.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

27 de julho de 2012 - ANO 9, EDIÇÃO 317
E quando for com alguém forte?

A estreia do Brasil no futebol masculino olímpico preocupou. Sim, a Seleção ganhou, mas se submeteu a riscos desnecessários. A expressiva vantagem de três gols aberta em um espaço de 15 minutos na etapa inicial foi pro ralo quando o relaxamento no tempo segundo permitiu ao Egito ir pra cima e marcar duas vezes. Sufoco desnecessário que alertou para problemas defensivos a ser resolvidos para o jogo de depois de amanhã, contra a Bielorrússia. Ontem só não houve consequências piores pois os egípcios não são tão bons. Mas e quando for com alguém forte, como será?

Dos males, o menor: o Brasil venceu, assim como o Uruguai, que virou contra os Emirados Árabes. E o México "oxando" com a África do Sul? E a Espanha perdendo pro Japão?

Resumo comentado do Brasileirão

Atlético Mineiro 2 x 0 Santos - Os bandeirinhas de ontem são cruzeirenses. É a única explicação que justifica três impedimentos tão mal marcados contra o Galo, dignos de render um gancho bem razoável. Dois deles resultaram em gols e o outro em uma situação clara. Se tudo valesse e a última chance fosse convertida, seria aplicada uma goleada histórica. Nada que impedisse, no entanto, o líder do campeonato de vencer pela sétima vez consecutiva (agora só falta uma vitória para igualar o recorde das 8 seguidas de 1986). Momento atleticano maravilhoso e que pode fazer diferença lá na frente. E o Peixe, hã? Vai "entrar" quando no Brasileirão? Tudo bem que está sem Neymar e Ganso, aquilo tudo que bem sabemos, mas zona de rebaixamento após 12 rodadas é vexatório.

Flamengo 0 x 0 Portuguesa - Dorival Júnior estreou no comando do Mengão e percebeu que terá bastante trabalho, enquanto a Lusa também exibiu uma vez mais suas deficiências. Até não era jogo para acabar "oxado", 1 x 1 ficaria bacana. Mas quando a fase não ajuda, não há solução. E o lance do Ricardo Jesus chutando na trave, com ricocheteio no Paulo Victor? E o gol perdido pelo Vagner Love na pequena área? Rubro-negros e rubro-verdes precisam ser fortes e resistentes.

Palmeiras 0 x 2 Bahia - Li no Twitter reclamações dos palmeirenses sobre três prejuízos da arbitragem: gol mal anulado, pênalti existente não marcado e pênalti inexistente marcado. O gol mal anulado não deve ter entrado no compacto que assisti, pois o que entrou achei bem anulado (uma falta de Wellington em Marcelo Lomba). O pênalti existente não marcado não entrou no compacto e não tive como ver a íntegra do jogo. E o pênalti marcado realmente foi inexistente, um negócio vergonhoso. Outro dia, contra o Flamengo, prejudicaram demais o Tricolor. Ontem, ele foi favorecido. A estreia de Caio Júnior foi positiva, vitória muito boa dos baianos. Mas nem tudo foi alegria: os dois tentos foram do Souza, que passará quatro rodadas fora pois o Pleno do STJD confirmou sua suspensão.

Rescaldo dos palpites

Rodada ótima esta... ótima para derrubar o povo. Ninguém acertou em grande escala, então, eu não poderia ser o diferente da história. Apenas 4 acertos (0 x 0 no Rio de Janeiro, Internacional, Vasco e Atlético Mineiro). Vocês também não foram tão ótimos assim, não...

5 acertos
Douglas Ernesto Fernandes Gonçalves (1 exato: 2 x 0 Corinthians, Vasco, Grêmio, Atlético Mineiro e empate em Campinas)
Fernando Clemente (1 exato: 1 x 1 em Campinas, Vasco, Grêmio, Atlético Mineiro e empate no Rio de Janeiro)
Alexandre Rodrigues Alves (Internacional, Coritiba, Vasco, Corinthians e empate no Rio de Janeiro)

4 acertos
Wanderson Ferreira (3 exatos: 1 x 0 Internacional, 2 x 0 Corinthians, 2 x 0 Bahia e Atlético Mineiro)
Gabriel Aguiar (2 exatos: 1 x 0 Internacional, 1 x 0 Grêmio, Corinthians e Atlético Mineiro)
Carlos Rodrigues (1 exato: 2 x 0 Atlético Mineiro, Internacional, Vasco e empate no Rio de Janeiro)
Hugo Leonardo Souza Pinto (1 exato: 1 x 1 em Campinas, Internacional, Coritiba e Atlético Mineiro)
Natanael Felipe Rhoden (1 exato: 2 x 0 Atlético Mineiro, Internacional, Vasco e Corinthians)
Paulo Henrique de Oliveira Santana (1 exato: 2 x 0 Atlético Mineiro, Internacional, Vasco e Corinthians)
João Arruda (Internacional, Grêmio, Corinthians e Atlético Mineiro)

3 acertos
Carlos Eduardo Sampaio Queiroz (2 exatos: 2 x 0 Atlético Mineiro, 1 x 1 em Campinas e Corinthians)
Charles Tavares (1 exato: 1 x 1 em Campinas, Internacional e Atlético Mineiro)
Clayton Moreira (1 exato: 2 x 0 Atlético Mineiro, Internacional e Corinthians)
Celso Luís Gallo (Grêmio, Corinthians e Atlético Mineiro)
Danilo Otoni (Internacional, Corinthians e Bahia)

2 acertos
Fernando Melotti Constancio (1 exato: 2 x 0 Atlético Mineiro e Internacional)
Anderson Costa (Internacional e Atlético Mineiro)

1 acerto
Sandro Francischini (Internacional)

O que vem por aí

O líder Atlético Mineiro visitará o Fluminense, que está nas primeiras posições. O Vasco vem a "Inverno Alegre" tentar derrubar um Internacional motivado pelas duas vitórias e com a estreia de Forlán. E um jogo que promete (só que ao contrário) é entre São Paulo, vindo da derrota para o ex-lanterna, e Flamengo, que nem preciso dizer como está. Eis os 10 jogos para os senhores arriscarem seus prognósticos: amanhã, Internacional x Vasco, Coritiba x Grêmio e Botafogo x Figueirense; e depois de amanhã, São Paulo x Flamengo, Bahia x Corinthians, Fluminense x Atlético Mineiro, Sport x Atlético Goianiense, Cruzeiro x Palmeiras, Portuguesa x Náutico e Santos x Ponte Preta.

A Segunda na sexta

A semana da Série B prossegue com duas partidas entre São Paulo e Santa Catarina. O intermediário Avaí recebe o Bragantino, que flerta como nunca com o grupo do descenso. No outro embate, será a surpresa das surpresas se o Criciúma conceder o empate ao Barueri. Um é líder e o outro é um dos últimos há "séculos". Como esperar algo diferente de um triunfo bonitaço do Tigre?

Ainda na Bêzona, anote aí mais um treinador demitido: o do ASA, que na última terça perdeu pro Goiás. Saiu Heriberto da Cunha e chegou Nedo Xavier, ex-Boa Esporte e Fortaleza, entre outros.

Unidos no nascimento

Vivo brincando aqui no PB com a história de "separados no nascimento", mas hoje eu vi numa reportagem da Adriana Araújo na Record uma gêmea sem ser gêmea. Quem puder, repare em Fernanda Cielo, irmã do César Cielo. Ela é alguns anos mais nova que o "Senhor das Águas", mas é tão igualzinha de rosto que é como se não fosse Fernanda e sim César de cabelo comprido e batom (risos).

E atenção, pessoas!

Chegou aquele momento de afunilar a votação para os mais destacados se separarem e continuarem no páreo: "Sintonia PB", antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*O Prêmio Comunique-se, promovido pelo portal de jornalismo para destacar os melhores jornalistas do ano, divulgou ontem a lista de semifinalistas. São 10 por cada categoria, escolhidos após votação popular entre os cadastrados no C-se, que poderiam escolher até 10 nomes - com exceção do vencedor do ano anterior na referida categoria, que só pode disputá-la novamente no ano que vem, e dos considerados "Mestres do Jornalismo", que são competidores hors concours por ganharem a mesma categoria 3 vezes consecutivas ou 5 alternadas. A nova votação já acontece aqui e vai até 12 de agosto. Aí, os 3 finalistas de cada categoria serão revelados no fim de agosto e a finalíssima terá votação até 16 de setembro. Os ganhadores serão divulgados em 25 de setembro.

*Destaco a seguir os semifinalistas de algumas categorias, que têm ligação com os temas mais comentados neste tópico fixo, com a devida observação dos que não poderiam ser votados:

Apresentador de TV (Renata Vasconcellos em 2011) - Ana Paula Padrão e Celso Freitas, da Record; Boris Casoy, Ricardo Boechat e Ticiana Villas Boas, todos da Bandeirantes; Carlos Nascimento, do SBT; Chico Pinheiro, Christiane Pelajo, Sandra Annenberg e William Bonner, todos da Globo.

Repórter em Mídia Eletrônica (Ernesto Paglia em 2011 e ele e Caco Barcellos hors concours) - Adriana Araújo, Carlos Dorneles e Luiz Carlos Azenha, todos da TV Record; Agostinho Teixeira, da Rádio Bandeirantes; Cláudia Bomtempo, Francisco José, Marcelo Canellas, Neide Duarte e Sônia Bridi, todos da TV Globo; e Roberto Cabrini, do SBT.

Jornalista Nacional em Mídia Eletrônica (Heraldo Pereira em 2011 e Zileide Silva hors concours) - Alexandre Garcia, da TV Globo; Cristiana Lôbo, da Globo News e do G1; Dora Kramer, da Rádio BandNews FM; Fábio Pannunzio, da TV Bandeirantes e do Blog do Pannunzio; Fernando Rodrigues, da Rádio Jovem Pan e do UOL; Kennedy Alencar, da RedeTV! e da Rádio CBN; Miriam Leitão, da TV Globo e da Rádio CBN; Renata Lo Prete, hoje da Globo News e ano passado da Folha de S.Paulo; Ricardo Kotscho, da Record News e do R7; e Ricardo Noblat, do Blog do Noblat.

Correspondente Brasileiro no Exterior (Marcos Uchôa em 2011) - Ilze Scamparini, Marcos Losekann, Pedro Bassan e Roberto Kovalick, todos da TV Globo; Joana Calmon, da Globo News; Luciana Liviero e Mauro Tagliaferri, ambos da TV Record; Milton Blay, da Rádio Bandeirantes; Sônia Blota, da TV Bandeirantes; e Yula Rocha, do SBT.

Jornalista de Economia em Mídia Eletrônica (Miriam Leitão em 2011) - Carlos Alberto Sardenberg e Mara Luquet, ambos da TV Globo e da Rádio CBN; Denise Campos de Toledo, do SBT e da Rádio Jovem Pan; Fátima Turci, da Record News; Flávia Oliveira, da Globo News e da TV Globo do Rio de Janeiro; Guto Abranches e Sidney Rezende, ambos da Globo News; Joelmir Beting, da Rádio e TV Bandeirantes; Luís Nassif, da Agência Dinheiro Vivo; e Mauro Halfeld, da Rádio CBN.

Jornalista de Cultura em Mídia Eletrônica (Edney Silvestre em 2011) - Bianca Ramoneda, da Globo News; Carla Neves, do UOL; Carolina Ercolin, da Rádio Bandeirantes; Cunha Jr., da TV Cultura; Gilberto Dimenstein, da Rádio CBN e da Catraca Livre; Maurício Kubrusly, da TV Globo; Nelson Motta, da TV Globo e de O Estado de S.Paulo; Rubens Ewald Filho, do R7; Terence Machado, da Rede Minas; e Ubiratan Brasil, da Rádio Estadão/ESPN.

Apresentador de Rádio (Luiz Megale em 2011 e Heródoto Barbeiro e Ricardo Boechat hors concours) - Carlos Alberto Sardenberg, Fabíola Cidral, Milton Jung e Roberto Nonato, todos da CBN; Eduardo Barão e Tatiana Vasconcellos, ambos da BandNews FM; Haisem Abaki e Roxane Ré, ambos da Estadão/ESPN; José Paulo de Andrade, da Bandeirantes; e Joseval Peixoto, da Jovem Pan.

Colunista Social (Sônia Racy em 2011 e Mônica Bergamo em hors concours) - Aline Nunes, hoje do Diário de S.Paulo e ano passado do Jornal da Tarde; Amaury Jr., da RedeTV!; Bruno Astuto, de Época; Fabíola Reipert e Hildegard Angel, ambas do R7; Flávio Ricco, do UOL; Joaquim Ferreira dos Santos, de O Globo; Joyce Pascowitch, do Glamurama; Márcia Peltier, da CNT e do Jornal do Commercio; e Otávio Mesquita, da TV Bandeirantes.

Jornalista de Blog (Ricardo Noblat em 2011) - Ancelmo Gois, Guilherme Barros, Josias de Souza, Juca Kfouri, Luís Nassif, Luiz Carlos Azenha, Paulo Henrique Amorim, Paulo Vinícius Coelho, Renato Cruz e Rosana Hermann.

Executivo de Veículo de Comunicação (José Trajano em 2011 e Mino Carta hors concours) - Américo Martins, da RedeTV!; André Luiz Costa, da Rádio BandNews FM; Ascânio Seleme, de O Globo; Carlos Henrique Schroder, da TV Globo; Douglas Tavolaro, da TV Record; Fernando Mitre, da TV Bandeirantes; Mariza Tavares, da Rádio CBN; Otávio Frias Filho, da Folha de S.Paulo; Ricardo Gandour, do Grupo Estado; e Vera Brandimarte, do Brasil Econômico.

*Mais uma mudança na Rádio Globo: acabou o "Quintal da Globo", que estreou em 2002, quando da chegada de Marco Aurélio à emissora. Neste domingo, às 20h para Rio de Janeiro e parte da rede e às 21h30 para São Paulo, Belo Horizonte e outra parte da rede, estreia a "Domingueira da Globo", apresentada por Soares Júnior. Uma prévia com o próprio apresentador pode ser vista aqui.

*Afiliada do SBT na Bahia, a TV Aratu promete muitas novidades a partir da próxima segunda-feira. Novos cenários serão estreados pelos informativos e programas já existentes, alguns deles mudando de horário (casos do "Que Venha o Povo", que muda para 11h10, e do "Na Mira: 1ª Edição", que vai para 12h40). Haverá duas estreias e um retorno. O retorno é do esportivo "No Campo do 4", com Lise Oliveira e o ex-jogador Preto Casagrande, às 12h20. A estreia diária é de "Clube da Alegria", com Carla Perez (sim, Carla Perez em programa infantil, você leu corretamente). E a estreia semanal é de "Chegue Mais", programa feminino apresentado por Daniela Prata, que será exibido às 13h dos sábados, este a partir da semana que vem.

*Leio na Keila Jimenez que, com a entrada do sinal em alta definição na TV Acre e na TV Rondônia nesta sexta-feira, todas as 27 capitais brasileiras já terão a imagem da Rede Globo em HD.

*Veem aqui um anúncio publicado pela Record Norte, que divulga o crescimento de audiência do "Fala Pará", o noticiário matutino apresentado por Márcia Dantas (que logo depois passa o boletim do Pará no "Fala Brasil"). Em janeiro, o jornal marcava 6,2 pontos de média em Belém. Em junho, o índice foi de 8,7 pontos. O crescimento foi de 40%.

*Reflexo direto do futebol olímpico: leio no NaTelinha que o "Cidade Alerta" pós-Brasil x Camarões, na quarta-feira, rendeu 8,2 pontos para a Record em São Paulo, segurando o índice das boleiras. Na contra-partida, o "Brasil Urgente" da Bandeirantes marcou apenas 3 pontos. Quanto falta para José Luiz Datena também pedir uma reportagem com podres do Carlos Augusto Montenegro? (risos)

*Não falei ontem do "Maior Brasileiro de Todos os Tempos". Pois os 12 finalistas do programa do SBT são exatamente aqueles mesmos revelados há duas semanas pelo Flávio Ricco. Agora, eles foram divididos em 6 "mata-ou-morre" para chegar a uma das três semifinais até a final de três competidores. O sorteio das disputas apontou isso: Chico Xavier x Irmã Dulce, Lula x Ayrton Senna, Tiradentes x Santos Dumont, Juscelino Kubitschek x Pelé, Princesa Isabel x Fernando Henrique Cardoso e Oscar Niemeyer x Getúlio Vargas. Caberá ao público decidir qual "competidor" classificará.

*É preciso comentar algo diante da sistemática que definirá "O Maior Brasileiro de Todos os Tempos"?

*A cena de Nina cortando o cabelo de Carminha em "Avenida Brasil" (sem retoques, pois Débora Falabella cortou de verdade o cabelo da Adriana Esteves) me lembrou Chaves cortando o cabelo da Chiquinha no episódio do Seu Madruga cabeleireiro (e também nele não houve retoques e Roberto Gomez Bolaños cortou de verdade o cabelo da Maria Antonieta de Las Nieves).

*A saideira: veem aqui uma estátua inaugurada na quarta-feira em homenagem ao carteiro Jaiminho em Tangamandapio. É uma forma de homenagear o personagem de Raul Padilla em "Chaves" por tirar a cidade mexicana do anonimato e deixá-la conhecida em nível mundial. O monumento tem 1 metro e 70 centímetros de altura e foi feito em bronze. Muito legal!

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna, se eu não virar estátua - mas no meu caso, eu ficar parado dando uma de estátua viva.

Bela do Dia: Aline Mendes

Aline Mendes, editora on-line de Zero Hora. Agora, além do papel e do virtual, ela também tem tido espaço no vídeo, tanto nos reclames do jornal veiculados na RBS TV quanto ao participar do "Jornal TVCOM" com as manchetes de ZH.

Convivas

"Sugiro como 'Belas do Dia' Antonija Misura, da seleção croata de basquete, e Amanda Antunes, da Rádio Itatiaia. *** Joana Limaverde também está no canal Bem Simples, onde apresenta o programa 'Show de Bebê'. *** Boa sugestão de nome para esse 'novo' programa das tardes da Record (e é novidade Ana Hickmann e Britto Jr. juntos?): 'Tudo em Dia a Ver Hoje à Tarde'. *** Incrível a Bandeirantes deixar de exibir 'A Liga' para continuar com a bomba 'Mulheres Ricas'. Tudo bem que 'A Liga' se parece muito com o 'Profissão Repórter', mas era uma boa opção. *** Somente pela bola no pé, o São Paulo não merecia perder. O Atlético Goianiense jogou como se estivesse no Morumbi, apenas esperando o Tricolor, mas teve aproveitamento espetacular no primeiro tempo. A defesa são-paulina entregou tudo o que podia. O São Paulo tem enormes dificuldades na bola alta e até hoje não definiu o melhor esquema tático. Se colocar Edson Silva, Paulo Miranda ou João Felipe, seria melhor jogar só com meio zagueiro. A falha do Rafael Toloi no primeiro gol mostrou que ele ainda não é quem se espera que seja. O problema não é só de elenco e técnico. Vem de cima. E concordo que o pênalti para o Atlético foi meio mandrake. *** Recordo da lei do goleiro não pegar a bola recuada e dos 3 pontos por vitória já no Paulistão de 1991." (Alexandre Rodrigues Alves)
Reconheço que não li com atenção a notícia da Folha de S.Paulo de 25 de julho de 1992. Esta não é a data da adoção da regra e sim da primeira vez dela em um torneio internacional, no caso, a Olimpíada de Barcelona. Desculpem pela minha falha.

"Abismado com esse apático São Paulo. Lamentável primeiro tempo com uma zaga falha na bola área e quatro gols do Atlético em quatro ataques. Perder pro lanterna, do jeito que foi, é uma pouca vergonha. *** O Palmeiras pouco mostrou e mereceu a derrota pro Bahia. Luiz Felipe Scolari é muito esquentadinho. Todo jogo ele é expulso. *** Sem Neymar, Ganso, Fucile, Edu Dracena e cia., o Santos é fraco, vulnerável e incapacitado de atacar. *** O Brasil não pode se dar ao luxo de relaxar quando tem uma grande vantagem sobre uma equipe pouco tradicional. *** Vi um belo filme na Globo quarta para quinta: 'Amor a Três'." (Charles Tavares)

"Pensei em colocar vitória do Atlético Goianiense, mas sempre me dou mal quando cravo uma zebra. *** Depois de anteontem, podemos dizer que Juninho Pernambucano sentado joga mais que o time do Flamengo inteiro. Ele me lembra muito o Velho Júnior de 1992, pois tem se mostrado um veterano imprescindível. *** Incrível, o Japão mandou contra a Espanha! *** Joana Limaverde é filha do Ednardo, cantor de 'Pavão Mysteriozo'. *** Considero 'Don't Cry For Me, Argentina' uma das canções mais chatas, xaropes e grudentas que já fui obrigado a tomar conhecimento, seja na versão de Cláudia ou em qualquer outra. É das poucas que me fazem desligar o rádio quando toca. *** O barbeiro que corta meu cabelo congrega na Igreja Universal e não há hora em que eu vá ao seu salão ou mesmo só passe na frente e a TV não esteja sintonizada na Record. Os pastores devem fazer uma lavagem cerebral na cabeça dos fiéis, que bem sabemos se localizarem sobretudo nas faixas populares, dizendo que a programação da Globo é 'coisa do demônio' e que ela é inimiga da Record e, por tabela, inimiga do 'povo de Deus'. Ter audiência assim é mole. Quanto mais estudo e condição a pessoa tiver, menos suscetível a esse tipo de pressão ela será." (Clayton Moreira)
Se referindo ao que disse a Ana Paula Padrão, sobre atestar a popularidade da Record em lugares como a periferia de Brasília.

"Começo a achar que Gabriel tem grande chance de se firmar na Seleção, principalmente se Neto não convencer. Quem viu as atuações dele no Mundial Sub-20 do ano passado sabe do que falo." (Daniel F. Silva)

"Se estivesse vivo, o mestre Telê Santana completaria ontem 81 anos." (Fernando Grimaldi)

"Evita Peron não foi uma famosa radioatriz. Nem sei se ela conseguiu algum sucesso. E era muito pobre. Há mais de 30 anos, teve uma minissérie americana ou inglesa muito famosa sobre ela. Quem fazia seu papel era Faye Dunaway. Era um espetáculo. É difícil falar da Evita por causa da idolatria. A ideologia muitas vezes faz com que pouco conhecemos a história do nosso continente. Não sabemos o que é tão verdade ou não." (Isabel Pinheiro)

"Interessante que o futebol das Olimpíadas não tem placas de publicidade." (Leandro Lemos)

"O Goiás jogou pro gasto. Fez 1 x 0 e ficou o tempo todo na defesa contra um ASA muito fraco, esperando um contra-ataque para poder matar o jogo e não conseguindo. Se tomasse o gol de empate, não seria nada injusto. A campanha na Série B é boa, com sequência de 7 jogos sem perder, mas não dá para jogar com medo de atacar, recuado o jogo inteiro. Falta ousadia a Ederson Moreira e, principalmente, confiança no time para conquistar os resultados com mais tranquilidade." (Paulo Henrique Gonçalves)

"Estreia é quase sempre tensa e o futebol apresentado não costuma ser convincente, mas este grupo é experiente suficiente para não sentir estas coisas. O Brasil fez um primeiro tempo seguro e eficiente. No terceiro gol, Mano Menezes fez um gesto para o time diminuir o ritmo e cadenciar. Detesto isso. O time foi disperso e negligente no segundo tempo e o Egito aproveitou-se para demonstrar poder de redação. Juan não deveria estar nem no grupo, mas ainda é titular. Escárnio! A oscilação é compreensível e nossa cobrança agora deve ser quanto à evolução do time, que precisa se organizar quando estiver sem a bola. *** O Grêmio é bem montado, mas falta mais volúpia ofensiva. Limitou-se a tocar de lado e alçar bolas na área diante do retrancado Fluminense, quando deveria avançar suas linhas. Ao invés de escalar um terceiro zagueiro na ausência do Deco, Abel Braga deveria escalar Wagner para manter a estrutura tática. Resultado: Fred isolado e time inoperante. Os laterais não apoiaram e Thiago Neves na armação é piada. *** Os torcedores que chamaram o Flamengo de 'time sem vergonha' cobram de jogadores extremamente incapazes de corresponder. O elenco é bem fraquinho e são esperadas atuações pífias e resultados não tão agradáveis." (Romário Henderson)

Participe pelo papodebola@gmail.com. Sua opinião será registrada nas próximas colunas.

Clipe do Dia

Mais um tema no clima olímpico: dos Jogos de Atlanta, em 1996, curta aqui o grande momento de Gloria Estefan em "Reach".

Arremate

Adrian Gomes cortada do time de ginástica por lesão. Harumi de Freitas a substitui. Boa sorte para ela.

"24 Horas" volta esperando não falar mais de cortes de última hora!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.