.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quinta, 6 de setembro de 2012 - ANO 10, EDIÇÃO 26
Combinação perfeita, organização nem tanto e casa cheia

O Olímpico Monumental estava entupido com "EN" maiúsculo ontem à noite. Mulheres não pagaram ingresso e o preço dos bilhetes teve promoção. 23 mil pagantes, mas 46 mil presentes - oficialmente, pois relatórios da Brigada Militar dão conta de mais de 50 mil pessoas no estádio, fora as cerca de 2 mil que ficaram de fora. Momento ótimo + preço amigo dos tíquetes + horário bom = movimento de final de campeonato no início do returno.

Claro que não foi algo propriamente bem organizado, justamente pelo tantão de gente que ficou de fora, o que fez a direção gremista prometer ressarcimento aos torcedores e sócios prejudicados. Mas isto só confirma minha tese: o futebol de estádio é caro demais. Facilitando, o público aumenta. É só não saber viver apenas de arrecadações das partidas. E não há nada mais lindo no futebol do que casa cheia. O Olímpico de ontem reforçou isso. Da mesma maneira, nada mais deprime do que estádio vazio, vide o Engenhão em várias jornadas recentes.

Brasileirão comentado

Bahia (15°, 24) 0 x 0 Atlético Mineiro (1°, 45) - As ações mais relevantes ficaram para o segundo turno. O Tricolor perdeu uma ótima chance quando Souza cruzou após driblar Victor e perder o ângulo para Helder jogar na casa da mãe dele. Depois, o Galo buscou abrir o marcador, mas a pontaria estava falha. Os mineiros ainda não sabem no returno o que é vencer, mas cabe um desconto ontem pelos vários desfalques, incluindo Ronaldinho e Jô. Já os baianos continuam com uma razoável distância da zona de rebaixamento, mas nada muito tranquilizador.

Grêmio (2°, 44) 2 x 1 Atlético Goianiense (20°, 16) - O Imortal foi avassalador no primeiro quarto, com Leandro mandando no travessão, Márcio defendendo duas vezes no mesmo lance e, depois, os dois gols do Elano. Aí o Dragão resolveu aparecer, diminuiu a partir de falta inexistente e, no segundo tempo, poderia ter saído tanto o terceiro gremista quanto o empate atleticano. Com sufoco, mas os gaúchos continuam em momento ótimo.

Náutico (10°, 28) 1 x 1 Vasco (4°, 39) - Tenório quase marcou de bicicleta, mas a vantagem antes do intervalo foi do Timbu, o artilheiro Kieza sempre providencial. Mas ainda no começo do tempo segundo, um chutaço de Fellipe Bastos igualou tudo. Os pernambucanos buscaram desempatar, mas Fernando Prass defendeu arremate de Dimba na finaleira. No último lance, os cariocas pediram pênalti, mas achei certo não marcá-lo pois, mesmo havendo um contato em sua perna, Nilton poderia ter continuado o lance. Assim sendo, considerando-se que é sempre pegada a parada nos Aflitos, o Cruzmaltino saiu muito no lucro. Mas no campeonato, claro, não foi bom.

São Paulo (5°, 35) 1 x 1 Internacional (6°, 35) - Antes dos 20 minutos, cada time estufou as redes uma vez, os visitantes numa finalização excelente de Dagoberto e os mandantes num cabeceio "de boa noite" de Maicon. A série "acontece nas melhores famílias" foi notada em constrangedora furada dentro da área de Luís Fabiano, que depois disparou um chinelaço do meio da rua, providencialmente defendido por Muriel. A seguir, o Tricolor pediu pênalti em Maicon, mas não foi pois ele deu uma puladinha antes do adversário chegar nele. Depois do intervalo, D'Alessandro foi expulso erradamente pois, embora não tenha sofrido pênalti, não o simulou pois houve contato - mas contato de jogo, somente. Só que não seria este o segundo amarelo se ele não ganhasse o primeiro por reclamar aos montes. Os paulistas partiram pro tudo ou nada, mas ficaram no nada. No fim, os gaúchos também queriam pênalti, mas foi correto não marcá-lo pois Fabrício deu uma de Maicon no tempo anterior.

Cruzeiro (8°, 34) 1 x 3 Botafogo (7°, 34) - A insistência deu a vantagem à Raposa quando Renan espalmou o tiro de Borges, mas não salvou o de Tinga. Everton desperdiçou a chance do segundo e, então, vieram dois tentos relâmpago do Fogão, ambos marcados por Seedorf, em sua melhor partida pela equipe. No tempo segundo, outra vez o holandês entrou em ação ao lançar Jadson para o terceiro. Ele só não marcou o quarto pois foi travado na hora H. Antes disso, uma amortecida providencial de Renan para arremate de Everton, que passou a centímetros da trave direita, impediu um novo fôlego para os mineiros e deu aos cariocas um triunfaço.

Flamengo (13°, 27) 0 x 1 Ponte Preta (9°, 30) - Com pouco mais de 4 mil pessoas no Cidadania, a Macaca deixou ainda mais tenso o ambiente rubro-negro quando Uendel a deixou na frente. Aí entrou em ação Edson Bastos, que deteve a maioria das investidas do Mengão, duas delas de maneira sensacional na etapa final. Nela, ainda, quase os paulistas aumentaram o marcador. Mas Roger, sozinho na cara do Felipe, conseguiu perder. Por um lado, um grande resultado da Ponte. Por outro, a crise no Flamengo só aumenta.

Figueirense (18°, 18) 1 x 0 Corinthians (12°, 28) - O Furacão do Estreito não foi às redes na etapa inicial, quando Fábio Santos tirou em cima da linha um chute de Aloísio dentro da área, mas compareceu logo no começo da metade complementar. Caio fez o gol, mas quem não deixou a casa catarinense cair foi Wilson. Pelo menos seis importantes participações ele teve. Foi em batida do Martinez, em chute do Guilherme que depois parou no poste sem alguém pegar a sobra, foi em quase gol olímpico do Douglas, foi em duas tentativas do Romarinho... Wilson é ídolo do Figueira e ontem justificou por A + B = C esta condição. O alvinegro da casa não se entrega.

Portuguesa (11°, 28) 3 x 0 Coritiba (16°, 22) - Com 5 minutos, Escudero foi corretamente expulso por derrubar Ananias em clara e manifesta situação de gol. Prejuízo irremediável para o Coxa, que foi vazado por Bruno Mineiro, impossível. Claro, houve depois o prejuízo do pênalti não marcado no Rafinha, que tomou um passa-pé ao limpar seus marcadores. Mas é aquilo que sempre digo: quando o time é bom, ele passa por cima de tudo, até do apito. E não dá para considerar os paranaenses propriamente bons, flertadores são da turma do fundão. Com apenas 10 segundos, Bruno Mineiro dobrou. Depois, veio o terceiro. Intermediários, os paulistas fazem um retrospecto para permanecer na elite. Já os paranaenses demitiram Marcelo Oliveira. Em 1 ano e 9 meses, ele foi bicampeão estadual e bivice da Copa do Brasil. Poucos minutos depois, anunciaram o substituto: Marquinhos Santos, que por 3 anos dirigiu o Coxa Sub-20 e estava na Seleção Brasileira Sub-17 desde março. Tcheco será seu auxiliar.

O que vem por aí

Duas porfias fundamentais esta noite. Numa delas, o Fluminense tanto assumirá a liderança se ganhar do Santos quanto permanecerá em terceiro se derrotado for. E na outra, o Palmeiras é obrigado a vencer diante de sua gente para não se complicar ainda mais, enquanto o Sport pode empatar em pontos com o Coritiba se obtiver a vitória em território bandeirante. Pelejas para ficarmos de olho.

Curtinhas

*Não bastasse a derrota para o Botafogo, o Cruzeiro tomou 6 perdas de mando de campo pelos incidentes no clássico - de torcida única, rememore-se - contra o Atlético Mineiro. É claro que vão recorrer, mas acho ruim da pena ser muito diminuída, até porque não foi nada legal o acontecido naquele domingo. Castigo duro e justo.

*Outros punidos no STJD foram três dirigentes cruzeirenses suspensos por um mês (o diretor de futebol Alexandre Mattos, o gerente de futebol Valdir Barbosa e o diretor de comunicação Guilherme Mendes), além de duas partidas de gancho para o cruzeirense Leandro Guerreiro e para o atleticano Bernard.

*Em tempo 1: tô ficando velho. Por anos a fio eu vi Guilherme Mendes reportar na Globo Minas as suspensões do povo do futebol. Hoje, leio que ele é quem está suspenso. Pra tu ver só.

*Em tempo 2: punição ao Nielson Nogueira Dias pela má arbitragem no clássico, que também seria bom, nada.

*Confirmado no BID da CBF, Deivid estreará pelo Coritiba depois de amanhã, contra o... Flamengo. Já vi tudo.

*Paulo Odone tentará a reeleição presidencial no Grêmio. Ele versus Fábio Koff. Quem ganhará este clássico?

*Anderson Polga, 33 anos, é o novo zagueiro do Corinthians. A ala alvinegra paulistana dos leitores gostou?

*Após duas décadas de Juventus, Del Piero vai jogar no australiano Sydney FC. Então tá, né...

*A temporada 2012/2013 da NFL começou com o campeão New York Giants levando 24 x 17 do Dallas Cowboys.

*Andy Roddick anunciou sua aposentadoria para depois do US Open. Ontem chegou o dia da parada, ao perder nas oitavas para o tangueiro Juan Martin del Potro por 3 sets a 1. Agora ele vai curtir a vida fora das quadras.

*Brasil em final de Grand Slam profissional após Gustavo Kuerten no Roland Garros de 2001. Feito obtido por Bruno Soares, que jogará nesta quinta-feira a decisão de duplas mistas ao lado da russa Ekaterina Makarova contra a tcheca Kveta Peschke e o polonês Marcin Matkowsk. Vamos torcer para o sucesso do Bruno.

*Mais um 3 x 0 tranquilito (25/06, 25/12 e 25/13), desta vez sobre a Universidad Católica Boliviana, e o Sollys/Nestlé ganhou mais uma no Sul-Americano Feminino de Vôlei. Hoje, a equipe de Osasco decide o título enfrentando o Boca Juniors, às 7 da noite. Bem que o pessoal poderia ser camarada e prestigiar as gurias.

*Ontem, quem estreou foi o Cruzeiro no Sul-Americano Masculino, em Linares, no Chile. Triunfo sem traumas por 3 x 0 (25/9, 25/9 e 25/12) contra o uruguaio Carmelo Rowing. Hoje, o pega é contra o paraguaio Deportivo Colon.

*Leio no UOL que o governo do estado do Rio de Janeiro assinou contrato com os organizadores para receber em 2013 e 2014 o Prêmio Laureus, a grande premiação esportiva, realizada será na Cidade Maravilhosa. Bacana!

*As medalhas brasileiras da quarta-feira nos Jogos Para(o)límpicos vieram com Jovane Silva Guissone, que venceu o honconguês Chick Sum Tom na esgrima de cadeira de rodas, e no pódio de Terezinha Guilhermina, Jerusa Santos e Jhulia Santos nos 100 metros rasos T11, com recorde mundial de 12s01 de Terezinha.

*Mas a grande participação desta Para(o)limpíada foi de Alessandro Zanardi, ex-piloto de automobilismo, que o abandonou em 2001 pois perdeu as duas pernas em um acidente na etapa da Alemanha da Fórmula Indy. Ele, que correu na Fórmula 1 entre 1991 e 1999 e que foi campeão da Champ Car em 1997 e 1998, agora atua no ciclismo adaptado categoria H4. E ontem, o italiano venceu o ouro com 24min50s22. Uma grande vitória da vida.

E atenção, pessoas!

Chegou aquele momento de dar pitaco no dos outros sem se garantir por completo no seu: "Sintonia PB", antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Entrevistado por Marcelo Tas no Portal Terra, Britto Jr. disse que Fátima Bernardes tem que tomar posição pois não é fácil uma pessoa que apresenta o mesmo jornal engessado por anos a fio mudar e que o mundo será dela quando sentir que pode dizer o que pensa e parar apenas de distribuir perguntas, pois não há mais espaço para malabarismos na televisão. Não entendo isso, sinceramente. Quer dizer: o ponto de vista é até correto, mas vindo do Britto soa como provocação, sendo ele da Record. Enfim, isso tira um pouco do fundamento da opinião, o que eu também pensaria se fosse alguém da Globo falando de alguém da Record. Fiquemos de olho no que apresentará o reformulado "Programa da Tarde" a partir das 14h30 da próxima segunda-feira.

*Enquanto isso, leio no NaTelinha que o "Encontro com Fátima Bernardes" marcou 8 pontos na terça-feira e liderou em São Paulo, contra 5 do "Hoje em Dia" na Record e do "Bom Dia e Cia." no SBT. Quem tirou proveito do bom número da Sra. Billy Biscoito Bonner de Baunilha foi o "SPTV", que chegou aos 10 pontos.

*Leio no UOL que a assessoria de imprensa do Viva confirmou a gravação de episódios especiais do "Sai de Baixo" para exibição no fim deste ano, mas ainda sem elenco fechado. Tomara que seja o original de 1996.

*Leio no Daniel Castro que não será "A Próxima Vítima" a sucessora de "Barriga de Aluguel" em novembro no Viva e sim "Renascer". Temos, então, os horários das reprises confirmados: 16h30 e 2h15.

*Saiu na Folha de S.Paulo que a assessoria da EBX afirmou que Eike Batista não está negociando a compra do SBT. Mas alguém afirmou que isso está acontecendo? Ninguém disse isso. O que o próprio Eike disse, como relatado pelo IG, é que tem interesse, sim, em comprar o SBT para torná-lo uma emissora positivista.

*Às 10 da noite de hoje, o "Clube do Filme" da TV Cultura exibirá "O Sol é Para Todos", produção de 1962 estrelada por Gregory Peck, que venceu um dos três Oscar desta obra dirigida por Robert Mulligan.

*A saideira: completa hoje 5 anos a morte de Ruth Romcy, eterna atriz das câmeras escondidas do "Programa Silvio Santos". Veja aqui (postada por rivenexile) uma delas, como uma noiva que assombra vigias no cemitério.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Cláudia Mourão

Cláudia Mourão, repórter da EPTV Sul de Minas. Vi ela hoje pela manhã no "Globo Rural". Loira? Linda? Com um sorriso encantador? Mas vem pra cá!

Convivas

"Faltou mais inteligência ao São Paulo para vencer o Inter, que começou melhor até abrir o placar. Depois que empatou, o Tricolor dominou o jogo, mas os laterais mais uma vez não deram apoio para a criação de jogadas. Osvaldo até tentou incomodar, mas faltou qualidade no meio para a bola chegar mais ao Luís Fabiano. Acho que aconteceram os dois pênaltis. O empate foi ruim para os dois, que possuem bons elencos, mas sofrem muito sem estarem completos. *** Lugano é um bom zagueiro, joga com muita raça, mas tem de jogar em um sistema de jogo mais protegido, pois não é um primor saindo jogando. *** Me parece que José Maria Marin está fritando Mano Menezes em 'fogo brando'. Sabe que o teste final será a Copa das Confederações. Se o Brasil for mal, em tese fica mais fácil de trocar faltando um ano para a Copa, quando o treinador que for chamado não recusará o convite e fará o básico para chegar ao título. Não é o ideal, mas as experiências positivas de 1970 e 2002 podem pesar para isso. Talvez na Olimpíada o desempenho do Brasil tenha sido melhor do que ele esperava e, por isso, não demitiu Mano ali mesmo. *** Já pensou se existissem os 'naming rights' nos anos 60? Não teríamos Castelão, Mineirão, Arrudão e mesmo Beira-Rio e Fonte Nova. *** Parabéns por não dar atenção à patacoada do Rubens Barrichello, que tentava implorar por uma vaga na Lotus para essa corrida na Itália. Fim de carreira triste para ele. *** Interessante imaginar que tipo de TV Eike Batista faria no SBT. Se para ele o mundo é 'cor de rosa', será que teríamos só programas estilo 'TV Fama' ou mesmo de amenidades, como o 'Encontro com Fátima Bernardes'? *** Esses episódios inéditos do 'Sai de Baixo' seriam um caminho para um possível retorno do Tom Cavalcante à Globo? *** Kamilla Covas seria parente do Mário Covas?" (Alexandre Rodrigues Alves)
Primeiro: se chamarem o Tom, quem sabe... E segundo: acho que não. Se fosse, alguém já teria noticiado.

"Esse Campeonato Brasileiro tá muito devagar em termos de gols. Tem muitos 0 x 0 e, quando tem 3 ou 4 jogos ao mesmo tempo, tem períodos muito grandes sem gols. *** O Atlético Mineiro tem muita sorte. Toda vez que tropeça, os outros não aproveitam. Será que o Fluminense mais uma vez vai desperdiçar a chance, mesmo com o Santos sem os principais jogadores?" (Carlos Eduardo Sampaio Queiroz)

"Mais uma humilhação! A pergunta que não quer calar é: o que vai acontecer primeiro? O fim da carreira do Adriano ou o rebaixamento do Flamengo? E sábado, contra o Coritiba? Lá? Esquece!" (Clayton Moreira)

"Gostaria que a TV Cultura voltasse a transmitir nas parabólicas o horário eleitoral de São Paulo. Pra quê ficar com aquela tela azul? Resolveram copiar a Record News? Aqui em Peruíbe nós assistimos a propaganda de Santos na TV aberta UHF, mas pelo menos havia a opção da Cultura no satélite. A propósito: a Band do sinal digital passa desenho, e não infomercial como nas parabólicas." (Hélio Sussúmu Abe)

"Com o devido respeito, eleger Andréa João e Gabriela Moreira como 'Belas do Dia' foi uma forçada de barra daquelas. Podem até ser competentes no que fazem, mas daí serem consideradas belas vai uma distância enorme. Mas gosto é gosto e cada um tem o seu. Duas sugestões: Manzana Zil, do 'Zona do Agrião', que é a típica assistente de palco: acéfala, turbinada peitoralmente e com o adicional de uma irritante voz infatilizada; e Tamara Ecclestone." (Wilson Sforza Diniz)
Vou pesquisar a Manzana e em breve trarei a Tamara.

Participe pelo papodebola@gmail.com. Sua opinião será registrada nas próximas colunas.

Clipe do Dia

Também nesta quinta-feira, lembramos de uma das maiores vozes da história da música mundial. Em 6 de setembro de 2007, nos despedimos do grande, do lendário, do mítico tenor Luciano Pavarotti. Aqui está um clássico da canção italiana marcado com sua belíssima voz: "Volare".

Antes do Arremate...

...quer ter uma boa ideia do tantão de viventes em Grêmio x Atlético Goianiense? Veja aqui uma foto postada no Twitter pelo torcedor gremista Ico Roman (que vi em um retweet do Rodrigo Giacomet, da Rádio ABC de Novo Hamburgo). Veem aí o Olímpico a 1 minuto - eu disse u-m-m-i-n-u-t-o - da bola rolar. Demais! Arrematemos.

Arremate

Nixon jogou ontem pelo Flamengo. Depois dele, quem virá? Lincoln? Roosevelt? Eisenhower? Carter?

"24 Horas" volta antes que apareça um Clinton em Vasco, Fluminense ou Botafogo!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.