar mais a busca pela pré-grupos. O Peixe não perde pro Galo na Vila Belmiro desde os 3 x 2 de 2009 (os 2 x 1 de 2014 foram na Arena Pantanal).

Também hoje, o lanterna Atlético Goianiense com 27 pontos recebe o São Paulo, 11º com 40 e que conseguiu a antecipação deste jogo para hoje para contar com Cueva, que em seguida servirá à seleção do Peru para encarar a Nova Zelândia na repescagem pra Copa do Mundo. Uma curiosidade deste embate é que os visitantes nunca se deram bem. Em 9 realizações, as três vitórias atleticanas foram em Goiânia e as duas são-paulinas em Sampa City, com outros quatro empates, dois em cada praça. Será que cai hoje essa escrita da parte tricolor?

O sábado é de clássico carioca. O Botafogo é 6º com 48 pontos, quatro acima do 8º lugar, e o Fluminense é 14º com 39, quatro acima do 17º. Há seis realizações o "Vovô" não termina empatado, quatro delas vencidas pelos alvinegros e outras duas pelos tricolores, que vêm da eliminação na Sul-A para o Flamengo após terem dois gols de vantagem. Já a noitinha terá o Coritiba, 16º com 35 (um gol pró acima do 17º), recebendo o Avaí, 14º com 39. A cuidar o comportamento do Coxa depois da inacreditável vitória por 4 x 3 sobre o Sport no Recife.

No domingo, três jogos às 16h: o aguardadíssimo Corinthians x Palmeiras (1º com 59 x 2º com 54), no qual o Coringão tanto pode ver diminuída para 2 pontos sua frente pro Verdão quanto pode aumentá-la para 8 - e o clima do dérbi em Itaquera começou hoje mesmo, com 32 mil corintianos assistindo o treino do time; Cruzeiro x Atlético Paranaense (5º x 6º, ambos com 48); e Grêmio x Flamengo (4º com 51 x 7º com 47). O clássico nacional opõe o finalista da Libertadores contra o Lanús em 22 e 29 de novembro e o semifinalista da Sul-Americana diante do Júnior em 23 e 30. O grande desfalque dos cariocas é Guerrero, suspenso provisoriamente por 30 dias pela FIFA por ter dado positivo seu antidopagem após Argentina x Peru, no dia 5 do mês passado. A substância detectada é um estimulante da classe S6. A cuidar desdobramentos, mas é uma enorme perda para Fla e Peru.

Também no domingo, a nova sessão das 18h Brasília (17h Nordeste) tem Bahia x Ponte Preta (13º com 39 x 17ª com 35, um gol pró abaixo do 16º lugar). Por fim, temos às 19h tanto Vasco x Vitória (8º com 44, três abaixo do 7º x 19º com 34, um ponto abaixo do 16º) quanto Chapecoense x Sport (12ª com 39 x 15º com 35, um gol a menos de saldo negativo acima do 17º), os pernambucanos vindos da eliminação na Sul-Americana.

Feito inédito do futebol argentino completa 50 anos

Se o Independiente "bateu na trave" contra a Internazionale em 1964 e 1965, não escapou de 1967 o primeiro título mundial interclubes de uma equipe da Argentina. Coube ao rival Racing a primazia ao derrotar o campeão europeu Celtic, numa época em que ainda havia um jogo na casa de cada clube. Assim, os escoceses fizeram 1 x 0 em Glashow e os argentinos devolveram com 2 x 1 em Avellaneda. Prorrogação? Pênaltis? Nada disso. Jogo extra em Montevidéu, 5 décadas hoje. O escore mínimo representou o feito máximo do 3º clube da América do Sul a conquistar o mundo depois de Peñarol em 1961 e 1966, além do bi do Santos em 1962 e 1963.

Naquele título, o Racing teve alguns jogadores ligados ao Brasil: Cejas, que depois seria goleiro de Santos e Grêmio; Perfumo, depois zagueiro ídolo do Cruzeiro; e João Cardoso, meio-campista gaúcho de Uruguaiana e que defendeu o Grêmio, mas sem espaço pois na época era difícil obtê-lo sendo Gessy e Juarez os destaques, deslanchando mesmo quando foi para a Argentina nos anos 60, primeiro no Newell's Old Boys e depois especialmente no Racing, para o qual marcou um dos gols na decisão da Libertadores contra o Nacional do Uruguai - ele se aposentou cedo, aos 30 anos, quando estava no Náutico e lesões abreviaram sua carreira.

Naquele time treinado por Juan José Pizzuti, outros dois destaques: Maschio, atacante que depois seria o primeiro jogador campeão da Libertadores também como treinador (aí pelo Independiente em 1973); e Alfio Basile, que mais tarde seria bicampeão da Copa América em 1991 e 1993, neste ano eliminando o Brasil nas quartas-de-final. Após o feito do Racing, a Argentina ganhou mais 8 títulos mundiais: Estudiantes em 1968, Independiente em 1973 e 1984, Boca Juniors em 1977, 2000 e 2003, River Plate em 1986 e Vélez Sarsfield em 1984.

Curtinhas

*Amistoso beneficente contra Porto Rico, ao qual será revertida toda a arrecadação em prol das vítimas do furacão Maria, marcará a despedida de Kaká do Orlando City. Reina a grande expectativa: para onde ele irá?

*Mesmo perdendo em casa por 2 x 1 pro Tianjin Quanjian, o Guangzhou Evergrande festejou o hexacampeonato chinês na despedida de Luiz Felipe Scolari, que foi tricampeão na casamata dos Tigres do Sul.

*Messi completa hoje, diante do Sevilla, 600 partidas pelo Barcelona. Até agora, tem 392 pelo Espanhol, 119 em Ligas dos Campeões, 62 na Copa do Rei, 17 em Supercopas da Espanha, 5 em Mundiais de Clubes e 4 em Supercopas da Europa. Nas 599 já feitas, marcou 523 gols, número que o torna o goleador absoluto tanto da agremiação quanto da Liga da Espanha, na qual compareceu 361 vezes. Sábado para a história!

*Evra suspenso por tempo indeterminado pelo Olympique de Marselha depois de ser expulso antes mesmo da derrota pro Vitória de Guimarães, pela Liga Europa, por chutar um torcedor durante uma confusão.

*Depois de Lima em 2019, Santiago receberá os Jogos Pan-Americanos de 2023. Confirmação veio hoje.

*Com 57 pontos nos 130 x 122 do seu Cleveland Cavaliers sobre o Washington Wizards, LeBron James tornou-se o jogador mais jovem a atingir os 29 mil pontos na NBA. É um monstro de craque, só isso a dizer.

*Com nocaute no 7º assalto, Esquiva Falcão bateu Jose Fandino e tem 19 vitórias como boxeador profissional.

*Próximo domingo tem GP do Brasil, penúltima corrida de Felipe Massa na Fórmula 1. O brasileiro assegurou em vídeo no Instagram que desta vez é verdade sua despedida e que consumada ela será na corrida dos Emirados Árabes Unidos. Isso já era para ter acontecido no ano passado, tanto que ele havia se despedido com muita pompa na etapa anterior de São Paulo. Porém, como ninguém contava com a aposentadoria de Nico Rosberg logo após ser campeão, a Williams o manteve para este ano, desta vez como substituto de Valtteri Bottas, que foi para a Mercedes no lugar do "Keke Júnior". Então, tem que ver se não vai ter nenhuma reviravolta agora para 2018, eh, eh... Mas caso não haja nem reviravolta e muito menos algo novo, o Brasil ficará sem um só piloto na categoria pela vez primeira desde 1969, o que só não aconteceu agora em 2017 justamente devido à manutenção do Massa, pois lembremos que Felipe Nasr caiu fora. Quão diferente seria a relação da F-1 sem um brasileiro a disputá-la? Se bem que meio que essa indiferença de alguns já acontece pela falta de protagonismo dos nossos.

*Abertas as semifinais da Liga Futsal: Foz/Cataratas x Joinville hoje e Marreco x Assoeva neste domingo.

*Bauru x Paulistano, respectivos atuais campeão e vice, abrindo neste sábado o 10º Novo Basquete Brasil, que tem em Brasília e Macaé as ausências desta temporada (especialmente os candangos tricampeões de 2010 a 2012), com as reposições sendo Botafogo e Joinville. Serão 15 clubes representando 8 estados de três regiões. Segue a partida de estreia de cada time, já descontada a citada inicialmente: na segunda, Franca x Campo Mourão às 20h10; na terça, Minas x Vasco às 19h30 e Liga Sorocabana x Basquete Cearense às 20h; na quinta, Sorocabana x Vitória e Mogi das Cruzes x Cearense às 20h; no dia 14, Paulistano x Flamengo às 19h30 e Botafogo x Mogi e Vasco x Pinheiros às 20h; e no dia 15, Joinville x Franca às 11h e Caxias do Sul x Bauru às 20h.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*A próxima terça promete muita emoção nos bastidores da Rede Bandeirantes do Rio Grande do Sul pois será o último dia da muito talentosa e extremamente queridona Lúcia Mattos, apresentadora do "Band Cidade" na TV e uma das apresentadoras do "Happy Hour" na BandNews FM. Sua saída se dá para ir morar em São José do Rio Preto com o marido Leonardo Meneghetti, que assumiu recentemente a direção geral da Band Paulista, que tem nesta cidade um de seus pilares, embora a efetiva sede seja em Presidente Prudente. Disse ela ao Coletiva.net que ficará numa "ponte aérea" entre Porto Alegre e São Paulo até janeiro, quando deixará a aldeia pampeana de vez, e que não sabe se continuará na Band, embora tenha a favor disso o desejo do presidente nacional Johnny Saad. Certo é que lançará em breve um portal na internet dedicado à cultura e à arquitetura.

*Enquanto isso, ficou em aberto uma dúvida: quem substituirá Lúcia no noticiário da TV Bandeirantes às 18h50? A resposta é... ninguém. A coordenadora jornalística televisiva Ciça Kramer respondeu ao Coletiva que Sérgio Stock será o apresentador solo, retomando algo que fazia anos que o "Band Cidade" não tinha (Lúcia formou dupla tanto com ele quanto antes com Felipe Vieira), e que mais adiante haverá uma mudança de cenário. Com relação à BandNews FM, o coordenador jornalístico de rádios Guilherme Baumhardt disse que três nomes são analisados para substituí-la, tanto já atuantes na Band/RS quanto no ar em outros veículos - só não disse quais, lógico. Lúcia Mattos finalizará sua segunda passagem na Rede Bandeirantes do Rio Grande do Sul, vinda desde 2005 na BandNews FM e 2008 na TV Bandeirantes. A primeira foi de 1993 a 1999, destacando-se especialmente no "Rede Cidade" ao lado de Bira Valdez e depois com Paulo Solano. Neste meio-tempo, trabalhou na TVE e na Rádio FM Cultura tanto em jornalismo geral factual quanto no cultural, sobretudo no "Estação Cultura".

*Solidariedade à Carolina Bahia, co-apresentadora do "Gaúcha Atualidade", comentarista do "Jornal do Almoço" na RBS TV e colunista de Zero Hora. Seu pai Antônio faleceu neste sábado aos 80 anos.

*Quem saiu por alguns meses de licença-maternidade na RBS TV de Santa Cruz do Sul foi Francine Rabuske, que será mãe de Arthur e fez seu último "JA Ideias" nesta sexta-feira. Não sei dizer quem a substituirá.

*Assistem aqui uma gafe daquelas no "Edição das 16h" de ontem na GloboNews: passava um VT da Camila Bomfim sobre um pedido de reconsideração de arquivamento de apuração prévia sobre uma suspeita contra a JBS. Acontece que, no meio do texto, a repórter parou e disse: "acabei de fazer um link, não errei nada e agora não consigo". E foi essa gravação que passou no jornal, deixando Christiane Pelajo tendo que se explicar para os telespectadores e justificar aquele erro da Camila. Rateada enorme da equipe de retaguarda.

*Na Record, o "Fala Brasil" deste sábado foi apresentado por Salcy Lima e Patrícia Costa. O que é que tem de mais nisso? É que duas vezes nos últimos meses o "guru" Flávio Ricco noticiou desentendimentos que elas teriam tido nos bastidores. Em agosto, ele falou que, durante o mesmo matinal, uma teria pedido à outra para fechar a boca para não vazar no ar, o que teria originado uma "guerra interminável" entre elas. Há duas semanas, outro destaque nesse sentido ao falar que não levaria a nada as diferenças entre elas. Resta saber se tudo foi resolvido (o que espero que de fato tenha acontecido) ou se trabalharam juntas e nada mais que isso. O que me chama a atenção é que, até escrever este tópico (passando das 12h de sábado), não havia foto de ambas na bancada nem nos perfis de uma e muito menos nos da outra nas redes sociais - e elas sempre colocam fotos dos jornais e programas que fazem, seja sozinhas ou em companhia de outras apresentadoras. Curioso...

*Não assisti o "Mariana Godoy Entrevista" na RedeTV!, mas li por relato do Mauricio Stycer uma frase muito verdadeira dita ontem pelo Ronnie Von, que apresenta há 13 anos o "Todo Seu" na Gazeta de São Paulo: "Existe um câncer com metástase que chama-se ‘audiência minuto a minuto’ e isso destruiu o conteúdo da TV brasileira. É um absurdo que as pessoas se envolvam com a audiência e não com o conteúdo. É um desrespeito ao telespectador e a quem está sendo entrevistado também, acho isso uma perversidade." Perfeito! E fica ainda pior este malefício quando o gosto duvidoso dos telespectadores faz certas bombas serem muito vistas.

*Completa 55 anos hoje Roberto Battaglin, que fez na Globo novelas como "Partido Alto", "Sassaricando", "A Próxima Vítima" e "Sete Pecados". Até a metade dos anos 2000, ele era muito atuante na telinha. No entanto, de uma década para cá, fez somente a "Zorra Total" em 2014 e a série "Romance Policial" no GNT em 2015.

*Observação do Flávio Ricco: enquanto em São Paulo anda restrito aos fins-de-semana, no Rio de Janeiro a exibição regionalizada de "Chaves" tem dado muito trabalho para "Jornal Hoje" e "Vídeo Show" na Globo e "Balanço Geral RJ" na Record ao bater na casa dos 10 a 11 pontos diariamente. Efeito certo das produções locais muito assistidas que vêm logo antes, tanto o "SBT Rio" da Isabele Benito (há muito tempo "líder cada vez mais absoluto do segundo lugar") quanto o "SBT Esporte Rio" de José Carlos Araújo e associados.

*Intérprete da Major "Lábios Quentes" na série "M*A*S*H" de 1972 a 1983, Loretta Swit faz 80 anos hoje.

*Deu muito ruim para Kevin Spacey após as muitas denúncias de assédio sexual surgidas nos últimos dias. A Netflix anunciou que não vai mais trabalhar com ele, a ponto de nem quer lançar "Gore", filme estrelado e produzido por ele e que está em fase de pós-produção. "House of Cards" só será mantida se Kevin não mais a fizer. Do contrário, cancelarão em definitivo. Não tem jeito: negócio é tratar de matar Frank Underwood.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Momento Raridade Rara: "X-Tudo"

Fez 15 anos nesta sexta-feira o término do programa infantil da TV Cultura, estreado em 1992. Abordava temas de caráter educativo sempre de um jeito divertido, por isso fez tanto sucesso. O boneco X era manipulado por Fernando Gomes e artistas como Gerson de Abreu, Márcio Ribeiro, Fernanda Souza, Raquel Barcha, Marcelo Mansfield, Oscar Simch e Henrique Stroeter estiveram na produção. Deixo dois episódios como ilustrativos: um de 1992, da fase do Gerson e da Raquel, e outro de 1996, da época de Márcio e Oscar.

Momento Raridade Rara: "Turma do Gueto"

Escrita por Netinho de Paula e produzida pela Casablanca, esta série passada em uma escola municipal na periferia de São Paulo buscava retratar a realidade de quem nela está e estreou há 15 anos fechados neste sábado. Produzida até 2004, teve no elenco nomes como Nill Marcondes, Alexandre Frota e Adriana Alves, além do próprio cantor e ex-apresentador da mesma Record. Aqui está um episódio completo do "Gueto".

Momento Raridade Rara: "B.O.F.E. de Elite"

Este foi o quadro mais bem sucedido do "Show do Tom" na Record e estreou há 10 anos completados hoje. Tom Cavalcante fazia um dos aspiras comandados pelo Capitão Monumento (Alexandre Frota) nesta paródia do filme "Tropa de Elite", da qual também faziam parte Tiririca, Amin Khader e Pedro Manso. Acompanhe aqui um vídeo espichado com dois episódios de uma só vez, com direito à participação especial de Raul Gazolla. Estreado em 2004, o "Show do Tom" ficou no ar até 2011, quando Tom Cavalcante saiu da Record.

Bela do Dia: Mauriane Dornelles

Mauriane Dornelles, produtora esportiva da Rádio Bandeirantes de Porto Alegre. Que Ribeiro Neto, Daniel Oliveira, Alex Bagé, Paulo Brito e cia. não me levem a mal, mas o melhor dos programas não está mais nos microfones e sim nos bastidores. E só eu acharei isso ou Mauriane lembra mesmo um pouco a ex-repórter da Band/RS, Taynah Espinoza? Algo dela acho que tem.

Momento Raridade Rara: Carlos Imperial

Agitador cultural, compositor, ator, produtor e apresentador de televisão. Muita coisa fez este conterrâneo de Roberto Carlos nascido em 1935 e que morreu há 25 anos completados neste sábado. Autor na música de canções como "O Bom", "Mamãe Passou Açúcar em Mim" e "A Praça", apresentou programas de auditório nas cariocas TVs Continental, Tupi e Rio. Passou pela TV Globo e comandou um programa com seu nome aos sábados à noite na Tupi de São Paulo e na TVS do Rio de Janeiro. No carnaval, foi anunciador das notas nas apurações dos desfiles do Rio de Janeiro, antecedendo o consagrado Jorge Perlingeiro. No cinema, fez um sem-número de pornochanchadas tanto produzindo quanto atuando. Ainda trabalhou na produção teatral e foi vereador carioca. Chegou a ser colunista de revistas e até mesmo de futebol no Jornal dos Sports, sendo inclusive vice de futebol do Olaria e do seu Botafogo. Ufa! Uma vida extremamente frenética por bons e maus acontecimentos.

Mostro a seguir cinco registros com e/ou sobre Carlos Imperial: de 1972, a íntegra de "A Viúva Virgem", seu filme mais visualizado no YouTube e que teve Adriana Prieto e Jardel Filho como astros; de 1978, a abertura de seu programa na TV Tupi, desfilando na praia ao lado de muitas gatinhas ao som de "Oh Happy Day", com Roberta Kelly; de 1979, trecho de um concurso de discoteca entre casais no seu semanal, com direito ao jurado Tutuca mandando ver na dança ao lado da "lebre" Vera Garrido, até mesmo ele fazendo um strip-tease; de 1988, participação no "Show de Calouros" do SBT, onde respondeu perguntas de Silvio Santos, Flor, Décio Piccinini e Sérgio Mallandro; e de 2011, um pouco da sua carreira revisitada por Nelson Motta na tradicional coluna das sextas-feiras no "Jornal da Globo", com William Waack e Christiane Pelajo.

Clipe do Dia

Mais uma do "Programa Carlos Imperial" na Rede Tupi: de 1978, curta os Famks cantando "Sempre Te Tratei Numa Boa". Soam familiares? Com total motivo: os Famks são o hoje popularíssimo Roupa Nova.

Arremate

Com 1 x 0 ontem e 3 x 0 totais, o Palmeiras eliminou o Corinthians nas quartas do Paulistão Sub-20.

"24 Horas" volta antes que o Verdão faça a semifinal contra São Paulo ou Água Santa!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.