.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Terça e quarta, 13 e 14 de dezembro de 2016 - ANO 14, EDIÇÃO 42
Quase virando "chinelinho" a contra-gosto

Quando um jogador passa mais tempo machucado do que jogando, convencionou-se chamá-lo de "chinelinho". Infelizmente, 2016 me faz ser mais "chinelinho" do que nunca, mas não por querer e sim a contra-gosto. Semana passada, um novo problema: site fora do ar na manhã da quinta-feira, não pude repercutir a final da Copa do Brasil e projetar a última rodada do Brasileirão. Era uma conta não paga, problemas enormes num novembro totalmente desfavorável. Com ajuda, a dívida foi quitada na sexta-feira pela manhã. Só que a compensação na conta do hospedeiro se deu apenas na manhã desta segunda-feira. Nada preparado eu tinha, então, tive que deixar para hoje um "enésimo" resumo de dias anteriores, mais uma coluna atípica e fora do habitual por não espichar muito os assuntos para buscar resumi-los para fins de arquivo histórico. Estou cansado disso, sinceramente. Se seguir nessa toada a melodia, vai chegar uma hora que pararei de tocar tal música. Enquanto eu tiver saco (perdão pelo linguajar baixo e sem educação), vou em frente. Mas ser "chinelinho" a contra-gosto tá me aborrecendo. Mas tudo bem. Deve ter alguém que ache isso legal por isso ou aquilo, vai ver é para "alegrá-los" que isso acontece.

Terminou o Campeonato Brasileiro 2016

Acabado com Fluminense 1 x 1 Internacional, Sport 2 x 0 Figueirense, Vitória 1 x 2 Palmeiras, Atlético Paranaense 0 x 0 Flamengo, Grêmio 0 x 1 Botafogo, Cruzeiro 3 x 2 Corinthians, São Paulo 5 x 0 Santa Cruz, Santos 1 x 0 América Mineiro e Ponte Preta 2 x 0 Coritiba, o Campeonato Brasileiro teve esta classificação final:

1) Palmeiras, 80 pontos (campeão e nos grupos da Libertadores) Despedida por cima do Cuca com direito ao 100º gol do Alecsandro em Campeonatos Brasileiros. As melhores marcas do Brasileirão 2016 foram do Verdão. Com dois anos consecutivos de títulos nacionais, a perspectiva para 2017 é a melhor possível. Para tanto, o diretor de futebol Alexandre Mattos renovou por 2 anos, mesmo período de permanência do goleiro Jailson, que ficou invicto em 19 atuações no torneio. Alecsandro e o "Highlander" Zé Roberto continuarão por mais 1 ano.

2) Santos, 71 pontos com 22 vitórias (vice e nos grupos da Libertadores) Contou na última rodada pela vez derradeira com Elano, que pendurou as chuteiras e seguirá no clube como auxiliar técnico de Dorival Júnior.

3) Flamengo, 71 pontos com 20 vitórias (grupos da Libertadores) Com o atraso em uma semana no fim do Brasileirão e outros atrasos em termos de planejamento, desistiu de jogar a Copa Flórida, na qual o Bahia o substitui para encarar Wolfsburg e Estudiantes.

4) Atlético Mineiro, 62 pontos (grupos da Libertadores) Não tem mais Dátolo, cujo contrato acaba e não é renovado, e começará 2017 sem o guarda-metas Victor, cujo ombro direito necessita de recuperação após um machucado em amistoso festivo.

5) Botafogo, 59 pontos (fase prévia da Libertadores) Grande revelação como técnico, a partir do qual o destino do time mudou completamente em relação ao que era projetado pelos analistas, Jair Ventura está acertado para continuar por mais 2 anos.

6) Atlético Paranaense, 57 pontos (fase prévia da Libertadores) Registrou no empate com o Flamengo seu melhor público na Arena da Baixada: 38.020 torcedores, superando os 33.270 do 1 x 0 diante do Criciúma na Primeira Liga. Segunda melhor plateia geral do estádio, atrás apenas dos 39.375 de Espanha 3 x 0 Austrália na Copa do Mundo de 2014.

7) Corinthians, 55 pontos (Sul-Americana)

8) Ponte Preta, 53 pontos com 15 vitórias (Sul-Americana) Estreou na despedida Felipe Moreira como seu técnico após a saída do Eduardo Baptista e renovou com Wendel até dezembro de 2017.

9) Grêmio, 53 pontos com 14 vitórias (campeão da Copa do Brasil e nos grupos da Libertadores) Após a derrota mais festejada da história do clube devido ao rebaixamento do arqui-rival, as primeiras definições para 2017 são a renovação do coordenador técnico Valdir Espinosa e a saída do vice de futebol Adalberto Preis.

10) São Paulo, 52 pontos com 14 vitórias (Sul-Americana) O destaque da goleada que fechou o ano ficou para o goleiro Léo, que substituiu Dênis nos últimos 14 minutos e estreou no time principal após 8 anos no profissional são-paulino, pelo qual havia disputado apenas um amistoso contra o Londrina em 2013. Léo tem contrato acabando este mês e não será renovado.

11) Chapecoense, 52 pontos com 13 vitórias (campeão da Sul-Americana e nos grupos da Libertadores) A homenagem que recebeu no Couto Pereira, na noite em que ali deveria acontecer a final da Sul-Americana contra o Atlético Nacional, foi linda e inesquecível. Dolorosa demais, verdade, mas inesquecível. Passada ela, é celebrar o regresso doFollmann ao Brasil nesta virada de segunda para terça-feira. Chegarão a seguir Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel. Segue a torcida para que melhores novidades venham a respeito do Neto. Enquanto isso, para recomeçar e procurar dar a volta por cima, o Verdão do Oeste começa aos poucos a se mobilizar. Sabidos são desde a semana passada o técnico Vagner Mancini e o executivo de futebol Rui Costa. E às tantas competições que terá em 2017, foi adicionado o Troféu Joan Gamper, convidado que foi pelo Barcelona.

12) Cruzeiro, 51 pontos (Sul-Americana) Terminando 2016 ao menos com uma vitória, é começar a acertar o passo para 2017. Saídas já acontecem, como a de Bruno Rodrigo. Chegadas também são sabidas, como as de Caicedo, zagueiro do Independiente del Valle, e Diogo Barbosa, lateral esquerdo do Botafogo. Tem ainda renovações, como a do beque Léo por 2 anos.

13) Fluminense, 50 pontos (Sul-Americana) Lamentável o episódio de torcedores seus que agrediram um colorado no RJ após o empate em Mesquita. Indignos canalhas que não podem ser considerados torcedores tricolores por não estarem à altura dos bons da galera pó-de-arroz.

14) Sport, 47 pontos (Sul-Americana) Reviveu depois de 25 anos uma situação quase igual: chegar à última rodada disputando a fuga do rebaixamento contra o Vitória e um clube de Porto Alegre. Assim como em 1991, o rubro-negro escapou e o time gaúcho caiu. As diferenças: eram duas quedas em 1991 e uma agora; e por causa disso, lá os baianos se deram mal e agora conseguiram permanecer na primeira divisão.

15) Coritiba, 46 pontos


16) Vitória, 45 pontos

17) Internacional, 43 pontos (rebaixado para a Série B) Envolvido com o "Caso Victor Ramos" e uma briga sua com a CBF, cada lado tendo a sua versão disso, cai pela primeira vez para a segunda divisão. Não adiantou nada Danilo Fernandes defender um pênalti no apático e pífio último compromisso na elite. Missão a ser tocada no ano que vem pelo novo técnico Antônio Carlos, que deixou o Juventude (onde Paulo Cesar Parente o sucede), e pelo novo presidente Marcelo Medeiros, oposicionista eleito com 94,7% dos votos sobre o situacionista Pedro Affatato.

18) Figueirense, 37 pontos (rebaixado para a Série B)

19) Santa Cruz, 31 pontos (rebaixado para a Série B) Grafite não disputou o último jogo do time na divisão principal pois rescindiu seu contrato dois dias antes.

20) América Mineiro, 28 pontos (rebaixado para a Série B) A primeira saída ao fim deste ano é do Nixon, que retorna ao Flamengo, que o havia emprestado.

A artilharia foi tripla com 14 gols: Diego Souza pelo Sport, Fred pelo Atlético Mineiro e William Pottker pela Ponte Preta. Terceira vez que tivemos 3 artilheiros no mesmo campeonato. A anterior foi em 2008, com 21 gols para Keirrison pelo Coritiba, Kléber Pereira pelo Santos e Washington pelo Fluminense. Já a primeira foi em 2000, com 20 gols para Dill pelo Goiás, Magno Alves pelo Fluminense e Romário pelo Vasco. Foi a marca mais baixa de artilharia nos pontos corridos e a mais baixa desde os 11 gols do Charles pelo Bahia em 1991.

Grêmio: uma mão cheia de copas

Obs.: tópico escrito na madrugada de quinta-feira, antes de eu ser surpreendido com o problema que impediu nos últimos dias a atualização do site. Para não serem perdidos estes escritos, publicados estão aí.



Uma mão cheia de Copas do Brasil. É a mão de todo e qualquer torcedor do Grêmio após a conquista da edição de 2016, que se soma às de 1989, 1994, 1997 e 2001. Não foi ontem o arremate do título. Isto é: claro que foi nesta quarta-feira, mas o que deu base para acreditar que este seria o fim da história foi os 3 x 1 da ida no Mineirão. Ali, o Tricolor obteve uma vantagem ótima e sólida que lhe permitiu até ser inferior em alguns momentos da volta, mas não a ponto de sentir um risco de sofrer dois gols de diferença, quanto mais três. O Atlético inexistente da ida até melhorou na volta, mas não a ponto de tirar do Tricolor aquilo que tanto sua gente desejava: o fim do incômodo jejum de 15 anos sem troféus nacionais "linha de frente". Se o jogo da volta foi muito chato e teve apenas válidos a espetacular e emocionante homenagem póstuma para a Chapecoense antes do começo e os últimos 5 minutos, nestes saindo o gol definitivo do Bolaños com poucos instantes após sair do banco, o golaço fabuloso do Cazares e as duas breves pancadarias entre os jogadores, isso para os azuis gaúchos é o de menos.

O título é merecido e corretíssimo, está em ótimas mãos a taça da CB. Mãos do Marcelo Grohe, que queria tanto uma glória assim há tanto tempo e finalmente chegou ao sonhado topo. Mãos de cada um dos 55.337 viventes que compareceram à Arena, público recorde em jogos oficiais nos seus justamente hoje completados 4 anos. Mãos do Renato Portaluppi, que merece sim a reivindicada estátua como mais ainda maior ídolo gremista por, depois de ser gigante dentro das quatro linhas em 1983, agora romper a seca de uma década e meia sem feitos além-fronteiras. Mãos desse grande cara que é Valdir Espinosa, que repete com o Gaúcho a dobradinha vencedora de 33 anos atrás e também merece todas as reverências. Mãos do Douglas, que talvez na hora em que você ler estes escritos esteja segurando um copo de cerveja para farrear. Mãos do Luan, que detonou Eduardo Sasha por este ter feito a "valsa dos 15 anos" no título estadual do Inter sobre o Juventude. Mãos do ontem ausente Pedro Rocha, um dos responsáveis diretos pelo título com a dobra pessoal em BH. E mãos do Bolaños, ora bolas. Mais do que as mãos, seus pés, sobretudo o esquerdo. Gol do título! E nada mais preciso argumentar, Meritíssimo.

Como disputou a Libertadores no primeiro semestre, o Grêmio entrou na Copa do Brasil a partir das oitavas-de-final, quando teve mais dificuldades ao precisar dos pênaltis para eliminar o Atlético Paranaense após 1 x 0 visitante tanto na ida quanto na volta. Daí até o fim, sempre uma partida ganha e outra empatada: Palmeiras caído nas quartas, Cruzeiro derrubado na semifinal e Atlético aniquilado na finalíssima. Com 4 vitórias, 3 empates e 1 derrota, marcando 10 e sofrendo 5, os tricolores estão classificados para a Libertadores de 2017. Com relação ao Atlético Mineiro, que não ficava sem um único título qualquer que fosse desde 2011, Roger Machado assumirá o comando das picapes tocadas pelo Daniel Nepomuceno, que na mesma quarta-feira da decisão teve seu nome confirmado no secretariado do novo prefeito belo-horizontino Alexandre Kalil, secretário de desenvolvimento que será e político que em primeira vez não será, vereador que já é da capital mineira e ex-secretário da Fazenda de MG.

Faça a festa, torcida gremista! O inferno acabou e deu lugar ao retornado paraíso das vitórias. A famosa e popular "gangorra" futebolística da aldeia pampeana novamente coloca o Tricolor por cima, ainda mais com o histórico rival tão por baixo como jamais esteve e dificilmente fugindo do rebaixamento. Além disso, agora já sabendo como é ser campeão na Arena, desprendendo-se da linda história escrita no saudoso Olímpico. Parabéns!

Curtinhas

*Melhores do Brasileirão no prêmio da CBF: Jaílson; Jean, Geromel, Mina e Jorge; Tchê Tchê, Moisés, Diego e Dudu; Robinho e Gabriel Jesus; craque, Jesus; técnico, Cuca; revelação, Vitor Bueno; craque da galera, Danilo; gol mais bonito, Zé Roberto em Santa Cruz 2 x 3 Palmeiras; e árbitro, Raphael Claus.

*Melhores do Brasileirão na Bola de Prata: Jaílson; Jean, Geromel, Réver e Fábio Santos; Tchê Tchê, Willian Arão, Dudu e Moisés; Robinho e Gabriel Jesus; bola de ouro, Jesus; prancheta de prata, Cuca; prêmios de artilharia para Fred, Diego Souza e William Pottker; gol mais bonito, Camilo em Botafogo 2 x 1 Grêmio; e prêmios especiais para Formiga (primeira mulher vencedora de uma BP), Pelé (BO honorária) e Chapecoense.

*O Criciúma contratou Deivid para ser seu novo técnico. Este ano, ele estreou na função no Cruzeiro.

*O Santa Cruz disputará a Taça Asa Branca em janeiro de 2017 contra o Paysandu. Será o duelo dos excluídos pela Conmebol: os campeões do Nordeste e da Verde, dos quais as vagas na Sul-Americana foram tiradas.

*O Náutico perdeu um mando de campo pela invasão de sua torcida na derrota para o Oeste.

*O Guarani renovou com Lenon, Genilson, Gilton e Renato Henrique, e contratou Flaysmar e Anderson do Guaratinguetá, Ernani do Juventude, Diego Jussani do CRB e Escobar do Boa Esporte.

*O Goiás manterá o atacante Walter por mais uma temporada.

*O Vila Nova contratou o meia Hiroshi, do Tupi, e o lateral esquerdo Jonathan, do Novo Hamburgo.

*O Atlético Goianiense, que nesta segunda-feira aclamou Maurício Sampaio para mais 2 anos na presidência, perdeu o meia Magno Cruz para o sul-coreano Jeju United.

*O Luverdense contratou o atacante Marcos Aurélio, ex-CRB, Inter, Santos e dupla Atletiba.

*O ABC contratou o atacante Túlio Renan, do Ypiranga, e perdeu o meia Lúcio Flávio.

*Joel Santana de volta à casamata, contratado que foi para treinar o Boavista no Campeonato Carioca.

*Fabrício Carvalho aposentou-se aos 38 anos. Ex-São Caetano, agora ele se dedica à música.

*Relatório final da CPI do Futebol aprovado sem indiciamentos. Também, né? Foi feito pelo Romero Jucá!

*Os 2 x 2 com o Bahia confirmaram o São Paulo como primeiro bicampeão da Copa do Brasil Sub-20.

*Renovada em 1 ano a parceria que levou Audax e Corinthians à conquista da Copa Feminina do Brasil.

*Após seu sub-19 ser eliminado do Colombiano pelo Independiente Santa Fe, que decidirá o Finalización contra o Tolima, o Atlético Nacional estreará no Mundial de Clubes nesta quarta, contra o Kashima Antlers.

*O América do México fará a outra semifinal contra o Real Madrid, invicto há 35 jogos e cujo atacante Cristiano Ronaldo tornou-se pela quarta vez ganhador da Bola de Ouro da France Football.

*Wanda Metropolitano é como se chamará o novo estádio do Atlético de Madrid a partir de 2016/2017.

*Oitavas da Liga dos Campeões: Napoli x Real Madrid, Arsenal x Bayern de Munique, Borussia Dortmund x Benfica, Barcelona x Paris Saint Germain, Juventus x Porto, Leicester x Sevilla, Monaco x Manchester City e Atlético de Madrid x Bayer Leverkusen. Idas em fevereiro e voltas em março.

*Décimas-sextas da Liga Europa: Athletic Bilbao x Apoel, Legia Varsóvia x Ajax, Anderlecht x Zenit, Astra Giurgiu x Genk, Manchester United x Saint-Étienne, Villarreal x Roma, Ludogorets x Copenhague, Celta x Shakhtar Donetsk, Olympiacos x Osmanlispor, Gent x Tottenham, Rostov x Sparta Praga, Krasnodar x Fenerbahce, Borussia Monchengladbach x Fiorentina, AZ Alkmaar x Lyon, Hapoel Be'er Sheva x Besiktas e PAOK x Schalke 04.

*Gianni Infantino quer a Copa do Mundo com 48 seleções e 16 triangulares a partir de 2026. Ele tá pinel, é?

*Prêmio Paralímpicos premiando via votação popular Petrúcio Ferreira, 1 ouro e 2 pratas no atletismo dos Jogos do RJ, e Silvânia Costa, ouro no salto em distância, como os melhores para-atletas de 2016.

*Yelena Isinbayeva desistiu e Dmitri Shliajtin foi reeleito presidente da Federação Russia de Atletismo.

*5 décadas depois, The Ring Magazine elegeu Muhammad Ali como melhor boxeador de 1966. No ano original, a distinção não fora dada pois ele se negou a prestar o serviço militar e se relacionava com a Nação do Islã.

*Etiene Medeiros campeã dos 50 metros costas no Mundial de Piscina Curta, no Canadá, com 25s82.

*Taubaté campeão nacional masculino de handebol com 26 x 20 sobre o Pinheiros. Terceiro título.

*Felipe Giaffone tetracampeão da Fórmula Truck ao ganhar as duas corridas finais em Londrina, que entraram para a história pois foram as primeiras da categoria disputadas não em um domingo e sim num sábado.

*Felipe Fraga campeão da Stock Car com um décimo em São Paulo. Piloto mais jovem a atingir tal feito.

*Corinthians finalmente campeão da Liga Futsal ao ganhar do Magnus de Sorocaba por 5 x 2.

Sintonia PB

*Troca no papel: Dora Kramer se despediu do Estado de S.Paulo neste domingo. Em fevereiro, estreará na Veja.

*Quinta-feira passada, a Super Rádio Tupi ficou em greve por 24 horas, período no qual todos os programas deram lugar a uma seleção musical. No dia seguinte, a líder em audiência no RJ voltou ao normal - isto é: um normal que não é normal pois não se pode achar normal atrasos salariais e perdas de outros tantos benefícios.

*Saída na Rádio Jovem Pan: a de Madeleine Lacsko, que apresentava o "Radioatividade". Motivos mais específicos para tanto não foram dados. Sei pelo Rodney Brocanelli que Carolina Ercolin é cotada para substituí-la.

*Regressada nesta segunda-feira a Jovem Pan FM à região metropolitana de Porto Alegre a partir do "Pânico". O estúdio fica em Montenegro e, embora toda a programação inicialmente seja gerada via satélite, há uma equipe própria e uma central de produção no Shopping Total. A Pan 2 estava aqui, via Pampa, até março de 2014.

*Mais de 1 mês e meio depois é que fui me tocar dessa: o SBT/RS agora tem um repórter na Zona Sul do estado, que é Antônio Peixoto, ex-RBS TV. Pautas de Pelotas, Rio Grande e adjacências são todas com ele.

*Segunda-feira com duas novidades na Record/RS: a nova repórter Mariane Schlindwein, que estava na RIC TV de Curitiba e que volta ao estado, estreando em Porto Alegre após ser da RBS TV em Cruz Alta e na sucursal de Bento Gonçalves (a chegada dela pode ter a ver com a saída da Lizandra Ongaratto, que vai morar no Canadá, pelo que ouvi do Voltaire Porto no "Bom Dia" da Rádio Guaíba); e "A Hora da Venenosa" do "Balanço Geral" passou a ser apresentada por Thayla Colling, ex-"Studio Pampa", pois começou a licença-maternidade da Mônica Fonseca.

*Teve saída na Record em São Paulo: a do repórter Jésus Mosquéra, que atualmente era do "Balanço Geral SP".

*Do Flávio Ricco: próxima sexta, a Record do Rio de Janeiro alterará os horários de dois apresentadores. Tino Júnior passará para o "Balanço Geral" ao meio-dia e Gustavo Marques vai para o "RJ no Ar" às 7h30.

*Teve estreia semana passada na Band Rio: a de Joana Calmon, sua nova repórter. Por muitos anos ela teve destaque na GloboNews, tanto como correspondente na França quanto participando do "Estúdio i".

*Não deve ter alguém mais feliz no jornalismo da Globo RJ na última semana do que Flávio Fachel, que não fez questão alguma de esconder isso no "Bom Dia Rio". Dois exemplos: quinta-feira passada, mostrou uma bandeira do Grêmio que estava atrás da bancada e ainda ganhou o hino do seu time cantado pelo repórter aéreo Genilson Araújo; e nesta segunda-feira, tanto ao chamar Silvana Ramiro no "Radar RJ" quanto Raphael Rezende na opinião do futebol, falou em "encarar a segunda". Pra bom entendedor, claro ficou: o Inter encarar a segunda divisão.

*Semana passada, a Globo fez algo inédito de sexta para sábado: uma maratona com todos os 11 episódios já exibidos de "Supermax", que foi do "Programa do Jô" até as 6h. Falta passar um para fechar a série.

*Com manutenção para a rede do fim do "Domingo Maior" até o início do "Corujão" na virada deste domingo para segunda, a Globo passou só para São Paulo "Procurando Monica Velour" na "Sessão de Gala".

*Demitida pela TV Brasil Leda Nagle, que comandava o "Sem Censura" havia 20 anos, desde a antiga TVE. A saída dela da emissora pública causou enorme barulho, sobretudo pelos protestos muito fortes feitos pela jornalista.

Sintonia PB: datas em 0 ou 5

Quinta 8 - 80 anos do nascimento de David Carradine, falecido em 2009 e célebre pela série "Kung Fu" e pelos filmes "Kill Bill"; e 40 anos de Tatiana Flores, ex-apresentadora da Record Brasília.

Sexta 9 - 100 anos de Kirk Douglas, ator de "Sede de Viver" e "Spartacus"; e 75 anos de Beau Bridges, que fez "Susie e os Baker Boys" com o irmão Jeff.

Sábado 10 - 20 anos do Sexy Hot, canal erótico da Globosat.

Domingo 11 - 85 anos de Rita Moreno, Oscar de atriz coadjuvante por "Amor, Sublime Amor"; 40 anos de Tata Fromholz, ex-repórter e apresentadora da RBS TV em Santa Catarina; e 5 anos da morte de Rodolfo Bottino, nascido em 1959, ator de produções como "Anos Dourados" e apresentador do Shoptime.

Segunda 12 - 40 anos de Adriana Alves, atriz de novelas como "Duas Caras" e "Carrossel"; e 10 anos da morte de Peter Boyle, nascido em 1935 e ator de "O Jovem Frankenstein" e "Raymond e Cia".

Quarta 14 - 70 anos do nascimento de Patty Duke, falecida neste ano e Oscar de coadjuvante por "O Milagre de Anne Sullivan".

Bela do Dia: Alinne Fanelli

Alinne Fanelli, setorista do São Paulo no jornal Agora S.Paulo. Com ela documentando o dia-a-dia tricolor, o ambiente sempre fica muito bom, mesmo quando dentro de campo estiver ruim.

Clipe do Dia: datas em 0 ou 5

Quinta 8 - 50 anos de Sinead O'Connor, que cantou em 1990 "Nothing Compares 2 U", original de Prince.

Sexta 9 - 35 anos de Paula Marchesini, ex-cantora do The Soundtrackers, que mandou muito bem em 2015 numa versão de "Because The Night", originalmente entoada por Patti Smith.

Terça 13 - 35 anos de Amy Lee, vocalista do Evanescence, que em 2004 lançou "Bring Me To Life".

Quarta 14 - 70 anos de Jane Birkin, que imortalizou em 1969 "Je T'Aime... Moi Non Plus" com Serge Gainsbourg; e 10 anos da morte de Sivuca, multi-instrumentista nascido em 1930 e que tocou "Feira de Mangaio" em 1978 com Clara Nunes no vocal.

Homenagem - Morreu aos 69 anos na quarta-feira passada Greg Lake, guitarrista inglês que formou o famoso trio de rock progressivo Emerson, Lake & Palmer. De 1977, tem "C'est La Vie" ao vivo em Montreal.

Antes do Arremate...

...um reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Arremate

Pouco mais de duas semanas para 2016 acabar. Mas fica uma sensação de tanta coisa ainda por vir...

"24 Horas" voltando rezando aos deuses que as coisas ruins tenham cessado de vez!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduCesarPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.