.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Segunda, 24 de agosto de 2015 - ANO 13, EDIÇÃO 2
Mais pagantes em Itaquera e mais presentes no Maracanã

Obs.: este PB retomou a ativa na tarde da última sexta-feira. Perdeu? Recupere aqui o "catadão" daquele dia.

Este foi o cenário deste fim de semana. Quase 43 mil viventes assistiram a virada do Flamengo sobre o São Paulo, mas mais de 41 mil pagaram para ver a trinca do Corinthians diante do Cruzeiro. Este foi o jogo da Arena Corinthians (para os corintianos) / Itaquerão (para os antis) mais assistido desde a Copa do Mundo, superando os 40.744 pagantes e 41.107 presentes do empate com o San Lorenzo pela Libertadores em abril deste ano.

Os dados não incluem estes jogos, cujos borderôs não chegaram até a publicação desta edição: Oeste 1 x 1 ABC no José Liberatti, Tombense 0 x 1 Londrina no Soares de Azevedo, Portuguesa 2 x 1 Guaratinguetá no Canindé, Brasil 1 x 1 Caxias no Bento Freitas, Imperatriz 3 x 2 Guarani de Juazeiro do Norte no Frei Epifânio, Villa Nova 2 x 3 Botafogo de Ribeirão Preto no Castor Cifuentes e Lajeadense 2 x 1 Volta Redonda na Arena Alviazul.

41.014 (41.380) / R$ 2.671.941,50 (R$ 65,14) - Corinthians 3 x 0 Cruzeiro (Brasileiro) - Arena Corinthians, São Paulo (SP)
36.991 (42.952) / R$ 1.163.960,00 (R$ 31,46) - Flamengo 2 x 1 São Paulo (Brasileiro) - Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
21.605 (23.805) / R$ 610.035,00 (R$ 28,23) - Botafogo 2 x 3 Paysandu (Brasileiro Série B) - Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
21.114 (23.489) / R$ 397.145,00 (R$ 18,80) - Coritiba 1 x 0 Chapecoense (Brasileiro) - Couto Pereira, Curitiba (PR)
19.241 (22.393) / R$ 463.150,00 (R$ 24,07) - Internacional 2 x 0 Atlético Paranaense (Brasileiro) - Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
18.185 (18.470) / R$ 481.914,00 (R$ 26,50) - Bahia 1 x 1 América Mineiro (Brasileiro Série B) - Fonte Nova, Salvador (BA)
17.464 / R$ 683.385,00 (R$ 39,13) - Atlético Mineiro 2 x 1 Palmeiras (Brasileiro) - Independência, Belo Horizonte (MG)
14.341 (15.210) / R$ 196.008,00 (R$ 13,66) - Ceará 4 x 3 Paraná (Brasileiro Série B) - Castelão, Fortaleza (CE)
12.634 (15.583) / R$ 243.430,00 (R$ 19,26) - Sampaio Corrêa 1 x 0 Vitória (Brasileiro Série B) - Castelão, São Luís (MA)
12.395 / R$ 293.040,00 (R$ 23,64) - Joinville 2 x 1 Fluminense (Brasileiro) - Arena Joinville, Joinville (SC)
12.036 / R$ 289.880,00 (R$ 24,08) - Santos 5 x 2 Avaí (Brasileiro) - Vila Belmiro, Santos (SP)
11.177 (12.154) / R$ 267.895,00 (R$ 23,96) - Goiás 3 x 0 Vasco (Brasileiro) - Serra Dourada, Goiânia (GO)
10.270 / R$ 124.945,00 (R$ 12,16) - Santa Cruz 1 x 0 Macaé (Brasileiro Série B) - Arruda, Recife (PE)
8.162 / R$ 145.880,00 (R$ 17,87) - Ponte Preta 0 x 0 Grêmio (Brasileiro) - Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
4.879 (5.158) / R$ 62.130,00 (R$ 12,73) - Figueirense 2 x 1 Sport (Brasileiro) - Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)
4.430 / R$ 46.755,00 (R$ 10,55) - Criciúma 0 x 0 Mogi Mirim (Brasileiro Série B) - Heriberto Hulse, Criciúma (SC)
4.060 / R$ 31.958,00 (R$ 7,87) - Guarani 1 x 1 Juventude (Brasileiro Série C) - Brinco de Ouro, Campinas (SP)
3.800 (4.072) / R$ 59.170,00 (R$ 15,57) - Rio Branco do Espírito Santo 1 x 1 Aparecidense (Brasileiro Série D) - Engenheiro Araripe, Cariacica (ES)
3.320 (4.676) / R$ 36.100,00 (R$ 10,87) - ASA 1 x 0 Fortaleza (Brasileiro Série C) - Coaracy da Mata Fonseca, Arapiraca (AL)
1.817 (2.097) / R$ 27.440,00 (R$ 15,10) - Operário 1 x 0 Inter de Lages (Brasileiro Série D) - Germano Kruger, Ponta Grossa (PR)
1.479 / R$ 31.110,00 (R$ 21,03) - Central 0 x 1 Treze (Brasileiro Série D) - Lacerdão, Caruaru (PE)
1.470 / R$ 12.700,00 (R$ 8,63) - Luverdense 5 x 1 Náutico (Brasileiro Série B) - Passo das Emas, Lucas do Rio Verde (MT)
1.285 / R$ 25.480,00 (R$ 19,82) - Goianésia 0 x 2 Estanciano (Brasileiro Série D) - Valdeir de Oliveira, Goianésia (GO)
984 / R$ 11.070,00 (R$ 11,25) - Rio Branco do Acre 2 x 1 Náutico de Roraima (Brasileiro Série D) - Arena da Floresta, Rio Branco (AC)
975 (1.115) / R$ 5.105,00 (R$ 5,23) - Icasa 0 x 3 Vila Nova (Brasileiro Série C) - Romeirão, Juazeiro do Norte (CE)
921 / R$ 8.005,00 (R$ 8,69) - Boa Esporte 2 x 2 Atlético Goianiense (Brasileiro Série B) - Dilzon Melo, Varginha (MG)
905 (970) / R$ 15.244,00 (R$ 16,84) - Remo 3 x 2 Nacional (Brasileiro Série D) - Arena Verde, Paragominas (PA)
852 / R$ 10.540,00 (R$ 12,37) - Bragantino 2 x 1 CRB (Brasileiro Série B) - Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
484 (684) / R$ 4.650,00 (R$ 9,60) - Globo 1 x 2 Colo Colo (Brasileiro Série D) - Barrettão, Ceará Mirim (RN)
407 / R$ 3.730,00 (R$ 9,16) - Comercial 2 x 0 Operário de Várzea Grande (Brasileiro Série D) - Jacques da Luz, Campo Grande (MS)
341 (441) / R$ 4.180,00 (R$ 12,25) - Madureira 1 x 1 Tupi (Brasileiro Série C) - Aniceto Moscoso, Rio de Janeiro (RJ)
304 (474) / R$ 5.490,00 (R$ 18,05) - Águia 1 x 2 Confiança (Brasileiro Série C) - Zinho Oliveira, Marabá (PA)
258 / R$ 2.670,00 (R$ 10,34) - Palmas 1 x 0 Santos do Amapá (Brasileiro Série D) - General Sampaio, Porto Nacional (TO)
216 (248) / R$ 3.385,00 (R$ 15,67) - Metropolitano 2 x 2 Foz do Iguaçu (Brasileiro Série D) - SESI, Blumenau (SC)
148 (198) / R$ 970,00 (R$ 6,55) - Duque de Caxias 1 x 2 Gama (Brasileiro Série D) - Los Larios, Duque de Caxias (RJ)

Os destaques do Campeonato Brasileiro

Corinthians 3 x 0 Cruzeiro - Vagner Love não só voltou a marcar após um mês e meio, como guardou duas nas redes. Foi o indubitável grande destaque de uma inconteste vitória do líder da competição. Houve um pênalti do Uendel não marcado perto do fim, mas a tarde estava tão ruim para os visitantes que nem isso foi marcado - e, no fundo do fundo, não ia fazer grande diferença desta vez. Os paulistas não perdem para os mineiros há 5 embetaes desde 2013 e venceram os 4 últimos. O Timão ganhou 3 dos últimos 4 jogos e perdeu apenas dois dos 17 últimos (12 ganhos), curiosamente ambos para o Santos na Vila Belmiro. Depois da derrota para o Palmeiras, são 8 vitórias emendadas em Itaquera, onde o ano aponta retrospecto de 19 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. A Raposa não se dá bem há 4 compromissos, caindo em 3 deles e triunfando em somente um dos últimos 8, dos quais perdeu a metade. São 8 visitas sem sucesso com 7 quedas, como cantaria Xuxa na época da Manchete, com 3 derrotas consecutivas fora de casa. Os ares paulistanos fizeram mal aos azuis belo-horizontinos.

Atlético Mineiro 2 x 1 Palmeiras - Todos os gols saíram na etapa inicial, os dois dos donos da casa confirmados por um Pratto cada vez mais cheio de fome de redes estufadas. Agora, o gol da virada surgiu de um pênalti que apenas e tão somente na cabeça do Sandro Meira Ricci existiu pois Giovanni Augusto caiu de maduro, mesmo não sendo banana. Os mineiros não perdem para os paulistas há 9 duelos desde 2011 e venceram 8 deles, sendo 5 nas alterosas. O Galo voltou a ganhar após 4 partidas e não perde há 5 no Independência, 3 delas vitoriosas. O ano no Horto mostra 12 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. O Verdão não empata há 9 jornadas e foi vencido em 4 delas. São 3 tropeços seguidos longe dos seus domínios, curiosamente todos por 2 x 1.

Ponte Preta 0 x 0 Grêmio - Duas verdades nada secretas, como diria Camila Queiroz, a paixonite de Gabriel Vaquer: os mandantes mereciam ganhar por acertarem o travessão duas vezes e levarem um febril Marcelo Grohe a duas ótimas participações, mas os visitantes perderam a chance da vitória graças a uma finalização péssima de um cada vez mais tenebroso Braian Rodriguez. Se por um lado os gaúchos não são derrotados nesta contenda há 9 realizações desde 2004, com 3 empates seguidos, por outro lado os paulistas não são derrubados ante sua gente há 11 encontros desde 1981, os últimos 4 empatados. A Macaca emendou 3 empates e não cai há 5 cotejos, perdendo um dos últimos 9 e igualando 5 deles. São 6 mandos de campo sem derrota, metade deles empatados. 2015 mostra um Moisés Lucarelli de 15 vitórias, 4 empates e 3 derrotas para a Nega Véia. O Tricolor não perde há 5 pelejas, não chegou aos 5 êxitos consecutivos e foi superado em um dos últimos 9 prélios, exitoso em 5. São 3 visitas sem tombo, a primeira empatada após 9 presenças em território alheio e só uma baixa nas últimas 5, das quais 3 vitoriosas. Em tempo: um sol do cão em Campinas, como diria Priscilla para Gilmar.

Joinville 2 x 1 Fluminense - Tricolores por tricolores, os catarinenses é que sorriram ao final com um autogol decisivo aos 46 minutos do segundo tempo. Somente na décima encarada é que o JEC conseguiu ganhar do Flu. São 3 vitórias nas 6 últimas partidas gerais e 3 nos últimos 5 jogos na Arena. Para quem já estava rebaixado "vinte rodadas" antes, não deixa de ser uma evolução. Paulo César Gusmão conseguirá um milagre tipo o do próprio Flu em 2009? Os cariocas não empatam há 10 confrontos e perderam metade deles, emendando 4 derrotas fora de casa e uma vitória nas últimas 6 visitas. Como desgraça pouca é bobagem, Fred sentiu dores na coxa esquerda e saiu de campo com 7 minutos. Ele não enfrentará Paysandu, Corinthians e Atlético Mineiro.

Flamengo 2 x 1 São Paulo - 5 jogos era o tempo que os cariocas não derrotavam os paulistas e que Guerrero não fazia gol. A primeira fez "tchan" no seu incrível erro, mas a segunda fez "tchun" no seu esperado acerto. Os flamenguistas arrancaram bem na estreia do Oswaldo de Oliveira e não empatam há 5 jogos, ganhando dois deles, e caindo em só um dos últimos 5 mandos, vencendo 3 deles. Os são-paulinos não tiveram os contundidos Rogério Ceni e Luís Fabiano, o suspenso Ganso e nem Rafael Tolói, este fora de vez pois foi vendido para a Atalanta. 3 derrotas seguidas, uma vitória nas últimas 6 partidas e 4 delas perdidas. Fora de casa, são 8 jogos sem empate e 5 derrotados. Juan Carlos Osorio permanecerá ou será saído? Reina a grande expectativa.

Figueirense 2 x 1 Sport - Mais um mandante ganhando de virada, fechando uma trinca de situações assim - ou abrindo, melhor dizendo, pois ocorrida esta treta na noite do sábado. O Furacão do Estreito estreou René Simões na casamata e não perde para o Leão em Florianópolis há 6 presenças desde 2007. Os catarinenses voltaram a triunfar após 4 duelos e faturaram dois dos últimos 3 mandos. Os pernambucanos estão com sinal amarelo quase passando para vermelho: 8 jogos sem vitória, um sucesso nos últimos 12 compromissos e 5 deles mal sucedidos, 13 visitas fracassadas e 6 perdidas (incluindo as 3 últimas). Uma vitória fora de casa, sobre o Central no fim de abril pelo terceiro lugar estadual, nas 16 últimas atuações fora de casa, metade delas perdida.

Internacional 2 x 0 Atlético Paranaense - D'Alessandro foi detido por Weverton em pênalti depois do primeiro e antes do segundo gol, mas isto não impediu os gaúchos de aumentarem para 10 encontros a série invicta sobre os paranaenses no Beira-Rio desde 2002, com 9 vitórias. O Colorado não perde há 4 jogos e ganhou 3 deles, perdendo apenas um dos 7 últimos. São 6 mandos de campo sem tropeço e 5 vencidos, incluindo os 3 últimos. O Furacão em duas frentes (pois uma delas ganhou na Eslováquia por 2 x 0 do Spartak Trnava na inauguração da City Arena) - pra não dizer três frentes com o sub-23 servindo ao Guaratinguetá na Série C - tem somente uma vitória nas 5 últimas pelejas e perdeu duas delas. São 13 jornadas sem empate, 8 delas perdidas.

Coritiba 1 x 0 Chapecoense - Finalmente os verdes paranaenses ganharam de um dos catarinenses nesta edição da Série A. Rumo a uma semana inteira de jornada redobrada aqui na aldeia pampeana, o Coxa não empata há 5 embates, 3 deles sorridentes. São duas vitórias nos 3 últimos mandos e um perdido nos 8 últimos, com 3 ganhos. A Chape caiu após 6 apresentações, 4 delas empatadas, e vai bem mal quando sai do oeste: 7 comparecimentos às casas oponentes sem sucesso, com um único nos 13 últimos, dos quais 9 perdidos.

Santos 5 x 2 Avaí - Vitória incontestável à parte, que pênalti ridiculamente mequetrefe marcado no Lucas Lima para a quinta fatura, mãe dos céus... Leandro Vuaden não é mais aquele, infelizmente. Os paulistas nunca foram superados pelos catarinenses na Caldeira do Urbano em 5 ocasiões (só o foram uma vez no Pacaembu). O Peixe não perde há 8 porfias e caiu em uma das últimas 10, das quais 7 vitoriosas. São 7 triunfos consecutivos na Vila Belmiro, que neste ano dá aos alvinegros um retrospecto de 16 vitórias, 4 empates e 1 derrota. Dorival Júnior arrumou mesmo a casa, confederado. O Leão da Ilha perdeu as 3 últimas partidas e faturou uma das últimas 7, das quais 5 perdidas. Visitante fraco este ano o esquadrão avaiano: 3 vitórias, 6 empates e 11 derrotas.

Goiás 3 x 0 Vasco - Tudo de bom para os mandantes e tudo de ruim para os visitantes: golaço de bicicleta do Zé Love na estreia (da série "fujam para as colinas"), dois pênaltis anotados pelo Erik e duas expulsões cruzmaltinas, embora a do Jorge Henrique até exagerada, cabendo perfeitamente um amarelo ao invés do vermelho. Isso sem contar dois vascaínos que invadiram o campo, um deles pedindo honra à camisa ao Nenê no meio da entrevista ao Guido Nunes no SporTV. Os goianos não perdem para os cariocas no Serra Dourada há 4 duelos desde 2008. O Esmeraldino não perde há 6 partidas, ganhou duas das últimas 3 e voltou a se dar bem no palco maior do Centro-Oeste após 3 realizações, embora perdesse só uma das últimas 6, das quais metade empatada. O Cruzmaltino ganhou um dos últimos 8 jogos, dos quais 6 perdidos. São 3 derrotas consecutivas enquanto visitante fora do Maracanã, longe do qual foi exitoso uma vez nas últimas 12 tentativas, 9 delas fracassadas.

20 rodadas já foram realizadas, o returno está aí. O Campeonato Brasileiro nos traz este panorama: 1) Corinthians, 43; 2) Atlético Mineiro, 39; 3) Grêmio, 37; 4) Fluminense, 33; 5) Palmeiras, São Paulo e Sport, 31; 8) Atlético Paranaense, 30; 9) Chapecoense e Internacional, 28; 11) Santos e Ponte Preta, 27; 13) Flamengo, 26; 14) Figueirense, 23; 15) Cruzeiro e Goiás, 22; 17) Coritiba, 21; 18) Avaí, 20; 19) Joinville, 19; e 20) Vasco, 13.

A próxima rodada terá: sábado, Vasco x Figueirense às 18h30 e São Paulo x Ponte Preta às 21h; e domingo, Grêmio x Coritiba e Avaí x Internacional às 11h, Sport x Flamengo, Chapecoense x Corinthians, Fluminense x Atlético Mineiro e Palmeiras x Joinville às 16h e Cruzeiro x Santos e Atlético Paranaense x Goiás às 18h30.

Os destaques da Série B

Sampaio Corrêa 1 x 0 Vitória - O Bolívia Querida não empata há 7 jogos e ganhou 4 deles. Como mandante no Castelão, segue invicto na temporada: 6 vitórias consecutivas de 15 totais, mais 6 empates. Ah, se fora do Maranhão a excelência fosse igual... O Leão voltou a se dar mal após 3 êxitos seguidos e 5 compromissos sem derrota. Fora de casa, os baianos não empatam há 5 comparecimentos, dos quais 3 bem sucedidos.

Botafogo 2 x 3 Paysandu - Da série "a banca paga, a banca recebe": enquanto no turno em Belém teve o gol da vitória dos cariocas em impedimento, neste returno no Rio de Janeiro os paraenses escaparam de sofrer o 3 x 3 aos 43 minutos do segundo tempo pois o correto seria dar penalidade máxima e não um impedimento inventado. Depois daquelas 4 vitórias seguidas em junho, o Fogão está irregular: 4 vitórias (sendo 2 nos últimos 7 jogos), 5 empates e 5 derrotas. Já o Papão ganhou 2 dos últimos 3 cotejos e não triunfava longe dos seus domínios havia 7 jornadas, sendo 6 derrotas antes deste sucesso. Curiosidade: os bicolores obtiveram este êxito na mesma data em que completava 20 anos sua derrota em Caio Martins por 3 x 1 para os alvinegros na estreia da dupla Túlio (autor dos três gols) & Donizete, que lideraria o ataque que seria campeão nacional daquele 1995.

Bahia 1 x 1 América Mineiro - Quando os baianos venciam, um pênalti em Kieza não foi assinalado. Veio o empate mineiro e assim acabou. O Esquadrão de Aço não perde há 6 partidas, metade delas empatada, e caiu em um dos 9 últimos embates, 4 deles igualados. São 14 mandos de campo de invencibilidade, mas 3 empates nos últimos 5. A temporada aponta 22 vitórias (uma em Pituaçu e as demais na Fonte Nova), 4 empates e 1 derrota (Ceará em abril na final do Nordeste). O Coelho emenda duas atuações sem ganhar, mas com um tropeço nas últimas 5, das quais duas empatadas. São 3 visitas sem derrota, mas uma vitoriosa nas últimas 8, das quais metade fechando com igualdade. Os americanos perderam o volante Thiago Santos para o Palmeiras.

Luverdense 5 x 1 Náutico - Uma senhora sapatada com "SA" maiúsculo de doer até o fundo da alma. Prenúncio da tragédia alvirrubra: Júlio César chutar em cima do Tozim no primeiro gol. O Verdão do Norte não é superado no Passo das Emas há 5 enfrentamentos, 4 deles exitosos. O Timbu, que não sofria uma quina pela Bêzona desde os 5 x 0 do São Caetano em 2010, tem uma vitória nas últimas 6 partidas, das quais perdeu a metade. Fora de casa, são 10 tentativas mal sucedidas desde a metade de maio, 6 delas com derrota.

Santa Cruz 1 x 0 Macaé - Grafite tá o próprio "rei do Arruda": 3 jogos no retorno, 3 vitórias e 3 gols dele. O Tricolor não empata há 6 partidas e venceu 4 delas, emendando 7 vitórias em casa e 8 mandos sem derrota desde o fim de maio. O Santinha é muito forte no Arruda em 2015: são 12 vitórias, 2 empates e 3 derrotas. Já o Alvianil Praiano, que acertou duas vezes a trave pernambucana, perdeu os 4 últimos jogos, não ganha há 8 e venceu um dos 11 últimos, 5 deles perdidos. São 7 visitas sem vitória dos litorâneos, 4 delas derrotadas.

Bragantino 2 x 1 CRB - Jobinho ganhou de presente a oportunidade do gol da virada aos 40 minutos da metade complementar e não a desperdiçou. O Massa Bruta venceu os 3 últimos mandos de campo e 4 dos últimos 5. Algo incrível: é 8 ou 80 o ano inteiro no Nabizão, onde ganhou 10 e perdeu 10 na temporada. São 15 partidas sem um só empate, 8 delas faturadas. O Galo da Pajuçara não triunfa distante de sua torcida há 5 jornadas e se deu bem em uma das últimas 11, caindo em 7. Como visitante em 2015, tem 4 vitórias, 5 empates e 10 derrotas.

Criciúma 0 x 0 Mogi Mirim - O Tigre venceu 2 dos últimos 8 compromissos, empatando metade deles, e chegou aos 4 mandos sem derrota. O Sapão não triunfa há 6 rodadas, 4 delas igualadas, e completou 3 visitas sem êxito com um único nas últimas 15, das quais 5 empatadas, sendo 3 nas últimas 5.

Oeste 1 x 1 ABC - Não senti firmeza no gol dado para os potiguares do estreante Hélio dos Anjos, não... Pra mim, foi bola em cima da linha e não dentro do alvo. Prejudicados os paulistas interioranos, que ainda conseguiram um empate. São 4 jogos sem vitória, mas o Rubrão não perde há 7 presenças em Osasco, empatando as 2 últimas. O Alvinegro não ganha há 10 partidas e perdeu 8 delas, triunfando em uma das últimas 15, das quais 10 perdidas. São 5 comparecimentos às casas oponentes sem sucesso, 3 deles com derrota.

Boa Esporte 2 x 2 Atlético Goianiense - Em duas vezes os mineiros lideraram o marcador e os goianos foram à igualdade, ambas com Arthur (que, para aborrecimento de Punky e Pinky, não é o Bicudo). Os Bovetas não são vencidos há 3 duelos e perderam um dos últimos 6, dos quais ganhou a metade. São 7 mandos de campo sem derrota, 4 deles empatados. O Dragão emendou 3 empates e 7 jornadas sem queda, exitoso em 4 delas. Longe de casa são 4 desafios sem tropeço, algo positivo depois daquelas 8 derrotas seguidas.

Ceará 4 x 3 Paraná - O confronto mais divertido do futebol brasileiro no fim de semana, sem risco de erro. Os cearenses saíram na frente, sofreram o empate, desempataram, tomaram a virada e conseguiram a revirada aos 46 minutos do segundo tempo. Sensacional o roteiro da tarde! Só foi cruel demais com o paranista Carlão, autor de todos os tentos da sua equipe. Da parte alvinegra, registro para vários chutes de fora da área o tempo todo, muitos deles perigosos e dois acertando o alvo em espetaculares finalizações de Victor Luiz no segundo e Fabinho no terceiro tento. O Vozão emendou 3 vitórias depois de sofrer 3 derrotas e não empata há 9 partidas, das quais 5 vitoriosas. Desde Confiança, Guarani e Bahia em abril que não vinham 3 triunfos consecutivos dos nordestinos. Já os sulistas se deram mal pela terceira vez nas últimas 5 jornadas, uma delas exitosa. São 3 visitas perdidas e 4 sem sucesso, com um único triunfo nas últimas 11, das quais 8 fracassadas.

20 rodadas já eram e a segunda divisão do Brasileirão nos mostra um grande equilíbrio na luta pelo acesso (eba!): 1) Vitória, 37; 2) Botafogo, 36; 3) América Mineiro, 35; 4) Sampaio Corrêa e Bahia, 34; 6) Paysandu, 33; 7) Náutico, 32; 8) Santa Cruz, 31; 9) Bragantino e Criciúma, 28; 11) CRB e Oeste, 25; 13) Luverdense, Macaé e Atlético Goianiense, 24; 16) Paraná e Boa Esporte, 23; 18) ABC, 18; e 19) Ceará e Mogi Mirim, 17.

Vamos à próxima rodada: amanhã, Vitória x Oeste às 19h e ABC x Criciúma às 21h30; sexta, América Mineiro x Luverdense às 19h30 e CRB x Botafogo às 21h; e sábado, Náutico x Boa Esporte, Paraná x Santa Cruz, Macaé x Sampaio Corrêa, Atlético Goianiense x Ceará e Paysandu x Bragantino às 16h30 e Mogi Mirim x Bahia às 21h.

Os destaques da Série C

O Grupo A teve vitórias do ASA sobre o Fortaleza (aos 49 do segundo), do Confiança diante do Águia e do Vila Nova pra cima do Icasa. Como hoje tem Salgueiro x América de Natal e Cuiabá x Botafogo da Paraíba, deixo para melhor falar deste decagonal na próxima edição, quando tivermos fechada esta 13ª rodada.

Finalizada ela está no Grupo B, que teve três empates em 1 gol: do Madureira com o Tupi (que assim chegou aos 45 do segundo), do Guarani com o Juventude (custando a demissão do técnico Paulo Roberto dos paulistas) e do Brasil com o Caxias. O Londrina venceu o Tombense e a Portuguesa derrotou o Guaratinguetá.

Esta chave ficou assim: 1) Brasil, Tupi e Londrina, 24; 4) Lusa, 21; 5) Juventude, 19; 6) Guarani, 16; 7) Tombense, 14; 8) Madureira, 11; 9) Caxias, 7; e 10) Guaratinguetá, 6. Próxima rodada: sábado, Juventude x Madureira e Tupi x Portuguesa; domingo, Londrina x Brasil e Caxias x Guaratinguetá; e segunda, Guarani x Tombense.

Os destaques da Série D

Mais precisamente quatro: o Remo marcando 3 gols e depois tomando 2 do Nacional de Manaus, mas segurando a vitória para liderar o Grupo A1 com 13 pontos em 6 atuações; o Rio Branco do Espírito Santo obtendo o empate com a Aparecidense através de... Pepeta (mamãe dos céus); o Botafogo de Ribeirão Preto perdendo para o Villa Nova até os 40 minutos da segunda etapa e conseguindo a revirada aos 49; e o campeão paranaense Operário de Ponta Grossa derrotando o Inter de Lages pelo escore mínimo aos 46 da segunda etapa.

O que vem por aí

As copas ditarão o ritmo do meio de semana. Atrações da Copa do Brasil: quarta, Figueirense x Atlético Mineiro (1 x 1), Paysandu x Fluminense (1 x 2), Ceará x São Paulo (2 x 1), Cruzeiro x Palmeiras (1 x 2), Vasco x Flamengo (1 x 0) e Corinthians x Santos (0 x 2); e quinta, Ituano x Internacional (0 x 2) e Grêmio x Coritiba (1 x 0).

Já a Sul-Americana tem a volta não das oitavas e sim ainda da fase nacional: terça, Goiás x Brasília (0 x 0); quarta, Sport x Bahia (0 x 1) e Chapecoense x Ponte Preta (1 x 1); e Atlético Paranaense x Joinville (2 x 0).

Os destaques dos europeus

Espanha - Que lixo de primeira rodada, fala sério! 8 gols em 9 partidas com quatro 0 x 0??? Baaahhh!!! Assim me deixa mais pra baixo do que se fosse rejeitado e ofendido pela amada dos meus sonhos ao não aceitar um convite meu para um jantar à luz de velas. O Barcelona ganhou do Athletic Bilbao com gol do Suárez no "revival" da Supercopa da Espanha e Messi perdeu um pênalti. Já o Real Madrid "oxou" com o Sporting Gijón.

Itália - A Juventus estreou mal ao perder em casa para a Udinese, que quebrou uma sequência de 40 estreias como mandante sem derrota da Velha Senhora, que vencera 33 delas. A Roma empatou com o Verona, a Lazio venceu o Bologna, o Milan perdeu para a Fiorentina e a Internazionale ganhou da Atalanta aos 48 do segundo.

Inglês - O Chelsea derrotou o West Bromwich com um gol do estreante ex-barcelonista Pedro no dia em que foi confirmada oficialmente a aquisição do Kenedy, ex-Fluminense - que, aliás, foi convocado pela Seleção Olímpica para a vaga do machucado Luciano. O Manchester City empatava em 0 x 0 até 25 do segundo e só conseguiu a dobra aos 44, mas superou o Everton. No inicinho da etapa inicial, Aguero cobraria um escanteio e pediu ao do apito para segurar a continuidade do jogo por notar um torcedor pedindo ajuda por passar mal, o que levou alguns torcedores a pularem para o campo pedindo ajuda. O Manchester United empatou sem gols com o Newcastle e a segunda-feira oferece como grande atrativo o enfrentamento do Arsenal com o Liverpool.

Alemanha - O Bayern de Munique perdia por 1 x 0 aos 9 segundos, mas virou aos 45 do segundo para cima do Hoffenheim - que, aliás, é o novo clube do chileno campeão sul-americano Vargas. O Hamburgo conseguiu a vitória mais sensacional da rodada ao, batido até 39 do segundo, passar a batedor do Stuttgart aos 44 minutos. Já o Borussia Dortmund deixou André Vieira Coelho felizão ao quatrilhar o Ingolstadt.

França - Um gol bastou para o Paris Saint Germain vencer o Montpellier, enquanto um gol não bastou para o Lyon na derrota pro Rennes. Já o Olympique do estreante técnico Michel tocou meia dúzia no Troyes.

Portugal - Sporting e Porto empataram em 1 gol respectivamente com o visitante Paços Ferreira e o mandante Marítimo, enquanto o Benfica foi vencido pelo Arouca pelo escore mínimo na casa do adversário.

Curtinhas

*Sabe Ricardo Drubscky, que saiu do Fluminense em maio? Vai treinar o Osasco Audax no Paulistão de 2016.

*Internacional sem vice-presidente jurídico. Marcelo de Freitas e Castro pediu afastamento do cargo devido à condenação em primeira instância a 8 anos e 4 meses de prisão por sonegação de impostos.

*Reunião em Belo Horizonte com os interessados em retomar a Copa Sul/Minas estabeleceu a edição de 2016 com 8 ou 10 equipes, dependendo da confirmação de Flamengo e Fluminense, mas de resto sendo dois de cada estado. A fórmula de disputa teria duas chaves em turno único e semifinais e final em ida e volta.

*Completou 105 anos neste domingo o nascimento de Giuseppe Meazza, que morreu em 1979 e foi um dos melhores jogadores italianos em todos os tempos, ganhando dois Italianos e uma Copa da Itália pela Inter de Milão e duas Copas do Mundo pela seleção nacional. Seu nome passou a ser o do Estádio San Siro a partir de 1980. Com a grande identificação de Meazza com os interistas, o nome dele é falado quando esta equipe atua, ao passo que os milanistas chamam o palco de San Siro nos seus jogos. É um estádio "duas caras".

*Canoagem: o Mundial realizado em Milão deu a Isaquias Queiroz sua sexta medalha mundialista, que foi o ouro conquistado com Erlon Souza na categoria C2 1.000 metros com o tempo de 3min38s508.

*Judô: disputado desde esta madrugada o Mundial em Astana, no Cazaquistão. 18 brasileiros estão lá.

*Futsal: o Brasil estreia hoje na Copa América contra o Uruguai. Primeiro jogo da seleção brasileira depois de 284 dias, tudo por causa dos desentendimentos causados pela situação grave na CBFS.

*Atletismo: Usain Bolt venceu os 100 metros rasos no Mundial em Pequim com 9seg79. Ninguém bate ele.

*Tênis: Serena Williams chegou a 15 finais vencidas em sequência ao conquistar o WTA de Cincinnati por 2 x 0 sobre Simona Halep (6/3 e 7/6 - 7/3). Essa é outra que ninguém consegue deter de jeito nenhum.

*Também em Cincinnati, o Masters foi obtido pelo Roger Federer po 2 x 0 (7/6 - 7/1 e 6/3). Deu ruim para Novak Djokovic, que por mais um ano continuará sem o único Masters 1000 por ele não vencido.

*Vôlei: 40 anos celebrados neste domingo pelo conterrâneo meio de rede Gustavo Endres. O irmão do Murilo foi ouro na Olimpíada de 2004 e prata na de 2008, ganhando duas Copas do Mundo, dois Mundiais, uma Copa dos Campeões, seis Ligas Mundiais e dois Pan-Americanos, isso tudo só com a seleção brasileira.

*Basquete: quem faz 50 anos hoje é Reggie Miller, vice-campeão de 2000 pelo Indiana Pacers (único clube que defendeu em toda a carreira) e integrante da seleção norte-americana campeã olímpica de 1996.

*Os brasileiros perderam para Porto Rico por 79 x 66, pela Copa Tuto Marchand, e hoje encaram o Canadá.

*Fórmula Indy: a etapa de Pocono teve Ryan Hunter-Reay em primeiro e Josef Newgarden em segundo, mas o maior vencedor foi Juan Pablo Montoya ao chegar aos 500 pontos com o terceiro lugar, isso com a colaboração do abandono do Graham Rahal, que parou nos 466 pontos. Falta apenas uma etapa no próximo domingo e tá tudo prontinho para o colombiano celebrar a conquista da temporada. Quanto aos brasileiros, Hélio Castroneves abandonou e estacionou em 423 pontos. Até pode ser campeão considerando-se a letra fria dos números pois a vitória renderá 100 pontos, mas a combinação do título é tão irreal que nem vale a pena ver qual é.

*Vale a pena, isso sim, torcer para que Deus tire Justin Wilson do estado crítico no qual se encontrava na manhã desta segunda-feira após a grave lesão que sofreu na cabeça ao ser atingida por um pedaço do carro de Sage Karam, que sofreu um acidente ao bater no muro. O britânico está com 37 anos.

*Luto na Fórmula 1: morreu aos 85 anos Guy Ligier, francês que ingressou na categoria em 1976 após comprar o espólio da equipe Matra. Foram 326 GPs da escuderia Ligier de 1976 até 1996.

*Pole em 10 das 11 etapas já realizadas este ano, Lewis Hamilton ganhou a da Bélgica, que teve Nico Rosberg em segundo e Romain Grosjean em terceiro, no seu primeiro pódio desde os EUA em 2013. Sebastian Vettel ficou em décimo segundo, atrás do décimo primeiro Felipe Nasr e do sexto Felipe Massa. O britânico foi aos 227 pontos, o alemão colega de Mercedes chegou aos 199 e o alemão da Ferrari ficou nos 160. Dia 9, tem GP da Itália.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Completa 25 anos hoje a morte de Victor Civita, nascido em 1907 e que fundou a Editora Abril em 1950.

*Anunciado hoje pela RBS, através de reportagem no Diário Gaúcho, como ficará o carro-chefe da Farroupilha AM (e, a partir do mês que vem, também FM no lugar da Cidade) com a saída do Sérgio Zambiasi da firma: será do Gugu Streit a apresentação do "Comando Maior" das 6h às 11h. Restará saber como ficará a faixa das 11h às 15h, que tinha o "Programa do Gugu". O comunicador faz também o "Amigos da Farroupilha" aos domingos, às 6h.

*Leio no TudoRádio uma novidade do Recife: a Globo FM está por entrar na frequência 97,1, que tem rodado uma programação musical provisória desde que a CBN foi transferida para o FM 105,7. As duas estações são geridas em Pernambuco pela Rede Nordeste de Comunicação, que também controla a Globo FM de Caruaru, cidade na qual a TV Asa Branca é afiliada da Rede Globo. Esta chegada da Globo FM ao dial recifense compensará a saída da Antena 1, que foi embora em junho e cujo canal 88,9 foi preenchido pela Band FM.

*Leio no Daniel Castro que a Bandeirantes reunirá 180 twitteiros em um estúdio ao lado do principal para a final do "MasterChef" no dia 15 do mês que vem, faltando definir a maneira de selecionar estes postadores, mas tudo indicando que escolham os mais engajados em torno do programa no microblog. Tirando este quase inteiro mês de agosto com ausência forçada, tenho sempre comentado o programa no Twitter às terças-feiras, muitas vezes pegando prints dele e associando aos jogos da Série B no mesmo horário. Terei chance? (rs)

*A virada de domingo para segunda-feira foi de manutenção nas emissoras da Globo em todo o país, como sempre a exceção sendo São Paulo, que recebeu na "Sessão de Gala" o filme "Histórias Cruzadas".

*Esta noite, para competir com a segunda semana da Xuxa Meneghel na Record, a Plim-Plim recorre a Sandra Bullock e Melissa ("Molly") McCarthy com "As Bem Armadas" na "Tela Quente".

*Segunda-feira de "Cambalacho" no Viva às 14h30 e à 1h45. Novela original de 1986. Essa eu queria poder ver.

*Datas do sábado: 40 anos de Rodrigo Santoro, que desde 2003 não faz mais televisão; e 95 anos do nascimento de Ray Bradbury, falecido em 2012 e escritor de obras como "Fahrenheit 451".

*Datas do domingo: 90 anos do nascimento de Robert Mulligan, falecido em 2008 e diretor de filmes como "O Sol é Para Todos"; 85 anos de Vera Miles, atriz de filmes como "Rastros de Ódio"; e 45 anos do nascimento de River Phoenix, ator falecido precocemente em 1993 e visto em obras como "Conta Comigo".

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Marlee Matlin

Marlee Matlin, atriz que está completando 50 anos nesta segunda-feira e é a primeira e única surda a ganhar o Oscar de melhor atriz, fato ocorrido em 1987 por "Filhos do Silêncio". A surdez a acometeu já no primeiro ano de vida e a superação desde então.

Momento Raridade Rara

Completou 10 anos no último sábado o "Hoje em Dia", matinal de variedades que substituiu o "Note e Anote" na Rede Record. Inicialmente pensado para Ana Hickmann e Marcelo Rezende, teve ele saindo do projeto e do canal antes ainda da estreia. Rodolpho Gamberini entrou nessa, mas também saiu antes do programa ir ao ar (ele faria no mesmo ano o "SP Record"). Contratado da TV Globo, Britto Jr. formou trio com Ana e Eduardo Guedes. Depois, Chris Flores se juntou e ficou um quarteto. Ana saiu para apresentar o "Tudo é Possível", Britto saiu por fazer "A Fazenda" e Celso Zucatelli foi fixado. Na virada de 2014 para 2015, Celso, Chris e Edu foram saídos da atração para a volta da Ana e as estreias de César Filho e Renata Alves, hoje reunidos também da Ticiane Pinheiro.

Separei três registros antigos do "Hoje em Dia": de 2005, a chamada da estreia do programa para aquele 22 de agosto; também de 2005, a primeira vinheta de abertura; e de 2007, uma chamada da atração, que na época contava com Chris Flores contando fofocas dos famosos e Luciano Faccioli fazendo externas.

Clipe do Dia I

Completou 70 anos neste domingo a italiana Rita Pavone, que aqui está cantando "Fortissimo".

Clipe do Dia II

70 anos quem faz hoje é Molly Duncan, saxofonista e membro fundador da Average White Band, da qual trago aqui a instrumental excelente "Pick Up The Pieces". Para sua identificação, Molly é o de roupa branca.

Arremate

Teve Corinthians x Palmeiras pelo Paulista Sub-20, mas não teve vencedor e nem sequer um golzinho.

"24 Horas" volta antes que inicie a final feminina paulista São José x São Paulo!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia") e editor do blog "Papo Final" no Final Sports.

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com
BLOG NO FINAL: papofinal.final.com.br


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.