.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quarta, 22 de julho de 2015 - ANO 12, EDIÇÃO 198
Em busca da terceira final nas últimas 10 Libertadores

Finalista e campeão em 2006. Finalista e campeão em 2010. Finalista e campeão em 2015? Esta é a vontade do Internacional, que está em Monterrey para encarar o Tigres numa volta que promete após a quentíssima ida aqui em Porto Alegre. Com vantagem de 2 x 1, o Colorado joga por vitória, empate ou derrota por um gol a partir de 3 x 2 para se dar bem pela terceira vez numa semifinal ida e volta (1980 tinha triangular definindo o finalista).

Mas o adversário mostrou ser casca grossa e quer dar uma de Olimpia em 1989, não literalmente pela volta acontecer no México e não aqui no Brasil, mas sim em excluir os gaúchos. Tenta o Tigres ser o terceiro clube mexicano a decidir o certame da Conmebol, depois dos vice-campeões Cruz Azul em 2001 e Chivas em 2010. Êxito por 1 x 0 bastará devido ao gol fora de casa. Fora isso, só com dois ou mais tentos de diferença.

O Inter chega motivado por 3 vitórias consecutivas, duas delas com os reservas no Campeonato Brasileiro, mas precisará quebrar uma escrita pequena numericamente, mas que vale registrar: nas duas vezes em que encarou brasileiros em Libertadores anteriores, o Tigres não foi derrotado em seu reduto. Marcou 2 x 1 no São Paulo em 2005 (só não foi pra semi pois tomou quatrilho na volta) e anotou 2 x 0 no Corinthians em 2006.

Passa também pela semi em Monterrey a própria consequência da decisão da Libertadores, cujo primeiro finalista soubemos ontem ser o River Plate graças a um golaço por cobertura do Acario, que cortou o barato do bravo e já digno de aplausos (e invicto enquanto mandante) Guaraní. Se der Internacional, a volta será aqui em Porto Alegre. Dando Tigres, a volta será em Buenos Aires e os argentinos já estarão garantidos no Mundial.

O River, que necessariamente tem que fazer todos os mata-ou-morre com ida em casa e volta fora por ter tido a pior campanha dos 16 classificados da fase de grupos (o que muitas vezes pode acabar não necessariamente dizendo algo dependendo da força da chave - ou da falta dela), fará sua quinta final e quer não repetir os vices de 1966 e 1976, mas sim os títulos de 1986 e 1996. No segundo, o time incluía o atual técnico Gallardo.

Os destaques da Copa do Brasil

Criciúma 0 x 1 Grêmio (1 x 1) + 3 x 4 - Depois do gol contra na ida, Pedro Rocha marcou a favor e, como a bola não entrou de nenhum dos lados depois disso nem mesmo após a expulsão do criciumense Guilherme Santos, os pênaltis é que resolveram a parada nesta que foi a primeira vitória em 90 minutos dos gremistas em SC por este confronto quando especificamente pela CB. Embora Braian Rodriguez fosse a naba habitual ao reequilibrar a treta quase na finaleira, Marcelo Grohe foi o salvador da lavoura com duas defesas decisivas. Os gaúchos voltaram a se dar bem após 2 derrotas e os catarinenses perderam a primeira com Petkovic, apenas no 8° jogo.

Santos x Sport (1 x 2) - Em 14 realizações na Vila Belmiro, o Peixe nunca perdeu este embate. Sua única baixa enquanto mandante foi em 1996, no Estádio do Ibirapuera. Mas o Leão nem precisa ganhar para se dar bem. Só empatar pela sexta vez na Caldeira do Urbano e pronto. Os paulistas têm somente uma vitória em 6 partidas e perderam as demais, enquanto os pernambucanos voltaram a ganhar depois de 3 insucessos, mas não se dão bem visitando, ao contrário. São 7 comparecimentos sem êxito e um triunfo nos últimos 10.

América de Natal x Vasco (1 x 3) - O Mecão é freguês geral do Cruzmaltino mesmo em Natal, onde ganhou 1, empatou 3 e perdeu 4 embates. Se servir como animador para os potiguares, aos quais 2 gols de diferença são suficientes, o último jogo deles no RN teve vitória dos centenários americanos na Série B do ano passado e há um retrospecto bem bom dos vermelhos na Arena das Dunas: 6 atuações sem derrota no estádio mundialista e um 2015 (contando uma "visita") de 13 vitórias, 2 empates e 3 derrotas ali. O Machão da Gama vem de 2 vitórias e da quebra de uma seca de 7 visitas sem êxito, ainda que visita doméstica diante do Fluminense.

Ponte Preta x Coritiba (1 x 2) - Dureza projetar o que sairá daí... A Macaca não vence há 5 jornadas e ganhou uma das últimas 7, além de vir de derrota em casa após 9 mandos sem tropeço. Já o Coxa não triunfa há 5 porfias, faturou uma das últimas 11 e empatou 3 das últimas 4, isso só no geral, pois enquanto visitante são 11 tombos consecutivos, 2 empatados nos últimos 4 e só um vencido nos últimos 13, dos quais 9 perdidos. Dá para esperar tudo de tudo. Os paranaenses não contarão com o goleiro Wilson, que já esteve relacionado no banco do Vitória nesta edição, e para a sequência do Campeonato Brasileiro e da copa que disputar em simultâneo contará com dois reforços: Juan, lateral esquerdo que é aquele mesmo ex-Flamengo e São Paulo e que não joga desde o fim de 2014, encostado no Vitória desde então; e Henrique, atacante cedido pelo Botafogo.

Bahia x Paysandu (0 x 3) - É verdade: os baianos venceram os últimos 8 mandos de campo. É verdade: os paraenses não vencem há 3 atuações. É verdade: um gol que o Papão faça e só será eliminado se tomar 5. É verdade: o Esquadrão de Aço sofreu 3 x 0 do Conquista na final baiana e devolveu com 6 x 0 em casa. Repetirá o feito dois meses e meio depois? Vale lembrar que esta partida acontecerá no Pituaçu não por punição do STJD, mas unicamente porque a Fonte Nova está cedida para um evento supermercadista. Curiosidade: os bicolores vão a campo no mesmo dia em que completa 70 anos um histórico 7 x 0 que aplicou no Remo pelo Paraense.

Tupi x Ceará (0 x 0) - Enquanto o Galo Carijó perdeu uma invencibilidade de 8 jogos na derrota para o Londrina (cujo zagueiro Dirceu, irmão da jornalista Lara Mota, vai jogar no Marítimo de Portugal), o Vozão desafia a terrível seca de 12 enfrentamentos, embora empatasse os últimos 4. São 9 visitas sem sucesso e uma ganha nas últimas 11, justamente aquela contra o Bahia na final da Copa do Nordeste. A sorte dos comandados do Geninho é jogarem por dois resultados: vitória e qualquer empate com gol. Mas na bronca atual, só falta o Tupi vencer...

Resolvidos estes cinco confrontos, os 16 classificados (já confirmados Internacional, Atlético Mineiro, Cruzeiro, São Paulo, Corinthians, Fluminense, Palmeiras, Flamengo, Grêmio, Figueirense e Ituano) esperarão até daqui a duas terças para o sorteio das oitavas-de-final. As equipes do pote 1 enfrentarão as do pote 2. Certo é que o primeiro grupo de oito terá estas equipes: Atlético Mineiro, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional e São Paulo. Não haverá duelo entre duas delas, portanto. Mas fatalmente, por exemplo, teremos um clássico de uma destas agremiações contra o Palmeiras, por exemplo. Igual será se o Santos passar.

Ainda tem a questão da Copa Sul-Americana, que fechou mais um classificado: o Joinville, campeão da Série B (cujos quatro primeiros colocados vêm primeiro na lista das vagas antes dos quatro últimos da Série A). Então, cinco representantes brasileiros estão confirmados: JEC, Atlético Paranaense, Goiás, Chapecoense e Brasília, este via Copa Verde. Faltam os perdedores de Santos x Sport e Ponte Preta x Coritiba, além do representante da Copa do Nordeste. Se o campeão Ceará prosseguir na Copa do Brasil, a vaga na Sul-Americana será do vice Bahia, mas permanência deste no mata-ou-morre nacional levará o terceiro Vitória ao torneio continental.

Exemplifico isso melhor com a ordem sorteada na quinta-feira da semana passada, que só não está 100% fixa por depender do cotejo no Moisés Lucarelli. Se entrarem os paulistas, teremos: Atlético x Joinville, Santos ou Sport x Ceará ou Bahia ou Vitória, Goiás x Brasília e Chapecoense x Ponte Preta. Sendo os paranaenses a disputarem a "Sul-A Miranda" (apelido que lancei neste PB há muitos e muitos anos e que acabei por não usar mais), ficará: Atlético x Chape, Santos ou Sport x Ceará ou Bahia ou Vitória, Goiás x Brasília e Coritiba x Joinville.

Acaba a zica ou não?

Um centenário sem motivo para comemorar. Acaba servindo mais como peso nas costas do que celebração o amistoso do ABC contra a gurizada do Corinthians esta noite. São 9 presenças no Frasqueirão sem vitória, zica aumentada pelo quatrilho do Paraná na terça-feira da semana passada. É hoje que acaba ou não, hein???

Um destaque da Série B

Macaé e Paraná "oxaram", o que não foi bom para ambos. O Alvianil Praiano não vence há 2 partidas e ganhou uma das últimas 5, embora não perca há 4 mandos e faturasse metade. Este ano, os litorâneos têm 9 vitórias, 5 empates e 1 derrota no Moacyrzão. O Tricolor não se dá mal há 2 jornadas, mas triunfou em só uma das últimas 6, além de ganhar apenas uma das últimas 8 visitas. Para a sequência da segunda divisão, Fernando Diniz contará com o goleiro Felipe Alves, a quem treinou no Audax durante o último Paulistão.

Curtinhas

*Léo Moura impedido de defender um terceiro clube este ano, negada pelo STJD uma liminar para tanto. Tudo por causa de dois jogos pelo Flamengo. Se não fossem a ida contra o Brasil em Pelotas e o amistoso diante do Nacional do Uruguai (acho até que só mesmo a partida oficial), ele poderia trocar o Fort Lauderdale pelo Coritiba. Como isto não é possível, só pode defender Mengão ou Strikers até o fim deste ano. Deu ruim...

*Negociações da vez nas Séries A e B: o Flamengo contratou o meia Ederson, da Lazio, por 2 anos e meio; o São Paulo cedeu o dianteiro Ewandro ao Atlético Paranaense até o fim do ano que vem; o Joinville anunciou o lateral direito Arnaldo, que estava no Criciúma e é do Penapolense, por empréstimo até o fim deste ano; e o Vitória oficializou o beque Kadu, do Vitória de Guimarães, até a metade do ano que vem.

*Giovanni desfalcando a lateral esquerda do Fluminense por tempo indeterminado por romper o ligamento cruzado do joelho direito no segundo tempo da derrota para o Vasco. Problema para Enderson Moreira.

*Começou em Votuporanga a demolição do Estádio Plínio Marin, que existia desde dezembro de 1956. O último jogo dele foi a ida decisiva da "Copa Ménage à Trois" (Paulista A3), com os 3 x 0 do Votuporanguense, que no fim das contas forem inúteis devido aos sensacionais 4 x 0 do Taubaté na volta do Vale do Paraíba.

*Futsal: CBFS e os principais nomes da modalidade no Brasil novamente unidos. Acertados foram os atletas Falcão, Thiago e Rodrigo com o presidente Marcos Madeira, que anunciou a volta ao comando técnico de Sérgio Schiochet, cuja saída por contrariedade à união de Marcos com a situacionista Louise Bedé revoltou os jogadores, que criaram o Movimento Futsal Limpo e Para Todos. Melhores dias para o futsal brasileiro?

*E essa do N'Gapeth, melhor jogador da Liga Mundial e campeão com a França, ser preso sob acusação de agredir um condutor de trem que estava em alta velocidade de Paris até Bordeaux? Eita nóis...

*Tabela da fase final do Grand Prix, que vai de hoje até domingo na norte-americana Ohama em pontos corridos: hoje, Brasil x China, Itália x Rússia e EUA x Japão; amanhã, Brasil x Rússia, Japão x China e EUA x Itália; depois de amanhã, Brasil x Japão, China x Itália e EUA x Rússia; sábado, China x Rússia, EUA x Brasil e Itália x Japão; e domingo, EUA x China, Brasil x Itália e Japão x Rússia. Todas as partidas da seleção brasileira acontecerão às 17h de Brasília, exceto a diante das anfitriãs ianques, marcada para 19h. Boa sorte, gurias!

Curtinhas do Pan

*Vitórias brasileiras nos esportes coletivos: no hóquei na grama, 3 x 1 nos pênaltis sobre os EUA após empate no tempo normal valendo, mais do que uma vaga na semifinal, a classificação do Brasil para a Olimpíada de 2016; no handebol masculino, 48 x 18 sobre a República Dominicana; no basquete masculino, estreia com 92 x 59 diante de Porto Rico; e no vôlei masculino, 3 x 0 pra cima da Argentina (29/27, 25/21 e 25/22). Para esta quarta-feira, olhos atentos à semifinal do futebol feminino com Brasil x México às 18h30.

*Medalhas brasileiras da segunda-feira: no atletismo, ouro de Júlia dos Santos nos 5.000 metros, prata de Keila Costa no salto triplo e bronze de Jucilene de Lima no lançamento de dardo; no tênis de mesa, ouro nas equipes masculinas e prata nas equipes femininas (brasileiras treinadas por Hugo Hoyama, campeão no time deles nos dois Pan-Americanos anteriores); no vôlei de praia, prata para Álvaro Filho & Vitor Felipe e bronze para Lili & Carol Horta; e na esgrima, bronze para Nathalie Moellehausen na espada individual.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Leio na Mônica Bergamo que a TV Cultura gravou anteontem, na Sala São Paulo, a edição de 10 anos do "Sr. Brasil", com convidados como Vital Farias, Arismar do Espírito Santo, Luiz Carlos Borges, Bosco Maciel e Elifas Andreato. Exibido às 10h dos domingos e às 2h de terça para quarta, o programa do Rolando Boldrin estreou em 5 de julho de 2005 e inicialmente era às terças. Na TV Brasil, a transmissão é às 17h30 dos sábados. "Sr. Brasil" é o mais duradouro dos programas de Boldrin, que fez ainda "Som Brasil" na Globo de 1981 a 1984, "Empório Brasileiro" na Bandeirantes em 1984, "Empório Brasil" no SBT em 1989 e "Estação Brasil" na CNT em 1997.

*Demorou, mas mais um dos demitidos pela Band/RS em março voltará ao ar nesta quarta-feira. O apresentador Cláudio Andrade dará expediente na Pampa e apresentará o "Jornal da Pampa", às 18h55. Será a quarta emissora de TV da carreira do Cláudio, que antes da Bandeirantes passou por RBS TV, TVCOM e TVE. Antes da sua volta agora, a primeira reempregada daquela leva foi Paloma Poeta, hoje repórter da Record/RS.

*O "guru" Flávio Ricco observa que a RedeTV! tem tido programações distintas, dando como exemplo os canais 13 VHF e 48 UHF de Campinas (retransmissoras), onde os religiosos e terceirizados são substituídos por reprises dos programas próprios - não passa, por exemplo, o "Show da Fé" às 20h30. Nítido está que estas retransmissoras e eventuais afiliadas com situação igual estão recebendo não a programação do sinal nacional VHF principal, mas a específica para retransmissão na internet e que passava também nas duplicatas digitais. Não custa lembrar que a RedeTV! tinha grades separadas até meados deste ano, com os religiosos e terceirizados apenas no VHF, mas as reprises de programas próprios entrando nos canais digitais. Desde então, religiosos e terceirizados passaram a ser exibidos também nos canais digitais da RedeTV!, mas seguem de fora no sinal da internet.

*Na Globo, Eliana Marques no tempo do "Jornal Nacional" e do "SPTV" a partir desta quarta-feira por cobrir férias da Maria Júlia Coutinho. Turno duplo dela, que continuará com a previsão no "Jornal Hoje".

*A quarta-feira marca os 10 anos da até hoje injustificável morte do brasileiro Jean Charles de Menezes, de 27 anos e que a Scotland Yard confundiu com um terrorista em Londres. A vida dele originou o filme "Jean Charles", que Selton Mello estrelou em 2009 e que a Globo reprisou de segunda para terça no "Corujão". Aliás, taí algo que não consigo entender: o filme ter passado em 4:3, com barras nas laterais. Por quê isso?

Bela do Dia: Becky Hammon

Becky Hammon, ex-jogadora e técnica de basquete, que se tornou a primeira mulher a conquistar um título com uma equipe da NBA enquanto treinadora, vencedora que foi da Liga de Verão, disputada em Las Vegas. Seu San Antonio Spurs derrotou o Phoenix Suns por 93 x 90 no sábado passado. Assistente da franquia desde que se aposentou enquanto jogadora, atuou por 16 anos na WNBA e foi 6 vezes para o Jogo das Estrelas.

*Dia dos 60 anos de Willem Dafoe, ator de filmes como "Viver e Morrer em Los Angeles", "Platoon", "A Última Tentação de Cristo", "O Dono da Noite", "Velocidade Máxima 2" e três "Homem Aranha", entre outros.

*A saideira: administradora do Allianz Parque, a AEG confirmou shows dos Rolling Stones no estádio palestrino em 21 e 23 de fevereiro do ano que vem. Tá para ser fechada também uma apresentação no Rio de Janeiro. Será o regresso de Mick Jagger, Keith Richards, Ron Wood e Charlie Watts ao Brasil após exatos 10 anos.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia

Morreu anteontem aos 72 anos, de diabetes e problemas no coração, o compositor norte-americano Wayne Carson. Simplesmente dizendo seu nome, acho que quase ninguém lembre dele à primeira puxada de memória. Mudará de figura o cenário se eu disser ser ele autor da letra de "Always on My Mind", uma das canções de amor mais lindas já feitas? Tema dele com Jonny Christopher e Mark James, foi lançado em março de 1972 na voz de Gwen McCrae e gravado em junho por Brenda Lee, ganhando em novembro daquele mesmo ano a aqui trazida célebre interpretação de Elvis Presley, que se separara pouco antes da Priscilla. Outras duas das tantas leituras que "Always On My Mind" merecem registro no tópico: a de fevereiro de 1982 por Willie Nelson, vencedora no ano seguinte do Grammy; e a de novembro de 1987 em ritmo dançante com Pet Shop Boys.

Arremate

Amanhã tem Felipão contra alemães. Não é o que você pensou, não. É o amistoso Guangzhou x Bayern.

"24 Horas" volta depois que soubermos quem terá vencido esta porfia! Se é que alguém vencerá.

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia") e editor do blog "Papo Final" no Final Sports.

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com
BLOG NO FINAL: papofinal.final.com.br


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.