.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016 - ANO 14, EDIÇÃO 25
Sábado vazio pré-domingo eletrizante

A 31ª rodada do Brasileirão apontará um ineditismo na era dos pontos corridos: uma rodada cheia de fim de semana (sem ser a última ou a penúltima) sem uma só partida acontecida no sábado. É que não havia partidas disponíveis para este dia no desmembramento anunciado no último dia 27. Seis dias antes, Palmeiras x Cruzeiro havia sido adiado das 21h45 da última quarta-feira para as 19h30 da quinta-feira a pedido alviverde para poder ter Gabriel Jesus dois dias depois do Brasil enfrentar a Venezuela. Mas mesmo que tanto este jogo e também o Fla-Flu fossem mantidos em 12 de outubro, somente Cruzeiro x Chapecoense poderia ser no sábado, já que Inter x Flamengo e Figueirense x Palmeiras foram escolhidos pela TV Globo para este dia 16.

Aí, houve o adiamento do duelo dos Palestras e nenhum outro jogo foi puxado para o feriado, sendo que dois poderiam mudar esta situação: se Atlético Mineiro x América Mineiro e Ponte Preta x Vitória fossem na quarta, o sábado poderia receber Corinthians x América e Ponte x Santa Cruz (não conto Botafogo x Atlético pois também este foi escolhido pela TV Globo). Só que o clássico mineiro teria mesmo que ser na quinta-feira para que todos os três primeiros atuassem juntos, mas ainda haveria a possibilidade de Ponte x Vitória na quarta. Assim não foi feito e temos o primeiro sábado sem uma só partida da rodada cheia de fim de semana (sem ser por última ou penúltima) desde a 25ª e antepenúltima da primeira fase de 2001, em 18 de novembro.

Assim sendo, o povo que der de ombros para as Séries B e C e para o futebol europeu poderá curtir numa boa um piquenique no parque ou coisa do gênero durante o sábado, pois o domingo será grande, muito grande, digno do bordão do Paulo Silvino: "aaahhh, como era graaande..." (zero malícia na lembrança pois, apesar de não ser mais obrigatória a vinculação à classificação indicativa, este ainda é um site de família) Só na faixa das 17h Brasília com a adoção do horário de verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, mas não em Norte e Nordeste, o sujeito teria que ter não dois e sim três olhos para curtir ao mesmo tempo a participação dos três postulantes ao título, que faz com que percam um pouco de peso no comparativo direto Cruzeiro x Chapecoense (12° com 37 x 11° com 41) e o sempre pesado clássico paranaense Atlético x Coritiba (8° com 45 x 13° com 37), que promete emoção por ter um Furacão na luta pelo G6 como única alternativa para jogar a Libertadores depois da eliminação na Copa do Brasil e um Coxa que quer "fazer o crime" para se tranquilizar, tal qual a Raposa em BH.

Mas o "comando das picapes" será mesmo de Orlando Scarpelli, Beira-Rio e Luso-Brasileiro. Os cotejos no Sul terão ao mesmo tempo a briga pelo título, que ficou digna da própria "Terceira Guerra Mundial" depois do dito por dirigentes palmeirenses e flamenguistas depois da polêmica da interferência externa em Volta Redonda, e também a luta contra o rebaixamento a mover os dois mandantes. Figueirense x Palmeiras (18° com 32 x 1° com 61) e Internacional x Flamengo (17° com 33 x 2° com 60) podem até vir a não ser as duas partidas mais bem jogadas do campeonato, mas reúnem ingredientes suficientes para render duas das mais eletrizantes da temporada. Aqui na aldeia pampeana, a chapa esquentou na sexta com uma briga entre William e Anderson no treino colorado, com troca de socos e a pior ficando para o lateral direito, que não jogaria neste domingo por estar suspenso. Por sua vez, o meio-campista foi afastado da partida. Só na segunda-feira o destino deles será selado. Quem pode reunir eletricidade com qualidade acredito que será Botafogo x Atlético Mineiro (5° com 47 x 3° com 56). O Fogão quer manter a ascensão sensacional e o Galo quer fazer sua parte e torcer por tropeços dos dois acima para colar mais ainda neles. Se tiver metade da emoção dos 5 x 3 atleticanos do turno, já ficarei felicíssimo.

Com a adoção do HBV, os domingos terão partidas também às 18h30 DF. Duas, neste caso: Corinthians x América Mineiro (9° com 45 x 20° com 21), com a re-estreia da "esfinge" Oswaldo de Oliveira no Coringão e a torcida dos alvinegros de que o "pensamento mágico" do Roberto de Andrade de apostar nele por causa do Mundial de 2000 não seja um tiro no pé, e Ponte Preta x Santa Cruz (10° com 42 x 19° com 23), prélio no qual a Macaca terá William Pottker graças a um efeito suspensivo - sempre ele, para todo mundo em algum momento. Por fim, duas sessões às 19h30 DF: Santos x Grêmio (4° com 54 x 7° com 46), com Lucas Lima completando 150 jogos pelo alvinegro praiano, e Sport x Vitória (16° com 34 x 15° com 35), mais uma das partidas fundamentais desta rodada por colocar dois duelistas contra o descenso cara a cara. O fecho geral se dará na segunda-feira com Fluminense x São Paulo (6° com 46 x 14° com 36) na já habitual faixa das 20h DF e ambos já sabedores do que terão que fazer, os cariocas em termos seguir no G6 e os paulistas no tocante à fugir do Z4.

Atrações não faltam. Motivos para termos acontecimentos divertidos e que propiciem tardes e noites que valham a pena têm aos montes. Cabe aos clubes cumprir o esperado e que nada ponha as coisas a perder, tipo apitantes que não confiam em marcações acertadas de bandeirolas e estragam tudo com confusões desnecessárias.

Série B: 31 rodadas concluídas

Dos jogos de sexta e sábado, não pude ver nada direito em termos de gols até a publicação destes escritos. Vamos só com os resultados: Atlético Goianiense 2 x 1 Paysandu (boas vindas de volta à elite, Dragão), Bahia 1 x 0 Brasil (parabéns por seguir na segundona, Xavante), Vasco 1 x 2 CRB (não me inventa, não, hein, Vascão?), Avaí 1 x 0 Tupi (indomável Leão), Náutico 1 x 0 Ceará (Timbu vai voltar pra elite, quer ver?), Londrina 1 x 1 Luverdense (empate do LEC na finaleira), Goiás 1 x 2 Vila Nova (valeu pela rivalidade) e Joinville 1 x 0 Paraná (vamos todos dar as mãos e gritar 'Aleluia!!!!' enlouquecidamente pois o JEC ganhou uma!!!).

Eis a classificação: Atlético Goianiense com 58, Vasco com 54 e Náutico e Avaí com 51 no G4; Bahia e Londrina com 49, Criciúma e CRB com 46, Brasil com 45, Ceará com 44, Vila Nova e Luverdense com 43, Goiás com 40, Paysandu com 39, Paraná com 36 e Oeste com 33; Bragantino com 30, Joinville com 29 e Tupi e Sampaio Corrêa com 26 no Z4. O acesso atleticano acho praticamente certo, o vascaíno começa a sofrer inesperada ameaça e a briga pelas outras duas vagas agora levo no máximo a criciumenses e alagoanos. Lá embaixo, os joinvillenses tentam uma luz no fim do túnel, os bragantinos a mesma coisa e os rubrões estão no limite.

Esta é a próxima rodada (todos os horários de Brasília): terça, Vila x Avaí às 19h15 e Brasil x Londrina às 21h30; sexta, Ceará x Braga e Luverdense x Náutico às 21h30; e sábado, Oeste x Bahia às 16h20, Paraná x Vasco às 16h30, Paysandu x Goiás e Tupi x Sampaio às 17h, Criciúma x Atlético às 19h30 e CRB x JEC às 21h.

Curtinhas

*Série C na fase do "o que vier agora é lucro" para os acessados à Série B em 2017. Semifinais abertas sábado por Juventude 1 x 2 Boa Esporte e domingo por ABC x Guarani. Detalhe: o jogo de Natal marcado pro ridículo horário de 21h DF (20h locais) só porque a TV Brasil não quis concorrer com a Série A na Globo às 17h e não dá nestes dias para a bola rolar às 19h devido ao horário político de segundo turno em 18 capitais às 20h30.

*CBF com uma bronca daquelas com isso da Conmebol afirmar que os seis classificados dela para a próxima Copa Sul-Americana sairão do Brasileirão. Não dá para "rasgar no meio" o regulamento que estabelecia aos campeões das Copas Verde e no Nordeste o direito de disputá-la no ano que vem. Sei lá eu o que farão Marco Polo Del Nero e capangas associados, mas é bom que Paysandu e Santa Cruz possam jogar a próxima Sul-A.

*Definidos dias e horários da final da Copa Feminina do Brasil: próxima quarta, São José x Corinthians/Audax às 19h no Vale do Paraíba; e na quinta dia 27, Audax/Corinthians x São José às 19h30 em Osasco, acredito que com o excelso partilhador de postagens tuiteiras Alef de Lima presente no José Liberatti para assistir tudo.

*Anunciou aposentadoria aos 35 anos o brasileiro naturalizado alemão Cacau, que chegou a ser atacante da seleção da Alemanha, país onde fez toda a sua carreira a partir dos 18 anos, tendo como momento maior a temporada 2006/2007, cuja edição da Bundesliga foi conquistada pelo Stuttgart com 13 gols dele. Com a equipe chucruteira, foram 5 gols marcados, um deles nos 4 x 0 sobre a Austrália na Copa de 2010.

*Duas datas em 0 ou 5 deste sábado: 50 anos de Jorge Campos, o famoso atacante que virou goleiro no México e que venceu duas Copas Ouro, um Pan-Americano e a Copa das Confederações de 1999 sobre o Brasil naqueles 4 x 3 da decisão; e 45 anos de Andy Cole, ex-dianteiro campeão europeu e intercontinental de 1999, bicampeão da Supercopa da Inglaterra, duas da Copa da Inglaterra e cinco nacionais pelo Manchester United.

*Criador da Copa do Mundo em 1930, Jules Rimet morreu há 60 anos completados neste domingo. Nascido em 1873, o francês presidiu a FIFA de 1921 a 1954 (já de lá não gostavam de largar o osso tão facilmente) e deu nome ao troféu do campeão a partir de 1946. Taça cuja posse definitiva ficou para o Brasil com a conquista no México em 1970, só que aí bandidos desgraçados a roubaram para derretê-la e vender o ouro... Inacreditável.

*Nico Hulkenberg nas últimas corridas de Fórmula 1 pela Force India. A partir de 2017, ele guiará uma Renault.

*Poliana Okimoto é vice-campeã mundial dos 10 quilômetros da maratona aquática. Ela acabou a última etapa do ano, em Hong Kong, atrás apenas das italianas Arianna Bridi e da campeã da prova e do torneio Rachele Bruni. Foram 74 pontos para a brasileira, abaixo dos 86 de Rachele e acima dos 61 da alemã Angela Maurer.

Momento Raridade Rara: GloboNews 20 anos



O sábado aponta os 20 anos do primeiro canal exclusivamente de jornalismo da televisão brasileira por assinatura. Já canchada dos 5 anos de GNT, Multishow, Telecine e SporTV (antes Top Sport), a Globosat apostou em uma iniciativa inédita, que desde o começo tem uma programação com noticiários ao vivo de hora em hora, alguns com duração ampliada, programas de debates e entrevistas, além de algumas reprises de produções da TV Globo. Esta é que saiu ganhando neste tempo todo pois um tantão de gente que surgiu na GloboNews subiu para a emissora principal e ou nela continua até hoje ou nela teve uma boa trajetória, sobretudo na apresentação.

Felizmente existem muitos vídeos antigos da GloboNews na internet e a ideia do tópico é procurar mesclar um pouco de cada um destes 20 anos. Tive que fazer uma peneira daquelas para chegar a apenas 20, muita coisa boa deixei de fora. Mas ainda assim, espero que eles formem de certa maneira um painel interessante do período no ar deste veículo que é um dos campeões de audiência nas operadoras pagas e que, depois do seu surgimento, tem as companhias do também fechado BandNews desde 2001 e da aberta Record News desde 2007. Eis:

De 1996, a inauguração do canal às 8h30 daquela terça-feira. Os primeiros apresentadores a aparecer foram Eduardo Grillo e Renata Vasconcellos. O primeiro time de bancada tinha ainda Christiane Pelajo, Maria Beltrão, Sérgio Aguiar, André Trigueiro, Márcio Gomes e Flávia Rua. Deles, só Flávia não sei por onde anda atualmente. Grillo saiu do canal no ano passado, Renata foi pra Globo e hoje está no "Jornal Nacional", Chris voltou neste ano após uma década de "Jornal da Globo", André e Márcio hoje são repórteres do Plim-Plim respectivos em Rio e Tóquio, e Sérgio e Maria continuam firmes e fortes em todas estas duas décadas. Entre os repórteres, notados são Sandra Coutinho e Carolina Novaes no RJ e Fábio William em Brasília, de onde fazia o "Jornal das 10". Ele hoje faz o "DFTV" do meio-dia, Sandra segue no canal a partir dos EUA e também passou a ser correspondente da Globo, enquanto Carolina saiu em 2007 para ser repórter de rede da Record na capital fluminense.

De 1997, "Em Cima da Hora" com Maria Beltrão e Márcio Gomes. Destaque para o começo do julgamento de Guilherme de Pádua pelo assassinato de Daniella Perez 15 anos antes. Atenção para a repórter que entrou ao vivo do tribunal: Gioconda Brasil, que foi para a sucursal de Brasília em 1999 e que foi transferida para a TV Globo desde 2006, sendo uma das suas principais repórteres de política (minha predileta, aliás).

De 1997, "Entrevista Especial" com Christiane Pelajo papeando com a cantora Maria Bethânia. Antes de fazer dupla com William Waack no "Jornal da Globo" a partir da saída da Ana Paula Padrão em 2005 até deixá-lo no ano passado e voltar ao canal fechado neste 2016 com a nova "Edição das 16h" com duas horas diárias, a "dama da noite" (by Sílvio Luiz) fez suas primeiras aparições na emissora aberta apresentando o "RJTV". Na GloboNews, além dos noticiários, destacou-se também como apresentadora do semanal "Pelo Mundo".

De 1998, "Jornal das 10" com André Trigueiro apresentando uma reportagem de William Passos sobre uma nova proposta de reforma tributária. Faz 4 anos que deixou o noticiário principal da emissora, mas André não foi superado como "a cara" dele depois disso. Ele segue no canal com o "Cidades e Soluções", que alavancou de vez sua presença na editoria de sustentabilidade, tema que o colocou também na Rádio CBN e na TV Globo, na qual também é acompanhado volta e meia pelos cariocas como âncora substituto do "RJTV".

De 1999, "Arquivo N" com Leilane Neubarth e um especial sobre a ONG Médicos Sem Fronteiras, naquele ano vencedora do Nobel da Paz. Na época apresentadora do "Bom Dia Brasil", ela entrou para os noticiários em si da GloboNews em 2009, quando saiu do "RJTV" da noite para fazer o "Em Cima da Hora" das 18h, que passava a ter uma hora de duração, que atualmente é chamado de "Jornal da GloboNews - Edição das 18h". Atualmente, o "Arquivo N" tem apresentação da Leila Sterenberg, que está na emissora desde o fim dos anos 90.

De 2000, "N de Notícia" com Renato Machado. A pauta dele com os convidados Luiz Garcia e Ives Gandra Martins era sobre a proteção da fonte jornalística usando como pretexto o filme "O Informante". Além dos seus próprios jornalistas, a GloboNews também tinha gente da TV Globo em atrações semanais. Neste programa, os debates eram sempre sobre o jornalismo, não propriamente do canal, mas de tudo do ofício em si.

De 2002, "Almanaque" com Elisabete Pacheco entrevistando a cantora Maria DaPaz. Diferente era o visual dessa época da Bete, hoje uma das principais participantes do "GloboNews em Pauta".

De 2002, "Conta Corrente" com Sidney Rezende entrevistando a consultora de comportamento empresarial Maria Araújo. Também presente desde o surgimento do canal, Sidney conciliou ele com o comando do "Bom Dia Rio" no começo dos anos 2000, além das manhãs locais da Rádio CBN do Rio de Janeiro. A saída se deu no ano passado e foi muito conturbada por ocorrida logo após um texto no qual defendia que a imprensa não desse mais tanta ênfase às notícias ruins. Recentemente, ficou na Rádio Nacional por apenas duas semanas.

De 2003, "GloboNews Painel" com William Waack debatendo problemas de violência e drogas nas famílias. O programa segue no ar aos sábados e também passou a ser retransmitido pela Rádio CBN.

De 2004, "Via Brasil" com Celso Freitas apresentando uma reportagem da conterrânea gaúcha Cristine Gallisa sobre um encantador de búfalos em General Câmara. Foi neste ano que Celso deixou o programa, o canal e toda a Rede Globo (incluindo a CBN, da qual era voz-padrão) para ser apresentador da Rede Record, primeiramente no naquele ano lançado "Domingo Espetacular" e há uma década no "Jornal da Record". Atualmente, o "Via Brasil" é exibido não só na News, mas também na TV Globo em si, em edição especial às 6h do sábado para Rio, Sampa City e regiões brasileiras que não tenham programas locais das 8h às 9h.

De 2006, "Jornal das 10" com Mônica Waldvogel apresentando uma reportagem de Carla Lopes sobre a nota fiscal eletrônica em SP - o som está em apenas um dos lados. Mônica chegou à GloboNews em 2006 para apresentar as notícias paulistas em substituição à Veruska Donato (da qual, infelizmente, não encontrei nada da sua fase neste jornal, que foi onde a conheci) e assumiu em 2008 o "Entre Aspas" no lugar da Maria Beltrão quando estreado o "Estúdio i". Já a conterrânea gaúcha Carla saiu no fim de 2014 depois de um desencontro no ar entre ela e a repórter Fernanda Galvão, no qual a corda acabou arrebentando somente do seu lado.

De 2007, "Sarau" com Chico Pinheiro entrevistando a encantadora Paula Toller. O programa feito pelo apresentador da TV Globo era sempre voltado para a música brasileira e, infelizmente, saiu do ar neste ano.

De 2008, "Em Cima da Hora" com Raquel Novaes e reportagem ao vivo de Eliana Marques na Bovespa. Foi na GN que passei a assistir a Eliana, que poucos anos depois tornou-se moça do tempo no Plim-Plim. Já Raquel hoje apresenta do RJ a "Edição das 10h" em dupla com a recém-chegada Aline Midlej em SP.

De 2010, a estreia do "Jornal da GloboNews" no lugar do "Em Cima da Hora" no dia em que a emissora fazia 14 anos. Coube a Guilherme Rios Cardoso ser o primeiro apresentador do então novo e ainda hoje atual cenário. As trilhas e os letreiros atuais também estrearam naquela manhã, assim como o slogan "nunca desliga".

De 2011, "Estúdio i" com Maria Beltrão lendo mensagens de internautas para o convidado do dia, o músico já saudoso Celso Blues Boy. Não dava para deixar de fora este programa do qual tanto participei quando tive TV por assinatura e que, neste ano, mudou um pouco seu enfoque ao seguir com a informalidade em primeiro lugar, mas não ter mais convidados como no formato inicial por ser mais voltado para os factuais.

De 2012, "GloboNews em Pauta" com Jorge Pontual, normalmente muito sério na TV Globo, se soltando pra valer pela primeira de algumas vezes neste programa ao imitar a dança do Psy no sucesso "Gangnam Style", para risadas de Sérgio Aguiar, Bete Pacheco e Eliane Cantanhêde. Depois dessa, o homem ainda colocaria uma máscara de cocô ao ilustrar uma pauta sobre bactérias transmitidas por um beijo e ostentou uma barbona postiça digna do saudoso Enéas Carneiro ao falar dos "lumbersexuals" (lenhadores urbanos dos EUA).

De 2013, uma entrevista exclusiva feita aqui no Brasil por Gerson Camarotti com o Papa Francisco, que pela vez primeira falou para uma equipe de jornalismo desde que se tornou o Sumo Pontífice da igreja católica. Parte do material passou também na TV Globo e a repercussão aqui e fora daqui foi enorme.

De 2013, "Jornal das 10" com Mariana Godoy apresentando notícias sobre as manifestações pelo país, sobretudo as do Rio de Janeiro, nas quais sobrou para o repórter Pedro Vêdova, atingido por uma bala de borracha. Mariana ficou no canal de 2011 a 2014, substituindo André Trigueiro como âncora principal do "J10", e hoje é da RedeTV!, onde faz o "Mariana Godoy Entrevista". Já Pedro hoje é correspondente da Globo na Inglaterra.

De 2013, "Conta Corrente" com Dony de Nuccio entrevistando o professor de finanças Samy Dana e anunciando uma reportagem de Laura Cassano sobre corretoras on line. Dony ficou no noticiário econômico até o ano passado, quando sucedeu Eduardo Grillo no "Jornal das 10". Já Laura hoje é repórter da Globo em SP.

De 2014, "Central das Eleições" com Renata LoPrete no domingo do segundo turno eleitoral para presidência e governos estaduais. Inicialmente editora de economia, ela passou a ser a apresentadora paulista do "Jornal das 10" e, desde o ano passado, cobre férias e folgas de William Waack no "Jornal da Globo".

Em tempo: alguns profissionais e alguns acontecimentos não entraram neste tópico pois desloquei para outro tópico sobre os 20 anos da GloboNews, este na edição de fim-de-semana do "Papo de Mídia" e que cita gente que foi do canal e que hoje trabalha ou já trabalhou com esportes tanto na Globo quanto no SporTV.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Divulgadas as primeiras chamadas do "Cidade Alerta DF", versão local do jornal policial da Record, que iniciará na segunda dia 23, das 18h às 19h. Será nele a volta ao ar do Henrique Chaves, que deixou o "Balanço Geral DF", que agora é apresentado por Marcão do Povão. A primeira chamada está aqui, foi gravada em São Paulo e conta com a participação da Adriana Araújo, que estava na Globo de Brasília até ir pra Record em 2006.

*Leio no Flávio Ricco que seguirá o apresentador do "Jornal da Noite" sendo o substituto imediato de Ricardo Boechat no "Jornal da Band". Assim como era com Boris Casoy, agora é Fábio Pannunzio que terá esta tarefa já na próxima semana, enquanto o careca estiver nos EUA como um dos convidados de um grupo de mediadores de debates presidenciais de 28 países que participarão de um seminário nos dois dias que antecederão o último encontro de Hillary Trump e Donald Trump antes da decisão rumo à Casa Branca. Enquanto Pannunzio fizer o "Jornal da Band", Antônio Pétrin o substituirá no começo das madrugadas.

*Sei dessa pelo Gabriel Vaquer: a partir da próxima segunda, a Bandeirantes exibirá sua programação em tempo real para todas as regiões brasileiras desde o início da manhã até o fim do "Jornal da Band". Mesmo que não haja mais a obrigatoriedade da adoção da classificação indicativa, resolveram continuar com a "rede fuso", assim como todas as demais, sabe-se lá por que causas, motivos, razões ou circunstâncias. Mas enfim, eles sabem o que fazem... ou não. Fato é que, nas regiões com uma hora de atraso para Brasília, a faixa das 19h20 às 20h20 locais (correspondente às 20h20 às 21h20 DF) terá "Os Simpsons" e a reprise da novela "Dance Dance Dance", que Juliana Baroni estrelou em 2007 e que foi a primeira totalmente gravada em HD na TV brasileira. Ou seja: quem mora em Sul, Sudeste e Centro-Oeste não vai assisti-la, e quem é de Norte e Nordeste vai.

*Sábado de César Tralli apresentando pela primeira vez o "Jornal Hoje", novo integrante que é do rodízio do vespertino da Globo neste dia da semana. Isso acontece 5 anos após ele praticamente virar um jornalista local paulistano ao ancorar o "SPTV" do meio-dia, raríssimas vezes desde então aparecendo em rede, entre elas as eventuais substituições de folgas e férias do Rodrigo Bocardi no "Bom Dia Brasil".

*Com o fim da 5ª temporada de "Castle", a Globo começará a exibir depois do "Programa do Jô" a partir desta segunda para terça a inédita série "Segredos e Mentiras", trama policial estrelada por Juliette Lewis e que fechará no mês que vem duas temporadas com 10 episódios cada. Não é certo que haja uma terceira.

*Duas datas em 0 ou 5 deste sábado: 40 anos de Rodrigo Lombardi, um dos principais galãs atuais da Globo, que o digam "Caminho das Índias", "O Astro" e "Verdades Secretas" (e as beldades que ele pegou nestas tramas... rs); e 65 anos da estreia de "I Love Lucy", uma das mais históricas sitcoms de todos os tempos e que durou 181 episódios em 6 temporadas até 1957. Aqui no Brasil, a comédia com Lucille Ball estreou na TV Tupi em 1958 e ficou no ar até 1979. Anos depois, emissoras como Gazeta SP, Bandeirantes, Cultura, TVE Brasil e Rede 21 a reapresentariam. Ano passado, o SBT a resgatou com uma dublagem atualizada.

*Duas datas em 0 ou 5 do domingo: 15 anos da estreia de "Smallville", que por 217 episódios em 10 temporadas até 2011 mostrou as aventuras do jovem Superman; e 70 anos de Suzanne Somers, loirona que estrelou as séries "Um é Pouco, Dois é Bom e Três é Demais" de 1977 a 1984 e "Step by Step" de 1990 a 1998.

Clipe do Dia

São quatro datas em 0 ou 5 que compõem o tópico, duas brasileiras e duas internacionais.

A primeira nossa: domingo dos 80 anos de Agnaldo Timóteo, que firmou pé não só na música, mas também na política como vereador e deputado tanto por RJ quanto por SP. Assistem aqui seu playblack de quase cinco décadas depois para "Os Verdes Campos da Minha Terra", gravado originalmente em 1967 e que é uma versão brasileira de "Green, Green Grass of Home", que foi sucesso pouco antes com Tom Jones.

Bela do Dia: Isabela Leite

Isabela Leite, repórter da GloboNews em São Paulo. Na coluna que destaca os 20 anos do canal, só podia mesmo ser uma profissional do canal a estrelar hoje a principal seção deste site.

A segunda nossa: sábado dos 50 anos da estreia dos Mutantes na televisão. Foi no programa "O Pequeno Mundo de Ronnie Von", na Record, mas infelizmente não há registros deste momento. Um registro histórico do grupo na emissora está aqui: cantarem "Domingo no Parque" com Gilberto Gil no famoso Festival de 1967.

A primeira estrangeira: sábado dos 85 anos de Freddy Cole, cantor que é irmão de Nat King Cole e tio de Natalie Cole. Em 1978, ele embalou este sucessaço aqui da trilha da novela "Dancin' Days": "I Loved You".

A segunda estrangeira: sábado dos 70 anos de Richard Carpenter, cantor e pianista que formou com a saudosa irmã Karen a dupla The Carpenters. Até hoje não dá para se conformar com a morte precoce dela, dona de uma lindíssima voz à qual a dele se casava perfeitamente. Curtam aqui "Only Yesterday", pérola de 1975.

Antes do Arremate...

...um reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Arremate

O próximo meio de semana será de Copas do Brasil e Sul-Americana, tudo reservado para quarta-feira.

"24 Horas" volta antes que os quatro jogos da CB e os dois dos nossos na Sul-A iniciem!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduCesarPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.