.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Domingo, 16 de junho de 2013 - ANO 10, EDIÇÃO 276
Não há muito o que falar

Vitória tranquila do Brasil, golaço do Neymar logo cedo, fatura aumentada no inicinho da etapa final por Paulinho e, de lambuja, Jô deixando o dele na finaleira com apenas 10 minutos em campo. Um Japão que pouco fez e não deixou o jogo ter aquele clima de "será que a casa pode cair?". Triunfo sem traumas da Seleção, que espera-se que seja mais confrontada de frente pelo México, que hoje faz com a Itália o primeiro jogo oficial do reformulado Maracanã. Também pelo futebol ter sido chatinho e com poucas grandes ocorrências, graças à atuação segura do Brasil e à pouca resistência do Japão, é que os fatos que mais repercutiram durante o sábado foram mesmo os protestos antes da bola rolar no Mané Garrincha e, principalmente, a estrondosa e desde já inesquecível (tanto faz se você admirá-la ou detestá-la) vaia levada pela presidenta Dilma Rousseff, junto com Joseph Blatter.

Espero que o domingo seja mais agitado com Itália x México e com Espanha x Uruguai. E espero não demorar mais tanto a publicar as colunas do dia, como tem sido há mais de uma semana. Vamos ver se eu crio vergonha na cara de uma vez por todas e atualizo elas até umas 9 ou 10 da manhã nesta segunda-feira. Só dois jogos, pô!

Rebaixamento histórico

O Independiente precisava de um milagre para não escapar. Além dos resultados paralelos não terem ajudado, ele também não fez sua parte ao tomar o escore mínimo do San Lorenzo, em plena Avellaneda. A queda se dá pela média nas últimas três temporadas, o chamado Promedio, que castiga a irregularidade constante. O Rei de Copas, que ganhou duas Intercontinentais, sete Libertadores (maior vencedor da competição, duas vezes triunfando diante de brasileiros: São Paulo em 1974 e Grêmio em 1984) e uma Sul-Americana (contra o Goiás, em 2010), além de 16 títulos nacionais, jogará em 2013/2014 a Série B do Campeonato Argentino. Desta maneira, de clubes grandes, o único que agora nunca foi rebaixado é o Boca Juniors. Mas um dia a vez dele também chegará. Não chegará?

Fórmula Indy

Hélio Castroneves tirou segundo lugar em Milwaukee, num GP vencido por Ryan Hunter-Reay, da Andretti. Will Power, companheiro de Helinho na Penske, completou o pódio. A KV Racing de Tony Kanaan chegou em décimo. A Dale Coyne de Bia Figueiredo rendeu décimo nono lugar. Na classificação, transcorridas 9 etapas, Castroneves lidera com 299 pontos, 16 a mais que Hunter-Reay, enquanto Marco Andretti (ontem somente o vigésimo) tem 249. A próxima etapa da Indy será no oval de Iowa, no próximo domingo.

Está no ar, meu filho!

Ontem, por volta das 12h45, um plantão sem vinheta interrompeu os jornais da Globo. Evaristo Costa chamou imagens ao vivo do protesto dos manifestantes nas proximidades do Mané Garrincha, em protesto contra o gasto desmedido de recursos públicos nas Copas das Confederações e do Mundo - um protesto muito válido, embora atrasado pois não é notícia "do minuto" a realização dos eventos aqui no Brasil.

Assistem aqui (postado por tvraridades2) o boletim ao vivo da Plim-Plim, onde chama atenção a redação móvel da emissora cercada por muitas pessoas - certamente não com a mais cordial das recepções - e, principalmente, a resposta do repórter Vladimir Netto ao responder um chamado de Evaristo, dizendo: "cara, tô te ouvindo..." Será que ele sabia que já estava no ar? Talvez não. Mas que ficou engraçado, ficou.

Rádio AM migrando para o FM

Foi um dos assuntos da semana, conforme anunciado pelo ministro das comunicações, Paulo Bernardo, que disse que a permissão acontece com aprovação prévia da Dilma Rousseff. Mas o que é verdade e mito em toda essa história? Resolvi reproduzir abaixo uma postagem colocada no Facebook pelo Rafael Araldi, narrador da Regional FM de Florianópolis, que acredito que ajuda a explicar essa situação da melhor maneira possível.

Hoje, os canais de TV analógicos passam seu áudio pelo sinal FM. O som que recebemos na TV aberta entra na TV pelo sinal de 70 MHz até 87.3 Mhz. Essa faixa se chama Faixa Estendida do FM. Com a migração de TV analógica para TV digital, o sinal não passará mais pelo FM e essa faixa vai ficar vazia. Mesmo usando essa faixa do FM, entre 70 Mhz e 87.3 Mhz, sobra faixas em FM para novas rádios.

"Mas Araldi, como eu ouço isso? Meu rádio aparece à frequência de 87.5 até 108???" Precisa de um rádio especial que consiga captar a versão estendida, já temos alguns comercializados no Brasil. Esse rádio recebe sinal de 70 Mhz até 108 Mhz.

O Governo já fez o estudo técnico. Como sabemos, o aumento da banda larga sem fio, do sinal de celular e mais um monte de coisa que dá descarga elétrica prejudicaram o sinal AM. O Brasil decidiu migrar as emissoras de rádio do AM para o FM, mas não vamos só apertar um botão e: "PUM!!! Agora, minha AM está com som digital no FM."

O Governo vai liberar frequências no FM para as emissoras de rádio em cidades que tenham viabilidade. São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, por exemplo, já estão saturadas e não tem como realocar esse batalhão de rádios. Então, para essas cidades, será oferecido para as rádios AM o sinal do FM estendido. Em todas as outras localidades, a rádio que opera no AM pode desligar seu transmissor AM e ligar o seu FM e começar a sorrir.

Para conseguir isso, o empresário terá que comprar um transmissor digital FM, que é mais caro que o AM - chuto por baixo meio milhão de reais, depende da potência da rádio. Também terá que pagar uma nova concessão, e esse valor não pode ser menor do que o menor valor pago por uma concessão na cidade. Exemplo: se uma rádio na cidade pagou R$ 150 mil na concessão, essa AM vai ter que pagar o mesmo valor com correção.

O que ainda está vago é a classe em que a rádio vai começar a operar. Acredito que será a menor, como toda nova FM. Vai aumentando a potência aos poucos e com o passar dos anos. Uma rádio que tem uma grande potência no AM vai entrar com baixa potência no FM. O governo pode abrir uma linha de credito e financiar transmissores nacionais - não são os melhores.

Essa mudança será onerosa e facultativa. No futuro, todos os novos rádios vão abrir em frequência única do 70 Mhz até o 107.9 FM. Esse novo aparelho abre o Rádio HD. A emissora que tenha um transmissor HD ganha outros sinais. "Como assim?"

Exemplo: a emissora 92,8 FM ligou o transmissor HD. No seu rádio HD, vão aparecer as frequências 92,8, 92,8.1 e 92,8.2. Você ganha duas novas rádios após o ponto. Pode, no mesmo transmissor, gerar a programação para o .1 e .2. Deu pra entender? 92,8: minha rádio com sinal HD. 92,8.1: qualquer outra rádio que eu queira. 92,8.2: qualquer outra rádio que eu queira. E tudo isso com apenas um transmissor.

Mas para funcionar o rádio HD, todas as emissoras de TV devem parar de transmitir no sinal analógico e as rádios AM deverão todas migrar para o FM ou FM estendido. Pouquíssimas rádios no Brasil já tem transmissor pronto pro Rádio HD. A Regional FM é uma das prontas e preparadas. Quando o governo liberar, a Regional pode operar no HD.

Acho que será muito bom para o ouvinte, mas não sei como será a audiência das rádios. Uma rádio musical no AM pode ter muito ouvinte porque o público não goste de mudar de banda. Sendo obrigado a mudar, ele vai conhecer as outras rádios. Também até ter essa mudança total, teremos rádios com Internet. Até o rádio do carro vai ter 3G ou 4G.

"Eu não tenho rádio em casa. Escuto rádio pelo computador e, assim, todos tem som digital." Conheço um monte de gente assim. Essa mudança será rápida, rápida mesmo. Até o fim do ano, já podemos ter rádio AM pegando no FM. Basta comprar um transmissor, pagar a nova concessão e pronto. Não será barato, mas possível para quem tem café no bule.

Era isso. O que escrevi não é o que eu acho. É informação de mais de 10 sites que estudei. Posso ter errado uma coisinha qui ou ali, mas no geral é isso mesmo. Era isso, moçada.


Momento Raridade Rara

Os pontos corridos no Campeonato Brasileiro completam 10 anos neste 2013. Mas o assunto já rendia bastante desde muito antes. Não no Brasileirão e sim no Campeonato Paulista. E ainda em 1979. Assista aqui uma cena de "Dinheiro Vivo", novela escrita por Mário Prata para a TV Tupi. Nela, a personagem Garapa (Cristina Pereira) participa do programa de perguntas e respostas "Três Milhões de Cruzeiros", apresentado por Douglas Fabiani (Luís Armando Queiroz) e Joaninha (Maitê Proença). Detalhe: Cristina e Maitê estrearam na TV nesta produção.

Torcedora do Corinthians, Garapa aproveita o programa e manda um recado ao então presidente da Federação Paulista de Futebol, Nabi Abi Chedid, onde defende os pontos corridos para a disputa do Campeonato Paulista, igual era antigamente. Naquele ano de 79, para ser campeão, o Corinthians precisou passar por uma primeira fase com 20 times divididos em quatro chaves de 5 cada, depois por uma segunda fase com duas chaves de 6 times cada, a seguir a semifinal e, então, a final com a Ponte Preta.

Bela do Dia: Barbara Berlusconi

Barbara Berlusconi, filha do Silvio e namorada do Alexandre Pato. Loiraça gatíssima de rosto bonitaço e lábios irresistíveis. Suspirei.

Agradecido fico ao conviva Iapony Rodrigues Galvão, que mandou esta dica excelente a partir de um site precioso, acessível aqui: o Banco de Conteúdos Culturais, que reúne um monte de vídeos da Rede Tupi, tanto em preto e branco quanto a cores, seja de novelas (incluindo trechos ou um que outro capítulo completo de produções como "Beto Rockfeller", "Mulheres de Areia" e "A Viagem") ou de jornalísticos - e, nestes, há notícias de época (infelizmente muitas só com imagem, talvez pelo som ter sido danificado por completo) e entrevistas, incluindo muito material de futebol da Seleção Brasileira e compactos e gols de jogos de futebol dos anos 60 e 70. Dicaça!

Convivas

As mensagens aqui publicadas são remetidas pelos leitores deste PB ao e-mail papodebola@gmail.com.

Clipe do Dia

Lembrei dessa oitentista e resolvi trazê-la aqui: a bacanérrima "Something About You", com o legal Level 42.

Arremate

Supercopa do Brasil de volta? Tática para não deixar o Mané Garrincha às moscas após os eventos da FIFA.

"24 Horas" volta antes que a Seleção atue novamente pela Copa das Confederações!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.