.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Segunda, 17 de dezembro de 2012 - ANO 10, EDIÇÃO 124
O sofrimento é uma constante

Quase sempre que um time brasileiro foi campeão mundial, fosse no formato Copa Intercontinental ou no Mundial de Clubes da FIFA, o sofrimento deu as cartas. É uma constante, portanto. Recuperando todas as conquistas, dá para observar apenas duas com facilidade: a do Santos em 1962, com duas vitórias (3 x 2 e 5 x 2) diante do Benfica, e a do Flamengo em 1981, com 3 x 0 sobre o Liverpool. No mais, sempre veio com aperto.

Em 1963, o Santos tomou 4 x 2 do Milan na Europa - e chegou a ser 4 x 1, mas Pelé marcou providencialmente nos instantes finais. Na volta, no Maracanã, saiu perdendo por 2 x 0 e conseguiu virar para 4 x 2. Depois, no mesmo eterno maior do mundo, o Peixe venceu pela contagem mínima. Muito mais sofrido que um ano antes.

As conquistas gaúchas também foram com aperto no coração. O Grêmio precisou da prorrogação para bater o Hamburgo em 1983 e o Internacional também fez 1 x 0 suadíssimo no Barcelona em 2006 - e muitos podem não lembrar, mas teve uma defesa fundamental do Clemer em lance espanhol logo após o tento colorado.

Os três feitos do São Paulo também foram marcados por tensão máxima. Foi o de 1992, com o Barça iniciando em vantagem e a virada chegando. Foi o de 1993, com duas vezes os paulistas na frente e os italianos buscando a igualdade, até que veio o gol derradeiro. E foi o de 2005, com a fatura única e depois um sufoco que até hoje não sei como foi suportado, com Rogério Ceni barbarizando e o Liverpool tendo três gols bem anulados.

A essa turma dos sofredores se junta o Corinthians. Se em 2000 os pênaltis definiram a parada contra o Vasco após 120 minutos cansativos tanto pros extenuados jogadores das duas equipes quanto para o público, que viu um jogo fracote com "FR" maiúsculo, em 2012 a conquista sobre o Chelsea foi marcada pelo clima de indefinição total o tempo todo, com o gol solitário do Guerrero, com uma atuação sensacional de Cássio e com o alívio vindo só mesmo ao último trilar de apitante, segundos após Mata quase empatar para os ingleses.

E sabe por que causa, motivo, razão ou circunstância eu não acho isso ruim? Porque sofrido, batalhado, suado e tenso é muito mais divertido, mais legal, mais marcante, mais inesquecível. O que é fácil demais não é tão legal.

Torneio Feminino Cidade de São Paulo

O Brasil ganhou da Dinamarca por 2 x 1 e os dois países repetirão a dose na final de depois de amanhã, em mais uma rodada dupla no Pacaembu, com outro "replay" no 3° lugar, depois que Portugal fez 1 x 0 no México.

"Pelas Zoropa"

Campeonato Espanhol (16 de 38 rodadas) - O Barcelona é campeão espanhol de 2012/2013. Digo isso hoje mesmo, 17 de dezembro de 2012. No encontro dos artilheiros, as expectativas foram atendidas. Falcao Garcia deixou o seu, mas o quatrilho de virada dos donos da casa contou com um estupendo arremate de Adriano no ângulo direito e dobra do endiabrado Messi, que foi às 90 proezas neste ano. O Barcelona foi aos 46 pontos e tem 9 a mais que o Atlético de Madrid e 13 acima do Real Madrid, que começou perdendo em casa para o Espanyol, virou com direito a um do Cristiano Ronaldo, mas tomou o empate a menos de 5 minutos pro fim.

Campeonato Italiano (17 de 38 rodadas) - A Juventus não tem tanta frente quanto o Barcelona, mas também tá na crista da onda após trincar a Atalanta, subir aos 41 pontos e ver a Internazionale parar nos 34 ao perder para a Lazio, que foi aos mesmos 33 do Napoli, que - em casa - tomou nos 5 minutos finais a virada pro Bologna.

Campeonato Inglês (17 de 38 rodadas) - A dupla de Manchester ganhou por 3 x 1, o United sobre o Sunderland e o City diante do Newcastle, e a vantagem dos Diabos Vermelhos sobre os Cidadãos permanece em 6 pontos. O Chelsea ficou nos 29 pontos pois, evidentemente, não atuou pela Premier League neste fim de semana, tendo adiada sua porfia ante o Southampton.

Campeonato Alemão (17 de 34 rodadas) - Se falei isso pro Barcelona na Espanha, falo aqui por coerência: o Bayern de Munique é campeão alemão de 2012/2013. Empatou com o Borussia Monchengladbach e foi aos 42 pontos, 9 a mais que o Bayer Leverkusen, que trincou o Hamburgo.

Campeonato Francês (18 de 38 rodadas) - Lindo! Liderança tripla, 35 pontos para os Olympiques de Marselha e Lyon, além do Paris Saint Germain. Para isso, o Marselha bateu o Toulouse e o PSG derrubou o Lyon.

Campeonato Português (12 de 30 rodadas) - Com 3 só do Oscar Cardozo, o Benfica atropelou o Marítimo e foi aos 32 pontos, enquanto o Porto ficou nos 29 pois sua peleja diante do Vitória de Setúbal foi adiada para janeiro devido à chuvarada de sexta-feira em Setúbal.

Só Fatos, Sem Boatos

Osvaldo de Oliveira renovou com o Botafogo por mais um ano. Boa sorte, botafoguenses. Vocês vão precisar.

Mais uma despedida em Porto Alegre

Terminou ontem o Estádio Estrelão, na Avenida Protásio Alves. A última partida foi vencida pelo seu proprietário, o Cruzeiro, com 1 x 0 sobre um combinado de ex-jogadores de Grêmio, Internacional e outros times gaúchos. O Cruzeiro vai jogar o Campeonato Gaúcho de 2013 no Passo D'Areia e terá em breve um novo estádio, mas não aqui em Porto Alegre e sim em Cachoeirinha. Já o Estrelão, assim como o Olímpico depois de março de 2013, dará espaço a construções residenciais. E assim a vida evolui, mas a saudade fica.

E atenção, pessoas!

Chegou aquele momento de novas experiências para lindas noticiaristas jovens da aldeia pampeana: "Sintonia PB", antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Enquanto na RBS TV quem tem ganho algumas chances como apresentadora é Camila Martins (a irmã mais nova e super-protegida que nunca tive e jamais terei), que nos últimos tempos volta e meia substitui Irineu Guarnier Filho no "Campo e Lavoura" - logo, Camila assistida não só no RS, mas também em SC -, a jovem loira Bruna Essig trocou a previsão do tempo da Bandeirantes pela apresentação do "Jornal da Pampa".

*Nos perguntávamos por onde ela andava, pois leio no Flávio Ricco a resposta: a partir de hoje, o "Leitura Dinâmica" será apresentado por Érica Reis, que recentemente saiu do BandNews TV e substituirá Cláudia Barthel, herança ainda dos tempos de Manchete, cuja demissão na semana passada me chateou muito.

*A pergunta que me faço desde 10h20 da manhã deste domingo: terá Agostinho Teixeira pago a aposta feita com José Luiz Datena na "Manhã Bandeirantes" da última sexta-feira, para todos os ouvintes da Rádio Bandeirantes escutarem, quando prometeu raspar a cabeça se o Corinthians fosse campeão mundial? Aliás, um lado ruim do Chelsea ter perdido é que perdemos de ver Datenão fazendo isso no "Brasil Urgente" ao som de "Love by Grace", com Lara Fabian, tema do famoso adeus ao cabelo da Carolina Dieckmann em "Laços de Família" (risos).

*Mudando completamente de assunto: dia 28, completa 20 anos o assassinato de Daniella Perez. Acho válido lembrar o caso, eu mesmo pretendo fazer nesta "24" um tópico com materiais originais de época e lembranças desta moça cuja vida foi brutalmente abreviada muito antes da hora. O que não acho legal é dar espaço para o autor confesso do crime, que pode dizer isso ou aquilo, mas jamais terá a opinião pública a seu favor.

*Ampliando esse comentário: ontem, a Record voltou ao assunto em mais uma reportagem exibida no "Domingo Espetacular". Enquanto focado apenas nele, o resgate do assunto é válido. Muitos casos policiais que chocaram a sociedade não tem como ser esquecidos, tenham acontecido há 2, há 10 ou há 30 anos. O grande problema, que pegou muito mal, foi na semana anterior terem dedicado 40 minutos para uma entrevista com Guilherme de Pádua. Pra quê aquilo? O que é que expor por quase uma hora aquela criatura acrescentará? Nada.

*Verdade seja dita: a Record pisou feio na bola, mas é a terceira emissora a fazer isso. Antes dela, teve aquela lamentável participação do Guilherme no "Programa do Ratinho" há alguns anos, onde também o SBT mandou mal demais. E não lembro direito o ano, a Globo também errou ao dar voz ao assassino da filha da Glória Perez no "Fantástico" (está no YouTube aquela entrevista feita pela Glória Maria). Se ficasse apenas no resgate do assunto, como ontem, mas sem entrevistar o causador de tudo - e reprisar trechos ontem -, sem problemas.

*Sempre deixo claro que não tenho formação jornalística e até por isso não tenho a menor moral de bancar um "professor de jornalismo", Deus me livre querer ser o que não sou. Mas enquanto telespectador, acredito que posso dar um pitaco aqui e uma opinião ali. E pode parecer incoerente eu achar errado querer ouvir uma das partes envolvidas em uma história, já que versa o bom jornalismo que todas as partes devem ser ouvidas. Porém, é uma situação especial, de caráter trágico acentuado, uma das histórias policiais mais chocantes que o Brasil já acompanhou, ainda mais por envolver pessoas que entravam em milhares de lares noite após noite.

*Lembrar do assassinato de Daniella Perez deve ser feito. Lembrar da breve carreira dela, sempre. Lembrar do passo-a-passo de como tudo aconteceu acho válido jornalisticamente. Mas abrir espaço para um assassino confesso, desculpe, eu não acho bom. Lá atrás, a Globo errou. Anos depois, o SBT errou. E agora, também a Record errou, por isso mesmo foi massacrada nas redes sociais, assim como também o SBT foi na sua vez e, se na época elas existissem, também a Globo acredito que seria massacrada nas redes sociais.

*Ah: evidentemente concordâncias e discordâncias, sempre no campo das ideias, são bem-vindas.

*Mudando ligeiramente de assunto, a saideira que mostra como o tempo passa: já completam 1 ano nesta segunda-feira as mortes de Cesária Évora, Joãosinho Trinta e Sérgio Britto. Parece que foi ontem.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Danielle Nhoque

Danielle Nhoque, jornalista do Portal Terceiro Tempo e redatora da seção "Que Fim Levou?". Lindindinha ela.

Convivas

Antes de atendê-los, faço três pronunciamentos importantes: 1) ainda tenho que montar o rescaldão final dos palpites do Campeonato Brasileiro, o que neste fim de semana não me foi possível por tanto descansar muito no sábado quanto por passar o domingo inteiro em função do pós-Mundial; 2) também preciso publicar a mensagem de fim de ano deste PB, esta não passando desta semana; e 3) também preciso montar as premiações de fim de ano do site, que eu estava esperando o Mundial de Clubes para lançar e agora poderei colocar no ar. Novidades que quero ver se consigo trabalhar durante esta segunda-feira para lançar a partir de amanhã.

"Que é isso, você está desmerecendo a Copa Suruga? Vai dizer que Porto Alegre não parou com o jogo do Inter? (risos) Claro que estou zoando pois é um título 'amistoso' caso o São Paulo ganhe, mas é um torneio internacional e que deve ser levado com certa seriedade pelo clube. *** O Campeonato Brasileiro com finais tinha seu charme e essa decisão de 2002, por exemplo, de fato foi muito boa. Mas a fórmula de pontos corridos permite mais justiça e também um calendário mais reforçado e pronto para todos os clubes participantes, para que todos tenham função até o fim da temporada. *** Não digo que Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro seja 'ladrão', como estava escrito em algumas faixas que levaram à Vila Belmiro, mas a gestão dele, a partir do momento em que teve de remontar uma equipe, como aconteceu nesse ano, é no mínimo confusa. Manteve Neymar, mas a perda de vários jogadores jovens, além de outros bons valores experientes, com uma péssima reposição, deixou o time enfraquecido. Além disso, o discurso dele é muito moderno, mas a prática vem sendo outra. *** Nos dias atuais, faz mais sentido a transmissão de um programa musical no rádio do que uma novela. Sei da história das rádio-novelas no passado, mas a Rádio Globo exagerou no caso de 'Avenida Brasil'. Ainda que eu não seja fã do 'The Voice Brasil', a iniciativa tem mais razão de ser. *** A entrevista em si com um presidiário não chega a ser um absurdo. Guilherme de Pádua é uma pessoa conhecida e o crime que cometeu teve muita repercussão, portanto, é normal que o entrevistem. Anos atrás, a Globo exibiu uma entrevista com o assassino do John Lennon, ou seja, é algo que acontece, ainda que eu não dê minha audiência para esse tipo de reportagem. O problema da Record é o exagero em divulgar esse assunto no seu típico sensacionalismo e na continuação de sua fixação por crimes e tragédias, além da ação parecer querer provocar a Globo, sem contar essa possibilidade de terem pago o assassino para conceder a entrevista, o que é lamentável. *** Muito legal Luis Fernando Veríssimo ter saído do hospital, que ele possa se recuperar 100%!" (Alexandre Rodrigues Alves)

"Dizer que o Corinthians é melhor que o Barcelona beira ao ridiculo. A derrota do Barcelona para o Chelsea não é exemplo porque, como conjunto, o Chelsea da Champions é bem melhor que o deste Mundial. *** Será que Messi fez alguma promessa de ter que fazer dois gols numa quantidade de partidas seguidas? Só faz dois, nem mais e nem menos." (Carlos Eduardo Sampaio Queiroz)

"Campeão mundial ganhando do Vasco no Maracanã? Se for assim, o Flamengo tem um monte de títulos mundiais pra reivindicar. Acredito que o próprio torcedor corintiano ficava sem ter o que dizer quando o cobravam como é que pode um time ser campeão mundial sem sequer ter sido vice da Libertadores e ele tinha que vir com o fraco argumento do reconhecimento da FIFA, como se isso valesse alguma coisa. Agora, sim, pode se dizer que o Corinthians de fato é campeão do mundo, com todas as honras e méritos. Sabe por que o Corinthians esteve no Japão e não o Flamengo? Pois manteve Tite após perder para o Tolima. Já o rubro-negro conseguiu passar pelo Real Potosí no começo do ano e demitiu Vanderlei Luxemburgo. Fosse o Flamengo regido pela meritocracia, o treinador teria continuado. *** Eis que tiro a noite de sábado para assistir pela vez primeira 'Atração Fatal', só que ele estava legendado. Até gosto de filme legendado, mas aí requer a atenção absoluta de quem não fala inglês. Quem prestigia o TCM deve ter reclamado, pois há bem uns três meses assisti nesse mesmo horário a 'Kramer Vs. Kramer' e 'Fuga de Alcatraz' dublados. Bom, grandes obras podem ter o poder de nos desmascarar perante nós mesmos. Quando no final a gente se pega torcendo para Michael Douglas, que ao longo do filme se mostra um grande safado, será que no fundo a gente, sem saber, é tão machista quanto este filme, que chega às raias da misoginia? Essa dúvida me inquieta, uma vez que não me considero machista e sou pelo avanço do forte sexo frágil em todos os campos." (Clayton Moreira)

"O título do Corinthians já seria altamente merecido se considerássemos apenas a partida contra o Chelsea, em que não se intimidou com a força do adversário e jogou com personalidade, atacando e se defendendo no momento certo. Mas a justiça é ainda maior se levarmos em conta o renascimento do clube depois do rebaixamento à Série B. Desde então, ganhou a própria Segundona, Copa do Brasil, Paulista, Brasileiro, Libertadores e Mundial, além de conseguir patrocínios milionários e estar para ganhar seu tão sonhado estádio próprio. Curiosamente, nessas últimas cinco temporadas, o Corinthians só não foi campeão em 2010, ano do seu centenário. Mas está no lucro. *** Eu não gostaria de estar na pele de um palmeirense neste momento: neste 2012, além de ter visto seu time cair à Série B com duas rodadas de antecedência, viu os três rivais conquistarem títulos internacionais. Desse jeito, não houve Copa do Brasil que consolasse. *** Aos poucos, Xuxa caminha para ter o mesmo destino de Renato Aragão: aparecer na tela da Globo apenas duas vezes ao ano, no 'Criança Esperança' e na programação especial de dezembro." (Daniel F. Silva)

"Sempre vejo comparações entre times brasileiros e europeus, em todos os debates esportivos sempre fazem comparações. Quem tem time melhor, os melhores treinadores, os melhores jogadores, torcidas, organização. E sempre o europeu é 'o melhor'. Dizem que a imprensa europeia não valoriza o futebol sul-americano, mas isso a nossa própria imprensa já faz! Sempre eles são os melhores, os mais craques, os melhores técnicos. Não é verdade. Vi notícias de que o valor de mercado do Hazard e do Juan Mata, juntos, dão o somatório de todos os jogadores do Corinthians. Mas por que isso? Porque eles super-super-craques? Não! Porque ninguém valoriza o futebol brasileiro! Supervalorizam o europeu e dá nisso! Será que Juan Mata é tão melhor assim que Danilo? Que Cahill é melhor que Chicão? Que Lampard é melhor que Paulinho? Fernando Torres está melhor que Guerrero? A resposta para essas perguntas: não! Alguém tem que fazer algo para incentivar a imprensa europeia a dar mais valor para o nosso futebol, nossos campeonatos, nossos jogadores e técnicos. Mas o primeiro passo para isso é, claro, a melhoria na administração das confederações nacionais e da Conmebol, exigir estádios melhores, condições de trabalho melhores e, claro, eles mesmos pararem de tanta pilantragem. Sou a favor da criação de uma competição mundial, com mais times, mais duradoura, com mais jogos entre brasileiros e europeus. Campeão e vice da Liga dos Campeões e da Libertadores, campeões da Liga Europa e da Sul-Americana, mais alguns times asiáticos, norte-americanos e africanos. Não seria interessante? Veja as manchetes dos jornais europeus. Todos, absolutamente todos, destacam mais a decepção sobre o Chelsea que o sucesso no planejamento do Corinthians. Ninguém por lá sabe qual era o retrospecto do Corinthians, o ótimo time que tinham, o estádio que está por vir, o CT que é um dos mais modernos do mundo, os patrocínios milionários... Veem o nosso futebol como se não tivesse nenhuma equipe grande e com bons times." (Italo Queiroga)

"Ontem, te disse via Twitter que estava arrumando as minhas coisas para rumar às montanhas devido ao fim do mundo nesta sexta-feira. Neste momento, te envio este e-mail de dentro de uma caverna. Ao redor de Ribeirão Preto, existem serras formadas por rochas basálticas erguidas há 80 milhões de anos devido a um grande derramento de lava vulcânica. Por causa disso, não sei se estou seguro porque alguns desses vulcões podem voltar à ativa com o que acontecerá no dia 21, mas é melhor ficar por aqui do que ter de aguentar a Timãopress por esses dias. Cuide-se e, se ainda não foi para as serras gaúchas, fuja enquanto é tempo. Agora, se nada disso acontecer, está mais do que provado que os Maias eram palmeirenses." (Kléber Antônio Ferreira de Souza)
Eh, eh, eh!!! Boa essa criatividade, boa.

"Em 2013, o São Paulo disputara seis títulos: Paulista, Brasileirão, Libertadores, Sul-Americana, Recopa Sul-Americana e Copa Suruga. Não que vá ganhar todos, apesar de torcer que ganhe o máximo possível, mas irá disputar." (Rogério Costa)

Participe pelo papodebola@gmail.com. Sua opinião será registrada nas próximas colunas.

Clipe do Dia

Completa 45 anos nesta segunda-feira o DJ italiano Gigi D'Agostino. Uma boa dele está aqui: "I'll Fly With You".

Antes do Arremate...

...a má da manhã é o falecimento de Manguito na noite de ontem. Com 59 anos, ele sofreu um infarto fulminante. Manguito foi zagueiro do Flamengo entre 1978 e 1981. Vamos encerrar a edição de hoje.

Arremate

Dia de outras duas datas em 0 e 5: os 60 anos do técnico René Simões e os 35 anos do atacante Liedson.

"24 Horas" volta esperando que eles tenham melhor sorte em 2013 do que tiveram em 2012!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.