.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

15 de Novembro de 2011 - ANO 9, EDIÇÃO 87
Um ano melancólico da Seleção

Dois gols do por Marco Antônio Pereira popularizado "Mestre" Jonas, um choque de um egípcio contra a trave que doeu bastante (nele e em quem viu o lance pela TV), uma boa defesa do Diego Alves e assim resumi tudo que de mais importante aconteceu na vitória do Brasil sobre o Egito, em partida que atraiu pouco interesse do povo e encerrou de maneira melancólica a temporada 2011 da Seleção Brasileira. Temporada que encerra com 16 jogos realizados, contando amistosos, Copa América e o Superclássico das Américas, com 9 vitórias, 5 empates e 2 derrotas, com 21 gols marcados e 9 sofridos.

Parece bom, né? Mas não é, não. Três dos cinco empates foram na Copa América e resultaram na desastrosa campanha dos comandados do Mano Menezes, fechada com "chave de latão" pelos quatro pênaltis perdidos contra o Paraguai. Nos amistosos, o escrete não superou países tradicionais - empatou com a Holanda e perdeu para Alemanha e França - e se deu melhor contra seleções menos cotadas. As partidas contra a Argentina são à parte por envolverem jogadores dos próprios países, mas isso também não limpa muito a barra do Brasil, se recordarmos da péssima atuação no jogo de lá. Aliás, quando que a Seleção convenceu este ano? Difícil afirmar isso, viu?

Ao menos para alguém o 2011 da Seleção Brasileira foi bom: Neymar. Exatamente um terço dos gols da temporada foi dele, sete ao todo. É disparado o artilheiro da amarelinha no ano, com os outros anotadores de proezas sendo Alexandre Pato, Fred e Jonas, duas vezes cada, e mais Hernanes, Jadson, Leandro Damião, Lucas, Marcelo, Robinho, Ronaldinho Gaúcho e Sandro, uma cada.

CR7 na Euro?

Grandes competições merecem grandes jogadores presentes. Pode se falar tudo do Cristiano Ronaldo, mas não se negue que ele é um jogador muito bom. E será menos legal a Eurocopa de 2012 sem ele. Isso é perfeitamente possível, caso Portugal não derrote a Bósnia esta noite, na volta da repescagem, seja nos 90 minutos ou indo para os pênaltis em caso de novo 0 x 0. Esta pode ser uma vingança para os bósnios, liderados por Dzeko, que em 2009 perderam para os lusos a vaga na Copa do Mundo do ano seguinte. Não sei o que sairá (embora eu palpite, meio por torcida, que os portugueses ganharão), mas esteja certo: será uma noite angustiante.

Também hoje teremos os outros três classificados. Irlanda tá praticamente lá após 4 x 0 sobre a Estônia fora de casa. O mesmo vale para a Croácia, também visitante nos 3 x 0 enfiados na Turquia. Um pega mais parelho é o da República Tcheca contra Montenegro. A vantagem de 2 x 0 é dos tchecos, mas o mando de campo esta noite é dos montenegrinos.

Além dos anfitriões Polônia e Ucrânia, já estão qualificados os campeões de grupos Alemanha, Rússia, Itália, França, Holanda, Grécia, Inglaterra, Dinamarca e Espanha (que jogou a eliminatória mesmo sendo a atual campeã), além da melhor segunda colocada, a Suécia.

Celeste sem o "quatrilheiro"

De folga na rodada desta noite das Eliminatórias da Copa de 2014 (que terão Colômbia x Argentina, Chile x Paraguai, Equador x Peru e Venezuela x Bolívia), o Uruguai fará amistoso em Roma contra a Itália. Teste grande, duelo de titãs que se torna o grande atrativo dos amistosos deste meio de semana. Pena que a Celeste não terá nem Diego Forlán, por lesão muscular na coxa esquerda, e nem Luis Suárez, que estraçalhou com o Chile na sexta passada e, por sentir dores após a partida, será poupado por Oscar Tabarez. Acertado, pois é preciso resguardá-lo para partidas mais valiosas mais à frente.

Outras boas pedidas nos amistosos neste para nós, brasileiros, feriado de Proclamação da República são Alemanha x Holanda, Inglaterra x Suécia, França x Bélgica e Costa Rica x Espanha.

A polêmica do Kléber

Só me responda o prezado leitor: depois de ontem à tarde, como é que eu não vou achar que, mesmo atuando no Municipal de Sampa City, o Vasco ganhará com sobras do Palmeiras? O Vasco pode jogar mal pra burro, Dedé pode estar em uma noite terrível, Éder Luís pode não fazer lhufas, Alecsandro perder uns três gols feitos e, ainda assim, acharei que a vitória será dele. Tudo porque, se antes já estava difícil oferecer crédito ao Palmeiras não só pela derrocada no campeonato, como pela entregada de rapadura para o Grêmio, agora ficou totalmente insustentável o clima do time depois que Kléber jogou aos montes no ventilador aquela palavra que começa com "m...".

Primeiro, o "Russell Crowe da Turiassu" simplesmente estraçalhou verbalmente Luiz Felipe Scolari no "SP Acontece", da TV Bandeirantes, ao afirmar com todas as letras que 80% dos jogadores e 90% dos funcionários não se dão bem com o treinador, além de detoná-lo por certa vez, na frente de Ricardo Bueno, dizer que não tinha culpa se trouxeram ele e não aquele que pediu, o hoje corinthiano Emerson Sheik. Depois, no "105 Futebol Clube" da Rádio 105 FM, pegou mais pesado ainda ao dizer que Felipão é bom em fazer famílias pois, se fez na Seleção a "família Scolari", no Verdão fez a "família Von Richtofen", onde um quer acabar com o outro lá dentro. Mamãe...

É nítido e evidente que Kléber fez o que fez para forçar de uma vez por todas sua saída do Alviverde. Mas não sei até que ponto ele fez bem para os companheiros em defesa dos quais saiu ao encher Felipão de "pauladas verbais", pois mesmo eu achando que o Palmeiras não será rebaixado - mais por incompetência de Atlético Paranaense, Ceará e Cruzeiro, que acho que seguirão até o fim lutando contra as duas últimas vagas, do que por mérito próprio -, a frieza dos números aponta o time apenas 7 pontos acima do hoje primeiro rebaixado, faltando 12 por disputar. Imagina o clima da equipe para enfrentar amanhã o Vasco, ainda mais sendo a partida em São Paulo?

Leio no Leandro Quesada que, entrevistado pelo "Esporte em Debate" da Rádio Bandeirantes, o conselheiro e diretor Mauro Marques afirmou que serão tomadas medidas jurídicas contra o atacante, que ainda é patrimônio palmeirense e, palavras dele, tumultuou um ambiente que era de paz na relação entre cúpula e comissão técnica, e disse que o clube defenderá Felipão, tanto que o grupo festejou com ovadas o dia de seu aniversário. Enquanto isso, o empresário do Gladiador, Giuseppe Dioguardi, confirmou ao "Gira Brasil" da Rádio Estadão/ESPN, que o jogador só depende de um aval do Cruzeiro para fechar por cinco anos com o Grêmio.

Quer saber? Acho uma gelada na qual o Tricolor se mete. Kléber é, sim, um bom jogador, mas é muito genioso. Ele já mostrou isso dentro das quatro linhas, volta e meia arrumando confusões que resultavam em cartões aos montes, vários deles vermelhos. Fora delas, arruma esta confusão para sair do Palmeiras. Quem garante que ele não fará o mesmo no Grêmio daqui a algum tempo? Isso, sem contar a impressão que muitos tiveram após a entrevista à Band, de que ele queria mais era ficar em SP e torcer por uma proposta do Corinthians, ainda mais quando disse que Andrés Sanchez, quando quer alguém, chega e adquire logo. Enfim, é isso.

Curtinhas

*Avaí mandou embora Toninho Cecílio, substituído pelo auxiliar técnico Edson Neguinho. Tá que amanhã a parada é na Ressacada, mas digo, afirmo e reafirmo: é para o Cruzeiro vencer e bem, tirando proveito do caos do Leão.

*Flamengo entrará com uma representação formal contra os árbitros da derrota para o Coritiba, aos quais creditam a derrota do último domingo devido ao pênalti não marcado no Ronaldinho Gaúcho. Sim, foi pênalti, isto é fato. Mas só isso fez o rubro-negro perder? Ah, faça-me o favor. Um time que briga por Libertadores e que até esta partida ainda vislumbrava a liderança não pode tapar com a peneira um sol claro e cristalino: o rubro-negro não jogou lhufas no Couto Pereira e os coxa-brancas nem precisaram fazer muito esforço para vencer sem traumas. Reclamar de más atuações do Thiago Neves, do Ronaldinho, do Deivid e da defesinha no primeiro gol isso eles não fazem.

*Apenas para dar um ilustrativo que vai ao encontro do que digo: o Vasco vencia por 1 x 0 e perdeu um pênalti. O Botafogo poderia ter crescido no jogo, partido para cima para buscar o empate e quem sabe a virada. Mas mesmo com este abalo, o Vasco continuou senhor da partida e ganhou com total merecimento. Logo, não seria a marcação da infração no Ronaldinho dentro da área que necessariamente faria o Flamengo reagir e buscar uma reversão parecida com a concedida para o Grêmio. "Ah, mas o Santos ganhou do Ceará depois que este perdeu um pênalti", alguém dirá. Mas às vezes assim é e às vezes não é. Depositar só nisso o resultado negativo é tolice.

*Supremo Tribunal Federal anulou a mudança no estatuto do São Paulo que permitiu a Juvenal Juvêncio concorrer a um terceiro mandato presidencial. Tribunal de Justiça de São Paulo voltará a julgar a questão. Fiquemos atentos.

*O quatrilho sobre o Goiás representou uma marca especial para Marcelo Veiga: 350 partidas consecutivas no comando do Bragantino. Dos times das Séries A e B, acho que é o com maior tempo de permanência. Ou me engano?

*Barueri mandou embora Renê Simões após a trinca sofrida para o ABC em casa. Funcionários da base, Ari Mantovani e Evandro Guimarães dirigirão o time nas duas rodadas finais da Bêzona. Tá "louquinha" pra cair a Abelha.

*ABC, que renovou com o treinador Leandro Campos por mais um ano, encerrando rumores de uma transferência para o Fortaleza.

*E essa briga de vizinhos envolvendo Reinaldo, o eterno "rei do Mineirão", e um advogado que reside no mesmo condomínio que ele, em Nova Lima? Sem comentários.

*Não só as divergências trabalhistas prosseguem firmes e fortes na NBA, como agora já cogitam o cancelamento não de mais um ou alguns pedaços, mas sim da temporada completa. Seria um desastre com "DE" maiúsculo - claro, isso vendo pelo nosso ângulo de admiradores do basquete e sentidos que ficaremos por não ver as habilidosas jogadas dos melhores atletas do planeta, pois da parte deles é muito válido brigarem pelo que acham justo.

*Carlos Barbosa vai tremer esta noite, quando começar a decisão da Liga Futsal entre ACBF e Santos. 3 mil pessoas lotarão o ginásio. Jogo de volta é terça que vem, no litoral paulista.

Medalhas parapan-americanas

Abertos no último sábado, os Jogos Para-Pan-Americanos de Guadalajara já renderam várias medalhas para o Brasil nos primeiros dias, sendo - até a noite desta segunda-feira - 10 de ouro (sete na natação, duas no atletismo e uma no ciclismo), 9 de prata (cinco na natação e quatro no atletismo) e 9 de bronze (quatro na natação, quatro no atletismo e uma no ciclismo).

Ouros - Na natação, Carlos Farrenberg (50m livre categoria S13), Genezi Andrade (50m livre categoria S3), Carlos Lopes Maciel (100m peito categoria SB8), André Brasil (100m peito categoria SB9), Ronaldo Souza (400m livre categoria S7), Caio Oliveira (100m peito categoria S8) e revezamento 4 x 50m livre; no atletismo, Edson Pinheiro (100m categoria T38) e Shirlene Coelho (arremesso de peso categoria F35/37); e no ciclismo, Soelito Gohr (contra-relógio categoria C1/5).

Pratas - Na natação, Matheus Sousa (50m livre categoria S11), William Santana (50m livre categoria S8), Letícia Ferreira (200m medley categoria SM5), Adriano Lima (100m peito categoria SB5) e Nélio Almeida (100m peito categoria SB6); e no atletismo, Edson Pinheiro (400m categoria T38), Joana Helena Silva (400m categoria T13), Thiago Souza (100m categoria T54) e Marivana Oliveira (arremesso de peso categori F35/37).

Bronzes - Na natação, João de Castro Almeida (50m livre categoria S13), Regiane Nunes Silva (50m livre categoria S12), Ronystony Cordeiro (50m livre categoria S4) e Gabriella Cantagallo (100m peito categoria SB8); no atletismo, Paulo Pereira (400m categoria T38 e 100m categoria T38), Viviane Soares (400m categoria T13) e Alan Fonteles Oliveira (100m categoria T44); e no ciclismo, João Schwindt (contra-relógio categoria C1/5).

Parabéns a todos, mas em eventos paradesportivos as medalhas acabam sendo é um grande detalhe. Todo mundo que compete deve se considerar vencedor, pois supera deficiências físicas de todos os tipos e prova que não é porque elas existem que isso lhes impede de ter uma boa vida e fazer algo de valor, seja a prática do desporto ou qualquer outra atividade. Apenas há um pouco mais de dificuldades, mas nada que a força de vontade e a persistência não possam ajudar a driblar. Ao longo das próximas colunas vou registrando outras medalhas dos brasileiros.

E atenção, pessoas!

Chegou aquele momento mais romântico do que cantar uma serenata para a amada em frente à janela da residência dela no meio da madrugada: "Sintonia PB", antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Na coluna de ontem, emendei no "Clipe do Dia" um "Momento Raridade Rara" com um "Globo Repórter" de 1987 sobre o falecimento de Dick Farney, cujos 90 anos de nascimento foram completados nesta segunda-feira. Um dos autores do especial da Globo foi Hermano Henning. Passei a dica ao André Henning, que achou muito legal e emendou com esta frase que achei boa de tornar tópico: "É do tempo em que o repórter fazia a matéria e não queria fazer parte da matéria. Agora o repórter aparece mais que o personagem."

*Parei para pensar nisso e é bem verdade. Não digo nem especificamente nos esportes, mas neles e também no jornalismo geral, notaram que de uns tempos para cá diversos repórteres e apresentadores tem aparecido mais em várias matérias e até mesmo protagonizando diversas delas, bem espichadas? Nos próprios telejornais dos dias atuais a gente vê isso direto. Não digo que não acho legais tais materiais, pois até curto. Mas às vezes eles tomam espaço demais, que poderia ser preenchido com mais grandes reportagens, prestação de serviço, enfim. Concordam ou discordam deste tema?

*Normalmente, uma segunda-feira pré-feriado mereceria uma espécie de calmaria nos noticiários - leia-se: reservas imediatos apresentando, pautas um pouco mais variadas e amenas por nem tanto factual acontecer... Quem disse que dava para ser assim no Rio de Janeiro no domingo seguinte à operação policial na Rocinha? Tava todo mundo lá, firme e forte. Vejam aqui (postado por cancunsa) um vídeo com alguns trechos dos jornais locais de ontem, na hora do almoço: no "SBT Rio", Rogério Forcolen zoando e debochando dos traficantes; o "Balanço Geral" da Record com as duas horas e meia habituais, contrariando uma ideia que eu tinha de que se juntassem ao cinema de feriadão de São Paulo já às 13h; e o "RJTV" da Globo teve Ana Paula Araújo e Rodrigo Pimentel apresentando direto da Rocinha, devidamente "coletados" e tudo.

*Cá entre nós: forcei a barra nesse "coletados" para me referir a coletes à prova de balas, não?

*Na coluna de ontem, falei da reportagem polêmica do último "Domingo Espetacular", da Record, que abordou a prática do "cair no espírito" feita por diversas entidades religiosas, onde um líder religioso toca o corpo do fiel e este tem uma espécie de "desmaio", o que se chama também "Desmaio do Espírito Santo". Leio no Ricardo Feltrin que motivações religiosas de Edir Macedo são as grandes motivadores deste material, que durou cerca de 40 minutos, com alvo definido: novas correntes pentecostais, que podem tirar fiéis da Igreja Universal. Apenas isso justificaria uma reportagem investir contra outras correntes evangélicas, sendo que o alvo central neste terreno sempre foi claro e único: a igreja católica. Edir já tinha feito crítica semelhante em um programa do webcanal IURD TV há dois meses, direcionada à cantora Ana Paula Valadão, da banda gospel Diante do Trono. Nem falo nada.

*Para ajustes à grade, a Globo mostrou duas "Sessão da Tarde" após Brasil x Egito: a rede que segue o horário de Brasília viu a animação "Tá Dando Onda" e a grade fuso acompanhou o filme "Meu Melhor Amigo". O filme era mais comprido que a animação e, assim, dava para fechar a programação fuso direitinho com filme, "Malhação", "A Vida da Gente" e jornal local nas três horas e meia que separaram o futebol do "Jornal Nacional".

*Leio no Alberto Pereira Jr. que o "Jornal Policial", que o SBT mostrará em forma de teste às 18h45 desta terça-feira, seguirá o esquema "realidade" e mostrará operações policiais em formato parecido com "Polícia 24h", "Operação de Risco" e afins. Se for bem no "Ipobre" de São Paulo, pode ganhar espaço fixo na grade. Nem merece considerações uma tática absolutamente sem noção dessas.

*SBT estreou nesta segunda-feira "Tenha Estilo", programete de 5 minutos sobre moda feito por Arlindo Grund (o parceiro da Isabella Fiorentino no "Esquadrão da Moda"). Passa às 17h, antes do "Casos de Família".

*Leio na Keila Jimenez que Jô Soares será entrevistado em seu próprio programa na próxima madrugada. Pedro Bial será o entrevistador do dono do "Programa do Jô", que falará de seu novo livro, "As Esganadas". Diferente.

*Leio na Janaína Nunes que Bárbara Evans, filha da Monique, será a capa da Playboy no mês que vem. A ideia era fazer a capa com Fernanda Tedeschi, a cunhada do vice-presidente Michel Temer, mas quando a produção quis marcar a data das fotos da edição de Dezembro, simplesmente ela evaporou. Azar dela. Perdeu a chance de se tornar mais uma musa a povoar o imaginário do macharedo.

*A saideira: completa 40 anos nesta terça-feira Marcelo Faria, o filho do Reginaldo. Na televisão, registra trabalhos somente na Globo. O primeiro deles foi a minissérie "A Máfia no Brasil", de 1984, onde foi o filho de um mafioso. O efetivo primeiro papel mais destacado veio em "Top Model", de 1989. E o primeiro grande destaque foi em 1994, com o Ralado de "Quatro Por Quatro". A última novela que fez foi "Escrito nas Estrelas", em 2010.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna, se eu não esperar começar a reprise de "Top Model" no Viva para republicar este tópico.

Bela do Dia: Beverly D'Angelo

Beverly D'Angelo, atriz, que completa hoje 60 anos. Não posso deixar de tê-la na galeria das belas desta coluna, ainda mais que foi uma bonitíssima presença em filmes como "Hair", "Morando com o Perigo" e, sobretudo, a saga "Férias Frustradas", onde foi Ellen Griswold, a esposa do Clark Griswold (Chevy Chase). Tá bom que Christie Brinkley é um pedaço de mau caminho, mas Chevy era casado com um sereião beleza pura, não?

Convivas

"Gostei do que vi do Diego Alves, pode ser um goleiro que passe mais confiança que Jefferson. Hulk pode ser chamado mais vezes para a Seleção, além do Hernanes. Sobre o jogo de quinta passada, ainda que no tom de algumas críticas, me parece haver ter um tom de preconceito contra o Gabão, mas de fato é lamentável a CBF expor a Seleção ao ridículo daquele gramado. *** O São Paulo jogou mal contra o Avaí, mas ganhou quase que no sufoco. Pela tabela que tem e pelos confrontos diretos dos adversários ainda pode chegar na Libertadores, mas para isso seria bom que ganhasse em Curitiba. *** O fato do Corinthians, time grande que menos jogou no Brasil na temporada, estar disputando o título com o Vasco, que se divide em duas competições, derruba um pouco aquela tese de ter sempre de se 'poupar' em alguma competição para ir bem em outra. Assim como foi em 2008 e 2009, mais uma vez vemos o título ficar com o time que 'errar menos' e não com o que for o melhor, ainda que, se o Vasco for campeão, foi o time que mais chegou perto de ser um time confiável no ano, depois de iniciar 2011 pessimamente no Carioca. *** A Ponte Preta está louca para entregar uma vaga na Série B. Tem de ganhar de qualquer jeito do ABC, senão pode se complicar, ainda mais que o Náutico possa dar uma mãozinha na última rodada para complicar o Sport - desde que, claro, se garanta contra o Boa. Legal também a reação do Bragantino, com o 'Ferguson do interior paulista', Marcelo Veiga, há quase 5 anos no clube, com pequenas saídas para América de Natal e Paraná. *** A necessidade de se mostrar violência na TV é algo lamentável, e essa ocupação da Rocinha meio que 'abafa' a tragédia com o câmera da Bandeirantes. A ação do Estado é necessária, mas esse exagero da imprensa não resulta em bons resultados. *** Que nome horrível esse do programa do Kennedy Alencar. Um mais desavisado pode achar que é a volta do Marcelo Rezende à RedeTV! para fazer mais um programa a la 'Aqui Agora'. De todo modo, espero que seja uma boa opção no horário. *** Valeu por ter postado Flávia Oliveira e Mariska Hargitay, fazem jus ao posto de 'Bela do Dia'. Realmente a Flávia tem um quê de Isabel Fillardis - por sinal, por onde ela anda?" (Alexandre Rodrigues Alves)
Primeiro: não será fácil para o São Paulo pois o Atlético Paranaense jamais perdeu para ele na Arena da Baixada (8 vitórias e 5 empates). E informações desta manhã dão conta de Dagoberto não viajar para Curitiba, o que para alguns sugere uma "afinada" devido à saída conturbada do Furacão há alguns anos. Segundo: isso da "poupança" sempre foi uma grande bobagem. O Vasco não poupa e está nas cabeças. O Botafogo poupou, caiu fora da Sul-Americana e corre risco no Brasileirão. Terceiro: gostei dessa para o Marcelo Veiga. Poderíamos converter para "Ferguson caipira". Quarto: realmente não ficou bom o título "Tema Quente" para o programa do Kennedy. E quinto: Isabel fez uma participação no último capítulo de "Insensato Coração" e está no elenco de "Fina Estampa" como a dra. Mônica Ramos.

"Essa rodada não foi muito boa em relação a embolar o campeonato. Parece que acabou a chance de quatro equipes brigando pelo título, porque Corinthians e Vasco ganharam e os outros perderam, menos o Figueira, que está a 5 pontos, tanto que o campeonato pode estar decidido com duas rodadas de antecedência se o timão ganhar os dois, o Vascão perder os dois e Figueira e Flu empatarem um dos dois jogos, apesar de acreditar que isso não vai acontecer. *** Você desacreditou no Vasco quando o Universitário fez o segundo. Eu ainda achava que poderia virar, mas não acreditaria se fosse o Universidad do Chile ou até o Vélez o adversário. Você duvidará da próxima vez se de novo o Vasco ter que virar uma partida pra se classificar?" (Carlos Eduardo Sampaio Queiroz)
Carlos, o título do "abre" da quinta-feira da semana passada responde muito bem tua pergunta.

"Até que enfim o São Paulo desencantou. Jogou bem no segundo tempo e contou com Luís Fabuloso, mas se aquela cabeçada do jogador do Avaí desviasse no Carlinhos Paraíba e entrasse, a história seria diferente. *** A luta pelo título se resume a Vasco e Corinthians. Não creio que Figueirense, Fluminense e Botafogo possam incomodá-los. As vagas da Libertadores ficarão com Corinthians, São Paulo, Figueirense e um dos cariocas, pois os outros vão se dar mal. *** Definitivamente o Palmeiras não quer ganhar mais nesse Brasileirão. Como conseguem entregar um jogo ganho, ainda mais fora de seus redutos? *** O Figueirense merece ganhar uma vaga na Libertadores. Esse time, com menos mídia, mostrou que joga mais que outros times paparicados pela imprensa frequentemente, como Palmeiras e Cruzeiro." (Charles Tavares)

"Ver o Brasil jogar não me causa nenhuma emoção especial nestes tempos que correm. O pouco que acompanhei ontem foi de ouvido, porque o jogo mesmo eu não assisti. Lembro de uma época em que a Seleção era valorizada. Por exemplo: em maio de 92, o Brasil foi jogar contra a Inglaterra, em Wembley, num domingo, às 11 da manhã no horário de Brasília. Naquele fim de semana não houve rodada do Campeonato Brasileiro. O goleiro Carlos defendeu um pênalti cobrado por Lineker logo no início e Bebeto marcou um gol no primeiro tempo, que foi amplamente dominado pela Seleção. No segundo tempo o hoje comentarista Júnior, com o prestígio conquistado na Copa da Espanha e nas passagens por Torino e Pescara intacto, entrou em campo debaixo de aplausos dos súditos da rainha. No fim do jogo, a Inglaterra empatou e assim terminou a peleja, o que muito me frustrou pois o time comandado por Parreira fizera uma grande exibição. Lembro dessas coisas assim porque atualmente dou de ombros para o nosso escrete e confesso que não raro me pego torcendo contra os (des)comandados de Mano Menezes. Esse time me aborrece mesmo! *** Afirmei que agora considero a brincadeira restrita a Corinthians e Vasco porque, mesmo sabendo que os tropeços dos times se sucedem, que outras equipes que não as citadas têm se alternado na liderança? Botafogo, Fluminense e Flamengo já tiveram a chance de liderar e vacilaram. Os grandes vitoriosos do fim de semana vêm se mostrando as equipes mais regulares do certame, mesmo sem apresentar um futebol que encha os olhos e as medidas." (Clayton Moreira)
Não achas que o Figueirense pode dar uma pernada considerável rumo às cabeças? Tem pela frente Flamengo, Corinthians e Fluminense nestas quatro rodadas finais. E se daqui a pouco dá algum apagão no Vasco, igual foi contra São Paulo e Santos?

"Mais do que a ausência garantida da China na Copa do Mundo de 2014 - pouco surpreendente quando constatamos que a seleção chinesa pouco fez de útil depois de se classificar para o Mundial de 2002 -, chama a atenção a eliminação precoce da Coreia do Norte, que disputou em 2010. Mesmo com os norte-coreanos tendo feito péssima campanha na África do Sul, impressiona a forte queda da seleção do país. *** Não seria o antigo time catarinense do Falcão no futsal o Jaraguá, que era patrocinado pela Malwee? *** Pessoalmente, prefiro assistir aos filmes em versão original e com legendas, não importa o idioma. Identifico muito os filmes dublados com exibição em TV aberta, por isso dificilmente assisto produções dubladas em cinema e DVD. Ainda por cima, as dublagens ultimamente andam terríveis, longe do esforço elogiável de outros tempos, muito em parte devido à busca de profissionais mais baratos e menos qualificados. Uma boa solução para escapar de dublagens ruins, quando é possível, seria ativar o áudio original através da tecla SAP e o closed caption. Assim, pode-se assistir ao filme com som original e legendas. *** Também percebi a melhora da qualidade da imagem da Record News em UHF aqui no Rio. Assisti a grande parte da transmissão do Pan no canal. Muito melhor do que na época das Olimpíadas de Inverno, por exemplo." (Daniel F. Silva)
Primeiro: sim, boa parte do time da Malwee, de Jaraguá do Sul, foi para este do Santos. Mas o time em si - o clube, por assim dizer - se originou é a partir da extinta equipe da Cortiana, que atuava no interior gaúcho. E segundo: para melhor localizar, em qual área do Rio de Janeiro você sintoniza a Record News? Centro, Zona Sul, Norte, Leste, enfim?

"Com a mudança do horário dos jogos do Brasileirão, as apresentadoras do 'Jornal Nacional' não tiveram sorte. Primeiro foi Carla Vilhena. Enquanto apresentava o jornal, o Fogão perdeu pro Figueirense. No último sábado, Ana Paula Araújo apresentou e o Fluminense perdeu para o América. Mesmo sem o Galo jogar no sábado, espero que Chico Pinheiro não apresente o 'JN' nos próximos sábados. *** Não comentou nada sobre o SWU, não sei se assistiu. Teve Marcelo D2, Zé Ramalho, a louca do Courtney Love, mas o que mais chamou atenção foi a confusão com o Ultraje a Rigor. Por causa da chuva houve um atraso na apresentação deles e Peter Gabriel queria que eles tocassem meia hora para não atrasar o show dele. Achei total falta de respeito na última música do Ultraje, simplesmente desligaram os aparelhos e o som da banda. Mas o melhor do festival foi a bela cantora, que ainda não sei porque não foi 'Bela do Dia', Fergie. Não sou muito fã do Black Eyed Peas, gosto de no máximo 5 músicas, mas a representante feminina do grupo deu show de simpatia, beleza e voz. Como canta a americana." (Hugo Leonardo Souza Pinto)
Primeiro: bateu medo, é? Hahahaha... E sábado joga o São Paulo em casa contra o América. Já pensou se por alguma "excepcionalidade excepcionalmente excepcional" um dos apresentadores for... William Bonner? E segundo: não vi mesmo nada do SWU e jurava que já tinha publicado a Fergie de "Bela do Dia", mas corrigirei este equívoco em breve.

"Acho que esse negócio de 'horário de verão' é um caso de má tradução que pegou. Em inglês é 'daylight saving time', algo como 'horário para salvar/aproveitar a luz do dia'. A data de horário de verão tem a ver com a inclinação do eixo da Terra em relação ao sol, o que faz com que um ou outro hemisfério esteja mais próximo do sol e com maior incidência da luz solar. Vale lembrar que o solstício de verão, que é o dia do ano que tem mais horas de sol, é em 21 de dezembro, no início do verão." (João Arruda)
Pena que não posso aplicar a palavra "solstício" em outras situações, pois é sensacional.

"O Bragantino, após a vitoria contra o Goiás por 4 a 0, realmente é candidato a conquistar uma das 4 vagas ao acesso?" (Kléber Cacossi)
Muitíssimo, sem dúvida. Dos que lutam pela quarta vaga é o único que depende de si.

"Não entendi essa da Globo de não cortar a 'Sessão da Tarde' e atrasar toda a programação. Podia muito bem colocar um programa, como o 'Central da Copa', para preencher espaço entre o fim do jogo e 'Malhação'. E se encurtasse o 'Vídeo Show', dava para colocar 'Mulheres de Areia', já que a bola só rolou mesmo às 15h. *** Não tenho como te confirmar se no meu bairro o sinal da Record News melhorou porque me mudei recentemente e essa melhora do sinal ocorreu antes da minha mudança, conforme informações postadas em fóruns e blogs. E eu estava sem sinal VHF/UHF onde estava morando antes, tava só com a Net e a parabólica coletiva do prédio." (Victor Faria)
Primeiro: não haveria assunto suficiente para segurar uma hora de "Central da Copa", Victor. Muito melhor o que fizeram, de exibir um filme curtinho e atrasar em 15 minutos a programação, mas colocando algo mais atrativo e de interesse amplo, até para competir com o bem escolhido feriadão de cinema da Record, que evidentemente beliscaria o primeirão se a Globo ficasse no "enche-linguiça" sobre um assunto do qual pouquíssimos querem saber como a atual Seleção Brasileira. Segundo: não daria para exibir "Mulheres de Areia" pois te esqueces que a transmissão do jogo abriu às 14h45 e que o "Vídeo Show" justamente vai até este horário. E terceiro: não seja por isso. Pegue uma antena comum, nem que seja uma sobra de alguma (só o fio que seja), ligue numa TV qualquer e veja como está a imagem da Record News.

Participe pelo papodebola@gmail.com. Sua opinião será registrada nas próximas colunas.

Clipe do Dia

Nesta terça-feira, completa 66 anos Anni-Frid Lyngstad, a Frida do inesquecível quarteto Abba. Aqui está um de seus grandes sucessos: "Knowing Me, Knowing You".

Arremate

Agora eu realizo o fim do ano chegando. É a primeira terça-feira sem Série B depois de muitos meses.

"24 Horas" volta antes, muito antes, da penúltima rodada da Bêzona iniciar!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia"), colunista do NaTelinha e apresentador da webrádio Voz do Futebol.

E-MAIL: papodebola@gmail.com

ACESSE TAMBÉM:
Na Telinha | Voz do Futebol

LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.