.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Sexta, 4 de dezembro de 2015 - ANO 13, EDIÇÃO 72
Como foi o ano dos 20 participantes da Série B

Amanhã fará uma semana que terminou a edição 2015 da segunda divisão do Campeonato Brasileiro e já antes eu queria ter trazido a pauta, mas possível foi apenas hoje. É uma repassada no ano de cada um dos seus 20 participantes, fazendo uma radiografia dos seus desempenhos na temporada em geral com alguns dados que podem ajudar a explicar (ou não) como foram seus desempenhos e as consequências deles. Vamos lá:

Botafogo (campeão da Série B; 3ª fase da Copa do Brasil; vice no RJ)
Maior invencibilidade: 9 jogos entre setembro e outubro (7 vencidos)
Maior seca: 4 jogos entre julho e agosto (3 empatados)
Ano geral: 36 vitórias, 14 empates e 14 derrotas
Ano mandante: 22 vitórias (20 no Engenhão), 5 empates e 6 derrotas (5 no Engenhão)
Ano visitante: 14 vitórias, 9 empates e 8 derrotas

Santa Cruz (vice da Série B; campeão em PE)
Maior invencibilidade: 7 jogos entre outubro e novembro (6 vencidos)
Maior seca: 6 jogos entre maio e junho (metade perdida)
Ano geral: 27 vitórias, 9 empates e 15 derrotas
Ano mandante: 18 vitórias (17 no Arruda), 2 empates e 5 derrotas
Ano visitante: 9 vitórias, 7 empates e 10 derrotas

Vitória (3° na Série B; 2ª fase da Copa do Brasil; semifinalista do Nordeste; quadrifinalista na BA)
Maior invencibilidade: 11 jogos entre fevereiro e março (8 vencidos)
Maior seca: 5 jogos entre abril e maio (4 empatados)
Ano geral: 30 vitórias, 18 empates e 12 derrotas
Ano mandante: 17 vitórias (14 no Barradão), 9 empates (8 no Barradão) e 4 derrotas
Ano visitante: 13 vitórias, 9 empates e 8 derrotas

América Mineiro (4° na Série B; 2ª fase da Copa do Brasil; 1ª fase em MG)
Maior invencibilidade: 9 jogos entre fevereiro e março (5 vencidos)
Maior seca: 5 jogos entre agosto e setembro (4 perdidos)
Ano geral: 25 vitórias, 14 empates e 13 derrotas
Ano mandante: 18 vitórias, 4 empates e 4 derrotas
Ano visitante: 7 vitórias, 10 empates e 9 derrotas

Náutico (5° na Série B; 3ª fase da Copa do Brasil; 1ª fase do Nordeste; semifinalista em PE)
Maior invencibilidade: 9 jogos entre abril e junho (7 vencidos)
Maior seca:
5 jogos entre fevereiro e março (4 empatados) e em setembro (3 perdidos)
Ano geral: 25 vitórias, 16 empates e 18 derrotas
Ano mandante: 16 vitórias, 9 empates e 4 derrotas
Ano visitante: 9 vitórias, 7 empates e 14 derrotas

Bragantino (6° na Série B; 2ª fase da Copa do Brasil; rebaixado em SP)
Maior invencibilidade: 4 jogos em junho (3 vencidos)
Maior seca: 7 jogos de fevereiro a março (perdeu todos) e março a abril (6 perdidos)
Ano geral: 22 vitórias, 4 empates e 30 derrotas
Ano mandante: 17 vitórias, 1 empate e 11 derrotas
Ano visitante: 5 vitórias, 3 empates e 19 derrotas

Paysandu (7° na Série B; 4ª fase da Copa do Brasil; semifinalista da Copa Verde; 4° no PA)
Maior invencibilidade: 9 jogos entre maio e junho (8 vencidos)
Maior seca: 6 jogos entre setembro e outubro (4 perdidos)
Ano geral: 29 vitórias, 13 empates e 19 derrotas
Ano mandante: 19 vitórias (12 no Mangueirão), 5 empates e 5 derrotas (3 no Mangueirão)
Ano visitante: 10 vitórias, 8 empates e 14 derrotas

Sampaio Corrêa (8° na Série B; 2ª fase da Copa do Brasil; 1ª fase do Nordeste; vice no MA)
Maior invencibilidade: 6 jogos entre março e abril (4 empatados)
Maior seca: 6 jogos entre setembro e outubro (4 empatados)
Ano geral: 24 vitórias, 21 empates e 15 derrotas
Ano mandante: 19 vitórias, 10 empates e 1 derrota
Ano visitante: 5 vitórias, 11 empates e 14 derrotas

Bahia (9° na Série B; 3ª fase na Copa do Brasil; 2ª fase na Sul-Americana; vice do NE; campeão na BA)
Maior invencibilidade: 16 jogos entre fevereiro e abril (10 vencidos)
Maior seca: 5 jogos de setembro a outubro (4 empatados) e outubro a novembro (4 perdidos)
Ano geral: 33 vitórias, 21 empates e 17 derrotas
Ano mandante: 27 vitórias (24 na Fonte Nova), 6 empates e 3 derrotas
Ano visitante: 6 vitórias, 15 empates e 14 derrotas

Luverdense (10° na Série B; 2ª fase da Copa do Brasil; semifinalista da Copa Verde; semifinalista no MT)
Maior invencibilidade: 6 jogos de agosto a setembro (metade vencida) e setembro a outubro (5 vencidos)
Maior seca: 4 jogos em junho (3 perdidos)
Ano geral: 26 vitórias, 17 empates e 21 derrotas
Ano mandante: 16 vitórias, 9 empates e 6 derrotas (5 no Passo das Emas)
Ano visitante: 10 vitórias, 8 empates e 15 derrotas

CRB (11° na Série B; 2ª fase na Copa do Brasil; 1ª fase no Nordeste; campeão em AL)
Maior invencibilidade: 7 jogos entre setembro e outubro (4 vencidos)
Maior seca: 4 jogos em março (3 perdidos), maio (3 perdidos) e setembro (metade perdida)
Ano geral: 26 vitórias, 13 empates e 19 derrotas
Ano mandante: 21 vitórias, 4 empates e 5 derrotas
Ano visitante: 5 vitórias, 9 empates e 14 derrotas

Criciúma (12° na Série B; 3ª fase da Copa do Brasil; hexagonal semifinal em SC)
Maior invencibilidade: 7 jogos entre junho e julho (4 vencidos)
Maior seca: 8 jogos entre setembro e outubro (metade perdida)
Ano geral: 20 vitórias, 16 empates e 25 derrotas
Ano mandante: 14 vitórias, 6 empates e 9 derrotas
Ano visitante: 6 vitórias, 10 empates e 16 derrotas

Paraná (13° na Série B; 1ª fase da Copa do Brasil; quadrifinalista no PR)
Maior invencibilidade: 5 jogos de março a abril (3 empatados) e em outubro (4 empatados)
Maior seca: 5 jogos de maio a junho (4 perdidos) e de setembro a outubro (4 empatados)
Ano geral: 18 vitórias, 15 empates e 20 derrotas
Ano mandante: 11 vitórias, 9 empates (8 na Vila Capanema) e 7 derrotas
Ano visitante: 7 vitórias, 6 empates e 13 derrotas

Atlético Goianiense (14° na Série B; 2ª fase da Copa do Brasil; 1ª fase em GO)
Maior invencibilidade: 10 jogos entre setembro e outubro (7 empatados)
Maior seca: 6 jogos de junho a julho (4 perdidos) e em setembro (5 empatados)
Ano geral: 18 vitórias, 18 empates e 20 derrotas
Ano mandante: 10 vitórias, 12 empates (11 no Serra Dourada) e 6 derrotas
Ano visitante: 8 vitórias, 6 empates e 14 derrotas

Ceará (15° na Série B; 4ª fase da Copa do Brasil; campeão do Nordeste; vice no CE)
Maior invencibilidade: 13 jogos entre janeiro e março (8 vencidos)
Maior seca: 12 jogos entre maio e julho (metade perdida)
Ano geral: 34 vitórias, 20 empates e 22 derrotas
Ano mandante: 20 vitórias (6 no Castelão), 11 empates (9 no Castelão) e 7 derrotas (6 no Castelão)
Ano visitante: 14 vitórias, 9 empates e 15 derrotas

Oeste (16° na Série B; acesso na A2 de SP)
Maior invencibilidade: 11 jogos entre fevereiro e março (8 vencidos)
Maior seca: 8 jogos entre agosto e setembro (5 empatados)
Ano geral: 20 vitórias, 20 empates e 17 derrotas
Ano mandante: 14 vitórias (6 no Amaros), 9 empates (2 no Amaros) e 6 derrotas (2 no Amaros)
Ano visitante: 6 vitórias, 11 empates e 11 derrotas

Macaé (rebaixado na Série B; 6° geral no RJ)
Maior invencibilidade: 8 jogos entre fevereiro e março (5 vencidos)
Maior seca: 9 jogos entre julho e agosto (5 perdidos)
Ano geral: 17 vitórias, 18 empates e 18 derrotas
Ano mandante: 12 vitórias (11 no Moacyrzão), 10 empates e 5 derrotas
Ano visitante: 5 vitórias, 8 empates e 13 derrotas

ABC (rebaixado na Série B; 2ª fase na Copa do Brasil; vice no RN)
Maior invencibilidade: 19 jogos entre fevereiro e abril (14 vencidos)
Maior seca: 20 jogos entre julho e outubro (12 perdidos)
Ano geral: 20 vitórias, 19 empates e 22 derrotas
Ano mandante: 9 vitórias, 11 empates (7 no Frasqueirão) e 11 derrotas (10 no Frasqueirão)
Ano visitante: 11 vitórias, 8 empates e 11 derrotas

Boa Esporte (rebaixado na Série B; 1ª fase em MG)
Maior invencibilidade: 7 jogos entre março e abril (6 empatados)
Maior seca: 16 jogos entre agosto e novembro (14 perdidos)
Ano geral: 9 vitórias, 17 empates e 25 derrotas
Ano mandante: 7 vitórias, 8 empates e 10 derrotas
Ano visitante: 2 vitórias, 9 empates e 15 derrotas

Mogi Mirim (rebaixado na Série B; 1ª fase em SP)
Maior invencibilidade: 6 jogos entre janeiro e fevereiro (4 vencidos)
Maior seca: 14 jogos entre setembro e outubro (13 perdidos)
Ano geral: 9 vitórias, 16 empates e 28 derrotas
Ano mandante: 5 vitórias, 10 empates e 11 derrotas (9 no Romildo Ferreira)
Ano visitante: 4 vitórias, 6 empates e 17 derrotas

Semana que vem, farei o mesmo balanção com os 20 participantes desta temporada na Série A.

Curtinhas

*Incluído com Ricardo Teixeira nos 16 altos dirigentes da FIFA indiciados pela Justiça dos EUA, Marco Polo Del Nero (que, agora sim, fugirá mais da lei que devedor de cobrador) pediu licença da presidência da CBF, que foi assumida por Marcus Antônio Vicente, que por 21 anos comandou o futebol do Espírito Santo.

*Diego Aguirre será o décimo estrangeiro a treinar o Atlético Mineiro, o sexto uruguaio (os outros foram Felix Magno, Ondino Vieira, Ricardo Diez, Walter Oliveira e Darío Pereyra). A última vez que um estrangeiro treinou o Galo foi com Rincón em duas partidas de 2010 após a saída de Vanderlei Luxemburgo.

*Renovado pelo Cruzeiro em mais quatro temporadas o contrato do meio-campista Marcos Vinícius.

*O Grêmio renovou com Luan até setembro de 2018 e não terá o lesionado Erazo diante do Joinville.

*Joinville, que não renovou com o dianteiro Kempes e que está por adquirir Diones, volante do Sampaio Corrêa.

*Keirrison não é mais jogador do Coritiba, com quem rescindiu o contrato que ia até junho de 2017.

*Alguém quer um goleador pro seu time? Zé Carlos, 19 gols na última Série B, não está mais no CRB.

*Autor de 13 tentos pelo Luverdense no mesmo torneio, Tozin jogará o Goiano pela Aparecidense.

*Vagner Mancini permanecerá no comando técnico do Vitória, renovado seu contrato em uma temporada.

*Brasil heptacampeão feminino sub-20, legal! Depois que a Venezuela ganhou da Colômbia por 2 x 1, era preciso vencer por um saldo maior para ficar com o título. Os 3 x 1 na Argentina asseguraram a conquista.

*Por falar em Argentina: eleição na AFA cancelada pois o resultado apontou 38 votos para Luis Segura e 38 para Marcelo Tinelli. Nada de mais, não fosse serem 75 membros da assembleia presentes e 76 votos. Bah!!!

*Flamengo fora do futebol: foi confirmado o retorno ao vôlei masculino com um novo time, que jogará no ano que vem a Série B da Superliga, e foi reinaugurado ontem o ginásio incendiado exatamente há três anos.

*Fórmula 1: ao comprar a Lotus, que tem Romain Grosjean e Pastor Maldonado como pilotos, a Renault confirmou que voltará em 2016 à categoria da qual foi campeã de construtores e de pilotos com Fernando Alonso.

*Basquete: Brasília na frente na decisão da Liga Sul-Americana após necessitar da prorrogação para marcar 94 x 92 no San Martin. Agora, precisa vencer um dos dois jogos na Argentina, quarta e quinta da semana que vem.

*Judô: ao vencer a espanhola Julia Figueroa na disputa pelo bronze na etapa de Tóquio do Grand Prix, Sarah Menezes obteve seu primeiro pódio desde a vitória na etapa de Tyumen, em julho de 2014.

*Futsal: às 19h30 de hoje e às 12h de amanhã, ambas as contendas em Itapetininga, o Brasil Kirin de Sorocaba decidirá a Libertadores contra o Bucaramanga da Colômbia. O campeão jogará a Intercontinental contra o vencedor da Europa, cuja competição ainda está na semifinal. Boa sorte para os brasileiros!

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Preocupante o que leio no Portal Imprensa: se a primeira parcela do 13° salário não for paga até o quinto dia útil deste mês (próxima segunda-feira), os funcionários da TV Alterosa prometem realizar duas paralisações, uma às 10h e outra às 16h. Nota-se que a situação é muito difícil na afiliada do SBT em Minas Gerais, que pertence aos Diários Associados, dos quais também a Super Rádio Tupi no Rio de Janeiro vive problemas financeiros e tem atrasos salariais, pelo que foi noticiado em algumas infos desta semana no Rádio de Verdade.

*Band/RS com novidades entre hoje e amanhã. A desta sexta-feira é o "Happy Hour" na BandNews FM, às 18h de segunda a sexta, com um bate-papo informal sobre os assuntos do momento com Lúcia Mattos, Chico Garcia e Renato Martins. A das 11h deste sábado é o "Programa da Regina", atração semanal de variedades que recoloca no vídeo a ótima Regina Lima, que neste ano deixou a RBS TV após 23 anos. Isto causará algumas mudanças na grade matinal deste dia, com dois programas mais cedo: o "Imóvel Class TV", da já citada Lúcia, passando para as 8h30, e o futebolístico "Preliminar", do Luiz Carlos Reche, para 10h, com meia hora a menos.

*Apenas ontem me toquei de uma mudança também aqui no Rio Grande do Sul: a afiliada da RedeTV! mudou a programação da madrugada. O "Studio Pampa", com seu elenco feminino liderado pela Cris Barth, passou a ir ao ar depois da 1h15 pois, antes disso, o jornalístico "Atualidades Pampa" passou a ser exibido à meia-noite - mas não ao vivo. É uma reprise do programa comandado ao vivo pela Magda Beatriz das 19h10 às 20h30.

*Santa Catarina: o "Mistura" de amanhã, na RBS TV, será o último da Camille Reis durante alguns meses, já que em licença-maternidade ficará. Não sei dizer até a publicação desta edição quem apresentará no seu lugar.

*Esta sexta-feira terá não um e nem dois, mas sim três "Globo Repórter" distintos. Sim, três. O da rede nacional passará um material do Tiago Eltz sobre brasileiros que compartilham de várias maneiras e poderá ser assistido às 9h05 (Brasília) de amanhã na reprise na Globo News por Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e sul do RJ.

*Os dois estados do Centro-Oeste receberão uma edição especialmente dedicada aos 50 anos que a Rede Matogrossense de Televisão (TVs Morena do MS e Centro América do MT) completará no dia 25 deste mês. Assistem aqui a chamada feita pelo Sérgio Chapelin com as repórteres de rede Cláudia Gaigher e Eunice Ramos, que foram até o RJ finalizar o programa. O segundo "Globo Repórter" regionalizado desta noite passará apenas na TV Rio Sul, a afiliada pertencente ao Arnaldo Cezar Coelho, que completou 25 anos na última terça-feira e que tem sede em Resende e sucursal em Volta Redonda (esta inaugurada em 1995), abrangendo cidades como Angra dos Reis, Barra Mansa e Três Rios. Chapelin gravou uma chamada que registro aqui.

*Leio na Lígia Mesquita que não será Tiago Leifert a fazer as férias da Fátima Bernardes no "Encontro" da Globo, ao lado da Ana Furtado, pois estará com o "The Voice Kids". Felipe Andreoli é que apresentará em janeiro.

*O horário é super-hiper-ultra-puxa-mega-ingrato, mas a pedida vale a pena: às 4h (Brasília) de hoje para amanhã, o "Corujão" da Plim-Plim reprisará a excelente comédia "Cuidado com as Gêmeas", que traz Lily Tomlin ao lado da Bette Midler, que indiretamente acaba homenageada pelos 70 anos completados nesta semana.

*Legião gaúcha reforçada na reportagem da Record do Rio de Janeiro. Já tem Evelyn Bastos, Leonardo Lara e Ana Paula Gomes (que não é gaúcha e sim carioca, mas que coloco no bolo pelo tempo de esporte da RBS aqui em Porto Alegre) e, se perdeu recentemente Priscilla Casagrande, ganha a partir de hoje um novo representante: Luiz Barbará, jovem profissional que iniciou estagiário do SBT/RS e que teve passagem pela assessoria de imprensa do Internacional, trabalhando na RBS como editor em Uruguaiana e repórter em Santa Cruz do Sul até vir para a capital gaúcha pela Bandeirantes, depois sendo repórter da Record/RS entre 2013 e 2014.

*Gugu Liberato confirmou sua permanência na Record para 2016, com programa ao vivo todas as quartas.

*Flávio Ricco publicou ontem um comunicado interno da Rede Record, no qual era comunicado às emissoras próprias e afiliadas que não mais deveria ser exibido "Pica-Pau" por terminado o contrato com a Universal Pictures para sua transmissão. Seria o fim de 9 anos de amostragens das séries clássica e nova do pássaro. No entanto, hoje a Record desmentiu o "guru" e afirmou que o comunicado por ele ontem publicado foi editado e não seria verdadeiro, embora não mostrando o dito documento original com as partes que teriam sido editadas. Leio pelo Gabriel Vaquer que a emissora renovou o contrato com a Universal há duas semanas, mantendo o desenho em sua programação, e que apenas a matriz pediu que fosse avisada sobre as exibições regionais nas filiais e afiliadas para não desgastar o produto por, em algumas praças, ele ser exibido por horas a fio. Então, ele fica!

*Luto no humor brasileiro: morreu aos 83 anos, de parada cardíaca decorrente de complicações de um terceiro AVC sofrido no ano retrasado, o hilário Tutuca, que fez personagens como Clementino ("xiiii... ai, se ela me desse bola!"), Chefinho ("como é boa essa secretária!") e Magnólio ("bicha não morre, vira purpurina"). Iniciado no rádio do seu Rio de Janeiro, fez comédias da Atlântida e trabalhou em várias emissoras de televisão, como Tupi, Globo e SBT, fazendo programas como "Balança, Mas Não Cai", "Zorra Total" e "A Praça é Nossa". Na "24" da terça-feira da semana passada, ao destacar os 80 anos do nascimento de Carlos Imperial, destaquei um trecho do programa dele na TV Tupi onde Tutuca dançava com a "lebre" Vera Garrido a "Dança do Figueiredo", da Black Rio.

*Se aqui no Brasil a última Playboy da Editora Abril terá como capa a somente agora descoberta Paparazzo Misteriosa (que li no Extra que é a modelo conterrânea Luh Ferreira, que sinceramente acho bem mais bonita morena do que loira ao encarnar a personagem), lá nos Estados Unidos quem estrelará a última capa com ensaio nu total da publicação da matriz é Pamela Anderson, a eterna salva-vidas do "SOS Malibu" e que está com 48 anos, neste tempo todo de vida posando incontáveis vezes para a revista (incontáveis mesmo).

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia I

Péssima novidade que antecipada foi nesta manhã pelo implacável TMZ: foi encontrado morto ontem à noite, de causa não confirmada até a publicação desta edição, o roqueiro Scott Weiland, que tinha 48 anos e que atualmente tocava com sua banda The Wildabouts, antes marcando pelos vocais da Velvet Revolver e especialmente dos Stone Temple Pilots. É dos STP que destaco aqui "Plush", faixa de 1993 que é uma sonzeira muito boa.

Clipe do Dia II

No meu bloco de notas onde marco as datas que registrarei aqui no PB, marquei erradamente o acontecimento como de hoje, quando foi de ontem. Com um dia de atraso, registro os 50 anos do lançamento de "Rubber Soul", álbum dos Beatles que fez jus à história do quarteto de Liverpool com grandes momentos. Cinco deles separei: "Girl", "Nowhere Man", "Drive My Car", a linda "Into My Life" e a envolvente "Michelle".

Bela do Dia: Morella de Las Heras

Morella de Las Heras, modelo e guria que ocupa o coração do Cristaldo. Por mais que ele tenha sido campeão da Copa do Brasil, seu maior título está em casa.

Clipe do Dia III

Na data de hoje há exatos 35 anos, o Led Zeppelin confirmava o seu término dois meses após o falecimento trágico do baterista John Bonham. Banda que deixou saudades por ser uma das maiores da história, o que é facilmente explicável nestes super momentos: "Whole Lotta Love", "Rock and Roll", "Stairway To Heaven" e "Kashmir".

Clipe do Dia IV

Um dos expoentes da cultura do Rio Grande do Sul morreu há 30 anos completados nesta sexta-feira. Nascido em 1927, Teixeirinha marcou o Sul para sempre com filmes que foram campeões de audiência e canções que ajudaram a construir um mito. Por mais de duas décadas teve a companhia da cantora e acordeonista Mary Terezinha, de quem se separou no início de 1984 de maneira muito conturbada, o que até rendeu um bafafá daqueles. Três canções para Vitor Mateus Teixeira, o "Rei do Disco": "Coração de Luto", que versa sobre a morte da própria mãe do artista; "Querência Amada", clássico sulista eterno; e "Velho Casarão", registro do ano de sua morte.

Momento Raridade Rara

No dia seguinte à partida de Teixeirinha, a RBS TV produziu um especial assistido aqui, com apresentação de Cunha Jr. (há muitos anos na Cultura de São Paulo), incluindo uma entrevista dele com o cantor e compositor na sua residência. São resgatadas imagens de entrevistas separadas que ele e Mary Terezinha deram ao "Jornal do Almoço" após se separarem, além de cenas do velório no Estádio Olímpico Monumental.

Antes do Arremate...

...um reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Arremate

Real Madrid eliminado da Copa do Rei no "tapetão" por escalação irregular do Cheryshev na vitória sobre o Cádiz.

"24 Horas" volta antes que algo raro assim em termos de Europa aconteça novamente!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia") e editor do blog "Papo Final" no Final Sports.

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com
BLOG NO FINAL: papofinal.final.com.br


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.