.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Domingo, 30 de abril de 2017 - ANO 14, EDIÇÃO 129
Rádio Guaíba completa 60 anos



Embora desde 10 dias antes o sinal já estivesse no ar em caráter experimental, foi às 20h30 de 30 de abril de 1957, um domingo, que aconteceu no Theatro São Pedro a inauguração da mais nova emissora de Porto Alegre, sob propriedade de Breno Caldas (o mesmo dono dos jornais Correio do Povo e Folha da Tarde). Uma nova tradição começava a surgir com cobertura esportiva de ponta e acontecimentos internacionais reportados no local, fatos que ajudaram a torná-la um dos dínamos do AM brasileiro através dos muito potentes 720 quilociclos. A liderança de audiência foi conquistada no início dos anos 60 e perdurou até meados dos anos 80, quando começa uma crise que transforma a Guaíba. Comprada pelo empresário Renato Bastos Ribeiro, a estação se revigora e volta a trilhar um caminho seguro em sua trajetória, que ganha novos ares em 2007, quando adquirida junto dos demais veículos da Caldas Júnior pelo Grupo Record, que visava especialmente o canal de televisão.

Desde o começo e até os dias de hoje, a Rádio Guaíba está localizada no 219 da Rua Caldas Júnior, esquina com a Rua da Praia, no mesmo Edifício Hudson que há mais de um século abriga o Correio do Povo (não que isso venha ao caso, mas ali pertinho morei de 2000 a 2004, em edifício localizado ao lado do espaço que, há pouco tempo, passou a ter um Zaffari da Rua da Praia). Muitos dos mais tradicionais nomes da comunicação jornalística e esportiva do Rio Grande do Sul e do Brasil passaram por ali. Ainda hoje, a grade tem programas com boa repercussão e nomes expressivos de público cativo. O perfil acabou mudando um pouco com o passar dos anos, mas a força do nome continua à toda - e foi justamente isso que ajudou demais a sustentá-la nos seus piores momentos. Uma característica que a diferencia positivamente de outras emissoras é o Estúdio Cristal, no qual diversos programas são realizados com a possibilidade de quem por ali passar não só escutá-los, mas também assisti-los. Quando há um debate quente de futebol ou um encontro político, o alcance é ainda maior.

Claro que o tópico a seguir não tem a pretensão de fazer um resumo de toda a história da Guaíba por impossível isso e infelizmente nem ter material em áudio disponível na internet para algo necessariamente abrangente, mas são momentos diversos que destacam fases variadas da emissora no jornalismo geral e no segmento cultural em vertentes diversas. Fica como uma mísera e mal feita, mas sincera e honesta homenagem a este veículo fundamental para a comunicação do Sul e do Brasil, com os votos de muitos anos mais de bom trabalho:

De 1957, o discurso do diretor Arlindo Pasqualini, um dos momentos marcantes da noite de inauguração.

De 1961, o discurso do governador Leonel Brizola, que deu largada à "Cadeia da Legalidade" direto dos porões do Palácio Piratini. O levante defendeu a posse do vice João Goulart à renúncia do presidente Jânio Quadros.

De 1969, a decolagem da missão espacial Apollo 11 em reportagem de Flávio Alcaraz Gomes, numa de suas inúmeras coberturas "em campo". Áudio recuperado pelo documentário "Itinerários de um Repórter" de 2004, no qual Milton Ferretti Jung recriou o texto do "Correspondente Renner" daquele dia. Flávio foi sobrinho de Breno Caldas e teve duas passagens pela Guaíba intercaladas por uma estadia na Gaúcha na segunda metade dos anos 80, quando abrigado pela RBS ao cumprir pena por cometer um assassinato acidental.

De 1975, a abertura do primeiro programa "Agora" com apresentação de Flávio Alcaraz Gomes. O título significava o que acontecia naquele momento na cidade, no país e no mundo através de repórteres por todos os lugares. Um longevo apresentador seu foi o já falecido Amir Domingues. O matinal ficou alguns anos fora do ar na década de 2010, quando substituído pelo "Guaíba Cidades", e atualmente é ancorado por Felipe Vieira.

De 1975, um trecho do programa "Discorama" no qual Oscar Meletti entrevista o poeta Mário Quintana.

De 1981, "Agora" com Lasier Martins, já mais para o jornalismo geral que para o esportivo, entrevistando Leonel Brizola sobre a eleição de François Mitterrand como o primeiro socialista a presidir a França. Lasier foi um dos diretores da emissora no "colegiado" que a assumiu na metade dos anos 80, quando do estouro da crise que quase pôs tudo a perder. Ele a deixou logo após Renato Bastos Ribeiro se tornar o novo proprietário.

De 1987, um "Correspondente Renner" com a imbatível locução do extraordinário Milton Ferretti Jung, que foi da Guaíba por 56 anos tanto neste radiojornal quanto nas narrações de jogos de futebol.

De 1989, "Guaíba Medicina e Saúde" com o Dr. Abraão Winogron atendendo um ouvinte. O som é de péssima qualidade, mas o registro vale a pena. Abraão segue até hoje na programação da rádio.

De 2000, "Memória do Carnaval" com Amir Domingues e Fernando Veronezi recordando canções marcantes das folias das décadas anteriores. Dois dos mais clássicos nomes da programação guaibeira.

De 2008, "Sábado Total" com Fabiano Brasil recebendo a dupla Os Horácios, que canta "O Homem Só". O programa de variedades teve outros apresentadores depois dele, que em seus anos de Guaíba também esteve na equipe de esportes e apresentou o "Programa das Sete" no horário da "Voz do Brasil".

De 2009, uma chamada, vinhetas e um término do "Noturno Guaíba", apresentado por Fernando Veronezi e com vozes nas vinhetas de Marcelo Ribeiro e Maria Luiza Benitez. O "Noturno" abriu um novo dia por algumas décadas ao trazer canções dos primórdios, sobretudo da primeira metade do século 20. Além desta atração, Veronezi também foi especial ao cuidar da discoteca da Guaíba AM e também da Guaíba FM.

De 2010, um vídeo do "Passarela do Samba" com Alex Bagé e Gilberto Jr. recebendo o grupo Azar Deu Samba no estúdio. Além de cronista esportivo, Bagé também é enraizado no meio carnavalesco e sambista, tendo neste um programa semanal para falar destes assuntos musicais à meia-noite de sábado para domingo.

De 2010, a reportagem especial "Filhos do Cárcere", de Renata Colombo, sobre o drama de filhos das detentas do presídio Madre Peletier, aqui em Porto Alegre. Material apresentado por André Haar no "Jornal da Manhã". Renata fez carreira na Guaíba e também na Gaúcha, atualmente sendo repórter da CBN em São Paulo.

De 2010, a entrada definitiva da Guaíba AM 720 também no FM 101,3 na íntegra das 24 horas do dia. A estação musical rodava "It Might Be You", com Stephen Bishop, quando o som foi cortado para o "Guaíba Revista", com apresentação da retornada Maria do Carmo e participação de Natal Furucho, então presidente da Record/RS (um dos vários que a empresa teve aqui no estado nestes 10 anos de atuação própria).

De 2011, motolinks com Cristiano Soares sendo a novidade do jornalismo guaibeiro, conforme reportagem de Cícero Moura apresentada no "Balanço Geral RS" da TV Record por Alexandre Mota. Tem uma sonora da chefe de reportagem Fernanda Bagatini e uma imagem do debate de futebol "Ganhando o Jogo".

De 2013, um "Correspondente Banco Renner" apresentado por Lila Vieira, uma das vozes femininas de destaque da Guaíba - e devidamente anunciada pelo mestre Milton Ferretti Jung no "e atenção, ouvintes!".

De 2013, "Esfera Pública" com Juremir Machado da Silva e Taline Oppitz entrevistando a vereadora Any Ortiz sobre a fusão dos partidos PPS e PMN. O áudio também inclui Roberto Freire falando sobre o tema e Marina Silva se pronunciando sobre a Rede Sustentabilidade. O programa tem debates políticos na hora do almoço.

Bela do Dia: Samantha Klein

Samantha Klein, repórter e apresentadora da Rádio Guaíba. Só podia ser guaibeira a dona do espaço hoje.

De 2013, "Bom Dia" com Rogério Mendelski e Juremir Machado da Silva comentando a demissão do jornalista Vitor Bley de Moraes da gerência 1 da unidade de jornalismo da prefeitura porto-alegrense. Mendelski surgiu para o rádio através da Guaíba em 1979 e saiu em 1984, retornando há 10 anos fechados em agosto próximo.

De 2014, "Agora" com Felipe Vieira entrevistando o jornalista e marqueteiro Marcos Martinelli sobre a campanha vitoriosa de José Ivo Sartori para o governo gaúcho. Antes de apresentar o retornado programa matinal lançado em 1975, Felipe ancorou também o "Guaíba Cidades" tanto solo quanto em dupla com Ieda Risco.

De 2015, "Guaíba Revista" com Carlos Guimarães entrevistando o eterno "Mutante" Arnaldo Baptista. Este programa serviu até recentemente para o comentarista esportivo mostrar com tudo seus dotes culturais, outro assunto do qual manja muito bem assim como do próprio futebol.

Clipe do Dia

A partir das 12h de 20 de abril de 1957 sua programação experimental, a Rádio Guaíba rodou músicas dali até a inauguração de 60 anos atrás. O primeiro tema foi este aqui: "Three Coins in The Fountain", com Franck Pourcel.

Antes do Arremate...

...um reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Arremate

A coluna "Papo de Mídia" deste domingo fala bastante do segmento esportivo da sexagenária emissora.

"24 Horas" volta antes que a AM 720 de Porto Alegre complete 61 anos!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.