.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Sábado, 23, e domingo, 24 de fevereiro de 2013 - ANO 10, EDIÇÃO 172
As punições da Conmebol

O Corinthians quer recorrer da punição aplicada pelo sinalizador disparado por sua torcida, que matou um jovem na partida contra o San José. Não aceita de jeito nenhum disputar as demais partidas da Libertadores sem a presença da Fiel. Claro que ele não aceitará isso pois sabe sobretudo do prejuízo financeiro que sofre, mas não dá para estranhar essa postura - ainda mais depois que o presidente Mário Gobbi falou em "fatalidade".

Tem que diga que está se pegando o Corinthians para Cristo. Não vejo assim. Uma hora, alguma gravidade em partida da Libertadores teria que resultar em punição séria, e daquelas que dói fundo - não tão fundo quanto dói para a família do jovem Kevin saber que ele não mais viverá, mas algo forte, que sirva de exemplo para vermos se, assim, tanto os delinquentes que toda e qualquer torcida de tudo quanto for time aqui no Brasil e nos demais países param e pensam um pouquinho sobre os malefícios que causam e param de fazê-los.

Ao longo destas tantas décadas, um sem-número de incidentes condenáveis marcaram o principal torneio das Américas. Do próprio Corinthians já tivemos outros dois muito graves, ambos em derrotas no Pacaembu: a famosa "noite das garrafadas" contra o Flamengo, em 1991, e aquela selvageria contra o River Plate, em 2006, que só não resultou em algo pior pois os policiais foram muito machos e partiram pra cima mesmo, como era a única coisa a ser feita. Dou estes exemplos apenas para questão de ilustração, pois foram acontecimentos que mereceriam condenações fortíssimas, mas (salvo esquecimento) não consta que tenham acontecido.

Assim como é justa a punição ao Corinthians neste caso trágico de Oruro, justo também é punir o São Paulo tirando dele o Morumbi em uma partida desta Libertadores pela confusão na final da Sul-Americana. Só não sei se foi branda a decisão, pois a condenação se dá pela briga de policiais com os jogadores do Tigre. Como não houve mortes neste caso e nem a torcida causou isso, parece de bom tamanho esta pena ser cumprida (contra o Atlético Mineiro, em 17 de março) em outro estádio na própria capital paulista - tipo o Pacaembu, representando prejuízo financeiro considerável ao Tricolor devido à capacidade bem menor de público em comparação ao Morumbi.

Enquanto isso, os torcedores acusados pela morte do torcedor continuam detidos na Bolívia e foram indiciados. Eu não sei se o culpado está entre eles ou se já voltou para o Brasil, como alguns argumentam, mas vale repetir: não dá para deixar este camarada impune (de impunidade que revolta já chega ontem o Gil Rugai, mas isso é assunto para outro dia e outro espaço). Li no Ricardo Perrone que tem diretor da Gaviões da Fiel envolvido na questão, o que só reforça as justas críticas às torcidas organizadas. Esta do Corinthians apronta volta e meia, outras mais dos demais clubes aprontam volta e meia. Parece perseguição, mas é apenas fato.

Por fim, agora que a Conmebol se mostrou acertadamente enérgica ao punir o Corinthians pela soma de fatores que resultaram neste acontecimento que deixou pesadíssima esta semana que está acabando, agora é preciso tomar as demais medidas cabíveis. É preciso punir o San José enquanto organizador do jogo por permitir que os sinalizadores entrassem no Estádio Jesús Bermúdez e, como observou bem o Juca Kfouri, preciso punir outros delitos condenáveis - caso do Millonarios, cuja torcida atingiu o bandeirinha na partida contra o Tijuana. E teve não lembro de qual time, mas também nesta semana, um jogo onde flagraram sinalizadores na torcida. Foi em jogo sem ocorrências de morte, mas só pelo uso deste artefato, que tal uma perda de mando sem torcida?

"Ah, e como ficam todas as delinquências das décadas anteriores?", alguém perguntará. Penas retroativas não são possíveis, mas não é porque atos violentos e demais gravidades sempre aconteceram que isso dê benefício a quem faça mal agora. Uma hora essa frouxidão teria que acabar. Aconteceu neste caso com o Corinthians, mas poderia ter sido com o Palmeiras, com o São Paulo, com o Fluminense, com o Grêmio, com o Atlético Mineiro, com outro time fora do Brasil, enfim. A questão não é clubista - e continuo enojado de saber que ainda tem quem paute o assunto por isso, seja para defender o Corinthians ou para querer que ele se dê mal a qualquer custo. A questão é pura e simples: preservação de vidas em prol de um entretenimento saudável. E vamos em frente.

Ah: mais sobre o assunto publiquei na coluna da sexta-feira. Quem não viu, passe lá e acompanhe também.

Prévias do fim de semana

Paulista - Tirando São Paulo x Linense no sábado, quase tudo de destaque é no domingo, com Bragantino x Corinthians, Palmeiras x União Barbarense, Santos x XV de Piracicaba, Ituano x Guarani e Ponte Preta x São Bernardo. Iniciada na sexta-feira, a rodada teve Estevam Soares caindo fora do Atlético Sorocaba após a queda para o Paulista. Campanha de apenas 1 vitória, 3 empates e 5 derrotas da parte dele. Na Série A2, a Portuguesa recebe o Rio Claro na tarde deste domingo, que pela manhã terá o líder Grêmio Osasco recebendo o São José. A curiosidade será a estreia de Viola no time da casa. Sim, aquele Viola, 44 anos e tudo mais.

Carioca - Olaria x Flamengo (já garantido na semifinal da Taça Guanabara em primeiro lugar no Grupo B e com os titulares) é o que temos pro sábado. O que vale mesmo está na tarde de domingo, com a definição dos outros três semifinalistas em Duque de Caxias x Vasco (o time da Baixada com o auxiliar Mário Júnior no comando após a saída de Júnior Lopes após apenas quatro jogos), Fluminense x Madureira e Botafogo x Boavista. Grupo A tem três times por duas vagas: Botafogo com 14 pontos, Vasco com 13 e Madureira com 11. E no Grupo B, o segundo lugar está entre Fluminense, com 15, e Boavista, com 13. Bem que Madureira e Boavista poderiam se classificar, pois sempre sou favorável aos médios e pequenos em todos os campeonatos estaduais.

Mineiro - América (de Belo Horizonte, antes que alguém pergunte se ele ou o de Teófilo Otoni) x Caldense é a pedida deste domingo e da rodada no todo. "Cadê o Atlético? Cadê o Cruzeiro?", se pergunta Mirella Fantino, que dizem ser a mulher mais lindíssima que Belo Horizonte teve nos últimos anos e com potencial para conseguir o que Natália Guimarães quase obteve, que é vencer o Miss Universo. Simples: o clássico entre eles já aconteceu na abertura da competição, adiantado desta terceira rodada e misturado à primeira, depois por eles recuperada.

Gaúcho - A primeira semifinal da Taça Piratini sai neste sábado, de São Luiz x Cerâmica no fim da tarde e de Caxias x São José à noite. A outra saberemos neste domingo, com Lajeadense x Esportivo vindo na sequência do Gre-Nal de mando do Internacional, realizado no Centenário (o segundo feito em Caxias do Sul, sendo o outro e único até aqui o empate sem gols pelo amistoso Torneio Festa da Uva de 1965) e com expectativa sobre o time do Dunga enfrentar um Grêmio com titulares ou não. Depende apenas do Vanderlei Luxemburgo.

Catarinense - Dependendo da combinação dos resultados, pode confirmar o primeiro semifinalista já neste domingo, na penúltima rodada deste primeiro turno. Com 18 pontos, a Chapecoense recebe o Guarani. Com 16, o Figueirense visita o Criciúma. Seria bom que assim não acontecesse e que eles chegassem à última rodada com a indefinição, fim antecipado corta um pouco o barato. Se bem que, como há a parada das vagas na semifinal pelo critério técnico dos dois turnos juntos, as demais partidas continuam importantes. Por isso, o sábado não perde relevância no Joinville indo na casa do Juventus e no Avaí atuando contra o Metropolitano ante sua gente.

Paranaense - Também pode resolver seu primeiro turno já neste fim de semana, caso tudo dê certo pro Coritiba, que tem 21 pontos, contra 20 do Londrina, 17 do Paraná e 16 do J. Malucelli. O Londrina abre a rodada neste sábado encarando o Malucelli na casa dele. Para o domingo, o Paraná será visitante diante do Cianorte e, pelo rádio ou no estádio, o Atle-Tiba terá um mandante Coritiba tendo Alex no seu primeiro jogo maior paranaense depois de 16 anos e um Atlético tentando o primeiro triunfo no Couto Pereira desde os 2 x 0 pelo Estadual de 2008 - e ainda sem os titulares, que na terça-feira jogarão um amistoso contra o Figueirense, em Florianópolis. Apenas e tão somente para a última rodada ser emocionante e termos quatro candidatos potenciais ao primeiro turno, seria melhor o Malucelli vencer o Londrina, o Paraná ganhar e o Coritiba perder. Todos ficariam embolados. Daí, domingo que vem, ganhasse quem ganhasse e por mim estaria tudo bem. Só não curto fim antecipado.

Paraense - Paysandu e Remo vão para mais um clássico, o segundo só em 2013, e abrem a decisão do primeiro turno - que, a exemplo da semifinal, é em duas partidas. Sim, cada turno funciona assim.

Goiano - Sábado sem algum dos três grandes. O domingo tem Vila Nova e Atlético visitantes, respectivamente, contra Itumbiara e Grêmio Anápolis. Por fim, o Goiás receberá o Rio Verde na segunda-feira.

Pernambucano - Após o Náutico levar o primeiro turno, tem início neste fim de semana o segundo, já com os três egressos da Copa do Nordeste. O Santa Cruz atuará em casa contra o Pesqueira na noite deste sábado e, no domingo, Salgueiro e Sport se enfrentarão e o Timbu jogará com o Petrolina no seu estádio.

Copa do Nordeste - Semifinais imprevisíveis estas depois do que vimos nas emocionantes quartas-de-final. Tarde de domingo com ASA x Ceará, fim da tarde com Fortaleza x Campinense. O jogo de Alagoas será mesmo no estádio do time de Arapiraca, que inicialmente ficaria um mês fechado para resolverem um problema de praga no gramado - mas, aí, veio a classificação pra semifinal e tudo ficou resolvido rapidinho. Curioso, né? Já a partida no Ceará acontecerá no Castelão, que não vinha sendo usado desde a rodada dupla de reinauguração. Chutes não tenho cara de dar para estes duelos. Não depois das surpresas da fase anterior. Sim, acovardei. (risos)

Europa - Enquanto a Inglaterra têm como boas pedidas de domingo Manchester City x Chelsea no Nacional e Bradford x Swansea na finalíssima da Copa da Liga Inglesa, a Itália traz como melhor atrativo o clássico entre Internazionale e Milan. Já na França, o clássico entre Paris Saint Germain e Olympique de Marselha terá como atrativos a estreia do Beckham no time de Lucas e Ibrahimovic, além de pontapé inicial dado por Ronaldo Nazário - que, curiosamente, nunca defendeu o PSG e até foi seu algoz, em 1997, na Recopa vencida pelo Barcelona.

Curtinhas

*O Palmeiras conseguiu a mudança do jogo contra o Paulista para 14 de março, mas mantendo o Pacaembu como local. Se mantido pro dia 3, aconteceria na Arena Barueri por neste dia ter Santos x Corinthians e, por perder um mando de campo pela chuva de moedas dos seus torcedores no agora são-paulino Ganso, o Peixe levar o clássico pro Morumbi. Ou seja: o Palmeiras seria "punido" mesmo sem ter feito algo.

*E essa do Mirassol perder o lateral esquerdo Eduardo e o zagueiro Walter, que decidiram deixar o clube por faltar clima para conviverem após baterem boca depois de uma discussão entre suas esposas? Eita nóis!

*A estudante de radiologia Izabela Araújo quer buscar seus direitos na Justiça contra o vídeo do selinho dado por ela no Fred, do Fluminense, no ano passado. Desde o espaço dado a esse vídeo em pautas completamente irrelevantes até um desfecho assim, o que temos? Uma inutilidade completamente irrelevante de assunto.

*Viram quem saiu de onde? Jorge Fossati do Cerro Porteño, que nesta semana caiu em casa pro Real Garcilaso. 2013 ruim pro Fossati no time paraguaio: duas baixas na Libertadores e um empate e uma derrota no Nacional.

*Sábado de início do WTA Brasil, disputado em Florianópolis. Final realizada em 2 de março e expectativa que ela tenha sua principal atração: Venus Williams. Fãs do tênis que estão no Sul têm aí uma pedida bem legal.

*Legal também Teliana Pereira ser semifinalista do WTA de Bogotá, a primeira brasileira a jogar uma semifinal de torneio WTA desde Luciana Corsato no Aberto do Brasil de 1990. Ainda é pouco, na realidade, mas diante dos tempos de vacas magras vividos pelo tênis feminino brasileiro, um balde enchido pela metade já satisfaz.

*As quartas-de-final da Superliga Feminina de Vôlei foram definidas. Uma semifinal sairá de Unilever ou Rio do Sul x Praia Clube ou SESI, enquanto a outra terá Sollys/Nestlé ou Minas x Vôlei Amil ou Pinheiros.

Sintonia PB

Começa o tópico fixo desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Leio no José Luiz Prévidi que o SBT tem tido bons índices aqui em Porto Alegre em fevereiro, conforme o "Ipobre" até a última quarta-feira. Das 7 às 7 e meia, o "Jornal do SBT Rio Grande: Manhã" está em segundo lugar, com 1,8 ponto e 10,2% de participação, contra 1,7 da terceira colocada (não citada no boletim da assessoria de imprensa, mas que deve ser a Record com os seus "Direto da Redação" e "Rio Grande no Ar", até por neste horário a Pampa estar com religião e a Band com o "Primeiro Jornal"). Já das 12h15 às 12h45, o "SBT Rio Grande" está com 5 pontos de média e 11% de participação, contra 4 pontos da terceira colocada (que aí já não sei se é a Record com o "Pica-Pau", se a Band com o "Jogo Aberto" ou se o programa "Pampa Meio-Dia").

*Já a assessoria de imprensa do SBT na capital federal informou que o "SBT Brasília", apresentado pela Neila Medeiros na faixa do meio-dia, foi vice-líder em janeiro, com 7 pontos de média e 17% de participação, contra 5,5 da terceira colocada. Apenas cabe observar que neste mês não sei quem apresentou o jornal, mas não foi sua titular, que estava em São Paulo substituindo César Filho na parte local do "Jornal do SBT: Manhã".

*Leio no Comunique-se que, tanto segundo o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará quanto conforme veículos locais, a afiliada da Band vive uma crise financeira e tem dispensado funcionários. Bah, Jangadeiro...

*Não entendi essa do Flávio Ricco, que se mostrou contrário ao uso de gírias por parte da Ana Maria Braga no "Mais Você" e deu como exemplo para ele negativo ela dizer "din-din". Nem de longe sou fã desta apresentadora e não sentiria a menor falta dela se saísse da programação da Globo, mas tem tanta coisa pior na televisão do que falar gírias como esta - que, bem recordarão, quem dizia era Elia Jr. na fase "Canal do Esporte" da Band.

*Mudanças na manhã deste domingo da Globo, que terá "Globo Rural" às 8h30, "Auto Esporte" às 9h15 e "Esporte Espetacular" às 9h45. Tudo porque, às 8 da manhã, será exibida a última Oração de Angelus conduzida pelo Papa Bento XVI antes de deixar o cargo na quinta-feira que vem. Renata Vasconcellos apresentará a transmissão.

*Na véspera dos neste sábado completados 40 anos do Wellington Muniz, o mais famoso personagem dele no "Pânico" fez a Bandeirantes ter que se virar nos 30 à última hora para a reprise desta sexta-feira, gravando novas cabeças e tudo mais. Afinal, como bem lembrarão, a volta ao vivo no último domingo teve tanto Ceará quanto outros colegas vestidos de Silvio Santos, imitação que nesta semana a Justiça proibiu em definitivo.

*Leio no vcfaz.tv que será mesmo a versão de 1998 de "Pecado Capital" que o Viva colocará às 3 e meia da tarde a partir de 8 de julho, no lugar de "Felicidade". É um bom canal e um dos mais assistidos da TV fechada, mas ainda parece ter alguma rejeição a produções mais antigonas (da primeira metade dos anos 80 para trás).

*A saideira: a sexta-feira teve mais um episódio perdido do "Chapolin" trazido de volta pelo SBT. Assista aqui (postado por cantinhochsite) "Para Fugir da Prisão", em versão original de 1973, que não era exibida desde 2003. Curiosidade da dublagem: a voz do capataz é do saudoso Nelson Batista, que dublou Jerry Lewis na maioria das suas comédias exibidas por anos a fio na Globo e também Al Bundy em "Um Amor de Família". (Atualização de sábado, 13:15: a primeira semana da volta do Polegar Vermelho termina com a volta da primeira versão de "A Troca de Cérebros", de 1974, com Ramón como o cientista maluco - esta versão estava fora do ar desde 2003.)

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Momento Raridade Rara: 85 anos do Oscar

A mais famosa premiação do cinema mundial acontece na noite deste domingo e repete os exibidores habituais: na TV fechada, transmissão da TNT a partir das 8 e meia (já pegando o tapete vermelho), com apresentação de Sabrina Parlatore e Fred Lessa, mais os comentários de Rubens Ewald Filho; e no canal aberto, a Globo entra só perto da meia-noite, depois do "Big Brother Brasil" (humpf!) e com a dupla habitual: Maria Beltrão e José Wilker. Aliás, uma pena que atualmente só mesmo no Oscar a Maria apareça na TV Globo.

Fuçando nos arquivos da Folha de S.Paulo, pesquisei que a primeira cerimônia do Oscar transmitida pela TV brasileira foi a de 1970, pela Tupi. A do ano seguinte não passou, as de 1972 e 1973 foram ao ar pela Record e, a partir de 1974, entrou na jogada a Globo. Em 1980, o condutor da transmissão foi Hilton Gomes. A partir deste ano, quem passou a comentar a cerimônia foi Rubens Ewald Filho, que em quase toda a década de 80 esteve em dupla com Hélio Costa. O tradicional repórter do "Fantástico" foi substituído em 1988 por Renato Machado.

Entre 1991 e 1993, Rubens não comentou o Oscar na Globo pois, no decorrer de 1990, tinha saído pra Record. Nestes anos, os comentários foram de Maurício Kubrusly. Além disso, em 1991 a apresentação foi da atualmente sumida Doris Giesse. Entre 1994 e 1996, o exibidor dos troféus da Academia foi o SBT, que trouxe de volta os comentários de Ewald Filho e alternou os apresentadores: Boris Casoy em 1994, Eliakim Araújo em 1995 e Marília Gabriela em 1996. Foi a partir de meados deste período também que José Wilker começou a comentar o Oscar, a partir do Telecine, que não tinha tradutor simultâneo e onde o ator entrava só nos intervalos.

O Oscar novamente foi exibido pela Globo entre 1997 e 1999, sempre com Renato Machado apresentando. Rubens Ewald Filho comentou sozinho em 1997 e junto com Arnaldo Jabor em 1998. Fez a transmissão de 1999, mas pela HBO. Neste ano, Wilson Cunha esteve com Renato na Globo. Entre 2000 e 2004, novamente o SBT exibiu aos brasileiros sem TV paga a festa direto dos Estados Unidos, novamente com Rubens nos comentários junto com Babi Xavier em 2000 e 2001, Marília Gabriela em 2002 e 2003, e Maria Cândida em 2004. O Telecine mostrou as edições de 2000 até 2002. Atual exibidor no canal fechado, o TNT entrou em definitivo em 2003, nos dois primeiros anos sem qualquer âncora ou comentarista, somente com o evento original e nada mais.

2005 marcou a volta do Oscar à Globo, à qual não retornaria Rubens Ewald Filho, a partir de então comentando os prêmios sempre pela TNT no canal fechado (sozinho em 2005 e em 2007, junto com Maria Cândida em 2006 - reeditando a parceria do ano retrasado no SBT -, junto com Chris Nicklas entre 2008 e 2011, e no ano passado com Sabrina Parlatore e Cássio Reis). Mas voltando à Globo em 2005: foi o último ano de Renato Machado na apresentação e o primeiro de José Wilker nos comentários. A dupla habitual começou em 2006, primeiro ano da Maria Beltrão. Então, Maria e Wilker vão para o sétimo ano de parceria - e não errei, não. Em 2009, o Oscar foi completo só na TNT. Era domingo de carnaval e, claro, a Globo priorizou este. O prêmio do cinema teve apenas flashes destacando rapidamente os ganhadores, flashes estes apresentados pela Christiane Pelajo.

O tópico destaca a seguir alguns vídeos de transmissões e chamadas antigas do Oscar na TV brasileira.

De 1982 (postado por joseluisvinas), o trecho final transmitido na Globo por Hélio Costa e Rubens Ewald Filho.

De 1987 (postada por casedchristo), a chamada da Globo anunciando a edição daquele ano para 30 de março.

De 1989 (postado por casedchristo), um trecho com a dupla Renato Machado e Rubens Ewald Filho na Globo. Tem ainda a tradução feita pela já falecida Elisabeth Hart, outra presença marcante nestes momentos.

De 1995 (postado por casedchristo), o início da transmissão do SBT, com Eliakim Araújo e Rubens Ewald Filho.

De 1998 (postada por joseluisvinas), uma coletânea de vídeos da Globo alusivos ao prêmio daquele ano, que tinha como destaque o brasileiro "O Que é Isso, Companheiro?" entre os indicados. Pela ordem: Carlos Nascimento e Ana Paula Padrão apresentam uma reportagem de Ilze Scamparini no "Jornal Nacional"; Zeca Camargo e Fátima Bernardes no "Fantástico"; Cláudia Cruz apresenta matérias de Mônica Silveira e Edney Silvestre, mais a opinião do Rubens Ewald Filho, no "Jornal Hoje"; William Bonner e Ana Paula Padrão no "JN" do dia da festa apresentam reportagens de Edney Silvestre, Lucius de Mello, Sônia Bridi e Ilze Scamparini; e o início do evento em si.

De 2004 (postada por fellipekyle), uma chamada do Oscar no SBT.

De 2010 (postada por jackuctbauer), a chamada da transmissão da Globo, já naquele ano usando a trilha branca que, por muitos anos, ilustrou a abertura da "Tela de Sucessos" em incontáveis sextas-feiras do SBT.

Bela do Dia: Jéssica Leão

Jéssica Leão, apresentadora da TV Diário (afiliada da Globo em Mogi das Cruzes). Diariamente quem não gostaria de ter uma loira bonita dessas ao alcance dos olhos?

Convivas

As mensagens aqui publicadas são remetidas pelos leitores deste PB ao e-mail papodebola@gmail.com.

"Um cara de bem, trabalhador e que gosta de futebol, não vai até a Bolívia no meio da semana com um rojão na mochila. A fiscalização na entrada do estádio falhou e, se pelo regulamento a responsabilidade é do mandante, o San José poderia levar uma punição, assim como o Corinthians ser punido severamente para servir de exemplo. *** As pessoas encontram vários jeitos de querer aparecer. A garota beijada pelo Fred provavelmente seria esquecida se deixasse a poeira baixar. Quem quer privacidade beija uma pessoa famosa no Centro de Belo Horizonte? *** O 'novo Pelé' do título da Time pega um pouco o aspecto técnico do Neymar, mas é uma metáfora do momento econômico do Brasil, que permite que o jogador mais valorizado do país fique aqui por mais tempo. Acho que a Copa de 2014 ser aqui é o principal fator para Neymar não ter sido vendido até hoje. E obviamente, hoje Neymar só pode ser considerado o novo Pelé nos namoros com celebridades. *** Essa talvez foi a classificação mais fácil da história do Náutico para a Copa do Brasil, sem ter de jogar contra seus principais rivais. A criatividade dos regulamentos pelo Brasil afora sempre me espanta. *** 'Atualmente', Paulo Henrique Amorim é pró-esquerda. Ele é mais anti-Serra. Em 1998, desancava Lula em uma TV que nunca apoiou o PT, mas hoje é o 'libertário' da esquerda em outra TV, que apoiou o PT desde 2002. Ele não tem credibilidade, ainda que tenha participado de uma atração bem aceitável, como o 'Tudo a Ver' original. *** Lindíssima Jennifer Lawrence, ótima ocupante do posto de 'Bela do Dia'. Ainda não vi 'O Lado Bom da Vida', mas dizem ser bom. *** Onde você reside é um local em que chove muito e tem algum problema de alagamento ou engarrafamento no trânsito?" (Alexandre Rodrigues Alves)
A minha rua específica não, mas mais pra baixo, a movimentada avenida Aparício Borges sim, ainda mais que está com o trecho na esquina com a avenida Bento Gonçalves fechado para reformas.

"No tempo em que eu tinha mais opinião do que informação, também via com bons olhos o trabalho de Paulo Henrique Amorim. Mas atualmente, não preciso forçar muito a memória para me lembrar das polêmicas de fundo racista que ele armou pra cima de Ali Kamel e Heraldo Pereira. Seu histórico me permite afirmar que, em seu primeiro dia como ex-funcionário da Record, aparecerá com 'seríssimas denúncias' contra Edir Macedo. Não é que esse 'valente' teve toda a coragem de denunciar falcatruas tanto na Globo quanto na Band quando já não era mais funcionário dessas empresas? E o mesmo que fez acusações sem provas - como é de seu feitio - contra o então candidato Lula em 1998 hoje se diz de esquerda, mas foi um emérito apoiador do regime militar no tempo em que trabalhava na Veja, que hoje em dia vira e mexe ele fustiga. Pra ser inteligente dessa forma, sou muito mais Tiririca. Paulo Henrique Amorim não é confiável e merece o meu mais absoluto desprezo." (Clayton Moreira)
Mencionei PHA na coluna desta sexta-feira por ocasião dos seus 70 anos.

"Que a Conmebol puna o torcedor que disparou o sinalizador e que puna o Corinthians, mas sem excluí-lo da Libertadores, pois seria uma pena dura demais. Que puna o clube financeiramente e com jogos com portões fechados." (Fernando Clemente)

"Qual o critério para indicar ao Oscar a linda Jennifer Lawrence, com atuação normal, por 'O Lado Bom da Vida'? Quem mereceu indicação de melhor ator foi seu companheiro de cena, Bradley Cooper, com bela atuação. Não entendi a indicação de Naomi Watts por 'O Impossível', já que quem brilha é o pequeno Tom Holland. 'Argo', com grande atuação de seu elenco, merece o Oscar de melhor filme. *** Nanda Costa aparece nua no filme 'Febre do Rato' e mostra que não está apta para a Playboy, ainda mais por R$ 1,5 milhão. Esse montante deve ser por ela protagonizar a novela das 9. Só de 'Salve Jorge', valeriam mais Dira Paes, Giovanna Antonelli, Bruna Marquezine e novos ensaios de Flávia Alessandra, Fernanda Paes Leme e Cláudia Raia." (Hugo Leonardo Souza Pinto)

"Será que quem fez isso na Bolívia é corintiano de verdade? Em todos os momentos, ele mantém o sinalizador apontado para a torcida do San José. Por quê? Logo depois, ele foge com seus companheiros. Qual o motivo para fazer isso? Por que um corintiano iria querer machucar um torcedor adversário? Ele sabia que o maior prejudicado não seria a torcida adversária, mas sim seu clube! Um corintiano não faria isso e já houve casos de falsos torcedores infiltrados em torcida adversária para causar confusão e prejudicar o clube. E por que estão culpando o Corinthians? Mesmo que esses caras sejam corintianos, foram poucos. A nação tem 35 milhões, não é um pequeno grupo. Não foi nenhum dirigente, nenhum jogador, não foi mil, dois mil ou 10 milhões. Foi um grupo de cinco pessoas. Aí, o Corinthians perde a competição por causa delas? Quem deve ser punido, sempre, com qualquer time, são os envolvidos no problema. Não vai adiantar punir o Corinthians. O que mudaria? Quem deve ser orientado são os torcedores. Punam todos que causam problemas como esse. Cada vez menos pessoas levarão esse tipo de objeto a estádio, pois saberão que serão punidos severamente. Mas será que a Conmebol tem preocupação em fazer isso? Aí é outro assunto que rende uma grande conversa. Seria legal é os clubes - principalmente os brasileiros - se recusarem a disputar os torneios da Conmebol, que todos sabem que só dão prejuízo financeiro. Não faço nenhuma questão que o Corinthians continue jogando a Libertadores, até porque tem o Paulistão, que dá mais dinheiro, e o número de problemas como esse é bem menor. O Corinthians não acaba por causa disso, a vida continua. Só lamento por não podermos disputar uma competição continental com segurança, com mais competitividade, mais rentável. Até que a cartolagem da Conmebol saia do poder, muita tragédia ainda vai acontecer." (Italo Queiroga)

"Não sei se é porque sou corintiano, mas essa punição da Conmebol foi um pouco pesada. Se ele não terá o apoio de sua torcida, que esse critério valha para todos os times da Libertadores. Depois de apurados todos os fatos e, se comprovada culpa do Corinthians, ele deve ser punido, mas justamente. *** O Barcelona desprezou o Milan, achando que faria gols a qualquer momento, que Messi ou Iniesta brilhariam a qualquer momento e que o adversário não conseguiria marcar do começo ao fim. Faltou ao Barcelona um toque de bola objetivo e mudar um pouco suas características diante das dificuldades, chutando de fora da área ou fazendo jogadas aéreas. Mesmo assim, tem condições de reverter. Mas acho que o Milan já se garantiu." (Paulo Henrique Gonçalves)

"Caso um grupo de torcedores que adquiriram ingresso pela Internet entre na Justiça Comum para ter o direito de entrar no estádio no dia do jogo, seria possível conceder uma liminar a esses torcedores ou para todos os que adquiriram o ingresso?" (Ricardo Moreira Santos)
Se referindo aos jogos do Corinthians no Pacaembu que já tinham ingressos vendidos, mas que terão que ser com portões fechados conforme a punição da Conmebol. Não sei se seria possível isso. Só se alguém que leia esta coluna e tiver conhecimento de questões judiciais puder tirar esta dúvida.

"Algum telejornal da Globo que completou 30 anos ainda está comemorando a data? Pois o 'DFTV' continua com as comemorações." (Ronielson Carlos)
Que eu saiba, não. Aliás, nem é bom falar mais nisso dos 30 anos. Até agora estou aborrecido com o "Bom Dia Brasil" e com a RBS TV ("Bom Dia Rio Grande" e "RBS Notícias"), que ignoraram estas datas.

Clipe do Dia

Completa 75 anos neste sábado o nascimento de Wilson Simonal, que morreu em 1998. Grande cantor brasileiro dos anos 60, muito popular e apresentador de programas na TV Record, teve sua carreira arruinada a partir da década de 70, quando foi acusado de ser colaborador da ditadura militar - o que é contrariado em um trabalho de resgate da sua carreira desde a última década. Peguei duas canções do Simonal que gosto bastante: esta aqui é "Sá Marina", neste vídeo apresentada na Record dos áureos tempos; e esta aqui é "Vesti Azul", que era uma das trilhas usadas pelo "CBN Esporte Clube" (o programa do Juca Kfouri veiculado todas as noites nos anos 2000) no giro de notícias rápidas dos 12 maiores clubes brasileiros - só não me recordo agora se "Vesti Azul" era tema do Cruzeiro ou do Grêmio, pois também tinha "O Trem Azul", da Elis Regina, como trilha de um deles.

Arremate

Oscar Pistorius solto por fiança. Querem ele treinando novamente. Mas qual clima haverá diante de tudo?

"24 Horas" volta antes que tenhamos novidades no caso do assassinato da namorada dele!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.