.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

27 de abril de 2012 - ANO 9, EDIÇÃO 233
O fim de uma era mágica

A sexta-feira abre com a confirmação do fim de uma das eras mais vitoriosas do futebol mundial. Após quatro anos, Josep Guardiola deixará de ser técnico do Barcelona. Em coletiva, ele contou que informou ao presidente Sandro Rossell ainda em dezembro último que deixaria o clube ao fim da atual temporada, quando vence seu contrato. O clube, evidentemente, desejava mantê-lo. O anúncio, coincidentemente, chega após uma semana raramente conturbada e mal-sucedida do timaço dirigido por ele, praticamente fora da briga pelo título espanhol e eliminado da Liga dos Campeões.

Meio-campista com uma década de serviços prestados ao Barça e vencedor da Copa dos Campeões da Europa de 1992, Pep começou a treinar o time B do Barcelona em 2007, chegando à equipe principal no início da temporada 2008/2009, sucedendo Frank Rijkaard. Foram nada mais, nada menos do que 13 títulos conquistados: três Campeonatos Espanhois (08/09, 09/10 e 10/11), uma Copa do Rei (08/09), três Supercopas da Espanha (09, 10 e 11), duas Ligas dos Campeões da UEFA (08/09 e 10/11) e dois Mundiais de Clubes (09 e 11). Mais do que isso, deixou um time que jogou um futebol que encantou o mundo, com uma posse de bola destruidora e eficiência quase total na busca incessante pelo gol. Filosofia aliada a grandes jogadores que resulta em tempos históricos.

Na mesma coletiva, foi anunciado o novo treinador do Barcelona. Esqueça aquilo de Marcelo Bielsa, André Villas-Boas e outras especulações. O nome confirmado tem tudo para prosseguir a mesma filosofia de trabalho: Tito Vilanova, ex-meio-campista do próprio Barcelona e de outros clubes espanhois, como Celta e Mallorca. Tito é auxiliar de Guardiola desde o ingresso dele na função técnica do time B, em 2007. Os dois são da mesma faixa etária, mal passando dos 40 anos. Assim sendo, passadas as rodadas finais do Espanhol e a final da Copa do Rei contra o Athletic Bilbao, Barcelona e Guardiola terão atenções redobradas. O timaço continuará ótimo sem seu comandante? O técnico será multi-vencedor em outra equipe? Depois vemos isso. Hoje, temos o fim de uma era mágica.

Coxa encaminhado na Copa do Brasil

Dois minutos bastaram para o Coritiba fazer o que não fez nos 30 anteriores diante do Paysandu. Foi o tempo para Anderson Aquino e Roberto, este encobrindo o goleiro, abrirem uma frente de dois gols, que passou a três com Everton Ribeiro pouco antes do intervalo. A torcida alviverde estava insatisfeita com o desempenho do time, mas os três gols mudaram a situação da água para o vinho. Aos bicolores, restava ir para o tudo ou nada no segundo tempo. O gol de Tiago Potiguar reacendeu uma esperança pois, com dois de vantagem e um marcado fora, 2 x 0 em Belém já ajudaria.

Os 10 minutos finais encaminharam o desfecho para os finalmentes que soubemos. Um pênalti meio assim-assim em Rafael Silva, amarelo em Paulo Rafael por atrapalhar a primeira cobrança, mas defesa na segunda de Roberto. 3 x 1 mantido e o Papão estava vivo. Mas o Coxa se garantiu em dois lances já na finaleira: uma defesaça de Vanderlei à queima-roupa no que complicaria de vez a vida dos mandantes se resultado em gol e, na última ocorrência, Paulo Rafael expulso por um pênalti bobo e Tcheco marcando em uma meta defendida forçosamente por um jogador de linha.

Com três gols de vantagem, o Coritiba tem a faca e o queijo nas mãos para classificar com tranquilidade no Mangueirão. Derrota por até dois gols ainda lhe favorece e, acima de tudo, um gol que faça e forçará o Paysandu a chegar aos quatro de diferença para avançar. Desta vez eu acho muito brabo disso acontecer. Não é apenas ter que fazer. É fazer e não sofrer. Muito complicado.

Jogo adiado

A chuvarada que caiu em Campinas no começo da noite deixou inviável a relva do Majestoso e levou ao cancelamento de Ponte Preta x São Paulo, uma coisa rara no nosso futebol. E por que desta vez o adiamento aconteceu se, quando desta confirmação, o campo estava ruim, mas não mais do que em muitas partidas que já vi serem realizadas em condições tão adversas quanto?

Alguns fatores me parecem bem claros: 1) medo das duas equipes de perderem jogadores importantes às vésperas da semifinal do Paulistão - não pelo campeonato em si, mas por serem clássicos, o que dá um peso extra; 2) uma possível demonstração de força política junto à CBF, já que não mais administrada por alguém ligado ao Rio de Janeiro (Ricardo Teixeira) e sim a São Paulo (José Maria Marin); e 3) o próprio fato de ser jogo da televisão paga e não aberta pois, se tivesse nem digo tanto a Bandeirantes, mas sobretudo a Globo na parada, duvido que rolasse adiamento.

Conste dos autos algo importante: não acho errado Ponte Preta x São Paulo ter sido adiado. As imagens da TV e as fotos registradas por cronistas presentes no Moisés Lucarelli mostravam que o futebol dos dois times seria muito prejudicado se autorizado o confronto. Errado acho é quando partidas em campos alagados são realizadas por interesses que vão além do meramente esportivo.

Agora fica o problema pois, com a confirmação ainda ontem à noite da remarcação das duas partidas para os dias 2 e 9 de maio, a peleja de volta cai na mesma data de Corinthians x Emelec, no Pacaembu, e de Palmeiras x Paraná, na Arena Barueri. Há necessidade de um dos jogos ser na quarta à noite para fins da TV Bandeirantes. Me parece mais sensível deixar o Palmeiras nesta data e transferir São Paulo x Ponte para quinta-feira. Porém, e se um deles ou mesmo os dois decidirem o Paulistão? Fariam duas partidas decisivas em um espaço de três dias? Pepino para ser descascado. (Atualização das 12:00: a CBF confirmou há pouco que São Paulo x Ponte foi para quinta-feira, dia 10, com Corinthians x Emelec e Palmeiras x Paraná mantidos para quarta, dia 9.)

Liga Europa: a Espanha é campeã

E não é que acontecerá a decisão que lá atrás, quando do sorteio das quartas-de-final, eu dizia ser a minha preferida? Da parte do Atlético de Madrid não houve nenhum problema pois bastou um gol para ganhar do Valencia e fechar em 5 x 2 no agregado. O Athletic Bilbao é que suou a camisa, pois tinha perdido para o Sporting por 2 x 1 em Portugal e vencia pelo mesmo placar até 3 minutos antes do último trilar de apitante, quando aumentou a vantagem e carimbou seu passaporte para a final de 9 de maio, em Bucareste. Aí está a final europeia entre espanhóis e não aquela outra...

Curtinhas

*Depois de recorrer até mesmo a políticos gaúchos no Senado para uma pressão a seu favor, o Internacional conseguiu ontem à noite o que, por enquanto (pois vai que algo muda depois desta coluna ser publicada?), é uma importante vitória: a concessão de uma liminar pelo ministro Guilherme Caputo Bastos, do Tribunal Superior do Trabalho, para Oscar jogar no clube onde quiser. Com isso, ficam em aberto duas questões: se o São Paulo conseguirá cassar esta liminar e, caso nada nesse sentido acontecer, se o Inter conseguirá junto à CBF a recolocação de Oscar como jogador seu no Boletim Informativo Diário até 6 da tarde de hoje. Se isso for obtido, até feto prestes a ser concebido sabe que Oscar jogará o no Gre-Nal de domingo. Fiquemos de olhos bem atentos a esse caso.

*Árbitro de Internacional x Fluminense, Paulo César de Oliveira foi hostilizado por dois torcedores tricolores do lado de fora do hotel onde estava após encerrar a conta nele. Só não entendi uma coisa: o que é que PC fez de ruim na quarta-feira? Não gosto dele como árbitro, mas a única queixa que me vem à cabeça seria relativa ao pênalti. Só que Edinho o cometeu, não há qualquer discussão.

*Falando em Libertadores e em árbitros: semana que vem, o de Emelec x Corinthians será o colombiano José Buitrago, enquanto o de Vasco x Lanús será o uruguaio Roberto Silvera.

*Corinthians, que não terá no Equador o goleiro Júlio César no 11 inicial, barrado que foi por Tite. Sim, ele foi mal contra a Ponte Preta, mas acham válido este afastamento?

*O Monterrey está no próximo Mundial de Clubes depois de, mesmo levando 2 x 1 do Santos Laguna, ter vencido a Liga dos Campeões da Concacaf por ganhar no jogo de ida por 2 x 0.

*A fase regular da NBA, encerrada ontem à noite e reduzida devido ao locaute que comprometeu boa parte da temporada, não deixou de fazer história: com apenas 10,6% (7 vitórias e 59 derrotas, 23 delas consecutivas), o Charlotte Bobcats superou os 11% do Philadelphia 76ers de 1972/1973 (9 vitórias e 73 derrotas) como pior aproveitamento da liga em uma só temporada. Fiasco, hein?

*Nos play-offs, o melhor basquete do mundo ficou assim: na Conferência Leste, Chicago Bulls x Philadelphia 76ers, Miami Heat x New York Knicks, Indiana Pacers x Orlando Magic e Boston Celtics x Atlanta Hawks; e na Conferência Oeste, San Antonio Spurs x Utah Jazz, Oklahoma City Thunder x Dallas Mavericks, Los Angeles Lakers x Denver Nuggets e Memphis Grizzlies x Los Angeles Clippers.

Tragédia na imprensa gaúcha

Eu já estava com esta "24 Horas" toda pronta e encaminhava os "Convivas" da coluna "Papo de Mídia" quando surgiu uma péssima notícia aqui do Rio Grande do Sul no começo da manhã desta sexta.

Um grave acidente aconteceu no km 47 da rodovia RS122, em Farroupilha, na Serra. Equipes de reportagem acompanhavam um comboio da Polícia Civil que faria uma operação em Caxias do Sul. Uma carreta desgovernada que transportava laranjas invadiu a pista contrária e atingiu em cheio a viatura da TV Bandeirantes, que ficou totalmente destruída. Morreram o cinegrafista Ezequiel Barbosa, que também dirigia o carro, e o repórter Paulão, atualmente da versão local do "Brasil Urgente", mas muito popular pelo programa "Polícia em Ação", por muitos anos exibido pelo Canal 20 da Net. Seu jeito único de cobrir casos policiais e seus bordões como "mentiu pro tio, contou pro vô, a casa caiu, a cobra fumou" marcaram bastante. Veem aqui, em tristíssima foto postada no Twitter pelo delegado Emerson Wendt, como ficou destruído o carro da Band.

No mesmo acidente, também ficaram feridos cinco profissionais de duas equipes do Grupo RBS, uma do jornal Diário Gaúcho (repórter Eduardo Torres, fotógrafo Marcelo Oliveira e motorista Anderson Samuel Belmonte Alves) e outra da Rádio Gaúcha (repórter Cid Martins e motorista Lúcio Pereira de Moraes). Carros da Rede Record, este com o repórter Voltaire Porto, e do SBT, este com o repórter Marcelo Chemale, escaparam ilesos por muito pouco. Veículos da Polícia também se envolveram no acidente. O motorista da carreta desgovernada foi detido. Como a ocorrência foi muitíssimo recente, os noticiários matutinos das TVs não tiveram registros em vídeo, que ficaram para os da hora do almoço. E com duas perdas nesta tragédia, volta a pesar demais o clima na Rede Bandeirantes apenas duas semanas após a morte do comentarista de futebol Cláudio Cabral. É preciso novamente ser forte.

Nas horas posteriores, a tragédia também foi noticiada nacionalmente pela televisão, tanto no "Bom Dia Brasil" da Rede Globo quanto no "Fala Brasil" da Rede Record.

E atenção, pessoas!

Como a vida continua para os aqui permanecidos, chegou aquele momento que todos os dias muda o foco da pauta: "Sintonia PB", antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Observação do Flávio Ricco: Patrícia Poeta tem exagerado no "Jornal Nacional" ao ter uma careta diferente para cada notícia. A grande realidade, como diria José Luiz Datena, é apenas e tão somente uma: Patrícia ainda não "aconteceu" no principal telejornal do Brasil. Não gosto de dizer isso pois curto ela pra burro há anos, desde a Band/RS. Mas é o que sinto desde o começo.

*O "Jornal Hoje" desta quinta-feira mostrou algo que, salvo um enorme engano meu, virou "raridade rara" nos últimos tempos: Ana Luiza Guimarães na reportagem. Foi dela a matéria sobre a morte do sambista Dicró. Desde que esta maravilhosa bonitona passou a apresentar o "Bom Dia Rio", sempre a vi na Globo apresentando volta e meia o "Bom Dia Brasil", mas não mais como repórter. Mal comparando, é mais ou menos o mesmo com César Tralli, que nunca mais vi reportando desde que assumiu o "SPTV" do meio-dia no ano passado.

*Outra do "Hoje" de ontem foi uma sensação de "deja-vu" que me ocorreu em reportagem de Helen Sacconi sobre alimentação saudável: a passagem dela foi sentada à mesa diante de um prato de comida. Foi igual a uma matéria recente da "musa-mor" Cristina Vieira sobre a maneira correta de mastigar os alimentos. Não é com conotação ruim que observo isso, apenas achei curioso.

*Voltando à Ana Luiza Guimarães: segunda e terça ela não apresentará o "Bom Dia Rio", que terá como atrativo curioso a apresentação de André Trigueiro, que há poucas semanas deixou o "Jornal das 10", da Globo News, para ser repórter da Rede Globo e colunista de sustentabilidade do "Jornal da Globo". Leio na Cristina Padiglione que sua estreia nas funções nacionais será em maio, já visando ao fórum Rio+20, que acontecerá no mês seguinte. Voltando ao "Bom Dia Rio": folga nestes dois dias também para Mariana Gross, com isso, André Curvello fará o "Radar RJ".

*Leio no NaTelinha que o "Roda a Roda" não está bem no "Ipobre" de São Paulo. Quarta-feira, derrubou a audiência de programas antecessores e prejudicou os posteriores. Enquanto "Maria do Bairro" marcou 5 pontos e o "Casos de Família" foi aos 6,5, o programa da Patrícia Abravanel somou apenas 3 pontos, mesmo índice do "SBT São Paulo". Depois, o "SBT Brasil" marcou 4 pontos e "Corações Feridos" fechou com 5. É aquilo: desgastado por tantas exibições? Concordo que havia um exagero. Mas tirar "Chaves" foi um tiro n'água pois o substituto desagrada ainda mais, nem falo nisso da audiência pura, mas porque esse "Roda a Roda" assim apresentado não tem graça. É preciso se convencer: atração assim só funciona com Silvio Santos. Se não for com ele, esquece. Ponto.

*Leio no Flávio Ricco que terei de ver a RedeTV! às 23h deste sábado. Luciane Escouto, a musa gaúcha do vôlei do Mackenzie, participará do "Mega Senha".

*Não é azedume e nem má vontade, mas às vezes meu "sentimentômetro" de véspera se mostra acertado. Eu tinha dado graças por ter em Ponte Preta x São Paulo uma ótima válvula de escape, mas com o adiamento da partida, lá fui eu ver "As Brasileiras". E foi exatamente o que eu presumia: Sandy não funcionou como "A Reacionária do Pantanal". Ainda resolvi encarar a má atuação com um ótimo pretexto: curtir a lindindona Fernanda Paes Leme. Mas infelizmente a filha do Álvaro José apareceu pouco. Espero que Juliana Alves como "A Mascarada do ABC", semana que vem, seja melhor.

*Desde a semana passada, o SBT voltou a exibir nas madrugadas de quinta para sexta-feira "As Novas Aventuras de Christine", seriado legalzinho com Julia Louis-Dreyfuss (sim, eu vejo as séries corujonas do SBT às vezes). Mas não tem a ver com o canal a menção e sim com o simpático que fez o título em português. Assim como está, não é completo. O título original é "The New Adventures of Old Christine" pois a personagem da Julia é assim chamada, mas outros dois personagens do elenco fixo são seu ex-marido e a noiva dele, também chamada Christine, à qual ele se refere como "a nova". Então, mais sentido faria o título em português ser "As Novas Aventuras da Antiga Christine" ou, no literal mesmo, "da Velha Christine". Mas isso é só uma bobagem minha, relevem.

*A saideira: em entrevista à Playboy, o roteirista de HQs Grant Morrison disse que Batman é muito gay, não em um sentido pejorativo pois ele é heterossexual enquanto personagem fictício, mas que a base do conceito é absolutamente homossexual, até por preferir sair com Robin a ficar com várias garotas que dão em cima dele. Apenas uma única pergunta eu faço: onde é que tá a novidade?

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna, à espera de uma revelação efetivamente bombástica sobre um super-herói famoso.

Bela do Dia: Fernanda Muylaert

Fernanda Muylaert, repórter da TV Record de Brasília. Mais uma bonitona que merece estar presente na seção principal do PB.

Convivas

"Essa regra do 'gol fora de casa' teve em sua intenção tentar evitar que os times ficassem retrancados para segurar o 0 x 0, mas na prática não funcionou totalmente. Agora vemos times segurando o placar mesmo jogando em casa, quando faltam 10 ou 15 minutos para o fim, para evitar tomar gol e tentar fazer um na casa do adversário. No fim das contas, o bom e velho saldo simples ainda é superior. *** O Manchester United contratou o goleiro errado. Como joga Neuer, muito bom goleiro. O time do Bayern é muito bom e merece chegar à final, vem montando essa base desde 2007. Para um time do porte do Real Madrid, mas que joga com Pepe na zaga, é sempre um risco ele fazer uma besteira, como fez no pênalti. A final será bem interessante, pois o Chelsea também tem uma boa equipe e está numa fase em que quase tudo dá certo. Apesar disso, acho a equipe alemã mais inteira para ser campeã. *** Johan Cruyff é hoje treinador da seleção da Catalunha, que tem autorização da FIFA para fazer um amistoso por ano, jogando muitas vezes no Camp Nou. É um cara diferente no mundo do futebol, sempre expondo suas opiniões, mesmo muitas vezes não concordando com elas. *** Sim, o Brasil está mal na armação de jogadas no basquete masculino. Tirando Marcelinho Huertas, não tem um cara com qualidade para controlar a bola e fazer o time parar o jogo de vez em quando. Confesso que não conheço bem o jogo do Larry Taylor e tenho de vê-lo mais para dizer se acrescentaria na seleção. Só acho que isso de naturalização de jogadores no basquete é algo que pode vir a ter um freio mais para a frente, pois muitos países estão usando esse expediente, muitas vezes sem grande critério, a não ser o de reforçar suas seleções. *** Lamentável a situação das rádios FM em Belo Horizonte. A MIX FM está sem apresentadores há algum tempo, tocando músicas direto só com alguns intervalos. Será que essa rádio também pode rodar mais para a frente? A ex-Oi FM logo se tornará esportiva. Como disse há algum tempo não me recordo qual conviva, faz falta no dial belorizontino uma rádio dedicada ao rock ou a estilos diferentes do popular e da MPB, que é base da Guarani FM. *** Interessante o 'CQC' se dedicar mais a denúncias de políticos, ainda que não seja algo novo na TV e nem necessariamente engraçado no programa em si. Não o tenho visto há muito tempo, mas é a parte mais assistível. *** A Bandeirantes já vai cometer o erro de desgastar o programa de perguntas e respostas do Datena - que não vi ainda -, colocando ele em vários dias da semana. É especialidade dos canais brasileiros (exceção feita à Globo) se iludir com o inicial sucesso de uma atração e exibi-la à exaustão, com isso, acabando com sua 'vida útil' no ar. *** Sem problemas, Clayton Moreira. Posso ter entendido mal sua opinião sobre Raul Seixas. A música dele atingiu mais o público muito por mérito dele nessa mistura de estilos que fez. Sobre os Titãs, os citei pois a fase de maior sucesso foi quando a música deles era mais agressiva, sem perder qualidade. *** Pena o passamento do Dicró, que fazia samba de verdade, com muito bom humor. Não sou profundo conhecedor do tema, mas gostava do trabalho dele, ainda mais com os 'Três Malandros in Concert'. *** Florence 'sorriso' Colgate é bonita, sim, mas isso de rosto perto da perfeição é algo bem relativo. O que é bonito para alguns pode não ser para outros, portanto, não me emociono muito com esse tipo de concurso. *** Olhando só pelo pódio da People, colocaria Sofia Vergara em primeiro, Charlize Theron em segundo e Beyoncé em terceiro." (Alexandre Rodrigues Alves)
Sofia em primeiro seria pela avantajada comissão de frente que ela ostenta? (eh, eh, eh)

"Não sei se a contrariedade do Romário Henderson foi com minha opinião. Mas devo esclarecer que ele tem todo o democrático direito de considerar meu comentário injusto, porém, não de defini-lo como aproveitador. Quem frequenta o site há mais tempo do que ele sabe que já me expressei de igual modo em outras ocasiões, uma delas quando da vexatória eliminação da seleção argentina pela alemã por 4 x 0 na Copa do Mundo de 2010, partida na qual Messi também não apareceu. Para mim, ele equipara-se a um Ronaldinho Gaúcho dos tempos de Paris Saint Germain e Barcelona mais objetivo como jogador de clube e não de seleção. A propósito: quando R10 - ou Rzero - será defenestrado do Flamengo?" (Anderson Lhamas)
Não acho que o Romário tenha se referido especificamente a você, Anderson, até porque ele o faria diretamente. Acho que ele falou em linhas gerais mesmo, mas o próprio pode confirmar ou desmentir.

"A Espanha não queria tanto uma final sua numa competição europeia? Olha aí, vão ter! *** Atestei algo que a seriedade de Brasília muitas vezes encobre: como está bonita e jovial Poliana Abritta no 'Globo Mar'. Como é que a gente vai vê-la de short ou com o ombro nu no 'Jornal Nacional'? Prestei atenção mínima no programa, mas mesmo assim apreciei a graciosidade dela trajando roupas leves e muito apropriadas para um jogging às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas. Defendo inclusive que ela passe uma temporada no Rio de Janeiro, cidade reconhecidamente solar, onde certamente teria muito mais motivos para ficar tão soltinha como frequentemente vemos Ana Paula Araújo ou Mariana Gross. *** Depois de uns três aperitivos, Sofia Vergara não lembra demais Rosana Jatobá? *** O estilo único e inimitável de Dicró não deixa herdeiros, pois nenhum outro será capaz de viver na essência o personagem tão bem encarnado por esse artista tão singular. Em suas andanças pelo mundo, esse homônimo perfeito de Roberto Dinamite - ambos registrados Carlos Roberto de Oliveira - transmitiu seu recado segundo a ótica malandra de ver as coisas. Malandragem é fazer amigos e não arrumar confusão. A vida tem que ser levada na gozação porque, como ensinava Dicró, 'nós nascemos por causa de uma gozação'. E a vida acabou sendo tão generosa com o nosso querido sambista que possibilitou a ele que morresse igual passarinho: de uma hora pra outra. Dizem que é assim, sem sofrimento, que morrem as pessoas bacanas. Seu gurufim, que é como se chama um enterro na linguagem dos sambistas, foi alegre e bem-humorado como foi a sua vida. Esse ilustre vascaíno certamente ainda teve tempo de vibrar com a vitória de seu time no domingo passado. Aliás, se foi para proporcionar uma última alegria a Dicró, já terá valido a pena o Vasco ter vencido o Flamengo, que de resto não merecia ganhar. Me surpreendeu positivamente a repercussão do 'RJTV', um verdadeiro sanduíche do sambista pois as reportagens de abertura e de encerramento foram sobre ele. E Dicró foi o protagonista do quadro 'Repórter Por Um Dia' que deu mais certo, tanto que ganhou um quadro fixo que se manteve por uma boa temporada e que logicamente era um dos poucos bons motivos para assistir ao 'Fantástico' no primeiro semestre de 2010." (Clayton Moreira)
Primeiro: Poliana Abritta, que gravou participação no "Altas Horas" em edição onde também são convidados Débora Nascimento, a Tessália de "Avenida Brasil", e (porque nem tudo é perfeito) Andrés Sanchez. E segundo, sobre Sofia Vergara e Rosana Jatobá: faz um bom sentido esta comparação.

"Foram definidas as semifinais do segundo turno do Campeonato Amazonense: Rio Negro x Fast e São Raimundo x Iranduba. Na última rodada da fase classificatória, o Rio Negro conseguiu afastar o rebaixamento e carimbar vaga na semi. O Iranduba surpreendeu conquistando três vitórias seguidas e deixando para trás o Penarol, atual bicampeão. O campeão do 2º turno pega o Nacional, vencedor do 1º." (Ed Taylor)

"Estava vendo o 'Fala Brasil' quando vejo uma matéria com Merie Gervásio, que eu não conhecia. Já foi 'Bela do Dia'? Achei ela uma mistura de Dani Calabresa e Janice de Castro, ou seja, linda ao quadrado, hehe..." (Filipe Matias Pinheiro)
Sim, conheço! É uma loira mineira gatona mesmo, que trabalhou na TV Vitoriosa (SBT) de Uberlândia e acompanhei aqui em Porto Alegre mesmo, primeiro na Bandeirantes e depois na Record, que a transferiu para São Paulo no ano passado. Ela foi "Bela do Dia" em 3 de setembro de 2008, quando ainda estava na Band/RS. Pena que não a conheci pessoalmente mesmo trabalhando três anos por aqui...

"Você esqueceu de dizer que ontem foi Dia do Goleiro por causa do aniversário do Manga. *** Seria interessante colocar esta programação, a de estreia da TV Globo, que postaram no blog TV Baú." (João Domingos Custódio)
A grade referida de 26 de abril de 1965 no canal 4 do Rio de Janeiro foi assim: 10h45, padrão musical com a canção "Moon River"; 10h50, inauguração da emissora; 11h, "Uni Duni Tê", com Tia Fernanda; 12h, "Gato Félix" (e outros desenhos); 12h30, "Tele Globo" (jornal com Hilton Gomes, Teixeira Heizer e Íris Lettieri); 13h, filme (Nasce um Herói); 13h30, "Contos de Amor" (Acorrentadas); 14h, "Sempre Mulher" (feminino com Célia Biar); 14h30, "Romance na Tarde"; 16h30, "Festa em Casa" (com Paulo Monte); 17h, "Capitão Furacão" (com Pietro Mário e Elisângela); 18h, "Rin-Tin-Tin"; 18h30, "Rua da Matriz" (primeira novela da emissora); 19h, "Tele Globo"; 19h30, "Ilusões Perdidas" (novela da TV Paulista, atual Globo/SP); 20h, "Musicalíssima" (comédia musical); 21h, "Os Defensores"; 22h, "Zig Zag" (programa de auditório com Renato Consorte); 22h30, "Show da Noite" (com Gláucio Gil); e 23h30, "Se a Cidade Contasse" (reportagem).

"Manchete deixou enorme saudade pois era imbatível como revista ilustrada, principalmente na década de 60, quando superou O Cruzeiro. Sempre gostei da revista e o melhor ano dela foi 1984, quando fez uma reforma gráfica que ficou marcante. Lembro de meus pais comprarem alguns exemplares e, recentemente, consegui a coleção completa daquele ano. Claro que Manchete vinha em forte decadência no fim dos anos 90, até que, em agosto de 2000, seu último exemplar foi pras bancas. Bem que outra editora tentou relançá-la com edições especiais, mas seu brilho se perdeu junto com a TV Manchete. Saudades da revista que 'aconteceu, virou Manchete'." (Kléber Nunes)
Referência aos 60 anos da publicação do primeiro número de Manchete, completados nesta quinta-feira.

"Você gosta de fazer pouco de minhas considerações e parece não gostar que eu participe. Claro que tinha de mencionar o Cruzeiro pois, além dele ser o único que divide minha paixão com o Barcelona, foi o prejudicado pelo mascarado que agora chamam de 'nosso Ramires'. Nosso? Que embalem e levem pra casa. Repito: mascarado. Aqui, duvidam da genialidade de Messi e, no entanto, querem transformar essa coisa saída do Cruzeiro em jogadorzaço. *** Os torcedores do Real Madrid e os invejosos de plantão de todas as torcidas e matizes comemoraram a queda do Barça. No baile de máscaras do dia seguinte, as máscaras caíram, inclusive a do Cristiano Ronaldo. As caras dele e do José Mourinho foram impagáveis! Dá-lhe Bayern de Munique!" (Marcos Tony)
Não é que eu não goste que você participe. Não gosto é dessa chatice completa que tu transpareces nas tuas mensagens com a raiva que você transmite ao falar de determinadas pessoas e/ou entidades e de tudo, mas rigorosamente tudo, ter que redundar de alguma maneira no Cruzeiro, seja lá qual for o assunto. Se um dia eu falar das variantes climáticas do outono, você colocará na conversa o Cruzeiro pois ele joga melhor com tempo seco do que na chuva. Se um dia eu falar de "As Brasileiras" e eleger meus episódios favoritos, você colocará na conversa o Cruzeiro só porque é o time da Letícia Sabatella. Até mesmo se um dia eu resolver falar de política em tempos eleitorais, você dirá que tal candidato mereceu ganhar para esse ou aquele cargo pois é torcedor do Cruzeiro. É apenas e tão somente esse lado exclusivamente chato que você transmite que me enerva e que me leva à loucura, mas infelizmente tua capacidade de compreender isso parece ser quase nenhuma.

"Só o futebol pode trazer a surpresa e a justiça. O melhor do mundo na atualidade amarelou e jogou mal de novo. Messi é craque, mas menos que Maradona e - cutucando o Marcos Tony - menos que o Rei Pelé. Estamos falando de futebol. *** O Real Madrid perdeu na qualidade dos batedores dos pênaltis. Não posso falar do jogo pois só assisti aos pênaltis. *** Você errou o placar do Real Madrid, mas acertou que ele caiu. E acertou o empate do Fluminense, mas em zero." (Mauro Schmitt)
Só sobre Messi: não é que ele "amarelou" na terça-feira. Falou mais alto foi a "maldição do Chelsea", em quem nunca fez um gol até hoje. Ele tentou, não se omitiu do jogo e tudo mais. Apenas não estava no seu dia. Acontece nas melhores famílias.

"Deixa eu me meter nessa história das cidades com dois campeões do mundo: a faltante na lista não seria Montevidéu, visto que o Peñarol ganhou em 1961 e 1966, e o Nacional triunfou em 71?" (Pedro Pincer)

"Que joguinho mais sem graça esse Internacional x Fluminense! Tão precisando calibrar os chutes e passes para a partida de volta. Se esse é o 'grande' nível do futebol brasileiro, que tem o 'melhor campeonato nacional do mundo', imagina o que é ruim. *** Se Barcelona e Real Madrid não fizeram por merecer ir à final, a Champions League não tem nada a ver com isso. Reclamem com Messi e Cristiano Ronaldo, que perderam pênaltis decisivos. Vamos curtir a final, que será um jogão. *** Se a grande desculpa do Muricy Ramalho para o Santos perder para The Strongest e Bolívar for a altitude, é melhor tentar outra. O Brasil ganhou uma Copa América na Bolívia, o Paraná ganhou um jogo na altitude e essa desculpa não cola mais. *** Se o Brasil não conseguir passar da primeira fase da Olimpíada jogando contra Egito, Bielorrússia e Nova Zelândia, é melhor nem voltar ao país. Aliás, o que a FIFA ganha tendo Gabão, Bielorrússia, Honduras na Olimpíada, e França, Itália, Alemanha, Argentina, Holanda e Portugal fora? Um absurdo isso. Tenho certeza que jogadores com Neymar, Paulo Henrique Ganso, Lucas e Leandro Damião encontrariam mais dificuldade jogando a Copa Kaiser." (Ricardo Haertel)

"Na CBN, Álvaro Oliveira Filho elegeu Gum como melhor de Inter x Fluminense por marcar Damião. Síntese de como a partida foi ruim demais. *** Mudarei meu nome do Twitter para @varadepescar se a UEFA remover as suspensões de jogadores de Bayern e Chelsea. Isso é profissionalismo. Já a nossa Conmebol... Mas Neymar não precisava cair daquele jeito. Levanta, sacode a poeira e dá volta por cima. *** Se Guardiola tiver um trabalho de longo prazo em outro clube, pode montar um time tão espetacular como esse Barcelona, principalmente no Arsenal do Sir Arsene Wenger. Queria vê-lo no meu Napoli. Seria surreal." (Wanderson Ferreira)
Ter que eleger um melhor em campo no Beira-Rio, anteontem, foi mais difícil do que acertar sem calculadora a soma da conta 99 mais 54 dividido por 41 vezes 888 (a propósito: dá 3.313,7560 - e evidentemente só sei o resultado por justamente recorrer à calculadora).

Participe pelo papodebola@gmail.com. Sua opinião será registrada nas próximas colunas.

Clipe do Dia

Dinho Ouro Preto completa 48 anos nesta sexta-feira. Aqui está o líder do Capital Inicial em um momento bacana da banda: "Incondicionalmente".

Arremate

E o busto pro Juvenal Juvêncio? E o nome dele no hotel do CT de Cotia? O São Paulo virou refém dele, é isso?

"24 Horas" volta antes que o Juvenal diga que não sai do Tricolor nem a pau!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia"), colunista do NaTelinha e apresentador da webrádio Voz do Futebol.

E-MAIL: papodebola@gmail.com

ACESSE TAMBÉM:
Na Telinha | Voz do Futebol

LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.