.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Terça, 24 de novembro de 2015 - ANO 13, EDIÇÃO 62
O ABC de como não ter uma Boa temporada

Chegamos à última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 8 de suas partidas serão "amistosas", somente Ceará x Macaé e Oeste x Paysandu sendo efetivamente válidas para definir o último rebaixado. A peleja solitária desta noite deverá ser para solitários nas arquibancadas pois reúne dois rebaixados muito antecipados. Boa Esporte e ABC se mostraram clamorosas decepções neste 2015, ainda que os alvinegros tivessem um começo excelente no Campeonato Potiguar, no entanto, começando a partir da perda do título para o América, ao passo que os bovetas nunca mostraram nada de mais animador. Recuperemos suas trajetórias no ano.

Os dois primeiros meses mostraram que os tempos seriam bicudíssimos para o clube de Varginha: nas primeiras 11 partidas entre fevereiro e março, ganhou apenas uma (em casa, do Democrata de Governador Valadares), empatou 6 e perdeu 4. Voltou a vencer ao bater o Atlético no Melão, depois ficou mais 5 jogos sem sucesso (3 perdidos). Superou o Mogi Mirim no estádio dele no 2 de junho dos 12 anos deste Papo de Bola e acumulou mais 3 fracassos (dois empatados). Derrotou o Bragantino em Minas no fim de junho e passou mais 5 compromissos sem se dar bem (3 empates). Derrubou o Luverdense novamente em casa, isso já no fim de julho, e depois empatou um e perdeu outro. A metade de agosto mostrou a única vez em que triunfou duas vezes seguidas: Macaé em casa e ABC fora. Veio a pior sequência do Boa em 2015: nada mais e nada menos do que 16 partidas sem vitória, 14 delas perdidas e 10 consecutivas. Aí, só para causar uma das maiores surpresas nem digo da Série B e sim do ano inteiro no futebol brasileiro, ganhou do Bahia em casa e ajudou decisivamente na eliminação do Tricolor. Na rodada anterior, de novo deu uma de "fiel da balança" ao arrancar no RJ um empate com o Macaé.

Para quem diz que campeonato estadual é "me engana que eu gosto", o ABC foi uma excepcional tradução deste nada agradável cenário. De fevereiro até abril, ficou 19 jogos sem derrota com 14 exitosos, 10 deles seguidos. Aí a coisa mudou do vinho caro para a água não potável - e logo na decisão potiguar perdida para o América: 4 jogos sem vitória, 3 deles perdidos em sequência entre o fim do estadual e o início da Série B. Nos 5 seguintes, perdeu apenas um e ganhou 3, a seguir novamente em 4 vezes sem triunfar, metade delas perdida. Depois que derrotou o Atlético Goianiense fora de casa, entornou o caldo violentamente: nada mais e nada menos que 20 partidas sem sucesso (incluindo aquele amistoso contra o Corinthians), 12 delas perdidas, 6 em sequência. Quebrou a seca só na metade de outubro, superando em seus domínios o América Mineiro. De novo fracassou em 4 pelejas, metade derrotada. Nos dois últimos compromissos, venceu o Mogi Mirim em casa e perdeu para o Botafogo na condição de mandante, mas atuando em Brasília para ter maior lucro - que nem foi tão maior assim, na verdade. O que ferrou muito o ABC foi a bizarra sequência de 18 mandos de campo sem vitória de maio até outubro.

No saldo geral desta temporada, o Boa Esporte teve 8 vitórias, 17 empates e 24 derrotas, enquanto o ABC somou 20 vitórias (mas apenas 6 nas últimas 42 presenças), 19 empates e 21 derrotas. Como mandantes, os mineiros do sul do estado em momento algum se impuseram no Dilzon Melo: 6 vitórias, 8 empates e 10 derrotas (chegando a perder 5 mandos consecutivos entre setembro e outubro). Já os potiguares enquanto visitantes tiveram 11 vitórias (mas não ganham há 13 visitas), 8 empates e 10 derrotas. São dados e trajetórias que, com o perdão do pra lá de infame trocadilho do título, mostram bem o ABC de como não ter uma Boa temporada.

Curtinhas

*Águas de Lindóia, Araraquara, Atibaia, Barueri, Bauru, Capivari, Guarulhos, Ilhabela, Indaiatuba, Itu, Leme, Limeira, Lins, Marília, Mogi das Cruzes, Osasco, Penápolis, Porto Feliz, Porto Ferreira, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Taboão da Serra, Tanabi e Taubaté.

*As 27 cidades mencionadas acima serão as sedes da Copa São Paulo em janeiro de 2016. Promete ser um "monstrengaço" daqueles pois serão nada mais e nada menos do que 112 times. Cento e doze!!! Bah!!!

*Grama sintética adotada na Arena da Baixada a partir da metade de fevereiro, após dois meses para instalá-la. Cumprido o cronograma, o estádio receberá normalmente a estreia do Atlético Paranaense na Primeira Liga, em 18 de fevereiro. Antes, é ver onde mandados serão um ou dois jogos pelo campeonato estadual.

*Conmebol pensando em elaborar um ranqueamento para definir os cabeças-de-chave da Libertadores de 2016, considerando-se os títulos e os pontos acumulados na última década. Mais do que justo isso.

*Em seu segundo compromisso pelo Sul-Americano Feminino Sub-20, o Brasil ficou nos 2 x 2 com o Paraguai.

*Barcelona x Roma é a grande pedida do fim da tarde na quinta rodada da Liga dos Campeões da UEFA.

*Não durou muitos dias a interinidade do treinador de goleiros Taffarel como técnico do Galatasaray, recontratado que foi Mustafa Denizli, que venceu um nacional turco e uma Copa da Turquia pelo clube.

*Maior craque dinamarquês da história, mas ausente do título europeu de 1992 (onde seu irmão Brian brilhou), Michael Laudrup não aceitou uma sondagem para treinar a seleção da Dinamarca por motivos pessoais.

*Tênis: confirmada para o fim de semana as finais da Copa Davis entre Bélgica e Grã-Bretenha em Ghent, mesmo com ameaças terroristas que levaram o território belga a ficar em alerta de nível máximo.

*Futsal: Carlos Barbosa na frente sobre Orlândia na primeira decisiva da LNF por 5 x 3 em Uberaba. No próximo domingo, às 13h, a ACBF joga por empate tanto no tempo normal quanto na prorrogação para conquistar o título devido à melhor campanha, restando à Intelli ter que ganhar nos períodos normal e extra.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Mudanças no papel em Curitiba: a partir da próxima terça-feira, a Gazeta do Povo circulará em formato Berliner (o mesmo adotado por todos os impressos daqui de Porto Alegre) e totalmente a cores com até 48 páginas durante a semana, enquanto o fim de semana terá uma edição conjunta sábado & domingo de até 88 páginas. Boa sorte à publicação do GRPcom, que passou a ter o comando do grande Leonardo Mendes Júnior.

*Enquanto isso, evacuaram ontem à tarde o prédio de O Estado de S.Paulo por uma ameaça de duas bombas, uma na redação da publicação e outra na Rádio Estadão, pelo que li no Portal Imprensa. Todos saíram calmamente até a parte de baixo enquanto o esquadrão antibombas a tudo vistoriou, felizmente nada encontrando.

*Na Bandeirantes, terça e quarta-feira sem os noticiários regionais das 18h50 e início apenas às 19h35 ou 19h40 do "Jornal da Band", isso devido à sessão dupla da Liga dos Campeões às 17h45.

*A Globo desmentiu uma notícia do Léo Dias e disse que não vai afastar Ilze Scamparini da cobertura do Vaticano por causa daquilo do "peço desculpas pelo cansaço extremo, eu queria me apresentar de uma melhor forma" ao vivo no "Jornal Nacional", semana passada, ao cobrir em Paris os desdobramentos dos atentados.

*Mais "JN": leio no Daniel Castro que William Bonner bancou a escalação da Maria Júlia Coutinho para cobrir a partir da segunda-feira da semana que vem a COP 21 (21ª Conferência do Clima), em Paris, na qual o principal objetivo será traçar um acordo internacional para a redução da emissão de gases que levam ao efeito estufa e ao aquecimento da Terra. Afirma o DC que houve "narizes tortos" a esta escalação nos bastidores da parte de muitos profissionais que gostariam de cobrir este evento pois a Maju só está no noticiário há 7 meses. Consultada, a Plim-Plim disse que não é a primeira vez que uma apresentadora da previsão do tempo se fará presente numa cúpula mundial de meio ambiente pois isso já ocorreu com a hoje fora do ar por causa da licença-maternidade Flávia Freire (lembrei mesmo que ela fez uma cobertura dessas há alguns anos).

*Globo vencedora do Emmy Internacional com "Império" como telenovela e "Doce de Mãe" como melhor comédia.

*Para quem não viu, aqui está uma amostra do primeiro episódio do "revival" da "Escolinha do Professor Raimundo" no canal Viva, que a exibe desde ontem às 23h15 das segundas-feiras em cinco episódios - serão sete no total, mas dois passarão somente na "emissora-mãe", que também mostrará os outros cinco.

*Com o encerramento ontem de "Os Dez Mandamentos" (que terá continuação em breve antes da estreia de "A Terra Prometida"), "Rei Davi" passa a ocupar sozinha a faixa das 20h30, antes do "Jornal da Record".

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia I

Nascido em 1932, Pat Morita morreu há 10 anos completados nesta terça-feira. Ele interpretou o Sr. Miyagi em quatro filmes "Karatê Kid". Do segundo, destaco aqui Peter Cetera com "The Glory of Love", de 1986.

Clipe do Dia II

Ela nasceu em Los Angeles e teve sua infância toda no México, daí a latinidade transparecida na sonoridade de suas cantorias. Para os 45 anos de Julieta Venegas, separei aqui "Me Voy", de 2008.

Clipe do Dia III

Clem Burke completa 60 anos hoje. Foi sua a bateria do Blondie, o grupo de new wave que popularizou a bela Debbie Harry. Um som com presença especial do Clem está aqui: "Heart of Glass", de 1978.

Clipe do Dia IV

Se não falecesse em abril deste ano, Bob Burns completaria nesta terça 65 anos. Ele foi baterista do Lynyrd Skynyrd de 1964 a 1970 e entre 1973 e 1974, tocando nos dois primeiros álbuns da banda. Logo, participou do temaço que curtirão aqui e que registrado foi em 1974: "Sweet Home Alabama".

Clipe do Dia V

Capixaba nascido em Cachoeiro do Itapemirim há 80 anos completados hoje e falecido em 1992. Autointitulado "O Rei da Pilantragem". Revelador nacional de alguns dos grandes artistas de nossa música. Apresentou programas nas TVs Tupi, Continental, Rio, Excelsior, Globo e TVS. Anunciador das notas do carnaval carioca em 1984 com "dez, nota dez!" e partícipe da escolha do samba-enredo da Portela em 1970, quando o carnavalesco era Clóvis Bornay. Ator de chanchadas e pornochanchadas no cinema. Vereador na Cidade Maravilhosa. Colunista artístico de revistas e jornais. Escrevou sobre futebol para o Jornal dos Sports e chegou a ser diretor de futebol do Botafogo e do Olaria, no qual o "Delegado" Antônio Lopes começou sua trajetória vencedora como treinador.

Bela do Dia: Mayara Bordin

Mayara Bordin, jogadora do time feminino de futebol do Corinthians e que apareceu ontem no "CQC", em reportagem sobre homens que têm preconceito contra as mulheres neste esporte - e na qual um time formado por tais machistas tomou uma "tunda de laço" bem dada pela equipe das mulheres, que teve na Mayara sua estrela principal. Dá-lhe!

Ufa... Que vida intensa do Carlos Imperial, não? Ah, mas tem mais uma que faltou dizer e que motiva a menção ao dia do seu nascimento neste tópico: o lado compositor musical. Muitos temas elaborou, vários deles célebres pela gravação de nomes importantes especialmente da Jovem Guarda. Separei cinco deles a seguir: de 1959, "João e Maria" com Roberto Carlos em seu primeiro compacto; de 1966, "Mamãe Passou Açúcar em Mim" com Wilson Simonal; de 1966, "O Bom" com Eduardo Araújo; de 1967, "Vem Quente Que Eu Estou Fervendo" com Erasmo Carlos (do Imperial e do Eduardo Araújo); e de 1967, "A Praça" com Ronnie Von.

Momento Raridade Rara

Dos shows televisivos comandados por ele, apresento aqui um trecho do "Programa Carlos Imperial" na Tupi em 1979, com um concurso de dança discoteca ao som de "A Dança do Figueiredo", com a Banda Black Rio (isso, sim, é funk de verdade e não esse "bate-estaca" medonhamente horrendo dos dias atuais). Atenção para o que aprontou o humorista Tutuca com a dançarina "lebre" Vera Garrido. Cenas lamentáveis, mas hilárias. (rs) Na vinheta de ida para o intervalo, a trilha que toca é "Oh Happy Day", com Roberta Kelly.

Antes do Arremate...

...um reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Arremate

São Paulo na frente por 2 x 0. Campeão hoje da Copa do Brasil Sub-20 ou dá Atlético Paranaense?

"24 Horas" volta depois que soubermos o que terá acontecido no Morumbi!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia") e editor do blog "Papo Final" no Final Sports.

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com
BLOG NO FINAL: papofinal.final.com.br


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.