.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quinta, 26 de outubro de 2017 - ANO 15, EDIÇÃO 47
Grêmio, a decisão te aguarda após esta vitória maiúscula

O grande futebol que não aparecia mais no Campeonato Brasileiro e que pouco vinha sendo notado nas copas de meio de semana voltou a aparecer - e voltou a aparecer na melhor hora possível, no momento mais necessário de todos: a reta de chegada da Libertadores, que pela 3ª vez a gente azul hoje do Humaitá e antes da Azenha quer conquistar. A atuação diante do Barcelona foi ótima e o placar de 3 x 0 até pode se dizer que foi pouco pois cabia perfeitamente o 4º e até mesmo um 5º gol. Que hora excelente para Luan voltar com tudo! Duas buchas no alvo, homem decisivo e que faz, sim, enorme diferença. Edílson também fez de sua forte patada em cobrança de falta outra arma fatal. E teve a defesa assombrosa do Marcelo Grohe, detendo Ariel "no focinho do alvo". Defesa de virar vinheta, das mais sensacionais já vistas, de ser equiparada às maiores até hoje recordadas.

Resultado e atuação para empolgar, uma vitória maiúscula como fazia horas que os tricolores desejavam. A decisão aguarda os comandados do Renato Portaluppi depois dessa, ainda mais que um ineditismo acontece nesta competição disputada desde 1960: primeira vez que um visitante venceu o jogo de ida da semifinal por 3 x 0. Antes, o Estudiantes já havia marcado 3 gols no Chile em 1969, mas a Universidad Católica fez 1. Já em 2000, o Palmeiras anotou 3, mas perdeu pois tomou 4 do Corinthians - e eram clássicos no campo neutro do Morumbi. Equatorianos precisarão do mesmo escore para pênaltis e de quatro ou mais de diferença ou três a partir de 4 x 1 para se classificarem. Não dá para acreditar nisso depois do que houve ontem. "Ah, mas o Palmeiras fez 5 x 1 depois daqueles 5 x 0 em 1995", alguém lembrará. Mas comparar aquele Palmeiras de 22 anos atrás com este Barcelona de agora é querer comparar um arranha-céu de 110 andares com um apê de dois dormitórios.

Parece que o encanto notado diante de Palmeiras e Santos acabou e não dá para não apostar em decisão entre Grêmio e um dos argentinos, sendo a dúvida se o jogo da Arena em 22/11 contra o Lanús ou 29/11 diante do River Plate - e essa, Grêmio x River, seria uma "final dos sonhos". Longa para os azuis gaúchos será a espera até a próxima quarta, antes disso tendo Brasileirão no domingo, em Florianópolis, diante do Avaí.

Gol "fora de casa" pode decidir

Só assisti uns poucos lances do Fla-Flu das quartas da Sul-Americana. O Flamengo fez 1 x 0 no Fluminense e o placar poderia ter sido um pouco maior dos dois lados, mas trave e goleiros não deixaram. Graças ao gol "fora de casa" (é ridículo isso, tanto quanto já havia sido ridículo em 2009, mas paciência, agora já foi), o rubro-negro joga por um empate sem gols na próxima quarta, no mesmo Maracanã, enquanto empate só beneficiará os tricolores a partir de 2 x 2. Antes disso, eles atuarão neste palco pelo Campeonato Brasileiro. O Mengão faz clássico "de seis pontos" contra o Vasco no sábado e o Fluzão recebe o Bahia em outro "seis pontos" no domingo.

Hoje, o Sport começa sua participação nesta antepenúltima fase ao encarar o Júnior de Barranquilla na Ilha do Retiro. Será que a má fase da Série A poderá ser atenuada no certame continental? (ou não, né, pois lembremos da classificação "nas coxas" diante da Ponte Preta) Importante observar que o jogo iniciará às 21h45 de Brasília, correspondendo às 20h45 do Recife. Quando divulga horários, a Conmebol cita sempre o horário local. Porém, estamos no horário de verão em Sul, Sudeste e Centro-Oeste, e ficou sub-entendido o 21h45 como local do Recife, o que daria 22h45 na metade de baixo do mapa. Apenas anteontem é que a Confederação Sul-Americana fez o esclarecimento do 21h45 ser de Brasília. Assim, horário tardio não será problema pros leoninos.

Fase preliminar da Copa do Nordeste

CSA e Globo já passaram por ela ao eliminarem Parnahyba e Fluminense de Feira de Santana. Falta definir dois clubes e as datas estão marcadas para janeiro: Treze x Cordino, com ida no Maranhão dia 4 e volta na Paraíba dia 11; e Náutico x Itabaiana, com ida no Sergipe dia 9 e volta em Pernambuco dia 12. Não basta o rebaixamento eminente; tem também mal "abrir os olhos" para 2018 e já ter uma decisão dessas. Ê, Timbu!!!

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Cheguei a uma conclusão: a Band/RS só não contratou ainda a mim (e nem vai contratar pois não seriam loucos, malucos e psicóticos de cometer uma insanidade aterrorizante dessas... rs), porque não para de ter novidades. A última delas li no Coletiva e recolocará na TV esta moça ótima que é Laura Medina, que por quase uma década e meia apresentou o "Vida e Saúde" na RBS. A partir de 13 de novembro e ao longo dos próximos quatro meses, ela entrará nos intervalos da programação com os programetes de bem-viver "Mais Saudável com Laura Medina". Mas não ficará apenas nisso: a partir de março de 2018, o programete virará programa semanal às 10h dos sábados. Méritos muitos tem merecido o novo diretor Sérgio Cóssio, que está sabendo usar muito bem do que foi deixado já de bastante positivo pelo Leonardo Meneghetti para procurar alavancar ainda mais a Bandeirantes.

*Completa hoje 40 anos a RBS TV de Rio Grande. Cumprimentos a todos que nela trabalham!

*Dony de Nuccio interrompendo Dony de Nuccio? Aconteceu ontem no decorrer do "Jornal Hoje" para quem o assistia nos estados sem horário de verão (1 hora de atraso). A interrupção foi para o "Plantão" da Globo com a notícia da Andréia Sadi sobre a internação do Michel Temer em Brasília. Fico imaginando como teria sido o ajuste na exibição com atraso do "Vídeo Show", dentro do qual o "Plantão" passou pros que têm horário de verão ao interromper uma matéria, já que na volta Otaviano Costa se referiu a isso e falou que o jornalismo tinha prioridade para entrar quando necessário. Será que essa parte foi mantida na exibição do "VS" na "rede fuso"?

*Aliás: a Globo foi a única das redes abertas convencionais (e uma duas duas únicas abertas, a Record News sendo a outra) a transmitir todo o circo dos horrores na Câmara dos Deputados, interrompendo às 19h os jornais locais após menos de 10 minutos do seu início - o detalhe é que alguns das filiais do Plim-Plim, casos de São Paulo, Belo Horizonte e Brasília, avisaram que poderia haver interrupção pro caso da votação iniciar. Já aqui no Rio Grande do Sul, nada disso foi falado durante o "RBS Notícias", que estava sendo tocado normalmente como em mais um dia qualquer. Aí, veio o intervalo e... no meio dele entrou o plantão com a Renata Vasconcellos, que só terminou às 21h35, resultando nos cancelamentos de "Pega Pega", "Jornal Nacional" e "O Outro Lado do Paraíso" (que, já na primeira semana, terá hoje "capítulo especial" com os de ontem e hoje somados). Restou à deusa Carla Fachim e ao Elói Zorzetto avisarem nas redes sociais que retornarão nesta quinta-feira. A politicaiada só me deixou ver 5 minutos da "Sharon Stone de São Sepé". Quero compensação, quero hoje 30 minutos dela!!! (rs)

*Leio no Daniel Castro que vem aí Jacqueline Brazil no "Jornal Nacional". Será neste sábado a estreia dela na apresentação da previsão do tempo do carro-chefe da Globo, passados 4 meses de testes para ficar na ponta dos cascos a esse ponto. Desta maneira, Maria Júlia Coutinho ficará nesta função apenas de segunda a sexta, sendo os sábados dela apenas para a apresentação do "Jornal Hoje" no rodízio com outros jornalistas. Neste dia, o tempo do "JN" será revezado entre Eliana Marques, Izabella Camargo, Tiago Scheuer e, agora, Jacqueline, que está no Plim-Plim desde 2011, antes disso sendo repórter da SulAmérica Trânsito FM (Rede Bandeirantes).

*Reality show fracassado na República Dominicana não é um "privilégio" do atual "Exathlon Brasil" na Band. Alguém se lembra da "Ilha da Sedução", que Babi Xavier apresentou no SBT? 15 anos hoje do seu fim.

*Ator de "Top Gang", "O Mentiroso" e "Jogos Mortais", entre outros filmes, Cary Elwes completa 55 anos.

*Quinta-feira dos 105 anos do nascimento de Don Siegel. Falecido em 1991, ele dirigiu Clint Eastwood em obras como "Meu Nome é Coogan", "Os Abutres Têm Fome", "O Estranho Que Nós Amamos", "Perseguidor Implacável" e "Alcatraz: Fuga Impossível". Fez ainda filmes como "Vampiros de Almas", "Os Impiedosos", "O Telefone" (com Charles Bronson, primeiro filme que gravei em VHS da TV por assinatura quando a assinei pela vez primeira em 18 de dezembro de 1996; passou na TNT) e "O Último Pistoleiro" (último filme de John Wayne).

*Falecido em 2014, Bob Hoskins nascia há 75 anos fechados nesta quinta. Indicado ao Oscar por "Mona Lisa", atuou em "Pink Floyd - The Wall", "Uma Cilada Para Roger Rabbit" e "Minha Mãe é Uma Sereia", entre outros.

*Há 65 anos hoje completados, falecia Hattie McDaniel. Nascida em 1895, fez história ao ser a primeira artista negra a vencer o Oscar de atriz, sendo a melhor coadjuvante por "...E o Vento Levou", e também a primeira negra a ir ao evento como convidada e não como servente - e vê o sinal dos tempos: os organizadores do Oscar precisaram pedir uma autorização especial para Hattie comparecer. O local da festa não permitia a entrada de negros.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Momento Raridade Rara: Darcy Ribeiro

Falecido em 1997, o antropólogo e escritor nasceu há 95 anos completados hoje. Histórico político, foi vice-governador do Rio de Janeiro na gestão de Leonel Brizola e senador fluminense. O sambódromo tem o nome oficial em sua homenagem: Passarela Professor Darcy Ribeiro. Acompanhe de 1988 um "Roda Viva" na TV Cultura com ele como o entrevistado. Neste programa, Augusto Nunes era o apresentador e dois dos entrevistadores eram William Waack, então repórter especial do Jornal da Tarde, e Antônio Telles, então diretor geral da Band Minas e atualmente um dos muitos vice-presidentes da Rede Bandeirantes, por anos integrante do "Canal Livre".

Momento Raridade Rara: "A Grande Família"

São 45 anos hoje da estreia da primeira versão da comédia de Oduvaldo Vianna Filho na Globo. Foram 109 episódios até 1975 com as aventuras desta turma que também faria um sucesso ainda maior entre 2001 e 2014. O elenco original tinha Jorge Dória como Lineu (Marco Nanini nos anos 2000), Eloísa Mafalda como Nenê (Marieta Severo), Osmar Prado como Júnior (personagem retirado na 2ª versão pois seu tom politizado cabia nos anos 70, mas não mais nos 2000), Luiz Armando Queiroz como Tuco (Lúcio Mauro Filho), Djenane Machado primeiro e Maria Cristina Nunes depois como Bebel (Guta Stresser), Paulo Araújo como Agostinho (Pedro Cardoso) e Brandão Filho como Seu Floriano (Rogério Cardoso). Curta de 1974 o único episódio completo disponível na internet: "Pesadelos de uma Noite de Verão", que seria regravado na primeira temporada da versão posterior. Em 1987, o elenco original se reuniu novamente para um especial de Natal, no qual a curiosidade ficava para um segundo marido da Bebel após se separar do Agostinho: o novo marido era feito por... Pedro Cardoso. Poderíamos dizer que, sem que se soubesse disso, havia ali um "crossover" de uma "Grande Família" com a outra?

Momento Raridade Rara: "Shazan, Xerife e Cia."

Outro famoso programa da Globo estreava há 45 anos: a série própria dos personagens feitos por Paulo José e Flávio Migliaccio, surgidos um ano antes em "O Primeiro Amor", novela de Walter Negrão. Inicialmente semanal às quintas-feiras, esta série passou a ser diária em 1973, na faixa das 18h, que ainda não tinha novelas à ocasião. A produção durou até 1974, fez muito sucesso com a garotada e um trecho dela pode ser visto aqui.

Bela do Dia: Cacyone Gomes

Cacyone Gomes, repórter da TV Globo Nordeste em Pernambuco. Uma nordestina muito lindindinha que surgiu em Caruaru para brilhar todo o estado.

Momento Raridade Rara: "Sentindo na Pele" x Sushi Erótico

Foi uma disputa épica que marcou aquele domingo há 20 anos hoje completados. O "Domingo Legal", do SBT, e o "Domingão do Faustão", da Globo, travavam uma brigadíssima disputa pela audiência nas tardes de domingo em São Paulo. Só que a coisa foi longe demais nos dois casos naquele 26 de outubro de 1997. Da parte de Gugu Liberato, o sentimentalismo apelativo de um quadro que mostrou ele vivendo um dia de mendigo nas ruas da cidade. A equipe do Fausto Silva foi ainda pior: sob a desculpa disso ser habitual no Japão, botou moças completamente nuas com pedaços de sushi em cima dos seus corpos a ser degustados pelos atores Matheus Rocha, Oscar Magrini e Márcio Garcia. Conforme matéria de Mariana Scalzo e Renato Franzini na Folha de S.Paulo, o "Domingo Legal" venceu o "Domingão do Faustão" por 26 x 23 das 16h30 às 19h30, tendo o "Sentindo" uma audiência de 33 pontos às 17h45 (na época, cada ponto correspondia a 80 mil domicílios em Sampa City) e o sushi erótico um pico de 29 pontos às 17h20. Não achei registros do "Sentindo a Pele" de 1997, então, mostro de 2001 um quadro reprisado em 2006. Já o sushi erótico está aqui. Um dia inesquecível, para o bem e para o mal.

Momento Raridade Rara: "Gol Show"

Aquele mesmo domingo de 20 anos atrás também marcou a estreia de outro programa especial, este com Sílvio Santos no comando. Os telespectadores participavam por telefone e diziam quando uma bola na ponta de uma grua deveria ser disparada. Os prêmios dependiam de onde ela batesse, e o máximo era de R$ 1 milhão. Somente uma vez o grande prêmio foi conquistado. Além do "Patrão", outros apresentadores até a saída em 2002 foram Sílvio Luiz, Babi Xavier e Luís Ricardo. Acompanhe aqui uma preciosidade: o primeiro "Gol Show" na íntegra. E muito obrigado ao Emanuel Colombari por me chamar a atenção para esta outra data histórica.

Clipe do Dia

75 anos de um dos nossos maiores artistas. 75 anos de uma das melhores razões para escutarmos música popular brasileira. 75 anos de alguém que levou só para o bem o nome do Brasil para o mundo. Dia de celebrar bastante este cracaço que é Milton Nascimento, carioca de nascimento, mineiro na essência e brasileiro acima de tudo. Venceu Grammys, dividiu composições com gênios da raça, trabalhou com os maiores nomes deste país e de muitos outros países. Meu respeito eterno ao eterno "Bituca", do qual foi brabo separar apenas cinco canções. Mas acho que fica uma lembrança bacana: de 1967, "Travessia"; de 1979, "Unencounter (Canção da América)"; de 1981, "Nos Bailes da Vida"; de 1982, "Certas Canções"; e de 1983, "Coração de Estudante".

Arremate

Com entrada gratuita, Corinthians 0 x 0 Vitória teve 11.774 torcedores presentes à Arena Corinthians.

"24 Horas" volta antes da partida de volta entre eles pela Copa do Brasil Sub-17!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.