.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quarta, 20 de setembro de 2017 - ANO 15, EDIÇÃO 15
Uma grande quarta-feira

Cinco jogos envolvendo clubes brasileiros tornam o dia de hoje muito importante nos torneios da Conmebol. Três deles atuarão na Libertadores, saberemos se teremos apenas um dos nossos na semifinal ou se já poderemos assegurar um finalista. Já na Sul-Americana, teremos dois ou três brasileiros assegurados nas quartas?

Um brasileiro é garantido na semifinal da Libertadores. Resta saber se será Grêmio ou Botafogo. Os azuis do Renato Portaluppi precisam driblar a queda de rendimento das últimas partidas (só fez gol em uma de sete) e são obrigados a ganhar para avançar em 90 minutos devido ao 0 x 0 na ida. O grande causador disso é a saída do Pedro Rocha, que fazia um barulho danado lá na frente, e a ausência do lesionado Luan, que é um diferencial técnico. Isso deixa a situação mais equilibrada com os alvinegros do Jair Ventura, que apostam tanto na força coletiva quanto na aura de "exterminador de campeões" que tem marcado sua participação nesta edição.

Os gremistas querem que a história de 1996 se repita. Naquele ano, a classificação para as quartas-de-final veio com 2 x 0 na volta no Olímpico após 1 x 1 na ida no Maracanã. Apostam ainda no simbolismo da data máxima do Rio Grande do Sul, feriado que é aqui por hoje ser 20 de setembro, "o precursor da liberdade". Em todas as 19 ou 20 vezes (um jogo de 1920 torna impreciso o dado) que atuou como mandante nesta data, o Tricolor só perdeu para Palmeiras em 1963 e Internacional em 1970. Os últimos seis compromissos diante de sua gente em um 20 de setembro foram vitoriosos, o último deles um 5 x 1 no Fluminense pelo Brasileirão de 2009. Superstição não é o caminho, já cantava Stevie Wonder, mas: casa + adversário carioca + vitória = reprise hoje?

Já os botafoguenses podem voltar à semifinal do maior torneio das Américas depois de 44 anos - e não seria aquela novela fracassada das 9, mas seria algo "em família" pois agora isso viria pelo filho e antes veio pelo pai. Ainda o "Furacão do Tri" Jairzinho estava no time quando o Palmeiras foi eliminado num 2 x 1 de desempate daquele Grupo 2 da primeira de 3 fases do longínquo e distante 1973, sendo seu o gol da vitória a 3 minutos do encerramento. O título não viria pois nem sequer a decisão foi alcançada, perdido que foi para o Colo-Colo o triangular semifinal que ainda tinha o Cerro Porteño. Mas a campanha foi marcante, embora não tanto quanto a atual pois, se a equipe de 1973 parece melhor tecnicamente, a de 2017 está superando vários obstáculos a mais.

Um palpite para o jogo na Arena do Grêmio? Não tenho, sinceramente. É o tipo de jogo que, se fosse no volante da loteria, eu marcaria "triplo" por garantia. Até por isso, acho que dá empate. "Mas empate com gol para classificar os cariocas ou sem gols para os porto-alegrenses avançarem nos pênaltis?", me pergunta aquela loira deliciosa que deixa meio mundo louco com suas fotos de exercícios no pilates. Aí tá pedindo demais de mim, rs...

Enquanto isso, o Santos recebe o Barcelona na Vila Belmiro podendo empatar sem gols para avançar à semifinal, embora claro que mais tranquilo será se repetir os grupos de 2004 e vencer nem que seja pelo escore mínimo. Os equatorianos não podem ser desconsiderados, vêm da classificação sobre o Palmeiras nos pênaltis no mesmo estado de SP e complicaram bastante a vida alvinegra na ida a ponto de Vanderlei ser o maior destaque por fundamental para a derrota ser evitada. É partida difícil, mas aposto na força do Peixe em casa.

Na Sul-Americana, apesar da horrível fase no Brasileirão, a vantagem consistente da ida creio que dê ao Sport a vaga diante da Ponte Preta, que precisa de 2 x 0 pois, havendo igualdade em 3 x 3 desta maneira, o gol fora no Recife lhe será favorável. Porém, considerando-se a sinuca de bico na qual ela mesma se enfiou ao mandar Gilson Kleina embora após a derrota para o Atlético Goianiense, já viu... Essa aí eu acho que Luxemburgo e associados levarão. Os paulistas não terão Aranha debaixo da meta após 71 compromissos devido a uma lesão. João Carlos, que não atua desde o 0 x 3 diante do Fluminense em julho de 2016, o substituirá.

No Rio de Janeiro, embora qualquer empate com gol classifique a Chapecoense, acho que o histórico recente entre eles falará mais alto e dará Flamengo com vitória, até por ser melhor time, por mais que isso não tenha sido mostrado na prática na disputadíssima ida mais favorável aos alviverdes em Santa Catarina. A missão mais danada é a do Corinthians na Argentina contra o Racing, adversário de poucos, mas pouco exitosos, embates. O que pode animar é uma volta do melhor futebol mostrada na (independentemente do gol de braço do Jô) vitória diante do Vasco, ainda que a obrigatoriedade da vitória dificulte tudo. Acho que dá Racing, mas torço que dê Timão.

A primeira quarta-de-final da "Sul-A Miranda" foi definida ontem com o 1 x 0 do Nacional do Paraguai diante do Estudiantes, o que evitou uma contenda solamente argentina com o Independiente. Classificado também está o Atlético Júnior após os 3 x 1 no Cerro Porteño. Barranquilla será o caminho da Ponte ou do Sport?

Um maravilhoso, o outro catastrófico

Assim defino o que pouco menos de 3 mil pessoas assistiram ontem em Campinas. O Paraná tá naquela fase em que o sujeito já ganha um bom salário mensal e ainda aumenta o vencimento em alguns zeros. São 4 vitórias consecutivas na Série B, 6 jogos de invencibilidade e 8 vitórias nas últimas 11 rodadas. Nestes 33 pontos, foram obtidos 26. A consequência não poderia ser outra: 3º lugar com 43 pontos e confirmação na zona do acesso ao término desta rodada, mesmo que quase tudo dela ainda aconteça entre sexta e sábado - ela será completada por Vila Nova ou Juventude, este retornando à referida se ganhar do Boa Esporte depois de amanhã (e só assim). Até por isso e também pela péssima fase do Guarani (uma vitória nos últimos 12 jogos e 8 pontos ganhos nestes 36, isso depois de faturar 25 dos 39 anteriores), não seria absolutamente nada estranho o visitante triunfar.

O que saiu completamente do sério foi o resultado de 4 x 0, obtido ao natural e quase todo assegurado na etapa inicial com 3 gols. Assim, foi só estufar a rede uma vez mais no tempo final e depois levar em banho-maria até o último trilar de apitante. Para se ter ideia: antes do Paraná, o último time a marcar 4 x 0 sobre o Guarani no Brinco de Ouro tinha sido o Rio Branco, o hoje infelizmente esquecidão Rio Branco de Americana, em março de 2001, pelo Campeonato Paulista. Mesmo assim, Marcelo Cabo está mantido na casamata e ainda foi defendido em coletiva pelo presida Palmeron Mendes - que ainda disse que um conselheiro lhe falou após o segundo gol que ele deveria "morrer de câncer". Detalhe: Palmeron sofre há 15 anos justamente disso. Uma coisa é criticar o dirigente, e neste caso tem que criticar muito. Outra coisa é baixar o nível de forma nojenta e escatológica.

Enquanto isso, um jogo fracote resultou em sucesso pelo marcador mínimo para o América Mineiro, que retomou provisoriamente a liderança com 48 pontos, três acima do Internacional, que de novo terá que ganhar para ser o primeiro colocado (sábado, em Caruaru, contra o Náutico). Quarta que vem - sim, quarta que vem devido ao The Who na terça -, Colorado e Coelho se pegam no Beira-Rio. Parando nos 42 pontos, o Vila Nova será Boa Esporte desde criancinha na sexta-feira para não ser ultrapassado pelo Juventude, que hoje tem 40.

Arbitragem quase toda brasileira

Será assim na penúltima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, anunciados que foram os responsáveis pelas pelejas. A exceção será na abertura dela às 17h (Brasília), com Bolívia x Brasil sendo dirigido pelos argentinos Fernando Rapallini, Diego Bonfa e Gabriel Chade. Depois, tem Venezuela x Uruguai às 18h com Anderson Daronco, Alessandro Rocha e Fabrício Vilarinho. A seguir, Colômbia x Paraguai às 19h30 terá o comando de Ricardo Marques Ribeiro, Rodrigo Corrêa e Guilherme Dias Camilo. Última partida a iniciar, Chile x Equador às 20h30 contará com Sandro Meira Ricci, Emerson de Carvalho e Marcelo van Gasse. Deixei de propósito por último a mais importante de todas as partidas: Argentina x Peru às 20h, sob responsabilidade de Wilton Pereira Sampaio, Kléber Lúcio Gil e Bruno Boschilia. Responsabilidade enorme para Wilton por tudo que este jogo carrega não apenas pela situação na classificação, mas também pelo simbolismo vindo de ocasiões anteriores.

Curtinhas

*Não precisava deixar tão para em cima da hora assim, mas foram entregues à CBF os laudos técnicos do Rei Pelé. Torcida garantida para CRB x Criciúma no sábado e CSA x Tombense na segunda que vem, aleluia!

*Criciúma, que contratou o substituto de Luís Carlos Winck: Beto Campos, que havia acertado dias atrás seu retorno ao campeão gaúcho Novo Hamburgo e que foi mais um de tantos a sucumbir no Náutico.

*America de volta à divisão principal do Rio de Janeiro ao ganhar do Audax por 2 x 0. Assim como pro Goytacaz contra o Americano, também só a vitória interessava ao Sangue pelo empate favorecer o adversário.

*Paulinho guardou o seu na sena do Barcelona sobre o Eibar pelo Espanhol. Messi assumiu de vez o estrelato sem precisar dividi-lo com Neymar após a saída deste pro PSG, quatro gols só agora. Denis Suarez fechou.

*Recém-inaugurado, o novo estádio do Atlético de Madrid (Wanda Metropolitano) foi confirmado hoje pela UEFA como o local da decisão da Liga dos Campeões de 2019. Mal subiu no ônibus e sentou na janelinha, rs...

*Grande ex-zagueiro do Manchester United, Rio Ferdinand agora será boxeador profissional aos 38 anos.

*Campeão mundial em 1950 e da América em 1942, o craque uruguaio Obdulio Varela nascia há 100 anos hoje completados. Falecido em 1996, ele defendeu o Peñarol por 12 anos e venceu seis títulos nacionais.

*Campeão europeu de basquete com sua Eslovênia, o armador Dragic anunciou sua aposentadoria da seleção. Com 31 anos, agora se dedicará apenas à NBA, na qual atua pelo Miami Heat. Esse saiu demais por cima.

*Tênis: o Brasil pegará a República Dominicana no Zonal Americano da próxima temporada da Copa Davis. Caso se classifique, disputará um lugar na repescagem contra o vencedor de Colômbia e Barbados.

*Vôlei: Sada/Cruzeiro sabendo que pegará o anfitrião Zaksa (fiquemos só por Zaksa mesmo), o italiano Civitanova e o iraniano Sarmayeh no Grupo A do Mundial de Clubes marcado para de 11 a 17 de dezembro na Polônia. Grupo B com o também anfitrião Belchatow, o russo Zenit Kazan, o argentino Bolivar e o chinês Shanghai.

*Simplesmente chocante este pavoroso crime em São Vicente, a vítima sendo o jogador de hóquei Matheus Garcia Vasconcelos Alves. Com apenas 24 anos, ele foi assassinado numa emboscada do policial militar Jarbas Colferai Neto, de 23, que se passou por sua namorada para marcar um encontro com o atleta. Jarbas tinha ciúmes da jovem pois ela mantinha contato com Matheus. Aí, ao invés de procurar se controlar para acertar os ponteiros na base da conversa e da racionalidade, vai lá e mata o guri. Deus do céu, é estupidez demais. Por essas e outras que, salvo honrosas exceções, o ser humano é uma espécie que deu muito errado.

*Ministério do Esporte devendo ter muito menos verba no orçamento de 2018 - e põe muito menos nisso: 68% a menos de dinheiro em relação ao aprovado em 2016. Seriam R$ 491 milhões disponíveis para investimentos, valor mais baixo desde 2005. O Bolsa Atleta, que ajuda a manter muitos e muitos esportistas desprovidos de patrocínio (tanto que foi este programa que ajudou 77% dos nossos participantes nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro), pode ter sua cota total reduzida de R$ 141 milhões para R$ 70 milhões. "Parabéns", Brasil.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Rádios públicas obrigadas a tocar diariamente músicas religiosas nacionais? Leio no Diário de Pernambuco que, se depender do pastor Franklin Lima, sim. Deputado federal pelo PP de Minas Gerais, ele tem um projeto de lei que prevê isso sob o argumento de que as emissoras públicas ignoram as músicas religiosas e só tocam as mais populares, deixando de contemplar pessoas religiosas que não se sintam bem com outros tipos de canções e lhes fazendo se sentir sem motivação ou sem jeito para acompanhar as atuais grades. Se descumprido isso, as emissoras teriam que pagar multas diárias e, com reincidência, teriam a concessão suspensa por um mês.

*Só uma amável perguntinha para o caro congressista: as dezenas de rádios religiosas que temos aqui, ali e acolá em tudo quanto é lugar do Brasil - em muitos deles sendo a maioria absoluta na proporção de alternativas do dial - já não são suficientes para estas pessoas mais religiosas se sentirem identificadas a ponto de sintonizá-las? É complicado... Tanta coisa muito grave, muito séria e muito fundamental para ser debatida e algo assim ocupará o tempo das nobres senhoras e dos nobres senhores da Câmara dos Deputados. Parece o futebol, onde vivem querendo mudar coisas menores do tipo "perfumaria" e não consertam o que realmente interessa. Baaahhh!!!

*Começa amanhã o projeto virtual GaúchaZH, que unirá em um mesmo espaço tanto os conteúdos quanto os profissionais da Rádio Gaúcha e do jornal Zero Hora. Falei bastante sobre isso na coluna de ontem.

Bela do Dia: Ana Tapajós

Ana Tapajós, apresentadora do canal de esportes radicais Off e nova participante do "Exathlon Brasil", que a Bandeirantes estreia na próxima segunda-feira. Ela substitui a surfista Michelle des Bouillons, que rompeu um ligamento do tornozelo. Não é só Tapajós que vai à loucura com esta niteroiense. O Pará todo (sacou? Tapajós, Pará... pfff!!!) e o Brasil também.

*Sei pelo Paulo Pacheco que Boris Casoy indenizou em 60 mil dinheiros José Domingos de Melo, o gari ofendido por ele no fim do último "Jornal da Band" de 2009 - para quem não lembra, José e outro moço apareceram em uma mensagem de feliz ano novo, mas vazou no ar em falha técnica um áudio do então apresentador "Jornal da Noite" debochando que dois lixeiros desejavam felicidades "do alto das suas vassouras" no "mais baixo na escala do trabalho". Boris se retratou no dia seguinte, mas até hoje tem gente que não o vê mais do mesmo jeito positivo de antes por causa deste episódio - no qual acabou até sobrando para o saudoso Joelmir Beting, atacado por muita gente por supostamente dar risada da fala do Boris sendo que nem estava presente naquela edição.

*Maurício de Sousa assinou ontem com a TV Cultura, que transmitirá os desenhos da "Turma da Mônica" a partir de 9 de outubro. Passarão tanto a série clássica baseada nos quadrinhos que marcam gerações há décadas quanto a nova série "Mônica Toy", com histórias de 30 segundos campeãs de audiência na internet. A última exibição de Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali e cia. na TV aberta tinha sido na Globo em 2014.

*Completando 50 anos nesta quarta-feira a atriz Kristen Johnston, que fez a Wilma no filme "Os Flintstones em Viva Rock Vegas" e, especialmente, a engraçadíssima Sally Salomon em "Uma Família do Outro Mundo" de 1996 a 2001, série que lhe rendeu os Emmy de melhor coadjuvante em 1997 e 1999. Depois, o melhor momento da Kristen na TV foi de 2011 a 2015 com "The Exes", na qual reprisou a parceria de "Família" com Wayne Knight.

*Falecido em 1994, o grande ator espanhol Fernando Rey nasceu há 100 anos hoje completados. Filmes como "Marcelino, Pão e Vinho", "Sempre aos Domingos" e "Operação França" contaram com sua presença.

*Um dos maiores filmes com o esporte como tema em todos os tempos é "Touro Indomável", de Martin Scorsese. Pois o lutador interpretado por Robert De Niro morreu hoje aos 96 anos. Jake La Motta já tinha a saúde debilitada e sofreu complicações de uma pneumonia. Foram 83 vitórias na carreira, sendo 30 por nocaute, e 19 derrotas. Contra o lendário Sugar Ray Robinson, disputou seis combates, mas ganhou apenas um deles.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia

O tópico entra no clima de Grêmio x Botafogo ao trazer dois nomes históricos da música popular brasileira com identificação com cada um dos lados. O artista gremista é o eterno Lupicínio Rodrigues, autor do hino do clube e que assistem aqui cantar o clássico "Se Acaso Você Chegasse" em 1974, num registro da TV Bandeirantes. Pelo lado botafoguense, destaque óbvio para a ainda entre nós Beth Carvalho, que supera problemas médicos que a limitam um pouco e está "Firme e Forte" tal qual a canção apresentada aqui num "Globo de Ouro" de 1984.

Arremate

Imagens tristíssimas e relatos de doer o coração. Toda força possível para o México pós-terremotos.

"24 Horas" volta esperando que, mesmo na pior, o melhor possa vir pros mexicanos em breve!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.