.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quinta, 13 de dezembro de 2012 - ANO 10, EDIÇÃO 120
O campeão começa com a letra C

Mas C de Corinthians ou C de Chelsea? Ontem soubemos da classificação do Timão e hoje soubemos da vaga dos Blues, que chegou de maneira muito fácil. Um gol na etapa inicial, dois nos primeiros 2 minutos do tempo final e os ingleses ganharam o duelo das monarquias. A Rainha Elizabeth sozinha derrubou o Monte de Reis. Cech só foi notado mais especialmente aos 24 minutos do segundo tempo e no gol dos mexicanos aos 46.

Pintou o campeão? Não necessariamente. Em 2006, por exemplo, o Barcelona atropelou o América do México e, na decisão, o Internacional fez um jogo muito marcador, anulou Ronaldinho, contou com a jogadaça do Iarley e a conclusão do Adriano Gabiru, além daquela defesa fundamental do Clemer na sequência para ser campeão. Em 2005, o São Paulo fez o gol e praticamente mais nada, depois resistindo à pressão absurda do Liverpool em uma jornada monumental do Rogério Ceni. O que quero dizer? Time por time, o Chelsea é melhor e inegavelmente o grande favorito. Mas é jogo único, uma circunstância toda especial. Não é absurdo imaginar que dê Corinthians.

Em tempo, algo muito importante: enquanto Mata fez gol nas últimas quatro partidas do Chelsea, Fernando Torres soma cinco gols nas últimas três partidas - os mesmos cinco gols que, antes, ele demorou 17 jogos pra fazer.

Tricolor campeão em noite muito tensa

É uma pena que tenha acabado como acabou a Copa Sul-Americana de 2012. O São Paulo abriu dois gols de vantagem, um do Lucas e outro do "Cristiano" Osvaldo, e estava muito melhor futebolisticamente do que o Tigre, que estava mais preocupado em bater - ainda mais que o apitante Enrique estava Osses duros de roer, pois não soprava seu instrumento de trabalho nem por decreto. Na tensa ida para o intervalo, se Luís Fabiano estivesse no 11 inicial do Tricolor, no mínimo quatro iriam pro olho da rua: ele, outro são-paulino e dois argentinos.

Aí veio o incidente que determinou o fim sem a realização do segundo tempo. Diferentemente de muita gente que fala mais com o nacionalismo no coração do que com a razão no cérebro, não me sinto capaz de afirmar quem está certo ou errado nessa história. O pessoal do Tigre afirma ter sido agredido, gente da PM confirmou um conflito dos argentinos com seguranças do São Paulo e foi negado que estes usassem armas. Enfim, versões daqui, versões dali e, na real mesmo, não dá para cravar com certeza o que aconteceu.

Isso afeta o título do São Paulo? De jeito nenhum. O máximo que o Tigre pode fazer é protestar, mas o caneco é do Tricolor e pronto. O que deve acontecer, isso sim, é uma investigação minuciosa de tudo que cercou o triste incidente que fez a decisão acabar com 135 minutos e não 180. Alguém não está dizendo a verdade nesse lero, então, seria bom confrontar todas as versões para chegarmos aos efetivos culpados e estes serem punidos. Porém, falamos da Conmebol, que é uma entidade banana pra burro. É brabo acontecer algo.

O que fica de imagem legal foi, na chegada da taça, Rogério Ceni passar sua braçadeira de capitão a Lucas para este ser o primeiro a levantá-la. Um gesto bem legal para quem, mesmo já vendido há horas para o Paris Saint Germain, não negou fogo em momento algum - e corria perfeito risco, por exemplo, de sofrer alguma contusão séria a ponto do negócio ser desfeito - e continuou fazendo o seu melhor pela equipe, conseguindo aquilo que buscava: ser campeão diante de 67 mil fãs que encheram o Morumbi. Esta foi a boa da noite.

A campanha invicta do São Paulo nesta Copa Sul-Americana, que lhe torna o segundo brasileiro campeão (se juntando ao Internacional de 2008), foi composta de duas vitórias por 2 x 0 sobre o Bahia, de empates por 1 x 1 e 0 x 0 com a Liga de Loja, de vitórias por 2 x 0 e 5 x 0 diante da Universidad de Chile, de empates por 1 x 1 e 0 x 0 com a Universidad Católica e de empate sem gols e triunfo por 2 x 0 contra o Tigre. Em 10 partidas, foram 5 vitórias e 5 empates, com 15 gols marcados e apenas 2 sofridos, num excelente saldo de 13 tentos.

Quem também gostou do Tricolor campeão foi o Vasco, pois isto lhe coloca diretamente nas oitavas-de-final da Copa do Brasil de 2013 ao ocupar a vaga dos são-paulinos, que dela estarão ausentes por serem os únicos no mesmo ano a disputarem Libertadores (classificado via Brasileirão) e Sul-Americana (atual campeão). Não é por nada, mas já temos aí a primeira grande falha do novo calendário da CBF, a ser revista urgentemente para 2014.

"Pelas Zoropa"

A Copa da Itália teve a Juventus ganhando pela contagem mínima do Cagliari e garantindo passagem às quartas-de-final. O detalhe curioso foi para o casamento do número: Giovinco, camisa 12, marcou aos 12 minutos (do segundo tempo) de 12/12/12. Nem se fosse propositalmente combinado sairia tão direitinho!

Enquanto isso, na Espanha, o Real Madrid surpreendeu ao levar 2 x 1 do Celta e estar por um fio na Copa do Rei, na qual só avançará para as quartas-de-final se ganhar por 1 x 0 ou dois ou mais gols de diferença na volta, no Bernabéu, em janeiro. O gol fora de casa anotado no fim por Cristiano Ronaldo aliviou a pressão da esquadra merengue, que já vem mal das pernas no Nacional, com 11 pontos de distância para o Barcelona.

Barça, que teve time misto para vencer por dobro a nada o Córdoba, da Série B, com duas proezas de Messi, que foi aos 88 gols em 2012. Aliás, a marca do argentino será contestada na FIFA pelo Flamengo, que afirma que os 89 gols de Zico em 1979 não podem ser desconsiderados, e pela Federação da Zâmbia, que quer reconhecida a marca de 107 gols estabelecida por Godfrey Chitalu no mesmo 1972 dos 85 gols de Gerd Müller.

Só uma amável perguntinha, sem qualquer má intenção, apenas questionando: por que causa, motivo, razão ou circunstância há mobilização sobre estas marcas somente agora e não lá atrás? É só pelo Messi mesmo?

Só Fatos, Sem Boatos

Tópico fixo desta coluna no fim de ano, onde imploro para os rumores irem procurar a sua turma. Às últimas:

*O Grêmio contratou Willian José, que confirmou na comemoração do São Paulo ter se acertado por um ano e meio com os gaúchos. Também foi adquirido Alex Telles, lateral esquerdo do Juventude, que o vendeu para um grupo de investidores ("grupo de investidores"... blergh!).

*O Atlético Paranaense perdeu o zagueiro Luiz Alberto, que jogará o Campeonato Carioca pelo Boavista.

*O Bahia não tem mais o volante Fabinho, que buscará um outro clube, e nem o atacante Elias, que retornou para o Resende e ainda não sabe o que será dele em 2013.

Curtinhas

*Dica boa aqui em Porto Alegre: logo mais, às 6 da tarde, Paulo Roberto Falcão lançará no Museu do Esporte (iniciativa legal demais de João Bosco Vaz no Shopping Total) o livro "Brasil 82: o Time que Perdeu a Copa e Conquistou o Mundo", que tem depoimentos dele e dos integrantes da Seleção que disputou o Mundial na Espanha, além de prefácio de Paolo Rossi. Sobre isso, voltarei ao assunto mais abaixo, no "Sintonia PB".

*Ryan Lochte ganhou dois ouros no primeiro dia do Mundial de Natação em Piscina Curta, em Istambul, um nos 200 metros livre e outro no revezamento 4 x 100. O norte-americano é o grande nome da competição.

*São Bernardo do Campo em festa com o sétimo título seguido da Metodista na Liga Nacional de Handebol Feminino, conquistado diante da UNC de Concórdia, em território catarinense, por 22 x 20. No primeiro jogo, as agora heptacampeãs tinham vencido por 23 x 22. O time vice-campeão jogou sua primeira decisão.

E atenção, pessoas!

Chegou aquele momento uma vez mais lamentável e que torna este um dos piores fins de ano na comunicação brasileira: "Sintonia PB", antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Sim, mais uma notícia relativa a demissões, estas agora no Portal Terra. Leio no Portal Imprensa que serão 150 demissões em áreas como administração, TI, redação e marketing, tanto em São Paulo quanto aqui em Porto Alegre - e deve ser quase tudo aqui, pois consta que serão 20 as dispensas em Sampa. Tsc, tsc, tsc...

*Volto ao lançamento do livro do Paulo Roberto Falcão: anteontem, algo muito curioso e interessante aconteceu, que foi ele ser entrevistado por sua mulher Cristina Ranzolin no "Jornal do Almoço" - do qual o Bola-Bola foi comentarista na metade dos anos 90, antes ainda de chegar à Rede Globo, já com Cristina na hoje não mais existente bancada. Isso é até observado por ela no começo da conversa, que assistem aqui.

*No meio dela, algo me surpreendeu negativamente. O comentarista Lasier Martins se juntou à entrevista pois ainda trabalhava na crônica esportiva na Copa do Mundo de 1982 e, perguntado se estava no Sarriá naquele Itália 3 x 2 Brasil, respondeu que não pois no mesmo dia estava em Madrid para outro jogo (que foi Espanha 0 x 0 Inglaterra). O ponto negativo foi Lasier dizer que estava a serviço da Rádio Gaúcha, quando ele ainda estava era na Rádio Guaíba, da qual saiu apenas depois da Copa de 1986. Não achei legal isso. Que não dissesse que estava pela Guaíba, mas que não falasse que estava pela Gaúcha quando não estava.

*Mal comparando, para contextualizar a quem não entender o tamanho da minha surpresa negativa, isso seria o mesmo que Osmar Santos falar que fez a Copa de 1990 pela Rádio Globo, quando estava na Rádio Record, ou José Carlos Araújo dizer que fez a mesma Copa de 1982 também pela Globo, quando estava na Rádio Nacional.

*Da série "acontece nas melhores famílias": termina o "Bom Dia Rio Grande" desta manhã e a RBS TV volta pra Rede Globo, que antes do "Bom Dia Brasil" chama pro "Globo Repórter" de amanhã, que terá Glória Maria nas regiões de Provence, que tem muita qualidade de vida, e Champagne, onde nasceu a referida bebida. Até aí nada de mais, não fosse o fato de que não será este o "Globo Repórter" daqui e sim um regionalizado sobre os 50 anos da afiliada, que já tem veiculadas chamadas feitas por Sérgio Chapelin. Descuido que escapou.

*Surpresa muitíssimo agradável: ontem, ao invés de Flávia Freire, a previsão do tempo do "Jornal Nacional" foi feita por Izabella Camargo, que acho que nem completou um mês nesta função como reserva imediata da Eliana Marques pela manhã e mesmo da Michelle Loreto à tarde (além de continuar na reportagem geral em São Paulo), mas já chegou ao horário nobre. E ainda é pouco para as qualidades mostradas por ela na condução de jornais no BandNews TV e na Bandeirantes. Palpite: será Izabella a "bola da vez" da Globo no ano que vem.

*Tem umas coisas que eu não entendo, sinceramente. Achei essa pelo Facebook: o site da revista Caras lançou uma enquete sobre qual jornalista mais se destacou em 2012. Estão listados 20 apresentadores, tanto nacionais quanto regionais de São Paulo. Até 7 e meia da manhã de hoje, quando publico este tópico, os mais votados eram Sandra Annenberg (22%), Patrícia Poeta (17%), William Bonner (14%) e Karyn Bravo (12%). O que eu não entendi é que somente jornalistas de Globo, Record e SBT foram incluídos. Cadê os da Band, da RedeTV!, de outras emissoras abertas, dos canais fechados, enfim? Se vai fazer o negócio, faz direito, puxa vida!

*Péssima notícia informada no começo da noite de ontem pelo Flávio Ricco no UOL: a RedeTV! demitiu mais profissionais neste fim de ano, em diversos setores, como secretárias, seguranças, gente do financeiro e do Recursos Humanos, além de gente do setor artístico e do departamento jornalístico. Lamentavelmente, sabem quem está entre os dispensados? Cláudia Barthel, a bonitona que ainda era remanescente da Rede Manchete e, nos últimos meses, apresentava o "Leitura Dinâmica" no fim da noite. O último jornal dela foi na madrugada de terça para quarta-feira. Já nesta última madrugada, a apresentação do "Leitura" foi da Renata Maranhão, que foi sua titular por anos a fio e que recentemente a deixou para ficar somente no semanal "Good News".

*Enquanto isso, esta manhã, o vice-presidente Marcelo (Sr. Luciana Gimenez) Carvalho apareceu preparando um peru de Natal no "Se Liga Brasil". Nem falo mais nada.

*Mudando completamente de assunto: logo mais, 10 da noite, o "Clube do Filme" da TV Cultura mostrará a clássica comédia água-com-açúcar "Confidências à Meia-Noite", com Doris Hudson e Rock Day (ou seria o contrário?). Tinha anos e anos que não passava na TV aberta, lembro dela ainda no "Corujão" - isso, claro, na época que a Globo mostrava filmes bem antigos, o que atualmente na madrugada é praticamente impossível.

*Completa 45 anos nesta quinta-feira Jamie Foxx, que fez barba, cabelo e bigode em 2005 ao ganhar Oscar, Globo de Ouro e outros prêmios mais pela cinebiografia "Ray", além de participar de um caminhão de filmes, alguns dos mais destacados sendo "Miami Vice" e "Dreamgirls - Em Busca de um Sonho".

*A saideira chata coincidentemente escrevo quando ela canta "Sunrise" na Ouro Verde FM de Curitiba, uma das rádios musicais que mais escuto pela Internet: foram cancelados os shows de Norah Jones aqui no Brasil, tanto o de ontem aqui em Porto Alegre quanto os do fim de semana em São Paulo e Rio de Janeiro. O motivo é mais do que compreensível: ela voltou aos Estados Unidos para ficar junto com a família após saber do falecimento do seu pai, o músico indiano Ravi Shankar. Agora, quem comprou ingresso deve ir buscar o devido reembolso.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Grazia Pinto

Grazia Pinto, Miss Itália. Mais uma bela pedida para o próximo Miss Universo.

Convivas

"O São Paulo ganhou merecidamente, conseguindo se recuperar no segundo semestre com os ajustes do Ney Franco para um futebol mais sólido. Ney acreditou na conquista da Sul-Americana desde que chegou ao clube. Nem a diretoria acreditava tanto, pelo visto, pois marcou um monte de shows para dezembro no Morumbi. Lucas foi o grande destaque, jogando bem e sem tirar o pé das divididas mesmo vendido, mas também destaco Rafael Tolói, Wellington e Osvaldo, além do retorno do Rogério Ceni. *** O Tigre parecia um menino birrento, só esperando um motivo para causar outra confusão. De todas as coisas que eles reclamam, o São Paulo não permitir o reconhecimento do campo na véspera é comum e justificado, pois estamos no Sudeste em época de chuva e o gramado, desgastado por shows, poderia sofrer ainda mais. Eles têm razão no caso do aquecimento meia hora antes da partida, que o São Paulo poderia ter permitido. No fim do primeiro tempo, claramente no campo eles já procuraram confusão e não é de se duvidar que tenham aumentado a violência nos vestiários. Se os seguranças agiram de forma errada, que sejam punidos e até mesmo o clube multado, mas em termos esportivos o Tigre foi lamentável nos dois jogos. Como disse Ney Franco, isso não pode manchar a conquista do Tricolor. *** Lembro que aquele São Paulo campeão mundial há 20 anos estava no auge, com Cafu jogando mais adiantado e Vitor na lateral direta. Raí, Palhinha e Muller faziam tabelas incríveis e o time, sem um centroavante fixo, girava e confundia a defesa adversária. As vitórias contra Barcelona no Teresa Herrera e Real Madrid no Ramón de Carranza deram mostra que o time poderia ir bem no Mundial. Mesmo tomando o primeiro gol, em nenhum momento sentiu a pressão e virou o jogo em grande atuação." (Alexandre Rodrigues Alves)

"Luiz Gonzaga é um dos pilares da minha formação musical e talvez o artista mais popular deste país. Popular mesmo, pois talvez não haja brasileiro que não o conheça ao menos de nome, e há a imensa multidão que conhece, canta e dança suas músicas nos arrasta-pés da vida. Foi o primeiro artista da integração nacional, pois sua vasta obra inclui homenagens a quase todos os estados brasileiros. Até o surgimento dele, a música nordestina era tida como de pouco valor, merecendo quando muito figurar na categoria de folclore. Ele próprio inicialmente não confiava muito em seu taco, pois tocou muita valsa, choro, tango e bolero na zona boêmia carioca até o dia em que foi ao programa de Ary Barroso para entortar-lhe o ouvido com o 'Vira e Mexe' solado na sanfona. Lua conseguiu, com seu talento, incluir o Nordeste no mapa musical, a despeito de muitos que se sempre lhe torceram o nariz, notadamente os bossa-novistas. Chama a atenção o desprezo com que Ruy Castro se refere a ele em seu livro 'Chega de Saudade: as Histórias da Bossa Nova'. Mas enquanto muitos daqueles que maltrataram o violão falando do amor, do sorriso e da flor são ignorados pela massa, a fama e o mito do Rei do Baião só parecem aumentar ano após ano. Suas músicas, que traduzem as dores e alegrias do povo brasileiro, ora são candentes protestos contra o descaso dos poderosos para com os humildes, ora são gostosamente maliciosas sem jamais no entanto resvalarem no mau gosto, isso quando não possuem uma pureza e uma ingenuidade quase mágicas, que parecem só poder mesmo ter saído da cachola de um ser humano especial. A obra de Luiz Gonzaga, longe de ser só 'Asa Branca', é um tesouro a ser redescoberto. *** Tomar gol de Fernando Torres é sacanagem! E mais uma vez os mexicanos ficarão pelo caminho! *** É por conta de incidentes como essa palhaçada do Tigre que estou 'caminhando e andando' para a Sul-Americana. Duvido que fariam o mesmo se fosse na Libertadores, que é à vera e é o sonho de consumo de 10 entre 10 clubes sul-americanos. A Sul-A só serve para preencher a grade das TVs." (Clayton Moreira)
O amigo pode saber muito sobre Luiz Gonzaga, mas não sabe tanto sobre futebol sul-americano. Na década de 80, cansou de rolar confusões até muito maiores do que essa em diversas Libertadores. É que não havia o televisionamento maciço dos dias atuais à ocasião para todos acompanharem da mesma maneira. Para não ir tão longe, lembre da final da Libertadores do ano passado, da pancadaria entre os jogadores de Santos e Peñarol, que foi provocada pelos uruguaios ao perderem no Pacaembu.

"A vitória apertada do Corinthians contra o Al Ahly não causa surpresa. Há tempos o time mostra falta de criatividade e finaliza pouco em gol. Contra o Chelsea, terá que jogar muito mais ou contar com a sorte. Seja da maneira que for, o importante é o título. *** Parabéns ao Lucas, que, mesmo negociado, foi profissional e, acima de tudo, jogou com raça e amor, honrando a camisa do São Paulo." (Paulo Henrique Gonçalves)

"Acho uma vergonha para o futebol brasileiro jogar na retranca contra um time do Egito, tomando sufoco o segundo tempo todo e, depois de tudo isso, ainda sair comemorando. Ridícula a atuação do Corinthians contra o 'grande campeão africano'. Mais uma vez o representante da América do Sul vai levar um passeio do campeão europeu." (Renato Resende)

Participe pelo papodebola@gmail.com. Sua opinião será registrada nas próximas colunas.

Clipe do Dia

Rei do Baião, símbolo da cultura do Nordeste, um mito das artes brasileiras. Este é Luiz Gonzaga, cujos 100 anos de nascimento são hoje celebrados.

Eis cinco momentos de Gonzagão: começo aqui com "Asa Branca", prossigo aqui com "O Xote das Meninas", continuo aqui com "Respeita Januário", avanço aqui para "Coronel Pedro do Norte" e termino aqui com "A Vida do Viajante", com ele e Gonzaguinha juntos.

Momento Raridade Rara

Tem mais, é claro! São três destaques sobre o pernambucano de Exu, falecido em agosto de 1989: começo aqui (postada por andersonmcr) com uma entrevista dele em 1986 para Leda Nagle no "Jornal Hoje", da TV Globo; prossigo aqui (postada por cind631) com uma homenagem feita em 2008 por Rolando Boldrin no "Senhor Brasil", da TV Cultura; e termino aqui (postado por mauriciomartins20) com um programa deste ano mesmo de 2012, mas que incluo no tópico por ter sido de abrangência regional: o especial "Luiz Gonzaga, o Legado", com meia hora de duração e veiculado em maio pela TV Clube, afiliada da Rede Globo no Piauí.

Arremate

Ray, que saiu do Fortaleza, agora jogará no ASA. Em breve escutaremos seu novo hit: "Arapiraca on My Mind".

"24 Horas" volta antes que me ocorra um futuro novo trocadilho com Ray, que não é Charles!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.