.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quinta, 6 de junho de 2013 - ANO 10, EDIÇÃO 268
Mais por baixo do que o vivente no subsolo

São alguns times nesta quarta rodada do Campeonato Brasileiro - sim, já na quarta rodada dá para falar em crise da braba ou engrandecer algumas coisas, o que para quem gosta de turbulências é um prato cheiérrimo.

Tem a turbulência do Flamengo, que mandou a partida de ontem em Florianópolis, mas não levou mais do que 5 mil fãs ao Orlando Scarpelli (públicos do meio de semana estarão aqui na coluna de amanhã). Parece repetitivo, mas as situações se repetem e não dá para mudar a faixa do disco: pontaria ruim continua jogando contra os flamenguistas. Quando não é este o problema, ou o goleiro pratica milagres - como um do Gideão ainda na etapa inicial, em cabeceio à queima-roupa - ou nem tem conclusão, que o diga Hernane prontinho para cabecear na cara do gol e nem sequer encostando na bola. O Náutico ficou na dele como franco-atirador. Quase não chegou na área rubro-negra. Quando chegou, viu Felipe impedir uma batida do Jones Carioca no tempo primeiro e festejou com o tento de um Rogério livrinho com "LI" de "li seus escritos e detestei". Uma grande vitória do Timbu.

A consequência deste sucesso do alvirrubro pernambucano veio a público depois das 3 da madrugada: a saída de Jorginho do comando técnico do Fla, que será dirigido pelo auxiliar Jaime de Almeida contra o Criciúma, depois de amanhã. São apenas 2 pontos ganhos em 12 disputados pelo time carioca. O Náutico não está tão melhor assim pois perdeu as duas primeiras e empatou na despedida dos Aflitos, mas uma vitória dessas tem tudo para encher o time de moral para enfrentar o Coritiba no domingo, ainda em território sulista, mas nas araucárias.

Mas teve outro time do Rio de Janeiro perdendo. Foi o Botafogo, visitante ante um Bahia mandante no campo neutro do Batistão, em Aracaju, que agora será fechado para reformas que levarão um ano e meio. O alvinegro começou bem e já tinha um gol de vantagem antes dos 10 minutos, um disparo do Vitinho no cantinho. Poderia ter ampliado no desvio do Júlio César, não fosse o travessão a cortar seu barato. Melhor para os tricolores, que tiveram em Fernandão o elemento decisivo para o vira-vira, autor que foi dos dois tentos. Os "donos da casa" por muito pouco não fizeram quatro, não fosse Fernandão perder outra chance e Souza disparar uma em cima do arqueiro Renan. Fogão e Tricolor agora têm 7 pontos. Os cariocas perderam a primeira após 19 jornadas.

O único carioca a salvar a lavoura na noite resultou no aumento de outra escrita incômoda. Bom jogo na Cidade do Aço, uma vez mais em um Cidadania com pouquíssima gente. O Atlético Mineiro optou por poupar Ronaldinho Gaúcho e Diego Tardelli, além de não contar com os selecionáveis Bernard e Réver. Grande parte da sua força esteve ausente, portanto. Coube a Alecsandro comandar o ataque junto com Jô, mas o resultado foi pífio, tanto pelos seus erros quanto por uma bela atuação de Michel Alves, com várias defesas muito importantes. O Vasco teve um Carlos Alberto bem atuante, mas só saiu na frente na metade da etapa final com Alisson. O triunfo só foi confirmado no último lance, quando Abuda deixou os cruzmaltinos tranquilos ao chegarem aos 6 pontos e os alvinegros preocupados: só um pontinho e 6 jogos sem vitória (metade no Nacional e metade na Libertadores).

Passamos, então, aos fracassos dos paulistas. Uma rodadinha de meia tigela para eles.

A derrota mais incrível foi a da Ponte Preta, que abriu os trabalhos em Campinas e tomou o empate antes do intervalo, mas desempatando não numa defesaça à queima-roupa do Weverton, mas sim no chutaço do William com apenas 18 segundos da derradeira metade. Muito longe de tudo estar resolvido. O Atlético Paranaense vinha "batendo na trave" em boas atuações anteriores, mas sem atingir o êxito pretendido. Empate e virada em pouco mais de 5 minutos. Aos 40, William Batoré igualou em trincas uma peleja agitadíssima. Mas ainda teria mais. Defesaça do Edson Bastos para impedir o desempate, outra do Weverton para impedir a revirada e o desempate rubro-negro se deu no último lance. Super vitória do Furacão, com direito ao Marcão filmado dizendo: "o goleiro é ruim demais, velho!". Os paranaenses chegaram aos 5 pontos e os campineiros pararam em apenas 3. (Atualização das 12:30: Guto Ferreira não é mais técnico da Macaca, que o demitiu após esta derrota.)

No Sul, uma derrota paulista marcada por uma arbitragenzinha mequetrefe para os dois lados. O Santos foi prejudicado em um pênalti de Bruno sobre Felipe Anderson não marcado no começo do jogo e ao tomar um gol de pênalti inventado na encenação de Lins, cujo encontrão do Léo pra cima dele não foi suficiente para tanto. O Criciúma foi prejudicado com o que seria um gol legal de Matheus Ferraz não validado por um impedimento que até a família do bandeirinha viu que não existiu e ao não ser aplicado cartão vermelho ao Durval numa dividida duríssima sobre um adversário num lance originado em uma cochilada do Léo. Noves fora estas poucas questões relativas ao apito (risos), deu a lógica. Forte em seu reduto, o Criciúma trincou e foi vazado quando nada mais era possível. Subindo para 6 pontos, o Tigre deixou o pior Peixe na última década com apenas dois pontinhos.

Quer mais um fracasso paulista? Tem o do São Paulo, que praticamente começou perdendo pois o Goiás foi às redes antes ainda de completado o segundo minuto de porfia. Veio uma pressão depois, que fez Renan trabalhar bastante e praticar uma senhora defesa em chance do Aloísio na pequena área, mas o Esmeraldino segurou bem a questão e quase aumentou numa batida de Ramon que foi defendida por Rogério Ceni. Os goianos somam 5 pontos e os tricolores pararam nos 7, revoltando alguns dos seus, que pediram a volta do Muricy Ramalho e falaram "gentilezas" aos jogadores e ao Juvenal Juvêncio, que já tem uma corda rondando seu pescoço.

Deu pra bola, né? Não. Tem mais. Mais uma derrota de clube de SP nesta rodada. Foi a do Corinthians em Sete Lagoras. Joguinho sem vergonha esse com o Cruzeiro e com mais uma atuação irritante do midiático Alexandre Pato, que teve três disputas com Fábio no tempo primeiro e perdeu todas - a do meio uma defesaça do arqueiro azul. Na segunda parte da pugna, a Raposa teve uma falta do Dagoberto que assustou, uma grande chance perdida pelo Elber e a penalidade nele cometida pelo Fábio Santos, embora eu não tenha ficado totalmente convencido do empurrão por não achá-lo forte o suficiente para derrubar o cruzeirense. Mas como foi marcado, a expulsão em segundo amarelo foi correta pois era clara e manifesta situação de gol. Pimba do Dagol no alvo, sucesso dos mineiros e 7 pontos na classificação, dois a mais que o Timão. Agora... que joguinho de última!

Quer outra partida abaixo da crítica? Essa não teve derrota paulista, mas também não teve vitória paulista - e o cenário era para derrota da Portuguesa, que até tinha chegado ao empate com o Internacional e por pouco não virou no que seria um autogol do Rafael Moura após ser dele o tento colorado (cabeceio na trave). Porém, houve a expulsão direta do Ferdinando por deixar a mão na cara do Willians. Cenário perfeito para os gaúchos tirarem proveito e trazerem 3 pontos para a aldeia pampeana. Mas as poucas chances criadas não animaram tanto, a melhor delas tendo Dátolo cabeceando de primeira dentro da área e forçando Gledson a uma defesa importante, quando dava perfeitamente para dominar e chutar. O Inter foi aos 5 pontos e a Lusa mal chegou ao segundo.

Concluindo a quarta-feira praticamente cheia da Série A, o Grêmio buscou bastante balançar as redes do Vitória e não conseguiu pois Wilson barrou Barcos no baile três vezes no primeiro tempo, aliviou a barra em cruzamento do Zé Roberto que quase parou no alvo e ainda deu sorte quando uma batida colocada do Zé parou no travessão. Precisou Elano sair do banco de reservas para bater bonito demais uma falta no ângulo direito, sem chance de reação do guarda-metas rubro-negro. E ficamos assim, pois quase mais nada aconteceu depois, a não ser uma oportunidade perdida pelo Welliton em batida ruim. Gaúchos e baianos agora estão iguais nos 7 pontos. Palco de Brasil x França no domingo, a Arena retomou o setor da Geral, agora com as novas proteções.

Esta quarta rodada do Brasileirão será concluída hoje à noite, com o Coritiba recebendo o Fluminense.

Recuperando a Série B

Na coluna de ontem, fiquei devendo o rescaldão dos palpites da rodada cheia da última terça-feira. Para lembrar os resultados, eis: Palmeiras 2 x 1 Avaí, Figueirense 0 x 2 Chapecoense, Paysandu 2 x 0 Paraná, Oeste 2 x 1 Ceará, Boa Esporte 1 x 2 ASA, Guaratinguetá 1 x 4 Sport, São Caetano 4 x 2 Atlético Goianiense, Joinville 3 x 1 América de Natal, Icasa 1 x 2 América Mineiro e ABC 1 x 1 Bragantino.

Dito isto, registro que acertei só 3 palpites (Oeste, Joinville e América Mineiro). Vejamos seus desempenhos:

7 acertos
Carlos Rodrigues (3 exatos: 2 x 1 Palmeiras, 2 x 1 América Mineiro, 1 x 1 em Natal, Oeste, ASA, Sport e Joinville)
Rogério Costa (1 exato: 2 x 1 Oeste, Palmeiras, Paysandu, ASA, São Caetano, Joinville e América Mineiro)

6 acertos
Daniel Lage de Castro (4 exatos: 2 x 1 Palmeiras, 2 x 0 Paysandu, 2 x 1 América Mineiro, 1 x 1 em Natal, Joinville e Sport)

5 acertos
Charles Tavares (3 exatos: 2 x 1 Palmeiras, 2 x 1 Oeste, 3 x 1 Joinville, Chapecoense e empate em Natal)
David de Lima William (2 exatos: 2 x 1 Palmeiras, 2 x 1 América Mineiro, Oeste, Sport e Joinville)
João Arruda (2 exatos: 2 x 0 Paysandu, 2 x 1 ASA, Sport, Joinville e América Mineiro)
Leonardo Dias (1 exato: 3 x 1 Joinville, Chapecoense, ASA, Sport e América Mineiro)
Pablo Luiz Martins (1 exato: 2 x 1 Palmeiras, Paysandu, ASA, Sport e Joinville)
Danilo Otoni (Chapecoense, Paysandu, ASA, Sport e Joinville)
Eldio Venancio (Palmeiras, Paysandu, Sport, Joinville e empate em Natal)
Vagner Luiz (Palmeiras, ASA, São Caetano, Joinville e América Mineiro)

4 acertos
Alexandre Rodrigues Alves (2 exatos: 2 x 1 Oeste, 2 x 1 América Mineiro, Paysandu e Joinville)
Douglas Ernesto Fernandes Gonçalves (2 exatos: 2 x 0 Paysandu, 2 x 1 América Mineiro, Palmeiras e Sport)
Rodrigo Servo (2 exatos: 2 x 1 ASA, 2 x 1 América Mineiro, Sport e Joinville)
Sandro Francischini (1 exato: 2 x 0 Paysandu, Sport, São Caetano e Joinville)
Vladimir Catarino (1 exato: 1 x 1 em Natal, Oeste, Joinville e São Caetano)
Amauri Piauilino da Silva (Palmeiras, Joinville, Sport e empate em Natal)
Fabiano da Silva Dias (Palmeiras, Paysandu, ASA e Joinville)
Fernando Clemente (Palmeiras, Paysandu, Sport e Joinville)
Hugo Leonardo Souza Pinto (Paysandu, Sport, Joinville e América Mineiro)
Natanael Felipe Rhoden (Palmeiras, Oeste, Sport e Joinville)

3 acertos
Alexandre Buarque (2 exatos: 2 x 1 Palmeiras, 1 x 1 em Natal e Joinville)
Rodrigo Furacão (2 exatos: 2 x 1 Palmeiras, 3 x 1 Joinville e América de Natal)
Ezequias dos Santos (1 exato: 2 x 1 Palmeiras, Sport e Joinville)
Fernando Melotti Constancio (Palmeiras, Joinville e empate em Natal)
Tiago Ribeiro (Oeste, América Mineiro e empate em Natal)

2 acertos
Anderson Costa (1 exato: Joinville 3 x 1 e Sport)
Morgana Costa (Joinville e empate em Natal)

O que vem por aí

A próxima rodada será a penúltima antes da parada para a Copa das Confederações e terá seis jogos amanhã (três às 7 e meia da noite e três aos 10 pras 10) e quatro no sábado (dois às 4 e 20 da tarde e dois às 9 da noite). São estas as próximas 10 partidas para os chutes dos amigos do Brasil: Atlético Goianiense x Paysandu, América Mineiro x Oeste, ASA x Icasa, Avaí x Joinville, Chapecoense x ABC, América de Natal x Guaratinguetá, Sport x Palmeiras, Paraná x Figueirense, Ceará x Boa Esporte e Bragantino x São Caetano.

Ainda os Estaduais

Enquanto Lúcio Bala - aquele mesmo! - marcou para o Gurupi no empate por 1 gol com o Interporto, na primeira decisiva do Campeonato Tocantinense (o que dá a vantagem do empate para o Interporto depois de amanhã), o América tomou 2 x 0 do Goytacaz e foi eliminado da Taça Corcovado, segundo turno da Série B do Campeonato Carioca, agora se complicando na busca por uma vaga na Série A do ano que vem via classificação geral.

Vem aí o Brasil

A França chegou ontem à noite aqui a Porto Alegre depois de jogar em Montevidéu e levar 1 x 0 do Uruguai.

Curtinhas

*Leio no Lauro Jardim que há uma previsão de Engenhão fechado por mais 11 meses. Não tem explicação isso.

*Muricy Ramalho foi demitido por telefone pelo Santos e quer a multa completa de 4 milhas de "dilmas". Ai...

*Uma liminar acabou por enquanto com a suspensão de 1 ano ao Escudero, do Coritiba, para o qual será proposto uma pena alternativa no julgamento do recurso: seis partidas de suspensão ou menos, caso os torcedores se mobilizem e consigam doadores para o Hospital de Clínicas de Curitiba, reduzindo um jogo a cada 100 doadores. Por mais que doar sangue seja um ato saudável e muito legal, essa ideia de punição não cola.

*Depois de mandar Leandro Campos passear e chamar de volta Dimas Filgueiras para dirigir o time nestes dois jogos antes da parada da Série B pra Copa das Confederações, o Ceará assinou ontem com a Arena Castelão e passará a mandar ali todas as suas partidas até 2018. Até então, ele vinha atuando no Presidente Vargas.

*Cronograma definido pelo Barcelona para a pré-temporada de 2013/2014: o primeiro amistoso será contra o polonês Lechia, em Gdansk, dia 20 de julho; dia 24, tem o Bayern pela Copa Uli Hoeness, em Munique (Barça versus Josep Guardiola!); dia 27, jogo contra o Valerenga, na Noruega; dia 2 de agosto, o Troféu Joan Gamper, contra adversário a definir (pode ser o Santos); dia 7, uma seleção do futebol da Tailândia, em Bangkok; e dia 10, uma seleção do futebol da Malásia, em Kuala Lumpur. Feito tudo isso, chegará a Supercopa da Espanha.

*Roberto Martínez, campeão da Copa da Inglaterra e rebaixado pra Série B tudo neste mesmo ano com o Wigan, passará a treinar o Everton em substituição ao David Moyes, que agora comandará o Manchester United.

*Derrota por 1 gol a nada para um combinado local marcou a despedida do Athletic Bilbao do antigo Estádio San Mamés. Em 2013/2014, ele começará a jogar em um novo estádio que foi construído do outro lado da rua e terá o mesmo nome. O antigo, conhecido por Catedral, começa a ser demolido hoje. Novos tempos no País Basco.

*Alegando que os projetos deles "agregam valor ao campeonato", a LNB aceitou as participações de Fluminense e Goiânia no próximo Novo Basquete Brasil sem que eles tivessem conquistado esse direito na quadra. Ridículo.

*Punições do STJD aos brigões do quarto Flamengo x São José da final do na semana passada encerrado NBB: da parte flamenguista, 6 jogos para Marcelinho Machado, 4 para Caio Torres e 2 para Kojo; e da parte joseense, 4 partidas para Dedé e 2 para Álvaro Calvo e Murilo Becker. Outra ridícula do basquete brasileiro. Julgamentos como esse deveriam acontecer logo depois da partida onde tudo aconteceu - ou antes da mais decisiva pela frente, mas não assim como aconteceu, primeiro vindo a final do NBB e só depois dela a decisão das penas.

*A partir de amanhã, a seleção feminina de vôlei jogará o Torneio de Alassio, onde estreará contra a Turquia e que terá também o Japão. Ontem, o Brasil ganhou da Itália por 3 x 1 (25/21, 25/22, 22/25 e 25/15) em amistoso.

*No Pan-Americano de handebol feminino, o Brasil aplicou 37 x 22 na República Dominicana, chegou às quatro vitórias em quatro partidas e já está na semifinal, que acontece amanhã. A grande final será no sábado.

*Marcada para amanhã, a semifinal masculina de Roland Garros terá Jo-Wilfried Tsonga versus David Ferrer de um lado e "só" Rafael Nadal e Novak Djokovic do outro, no que já se considera uma "final antecipada".

*Só nesta madrugada vi essa ao passar pelo site da ESPN Brasil e ver uma referência: sabem quem é o diretor da NBA aqui no nosso país? Possui elo com o ex-marido da Rosane e com a afiliada da Rede Globo em Alagoas. É Arnon de Mello Neto, filho do ex-presidente Fernando Collor e membro da família à qual pertence a TV Gazeta. Ele foi diretor de futebol do CSA entre 1999 e 2001, além de um dos fundadores da Liga do Nordeste.

*Começa hoje a final da NBA. Dois jogos com mando do Miami Heat, três na quadra do San Antonio Spurs e mais dois na do Heat, totalizando os sete que espero que aconteçam, independentemente de quem faturar o caneco. Miami precisou de sete jogos para ganhar a Conferência Leste do Indiana Pacers, enquanto San Antonio triturou o Memphis Grizzlies por 4 a nada na decisão do Oeste. Os Spurs tem no time o brasileiro Tiago Splitter.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*As demissões jornalísticas chegaram ao Recife. Leio no Portal Imprensa que, sob a alegação de "melhora econômica da empresa" reduzindo custos, o jornal Folha de Pernambuco demitiu nesta semana 9 profissionais das áreas de fotografia, esportes, colunismo social, revista do periódico, charges e edição executiva. Outro que saiu foi o editor-chefe Henrique Barbosa, que entregou o cargo. Nunca é bom ler e falar de registros assim.

*Li no Portal Imprensa que, entre os dispensados pela Folha de S.Paulo no facão passado nesta semana, está a escritora Danuza Leão, que era colunista. As baixas não foram apenas deste veículo, mas também em outros do Grupo Folha. Li no Comunique-se que saiu Alan de Faria, que eu citava direto devido à "Zapping" no Agora. Bah...

*Leio no Anderson Cheni que, diferentemente do dito por ele, Filomena Salemme disse não ter sido demitida por e-mail pelo Grupo Estado e sim que a saída foi acertada em reunião com todos os diretores. Ela saiu após duas décadas e deixou a chefia da Rádio Estadão, agora respondida por Rafael Colombo, ex-Bandeirantes.

*Em tempo: ontem e hoje, não houve um substituto para Rafael no "Gente". José Paulo de Andrade e Salomão Ésper comandaram em dupla o matutino de debates, que tem um trecho exibido às 8h45 pelo BandNews TV.

*A programação de São Paulo e Rio de Janeiro chegou ao Pará na Record. Acabou o "Direto da Redação" e esta semana teve o início do "Balanço Geral PA: Manhã", às 6 e meia e com Rogério Spinelli, que saiu do noturno "Pará Record". Com isso, o "Fala Pará" perdeu 20 minutos e a irresistível Márcia Dantas agora entra no ar às 7 e 40 da manhã. No "Pará Record", Vanessa Libório passou a dividir a bancada com Salcy Lima, do "Eco Record".

*Últimos dias de Record/RS de uma das mais belíssimas repórteres do telejornalismo gaúcho. Kellen Caldas, que atualmente é repórter do "Balanço Geral" e interage a todo momento com o gordinho Alexandre Mota, deixará o canal 2 na próxima segunda-feira e voltará para Santa Maria, onde reside sua família, para tocar alguns projetos pessoais na área empresarial. Ela, que também vinha fazendo a previsão do tempo no jornal noturno "Rio Grande Record" e era apresentadora substituta dos demais noticiários da emissora (além de ter feito em duas vezes o "Esporte Record", uma junto com João Garcia e outra ao lado de Luiz Carlos Reche), estava na Record desde a estreia da emissora, em 2007. Antes, trabalhou na TV Pampa e em programas de TV da Igreja Universal.

*É realmente necessário que eu diga que não gostei nadinha de saber que não verei mais a linda Kellen na TV?

*Leio na Press & Advertising que William Waack estará aqui na aldeia pampeana na manhã da próxima segunda. O apresentador do "Jornal da Globo" participará do Badesul Promove RS, evento promovido por esta instituição financeira em conjunto com a RBS TV, onde será palestrante para o tema "desafios da economia brasileira".

*Já pensou se eu, que perdi duas vezes de conhecer a Christiane Pelajo, acabo encontrando o William? (risos)

*Maria Cristina Poli vem aí em mais um programa na TV Cultura, sem deixar o "Jornal da Cultura". A partir deste domingo, ela apresentará às 9 e meia da noite o "Programa Poli", onde convidados contarão histórias das suas vidas a partir de acontecimentos históricos do Brasil e do mundo. O primeiro será o congressista Jean Wyllys.

*Entrevistado pela Keila Jimenez, o vice-presidente Honorilton Gonçalves disse que a Record está "cortando na carne" para se adequar ao momento estagnado da economia do Brasil, afirmou que as demissões recentes foram adiadas em 2 anos e que os programas devem ser rentáveis, além de garantir que a emissora nunca esteve tão pronta para enfrentar a Globo pela liderança. Sei lá, mas não consigo "fechar" tal promessa com os fatos.

*Curiosidade que leio na Patrícia Kogut: entre 13 e 19 de maio, "Sangue Bom" foi o quarto programa da Globo mais assistido no Rio de Janeiro, mas nem entrou nos 5 mais de São Paulo, onde a história acontece. Já pelo SBT, "Eliana" ficou na quinta posição do canal no Rio, mas também não entrou nos 5 mais paulistanos. Devo entender desta maneira que os cariocas gostam mais de "Sangue Bom" e da Miss Michaelichen?

*Leio na Keila Jimenez que vem aí uma exposição dedicada a Hebe Camargo, a ser organizada pelo sobrinho e empresário Cláudio Pessuti. A ideia é lançar a mostra em 8 de março de 2014, dia em que a apresentadora falecida no ano passado completaria 85 anos. Serão mostrados cerca de 24 horas de vídeos editados dela na televisão, 60 vestidos e figurinos variados, mais discos, troféus e fotos inéditas da maior apresentadora brasileira.

*Leio no Flávio Ricco que ainda em 2010 o canal Viva encaminhou à TV Globo uma lista de novelas que gostaria de apresentar, mas que há uma burocracia nesse processo todo e o andamento das coisas acaba não sendo na velocidade planejada - entre outros fatores, devido ao pagamento aos atores pelas reapresentações. Humpf...

*A saideira muito bacana: veja aqui um trecho do primeiro dos quatro episódios especiais de "Sai de Baixo" que o Viva mostrará a partir da próxima terça-feira, com Caco, Magda, Vavá e Cassandra reencontrando a agora ricaça Neide Aparecida, que tem um "mordomo francês do Guaianazes" interpretado por Tony Ramos.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Heloísa Torres

Heloísa Torres, repórter da TV Globo em Brasília. Cheia de charme, que nem cantaria o grande Guilherme Arantes.

Convivas

As mensagens aqui publicadas são remetidas pelos leitores deste PB ao e-mail papodebola@gmail.com.

"Tem coisas no São Paulo que não dá para entender. Será que Cicinho, que está louco para voltar, não é melhor que Douglas e Caramelo? Será que Cortez, que já não é uma maravilha, não é melhor que Juan? Maicon ou Cañete? Também não dá para entender Ganso voltar tão mal e o time ser tão desorganizado, como aconteceu no segundo tempo. Tomar um gol no começo não é o melhor, mas isso não justifica a fraca atuação de ontem. *** Renan Ribeiro e Reinaldo são apostas e prefiro esperar para ver se são bons para o Tricolor. *** Acho que não disse nenhuma mentira sobre o Atlético Mineiro ter se classificado à semifinal da Libertadores pelo pênalti perdido pelo Tijuana. Gosto é gosto, mas não acho bom se classificar assim. Entendo a emoção dos seus torcedores, pois classificação com esse grau de dramaticidade é inesquecível, mas analiso o desempenho geral dos brasileiros e todos eles deveram um pouco - e o Atlético também deve, pois a maioria achava que ele passaria por cima dos mexicanos em Minas. *** Por quais razões, tirando as econômicas, a Austrália quis jogar as Eliminatórias Asiáticas? É injusto a FIFA não dar uma vaga direta à Oceania, mas isso não justifica a Austrália mudar de confederação. *** O Japão se firmou como força asiática, mas ainda precisa melhor para ser mais competitivo internacionalmente. *** Ainda que pudesse continuar com a ótima carreira de treinador, Jupp Heynckes foi inteligente e resolveu parar por cima, no auge do reconhecimento. Decisão inteligente. *** Se é para apostar, fico com a experiência do San Antonio Spurs, ainda que fisicamente o Miami Heat tenha jogadores mais jovens e de muita qualidade. Mas o trio de ouro do Spurs está bem fisicamente e isso pode fazer a diferença. *** Por mais que erros tenham sido cometidos muito pela má gestão da família Bloch, podemos sentir até uma certa saudade da Rede Manchete ao ver o que é a RedeTV! hoje em dia." (Alexandre Rodrigues Alves)

"Faltou capricho nos especiais sobre os 30 anos da estreia da Manchete, a melhor emissora de TV de todos os tempos. Como pôde não mencionar uma das coisas que mais fizeram sucesso nela e que marcaram nossa infância, que são os 'Tokusatsu' como 'Jiraya', 'Jaspion', 'Black Kamen Rider' e os melhores animes japoneses de todos os tempos, como por exemplo 'Os Cavaleiros do Zodíaco', que dava ótimos índices na casa dos 10 pontos? Esse assunto não poderia ter passado batido. Quando o canal estava com seus funcionários em greve, no auge da crise, colocavam desenhos também nos momentos de sufoco, como quando substituíam o 'Jornal da Manchete: Edição da Tarde' por 'Yu Yu Hakusho' e o 'Jornal da Manchete: Edição da Noite' por 'Maskman'. Me lembro disso perfeitamente." (Anderson Barbosa)
Anderson, além de eu ter feito tudo numa correria apressada por ter me passado batida a data e eu só lembrar dela na própria madrugada de ontem, quis privilegiar os conteúdos próprios e também os segmentos jornalístico e esportivo, além de eu nunca ter sido fã dessas produções japonesas, seja na Manchete ou em qualquer canal que passe. Nunca fui chegado nestas produções japonesas, que ao menos a minha infância não marcaram. Sempre passei batido por elas. Desenhos que eu via na Manchete eram "Corrida Maluca", "Os Apuros de Penélope", "Tutubarão" e "Os Muzzarellas", entre outros. Mas tá registrada tua bronca, claro.

"Só percebi essa semelhança entre Carla Vilhena e Angelina Jolie no domingo mesmo, quando numa feliz coincidência o rosto da atriz surgiu na tela logo após a matéria com Oscar. Por uma fração de segundo, pensei que era a própria Carla vestida pra matar. E a considero muito mais matadora visualmente falando, mesmo achando Angelina um poço de charme. *** Para o brasileiro médio, que não lê jornais e revistas como Veja e Isto É, nem frequenta sites de notícias na web, o 'Jornal Nacional' funciona como uma espécie de termômetro para saber a quantas andam o Brasil e o mundo. Quem ligou nele anteontem deve ter achado que tudo corre às mil maravilhas por aqui, pois a primeira notícia foi a classificação do Japão para a Copa, com direito a Roberto Kovalick ao vivo de Tóquio, e logo na sequência uma matéria sobre a adoração dos mexicanos pelo nosso futebol desde 1970. Parecia um 'Globo Esporte' em horário nobre. Quem acompanha sabia que ontem seria um dia particularmente agitado em Brasília, mas o que importa agora ao jornalismo meio esquizofrênico da Globo - ora bate, ora assopra - é alardear a Copa das Confederações, que boa parte da torcida meio que ignora, visto que uma pesquisa recente revelou que muitos não sabem pra que serve mesmo esse troço de torneio. *** Flamenguista até o talo, o jornal Mais trouxe na capa de anteontem uma montagem do Muricy Ramalho com as mãos erguidas sobre o Jorginho, além da manchete 'Um fantasma ronda a Gávea' e o lead: 'Galera não aguenta mais os vexames do time de Jorginho. Muricy, desempregado, é o preferido dos torcedores'. A mim ninguém perguntou nada. Sempre considerei Muricy formalmente tosco. 'Rinus Muricichels' parou no tempo. Assisti aos quatro últimos jogos do Santos pelo Paulista e também o jogo contra o Flamengo. Que time sem graça, sem imaginação e sem capacidade para virar um jogo esse Santos dele, que jamais teria a coragem do Ever Almeida, que meteu um atacante no lugar de um defensor tão logo o Olimpia tomou o gol do Fluminense. Seria um retrocesso para o Flamengo se o 'caçador de ratos' aparecesse por lá. Felizmente, Eduardo Bandeira de Mello foi à imprensa para declarar que não há a menor chance de Muricy treinar o Flamengo. Seria no mínimo um contrassenso se topassem pagar um salário de nababo a ele depois de terem dispensado Vágner Love. Isso que o Mais fez chama-se cavada e nada tem a ver com jornalismo." (Clayton Moreira)
Nota da redação: mensagem enviada antes de sabermos da demissão do Jorginho.

"Que cenário do 'Repórter Brasil' do meio-dia! A TV Brasil botou muita emissora comercial no chinelo." (Diogo Oliveira)

"Que pena que você não citou 'Ana Raio e Zé Trovão' no especial da Manchete, que teve algumas cenas gravadas no RS e aqui em SC, além de outros estados ('Brasil que o Brasil não conhece'). Estive recentemente em Treze Tilhas, onde foram gravadas as cenas aqui em SC, e a gravação da novela foi um marco para a cidade." (Fábio Dacol)

"O Japão vai vir bem motivado para a Copa das Confederações com essa classificação antecipada para a Copa do Mundo. *** A nova abertura do 'Vídeo Show' é bizarra, forçando a barra para enaltecer os detestáveis André Marques e Ana Furtado. *** É impressão minha ou você nunca publica as 'Belas do Dia' que indico?" (Fernando Clemente)
Fernando, eu tenho um monte de "Belas" na fila para ser publicadas, um monte mesmo, mais de 700 que deixei numa pasta especial guardadas para escolher a cada dia - e ainda surgem outras mais dia após dia. Escolho sempre conforme o meu gosto naquele exato momento, sem distinguir quem indicou essa ou aquela, como soube dela ou coisa do gênero. É o meu gosto da hora que conta. Só isso. Todas as dicas são bem vindas, mas nem sempre publico no exato momento ou mesmo algumas não encaixam com o meu gosto.

"Se com Ronaldinho, Tardelli e Bernard o Galo já deu uma queda de rendimento, sem eles e mais Réver fica impossível ganhar. O time perde sua principal característica: toque de bola e velocidade. Não entendo por que o velocista Neto Berola não está sendo nem relacionado. *** O Criciúma pediu para não ser chamado de time de refugos, mas contratou Serginho, um dos que a torcida do Atlético mais criticava, e Morais, que foi dispensado. Parece que não ser aproveitado nos times do Sudeste é critério para ser jogador por lá. *** Se marcar um jogo do Taiti contra os convivas do Papo de Bola e colocar você de técnico, acho que vencemos por uns 3 x 0. *** Se o Fluminense não vencer hoje, entro para o rol daqueles que erraram todos os palpites da rodada de ontem. Vambora, Fluzão. *** Senti sua falta no Twitter durante a rodada anunciando os resultados e comentando os jogos." (Hugo Leonardo Souza Pinto)
Primeiro: eu seria um treinador tão ruim que conseguiria o feito de levar o Santos do Pelé, o Botafogo do Garrincha e o Flamengo do Zico para a Segundona. Segundo: ó o desespero... (risos) E terceiro: se publiquei as colunas de hoje às 10 e meia da manhã, foi porque fiquei fora do Twitter. Acabo olhando muito para os posts de lá e isso atrasa às vezes as coisas que faço. Eu tinha um tantão de pendências, sobretudo dos e-mails dos amigos do Brasil, e queria dar uma acelerada nisso. Além do mais, não sou de ferro ou coisa do gênero e o cansaço falou mais alto, tanto que precisei dar uma cochilada das 5 às 7 horas desta manhã. Às vezes sacrifico o Twitter para ganhar tempo em outras atividades, como a edição destas mal traçadas linhas. Tenho um tantão de postagens de lá ainda não respondidas desde domingo passado, mas recuperarei todas para responder ao povo.

"Vi no blog do Bernardo Pombo o que ele chamou de 'marcação de campo mais bizarra do Brasil', no Estádio Joaquim Flores, em Nilópolis. Desde a marcação torta da linha central até o W.O., comum nas divisões inferiores do RJ, um show de desorganização!" (Leonardo Dantas)

"Dois enganos: não sou atleticano roxo e sim preto e branco, e não sou atleticano doente e sim atleticano sadio." (Lúcio Netto)
Você entendeu o que eu quis dizer, Lúcio...

"Parabéns pela espetacular retrospectiva da Rede Manchete. Viajei no tempo! Que saudade da Manchete! A dos anos 80 e 90 colocava as emissoras de hoje no chão - à exceção da Globo, claro. Talvez a falência dela tenha sido a nossa maior perda televisiva. Até hoje nem a Globo conseguiu fazer uma novela igual a 'Pantanal'." (Mário Cesar Berns)

"Neymar já demonstrou que tem potencial para brilhar no Barcelona, mas faz tempo que não joga bem, tanto no Santos quanto na Seleção. Um dos motivos é que faz o tempo que o Santos está mal. Neymar estava sempre jogando sozinho. De um lado ele via Patito Rodriguez e do outro Montillo, que até agora não jogou nada no Santos, e na frente ele via André. Time sem padrão tático, todos esperando que ele resolvesse. Não é fácil, mesmo sendo craque, ganhar todos os jogos sozinho. A mesma coisa é numa Seleção em formação e em constantes mudanças. Outro fator: Neymar está muito preocupado com coisas extra-campo. Muitos comerciais, muito marketing, festas etc. Por mais que ele seja jovem e com muito apetite para jogar, isso influencia em seu rendimento. No Barcelona isso será diferente, pois ele olhará Iniesta, Messi e Pedro quando olhar pros lados e pra frente, além de ter que ser mais profissional e se preocupar em jogar bola, sem priorizar as questões extra-campo. Se não for assim, ele não vai corresponder às expectativas." (Paulo Henrique Gonçalves)

"Falar da Manchete é fácil pois foi a última novidade em termos de TV no Brasil. Ela era diferente pois transmitia coisas positivas e sem segundas intenções, o que era a cara do grande Adolpho Bloch, um homem simples que queria mostrar coisas de qualidade para o público e provou que isto era possível, ainda que não atraísse patrocínios. Infelizmente a Manchete só durou 16 anos, enquanto emissoras que mostram coisas de péssimo gosto estão aí até hoje." (Paulo Roberto Silva Luz)

"Essa TV Nativa que está por entrar aí em Porto Alegre seria independente ou afiliada de alguma rede? É a mesma TV Nativa de Pelotas?" (Victor Faria)
Primeiro: independente. Segundo: sim, do mesmo grupo. E terceiro: a Nativa de Pelotas ainda está transmitindo a Record, ela está por mudar para a Mix TV. Não sei quais sites ou blogs você andou lendo, mas quem afirmou que já tenha acontecido tal mudança se enganou pois nada ocorreu por enquanto.

Clipe do Dia

Ao homenagear em postagens na Internet a ex-esposa Scarlet Moon, jornalista e escritora falecida na madrugada de ontem aos 62 anos, Lulu Santos citou trechos de um de seus muitos sucessos. Aqui está "Tão Bem".

Arremate

Pelo Pernambucano Feminino, o Vitória fez 1, 2, 5, 10, 20, 30, 34 x 0 no time da Polícia Militar. Sim, é futebol.

"24 Horas" volta antes que saibamos se as atletas foram detidas depois deste "massacre"! (risos)

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.