.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quarta, 14 de outubro de 2015 - ANO 13, EDIÇÃO 27
Oi, torcedor! Lembra de mim? Sou eu, o Brasileirão!

São 10 dias sem a bola rolar desde a interrupção para as duas primeiras rodadas das Eliminatórias. Não lembro da última vez que, em seu decorrer, a Série A tivesse parado por tanto tempo assim. Até por isso, lembremos os resultados da última rodada, há dois fins de semana: Ponte Preta 2 x 2 Corinthians, Coritiba 0 x 3 Atlético Mineiro, Cruzeiro 0 x 0 Grêmio, Santos 3 x 1 Fluminense, São Paulo 1 x 0 Atlético Paranaense, Chapecoense 5 x 1 Palmeiras, Flamengo 2 x 0 Joinville, Internacional 2 x 1 Sport, Avaí x Vasco e Goiás 2 x 3 Figueirense.

29 de 38 rodadas já foram completadas e a classificação nos apresenta: em 1°, Corinthians com 61; em 2°, Atlético Mineiro com 56; em 3°, Grêmio com 52; em 4°, Santos e São Paulo com 46; em 6°, Palmeiras com 45; em 7°, Flamengo e Internacional com 44; em 9°, Ponte Preta com 41; em 10°, Sport com 40; em 11°, Atlético Paranaense com 38; em 12°, Fluminense e Cruzeiro com 37; em 14°, Chapecoense com 34; em 15°, Avaí e Coritiba com 33; em 17°, Goiás e Figueirense com 31; em 19°, Vasco com 27; e em 20°, Joinville com 24.

Chegamos à 30ª rodada tendo sete pelejas marcadas para esta quarta-feira (as complementares de amanhã serão Corinthians x Goiás e Vasco x Chapecoense às 19h30 e Grêmio x Santos às 21h):

Atlético Mineiro x Internacional (19h30) - Desfalques argentinos: Galo sem Dátolo devido aos 25 pontos na perna esquerda machucada e Colorado sem D'Alessandro devido à hérnia de disco. Seis vezes eles se enfrentaram no Horto, quatro vitoriosas dos alvinegros, uma dos alvirrubros em 2003 e outra empatada na Libertadores deste ano. Na rodada passada, o Inter quebrou um jejum de vitórias de 4 partidas.

Sport x Avaí (19h30) - O Leão, que pela segunda vez terá Falcão em casa, venceu um dos últimos 6 jogos e perdeu metade deles, enquanto o Leão da Ilha não ganha há duas partidas. Na Ilha do Retiro são quatro enfrentamentos, com um ganho pelos catarinenses e os demais pelos pernambucanos.

Figueirense x Flamengo (21h) - Os catarinenses não vencem os cariocas no Orlando Scarpelli há quatro porfias desde os 4 x 0 em 2007. O Furacão do Estreito terminou na rodada anterior uma seca de 9 atuações sem êxito e o Mengão não terá Guerrero, mas vem de duas vitórias (uma na A e outra em amistoso disputado domingo passado contra a Desportiva, o único que envolveu algum dos 20 clubes da elite nestes 10 dias).

Palmeiras x Ponte Preta (21h) - A Macaca triunfou tanto na primeira realização no Allianz Parque, em fevereiro deste ano, quanto na última no antigo Palestra Itália, no Paulistão de 2010. Na antiga casa, a última vez que o Verdão se deu bem foi nos 5 x 0 da final estadual de 2008, as três vitórias mandantes seguintes sendo no Pacaembu. Eles não empatam há 14 encontros desde o Brasileiro de 2006, nove deles vencidos pelos verdes, que vêm da primeira derrota nesta temporada após 6 prélios invictos. Os alvinegros, que não perdem há 5 partidas e ganharam 4 delas, perderam Doriva para o São Paulo e serão treinados interinamente pelo auxiliar fixo Felipe Moreira, que é filho do Marco Aurélio, três vezes vice paulista como jogador e ex-técnico do clube.

Joinville x Coritiba (21h) - O JEC perdeu apenas um dos últimos 9 mandos e não foi pelo Brasileirão, mas isso pouco ajuda pois as quatro jornadas diante de sua gente terminaram empatadas. O Coxa não empata há 5 jogos e perdeu 3 deles. Os dois clubes não se enfrentam no norte catarinense desde 2002, quando os paranaenses golearam por 4 x 0 pela naquele ano pela vez última realizada Copa Sul/Minas.

Fluminense x São Paulo (22h) - O Fluzão precisa de recuperação por ter somente um sucesso nas últimas 11 presenças, sendo 7 derrotas no período, e espera que os retrospectos diante dos são-paulinos ajudem: 4 jogos sem queda desde os 2 x 1 no Morumbi em 2013; três mandos sem derrota desde os 2 x 1 em 2011; e 7 desafios sem cair no Maracanã desde os 2 x 1 em 2006. O Tricolor Paulista não é superado há quatro comparecimentos, mas terá novidade na casamata (Doriva substituindo Juan Carlos Osorio) e vive um terremoto político com a renúncia de Carlos Miguel Aidar, o primeiro presidente são-paulino sem um só título desde seu antecessor no primeiro mandato, José Douglas Dallora, entre 1982 e 1984. Carlos Augusto de Barros e Silva, o "Leco", assumiu interinamente a presidência, convocará nova eleição daqui a um mês e concorrerá no pleito. Com Aidar fora, retornado à vice-presidência de futebol está Ataíde Gil Guerreiro, estopim da treta toda.

Atlético Paranaense x Cruzeiro (22h) - O Furacão estreará Cristóvão Borges na casamata e defende três jogos sem derrota para os mineiros em Curitiba desde 2010 (o mando do ano passado foi no Mané Garrincha). Por sua vez, a Raposa não perde este embate há cinco realizações desde 2012 e tem, na atual temporada, cinco partidas sem derrota, o que poderia ser muito bom se as empatadas não fossem três.

Recuperando a Série D

Depois de Ríver 3 x 0 Lajeadense (no qual os piauienses se tornaram o clube do estado a mais disputar jogos das quatro divisões do Brasileirão com 213 totais, sendo 19 na Série D, 66 na C, 71 na B e 57 na A) e Caldense 1 x 1 Ypiranga (empate obtido pela Veterana aos 40 minutos da segunda etapa e depois de duas expulsões do lado canarinho), as voltas das quartas-de-final ficaram assim: depois de amanhã, São Caetano x Botafogo de Ribeirão Preto às 19h (Botinha 2 x 1); no sábado, Ypiranga x Caldense às 19h; no domingo, Remo x Operário de Ponta Grossa às 19h Brasília / 18h locais (Remo 1 x 0); e na segunda, Lajeadense x Ríver às 19h.

Cumpriu com a obrigação

Foi o Brasil nos 3 x 1 vitoriosos sobre a Venezuela com pouco menos de 39 mil fãs num Castelão que, pelas imagens de cima antes da bola rolar, realmente passava mesmo a sensação de alguns espaços vazios. Sair na frente com apenas 35 segundos foi fundamental para a cara da partida mudar e os três pontos a Seleção firmar no belíssimo segundo gol iniciado por Filipe Luís, continuado no corta-luz do Oscar (que só fez isso de bom também) e terminado pelo dono da noite Willian. O susto veio na diminuída do Santos, mas o tento do Ricardo Oliveira pôs as coisas em ordem aos 28 da etapa final. Foi o primeiro gol dele pela Seleção desde os dois marcados nos 7 x 1 amistosos diante de Hong Kong, em fevereiro de 2005. Os brasileiros acabaram cumprindo com a obrigação de manterem o histórico de suprema superioridade sobre os venezuelanos, até por isso mesmo não dando para tirar um maior parâmetro da evolução da equipe, embora fechar a rodada dupla ganhando ajude no ânimo.

A segunda rodada teve Paraguai e Argentina "oxados" no 100° encontro deles, o 30° empatado (55 vencidos pelos argentinos e 15 pelos paraguaios), enquanto o Uruguai aplicou 3 x 0 na Colômbia (50 anos que a Celeste não ganhava as duas primeiras na Eliminatória), o Equador fez 2 x 0 na Bolívia e o Chile bateu o Peru por 4 x 3. Guerrero diminuiu nos acréscimos e mais não conseguiria fazer para seu selecionado, mas dele passou a fazer história ao igualar Teófilo Cubillas como maior artilheiro histórico com 26 gols - enquanto Cubillas precisou de 117 atuações para atingir a marca, bastaram 64 ao flamenguista, que voltou a balançar as redes após 7 pelejas desde a derrota por 2 x 1 do seu rubro-negro para o São Paulo, no longínquo e distante 23 de agosto. Isto deixou assim a classificação destas duas rodadas iniciais das Eliminatórias: Uruguai, Equador e Chile com 6 pontos; Paraguai com 4; Brasil e Colômbia com 3; Argentina com 1; e Venezuela, Peru e Bolívia com 0 ponto.

A próxima sessão dupla acontece em novembro: no dia 12, Equador x Uruguai, Chile x Colômbia e Bolívia x Venezuela; no dia 13, Argentina x Brasil e Peru x Paraguai; e no dia 17, Paraguai x Bolívia, Venezuela x Equador, Uruguai x Chile, Colômbia x Argentina e Brasil x Peru (este marcado para Salvador).

Corrida rumo à Eurocopa

Recuperando os grupos fechados após a publicação da coluna conjunta de segunda e terça-feiras:

Grupo A - República Tcheca e Islândia classificadas e Turquia assegurada como melhor dos terceiros colocados e com vaga direta na Euro 2016 por vencer os islandeses por 1 x 0. Com isso, foi aos 18 pontos e em nada afetada seria pela Holanda mesmo se ganhasse. Mas os holandeses, terceiros colocados na Copa do Mundo de 2014, perderam em casa para os tchecos com direito a um gol contra do Van Persie. Tsc, tsc, tsc... A última Euro sem a Holanda foi realizada em 1984 e, numa dessas coincidências da vida, também na França.

Grupo B - Bélgica e País de Gales já estavam classificados e a dúvida era sobre o lugar na repescagem, que ficou para a Bósnia por ganhar o duelo direto com Chipre, tornando inútil o resultado de Israel pois vitória o levaria aos 16 pontos, ainda assim atrás dos 17 dos bósnios. Só que os israelenses perderam para os belgas.

Grupo C - A Eslováquia quatrilhou Luxemburgo e teve sua classificação para a Eurocopa garantida com ajuda da Espanha, que derrotou a Ucrânia no primeiro jogo sem um só atleta do Barcelona no onze inicial em exatos 10 anos, desde os 6 x 0 sobre San Marino. Fàbregas completou 100 presenças por La Roja, mas aumentou outra marca negativa: cobrou um pênalti pela seleção pela quarta vez e, tal qual os demais, errou.

Grupo E - A Eslovênia fez sua parte ao superar San Marino e ir à repescagem com 16 pontos contra 10 da Estônia, que foi vencida pela Suíça, que vai direto pra Euro por este hexagonal assim como a Inglaterra.

Grupo G - A Suécia venceu a Moldávia, mas como a Rússia derrotou Montenegro, os anfitriões do próximo Mundial de Seleções é que confirmaram presença ao lado da Áustria, restando aos suecos a repescagem. Foram 20 pontos para os russos e 18 para os nórdicos. Ibrahimovic fora da Euro? E agora, mascarado?

Grupo H - A Croácia venceu Malta e foi aos 20 pontos, reviravoltando a parada contra a Noruega, que tinha 19 e nesta pontuação ficou ao perder para a Itália. Vão italianos e croatas para a Eurocopa.

O sorteio dos seis grupos acontecerá em 12 de dezembro, em Paris, e os cabeças-de-chave serão Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Inglaterra e Portugal, com as outras asseguradas sendo Albânia, Áustria, Croácia, Eslováquia, Irlanda do Norte, Islândia, Itália, País de Gales, Polônia, República Tcheca, Romênia, Rússia, Suíça e Turquia. Antes, teremos no próximo domingo o sorteio da repescagem que definirá as últimas quatro seleções. O pote 1 terá Ucrânia, Suécia, Bósnia e Hungria, e o 2 com Noruega, Irlanda, Eslovênia e Dinamarca.

Curtinhas

*Grêmio sem Marcelo Grohe por 10 dias devido à lesão no ombro esquerdo que o tirou da Seleção Brasileira. Consequentemente, não pega o Santos amanhã. Dizem que Bruno Grassi iniciará jogando.

*Por sua vez, o Peixe aumentou o contrato do volante Thiago Maia. Antes até 2016, agora vai até 2019.

*O Guarani perdeu dois mandos de campo na Série C de 2016 devido aos incidentes na vitória diante da Portuguesa, no Brinco de Ouro, com falta de luz no vestiário visitante e agressão a dirigentes lusos.

*E essa do Campeonato Carioca ter a partir de 2016 os dois melhores do ano anterior serem sempre mandantes dos clássicos da primeira fase, o que valerá por cinco temporadas, não será aplicado em semifinais e finais e que a FFERJ jura por tudo que há de mais sagrado que não foi adicionado ao regulamento depois de 10 de agosto? Não por acaso, isso beneficiará Vasco e Botafogo, que poderão escolher tanto o campo onde atuarão quanto o lado da sua torcida no Maracanã contra Flamengo e Fluminense, que se associaram à Sul/Minas/Rio. Tem gente que pensa que somos idiotas, burros, desmiolados e babacas. Babacas são eles, isso sim. Baaahhh!!!

*O Campeonato Cearense de 2016 repetirá a fórmula de 2015 e os dois grupos ficaram assim: A com Fortaleza, Icasa, Itapipoca, Maranguape e Uniclinic; e B com Ceará, Guarani, Guarany, Quixadá e Tiradentes. Torneio aberto em 17 de janeiro e primeira rodada com Fortaleza x Itapipoca, Maranguape x Uniclinic, Guarany x Ceará e Quixadá x Tiradentes. Pela "terceira guerra mundial" fora de campo na dentro dele sensacional final deste ano, os dois grandes só não cumprirão uma punição gigante se conseguirem reviravolta no Pleno do STJD. Do contrário, o Vozão terá 14 perdas de mando (já cumpriu três na Taça Fares Lopes, torneio de segundo semestre realizado atualmente pela Federação Cearense) e o Tricolor deverá cumprir 19 (já foram duas na Fares Lopes).

*Tem coisas que não chegam a surpreender. Juan Ángel Napout dizer à TyC Sports que ainda não há garantia de realização da Copa América Centenário em 2016, devido a um diálogo parado por três meses e retomado só no mês passado, por exemplo. Com todos esses pepinaços políticos "a nível mundial de planeta Terra", pra quê realizar uma competição que só incharia o calendário e, convenhamos, não acrescentaria nada?

*México bicampeão do Pré-Olímpico da Concacaf com 2 x 0 sobre Honduras, fechando dias perfeitos depois dos profissionais ganharem a Copa da Concacaf e a vaga na Confederações 2017 sobre os Estados Unidos. Atuais campeões, os mexicanos defenderão na Olimpíada do Rio de Janeiro a conquista de Londres, o que é absurdo pois também aqui se aplica o adotado na Copa do Mundo do atual campeão jogar eliminatória. Pombas, puxa vida!!! Além do país-sede, o campeão da edição anterior também tem que estar assegurado diretamente!!!

*Refundado e recomeçando sua trajetória futebolística na Série D da Itália, o Parma recuperou os troféus que foram colocados à leilão quando decretada sua falência. A nova direção comprou de volta as taças. Boa!

*Quem assistiu futebol europeu nos anos 90 lembrará do ex-meio-campista Effenberg, campeão europeu e de várias Bundesligas pelo Bayern de Munique. Ele agora inicia a carreira de técnico pelo Paderborn na Série B.

*A FIFA assegurou que promoverá em 11 de janeiro de 2016, e não depois como especulado, a Bola de Ouro.

*Vôlei: depois de Brasil, EUA e Itália (campeão e vice mundiais), a quarta seleção assegurada no torneio masculino do Rio 2016 é a Argentina, que ganhou a final do Pré-Olímpico Sul-Americano.

*Futsal: as quartas-de-final da LNF terão Intelli x Assoeva (ida às 19h15 de depois de amanhã em Venâncio Aires e volta às 13h do sábado da semana que vem em Orlândia), Jaraguá x Brasil Kirin (ida às 21h30 deste sábado em Sorocaba e volta no mesmo horário do sábado seguinte em Jaraguá do Sul), ACBF x São Paulo (ida às 11h do próximo domingo em São Bernardo do Campo e volta às 12h30 do domingo seguinte em Carlos Barbosa) e Corinthians x Krona (ida às 19h da próxima segunda em Joinville e volta no mesmo horário na segunda seguinte em São Paulo). Em cada enfrentamento, igualdade com um ganhador em cada jogo ou ambos empatados levará à prorrogação e, se esta terminar empatada, o time de melhor índice técnico será semifinalista.

*Boxe: depois de perder a semifinal do peso leve para o azerbaije Albert Selimov, Robson Conceição disputará uma vaga na Olimpíada às 13h de amanhã contra o uzbeque Elnur Abduraimov. Boa sorte, Robson!!!

Luto: morreu Miele

À conclusão da edição desta quarta-feira, uma triste notícia para as artes do Brasil: a morte aos 77 anos, de mal súbito, do cracaço Luís Carlos Miele. Foram seis décadas e meia de envolvimento com o show business, algo vindo desde criança ainda em participações em programas de rádio e da recém inaugurada televisão. Locutor das rádios Nacional, Excelsior e Tupi em sua São Paulo, teve várias funções na TV Paulista (atual Globo SP) a partir dos anos 50. Mudou-se para o Rio de Janeiro e foi assistente de direção da TV Continental. Depois de dirigir um especial de bossa nova para a TV Rio em 1960, começou uma parceria vencedora com Ronaldo Bôscoli na produção e na direção de espetáculos de grandes nomes da música brasileira e internacional. Nos anos 60, responderam por produções para as TVs Globo, Rio, Excelsior e Record, incluindo o mítico "O Fino da Bossa".

Na década de 70, Miele respondeu com Bôscoli pela parte musical dos primeiros anos do "Fantástico" e atuou como humorista em programas como "Satiricom" e "Planeta dos Homens", além de apresentar a "Praça da Alegria" de 1977 a 1979. Comandou festivais de música popular brasileira no início dos anos 80 e trocou a Globo pela Manchete em 1985, apresentando shows de variedades e música. Passou pelo SBT em 1992 com o "Cocktail", que marcou época para muitos guris e adolescentes que assistiam escondidos esta atração (claro que eu também... rs). Depois de um tempo fora da telinha, voltou em 2002 com "A Vida é um Show" na antiga TVE (atual TV Brasil). Retornou ao showbizz com um espetáculo em 2004 e atuou em séries e novelas da HBO e da Globo na década de 2000, a última novela sendo "Boogie Oogie". Por mais de uma década, apresentou o Prêmio Moliére para os melhores do teatro brasileiro. Hoje, Miele sai da vida para entrar na história. Obrigado por tudo!

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Depois de muitas décadas, o "Show do Antônio Carlos" não será mais transmitido aos sábados. Leio no Rádio de Verdade que o comunicador com 38 anos nos inícios de manhã do Rio de Janeiro negociou com a Globo ter este dia da semana de folga, algo planejado há três meses. Assim, ele continuará firme e forte de segunda a sexta, das 6h às 9h, enquanto os sábados terão Mário Esteves, hoje à frente do diário "Alegria ao Meio-Dia" e que passará já a partir do próximo fim de semana a comandar o novo "Sa-ba-da-ba-dooo!" das 5h às 9h. O título tem algo que soa familiar, não é? Errada não é a impressão deixada. Remete ao grito de guerra do Fred Flintstone.

*A Revista Press publicou essa na sexta-feira passada, mas admito que só ontem à noite li: são mudanças que a RBS TV promoverá ainda neste mês aqui no Rio Grande do Sul. O "Bom Dia Rio Grande" voltará a ser apresentado pela Daniela Ungaretti, que já apresentou o matinal na segunda metade dos anos 2000 e que hoje faz o "Jornal do Almoço" aos sábados desde que o "Teledomingo", do qual foi a última apresentadora, saiu do ar no começo de janeiro deste ano. Ela substituirá Simone Lazzari, que apresentará o tempo e o trânsito (funções hoje da Maíra Gatto, que sairá de licença-maternidade), e Léo Saballa Jr., que passará a ser repórter do núcleo da Rede Globo aqui em Porto Alegre no lugar da Patrícia Cavalheiro, que saiu para tocar um novo projeto pessoal. Nesta semana, Léo tem apresentado o "Bom Dia" sozinho e Simone cobre férias da Carla Fachim no "RBS Notícias".

*Leio no Notícias da TV que policiais do Gefron (Grupo Especial de Fronteira) detiveram uma equipe da TV Centro América, que incluía o repórter Alex Barbosa e outros dois funcionários, por simular o transporte de cocaína da Bolívia para o Brasil em reportagem que era gravada para o "Jornal Nacional". Não era cocaína que transportavam, mas sim 240 quilos de pó de gesso. Os jornalistas foram liberados, mas instauraram um inquérito policial pois a Polícia Federal constatou que o material transportado por eles se tratava de entorpecente. Alex disse na delegacia da PF em Cáceres que o objetivo era levar a falsa droga até a Secretaria Nacional de Segurança Pública, em Brasília, para mostrar a fragilidade do combate às drogas na fronteira do Mato Grosso com a Bolívia.

*Leio no Flávio Ricco que Roberto Cabrini está de luto pois morreu seu pai Natalino, aos 90 anos, em Piracicaba. Votos de muita força para o grande comandante do "Conexão Repórter" no SBT.

*Leio na Lígia Mesquita que Fernanda Lima e jurados retornarão no fim de janeiro de 2016, mas não mais nas passagens de quinta para sexta e sim nas noites de sábado. A nova temporada do "Amor & Sexo" na Globo passará durante um recesso da "Zorra" e terá exibição durante 11 semanas.

*Leio no NaTelinha que um problema técnico durante quase meia hora fez com que "Madagascar 2", exibido pela Globo na "Sessão da Tarde" de anteontem, fosse ao ar com o som original em inglês e não com a dublagem em português na InterTV Cabugi para Natal, região metropolitana e parte do Rio Grande do Norte. O porém foi apenas e tão somente da Cabugi, tanto que não se repetiu nem na InterTV Costa Branca de Mossoró, onde tudo foi de boa do início ao fim, e nem em nenhuma outra filial ou afiliada em qualquer outra parte do país.

*Leio no Nilson Xavier que a próxima novela a ser repetida pelo Viva às 14h30 e à 0h45 a partir de março de 2016, substituindo "Cambalacho", será "Meu Bem, Meu Mal", originalmente exibida entre 1990 e 1991.

*Dose dupla de atores completando 55 anos nesta quarta-feira: um é Marcos Breda, de várias novelas, peças de teatro e filmes, atualmente no elenco de "Pé na Cova" na Globo; e outra é a também diretora Carla Camurati, que fez televisão principalmente nas décadas de 80 e 90 por depois enveredar mais para o cinema, além de ter presidido de 2007 até o ano passado a Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

*Foi danado pra dedéu assistir na segunda-feira a comédia "Professor Peso Pesado" na "Tela Quente", não pelo filme em si pois achei bonzinho e dá pra ver sem compromisso numa boa, mas por causa dos nítidos cortes que a Globo promoveu. Nunca o tinha visto antes, mas as mudanças de cena em alguns casos eram tão grosseiras e mal feitas que até principiante notaria isso. A sessão passou das 22h33 à 0h11, com pouco menos de 100 minutos contando os intervalos, e apenas o filme em si dura 105 minutos. Pra quê isso, meu Deus?

*A saideira: Playboy dos Estados Unidos decidindo não mais publicar fotos de mulheres nuas a partir de março de 2016, continuando a exibi-las em poses sensuais, mas sem nudez total, o que já tinha sido removido do seu site em agosto de 2014. Aqui no Brasil, o diretor da publicação brasileira Sérgio Xavier disse que a Playboy é "mais do que uma revista de nu" e que essa questão terá que ser melhor pensada. Primeiro: sim, o conteúdo jornalístico da Playboy vale a pena, mas o que importa mesmo é a estrela da capa sem roupa, não sejamos hipócritas. É que nem futebol: pode o jogo ser bem disputado, ter emoção, lances perigosos e polêmicas, mas de nada adiantará se não tiver redes balançadas. E segundo: aqui no Brasil, a queda de vendas acredito que se deu principalmente por não conseguirem mais capas de impacto. Muitas das madames que estrelaram a revista nos últimos anos ou são "reaproveitadas" em novos ensaios ou são cidadãs "de segundo escalão para baixo". Muitas deusas nunca saíram nuas na Playboy, tá bom que várias delas por jamais toparem os muitos convites que receberam, mas paciência, tinham que continuar insistindo para vencê-las no concurso pois o macharedo daria o retorno necessário.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia I

25 anos sem o maestro Leonard Bernstein, que nasceu em 1918. Ouça aqui sua condução da Filarmônica de Nova York para o tema central de "Sindicato de Ladrões", clássico de 1954 do qual fez a trilha sonora.

Clipe do Dia II

O cantor inglês Cliff Richard completa hoje 75 anos. Três das várias canções dele que curto: de 1976, "Devil Woman"; de 1980, "Suddenly" com Olivia Newton-John (uma das muitas músicas inesquecíveis da maravilhosa trilha sonora do por ela estrelado filme "Xanadu"); e de 1987, "Some People".

Bela do Dia: Lise Van Hecke

Lise Van Hecke, nova jogadora do Vôlei Nestlé de Osasco, belga de origem e que foi campeã italiana pelo Piacenza. Boa sorte para ela ao lado de Thaísa, Dani Lins, Adenízia, Camila Brait e cia bela.

Clipe do Dia III

Quarta-feira dos 55 anos de Kiko Zambianchi, que surgiu com força num discaço de 1985, do qual separei dois momentos: este aqui é "Choque", cujo refrão "noites de sufoco, dias de agonia" tá próprio na atualidade para o ABC com essas duas dezenas de partidas sem vitória na Série B; e este aqui é "Primeiros Erros", que muitos anos depois ganharia regravação acústica com o Capital Inicial, mas que admito ter conhecido no início dos anos 90 por uma regravação da Simony (nível de embaraço lá nas alturas ao revelar isso... rs). Mas não posso deixar de destacar aqui a regravação de "Hey Jude" em 1989 para a trilha da novela global "Top Model".

Aviso aos navegantes

A coluna desta quarta-feira foi concluída por volta das 13h, mas desde duas horas antes não consegui acessar mais nada nem com os "10%" de internet pela velocidade ficar muito menor que isso, problema que persiste enquanto eu não conseguir resolver uma dívida com a GVT por pura impossibilidade de quitá-la devido também ao patrocínio que não fechei ainda e complicou o planejamento de verba para este mês de outubro, uma "groselha vencida" que já expliquei nas colunas de segunda/terça e sábado/domingo, infelizmente sem nenhuma novidade positiva até então. Desde o domingo retrasado, todas as atualizações deste PB são precárias e "a fórceps". Mais uma vez peço desculpas às damas e aos cavalheiros por isso e também se por acaso faltar o destaque de alguma notícia importante publicada em blogs e colunas na manhã de hoje, mas simplesmente não pude saber o que neles saiu por não conseguir acessá-los, por isso mesmo forçado fui a vir a uma lan house para, dela, poder publicar os escritos de hoje e não tornar inútil o tempo gasto na edição dos mesmos.

Arremate

Mais de 27 mil fãs assistiram na Arena da Amazônia a quina da Seleção de Novos diante do Haiti.

"24 Horas" volta antes do próximo amistoso dos comandados do Rogério Micale!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia") e editor do blog "Papo Final" no Final Sports.

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com
BLOG NO FINAL: papofinal.final.com.br


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.