.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Sábado e domingo, 11 e 12 de julho de 2015 - ANO 12, EDIÇÃO 191
Vai começar a quarta divisão

A última série do Campeonato Brasileiro que faltava começar terá seu pontapé inicial neste domingo. Será a sétima edição da Série D, que terá como ápice não a finalíssima, embora claro que não sejam jogados fora os títulos por São Raimundo do Pará em 2009, Guarany de Sobral em 2010, Tupi em 2011, Sampaio Corrêa em 2012, Botafogo da Paraíba em 2013 e Tombense em 2014, mas sim as quartas-de-final, na qual os ganhadores confirmarão seus acessos para a terceira divisão em 2016. Esta será a grande batalha dos 40 disputantes.

A primeira fase terá oito pentagonais em turno e returno dentro de cada um, sempre uma equipe folgando a cada rodada. Passam dois de cada grupo para as oitavas-de-final, o que na prática faz com que a luta pelo que vale de fato dure 14 compromissos, com os 2 ou 4 seguintes sendo lucro - ainda mais se tiver uma taça no fim. Resgatemos todos os grupos, suas primeiras rodadas e seus primeiros folguistas.

Entre os destaques, temos o Remo visitando o vice-campeão rondoniense, a vice-campeã mineira Caldense contra o campeão capixaba, um Gama x Botafogo de Ribeirão que já foi duelo de Série A em 1999 (Jair Picerni de um lado e Muricy Ramalho do outro), o campeão paranaense Operário começando no Sul Fluminense e o um dia vice da Libertadores e hoje nada mais do que já fora São Caetano sendo mandante diante do Lajeadense.

G1 - Náutico de Roraima x Nacional de Manaus e Vilhena x Remo (folga o Rio Branco do Acre)
G2 - Guarani de Juazeiro x Santos do Amapá e River x Palmas (folga o Imperatriz)
G3 - Serra Talhada x Colo Colo e Campinense x Globo (folga o Coruripe)
G4 - Serrano x Central e Estanciano x Treze (folga o Goianésia)
G5 - Caldense x Rio Branco do ES e Operário de Várzea Grande x Aparecidense (folga o Comercial do MS)
G6 - Gama x Botafogo de Ribeirão Preto e CRAC x Villa Nova (folga o Duque de Caxias)
G7 - Ypiranga x Inter de Lages e Resende x Operário de Ponta Grossa (folga o Red Bull Brasil)
G8 - Foz do Iguaçu x Volta Redonda e São Caetano x Lajeadense (folga o Metropolitano)

Especial (atualização de terça, dia 14, às 3:40)

Obs.: texto original para a não concluída edição de segunda-feira e aqui registrado para não ser perdido.

Breves registros: Gama x Botafogo de Ribeirão Preto acabou sem gols e parou por alguns minutos da etapa primeira devido a uma pancadaria entre torcedores gamenses e outros do Brasiliense, que apoiaram o Botinha; o Remo empatou com o Vilhena em Rondônia; o São Caetano aplicou a quina no Lajeadense; o campeão Operário de Ponta Grossa conseguiu o empate com o Resende em 2 gols aos 43 do segundo; a vice Caldense bateu o Rio Branco do Espírito Santo; o Volta Redonda sofreu 4 gols do Foz do Iguaçu e triunfou pois marcou 5, o derradeiro aos 44 do segundo; e o Náutico de Roraima até empatou em 1 gol com o Nacional de Amazonas, só que jogou com todos os jogadores (eu disse t-o-d-o-s!) sem estarem constados no BID da CBF. Baaahhh!!!


Brasileirão: vem aí a 13ª rodada

O líder terá o primeiro de três "embalos de sábado à noite". Não seria este um bom momento para alguma mente muito criativa pegar o instrumental de "Stayin' Alive" para colocar em cima o "nós somos do Clube Atlético Mineiro"? O vice-líder visitará um oponente que não perde há um tempaço em seus domínios. Tem também o encontro das duas maiores torcidas brasileiras, a reestreia de um velho conhecido na Baixada Santista e o último jogo antes da semifinal do último representante brasileiro na Copa Libertadores. Vejamos:

Grêmio x Vasco (3° com 23 x 19° com 9) - Depois de perder após 5 vitórias consecutivas, o Tricolor aposta no fator Arena, onde está sem derrota há 15 partidas desde o Veranópolis em fevereiro. Some a isso o Cruzmaltino vir de 2 derrotas e não vencer como visitante há 6 jogos desde o Botafogo em maio - ou, se não contarmos os clássicos de final e semifinal do Carioca, desde o Rio Branco no Acre em abril. Os gaúchos faturaram as 3 últimas contendas diante dos cariocas, ganhadores pela vez última em 2012. Aqui em Porto Alegre, o Cruzmaltino saiu ganhador pela última vez em 2006, depois disso o Imortal tendo 6 encontros de invencibilidade.

Santos x Figueirense (17° com 10 x 11° com 15) - Vindo de 4 derrotas e com uma vitória nos últimos 11 cotejos (10 pelo Nacional), o Peixe tem o regresso à casamata do Dorival Júnior, campeão em 2010 do Paulistão e da Copa do Brasil, o que reconduz Marcelo Fernandes à condição de auxiliar. O Furacão do Estreito vem de derrota que findou uma longa invencibilidade em seus domínios, mas se deu bem na última visita neste campeonato após 8 sem sair ganhador. Para as próximas rodadas, o elenco terá a chegada do lateral direito Sueliton, saído do Joinville. Os paulistas derrubaram os catarinenses nos últimos 4 enfrentamentos desde 2011 e, especificamente na Caldeira do Urbano, o Figueira ganhou somente uma única vez e perdeu todas as outras 8.

Ponte Preta x Atlético Mineiro (10° com 17 x 1° com 26) - A Macaca volta ao Majestoso depois de vender para Cuiabá o mando da derrota pro Palmeiras. Em seu estádio, está sem perder há 9 compromissos desde o São Paulo em março e, no retrospecto da temporada, ganhou 12, empatou 1 e perdeu 2. Porém, não ganha há 3 jogos gerais e teve somente um êxito nos últimos 5 cotejos. Com nome publicado no BID, o atacante Keno pode ser a novidade no time paulista, egresso do mexicano Atlas. Já o Galo vem de 5 vitórias consecutivas (3 fora de casa) e 6 desafios sem ser abatido. No intervalo, haverá um clima de festa junina com o mascote Gorila dançando quadrilha devidamente caracterizado, uma corrida de saco com torcedores e até mesmo um Correio Elegante, que lido será pelo locutor do estádio nos alto falantes. Não se pode negar que é algo criativo.

São Paulo x Coritiba (7° com 21 x 18° com 9) - A matinê dominical volta para Sampa City e chega ao Cícero Pompeu de Toledo. Confronto de estatísticas favoráveis a ambos os duelistas: o Tricolor não perde no Morumbi há 6 encontros desde 2004 (até perdeu em 2013, mas em Itu) e o Coxa não é vencido há 5 paradas gerais desde 2012. Os paulistas não são apunhalados em sua casa há 14 pelejas desde o Corinthians em março, mas empataram as 2 últimas depois de 12 vitórias seguidas. Os paranaenses não se dão bem há 3 compromissos gerais e faturou um dos últimos 9, sendo 9 as visitas fracassadas desde o Cascavel em abril. Na sequência do certame, o Coxa terá o zagueiro Rafael Marques, ex-Hellas Verona e campeão da Libertadores de 2013 pelo Galo.

Flamengo x Corinthians (13° com 13 x 4° com 23) - O rubro-negro derrotou os alvinegros nos últimos 6 jogos no Maracanã e não perde há 8 encaradas desde 2002. As principais ausências são dos agora flamenguistas Guerrero e Emerson Sheik graças a um acordo com os corintianos. Cristóvão Borges poderá estrear o enfim regularizado Armero, mas não terá mais Eduardo da Silva, que pediu liberação, e não contará mais neste ano com Nixon, que rompeu o tendão do joelho esquerdo durante um jogo? Não! Um treino! Segundo atleta perdido pela equipe em um treinamento, depois do Paulo Vitor. Não vou mais falar aquilo da preservação de partidas ser bobagem para não ser repetitivo, os três ou quatro leitores diários que esta "24" possui sabem o que penso. O Mengão perdeu os últimos 2 mandos e ganhou um dos últimos 7. Já o Timão não perde há 4 porfias gerais e não tem sua rede balançada pelos adversários há 3, mas só conquistou um sucesso nas últimas 5 visitas.

Atlético Paranaense x Fluminense (8° com 19 x 2° com 24) - O fator campo ajuda e não ajuda o Furacão. Ajuda na atual temporada pois são 8 compromissos de invencibilidade e 7 vencidos, mas não bate o Tricolor em seus domínios há 7 duelos desde 2005 (até os atleticanos venceram em 2009, mas jogando em Londrina). O CAP não ganha este enfrentamento há 9 confrontos desde 2009 e só ganhou um dos últimos 6 jogos neste certame. O Flu está embalado com 5 jornadas gerais sem derrota, duas delas afastado de sua gente. Para as próximas rodadas, esperado é Wellington Paulista, que saiu do Coritiba e rescindiu com o Internacional. Porém, a noticiaça do fim da manhã de sábado foi trazida por todos os veículos de imprensa: a quase definida aquisição do Ronaldinho Gaúcho, faltando uma assinatura para confirmá-lo como reforço pó-de-arroz. Cuidemos.

Cruzeiro x Goiás (12° com 13 x 14° com 13) - Esta porfia traz boas lembranças para os cruzeirenses pois foi nela que consumado foi no ano passado o bicampeonato brasileiro. Porém, este ano a Raposa não se faz dominadora como nos dois anos anteriores. Além de ter vencido somente um dos últimos 5 compromissos, está irregular no Mineirão neste 2015 ao ter 6 vitórias, 5 empates e 4 derrotas. Com a estreia do técnico Julinho Camargo após a despedida do interino Augusto terminar o incômodo jejum de atuações sem sucesso, o Esmeraldino quer agora romper a série de 4 fracassos como visitante e um triunfo nas últimas 8 visitas. Os alviverdes se deram bem pela última vez neste jogo em 2009, depois disso perdendo os 7 confrontos seguintes.

Joinville x Internacional (20° com 8 x 16° com 13) - Claro que eles se enfrentaram na mesma Arena em 2014, mas amistosamente e sem gols, por isso mesmo um jogo esquecível. Por torneios oficiais, tem um tempaço que não ficam frente a frente: Campeonato Sul/Minas em 2002, vitória tricolor por 1 x 0 ainda no hoje não mais usado Ernestão. Especificamente no Brasileirão, a última treta acabou 1 x 1 em 1984. Os alvirrubros tentarão algo ainda não obtido: superar o JEC em Joinville, onde os mandantes venceram 4 e empataram 2. Os catarinenses voltaram a ficar 2 compromissos sem perder após 3 meses, mas só triunfaram uma vez nas últimas 6 atuações em casa. Os gaúchos vêm de 3 derrotas e uma vitória nas últimas 6 rodadas. Longe de casa, não se dão bem há 9 visitas desde ainda a Universidad de Chile em abril. Réver retornará após 1 mês e meio lesionado. Este é o último jogo do Inter antes de começar a semifinal da Libertadores na quarta que vem, no Beira-Rio, contra o Tigres.

Sport x Palmeiras (5° com 23 x 6° com 21) - Depois de perder a invencibilidade geral diante do Atlético Mineiro, o Leão aposta em outra invencibilidade: a enquanto mandante, que está em 21 compromissos, os 8 últimos vencidos. Especificamente na Ilha do Retiro, são 13 vitórias (7 consecutivas) e 4 empates neste ano. Fora na quarta-feira, André retornará ao rubro-negro e tentará pela primeira vez marcar um gol nos palmeirenses. Porém, Maikon Leite será ausência por 1 mês e meio por ter se machucado no Mineirão. Nas rodadas seguintes, o reforço pro time será o volante e lateral direito Ferrugem, egresso do futebol japonês. Da parte alviverde, Vitor Hugo para uma semana devido a uma fratura no rosto com a concussão na pancada sofrida na dividida com Willian no sucesso sobre o Avaí. Os visitantes deste embate têm 4 vitórias seguidas e 5 nas últimas 6 partidas gerais.

Avaí x Chapecoense (15° com 13 x 9° com 19) - O Leão da Ilha precisa vencer novamente após 6 confrontos, tendo apenas uma vitória nas últimas 8 pelejas. Para complicar, terá pela frente um Verdão do Oeste para quem perdeu os últimos 4 encontros depois de 2013. Nem em casa os avaianos têm se saído bem ao emendarem 4 fracassos e um sucesso nas últimas 6 jornadas. A Chape emendou 2 vitórias, mas precisa se recuperar fora dos seus domínios, onde conquistou um único triunfo em 7 visitas, sendo derrubado nas demais.

Especial (atualização de terça, dia 14, às 3:40)

Obs.: texto original para a não concluída edição de segunda-feira e aqui registrado para não ser perdido.

Os quatro primeiros colocados saíram vencedores e estão separados por 3 pontos. Já a zona do rebaixamento traz uma "raridade rara": a presença do Peixe. Vejamos o que aconteceu em cada peleja:

Ponte Preta 0 x 2 Atlético Mineiro - Vitória consolidada apenas aos 42 do segundo, mas merecida enquanto mais qualificado e ameaçador o Galo, que emendou 6 vitórias pela primeira vez desde o período de fevereiro a março do ano passado. 4 delas são fora de casa e as partidas de invencibilidade são 7. A Macaca está em falta de sucessos há 4 pelejas e ganhou 1 das últimas 6, voltando a perder no Moisés Lucarelli após 9 jogos desde o São Paulo em março. Renato Cajá se despediu neste sábado pois atuará no Al-Ittihad. Uma reposição foi adquirida pela Nega Véia: Felipe, meia emprestado até o fim deste ano pelo Atlético Paranaense.

Atlético Paranaense 1 x 2 Fluminense - Os cariocas conseguiram a vitória aos 48 do segundo em gol de Fred, o homem certo no lugar certo e na hora certa, fechando com positivismo o fim de semana do anúncio da chegada do Ronaldinho Gaúcho ao Tricolor, que está muito bem no comando de Enderson Moreira (7 vitórias, 3 empates e 1 derrota) e não perde há 6 porfias, vencendo 5 delas. O Furacão ganhou somente 1 dos últimos 7 compromissos e perdeu uma invencibilidade de 8 jornadas na Arena da Baixada, na qual não derrota o Flu há 8 enfrentamentos desde 2005. No geral da contenda, são 10 pelejas sem bater os cariocas.

Flamengo 0 x 3 Corinthians - Surtiu efeito o "acordo de cavalheiros" que claro que os alvinegros fizeram para se preservar e que os rubro-negros foram trouxas de aceitar. Sem Guerrero e Emerson, os donos da casa perderam muita força ofensiva e não houve maiores problemas para os visitantes triunfarem com direito a um gol do Jadson, que está suspenso para o próximo fim de semana. Teve quem visse impedimento no primeiro gol, mas não teve, não. Vagner Love estava em condição legal, tudo direitinho no ótimo tento do Elias. O Fla até teve uma finalização no alvo mal invalidade por marcado impedimento inexistente, mas não faria diferença pois já estava trinca a nada pro Coringão, que não vencia no Maracanã havia 14 comparecimentos desde o Botafogo em 2007, além de ali não superar os rubro-negros havia 8 embates desde 2002, os últimos 6 perdidos antes desse de ontem. São 5 jogos sem derrota no Brasileirão e 4 sem sofrer gol, mas no gol há o problema das dores na coxa esquerda do Cássio, que foi trocado pelo Walter. Tomando 3 x 0 no Maracanã pela vez primeira desde o Atlético Mineiro em outubro de 2008, o Mengão emenda 3 derrotas e conquistou apenas um êxito nas últimas 8 presenças. Mais um problema pro Cristóvão Borges: Eduardo da Silva saiu do clube e voltou pro Shakhtar Donetsk.

Grêmio 2 x 0 Vasco - Estava "oxado" até um autogol colocar em vantagem os gaúchos, que aumentaram a 10 minutos do encerramento e ganharam com justiça pois foram superiores o tempo todo. O Tricolor não é batido há 16 jogos desde fevereiro na Arena, venceu 7 dos últimos 9 prélios e emendou 4 vitórias gerais sobre o Cruzmaltino, para quem não perde aqui em Porto Alegre há 7 partidas. Essa é a quantidade de visitas fracassadas da equipe carioca, que por pouco não apanhou de integrantes das organizadas ao desembarcar no Galeão.

São Paulo 3 x 1 Coritiba - "Fiorello" Pato foi o nome da manhã ao anotar dois belos tentos. Poderia ser 4 x 1 o escore se um arremate certeiro do Luís Fabiano não acontecesse poucos instantes depois do último apito do Alisson Sidnei Sampaio, que não entendi por qual motivo não esperou o ataque terminar. Invicto no nesta manhã dominical cheiérrimo Morumbi há 15 pugnas renhidas desde março (13 vitoriosas), o Tricolor voltou a superar o Coxa após 5 confrontos desde 2012 e em seu estádio não é derrubado pelos alviverdes há 7 paradas desde 2004. Os paranaenses não ganham há 4 rodadas, venceram 1 dos últimos 10 embates e não se dão bem longe dos seus domínios há 10 atuações desde o Cascavel em abril. Esse é outro que não se emenda, bah...

Sport 2 x 2 Palmeiras - Jogaço com "JO" maiúsculo, o melhor destas 13 rodadas. O Leão saiu na frente, o Verdão virou, Fernando Prass fez três defesas sensacionais, João Pedro perdeu a oportunidade do 3 x 1 e André empatou aos quase 45 da etapa final para pela vez primeira fazer o que não obteve por Santos, Vasco e Atlético Mineiro: vazar os palmeirenses. Mantida a espetacular invencibilidade caseira do rubro-negro: 22 partidas este ano e 26 corridas desde a queda pro Goiás em outubro de 2014. Como mandante na Arena Pernambuco, o Sport ganhou 3 e empatou 2. Os alviverdes estão invictos há 5 compromissos e faturaram 4 dos últimos 7.

Avaí 2 x 1 Chapecoense - O primeiro gol foi do Emerson em leve desvio e não olímpico do Renan Oliveira, o segundo foi legal pois William "Batoré" estava na mesma linha da bola e ainda bem, para ele, que o pauladaço no travessão em cobrança de pênalti não resultou em empate na sequência. O Leão da Ilha voltou a vencer após 6 partidas (4 em casa), o Verdão do Oeste só ganhou 1 dos últimos 8 jogos e perdeu os demais, além dos azurras de Florianópolis voltarem a vencer este confronto após perderem 4 vezes seguidas pra Chape.

Cruzeiro 1 x 0 Goiás - Todos os bons lances ofensivos foram dos mandantes, até ficou um placar curtinho diante disso. J por J, como diria a linda e sexy Jennifer Jareau em "Mentes Criminosas", feliz o J cruzeirense e infeliz o J esmeraldino. Julinho Camargo estreou na casamata do Verdão do Cerrado, mas o camaronês Joel é que deu os 3 pontos para a Raposa, que emendou 8 vitórias neste duelo direto desde 2009. Tá mal a equipe alviverde, que não se dá bem como visitante há 5 tentativas e conquistou só um sucesso nas últimas 9 jornadas.

Joinville 0 x 2 Internacional - Depois de duas escritas quebradas negativamente diante de Atlético Mineiro e Flamengo, uma escrita quebrada positivamente: primeira vitória colorada sobre o JEC no norte catarinense após 4 derrotas e 2 empates. Não foi falta no lance do segundo gol e muito menos pênalti por ligeiramente fora da área a suposta infração, mas apesar disso a superioridade dos gaúchos foi nítida. Réver abriu o placar na sua volta aos campos depois de quase 1 mês e meio. Eram 3 rodadas sem vitória e 9 partidas fora de casa sem sucesso do Colorado, que agora se volta para a ida da semifinal da Libertadores contra o nesta madrugada aqui desembarcado Tigres. O Tricolor, cada vez mais decepcionante, venceu 1 das últimas 7 atuações em sua arena.

Santos 3 x 0 Figueirense - Dorival Júnior estreou e o Peixe detonou o Furacão do Estreito. Quebrada a série de 4 derrotas dos paulistas, que chegaram às 5 vitórias consecutivas sobre os catarinenses, agora com somente uma visita vitoriosa nas últimas 10. O Santos ganhou 9 vezes do Figueira na Vila e perdeu apenas uma.

13 rodadas se passaram e a classificação apresenta: Atlético Mineiro com 29; Fluminense com 27; Corinthians e Grêmio com 26; São Paulo e Sport com 24; Palmeiras com 22; Atlético Paranaense e Chapecoense com 19; Ponte Preta com 17; Cruzeiro, Internacional e Avaí com 16; Figueirense com 15; Flamengo, Goiás e Santos com 13 (vitórias e saldo deixam os paulistas em 17°); Coritiba e Vasco com 9; e Joinville com 8.

A 14ª rodada é só no próximo fim de semana e aponta: no sábado, Flamengo x Grêmio e Internacional x Goiás às 18h30 e Corinthians x Atlético Mineiro às 21h (a principal partida será o "embalo de sábado à noite"); e no domingo, Atlético Paranaense x Chapecoense às 11h, Fluminense x Vasco, Sport x São Paulo, Palmeiras x Santos e Figueirense x Coritiba às 16h e Cruzeiro x Avaí e Joinville x Ponte Preta às 18h30.


Os destaques da Série B

Com as derrotas de Botafogo e Paysandu, a a 12ª rodada pode acabar tendo quatro co-líderes com 24 pontos. Para tanto, necessitam América Mineiro, Bahia e Náutico saíram vencedores. Pode ser. Olhemos:

Macaé 2 x 1 Paysandu - Jogo que fez jus à recente tradição de partidaças divertidíssimas entre estes clubes desde as quartas da Série C em 2012 e a finalíssima da mesma C em 2014. Papão na frente, Alvianil Praiano igualando num golaço de Marquinho de fora da área, desempate paraense perdido aos 45 do segundo em pênalti onde Rafael barrou Misael no baile e virada fluminense dois minutos depois. Espetacular epílogo! O Macaé não é derrotado há 4 rodadas e o Paysandu emenda 2 derrotas fora de casa.

Atlético Goianiense 1 x 1 Mogi Mirim - Rivaldo não jogou desta vez, mas seu filho foi o autor do tento de empate. O Sapão consegue ficar 2 jogos sem perder e o Dragão não vence há 5 partidas.

Ceará 1 x 1 Criciúma - Petkovic é técnico do Tigre, mas foi reencarnado pelo Ricardinho no golaço de falta que deu o empate ao Vozão, agora há 10 jogos sem vitória. Tsc, tsc, tsc... Antes da bola rolar, foi noticiada a aquisição por empréstimo do Bernardo, do Vasco. Os criciumenses não perderam nos 5 jogos dirigidos pelo sérvio.

Bragantino 1 x 0 Botafogo - Wagner Lopes estreou na direção técnica em substituição ao Osmar Loss e deu ao Massa Bruta sua primeira vitória após 3 derrotas. O Glorioso só ganhou um dos últimos 5 desafios.

Náutico x Santa Cruz - Sábado de Clássico das Emoções na mundialista Arena, onde o realizado em fevereiro teve êxito tricolor. O Timbu não é abatido há 7 mandos e o Tricolor chega de 3 sucessos consecutivos.

Paraná x Vitória - Os paranaenses estrearão Fernando Diniz como técnico no lugar de Nedo Xavier e tiveram uma recepção positiva na internet com o manifesto de pedido de desculpas e solicitação de apoio à torcida feito nas redes sociais nesta semana. Os baianos não contarão ainda com Marcelo Mattos, que já está treinando e deverá ser regularizado na próxima semana para estrear diante do CRB, na sexta-feira.

América Mineiro x ABC - O Coelho não perde há 5 partidas e o Alvinegro não é derrotado há 3. Especificamente no Horto, os americanos emendaram 5 triunfos e 8 jornadas desde março sem perderem. O problema potiguar não é ser visitante, até ganhou dia desses do Atlético em Goiânia. É em casa a bronca.

CRB x Luverdense - O Galo da Pajuçara deverá ter no banco de reservas o regularizado ex-são-paulino Cañete e o Verdão do Norte não contará mais com Ciro, que se acertou com um clube sul-coreano não revelado.

Sampaio Corrêa x Boa Esporte - Enquanto o Bolívia Querida é osso duro de roer em seus domínios, os Bovetas até vêm de 5 pelejas sem ser derrotados, mas saíram vitoriosos em apenas uma delas.

Bahia x Oeste - O Esquadrão de Aço buscará a oitava vitória seguida diante da sua torcida e pegará um Rubrão que perdeu as duas últimas visitas e tem 3 fracassos em 5 desafios fora de Osasco.

Especial (atualização de terça, dia 14, às 3:40)

Obs.: texto original para a não concluída edição de segunda-feira e aqui registrado para não ser perdido.

Os 8 primeiros colocados separados por 3 pontos. Que beleza! Recuperemos o que ocorreu no sábado:

Bahia 1 x 0 Oeste - Um gol bastou para dar ao Tricolor sua oitava vitória consecutiva como mandante, ainda que um pênalti não fosse marcado no segundo tempo. Só uma derrota do Esquadrão de Aço nas 6 últimas rodadas. O Rubrão perdeu as 3 últimas visitas e foi superado em 4 das 6 já realizadas nesta Bêzona.

Náutico 2 x 1 Santa Cruz - Clássico das Emoções mais pra menos que para mais no primeiro tempo e bem mais legal na etapa complementar, com os alvirrubros saltando à frente, os tricolores empatando em pênalti inventado, ficando com um jogador a mais e, mesmo assim, sofrendo o desempate decisivo. O Timbu não é vencido como mandante há 8 compromissos e o Tricolor perdeu a sequência de 3 vitórias.

Paraná 0 x 1 Vitória - Mesmo fazendo sua parte, o Tricolor perdeu na estreia do Fernando Diniz na casamata e está sem vencer há 4 partidas gerais e 3 mandos. Melhor para o autor da fatura única em bate-rebate, que foi o Leão novamente ganhador fora de casa depois de 4 fracassos e que perdeu apenas um dos últimos 8 cotejos, não sendo derrubado há 3 e ganhando 5 destes 8. Evolução boa do rubro-negro baiano.

América Mineiro 2 x 1 ABC - A virada no Horto deu ao Coelho seu sexto êxito seguido ali, sendo de 9 porfias a invencibilidade. Contando visitas, são 6 desafios sem derrota. O Alvinegro voltou a perder após 3 jogos.

Sampaio Corrêa 3 x 0 Boa Esporte - Estava 1 x 0 até 34 do segundo, cinco minutos depois já estando 3 x 0 num golaço do Pimentinha por cobertura em sensacional recuperação. O Bolívia Querida é inderrubável no Castelão enquanto mandante: 11 vitórias e 6 empates em 2015. Se contadas duas "visitas" ao Moto Club, são 11 vitórias, 7 empates e 1 derrota. Os Bovetas perderam após 5 rodadas e ganharam 1 das últimas 7.

CRB 0 x 0 Luverdense - O Galo da Pajuçara não se dá bem há 3 partidas e não se dá mal há 3 mandos, embora vencesse somente um dos últimos 4. O Verdão do Norte só obteve um sucesso nas últimas 7 atuações, não conquista vitória visitante há 4 presenças e ganhou apenas uma das últimas 8 visitas.

12 rodadas concluídas na Bêzona e estamos assim: Botafogo, América, Bahia e Náutico com 24; Vitória com 23; Paysandu com 22; Sampaio e Macaé com 21; Bragantino e ABC com 16; CRB, Santa e Criciúma com 15; Oeste com 13; Luverdense e Paraná com 12; Boa com 11; Atlético com 9; e Ceará e Mogi com 7.

A próxima rodada terá: amanhã, Mogi Mirim x Macaé e ABC x Paraná às 19h30; na sexta, Vitória x CRB e Luverdense x Bragantino às 21h50; e no sábado, Botafogo x Náutico, Criciúma x Bahia, Paysandu x Sampaio Corrêa e Santa Cruz x Atlético Goianiense às 16h30 e Boa Esporte x Ceará e Oeste x América Mineiro às 21h.


Os destaques da Série C

A sétima rodada divide um dia inteiro para cada grupo - ou quase isso. O sábado é somente do Grupo A ao ter Confiança (7° com 6) x Fortaleza (1° com 16), Salgueiro (3° com 11) x ASA (2° com 12), Icasa (10° com 0) x Águia (9° com 4), Vila Nova (4° com 10) x Botafogo da Paraíba (5° com 9) e América de Natal (6° com 8) x Cuiabá (8° com 4). Aliás, esta partida antecederá o centenário que os americanos fecharão na próxima terça.

Vamos ao Grupo B quase todo no domingo: Tupi (1° com 14) x Juventude (4° com 10), Guaratinguetá (10° com 3) x Tombense (7° com 5), Brasil (2° com 12) x Madureira (8° com 4) e Portuguesa (5° com 7) x Guarani (6° com 7). O desfecho será na segunda à noite com Caxias (9° com 3) x Londrina (3° com 11).

Especial (atualização de terça, dia 14, às 3:40)

Obs.: texto original para a não concluída edição de segunda-feira e aqui registrado para não ser perdido.

O Grupo A terminou 7 rodadas com a queda do último invicto. Ainda líder com 16 pontos, o Fortaleza caiu para o Confiança, sétimo com 9, num golaço sensacional de Almir Dias de muito longe. Um dos segundos com 13 pontos, o Vila Nova abriu dobra a nada antes dos 10 minutos para derrotar o Botafogo da Paraíba, sexto com 9. Terceiro com 13, o ASA empatou com o Salgueiro, quarto com 12. Os alagoanos estão com 15 vitórias, 15 empates e 1 derrota em jogos oficiais neste ano. Quinto com 11 pontos, o América de Natal bateu o Cuiabá, antepenúltimo com 4. Já o Icasa finalmente pontuou e venceu uma, aleluia! Dobro a nada no Águia, penúltimo com 4. A próxima rodada mostra: Fortaleza x Botafogo, ASA x Icasa, Salgueiro x Vila, Cuiabá x Águia e América x Confiança.

O Grupo B fechará hoje a sétima rodada com Caxias, penúltimo com 3, versus Londrina, terceiro com 11. São líderes com 15 pontos Brasil e Tupi. Os gaúchos ganharam do Madureira, antepenúltimo com 4, e os mineiros empataram em 1 gol com o Juventude, quarto com 11. Em quinto está a Portuguesa, 10 pontos depois que deu de ombros para o Guarani, sétimo com 7. Já o Guaratinguetá, lanterna com 3, perdeu pro Tombense, sexto com 8. Na próxima rodada, teremos Lusa x Caxias, Madura x Guará, Tupi x Londrina, Ju x Tombense e Guarani x Brasil.


Os públicos do meio de semana

Até a manhã deste sábado, nada do borderô de Boa Esporte 0 x 0 Vitória no Dilzon Melo no site da CBF.

50.684 / R$ 1.671.325,00 (R$ 32,97) - Atlético Mineiro 2 x 1 Sport (Brasileiro) - Mineirão, Belo Horizonte (MG)
37.692 (38.647) / R$ 329.025,00 (R$ 8,72) - Ceará 0 x 0 Botafogo (Brasileiro Série B) - Castelão, Fortaleza (CE)
37.530 / R$ 2.405.755,00 (R$ 64,10) - Palmeiras 3 x 0 Avaí (Brasileiro) - Allianz Parque, São Paulo (SP)
32.442 (32.737) / R$ 1.861.072,76 (R$ 57,36) - Corinthians 2 x 0 Atlético Paranaense (Brasileiro) - Arena Corinthians, São Paulo (SP)
15.812 / R$ 1.274.000,00 (R$ 80,57) - Vasco 0 x 4 São Paulo (Brasileiro) - Mané Garrincha, Brasília (DF)
14.339 (16.391) / R$ 589.570,00 (R$ 41,11) - Fluminense 1 x 0 Cruzeiro (Brasileiro) - Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
13.916 / R$ 466.180,00 (R$ 33,49) - Chapecoense 1 x 0 Grêmio (Brasileiro) - Arena Condá, Chapecó (SC)
10.931 (12.496) / R$ 265.397,00 (R$ 24,27) - Internacional 1 x 2 Flamengo (Brasileiro) - Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
8.936 (8.993) / R$ 175.921,50 (R$ 19,68) - Bahia 2 x 0 Paysandu (Brasileiro Série B) - Fonte Nova, Salvador (BA)
8.713 (9.708) / R$ 124.490,00 (R$ 14,28) - Santa Cruz 2 x 1 CRB (Brasileiro Série B) - Arruda, Recife (PE)
7.515 (9.384) / R$ 95.875,00 (R$ 12,75) - Coritiba 0 x 0 Ponte Preta (Brasileiro) - Couto Pereira, Curitiba (PR)
5.135 / R$ 108.650,00 (R$ 21,15) - Sampaio Corrêa 3 x 1 Luverdense (Brasileiro Série B) - Castelão, São Luís (MA)
3.891 (4.143) / R$ 45.230,00 (R$ 11,62) - Figueirense 0 x 2 Joinville (Brasileiro) - Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)
3.773 / R$ 41.110,00 (R$ 10,89) - Criciúma 1 x 0 Bragantino (Brasileiro Série B) - Heriberto Hulse, Criciúma (SC)
2.001 (2.301) / R$ 20.720,00 (R$ 10,35) - Macaé 1 x 1 América Mineiro (Brasileiro Série B) - Moacyrzão, Macaé (RJ)
1.829 (2.355) / R$ 50.925,00 (R$ 27,84) - Goiás 4 x 1 Santos (Brasileiro) - Serra Dourada, Goiânia (GO)
861 (1.214) / R$ 17.380,00 (R$ 20,18) - Atlético Goianiense 1 x 2 ABC (Brasileiro Série B) - Serra Dourada, Goiânia (GO)
740 / R$ 7.520,00 (R$ 10,16) - Oeste 1 x 0 Paraná (Brasileiro Série B) - José Liberatti, Osasco (SP)
262 / R$ 6.950,00 (R$ 26,52) - Mogi Mirim 2 x 1 Náutico (Brasileiro Série B) - Romildo Ferreira, Mogi Mirim (SP)

Os destaques do Brasileiro Sub-20

Encerrada nesta semana a primeira fase de grupos, ficamos assim em termos de classificações: no A, Fluminense e Ponte Preta (eliminados Internacional, São Paulo e Atlético Paranaense); no B, Vitória e Flamengo (eliminados Coritiba, Grêmio e Corinthians); no C, Palmeiras e Cruzeiro (eliminados Goiás, Botafogo e Ceará); e no D, Bahia e Vasco (eliminados Atlético Mineiro, Santos e Sport). A segunda fase começa na próxima semana e conta com dois novos quadrangulares em 6 rodadas: E com Fluminense, Flamengo, Palmeiras e Vasco; e F com Bahia, Vitória, Ponte Preta e Cruzeiro. O primeiro colocado de cada chave vai para a finalíssima do torneio.

O futebol no Pan de Toronto

Fim de semana de início futebolístico nos Jogos Pan-Americanos. As mulheres em campo no sábado à noite em estreia diante da Costa Rica, depois pegando o Equador na próxima e o Canadá no domingo do fim de semana que vem. Os homens estrearão no domingo à noite diante dos canadenses, a seguir vindo o Peru na próxima quinta e o Panamá na segunda-feira seguinte. Em Guadalajara 2011, a seleção feminina do Brasil ficou em segundo lugar ao perder nos pênaltis para as anfitriãs deste 2015, enquanto a seleção masculina saiu ainda na primeira fase.

Especial (atualização de terça, dia 14, às 3:40)

Obs.: texto original para a não concluída edição de segunda-feira e aqui registrado para não ser perdido.

Enquanto as mulheres começaram com 3 x 0 na Costa Rica e jogarão nesta quarta contra o Equador, os homens fizeram 4 x 1 no Canadá e retornarão à relva na quinta-feira para encararem o Peru.


Curtinhas

*Na Universíade realizada na Coreia do Sul, futebol masculino do Brasil decidindo o terceiro lugar contra o Japão após perder por 2 x 0 a semifinal para os anfitriões, que vão encarar a Itália, vencedora nos pênaltis.

*O Ministério Público do RJ recomendou e a CBF decidiu que Fluminense x Vasco, no domingo do fim de semana que vem, terá as duas torcidas. Ou só a tricolor e não a vascaína, se depender do Eurico Miranda...

*Ex-Palmeiras, Tobio é o novo zagueiro do Boca Juniors. Terá melhor sorte nos xeneizes?

*Carlos Amarilla liberado para voltar a apitar no Paraguai. Não chega propriamente a surpreender.

*Renovado até 2020 o contrato do Marcelo com o Real Madrid, no qual está desde 2007, egresso do Fluminense.

*Sexta dos 30 anos do "Super" Mario Gómez, que venceu um Alemão pelo Stuttgart e sete títulos pelo Bayern de Munique (uma Liga dos Campeões, dois Alemães, duas Copas da Alemanha e duas Supercopas da Alemanha).

*Bayern, que depois de 17 anos não tem mais o meia Schweinsteiger, agora reforço do Manchester United.

*Jeffrey Webb topando ser extraditado aos EUA. Primeiro dos sete dirigentes presos na Suíça nesta condição.

*Já a audiência do José Maria Marin com a justiça suíça será na próxima terça, afirma a Folha de S.Paulo.

*Futsal: divulgada a tabela do Intercontinental de 31 de agosto a 5 de setembro, com o Atlântico de Erechim como anfitrião. 5 times, 5 rodadas e mais decisões de terceiro lugar e finalíssima, seis dias de jogos. Ao calendário dos gaúchos: dia 31, versus Kairat Almaty do Cazaquistão (atual campeão mundial); dia 1°, versus Misr Lelmakkasa do Egito; dia 2, versus Futsal Club Toronto do Canadá; e dia 3, versus Al Dhara dos Emirados Árabes.

*Futebol americano: depois de levar 31 x 6 da França na sua estreia em Mundiais, o Brasil volta a campo neste domingo para enfrentar a Coreia do Sul e lutar para, no mínimo, seguir vivo pelo quinto lugar.

*Universíade: Henrique Martins ganhou prata nos 50 metros livre da natação em Gwangju ao marcar 22s24, por somente dois décimos perdendo o ouro para o bielorrusso Yauhen Tsurkin.

*Basquete: enquanto a NBA tem LeBron James renovado com o Cleveland Cavaliers e Raulzinho trocando o Murcia da Espanha por 3 anos de Utah Jazz, aqui no Brasil o Flamengo renovou até junho de 2016 com Marcelinho.

*Fórmula 1: Justiça de Mar del Plata determinando a exumação do corpo do Juan Manuel Fangio, que morreu há quase 20 anos. Um moço afirma ser um filho não reconhecido do pentacampeão. #DNARatinhoFeelings

*Marcado para 1° de novembro e pela vez primeira realizado em 23 anos, o Grande Prêmio do México teve confirmado como embaixador oficial Emerson Fittipaldi, que será o porta-voz da disputa.

*Calendário provisório da F-1 para 2016 com 21 GPs, incluindo um inédito no Azerbaijão e a volta da Alemanha.

*Domingo com Fórmula Indy no fim da tarde em Milwaukee, mais uma etapa para Juan Pablo Montoya (407 pontos) poder consolidar sua liderança e não ser mais ameaçado por Will Power (361) e Scott Dixon (358).

*Vôlei: depois da vitória por 3 x 0 sobre a Bélgica (25/17, 25/16 e 25/14) e dos 3 x 1 na Tailândia (25/23, 20/25, 25/14 e 25/19), rodada tripla do Grand Prix para o Brasil fechada neste domingo contra a Alemanha.

*Para o na próxima semana iniciado torneio de vôlei feminino do Pan-Americano, José Roberto Guimarães chamou as centrais Adenízia, Angélica e Bárbara, as opostos Joyce e Rosamaria, as levantadoras Ana Tiemi e Mácris, as ponteiras Fernanda Garay, Jaqueline, Mari Paraíba e Michelle, além da líbero Camila Brait.

*Na próxima semana teremos as finais da Liga Mundial no Rio de Janeiro. Calendário do Brasil: terça-feira, França ou Bulgária (o deles que vencer a segunda divisão neste sábado); quarta, EUA; e quinta, folga pelos dois rivais de triangular se enfrentarem. Semifinais no sábado e finalíssima no domingo.

*Por sua vez, time B que jogará o vôlei em Toronto fechando a preparação neste sábado em amistoso contra a Argentina, em João Pessoa. Nos dois já realizados, uma vitória e uma derrota.

*Tênis: depois de pela 17ª vez em 20 jogos derrotar Maria Sharapova em fácil 2 x 0 (6/2 e 6/4), Serena Williams conquistou Wimbledon pela sexta vez ao marcar 2 x 0 (duplo 6/4) na azarona Garbiñe Muguruza. São 21 títulos de Grand Slam obtidos por Serenão, que fica a apenas um da já aposentada Steffi Graf. E vai alcançá-la.

*No domingo, a final masculina contará com Novak Djokovic, que bateu Richard Gasquet por 3 x 0 (7/6, 6/4 e 6/4), versus Roger Federer, que derrotou Andy Murray por 3 x 0 (7/5, 7/5 e 6/4). Sempre um clássico.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Sábado de retorno no FM da região metropolitana de Porto Alegre: o do programa semanal "Rock and Blues", com apresentação de Cagê Lisboa, conhecido de irradições anteriores por Pop Rock, Itapema e Ipanema, agora com aduções pela União FM de Novo Hamburgo e Pelotas aos sábados, das 21h às 23h. É o segundo programa do KG na emissora, o outro sendo o "Happy Hour" nos fins de tyarde de segunda a sexta.

*Leio no Coletiva que será em 20 de setembro que a Farroupilha AM 680 passará a transmitir também em FM 92,1, substituindo a Rádio Cidade, que seguirá sua programação atual até o fim deste mês, a partir disso tendo uma espécie de transição, com atrações basicamente musicais. Reina a grande expectativa sobre quem continuará e sairá nesta mescla de duas emissoras em uma. Se sabe que Marcelo Santos (Luana Soft) prosseguirá, mas já deixaram a RBS comunicadores como Mauri Grando, Arlindo Sassi e Adriano Moraes.

*Mais rádio de Porto Alegre: Ieda Risco não é mais apresentadora da Guaíba, da qual saiu nesta sexta-feira. Foram 6 anos dela na emissora, onde fazia atualmente o "Redação Guaíba" das 22h30 e na qual apresentou também o extinto matinal "Guaíba Cidades", em dupla com Felipe Vieira, e o vespertino "Jornal da Guaíba". Por enquanto, Ieda continuará com o quadro "Conexão POA" na Rede Sul de Rádios, que abrange prefixos do interior.

*Não, a TV Bandeirantes do RS não terminou o "Brasil Urgente" regional, contrariando o noticiado nesta semana pelo José Luiz Prévidi. Seu apresentador desde a estreia em setembro de 2011, isso sim, saiu da emissora. O interessante até num sentido chato, negativamente falando, é que Paulo Bogado chegou a chamar na quinta-feira os destaques do programa dentro de "Os Donos da Bola", como sempre fazia diariamente e como assistem aqui, mas não o apresentou, não podendo se despedir do público no ar. Quem apresentou o jornal policial foi Ribeiro Neto, que desde março passou a ser seu substituto em períodos de folga desde a saída do co-apresentador Cláudio Andrade e o que notarão aqui. O comentarista esportivo foi oficializado novo titular do "Brasil Urgente" gaúcho e o diretor jornalístico Renato Martins disse ao Coletiva que o produto não tem encerramento cogitado por ser muito bom, com audiência crescente e comercialização satisfatória. A cuidar o que será profissionalmente do Bogado, que também apresentava na TV e na Rádio Bandeirantes o automobilístico "Band Motores".

*Leio no Coletiva outra mudança feita pela Band/RS, esta decorrente da saída do Fernando Albrecht da Rádio Bandeirantes após 13 anos: em seu lugar, o novo participante do "Jornal da Bandeirantes Gente" a partir desta segunda-feira será Sérgio Stock, apresentador do "Band Cidade" na TV e que formará o quarteto central com Affonso Ritter, André Machado e Oziris Marins, este em período de férias até o fim da próxima semana e que é substituído na ancoragem pelo André no "Gente" e por Thadeu Malta no noticioso "Gente 3.0".

*Madrugada de sexta para sábado tanto do último "Jornal do SBT" ao vivo, já que também o exibido logo após o "The Noite com Danilo Gentili" será gravado até pouco antes da meia-noite a partir desta segunda-feira, e também do último "Jornal da Globo" antes do retorno na próxima segunda para terça da Christiane Pelajo, que está fora do ar há mais de 2 meses devido a um acidente com cavalo na Bahia, no qual machucou o rosto.

*Ainda jornalismo da Globo: enquanto Fernando Oliveira publicou que Maria Júlia Coutinho será testada em breve como apresentadora de edições de sábado inicialmente do "SPTV" e depois do "Jornal Hoje", mais uma vez teve autorretrato ao vivo em noticiário global, repetida a dose por Chico Pinheiro no "Bom Dia Brasil" depois de um com Ana Paula Araújo, este novo feito na sexta-feira com Giuliana Morrone e Renato Machado, este no telão.

*Leio no Comunique-se que teve mudança na direção de jornalismo da RPC (Globo Paraná): saiu Wilson Serra, que no cargo ficou por 15 anos e que passa a dar consultoria ao Conselho Editorial do GRPcom, e entrou Luciana Marangoni, conterrânea gaúcha que estava na chefia de redação em Curitiba e que trabalha na emissora desde 1999. Uma transição já acontecia desde março, com ela acompanhando o trabalho de gestão dele.

*Completou 50 anos nesta sexta-feira Fernando Rêgo Barros, desde este ano repórter da Globo Brasília no lugar da Cristina Serra, que foi para o "Fantástico". Por muitos anos atuante na Globo Nordeste em Pernambuco, foi apresentador do "NETV", tanto das 12h entre 2000 e 2001 quanto das 19h de 2001 a 2003.

*Mudança na Record: Jesus Mosquéra saiu de Brasília para ser repórter do "Balanço Geral" em São Paulo.

*Exibido nesta sexta-feira o último "Programa da Tarde" ao vivo. A Record voltará a exibi-lo no dia 20, mas em edições gravadas durante a semana derradeira dos Jogos Pan-Americanos. Foi a segunda exibição da atração, originalmente mostrada de 2006 a 2009 com Maria Cândida e que foi retomada em setembro de 2012, desta vez com Britto Jr. e Ana Hickmann, depois se juntando Ticiane Pinheiro, neste ano ficando Britto e Ticiane em dupla com o regresso da Ana ao "Hoje em Dia" - que, aliás, será o novo destino da Ticiane e do quadro "Patrulha do Consumidor" do Celso Russomanno. Quanto ao Britto, há uma indecisão pois os colunistas especializados dizem não ser certa sua permanência na "Fazenda". Neste sábado, Fernando Oliveira afirma que Hilton Júnior será o apresentador do novo programa agropecuário "Record Rural", a estrear em breve aos domingos. Será?

*Algumas divergências informativas dos colunistas especializados confesso que me bagunçam enormemente pois quero dar crédito a todos, mas quando uns vão no sentido Bairro/Centro e outros no Centro/Bairro, fico sem saber o que fazer. Exemplo: Flávio Ricco publicou na tarde de sexta-feira que negociações entre Record e Márcio Garcia não deram certo e foram encerradas, segundo a assessoria de imprensa da emissora; já Fernando Oliveira traz em sua coluna de sábado que Márcio fechou um acordo verbal com a Record, dependendo de aprovação do departamento jurídico a assinatura de contrato para apresentar a "Fazenda" e ser diretor. E agora?

*Observação do "guru" Ricco a algo que admito que perdi durante esta semana: uma alteração nas manhãs da Bandeirantes, que faz o "Café com Jornal" agora terminar às 9h10 e o "Dia Dia" ser mais cedo e menor, pois das 10h às 11h voltou ao ar o seriado "iCarly" com dois episódios. Mexeram no Daniel Bork, incrível!!!

*Márvio Lúcio não estava para risada alguma nesta sexta-feira. O Carioca do "Pânico" estava inconformado com o reflexo da falta de segurança em São Paulo, sentido pelo próprio por se dirigir à Band em um carro blindado para gravações do programa quando, ao parar numa sinaleira, foi abordado por três criminosos armados, um deles até mesmo com um fuzil. Para não sofrer algo pior, teve que dar ré e fugir na contramão. Tanto em entrevista ao "Jornal da Band" quanto no "Jovem Pan Morning Show", Carioca se disse em estado de choque com a violência que testemunhou e chegou a afirmar ter vontade de ir embora da capital paulista e se dizendo a favor da polícia, que acha muito injustiçada e que tem que trabalhar para não deixar bandidos com fuzis tomarem conta das ruas.

*Domingo de atrizes aniversariando: 40 anos de Carolina Kasting, que estará no ar a partir de segunda-feira em "Além do Tempo", nova das 6 na Globo, sua única emissora em novelas e outras produções (com a exceção da inacabada e traumática "Brida" na Manchete); e 65 anos de Cláudia Alencar, vista por último em "Felizes Para Sempre?" e que tem serviços para Globo, Record, Manchete, SBT, Band e Tupi em quatro décadas.

*Sábado dos 45 anos de Netinho de Paula, vocalista do Negritude Júnior de 1986 a 2001 e depois cantor solo. Na televisão, apresentou o "Samba, Pagode & Cia." na Globo, o "Domingo da Gente" na Record, o "Show da Gente" no SBT e o "Programa da Gente" na RedeTV!. É vereador de Sampa City há seis anos e meio.

*Completou 35 anos nesta sexta-feira Jessica Simpson, cantora country pop e atriz. No filme "Os Gatões", de 2005, foi ela que interpretou Daisy Duke, no seriado original feita pela pernudaça Catherine Bach.

*Bruce McGill completa 65 anos no sábado. Quem assistiu "Profissão: Perigo" lembrará dele como Jack Dalton de 1986 a 1992. Quem vê "Rizzoli & Isles" o vê sendo o detetive Vince Korsak desde 2010.

*95 anos do nascimento de Yul Brynner neste sábado. Falecido em 1985, ganhou o Oscar de ator por "O Rei e Eu" e também esteve em obras como "Os Irmãos Karamazov" e "Sete Homens e um Destino".

*Tristeza: morreu de ataque cardíaco aos 83 anos o egípcio Omar Sharif, ator famoso na década de 60 por filmes como "Lawrence da Arábia", "Doutor Jivago" e "Funny Girl" e sua continuação "Funny Lady", além de atuar nos anos 80 em "O Cachorro Divino" e "Top Secret! Super Confidencial". Dentro daquele expediente de homenagem póstuma quando um grande nome falece, a Globo mudou sua programação de sábado para domingo e exibirá "Lawrence da Arábia" no "Corujão", às 2h35. Um detalhe: será a segunda reprise póstuma deste clássico de David Lean pela Plim-Plim. A primeira aconteceu em dezembro de 2013 devido à partida de Peter O'Toole.

*Assim sendo, quem esticar desperto a madrugada de sábado para domingo, gostar de filmes antigos e só tiver a TV aberta ganhou (pena que por um motivo triste) uma segunda opção, programado que já estava pela Band para o "Cinema na Madrugada" das 2h55 o clássico "Satyricon de Fellini", com som original e legendas.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Ingrid Oliveira

Ingrid Oliveira, saltadora ornamental que disputa os Jogos Pan-Americanos. Ela errou o salto nesta sexta, mas conseguiu mesmo assim passagem para a final da plataforma individual de 10 metros no sábado. Depois de Toronto, vista será também no Mundial de Kazan.

Clipe do Dia I

Fez 35 anos na sexta-feira Cláudia Leitte, "baiana de São Gonçalo" (fluminense, mesmo, é só na certidão de nascimento). Rainha de bateria da Mocidade neste ano, jurada do "The Voice Brasil" na Globo e co-intérprete do tema oficial da Copa do Mundo de 2014 ao lado de Jennifer Lopez e Pitbull, vem aqui ao tópico com "Bola de Sabão", do Babado Novo, banda da qual foi vocalista de 2001 até 2008, quando seguiu carreira solo.

Clipe do Dia II

Aqui está André Rieu com "O Fortuna", movimento inigualável da cantata "Carmina Burana", composta em 1936 pelo alemão Carl Orff, falecido em 1982 e cujos 120 anos de nascimento foram fechados nesta sexta.

Clipe do Dia III

Sábado dos 65 anos de Bonnie Pointer, que foi uma das Pointer Sisters até 1977, quando seguiu sozinha seu caminho. Seu melhor momento curtirão aqui: a discotecada "Heaven Must Have Sent You".

Clipe do Dia IV

Baterista do Kiss a partir de 1981, Eric Carr faria 65 anos neste domingo se não tivesse morrido em 1991. Separei aqui "Black Diamond", tema da banda com seu vocal principal em apresentação ao vivo em 1990.

Arremate

Aloísio Chulapa não pendurou as chuteiras. Jogará a terceira divisão do Paraná pelo Grêmio Maringá.

"24 Horas" volta antes que o ex-são-paulino faça seu primeiro gol pelo novo clube!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia") e editor do blog "Papo Final" no Final Sports.

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com
BLOG NO FINAL: papofinal.final.com.br


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.