.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quarta, 29 de outubro de 2014 - ANO 12, EDIÇÃO 49
Qual clássico decidirá a Copa do Brasil?

Pergunta cuja primeira parte da resposta chegará esta noite, quando tivermos quatro dos maiores clubes do país em confronto. De um lado, teremos o "revival" da final do Campeonato Brasileiro de 1980, ano que teve o primeiro título nacional do Flamengo de Zico e Nunes contra o Atlético Mineiro de Reinaldo. Do outro lado, o "revival" é da decisão da Taça Brasil de 1966, naquela temporada o Cruzeiro de Tostão e Dirceu Lopes fazendo barba, cabelo e bigode no Santos de Pelé. A dupla de Minas Gerais é flagrantemente superior até pelo que temos assistido no Campeonato Brasileiro, mas não significa isso que a sorte esteja decidida, muito ao contrário.

O Mengão vem de uma passagem tranquila contra o América de Natal, ganhando as duas, enquanto o Galo teve aquela inesquecivelmente extraordinária classificação diante do Corinthians. Os alvinegros tentarão ganhar pela vez primeira no reinaugurado Maracanã "versão Copa 2014", onde já atuaram cinco vezes e nada até agora. Além disso, os cariocas não perdem este confronto como mandantes há 6 partidas, a última queda sendo em 2008. Se for para apontar um time melhor, nem só pela posição no Brasileirão e sim pelo próprio futebol que tem mostrado, o Atlético é superior. O jogo para o Flamengo ganhar é esse do Maracanã, para depois se virar no Mineirão.

No outro pega, o desafio do Santos é danado. O Cruzeiro anda balançando nas últimas semanas, é verdade, mas é um time melhor e, agora que o bicho apertará com a hora da verdade nas competições que disputa, acho que a fase de baixos dará lugar à de altos. Este duelo tem um dado desfavorável para os paulistas: são 5 partidas sem bater os mineiros em Magalhães Pinto (2 perdidas e 3 empatadas), o último êxito acontecendo em 2007. Quando ganhou de lá para cá, o Peixe não foi ao Mineirão e sim a outros palcos, como o Independência. Este ano, eles se encontraram no palco mundialista pelo turno da Série A e a Raposa tocou um sonoro e inconteste 3 x 0.

Enquanto Flamengo e Cruzeiro são "cobras criadas" na Copa do Brasil, Atlético Mineiro e Santos têm poucas chegadas na hora H, embora o alvinegro paulista fosse bem mais sucedido que o alvinegro mineiro. Saca só:

Semifinais do Flamengo (6 vencidas e 4 perdidas)
1989: Grêmio (2 x 2 na ida no RJ e 1 x 6 na volta no RS)
1990: Náutico (3 x 0 na ida em MG e 2 x 2 na volta em PE)
1993: Grêmio (4 x 3 na ida no RJ e 0 x 1 na volta no RS)
1995: Grêmio (2 x 1 na ida no RJ e 0 x 1 na volta no RS)
1996: Cruzeiro (1 x 1 na ida no RJ e 0 x 0 na volta em MG)
1997: Palmeiras (2 x 0 na ida no RJ e 1 x 0 na volta em SP)
2003: Sport (1 x 0 na ida em PE e 0 x 0 na volta no RJ)
2004: Vitória (1 x 0 na ida na BA e 2 x 0 na volta no RJ)
2006: Ipatinga (1 x 1 na ida em MG e 2 x 1 na volta no RJ)
2013: Goiás (2 x 1 na ida em GO e 2 x 1 na volta no RJ)

Semifinais do Atlético Mineiro (2 perdidas)
2000: São Paulo (0 x 3 na ida em SP e 3 x 3 na volta em MG)
2002: Brasiliense (0 x 3 na ida em MG e 1 x 2 na volta no DF)

Semifinais do Cruzeiro (5 vencidas e 1 perdida)
1993: Vasco (3 x 1 na ida em MG e 1 x 1 na volta no RJ)
1996: Flamengo (1 x 1 na ida no RJ e 0 x 0 na volta em MG)
1998: Vasco (2 x 0 na ida em MG e 0 x 0 na volta no RJ)
2000: Santos (2 x 0 na ida em MG e 2 x 2 na volta em SP)
2003: Goiás (3 x 2 na ida em GO e 2 x 1 na volta em MG)
2005: Paulista (1 x 3 na ida em SP e 3 x 2 na volta em MG)

Semifinais do Santos (1 vencida e 1 perdida)
2000: Cruzeiro (0 x 2 na ida em MG e 2 x 2 na volta em SP)
2010: Grêmio (3 x 4 na ida no RS e 3 x 1 na volta em SP)

JEC quase subindo, Lusa totalmente descida

Foi o principal da noite que fechou a 31ª rodada e abriu a 33ª da Série B. Ao mesmo tempo que certo estou de receber o pessoal joinvillense duas vezes aqui em Porto Alegre no ano que vem, lamentável é o rebaixamento rubro-verde com tanta antecipação, embora nada surpreendente diante das consequências não apenas do visto no fim do ano passado no STJD e sim também da frouxidão de sua calamitosamente esdrúxula direção.

Joinville 1 x 0 Bragantino - Um gol antes dos 5 minutos foi mais que suficiente para a festa tricolor em noite que não teve brilho do time, mas sim da torcida nas arquibancadas da Arena fundamental para o sucesso da equipe. São 10 jogos sem derrota em casa e um ótimo retrospecto de 17 vitórias, 8 empates e 1 derrota como mandante em todo este 2014. No geral, são 6 rodadas de invencibilidade e vitórias nas 5 últimas. Com 63 pontos ganhos e 15 por disputar, o JEC torce por derrota do Santa Cruz e no máximo empates de Ceará e Atlético Goianiense para seguir 12 pontos acima do 5° lugar, o que tornará apenas questão de minutos seu acesso à primeira divisão. O Massa Bruta perdeu 5 das últimas 7 rodadas (ganhou as outras) e não vence longe de seu reduto há 6 pelejas, 5 delas derrotadas (inclusive as 4 últimas). Parados em 39 pontos, os paulistas ficarão a apenas 1 do temido grupo do descenso se o Icasa ganhar no fim de semana. Perder demais já não é bom. Numa hora dessas, então...

Luverdense 3 x 1 Avaí - Trinca mandante, desconto visitante e ficamos assim. O Verdão do Norte não ganhava 2 seguidas desde agosto (Portuguesa e o próprio Avaí em Florianópolis), mas está pra lá de intermediaríssimo, de 6 a 8 pontos do G4 e de 11 a 8 da zona de risco. Ficou uma esquadra sem função no torneio a não ser aquela de "fiel da balança". Perigosa tá a vida do Avaí, que desaprendeu a se dar bem. 6 derrotas nas últimas 7 rodadas e somente 2 vitórias nas 10 últimas, com 6 visitas de seca e as 4 últimas perdidas. Os catarinenses só não sairão do G4 se Santa Cruz e Ceará no máximo empatarem e o Atlético Goianiense ganhar só por um gol de diferença.

Santa Cruz 5 x 1 Vila Nova - Atrasado da terça-feira da semana passada, resultou num atropelamento com "AT" maiúsculo. O Tricolor não é derrotado há 7 rodadas e venceu 5 delas (perceba: 5 vitórias em 7 jogos, contra 8 nos 25 anteriores). Se ganhar no sábado, entrará na turma do acesso. Já o Tigre é obrigado a vencer o clássico se quiser ficar a 9 pontos da 16ª posição, mas a grande realidade é que não fugirá do rebaixamento, não.

Oeste 3 x 0 Portuguesa - Peleja ruim demais. O Rubrão é fraco pra dedéu, mas a Lusa "não existe" e isso basta para explicar o escore. Quebrada uma série de 5 rodadas sem vitória dos interioranos, que tem nos Amaros seu principal apoio: 7 vitórias das 9 totais e 6 empates dos 11 gerais. O que quebra mesmo é sair do seu estádio, 10 vezes perdendo assim de 13 agregadas. Para não entrar no bocão da degola, o Oeste precisa que o Icasa apenas empate no sábado. Rebaixada pela primeira vez para a Série C por ter 17 pontos de distância e apenas 15 para disputar, a Lusa completou 14 jogos sem êxito, 10 deles perdidos, e tem campanha péssima como visitante, com 1 vitória, 6 empates e 10 derrotas. Resta à rubro-verde ser "fiel da balança" em 3 dos últimos compromissos: para baixo recebendo o ABC e no grupo de cima visitando Avaí e Ceará. A próxima jornada é recebendo o intermediário Luverdense e a despedida na última rodada será em casa contra o... Vila Nova. Se der 40 pagantes, é lucraço.

A rodada cheia desta semana prossegue depois de amanhã com Atlético Goianiense x Vila Nova e Paraná x Vasco, fechando no sábado com Ponte Preta x Sampaio Corrêa, Santa Cruz x América de Natal, Icasa x Náutico, ABC x América Mineiro e Boa Esporte x Ceará. Essa série de inacreditáveis papagaiadas do Avaí deixam Santa, Ceará, Atlético, América Mineiro, Boa e Sampaio animados e mais determinados para buscarem a vitória.

Curtinhas

*3 e meia da madrugada de terça para quarta e o site da CBF ainda não disponibilizava os borderôs de Brasil 3 x 1 Londrina no Bento Freitas e Tombense 1 x 0 Confiança no Almeidão. Apertem os cofres! A renda sumiu... (rs)

*Mais vitórias oficiais pelo mesmo clube (590, uma acima do Ryan Giggs no Manchester United), mais jogos pela mesma equipe, mais capitanias pelo mesmo time e goleiro com mais gols. O que é que Rogério Ceni merecerá do São Paulo para ser eternizado quando pendurar as luvas e as chuteiras? Estátua dourada já parece pouco.

*São Paulo, que vai a Cuiabá no dia 23 do mês que vem, lá optando o Santos por mandar o clássico entre eles.

*Toninho Cecílio é o novo técnico do Criciúma, o quinto só neste ano. Agora vai!!! Pra onde é que não sei...

*Mantida para 2015 a fórmula do Mineiro: 12 times em turno único, semifinal e final em ida e volta. 15 partidas.

*Definido o Potiguar do ano que vem, com América e Potiguar de Mossoró participando das duas fases mesmo em simultâneo à Copa do Nordeste, pontos corridos em dois turnos em ida e volta. O primeiro terá 10 equipes e o segundo contará com 8 pois as duas últimas do primeiro jogarão duas vezes para definir o rebaixamento.

*Denunciados pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul quatro torcedores do Grêmio pelas injúrias raciais contra Aranha, do Santos: Patrícia Moreira, Éder Braga, Rodrigo Rychter e Fernando Ascal.

*Futebol feminino: além do atual campeão sul-americano São José e do campeão brasileiro Centro Olímpico, o terceiro representante do país na Libertadores Feminina do mês que vem será o Vitória de Santo Antão, que perdeu a Copa do Brasil para a Águia do Vale do Paraíba, região sede do torneio da Conmebol com 12 times.

*Joseph Blatter dizendo ter sido errado Messi ganhar como melhor jogador da Copa do Mundo. Claro que sim. Quem manda eleger o principal atleta antes da finalíssima? Não aprenderam com Kahn em 2002? Deveriam ver um sistema que permitisse a eleição do melhor da competição no espaço do último apito até a premiação dos vencedores, mesmo que apenas 10 minutos ou menos fossem disponibilizados para tanto. Mais justo seria.

*FIFA dando de ombros para o risco do ebola e assegurando o Mundial de Clubes no Marrocos. Ai, ai, ai...

*UEFA aliviando pro CSKA Moscou pela confusão da sua torcida com a da Roma na Liga dos Campeões e determinando não mais 3 e sim 2 mandos de campo com portões fechados, o que reduz a pena para só mais um pelo outro já ter sido cumprido. Nem de longe é o STJD brasileiro, mas que o "homenageou" bem, isso o fez.

*Neymar único brasileiro nos 23 indicados para a Bola de Ouro em 2014. Nem poderia ser diferente. Tirando ele, qual do nosso país tá com a bola cheia na Europa, que é o único parâmetro para a escolha do prêmio da FIFA? Mais ninguém. Mesmo sem ir bem no Mundial de Seleções, acho que este ano é do Cristiano Ronaldo.

*Antes desta chamada para os amistosos contra Croácia e Portugal no mês que vem, Tevez defendeu pela vez última a Argentina em julho de 2011, na eliminação nos pênaltis para o Uruguai na Copa América.

*Basquete: dos quatro brasileiros na fase semifinal da Liga Sul-Americana Masculina, três estão na mesma chave. Bauru, Mogi das Cruzes e Brasília integram o Grupo F com o equatoriano Comunikt, enquanto o Limeira ficou no Grupo E com o uruguaio Malvin, Boca Juniors e Argentino de Junín. O quadrangular final reunirá os dois melhores de cada grupo, o E de 4 a 6 de novembro em Buenos Aires e o F de 11 a 13 em Mogi das Cruzes.

*Flamengo campeão carioca masculino de basquete com 98 x 85 no Macaé. Além destes dois, só a Liga Super Basketball jogou. Depois de amanhã, o campeão intercontinental estreará no NBB visitando o Paulistano.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Das quatro entrevistas concedidas pela reeleita presida Dilma Rousseff nas duas noites anteriores, três foram ao vivo (só a do SBT, com Kennedy Alencar, foi gravada) e três foram "in loco" (apenas a Globo fez uma entrevista "off-tube" com William Bonner e Patrícia Poeta no estúdio do "Jornal Nacional"). As da Record, com Adriana Araújo, e da Bandeirantes, com Ricardo Boechat, foram tanto ao vivo quanto de corpo presente.

*Record: leio no Flávio Ricco que será na próxima segunda-feira a estreia da Fabíola Gadelha no comando do "Balanço Geral SP: Manhã", que nesta semana é feito pelo artilheiro palmeirense Reinaldo Gottino em turno duplo com o das 12h. Âncora do matutino por 4 meses, Rodrigo Pagliani já retornou para o "BG" de Ribeirão Preto.

*Record com novidade no Paraná: a RIC TV contratou Mira Graçano, que desde o ano passado é da E-Paraná - e que, a julgar por suas postagens no Facebook anunciando a novidade, ficará nas duas emissoras, é o que acho ter entendido. Sua estreia será no dia 10 com "Vida Leve", um novo programa em rede estadual das 6 e meia às 7 e meia que focará em variedades, comportamento e qualidade de vida. Esta faixa ainda não tem grade regional na afiliada paranaense da Record, que atualmente abre a programação própria com o bom e velho "Pica-Pau".

*RIC (Record), que agora reúne três rostos famosos da RPC (Globo) de tempos idos, já que Mira apresentou por muitos anos o "Bom Dia Paraná" e o "ParanáTV" do meio-dia. Ela reencontrará Herivelto Oliveira, hoje no "Paraná no Ar" - que entrará logo depois do novo "Vida Leve" - e que também comandou o "ParanáTV" por muitos anos, e Alessandra Cônsoli, também ex-"Bom Dia Paraná" e atualmente âncora do noturno "RIC Notícias".

*Passada a eleição e a consequente lei eleitoral, a Globo retomou nesta madrugada as "Meninas do Jô" Soares reunindo Cristina Serra, Lucia Hippolito, Cristiana Lôbo, Lillian Witte Fibe e Ana Maria Tahan falando de política.

*Mal passou um mês após ser mãe e Flávia Noronha já voltou à RedeTV! para retomar a apresentação do "TV Fama". Afirma Fernando Oliveira que comenta-se na produção do "jornal de fofocas de celebridandos" que voltou a titular com tão pouco tempo assim por receio de perda definitiva de posição para Íris Stefanelli. Será?

*Sabe o "Caso Encerrado Proibido", que substituiu o "Arena SBT" logo após a Copa do Mundo nas viradas de sábado para domingo? Dará lugar ao "Casos de Família" já a partir do próximo fim de semana, mas sem deixar as tardes de segunda a sexta, leio no NaTelinha. Christina Rocha virou a salvação do Patrão para tentar tirar o segundão do Marcos Mion com os "Legendários" na Record. Se ela não conseguir, mais ninguém conseguirá.

*Leio na Keila Jimenez que a Globo chegou a negociar a exibição de um dos shows do Paul McCartney aqui no Brasil, mas não a conseguiu pelo custo alto demais e por faltarem patrocinadores interessados. Gozado isso, né? Quando a coisa é ótima como essa, o patrocínio some. Se fosse uma porcaria mequetrefe, teria aos montes!

*A saideira triste: sabem quem morreu aos 66 anos na sexta-feira da semana passada? Marcia Strassman, que fez a esposa do Rick Moranis em "Querida, Encolhi as Crianças" e na continuação "Querida! Estiquei o Bebê" (e que não repetiu a personagem na segunda continuação "Querida, Encolhi a Gente", onde foi substituída por Eve Gordon). Sabem qual doença ela combatia havia 6 anos? Câncer de mama, justamente o câncer de mama cuja prevenção tem sido tão lembrada nesta época do ano há alguns anos com a iniciativa do Outubro Rosa, que é lembrada especialmente neste mês, mas que não deve ficar apenas nela pelo alerta valer o tempo todo, valendo de 1° de novembro até 30 de setembro da mesmíssima maneira para que damas sejam salvas desta doença.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Bárbara Carvalho

Bárbara Carvalho, repórter da Globo News no Rio de Janeiro e que cobriu a eleição de domingo em Minas Gerais. Lindindinha muito graciosa e jovenzinha.

Ajude o PB

É o banner que está à esquerda desta página. Forçado fui a adotar por tempo indeterminado o sistema chamado de "crowdfunding" (financiamento coletivo). Clicando aqui, entenderão o que me levou a algo que relutei em fazer.

Convivas

As mensagens aqui publicadas são remetidas pelos leitores deste PB ao e-mail papodebola@gmail.com.

Atenção: a seção está suspensa temporariamente até que eu consiga resolver alguns poréns particulares. Por enquanto, continuem sem mandar e-mails com comentários, pitacos e opiniões pois aqui não serão publicados. Dicas e avisos informativos são bem-vindos. Espero resolver isso em breve e aqui avisarei assim que o fizer, permitindo que os amigos do Brasil voltem a participar com suas considerações sobre o que aqui destaco.

Clipe do Dia

Jornalista, compositor, escritor e muito mais. 70 anos de Nelson Motta celebrados nesta quarta-feira. Das suas composições e versões em português de temas estrangeiros, separei cinco momentos para o tópico: de 1977, "Perigosa" com As Frenéticas ("...eu sei que sou bonita e gostosa..."); de 1983, "Como uma Onda" com Lulu Santos; de 1986, "Coisas do Brasil" com Guilherme Arantes (o vídeo é de 1992 em apresentação ao vivo); de 1989, "Bem Que Se Quis" com Marisa Monte; e de 1994, "Quando Chove" com Patrícia Marx. As duas últimas canções são versões de Nelson em português para temas originais do italiano Pino Daniele.

Antes do Arremate...

...acho que estressarei alguns leitores com este referencial (rs), mas é verídico e inevitável: o que tem a ver os 70 anos de Nelson Motta com "Chaves"? O episódio "A Perna Quebrada", naquela cena da Dona Clotilde tropeçando no Quico e se esborrachando no chão, onde a dublagem brasileira a colocou cantando "Perigosa". Fechemos.

Arremate

Será batido hoje o martelo: Palmeiras x Atlético Mineiro, dia 8, será ou não no Allianz Parque?

"24 Horas" volta depois que soubermos qual será a real da parada! Assim esperamos.

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.