.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Sábado e domingo, 30 de abril e 1° de maio de 2016 - ANO 13, EDIÇÃO 167
O penúltimo fim de semana dos Estaduais

Obs.: esta coluna é publicada com vários problemas pois desde a virada de 6 para 7 de abril estou com apenas metade da velocidade da internet, com muita dificuldade para carregar páginas e impossibilitado de ver e escutar áudios e vídeos, seja em streaming ou ao vivo, e quanto mais baixá-los. Não é problema técnico, é assim mesmo que a internet da GVT (agora Vivo) fica quando passa um determinado período sem conseguir pagar a conta de telefone - e lamento dizer que este é o meu caso, que não sei quando solucionado será. Enquanto isso, vou tocando o site com muita dificuldade e sem muitas coisas habituais dele. Espero que isso se solucione rápido.

Finais começando em quase todos os Estaduais, bola em jogo às 16h deste domingo. Apenas duas terão início no sábado: a Capixaba às 16h15 e a Brasiliense às 16h30. Tem ainda a volta do Nordestão. Eis:

Campeonato Paulista (Osasco Audax x Santos, José Liberatti, Osasco) - Finalista inédito com apenas 3 anos na primeira divisão, o Audax tem 8 vitórias, 4 empates, 5 derrotas, 31 gols pró e 24 contra. Só como mandante, são 5 vitórias, 1 empate, 3 derrotas, 15 gols marcados e 11 sofridos. Com 21 títulos e 11 vices, o Peixe completa 8 finais consecutivas (4 títulos e 3 vices nas anteriores) e 9 das últimas (venceu 5 e perdeu 3). Traz na campanha 10 vitórias, 6 empates, 1 derrota, 32 gols pró e 16 gols contra. Fora de casa, são 3 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 11 gols marcados e 8 sofridos. Das últimas 10 edições do Paulistão, esta é a terceira entre Santos e uma equipe da região metropolitana da capital. Nas anteriores, o alvinegro praiano foi campeão com extremo aperto de pontos e saldo iguais, sendo beneficiado pela melhor campanha geral: 0 x 2 e 2 x 0 contra o São Caetano em 2007 e 3 x 2 e 2 x 3 diante do Santo André em 2010. Se agora for quem nas outras duas, fortes emoções teremos. Desta vez, a campanha é desconsiderada. O saldo é simples e, havendo empate em pontos e saldo, penalidades máximas definirão o campeão. Na primeira fase, na Vila Belmiro, o Santos derrotou o Audax por 2 x 1.

Campeonato Carioca (Botafogo x Vasco, Maracanã, Rio de Janeiro) - Finalmente algo do estadual do RJ realizado na capital do RJ, como não aconteceu em momento algum deste que é certamente o estadual mais itinerante de todos os tempos, liberado que foi o eterno maior do mundo para a finalíssima pelos organizadores dos Jogos Olímpicos. Antes, os derradeiros competidores haviam resolvido a taça apenas duas vezes em 25 edições; agora, já vão para o segundo ano seguido como protagonistas do epílogo. Em decisões, o Glorioso faturou as de 1990 e 1997, com o Gigante da Colina sendo o atual vencedor. Nas campanhas, o Fogão apresenta 12 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 21 gols pró e 7 gols contra, enquanto o Cruzmaltino mostra 12 vitórias, 4 empates, 28 gols marcados e 8 sofridos. Os botafoguenses estão pela 8ª vez nos últimos 11 anos entre os dois primeiros, mas em termos de finalíssima ganharam pela última vez em 2006, contra o Madureira (os títulos de 2010 e 2013 foram com a conquista dos dois turnos). Já os vascaínos, que ostentam uma invencibilidade de 23 partidas, poderão faturar o título sem uma só derrota pela primeira vez desde 1992. No retrospecto do clássico, o Vasco não perde há 6 duelos desde 2013 e ganhou os últimos 3, incluindo o da primeira fase por 1 x 0, que vem a ser a única derrota até aqui do Botafogo no certame. Saldo simples e pênaltis em caso de empate em pontos e saldo.

Campeonato Mineiro (América x Atlético, Independência, Belo Horizonte) - Clássico que tem duas ocasiões marcantes para o Coelho: foi nele seu último título, em 2001, e foi nele sua última presença em finais, em 2012. Clássico acontecido em meio às oitavas da Libertadores para o Galo, que decidiu mandar força máxima para esta ida. Com 15 títulos e 15 vices, os americanos trazem campanha de 6 vitórias, 4 empates, 3 derrotas, 16 gols pró e 11 gols contra. Como mandantes, têm 5 vitórias, 1 empate, 12 gols marcados e 2 sofridos. Já os atleticanos apresentam um geral de 7 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 29 gols pró e 13 contra. Como visitantes, são 3 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 14 gols marcados e 6 sofridos. Finalista pela 10ª vez seguida (obteve 5 títulos e 4 vices) e buscando o bicampeonato, o Atlético joga por igualdade em pontos e saldo para ser campeão por ter a melhor campanha. Na primeira fase, com mando do América, o confronto ficou no 1 x 1.

Campeonato Capixaba (Espírito Santo x Desportiva, Engenheiro Araripe, Cariacica) - Final com os dois jogos no estádio que completou 50 anos em janeiro último e saldo simples, logo, pênaltis se tivermos igualdade em pontos e saldo. Enquanto o Santão é um finalista inédito, a Tiva traz 17 títulos e 11 vices no histórico. Quanto às campanhas: o geral aponta o Espírito Santo com 7 vitórias, 8 empates, 3 derrotas, 18 gols pró e 10 contra, tendo a Desportiva 10 vitórias, 5 empates, 3 derrotas, 25 gols marcados e 11 sofridos. Como mandante, o Espírito Santo mostra 6 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 12 gols pró e 3 contra. Visitante, a Desportiva tem 4 vitórias, 3 empates, 2 derrotas, 11 gols marcados e 7 sofridos. Eles já se enfrentaram quatro vezes neste certame: na primeira fase, Locomotiva 1 x 0 e depois 0 x 0; e na segunda, Santão 2 x 1 e depois 1 x 1.

Campeonato Gaúcho (Juventude x Internacional, Alfredo Jaconi, Caxias do Sul) - Enquanto deu Papo em 1998, com vitória em casa e empate fora, e Colorado em 2008, com derrota por 1 x 0 fora e massacre por 8 x 1 em casa, qual será o campeão agora? Com 44 títulos e 20 vices, os porto-alegrenses somam 12 finais nas últimas 13 disputadas em 15 anos (já que faturou os dois turnos em 2009 e 2013) e buscam repetir o hexa obtido em 1974. É o "começo do adeus" do goleiro Alisson, que continuará na meta vermelha por apenas mais dois meses antes de rumar para a Roma, e não será ainda a tarde do retorno do William, cuja suspensão continua valendo por negado um novo pedido de efeito suspensivo. Já os caxienses tiveram em 1998 seu único título e em 2008 tanto o último dos seus 6 vices quanto sua última aparição em finalíssima antes de agora. Em termos de campanha, os alviverdes têm 8 vitórias, 5 empates, 3 derrotas, 28 gols pró e 18 gols contra, enquanto os colorados fizeram 9 vitórias, 6 empates, 1 derrota, 28 gols marcados e 10 sofridos. Em seus domínios, o Ju tem 5 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 19 gols pró e 10 contra. Longe de casa, o Inter tem 3 vitórias, 4 empates, 7 gols marcados e 2 sofridos. A vitória do Colorado por 1 x 0 na primeira fase é a única derrota do Papo no Jaconi neste campeonato. Gol fora de casa vale para desempate e igualdade nos 180 minutos prevê a disputa de penalidades máximas.

Campeonato Catarinense (Joinville x Chapecoense, Arena Joinville, Joinville) - Por um lado, o JEC chega à 3ª final seguida e espera desta vez voltar a ser campeão como da última vez fora em 2001, já que no ano passado perdeu nos tribunais o troféu para o Figueirense devido a uma escalação irregular. São 12 títulos e 7 vices dele. Por outro lado, a Chape volta à decisão depois de 2013 e não é campeã desde 2011, tendo 4 títulos e 5 vices. A vantagem é do Verdão, que será campeão com igualdade em pontos e saldo. Os dois interioranos já decidiram o Catarinão em 1996 e deu Chapecoense sobre o Joinville em desfecho realizado somente meio ano depois da data original devido a batalhas nos tribunais. Das campanhas: os tricolores têm 9 vitórias, 7 empates, 3 derrotas, 24 gols pró e 17 contra; e os alviverdes trazem 11 vitórias, 4 empates, 3 derrotas, 33 gols marcados e 17 sofridos. Como mandante, o clube do Norte tem 4 vitórias, 4 empates, 1 derrota, 9 gols pró e 5 gols contra. Já a equipe do Oeste como visitante apresenta 5 vitórias, 2 empates, 2 derrotas, 13 gols marcados e 9 sofridos. Nos dois turnos normais, o primeiro registrou um 0 x 0 em Joinville e o segundo teve 3 x 1 do JEC em Chapecó.

Campeonato Paranaense (Atlético x Coritiba, Arena da Baixada, Curitiba) - Clássico de atacantes em momentos opostos: enquanto o rubro-negro Walter ainda não guardou neste 2016, o alviverde Kléber Gladiador marcou 13 vezes em 11 atuações. Fechamos 16 finalíssimas em Atletiba, antes os verdes ganhando 8 e os rubro-negros faturando 7. Empate ou distanciamento agora? O Furacão não decidia desde 2013 e não é campeão desde 2009. Este ano antecedeu as 4 finais vencidas em Atletibas pelo Coxa, atual vice e que soma 5 decisões nas últimas 6 com 3 títulos, o último deles em 2013 (foi campeão direto em 2011 e não houve finalíssima em 2009 e 2010 e sim fase final em pontos corridos nestes anos). São 22 títulos e 18 vices do CAP e 37 títulos e 21 vices do Cori. Até agora, os atleticanos têm 6 vitórias, 5 empates, 4 derrotas, 20 gols pró e 14 gols contra, enquanto os coxas têm 10 vitórias, 2 empates, 3 derrotas, 37 gols marcados e 11 sofridos. Como mandante, o Atlético soma 4 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 10 gols pró e 3 contra. Enquanto visitante, o Coritiba registra 4 vitórias, 3 derrotas, 13 gols marcados e 6 sofridos. A única baixa atleticana na sua Arena foi justamente ganha pelos alviverdes por 2 x 0 na primeira fase. Final com saldo simples. Com empates em pontos e saldo, teremos pênaltis.

Copa do Nordeste (Campinense x Santa Cruz, Amigão, Campina Grande) - Competição que já teve sua ida realizada na quarta-feira com vitória pernambucana por 2 x 1, consumada apenas aos 47 da segunda etapa com Bruno Moraes e que teve o apitante Arilson Bispo da Anunciação sentindo uma lesão na panturrilha e Nielson Nogueira Dias o substituindo. Enquanto a Raposa foi campeã em 2013, o Tricolor é finalista pela primeira vez. Somente uma das edições anteriores da "Lampions League" (by Arthur Chrispin) teve o mandante do primeiro jogo vitorioso por 2 x 1 - e ele não foi feliz naquela vez, não. Foi em 1998 que o Vitória saiu do positivismo inicial para o negativismo final ao sofrer 3 x 1 do América de Natal na volta. Já contando o embate do Arruda, as campanhas gerais são estas: Campinense com 8 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 19 gols marcados e 7 sofridos; e Santa com 7 vitórias, 2 empates, 2 derrotas, 15 gols marcados e 8 sofridos. A Raposa em casa tem 4 vitórias, 1 derrota, 9 gols pró e 3 contra. O Tricolor fora apresenta 4 vitórias, 1 derrota, 5 gols marcados e 1 sofrido.

Campeonato Baiano (Vitória x Bahia, Barradão, Salvador) - Final que começa com um domingo de atraso pois a Polícia Militar não a deixou acontecer na semana passada por ser feriadão e a confirmação da decisão vir apenas três dias antes da primeira data. Escritas em jogo: os rubro-negros não perdem há 7 clássicos desde 2014 (ganhando os últimos 3, incluindo o da primeira fase por 2 x 0) e os tricolores não triunfam no Barradão há 5 enfrentamentos desde 2011. Com 27 títulos e 26 vices, o Leão não é campeão desde 2013. Tendo 46 títulos e 20 vices, o Esquadrão busca o tricampeonato. Desconsiderados 2007 e 2008 por resolverem em quadrangulares derradeiros o caneco, completaremos 8 contendas Ba-Vi nas últimas 11 finais, com 2 títulos tricolores e 5 dos rubro-negros até aqui. No retrospecto deste Baianão, o Vitória soma 7 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 20 gols pró e 5 contra, enquanto o Bahia apresenta 9 vitórias, 1 derrota, 22 gols marcados e 9 sofridos. Em casa, o Vitória traz 5 vitórias, 14 gols pró e 1 contra. Visitante, o Bahia tem 5 vitórias, 12 gols marcados e 6 sofridos.

Campeonato Cearense (Uniclinic x Fortaleza, Presidente Vargas, Fortaleza) - Depois de 21 anos desde o Ferroviário em 1995, temos uma equipe da capital no mata-ou-morre definitivo sem ser um dos dois grandões. Se colocarmos também o Ferrim no grupo dos maiorais (hoje não tem sido, mas fica a torcida para que no futuro o seja novamente), a Águia é a primeira equipe fortalezense finalista sem ser um dos três principais desde o extinto Usina Ceará, que perdeu em 1961 para o Ceará. Atual campeão, o Leão tem 40 títulos e 25 vices. A campanha geral aponta o Uniclinic com 9 vitórias, 1 empate, 6 derrotas, 19 gols pró e 20 contra, tendo o Fortaleza 10 vitórias, 4 empates, 2 derrotas, 33 gols marcados e 16 sofridos. Mandante, a Águia registra 4 vitórias, 4 derrotas, 10 gols marcados e 14 sofridos. Visitante, o Tricolor fez 5 vitórias, 3 empates, 16 gols marcados e 7 sofridos. Ganhador por 3 x 2 do jogo na primeira fase, o Fortaleza tem igualdade em pontos e saldo a seu favor para conquistar o troféu devido à melhor campanha - algo que, aliás, salvou a pele do Uniclinic na semifinal.

Campeonato Alagoano (CRB x CSA, Rei Pelé, Maceió) - Atual campeão, o CRB foi campeão na última final clássica diante do CSA, cuja perda de 2013 foi sua última aparição em decisões, acontecendo em 1998 sua última conquista sobre o maior rival. O CRB tem 28 títulos e 27 vices, enquanto o CSA obteve 37 títulos e 21 vices. O regulamento aponta saldo simples neste desfecho e prorrogação antes da disputa de pênaltis em caso de empate total. O retrospecto dos duelistas: o Galo da Pajuçara soma 9 vitórias, 2 empates, 6 derrotas, 28 gols pró e 22 contra; e o Azulão do Mutange registra 14 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 39 gols marcados e 10 sofridos. Nos dois clássicos anteriores deste ano, 1 x 1 na primeira fase e Marujos 2 x 1 na segunda fase.

Campeonato Potiguar (América x ABC, Arena das Dunas, Natal) - Segundo ano consecutivo com o jogo maior dos potiguares na finalíssima. Com 35 títulos e 39 vices, o atual campeão Mecão completa 5 finais seguidas (com 3 títulos e 1 vice nas anteriores). Com 52 títulos e 27 vices, o Alvinegro não obtém o primeiro lugar desde 2011. Na competição, os vermelhos somam 6 vitórias, 3 empates, 6 derrotas, 27 gols marcados e 12 sofridos, enquanto os alvinegros têm 7 vitórias, 3 empates, 5 derrotas, 19 gols pró e 12 contra. Como mandante, o América tem 4 vitórias, 1 empate, 3 derrotas, 16 gols marcados e 5 sofridos. Visitante, o ABC fez 2 vitórias, 1 empate, 4 derrotas, 5 gols pró e 6 contra. Nos clássicos deste ano, ABC visitante 2 x 0 no primeiro turno e 1 x 1 no segundo.

Campeonato Goiano (Anápolis x Goiás, Jonas Duarte, Anápolis) - O Tricolor da Boa Vista não chegava à finalíssima desde 1995 e tem um título em 1965 e dois vices. Buscando o bicampeonato, o Esmeraldino soma 25 títulos e 22 vices, faz pelo segundo ano seguido a decisão contra um interiorano, completa 6 finais seguidas e tem apenas duas ausências nos últimos 17 estaduais consecutivos com final (2004 e 2010), presente em todas as outras com 8 títulos e 6 vices. O Galo anapolino chegou até aqui com 8 vitórias, 3 empates, 5 derrotas, 19 gols pró e 14 contra, enquanto o Verdão do Cerrado soma 11 vitórias, 3 empates, 2 derrotas, 27 gols marcados e 12 sofridos. Como mandante, o Anápolis tem 5 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 10 gols pró e 6 contra. Visitante, o Goiás registra 5 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 18 gols marcados e 10 sofridos. A única derrota do Anápolis ante sua gente até agora foi justamente para o Goiás por 3 x 1 na primeira fase. O regulamento da final não prevê vantagens e sim saldo simples e decisão por pênaltis com igualdade total nos 180 minutos.

Campeonato Brasiliense (Luziânia x Ceilândia, Mané Garrincha, Brasília) - Com um título em 2014 e dois vices, o Azulão goiano geograficamente falando chegou à final ao excluir nos pênaltis o Gama, desta vez não sendo possível uma nova entrevista inacreditável do Tiago Gaúcho (com direito a falar que "daria uma metida" ao chegar em casa ao passar pra decisão da Copa Verde). Com dois títulos e um vice, o Gato Preto quer repetir o desfecho positivo de 2012, quando foi campeão justamente em cima do Luziânia, com quem empatou em 2 x 2 na primeira fase deste ano. Vamos às campanhas nesta edição: o Luziânia tem 8 vitórias, 7 empates, 23 gols marcados e 10 sofridos; e o Ceilândia soma 5 vitórias, 9 empates, 1 derrota, 14 gols pró e 7 contra. Mandante, o Azulão soma 6 vitórias, 2 empates, 14 gols marcados e 3 sofridos; e visitante, o Gato Preto tem 2 vitórias, 4 empates, 1 derrota, 5 gols pró e 3 contra. Saldo simples e, seguindo a igualdade, pênaltis resolverão tudo.

Campeonato Sul-Mato-Grossense (Sete de Dourados x Comercial, Douradão, Dourados) - Na decisão pela primeira vez, o Sete tem 7 vitórias, 3 empates, 4 derrotas, 17 gols pró e 14 contra no geral e 3 vitórias, 2 empates, 2 derrotas, 8 gols marcados e 6 sofridos como mandante. Com 9 títulos e 9 vices, o Colorado apresenta 7 vitórias, 6 empates, 1 derrota, 20 gols pró e 7 contra no geral e 4 vitórias, 3 empates, 9 gols marcados e 2 sofridos fora de casa. Confrontados apenas 4 vezes na história, não se encaram desde 2009. São 3 vitórias do Sete e uma do Comercial, que joga por igualdade em pontos e saldo para ser campeão por ter melhor campanha.

Mais duelos decisivos pelo país

Campeonato Paulista Série A2 (semifinal, volta) - Fim de semana de definir os finalistas e os dois acessos para a elite no ano que vem. Às 19h30 de sábado, o Santo André joga por até derrota por um gol de diferença e o Barretos precisa fazer dois de diferença para pênaltis ou três ou mais para classificação após sofrer 2 x 0 no ABC. Às 10h do domingo, o Mirassol tem o empate a favor depois do 1 x 0 fora na ida, enquanto o Batatais precisa marcar um de diferença para as penalidades máximas e dois ou mais para reviravoltar nos 90 minutos.

Campeonato Carioca (final da Taça Rio, jogo único) - Clássico do sul do estado provavelmente com poucas testemunhas por realizado em São Januário e ao mesmíssimo tempo de Botafogo x Vasco. Custava demais terem colocado Volta Redonda x Resende no sábado? A FFERJ só dá bola fora, troço impressionante.

Campeonato Maranhense (semifinal do segundo turno, ida) - Sábado de Cordino x Moto Club (campeão do primeiro turno) às 16h e domingo de Sampaio Corrêa x Imperatriz às 17h.

Campeonato Paraibano (semifinal, ida) - Sousa x Botafogo começa às 16h30 deste domingo, enquanto só uma semana depois tem Campinense x CSP. Isto é: terá mesmo? O Treze entrou com uma ação no TJD para ficar com o lugar da Raposa, à qual acusa de não ter respeitado o Profut. É sempre aquilo no futebol brasileiro: alguém se dá mal dentro das quatro linhas e tenta reviravoltar fora delas. Até quando? Não falo especificamente do Galo da Borborema e sim de todos que fazem isso. Se sabe de algo irregular, fala antes, ué!

Campeonato Sergipano (última rodada do hexagonal) - Sábado de Sergipe x Boca Júnior e Estanciano x Confiança definindo às 15h15 qual dos dois grandes fará a finalíssima contra o Itabaiana. Sergipe jogando pelo empate e Confiança precisando ganhar e torcer por derrota do rival. O campeão sergipano (qualquer que seja) realizará um amistoso contra a seleção olímpica do Japão em 26 de julho, no Batistão. Isto foi definido pelos nipônicos pois seus treinos de aclimatação acontecerão justamente em Aracaju.

Campeonato Mato-Grossense (semifinal, jogo único) - Se Sinop x Araguaia às 21h DF (20h locais) do sábado e Luverdense x Cuiabá às 16h (15h) de domingo acabarem empatados, pênaltis decidirão tudo.

A Libertadores na quarta e na quinta

Grêmio 0 x 1 Rosario Central - Eduardo Coudet levou a melhor sobre Roger Machado na ida, diferentemente de quando eram jogadores respectivos do River Plate e do Grêmio, este o ganhador das duas nas oitavas de 2002. Os gaúchos nunca reviravoltaram uma desvantagem em mata-ou-morre de Libertadores nas quatro vezes anteriores com derrota na ida. Isso já aconteceu três vezes, mas em outras competições (Copa do Brasil e Supercopa). Eles terão também que evitar repetir 2011, 2013 e 2014 para não completar quatro eliminações seguidas nas oitavas da Libertadores. Mais um complicador: nunca um brasileiro que perdeu a ida em casa para um argentino venceu a volta na casa dele. A primeira derrota do Grêmio como mandante em Libertadores desde a pro Huachipato em 2013 representou também a inédita primeira do Central sobre um brasileiro fora de casa pela competição depois de 1 empate e 5 derrotas. Enquanto os tricolores não têm jogo neste fim de semana, a equipe de Rosario atuará na segunda-feira contra o Gimnasia La Plata, pelo Argentino, no palco da volta da próxima quinta.

Nacional 0 x 0 Corinthians - Continuam os corintianos sem ganhar dos uruguaios, por eles batido uma única vez há exatos 60 anos num amistoso no Pacaembu, depois disso vindo 6 empates e 2 derrotas. É a quinta oitava de Libertadores consecutiva sem gol do Coringão no jogo de ida, reprisando 2010, 2012, 2013 e 2015. Enquanto os paulistas não têm compromisso neste fim de semana, o Nacional visita o Sudamerica no sábado pelo Uruguaio. A volta é na próxima quarta, na Arena Corinthians. Vitória (e só a vitória) classifica o Timão.

Racing 0 x 0 Atlético Mineiro - Também neste caso, só a vitória qualifica o brasileiro para as quartas. A volta será no Independência na quarta-feira. Além do Galo começar a já mencionada final mineira contra o América, tem no sábado o Racing pelo Argentino ao visitar o Huracán, outro que está nas oitavas continentais.

São Paulo 4 x 0 Toluca - Com Renan Ribeiro substituindo o suspenso Dênis no gol, um quatrilho impiedoso praticamente leva os são-paulinos para a próxima fase pois só serão excluídos na próxima quarta se sofrerem cinco ou mais de diferença. Agora suspenso por já cumprido jogo único, Calleri acabou não fazendo falta e Centurión calou os críticos (expressão nova essa) ao marcar duas vezes. Graças a estes dois avantes, o São Paulo agora é o clube brasileiro com mais gols estrangeiros em Libertadores: 25, superando os 24 do Internacional. São agora 6 embates tricolores contra mexicanos em SP pela competição desde 2005 e todos foram vencidos. O Tricolor tem ainda 7 vitórias seguidas em seu estádio pela Libertadores desde que perdeu para o Atlético Mineiro em 2013 e também 24 jogos sem derrota para estrangeiros nos últimos 11 anos (ganhou 21 e empatou 3). Fora de campo, o São Paulo tem o ex-conselheiro expulso Ataíde Gil Guerreiro mantido na direção de relações institucionais pois o presidente Carlos Augusto "Leco" de Barros e Silva não aceitou seu pedido de demissão. Enquanto isso, domingo tem Toluca jogando em casa contra o Cruz Azul pelo Campeonato Mexicano.

Enquanto isso, o Independiente del Valle fez 2 x 0 no River Plate no Equador e o Boca Juniors tocou 2 x 1 sobre o Cerro Porteño no Paraguai. Foram 11 gols em 8 partidas, pouquíssima bola na rede - e isso que as partidas da quinta-feira ainda melhoraram isso um pouco, pois entre terça e quarta foram só 2 em 5.

A Copa do Brasil na quarta e na quinta

E no sábado também por este dia ter a volta de Paysandu x Independente, só consumada pelo gol da equipe de Tucuruí aos 43 minutos da segunda etapa. Dado Cavalcanti se tornou o segundo técnico mais invicto do Papão com 22 jogos (13 ganhos e 9 empatados), ficando atrás apenas de Givanildo Oliveira em 2002 com 26 partidas (20 vencidas e 6 empatadas). Quem passar deste duelo paraense enfrentará o Operário de Ponta Grossa, que buscou o empate a 15 minutos do fim e eliminou o Criciúma por tê-lo superado no interior paranaense.

Apenas observando neste domingo seu oponente Santa Cruz antes de começar a final pernambucana na próxima quarta, o Sport atingiu seu objetivo de ser eliminado para jogar a Sul-Americana ao perder para a Aparecidense, que enfrentará o Ypiranga. Também o atual campeão da Copa Verde disputará a "Série B da Conmebol" por ter caído fora agora da CB. Cuiabá eliminado nos pênaltis pelo Juazeirense, que agora espera pelo Botafogo do Sassá, cujo gol completou bem sua noite de retorno após 6 meses afastado por lesão no joelho.

Botafogo seguindo em frente, Vasco também ao derrotar de novo o Remo após ser eliminado por ele nas oitavas de 1991 e jamais ser eliminado na primeira fase. O CRB é seu próximo adversário. Trinca a nada sobre o homônimo do Amapá levando o Santos novamente ao Norte, desta vez para encarar o Galvez, que ganhou do Rio Branco após empate na ida do confronto de acreanos. Assim, é aquilo já aqui registrado: faltará apenas o Tocantins para o Peixe ter jogado ao menos uma vez em todos os 26 estados brasileiros (mais o Distrito Federal).

Finalista mineiro, o América derrotou o Red Bull Brasil e enfrentará o Bahia. Já o Vitória venceu novamente o Náutico de Roraima (vazado 5 vezes em dois jogos pelo Marinho) e cruzará com a Portuguesa. Também finalista estadual, o Juventude passou pelo Tocantinópolis e jogará contra o Coritiba. Mas nem todos que buscarão uma conquista local se deram bem. Goiás que o diga pois, apesar de vencer no tempo normal e ter seu goleiro Ivan defendendo dois pênaltis, Dalton foi ainda melhor e deu Ríver diante do Botafogo da Paraíba.

O Dom Bosco empatou com o Nacional em Manaus e enfrentará o Atlético Paranaense, o Avaí eliminou o Operário de Várzea Grande e desafiará o Bragantino, o Fortaleza derrubou o Imperatriz e pegará o Flamengo e o Genus foi derrotado pelo ASA, mas o gol fora lhe deu vantagem no saldo para jogar contra a Ponte Preta. A segunda fase ainda terá Sampaio Corrêa x Figueirense, Ferroviária x Fluminense, Paraná x Chapecoense, Londrina x Cruzeiro ou Campinense, Vitória da Conquista x Santa Cruz e Joinville ou Comercial de Campo Grande x Ceará.

Enquanto isso, parece que o ABC "nunca saberá" seu próximo oponente pois, pela quarta vez, a CBF alterou as datas dos jogos entre Gama e América de Natal por causa da Copa Verde, que será decidida pela equipe do Distrito Federal contra o Paysandu. Desta vez, a bola rolará mais cedo por causa da eliminação gamense no Candangão. Antes seriam nos dias 18 e 24 as partidas, mas agora serão nos dias 14 e 19.

As semifinais do Brasileirão Feminino

Virou um "mini-Paulistão" ou um RJ/SP com mais SP que RJ ao ter um carioca e três paulistas, o que garante no mínimo um deles na final. Uma semifinal terá Flamengo x Ferroviária. O rubro-negro tem 7 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 19 gols marcados e 7 sofridos. Já a equipe de Araraquara soma 5 vitórias, 1 empate, 4 derrotas, 20 gols pró e 14 contra. Jogos nas duas próximas quintas-feiras. Na outra semi temos Rio Preto x São José. Enquanto as rio-pretenses apresentam 7 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 24 gols marcados e 5 sofridos, as joseenses vêm de 5 vitórias, 3 empates, 2 derrotas, 25 gols pró e 11 gols contra. Ida na próxima quarta e volta no dia 11.

Os públicos deste meio de semana

Destaque positivo absoluto para o São Paulo apoiado no Morumbi por mais de 53 mil e, ao mesmíssimo tempo, negativíssimo absolutaço para o Botafogo com menos de 300 corajosas testemunhas em Xerém.

53.241 / R$ 2.646.286,00 - São Paulo 4 x 0 Toluca (Libertadores) - Morumbi, São Paulo
36.106 / R$ 607.450,00 - Santa Cruz 2 x 1 Campinense (Copa do Nordeste) - Arruda, Recife (PE)
31.762 (34.621) / R$ 1.271.921,00 - Grêmio 0 x 1 Rosario Central (Copa Libertadores) - Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
7.371 (7.883) / R$ 136.145,00 - Confiança 0 x 0 Sergipe (Sergipano) - Baptistão, Aracaju
6.299 (7.140) / R$ 35.538,00 - Fortaleza 2 x 0 Imperatriz (Copa do Brasil) - Castelão, Fortaleza (CE)
5.680 (6.354) / R$ 31.352,00 - Ceará 1 x 1 Resende (Copa do Brasil) - Presidente Vargas, Fortaleza (CE)
5.526 / R$ 56.206,00 - Gama 1 x 1 Luziânia + 4 x 5 (Brasiliense) - Bezerrão, Gama
5.172 / R$ 58.095,00 - Santos 3 x 0 Santos do Amapá (Copa do Brasil) - Vila Belmiro, Santos (SP)
2.685 / R$ 26.390,00 - Avaí 2 x 0 Operário de Várzea Grande (Copa do Brasil) - Ressacada, Florianópolis (SC)
2.590 / R$ 26.240,00 - Criciúma 1 x 1 Operário de Ponta Grossa (Copa do Brasil) - Heriberto Hulse, Criciúma (SC)
2.254 (2.434) / R$ 65.945,00 - Vasco 2 x 1 Remo (Copa do Brasil) - São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
1.893 / R$ 17.970,00 - Nacional 1 x 2 Dom Bosco (Copa do Brasil) - Arena da Amazônia, Manaus (AM)
1.599 / R$ 16.165,00 - Sport 1 x 2 Aparecidense (Copa do Brasil) - Ilha do Retiro, Recife (PE)
1.416 (1.874) / R$ 15.375,00 - Goiás 2 x 1 Ríver + 7 x 8 (Copa do Brasil) - Serra Dourada, Goiânia (GO)
338 / R$ 3.005,00 - Portuguesa 1 x 0 Parnahyba (Copa do Brasil) - Canindé, São Paulo (SP)
211 (261) / R$ 4.640,00 - Botafogo 1 x 1 Coruripe (Copa do Brasil) - Los Larios, Duque de Caxias (RJ)

Os destaques da Europa

Campeonato Espanhol (36ª e antepenúltima rodada) - Sábado: Real Sociedad 0 x 1 Real Madrid (1° com 84), Atlético de Madrid (3° com 82) x Rayo Vallecano às 13h15 e Betis x Barcelona (2° com 82) às 15h30.

Campeonato Inglês (36ª e antepenúltima rodada) - Domingo: Manchester United x Leicester (1° com 76) às 10h05. Segunda: Chelsea x Tottenham (2° com 69) às 16h. O aniversariante do sábado com 75 anos é Sir Alex Ferguson, o eterno maior técnico dos Diabos Vermelhos com quase 40 troféus pelo clube, mas quem o mundo espera que ganhe o presente é o Leicester. Uma vitória ou três empates e o título inédito chegará.

Campeonato Alemão (32ª e antepenúltima rodada) - Sábado: Bayern de Munique (1° com 82) 1 x 1 Borussia Monchengladbach e Borussia Dortmund (2° com 77) 5 x 1 Wolfsburg. 5 de diferença, 6 por jogar. Dá?

Campeonato Português (32ª e antepenúltima rodada) - Sexta: Benfica (1° com 82) 1 x 0 Vitória de Guimarães. Sábado: Porto x Sporting (2° com 77) às 14h30. Os encarnados estão pertinho do caneco.

Campeonato Italiano (36ª e antepenúltima rodada) - Domingo: Juventus (campeã com 85) x Carpi às 7h30.

Campeonato Francês (36ª e antepenúltima rodada) - Sexta: Paris Saint Germain (campeão com 89) 4 x 0 Rennes com dois do Ibrahimovic. São 28 vitórias, um recorde na história da competição.

Liga dos Campeões da UEFA (semifinal, ida) - A vitória do Atlético de Madrid por 1 x 0 foi ao mesmo tempo magra e enorme. Magra pelo escore curto e enorme por ter sido só a 5ª partida do Bayern de Munique sem marcar um só gol em toda a temporada. Nada que torne resolvida a parada nesta terça, muito ao contrário.

Liga Europa (semifinal, ida) - Enquanto o Villarreal quebrou uma invencibilidade de 13 jogos do Liverpool na "Série B da UEFA", Sevilla e Shakhtar Donetsk iguais em 2 gols na Espanha foi melhor pros ucranianos.

Curtinhas

*Dunga anunciou a pré-lista de 40 nomes para a Copa América Centenário e anunciará na próxima quinta-feira a definitiva de 23 que serão levados aos Estados Unidos para enfrentar Equador, Peru e Haiti.

*Goleiros: Alisson (Internacional), Marcelo Grohe (Grêmio), Diego Alves (Valencia) e Ederson (Benfica). Defensores: Daniel Alves (Barcelona), Fabinho (Monaco), Fagner (Corinthians), Alex Sandro (Juventus), Douglas Santos (Atlético Mineiro), Filipe Luis (Atlético de Madrid), Gabriel Paulista (Arsenal), Gil (Shandong Luneng), Jemerson (Roma), Marquinhos (Paris Saint Germain) e Miranda (Internazionale). Meias: Rodrigo Caio, Ganso (ambos São Paulo), Casemiro (Real Madrid), Elias (COR), Fernandinho (Manchester City), Luiz Gustavo (Wolfsburg), Rafinha (BAR), Walace (GRE), Felipe Anderson (Lazio), Kaká (Orlando City), Lucas Lima (Santos), Lucas Moura (PSG), Oscar, Willian (ambos Chelsea), Philippe Coutinho (Liverpool), Renato Augusto (Beijing Guoan), Alex Teixeira (Jiangsu Suning) e Douglas Costa (Bayern de Munique). Atacantes: Firmino (LIV), Gabriel, Ricardo Oliveira (ambos SAN), Gabriel Jesus (Palmeiras), Hulk (Zenit), Jonas (BEN) e Luan (GRE).

*O Campeonato Brasileiro terá uma festa de abertura de cerca de 20 minutos antes de Corinthians x Grêmio - é, festa de "abertura" um dia depois de alguns jogos já terem sido realizados. Colocarão um palco 360 graus no campo da Arena Corinthians para um cantor entoar a música oficial da competição. Falam em Thiaguinho ou Wesley Safadão. Eu votaria no Wesley pois jogo "Safadão" é o que o Brasil mais tem.

*O Botafogo jogará suas partidas pelo Brasileirão no Luso-Brasileiro da Ilha do Governador, acertado para tanto com a Portuguesa de lá. Uma arquibancada móvel será instalada e a capacidade pulará para 18 mil lugares.

*Serão 2 meses sem Allione jogar pelo Palmeiras, submetido que foi a uma artroscopia no joelho esquerdo.

*Leandro Silva, lateral direito do Figueirense, fora por 6 meses. Ligamento rompido no joelho esquerdo.

*Movimentos de idas e vindas nos clubes: o Botafogo adquiriu por empréstimo até o fim do ano o lateral esquerdo Victor Luiz, do Palmeiras; a Ponte Preta dispensou o atacante Alexandro Macacão e devolveu o volante Eurico e o atacante Hugo Ragelli ao Cruzeiro; o Avaí contratou por empréstimo até o fim do ano o dianteiro Jajá, do Flamengo; o Paraná agregou os zagueiros João Paulo e Pitty, ambos do São Bento.

*Tem mais: o Bahia anunciou o meia Renato Cajá, do árabe Sharjah FC, até o fim do ano que vem; o Ceará confirmou o meia Tomas Bastos, do J. Malucelli; o Sport mandou embora os laterais Christianno e Maicon, o zagueiro Luís Gustavo e o atacante Jhonathan Goiano; o Sampaio Corrêa dispensou o zagueiro André Penalva, o volante Walfrido e o meia Taianan; e o Vila Nova não tem mais o lateral esquerdo Marinho Donizete e o meia Zotti, mas contratou os atacantes Leandrinho, do Internacional e que estava no Glória, e Vandinho, do J. Malucelli.

*Ídolo e artilheiro do Náutico campeão pernambucano de 2001, 2002 e 2004, Kuki faz 45 anos neste sábado. Cearense de Crateús, é quase um gaúcho de Roca Sales por ter vindo muito cedo para o Sul.

*Três datas do domingo: 105 anos do Novo Hamburgo, campeão da Copa FGF em 2005 e 2013; 50 anos do Juventus de Jaraguá do Sul, campeão da terceirona catarinense em 2004; e 35 anos do Olaria campeão brasileiro da Série C mesmo sofrendo 1 x 0 do Santo Amaro em PE por ter feito 4 x 0 na ida no RJ.

*Sempre realizada no segundo semestre, a Copa Paulista iniciada no próximo dia 3 de julho terá como novidades deste ano as presenças de São Paulo e Santos (times B, provavelmente) entre os 28 participantes.

*Na última quinta, completou 55 anos o Saad, clube surgido em São Caetano do Sul, que depois foi para Campo Grande e que hoje está em Águas de Lindoia. O Saad teve futebol masculino, mas se firmou mesmo no futebol feminino, tendo como títulos mais destacados o Brasileiro de 1996 e a Copa do Brasil de 2007.

*Pela primeira vez, a seleção feminina de futebol do Japão terá uma mulher como treinadora. Será Asako Takakura a reposição para o lugar de Norio Sasaki, que não conseguiu levar o país para a Olimpíada do Rio.

*Ídolo da Udinese, Di Natale confirmou que se aposentará no próximo dia 15, contra o Carpi, na última rodada do Italiano. Com 12 anos no clube, ele tem 191 gols em 379 jogos. Pela Itália, são 11 em 42.

*Domingo da volta aos campos de Adriano Imperador (sim, aquele!). Será sua estreia pelo Miami United em partida da NPSL (National Premier Soccer League) dos Estados Unidos. O adversário é o Miami Fusion.

*Judô: Sarah Menezes campeã pan-americana até 48 kg em Havana ao ganhar da argentina Paula Pareto.

*Hóquei na Grama: sorteados os grupos do torneio masculino para os Jogos Olímpicos. O A tem Brasil, Austrália (campeã mundial), Bélgica, Espanha, Grã-Bretanha e Nova Zelândia, enquanto o B apresenta Alemanha (campeã olímpica), Argentina (campeã pan-americana), Canadá, Holanda, Índia e Irlanda.

*Handebol: o Pan Masculino de Clubes, marcado para de 25 a 29 de maio na Argentina (primeira realização fora do Brasil), teve os grupos sorteados. São dois clubes brasileiros em ação. O Taubaté jogará no Grupo A contra River Plate da Argentina, Balonmano do Chile e New York dos EUA, enquanto o Pinheiros estará no Grupo B diante de Ballester da Argentina, Colégio Alemán do Uruguai e Salto del Guairá do Paraguai.

*Também temos os grupos (dois em cada torneio) das competições olímpicos de handebol. Os masculinos são estes: A com Argentina, Catar, Croácia, Dinamarca, França e Tunísia; e B com Brasil, Alemanha, Egito, Eslovênia, Polônia e Suécia. Os femininos ficaram assim: A com Brasil, Angola, Espanha, Montenegro, Noruega e Romênia; e B com Argentina, Coreia do Sul, França, Holanda, Rússia e Suécia.

*Futsal: a ACBF participará da Copa Intercontinental no Catar entre 24 e 29 de junho. Outros sete times estarão nessa, entre eles Inter Movistar e Barcelona da Espanha, Dinamo Moscou da Rússia e Tasisat Daryaei do Irã.

*Basquete: a Liga Feminina marcou para sábado da semana que vem, em Campinas, um Jogo das Estrelas da competição. Hortência e Paula serão as madrinhas convidadas especiais dos times.

*Bicampeão da NBA pelo Detroit Pistons em 1989 e 1990, Isiah Thomas faz 55 anos neste sábado.

*Galatasaray vencedor da Euroliga ao ganhar do Strasbourg por 78 x 67 na última quarta-feira.

*Com as quartas-de-final fechadas após o Bauru eliminar o Pinheiros por 89 x 86 em 3 x 1, a semifinal do NBB terá Bauru x Brasília a partir de quarta-feira e Mogi das Cruzes x Flamengo desde este sábado.

*Fórmula 1: domingo de GP da Rússia, o primeiro realizado no dia 1° de maio desde o fatídico de San Marino em 1994. Sebastian Vettel teve que trocar o câmbio de sua Ferrari, por isso perdendo 5 posições no grid e arrancando em sétimo e não em segundo. Pole position para Nico Rosberg, seguido de Valtteri Bottas, Kimi Raikkonen e Felipe Massa em quarto. Lewis Hamilton larga em décimo e Felipe Nasr é só o 19°.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Tristeza no Rio de Janeiro: com 189 anos de existência e segundo mais antigo do Brasil enquanto existiu (dois anos mais novo que o Diário de Pernambuco), o Jornal do Commercio circulou pela última vez nesta sexta-feira. Não apenas a versão em papel acabou, mas tudo de tudo dele. Todos os funcionários da redação perderam seus empregos. Adivinha quem era seu dono desde 1959? Os Diários Associados. Ai, ai, ai, ai...

*Leio na Vera Magalhães sobre um desconforto na EBC pois funcionários do radiojornalismo da Nacional souberam da contratação do Sidney Rezende apenas pela imprensa e se dizem indignados por, em momento de contenção de gastos, ter havido uma festa com champanhe na empresa para celebrar a chegada do ex-apresentador da Rádio CBN e da Globo News, que estreará o "Nacional Brasil" das 7h às 10h na próxima quarta-feira. Além dos prefixos próprios da Nacional em Rio de Janeiro, Brasília e Amazônia no AM e no FM, também São Paulo acompanhará o novo programa do Sidney em retransmissão pela Brasil Atual FM 98,9 de Mogi das Cruzes.

*Divulga a Rádio Jovem Pan que "Os Pingos nos Is", jornalístico político apresentado pelo Reinaldo Azevedo das 18h às 19h, teve 1 milhão de ouvintes em média por minuto em São Paulo entre janeiro e março, superando juntas a segunda e terceira colocadas (não citadas no boletim da assessoria de imprensa da emissora).

*Começa nesta segunda-feira a Rádio BandNews FM de João Pessoa. Por conta da chegada dos 103,3 mhz da capital da Paraíba, nela estarão neste dia Ricardo Boechat e Eduardo Barão para apresentarem o noticiário de rede nacional das 7h30 às 9h20. Fazia três anos que a BandNews não estreava uma afiliada.

*Teve despedida temporária aqui em Porto Alegre. Prestes a ser mãe de Arthur, Edieni Ferigollo se despediu do "SBT Rio Grande 2ª Edição" nesta sexta-feira. Ela, que vinha apresentando o jornal nas últimas semanas em dupla com Marcelo Coelho, será substituída durante a licença-maternidade por Luciane Kohlmann.

*Também aqui na aldeia pampeana, Samuel Vettori agora é somente repórter da TV Record no turno da noite e madrugada pois decidiu deixar após 13 anos e 4 meses a Rádio Guaíba, na qual apresentava noticiários da tarde. Foi para ter mais tempo livre para ficar com seus filhos pequenos que ele tomou esta decisão.

*Saída na TV Record aconteceu foi em Belo Horizonte: a da repórter Sálua Zorkot após 7 anos na casa. Nos últimos meses, ela batia ponto todas as manhãs com os vivos da capital mineira no "Fala Brasil".

*A Record do Rio de Janeiro mudará sua repórter de rede do "Jornal da Record". Sai Catarina Hong, que volta para a matriz de São Paulo, e desta metrópole chega Vanessa Libório, que antes de SP esteve em Belém.

*Flávio Ricco reforçou que nunca disse que o repórter André Azeredo não estava mais trabalhando na Globo SP e sim que ficou restrito aos jornais locais pois a direção não quis mais sua presença nos noticiários nacionais pois estaria acima do peso, algo ridículo. Mas enfim, eles sabem o que fazem... isto é: não, não sabem.

*Daniel Castro informou que foi de apenas 1 mês e meio a passagem da Luiza Zanchetta na Plim-Plim paulistana, basicamente com VTs nos jornais regionais (como o "Bom Dia SP"), pois tem quem diga nos bastidores que ela não ser contratada não foi pelo fim do período de experiência e sim por vir à tona que ela era egressa do "Cidade Alerta", do Marcelo Rezende, na Record. Mais ridículo ainda! Jogam fora uma ótima profissional por causa de uma bobagem? Por causa da história da "Pranchetta" que o homem popularizou? (aliás, nunca mais assisti o "Cidade" por não curtir isso de apelidos creditados nos letreiros ao invés dos nomes de guerra dos profissionais, algo que só não me desagrada mais do que a absoluta, completa e total falta de créditos para repórteres e entrevistados em todas as reportagens do "Brasil Urgente" na Bandeirantes) Bom, foi a segunda tentativa da Da Rosa em Sampa City que durou pouco tempo, essa aí muito mais rápida que os 5 meses no "Jornal da Band". Mas continuo torcendo que algo à altura da sua capacidade e da sua qualidade chegue não demore muito.

*Também leio no DC que será nesta segunda-feira o retorno do Carlos Tramontina ao "SPTV" das 19h15, que nas últimas 3 semanas tem sido apresentado pela Izabella Camargo durante recuperação dele de uma cirurgia.

*Da série "vai entender?": apesar de aparecer todas as semanas tanto localmente no "SPTV" do meio-dia quanto em rede nacional no "Jornal da Globo", Mara Luquet é anunciada pelo Jô Soares como (somente) da Globo News quando participa das "Meninas do Jô" nas viradas de quarta para quinta-feira. Não entendo.

*"Jornal Hoje" deste sábado, em vivo sobre a vacinação contra a gripe H1N1, me fazendo perceber algo que não lembro ter visto em sites especializados ou sabido por outros profissionais nas redes sociais: que o mais novo repórter da TV Centro América (Globo) em Cuiabá é Guto Abranches. Nome familiar, não? Pois é exatamente o mesmo ex-apresentador do "Conta Corrente" da Globo News, visto por último no Grupo Bandeirantes como apresentador do "Jornal do Rio" até o ano passado, com participação também no BandNews TV.

*Leio no Flávio Ricco que a RedeTV! adiou em uma semana suas novidades na programação, como o "Olha a Hora" do Luciano Faccioli às 17h e o novo horário do "RedeTV! News" às 19h10 - para este jornal, leio no Daniel Castro que a emissora está próxima de recontratar Mílton Jung, que a conciliaria com a Rádio CBN (onde lidera todas as manhãs o carro-chefe "Jornal da CBN") e que foi tanto o primeiro apresentador do "Leitura Dinâmica" quanto o primeiro narrador de futebol da sucessora da Manchete. Mas como nem tudo são positividades, o "guru" noticia que será encerrado o "Good News", semanal bem bom que está no ar desde 2011.

*Por falar em RedeTV!: dias que marcam os 10 anos tanto do fim de um programa quanto da estreia de outro. A quinta-feira teve os 10 anos do fim do "A Casa é Sua", que teve Valéria Monteiro apresentando somente nos dois primeiros meses e depois vários sucessores, como Sônia Abrão, Castrinho, Leonor Corrêa, Clodovil, Ronaldo Ésper, Liliane Ventura, Monique Evans e Marisa Carnicelli, entre outros. Já este domingo apontará os 10 anos do aniversário do "A Tarde é Sua", apresentado pela Sônia nas tardes de segunda a sexta.

*Quem continua inexplicavelmente fora do vídeo desde que saiu da RedeTV! em 2013 é a maravilhosona Regina Volpato, que estreou nesta semana um canal de vídeos no YouTube chamado "Prazer, Eu Sou", no qual quer mostrar histórias interessantes de anônimos e famosos. Só eu não virei "youtuber" ainda, é isso?

*Leio na Cristina Padiglione que a TV Cultura homenageará o já saudoso criador do "Ensaio" neste domingo. Será às 21h a exibição de "Baixo - Especial Fernando Faro", que mesclará imagens originais do programa clássico e do "MPB Especial" com depoimentos atuais de personalidades do meio musical muito gratas a ele.

*Outra grande perda desta semana, Umberto Magnani teve sua última cena inédita em "Velho Chico" exibida na sexta-feira. A estreia do Carlos Vereza na trama das 9 da Globo acontecerá na próxima quinta-feira.

*A última quinta registrou os 85 anos que Nair Bello completaria se não nos deixasse em 2007. Iniciada no rádio de São Paulo, foi para a televisão em 1958 e trabalhou em TV Rio, Record, Bandeirantes, SBT e Globo. Teve atuações memoráveis com personagens como a Santinha da "Zorra Total", a Vesúvia do "Bronco" e a Pazza da "Escolinha do Golias", além de trabalhar com Carlos Lombardi em diversas novelas das 7.

*Quem fez 80 anos nesta sexta é Dedé Santana, um dos eternos "Trapalhões", que neste 2016 completa 50 anos de parceria com Renato Aragão a partir do filme "Na Onda do Iê-Iê-Iê". Além do clássico humorístico da Globo de 1977 até 1993, também passou pelas TVs Excelsior, Record, Tupi e SBT. Curiosidade legal: sua celebração de 80 anos aconteceu aqui em Porto Alegre, mais especificamente no "Balanço Geral RS" da Record, quando surgiu do nada fazendo um comentário sobre uma reportagem e isso deu lugar rapidamente à indisfarçável alegria mesclada com emoção do apresentador Alexandre Mota, fã do humorístico desde sempre.

*A sexta-feira também registrou os 15 anos da última exibição do "Megatom", o humorístico próprio do Tom Cavalcante na Globo, que não teve vida muito longa. O programa ficaria inicialmente um mês fora do ar devido à reta final dos estaduais (semifinais do Campeonato Paulista - incluindo aquele mítico Santos 1 x 2 Corinthians do gol do Ricardinho na finaleira, que só SP assistiu enquanto a rede assistia "Batman Eternamente" em "Cinema Especial" - e finalíssima tanto dele quanto do Campeonato Carioca), mas depois disso a emissora resolveu suspendê-lo de vez. Depois disso, Tom ficou 15 anos sem aparecer na Globo, até o gelo ser quebrado recentemente.

*O Governo Federal divulgou nesta semana a lista das cidades que terão o sinal analógico de televisão terminado no ano que vem: São Paulo em 29 de março; Goiânia em 31 de maio; Salvador, Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Recife e Belo Horizonte em 26 de julho; Santos, Campinas, Ribeirão Preto, Vale do Paraíba e Franca em 27 de setembro; e Rio de Janeiro e Vitória em 25 de outubro. Note que você, que lê estas mal traçadas linhas em Sampa City e cidades da região metropolitana, terá apenas mais 11 meses para chamar a Cultura de "canal 2", o SBT de "canal 4", a Globo de "canal 5", a Record de "canal 7", a RedeTV! de "canal 9", a Gazeta de "canal 11" e a Bandeirantes de "canal 13" ("o melhor futebol do mundo no 13!", dizia Fernando Solera).

*Datas estrangeiras da última quinta-feira: 75 anos de Ann-Margret, atriz sueca de "Amor à Toda Velocidade", "Cactus Jack - o Vilão" e "Dois Velhos Rabugentos"; e 35 anos de Jessica Alba, da série "Dark Angel" e de filmes como "Quarteto Fantástico" e "Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família".

*Datas estrangeiras deste sábado: 60 anos de Lars von Trier, diretor de filmes como "Dançando no Escuro" e "Dogville"; e 90 anos de Cloris Leachman, Oscar de coadjuvante por "A Última Sessão de Cinema" e vista em comédias como "Alta Ansiedade" e como a Phyllis da série "Mary Tyler Moore".

Bela do Dia: Adriana Cutino

Adriana Cutino, repórter da TV Tribuna (Globo Santos). Dizem na Baixada que a moça do sobrenome Cutino é "so cute". (tentei, né...).

*Essa aqui eu não aguento: a capa da Playboy de maio será Viviane Orth, modelo internacional que já desfilou para algumas das maiores grifes da moda mundial. Com todo o respeito, mas a PBB Entertainment agora apelou, deu um golpe baixo muito desleal. Pegaram uma loira que não é tão bonita assim, até soando meio sem sal, e que tem o corpo muito magrinho, absolutamente desaconselhável para uma revista que historicamente mostra algumas das mais atraentes, deliciosas e gostosíssimas mulheres do país e do mundo. Pombas!!!

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia I

Completou 80 anos na sexta-feira Zubin Mehta, maestro indiano que é um dos mais renomados da música clássica no mundo. Destaco aqui sua regência de 1991 para a orquestra da The Royal Opera House em "Carmen".

Clipe do Dia II

Filha de Dorival e irmã de Danilo e Dori, Nana Caymmi chegou aos 75 anos nesta sexta. Separei aqui "Resposta ao Tempo", com ela ao lado de Wagner Tiso e da Sinfônica de Minas Gerais em 2012.

Clipe do Dia III

A sexta-feira também registrou os 25 anos da tristíssima e irreparável para a música brasileira perda deste craque que foi Gonzaguinha, nascido em 1945 e que tantas belezas deu, fosse por sua voz ou por grandes vozes de várias e vários intérpretes. Destaco aqui sua cantoria para "Caminhos do Coração" em 1982.

Antes do Arremate...

...um reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Arremate

Com duas vitórias sobre o Tigres, o América do México faturou a ConcaChampions pela sétima vez.

"24 Horas" volta antes que os campeões estreiem no Japão pelo Mundial de Clubes!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.