.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Domingo, 15 de novembro de 2015 - ANO 13, EDIÇÃO 53
Campeão fazendo o seu em casa e empatando fora



Costuma se dizer que o time "joga com o regulamento debaixo do braço" quando leva o benefício da vantagem ao limite. O Botafogo de Ribeirão Preto, primeiro campeão de uma divisão do Brasileirão em 2015, talvez represente uma tradução máxima desta máxima. Para conquistar a Série D, fez o tema de casa com louvor e se permitiu ou perder quando permitido ou empatar para seguir na frente, mesmo passando apertos. Nada que tire os méritos da Pantera, pelo amor de Deus, pois Ribeirão tem mais que festejar um monte e vibrar bastante por desta vez não "bater na trave" igual aos vice-campeonatos da C em 1996 e da B em 1998. Apenas é a curiosidade que fica por raras vezes um cenário como este se apresentar. É gente que curte emoções fortes.

O Botinha ficou com um jogador a menos em mais da última meia hora à expulsão do César Gaúcho, o que levou o Ríver a partir para cima e tentar ganhar de todas as maneiras possíveis, mais na base do que chamo de "abafa descerebrado" do que propriamente no talento consciente, mas ainda assim empurrado por mais de 40 mil fãs que entupiram o Albertão. Mesmo com a bola rolando até os 50 minutos, os paulistas mantiveram a dianteira pelos 3 x 2 no Santa Cruz - lembrando que gol fora de casa era critério de desempate e, assim, bastaria aos piauienses o 1 x 0 para ficarem com o caneco. Só mesmo a uns 30 segundos do término deu para os botafoguenses conseguirem respirar um pouco mais aliviados e terem quase certeza de que o título chegaria.

O Botafogo de Ribeirão Preto estabelece uma marca dá pra dizer que incomum até mesmo para uma competição recente como a Série D: nenhum campeão repetido em sete edições, juntando-se ele em 2015 aos anteriores Tombense em 2014, Botafogo da Paraíba em 2013, Sampaio Corrêa em 2012, Tupi em 2011, Guarany de Sobral em 2010 e São Raimundo em 2009. A campanha foi de 7 vitórias, 7 empates (detalhe: rigorosamente todos por 0 x 0) e 2 derrotas, marcando 20 gols e tomando 9. Nas oitavas, tocou 3 x 0 no CRAC e levou 1 x 0 fora. Nas quartas, semi e finais, se impôs sobre São Caetano, Remo e Ríver no Santa Cruz para "oxar" fora. É a maior conquista do rubro-negro ribeirão-pretano, que também foi vice-campeão paulista em 2001. Parabéns!

Série B: acesso quase definido

Além de não termos campeão no sábado, a paulada tomada pelo líder ajudou seu algoz a ficar muito próximo do acesso, o que torna a zona da Série A muitíssimo bem encaminhada em contraste com o cenário de equilíbrio que tínhamos até esta rodada, visto que muitos dos competidores decepcionaram. Lá embaixo, parece que teremos um confronto direto na última jornada resolvendo o descenso derradeiro, mesmo com outros na parada. Eis:

Botafogo 0 x 3 Santa Cruz - Impedimentaço no primeiro gol à parte, tempo havia para uma reviravolta acontecer e o que tivemos foi a ampliada de escore. Uma super vitória dos pernambucanos, que impuseram aos cariocas sua pior derrota neste 2015. O Fogão deixou a possibilidade de título para sexta que vem e não empata há 7 jogos, ganhando 4 deles, tendo 5 mandos sem derrota e 3 vitoriosos, só que perdendo dois dos últimos 3. Curiosidade de certa forma impressionante: na campanha do rebaixamento na Série A, o Glorioso nunca perdeu por 3 x 0 ou três ou mais gols de diferença como mandante, diferentemente do ocorrido agora no possível título na B. Ah, se não fosse a ajudona do Paraná à noite... Já o Tricolor, que ficou a uma vitória nas duas últimas rodadas de retornar para aquela que seria sua primeira divisão em 10 anos (somando 2016 menos 2006, evidentemente), emendou 4 vitórias e não cai há 5 pelejas, faturando 8 das últimas 12 com apenas duas perdidas. Primeira vez desde fevereiro que venceu duas seguidas como visitante, naquela ocasião sobre Central e Náutico.

Vitória 1 x 0 Ceará - Pênalti perdido à parte, o Leão obteve um resultado muito bem vindo na mais apropriada possível ocasião, visto ficar a apenas um empate do regresso à elite. Porém, o desempenho recente é irregular: nas últimas 6 partidas, venceu duas, empatou duas e perdeu duas. Como mandante, só uma queda nos 6 últimos comparecimentos com 4 sucessos, mas isso depois de dois sem triunfar. O Vozão é que vinha embaladíssimo e tropeçou quando não poderia, sobretudo depois da incrível vitória do Macaé. Primeira derrota depois de 5 vitórias consecutivas e 8 jogos sem empatar, 3 deles fracassados. Não empata o alvinegro há 13 visitas, 7 delas positivas. Ao menos um empate já teria bastado, mas é preciso botar o pé no acelerador.

Bragantino 3 x 0 Sampaio Corrêa - Com um marcador que traduz sua superioridade em campo, o Massa Bruta completou 9 atuações sem empate com 6 vitórias, tendo 5 mandos ganhos consecutivamente e 11 sem derrota, dos quais 10 exitosos, com um perdido nos 13 últimos e 11 positivos. O Bolívia Querida não caía havia 5 duelos, 3 deles vitoriosos, e faturou só uma das últimas 14 visitas, perdendo metade delas. Diante do resultado do Santa Cruz no Rio de Janeiro, mais provável que ambos permaneçam na B em 2016.

Boa Esporte 3 x 0 Bahia - Essa é a história mais louca da rodada, sem sombra de dúvidas. Já rebaixados, os Bovetas conseguiram inacreditavelmente terminar uma série de 16 compromissos (14 perdidos) e 8 mandos (6 derrotados) sem sucesso. Reparem no terceiro gol, que é o retrato da pateticidade dos tricolores baianos. Douglas Pires defendeu duas vezes e, ainda assim, o ataque mineiro fez o que bem entendeu na defesa até marcar. Vou falar mais o quê??? Só que o Esquadrão de Aço chegou aos 4 embates (3 perdidos) sem sorrir, com dois ganhos nos 11 últimos (5 empatados). Venceu uma das últimas 10 visitas, empatando metade, e não perdia duas seguidas fora de casa desde julho (Vitória e Paysandu). Consequência: não tem mais possibilidade de subir e somente cumprirá tabela nas duas últimas rodadas. Quer mais uma? Com Nedo Xavier pedindo demissão, sabem quem treinou o Boa? Senta aí, por favor: Cesinha, assessor de imprensa do clube. Baaahhh!!!

Náutico 1 x 1 CRB - Mesmo sem o suspenso goleador Zé Carlos, os alagoanos saíram na frente. No máximo o empate foi conseguido pelos pernambucanos, que perderam várias chances de obter a virada. O Timbu perdeu um dos últimos 7 jogos com 4 sucessos e caiu uma vez nos últimos 11 mandos, dos quais 6 triunfantes, mas não empatava duas seguidas desde junho (Paysandu e ABC). Também deve permanecer na segunda divisão para o ano que vem. Já o Galo da Pajuçara perdeu uma das últimas 5 contendas, somando 8 destes 15 pontos, e não se dá bem há 3 visitas com apenas uma positiva nas últimas 13, perdendo 8.

Paraná 1 x 0 América Mineiro - Com 4 tanto presenças gerais sem empate quanto mandos sem derrota, tendo um mando perdido nos 11 últimos com 6 bem sucedidos e voltando a ganhar dois seguidos depois de agosto (Sampaio Corrêa e Santa Cruz), o Tricolor assegurou sua participação na Bêzona do ano que vem devido ao confronto direto Ceará x Macaé na última rodada. Quem dormiu no ponto foi o Coelho, que no objetivo principal está a apenas um ponto do regresso à primeira Série A depois de quatro Séries B, mas que praticamente deixou o título nas mãos do Botafogo. Os mineiros voltaram a perder após 4 vitórias seguidas e não empatam há 9 embates, exitosos em 7. São duas vitórias nas últimas 6 visitas com metade delas fracassada.

Atlético Goianiense 3 x 4 Macaé - Se não veio a ser um primor de qualidade na bola no pé, ninguém pode reclamar de tédio no Serra Dourada. Os visitantes saíram na frente, tomaram o empate, chegaram à trinca, outra vez sofreram a igualdade e ganharam aos 44 minutos do segundo tempo. Caçarola! Ainda ameaçado de queda, o Dragão emenda 4 derrotas e não vence há 5 porfias, não ganhando há 3 mandos e faturando um dos 7 últimos, empatando 4. Foi a primeira vez neste ano que os atleticanos perderam dois mandos seguidos no palco maior de Goiânia. Por sua vez, o Alvianil Praiano não se dava bem havia 3 prélios e 6 visitas, das quais 4 perdidas. Desde os 4 x 2 no Botafogo em 25 de julho, o Macaé não fazia 4 gols em uma mesma partida. Somado este sucesso ao tombo do Ceará na Bahia, a consequência foi de novo sair dos quatro últimos.

Paysandu 3 x 2 Luverdense - O Papão perdeu uma vez nas últimas 4 tentativas, somando 7 destes 12 pontos, e não ganhava dois mandos seguidos desde agosto/setembro (Bragantino e Boa). Não perde há 4 mandos e caiu uma vez nos últimos 8, exitoso em 5. Acaba insuficiente para fins de acesso, o mesmo valendo para o Verdão do Norte, que não empata há 8 partidas e venceu metade, só que perdendo 4 das últimas 5. São 3 presenças consecutivas na casa adversária sem sucesso desde junho/julho (Paraná, Bahia e Sampaio).

Oeste 1 x 1 Criciúma - Os paulistas seguem com risco de voltar para a Série C e, graças aos resultados desta rodada, o Tigre pôde se manter na segunda divisão. O Rubrão não ganha há 3 jogos e venceu um dos últimos 7, empatando 3, com uma derrota nos últimos 7 mandos e 3 exitosos. Já os catarinenses não caem há 3 contendas e somaram 7 destes 9 pontos, mas não ganham há 11 visitas com 6 empates, faturando só duas das últimas 18 e empatando 8 - e uma destas duas vitórias foi pela Copa do Brasil, a outra sim na B.

ABC 3 x 1 Mogi Mirim - Imagina o "ânimo" do povo para este enfrentamento... Bah! O Alvinegro voltou a triunfar após 4 compromissos e fechou o ano no Frasqueirão com 9 vitórias, 7 empates e 10 derrotas (só que ficando 14 jornadas sem sucesso) - e digo "fechou o ano" por seu mando derradeiro na temporada ter sido vendido para Brasília. Já o Sapão não ganha há 12 jogos e perdeu 11, vencendo um dos últimos 22 e caindo em 14, emendando 6 visitas derrotadas e tendo só uma bem sucedida nas últimas 11, das quais 8 derrotadas.

Faltam apenas duas rodadas na Bêzona deste 2015 e a classificação mostra isso: em 1°, Botafogo subido com 68; em 2°, América Mineiro e Vitória com 63; em 4°, Santa Cruz com 61; em 5°, Bragantino, Náutico e Sampaio Corrêa com 57; em 8°, Paysandu com 56; em 9°, Bahia com 55; em 10°, Luverdense e CRB com 51; em 12°, Paraná e Criciúma com 46; em 14°, Oeste e Atlético Goianiense com 43; em 16°, Macaé com 42; em 17°, Ceará com 41; em 18°, ABC com 32; em 19°, Boa Esporte com 27; e em 20°, Mogi Mirim com 23.

A próxima rodada começará na sexta: Atlético Goianiense x Oeste às 19h (empate proibidíssimo), Macaé x Boa Esporte às 20h30 e ABC x Botafogo às 21h30. Os demais iniciarão às 17h30 do sábado: América Mineiro x Ceará, Vitória x Luverdense, Mogi Mirim x Santa Cruz, Paraná x Bragantino, Náutico x Bahia (esse constando, observe, que será no Mundão do Arruda), CRB x Sampaio Corrêa e Paysandu x Criciúma.

A Série A no domingo

35ª rodada abrindo neste dia sem rodada cheia devido à sessão dupla da Eliminatória Sul-Americana pois Cruzeiro x Sport foi antecipado em decorrência do show do Pearl Jam na próxima sexta no Mineirão, impossível colocar nele o palco se a bola rolasse na quarta-feira. A Raposa está em 10° com 48 pontos e tenta manter sua notável subida a partir da chegada do Mano Menezes para sonhar com uma vaga na Libertadores, ao passo que o Leão está em 7° com 52. Os comandados do Falcão ingressarão no G4 se derem ao rubro-negro seu primeiro confronto vitorioso sobre os azuis em Minas Gerais pela vez primeira desde o longínquo e distante 1978.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Tristeza aqui no RS: morreu aos 88 anos Ione Pacheco Sirotsky, viúva do fundador da RBS, Maurício Sirotsky Sobrinho. Ela é avó do atual presidente Duda Melzer e mãe do ex-presidente Nelson Sirotsky.

*A grande surpresa do fim de semana foi noticiada pelo Flávio Ricco: a Globo News demitiu anteontem nada mais e nada menos que Sidney Rezende, outro da equipe que fundou o canal em 1996. A própria emissora confirmou a saída. O jornalista não quis se manifestar. Além destes quase 20 anos no canal fechado, Sidney também teve presenças na TV Globo, tanto no "Bom Dia RJ" de 2001 a 2005 quanto mais recentemente no "Brasil TV" exibido nas parabólicas entre as novelas das 6 e das 7. É a segunda saída de impacto neste ano na Globo News, a anterior sendo do Eduardo Grillo. Agora, Sidney Rezende fica exclusivamente com o portal que leva seu nome, já que fora do ar na televisão e também afastado do rádio desde que foi demitido pela CBN em 2008.

*Observado pelo Mauricio Stycer: no dia anterior à demissão da Globo News, Sidney publicou aqui um texto de tom crítico e sem citação a nomes específicos ao jornalismo que não valoriza as boas notícias.

Bela do Dia: Holly Holm

Holly Holm, lutadora de MMA que nesta madrugada deu uma sova federal na Ronda Rousey pelo UFC. Que beleza!

*Memória: há 10 anos completados neste domingo, a RedeTV! ficava fora do ar por 25 horas no canal 9 de São Paulo, permanecendo normal na transmissão para filiais e afiliadas, além das antenas parabólicas e operadoras pagas. Foi uma vitória obtida na Justiça pelo Ministério Público Federal de São Paulo, que entrou em ação por causa de pegadinhas ofensivas aos homossexuais no "Tarde Quente", do João Kléber.

*Domingo dos 75 anos de Sam Waterston, o Jack McCoy em 368 episódios de "Lei e Ordem" de 1994 a 2010.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia

Uma música marcou ontem o encerramento do "Jornal Nacional" na Globo e a dedico ao perfil @Konther no Twitter, por causa do qual tive a atenção chamada para a mesma pois admito que não a conhecia: aqui está "Soldado da Paz", canção de Herbert Vianna que foi gravada em 2000 pelo Cidade Negra.

Antes do Arremate...

...um reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Arremate

Flamengo 120 anos. Parabéns, gente rubro-negra! E hoje tem amistoso comemorativo contra o Orlando City.

"24 Horas" volta depois que soubermos o que terá rolado nesta peleja amigável!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia") e editor do blog "Papo Final" no Final Sports.

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com
BLOG NO FINAL: papofinal.final.com.br


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.