.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quinta, 21 de agosto de 2014 - ANO 12, EDIÇÃO 7
Sem mudança na ponta do Brasileirão

Quando enfrentar o Grêmio no Mineirão esta noite, o Cruzeiro saberá que, dê o que der, não perderá a liderança nesta rodada pois o único que poderia tirá-la, que era o Internacional, perdeu para o São Paulo no Beira-Rio. Só o que poderá acontecer é dele ter outro time no seu retrovisor. O Corinthians duela com o Goiás na Arena e precisa vencer e torcer por derrota cruzeirense. A bola rolará em Sampa City uma hora antes de Belo Horizonte.

Centenário na lanterna?

O risco é grande do Palmeiras chegar na segunda-feira dos 100 anos como último colocado desta Série A após o décimo insucesso consecutivo. Para passar o aniversário fora da zona de rebaixamento, não basta fazer o seu e sim torcer por mais três resultados paralelos. Ó a combinação: ganhar do Coritiba em São Paulo no "embalo de sábado à noite"; a dupla Ba-Vi deve no máximo empatar, o Vitória em casa com o Figueirense e o Bahia visitando o Atlético Paranaense; e ou o Botafogo no máximo empatar com a Chapecoense ou o Criciúma perder para o Flamengo (basta um resultado para o Verdão ficar à frente, mesmo que empatado em 17 pontos, pois atingiria 5 vitórias contra 4 do que se der mal). Não é uma missão fácil, muito ao contrário. Palmeirenses, rezem muito.

O Campeonato Brasileiro ontem

Flamengo 2 x 1 Atlético Mineiro - Com direito à perda do lance pela filmagem global, os mineiros saíram na frente antes dos 10 minutos, mas pouco fizeram para manter ou mesmo aumentar esta vantagem. Apoiado pela torcida, o Fla teve em Eduardo da Silva e Victor os personagens principais de sua virada. O croata por opção entrou no tempo segundo e tomou um pisão na coxa direita que resultou num dos gols de pênalti mais rabudos em horas e horas, já que Léo Moura chutou mal e deu sorte do goleiro "se atrapalhar-se" todo. Depois, meu xará cabeceou e Victor espalmou para a trave, mas na queda a sua costa levou a bola para o alvo, resultando em gol contra. Ainda deu tempo para Paulo Vitor impedir a igualdade num testaço do André. Com Vanderlei Luxemburgo na casamata, o Mengão tem 3 vitórias seguidas e 4 êxitos nos últimos 5 compromissos. O Galo, que é vazado há 8 atuações consecutivas, tem só 1 vitória nos últimos 4 jogos e não vence fora de casa no Brasileirão há 5 cotejos.

Chapecoense 1 x 0 Fluminense - Os tricolores até buscaram boas vezes o ataque no primeiro tempo e no início do segundo, quase parando nas redes no que seria um golaço do Walter se não sai por um tantinho para fora o arremate do meio do campo. Os verdes do oeste mudaram a situação ao anotarem com Camilo depois de uma péssima espanada do Henrique e não foram mais ameaçados a ponto de levarem o empate. Primeira vitória da Chape após 3 fracassos e o Flu não ganha há 4 partidas, 3 no Brasileiro, e tem 3 derrotas seguidas, 2 nesta A.

Figueirense 1 x 0 Botafogo - Se um catarinense venceu um carioca na sessão das 10, diferente não foi na das 7 e meia. Logo no segundo minuto, os donos da casa tomaram a frente do escore. Foi uma pugna que poderia ter bem mais que somente uma proeza pois ótimas chances surgiram de parte a parte, embora as do Furacão do Estreito não ocasionassem tantas defesas do Jefferson, mas nem por isso menos perigosas. O Fogão teve em Edílson seu principal chutador, mas Tiago Volpi estava ligado nas quebradas nas três tentativas do lateral. São 4 jornadas invictas do Figueira no Scarpelli, 3 nesta Série A, e 4 rodadas de invencibilidade com 3 sucessos neste período. O Glorioso tem 1 vitória nas últimas 5 partidas, não vence fora de casa há 5 participações (contando um clássico carioca) e é uma decepção como visitante, com apenas 1 vitória nas últimas 15 atuações fora de casa.

Internacional 0 x 1 São Paulo - Os tricolores foram melhores nas chegadas ofensivas e os colorados tiveram pouco a fazer para emplacar a sexta vitória seguida na Série A, sendo sua melhor oportunidade o cabeceio do Wellington Paulista com menos de 5 segundos em campo, isso já quando os paulistas tinham a vantagem no tento do Ganso, assistido de corpo presente no estádio pelo Dunga. Muito contestada arbitragem de Grazianni Maciel Rocha, recém em seu segundo jogo na elite. Não publicaram na Globo.com (não até a publicação desta coluna, depois creio que o verei depois), mas todos os relatos deram conta de um pênalti cometido pelo colorado Juan e não marcado. Foi pedido um do são-paulino Denílson, mas ele nitidamente dominou com o ombro e não com o braço. Primeira derrota do Inter no Gigante, enquanto o São Paulo não perde há 4 rodadas e ganhou as últimas 3, além de ter somente 1 derrota nos últimos 6 jogos, 4 deles no Nacional, não sendo nele esta queda.

Sport 2 x 1 Palmeiras - Goleiros em destaque na Arena Pernambuco. Magrão praticou uma defesaça de braço esquerdo para deter Henrique, mas este o venceu num rebote de inicialmente outra ótima defesa. E os paulistas pararam por aí. Depois, só deu Leão, que virou num gol contra onde Fábio não sofreu falta por ele alegada e numa bombaça de Patrick após sufocante blitz. Mesmo falhando no empate, o goleiro palestrino praticou três grandes defesas, uma delas em lance onde Patrick deu um driblaço girando com o corpo para deixar o beque de traseiro na relva. Outros mais foram perdidos pelo Sport, que estreou Ibson e Diego Souza na etapa final. Neto Baiano acertou a trave numa e mandou por cima em outra. Primeira vitória depois de 3 rodadas dos rubro-negros, que não perdem como mandantes há 7 partidas, 6 delas no Brasileiro. O Verdão não ganha no geral há 3 partidas e tem 10 rodadas de seca na primeira divisão, nela não triunfando enquanto desafiante há 6 visitas.

Santos 2 x 0 Atlético Paranaense - Os gols foram de jogadores que precisavam demais balançar as redes. Um do Leandro Damião, que vinha de 10 atuações mal sucedidas, e outro do Thiago Ribeiro, que na semana passada foi "crucificado" (com razão) pelo que fez contra o Londrina. Teve ainda um pênalti bocó do David Braz que não faria diferença alguma pois era o último lance, já aos 49 do segundo, mas nem sequer gol de honra saiu pois parou no travessão o disparo do Marcelo. O Peixe emendou duas vitórias seguidas na Caldeira do Urbano, onde possui um retrospecto excelente em 2014, com 16 vitórias e apenas 1 derrota em 19 presenças. O Furacão preocupa com somente 1 vitória nas últimas 5 pelejas e sem vencer como visitante há 3 jogos.

Coritiba 2 x 0 Vitória - Um golaço de Dudu e um pênalti inexistente cavado e cobrado por Keirrison resultaram na primeira vitória alviverde no Couto Pereira neste Campeonato Brasileiro após 6 partidas (o único mando vitorioso tinha sido na Capanema diante do Goiás). Eram 3 jogos sem triunfo como mandante na Série A e 4 partidas sem vitória no geral. Por outro lado, o Leão não vence há 3 rodadas e só tem 1 sucesso nas últimas 7 visitas. Talvez por isso a direção rubro-negra deu cartão vermelho ao Jorginho, que sai com 2 vitórias, 4 empates e 4 derrotas.

Bahia 0 x 0 Criciúma - Confronto de tricolores pouco entusiasmante com a principal tentativa não dando em nada por bem fechada a porta por Marcelo Lomba quando Silvinho surgiu na sua cara em descuidaço da defensiva dona da casa. Os baianos não perdem há 5 partidas, 4 delas nesta elite, e não são vencidos em casa há 3 jornadas, 2 na Série A, enquanto os catarinenses não vencem há 5 rodadas. O Tigre até agora não saiu vencedor fora de seu domínio uma só vez em 8 visitas. Mais: só tem uma única vitória fora de casa em toda a temporada de 2014, que foi ainda no Campeonato Catarinense. Contando ele, Brasileirão e Copa do Brasil, são 16 visitas.

Curtinhas

*Brasil campeão do Torneio Sub-20 de Cotif com dobro a nada no Levante. Nada que deva animar muito pois, conforme os relatos de quem assistiu as partidas, o desempenho do time do Alexandre Gallo não animou.

*O Pleno do STJD reduziu de dois para um jogo com portões fechados a pena do Bahia pela superlotação em Feira de Santana na derrota pro Santos. A segunda punição está mantida, mas com torcida e a 150 km mínimos de Salvador. Devem ser contra Coritiba a partida dos portões fechados e Figueirense a dos 150 quilômetros.

*O São Paulo vendeu o lateral direito Douglas com o Barcelona, mas ele só vai pra Catalunha em junho de 2015.

*Descartadas as greves na Série B por atrasos salariais. O Paraná teve seus jogadores e direção firmando um acordo no qual parte das pendências será quitada nesta semana e outra parte no começo do mês que vem. Já o Icasa pagará ainda nesta semana parte dos 3 meses de vencimentos atrasados aos jogadores, o que afasta o risco de WO amanhã em Juazeiro do Norte e confirma o enfrentamento do Verdão com o Vasco.

*O Sampaio Corrêa desmentiu ter demitido Lisca após "oxar" com o Santa Cruz. Segue o mesmo técnico, então.

*Técnico quem mudou foi o Oeste: Luís Carlos Martins pediu as contas e Roberto Cavalo assumiu a casamata.

*O símbolo do Índio Caboclo não compõe mais o uniforme do Guarani, que o retirou a pedido de alguns atletas evangélicos. Ainda que mal pergunte, sem má intenção, juro: faria tanto mal assim jogar com este símbolo?

*Natação: hoje tem Thiago Pereira no Pan-Pacífico de Gold Coast. Ele competirá nos 100 metros costas.

*Basquete: começa amanhã uma série de amistosos da seleção brasileira feminina na Europa. Os jogos serão contra Turquia amanhã, Austrália sábado, Canadá domingo, Angola no dia 28 e França nos dias 27 e 30.

*Vôlei: contratos suspeitos da gestão de Ary Graça, denunciados em reportagens investigativas da ESPN Brasil nos últimos meses, foram suspensos pela CBV. Mesmo sem ilegalidades constatadas, há problemas éticos.

*Dentro da quadra, a seleção masculina fez 3 x 1 na Bulgária (25/23, 25/18, 23/25 e 25/18) em amistoso.

*O Grand Prix teve recuperação brasileira com 3 x 0 na China (25/23, 25/20 e 25/21). Na próxima madrugada, a terceira atuação será contra a Bélgica. É preciso continuar fazendo sua parte e secar as adversárias.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*O NaTelinha publicou alguns especiais feitos pelo estimado Gabriel Vaquer em três emissoras de Brasília para destacar um pouco das suas produções regionais (incluindo encontros com lindindonas apaixonantes como Narla Aguiar na Record e Williane Rodrigues e Alessandra de Castro no SBT, evidentemente o que ele mais deve ter gostado disso tudo... rs) e entrevistou alguns profissionais. Um deles foi Henrique Chaves, da Record.

*O apresentador do "Balanço Geral DF" revelou um sonho que tinha e não se concretizou: em 1988, quando era do SBT, teve aquela série de domingos sem Silvio Santos por tratar das cordas vocais nos Estados Unidos. O Patrão pensou em se aposentar e enviou para as filiais um memorando pedindo indicações de profissionais para fazerem testes em São Paulo. Henrique conversou com o diretor Luiz Gonzaga Mineiro e pediu para representar a capital federal, topando arcar com todas as despesas necessárias para ser indicado e poder realizar o sonho de ser apresentador de programa de auditório. Mas não lhe foi permitida esta indicação, embora ele mantenha esta vontade para algum dia realizá-la, claro que não agora por viver um momento muito bom no meio-dia candango.

*Leio na Keila Jimenez que a RedeTV!, com jornalismo agora comandado por Franz Vacek, planeja voltar a ter um noticiário matinal. O último foi o "Leitura Dinâmica: 1ª Edição", que saiu do ar em outubro de 2012. Desde então, a programação própria abriu com o "Se Liga Brasil", depois com o "Morning Show" e, atualmente, com a reprise do "Te Peguei" - que foi suspensa desde anteontem por dar lugar ao "Bola Dividida" durante o horário político.

*Quinta-feira sem "Café com Jornal" começando às 6h em ponto como sempre. Desta vez, nenhum problema técnico na Band igual a aquele episódio do início às 6h23. A entrada às 6h13 foi por causa das semifinais da Copa Feminina do Mundo Sub-20, cujas gravações integrais passaram em sequência desde 2 da madrugada.

*Um debate só depois de publicar a coluna de ontem que soube que a Bandeirantes também promoveu na noite da terça-feira além dos de Rio de Janeiro e Distrito Federal: foi o de Tocantins, com mediação local de Fernando Hessel. Em comum nos três debates de anteontem, uma pessoa fazendo a tradução para linguagem dos surdos. Olhei no YouTube um pedaço do debate de Minas Gerais, duas semanas antes, e lá não houve este recurso. A cuidar quais dos que acontecerão tanto depois de amanhã quanto na semana que vem lançarão mão dele.

*Leio no Flávio Ricco que, diferentemente de ocasiões anteriores, não será no carioca Recnov e sim na matriz paulistana que a Record fará o debate com os candidatos à presidência na quinta-feira da semana que vem.

*Ainda no terreno político: repercutiram demais as perguntas duras com "DU" maiúsculo de William Bonner e Patrícia Poeta nas entrevistas com os presidenciáveis Aécio Neves, Eduardo Campos, Dilma Rousseff e Pastor Everaldo (será marcada uma com a ontem oficializada Marina Silva), com igual divisão para elogios à dureza dos questionamentos e críticas à truculência dos mesmos. Esta segunda turma ganhou esta resposta debochada do marido da Fátima em seu perfil no Twitter: uma montagem em cima da animação "Meu Malvado Favorito". Se no "Jornal Nacional" da Globo o homem tem postura séria, no microblog ele é um gozador de marca maior.

*Passou batido por mim a ponto de só agora me tocar disso: desde segunda-feira, o Viva está reprisando às 18h o "Bem Estar", mas não nas edições exibidas atualmente e sim começando na estreia em fevereiro de 2011.

*Outra reprise o Viva começará às 22h de hoje: "Família Dinossauros". De volta estarão Dino, Fran, Charlene, Bobby e Baby - que hoje em dia, devidamente crescido, trabalha na TV Bandeirantes comentando futebol sob o pseudônimo Ronaldo Giovaneli (risos). A própria Band foi a última emissora a mostrá-lo tapando buraco em tudo quanto era horário da programação. Depois do estouro na Globo, a série foi transmitida pelo SBT.

*Completa 70 anos nesta quinta-feira Peter Weir, diretor indicado ao Oscar por "A Testemunha", "Sociedade dos Poetas Mortos" e "O Show de Truman - O Show da Vida". Concorreu à estatueta de filme por "Mestre dos Mares" e à de roteiro original por "Passaporte Para o Amor". Ainda assim, não ganhou um só que fosse.

*A saideira: sabe "Loca", a música da Shakira que só me faz lembrar da dança da Renata Fan? Foi considerada plágio pela corte de Nova York, em decisão anunciada ontem. A cópia do tema lançado em 2010 foi feita em cima de "Loca con su Tiguere", tema de 1998 do dominicano Ramón Arias Vásquez. Compreendo...

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Erika Alk

Erika Alk, empresária e blogueira fitness. Tá com tudo a moça, forma excepcional.

Ajude o PB

É o banner que está à esquerda desta página. Forçado fui a adotar por tempo indeterminado o sistema chamado de "crowdfunding" (financiamento coletivo). Clicando aqui, entenderão o que me levou a algo que relutei em fazer.

Convivas

As mensagens aqui publicadas são remetidas pelos leitores deste PB ao e-mail papodebola@gmail.com.

Atenção: a seção está suspensa temporariamente até que eu consiga resolver alguns poréns particulares. Por enquanto, continuem sem mandar e-mails com comentários, pitacos e opiniões pois aqui não serão publicados. Dicas e avisos informativos são bem-vindos. Espero resolver isso em breve e aqui avisarei assim que o fizer, permitindo que os amigos do Brasil voltem a participar com suas considerações sobre o que aqui destaco.

Clipe do Dia

São 25 anos sem Raul Seixas completados hoje. Nascido em 1945, o baiano dispensa apresentações. Sua música segue mais viva do que nunca através de muitos fãs, não necessariamente da sua época original, mas sim conquistados após o falecimento - meu caso, por exemplo. Separei 10 grandes momentos de Raulzito: de 1973, "Metamorfose Ambulante"; de 1974, "Sociedade Alternativa"; de 1974, "Gita"; de 1976, "Eu Também Vou Reclamar"; de 1976, "Eu Nasci Há 10 Mil Anos Atrás"; de 1977, "Maluco Beleza"; de 1977, "O Dia Em Que a Terra Parou"; de 1980, "Aluga-se"; de 1987, "Cowboy Fora da Lei"; e de 1989, "Pastor João e a Igreja Invisível", este último de álbum em parceria com Marcelo Nova, disco lançado dois dias antes de Raul morrer.

Momento Raridade Rara

Raul Seixas também merece um. Abaixo, algumas reportagens e matérias com e sobre ele.

De 1982, reportagem de Alba Carvalho na Rede Globo sobre a agressão sofrida pelo artista na paulista Caieiras, quando populares se revoltaram contra ele em um show por tomá-lo como um impostor e não o verdadeiro Raul.

De 1985, uma entrevista na Bandeirantes ao "Marília Gabi Gabriela".

De 1989, a última entrevista na televisão foi dada ao lado de Marcelo Nova no SBT para o "Jô Soares Onze e Meia". Isto aconteceu em 12 de julho, logo, pouco mais de 1 mês e uma semana antes do falecimento.

De 1989, a morte de Raul é noticiada por Leila Cordeiro e Eliakim Araújo no "Jornal da Manchete".

Arremate

O Porto tá bem perto dos grupos da Liga dos Campeões da UEFA depois do solo a nada no Lille na França.

"24 Horas" volta antes que o Stjarnan tente derrubar a Internazionale na Liga Europa! (ah, vá...)

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.